Blogs e Colunistas

21/10/2010

às 14:58 \ Política & Cia

Processo que condenou Dilma no tempo da ditadura continua escondido no tribunal militar

A ficha nos arquivos militares de Dilma Rousseff

A ficha nos arquivos militares de Dilma Rousseff

É um total absurdo a atitude que está adotando  o presidente do Superior Tribunal Militar (STM), ministro Carlos Alberto Marques Soares, de sonegar ao jornal Folha de S. Paulo o exame dos autos do processo em que a presidenciável Dilma Rousseff, do PT, foi condenada à prisão durante a ditadura.

Primeiro, ele negou acesso do jornal ao processo. Posteriormente, a Folha descobriu que a papelada foi retirada do arquivo do STM — e acessível ao público, segundo a lei — e guardada num cofre, com a desculpa de que não quer que façam “uso político” do material.

A atitude do ministro é ilegal. A Folha impetrou mandado de segurança junto ao STM para obter a liberação do processo mas a Advocacia-Geral da União pediu vista — mais tempo para examinar o material.

Estão empurrando com a barriga, com o auxílio da Advocacia Geral da União, algo que deveria ser público.

Leia a reportagem publicada pela Folha no dia 17 de agosto passado a respeito, assinada pelo repórter Lucas Ferraz, da sucursal de Brasília:

Está trancado desde março, num cofre da presidência do Superior Tribunal Militar, todo o processo que levou a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, à prisão durante a ditadura (1964-85).

A papelada, retirada dos arquivos por ordem do próprio presidente do tribunal para prevenir um eventual uso político do material, revela em fichas, fotos, depoimentos e relatórios de inteligência a militância de Dilma à época.

Até março, quando foram “escondidos”, os documentos poderiam ser consultados pelo público, como advogados, jornalistas, pesquisadores e pelas partes do processo. A liberação, quase sempre, é feita pelo ministro-presidente do tribunal, Carlos Alberto Marques Soares.

Em entrevista à Folha, ele admitiu que o processo foi parar no cofre por causa das eleições. “Não quero uso político [do STM]“, afirmou ele. “Não vou correr risco no período eleitoral.”

Estão nos arquivos do STM mais de 116 mil processos. Além do material sobre a ditadura, há documentos da Intentona Comunista, de 1935, e da chegada de Getúlio Vargas ao poder, em 1930.

Só o processo referente a Dilma e “mais uns outros 50″, segundo Carlos Alberto Marques, estão no cofre.

Mas o passado de Dilma em organizações da esquerda armada não é o único argumento para a retirada do material do arquivo. “Também vamos começar a restauração e a digitalização dos processos”, disse.

A digitalização, por enquanto, só existe no discurso. Uma licitação para contratar um responsável para restaurar os arquivos ainda nem saiu do papel, como reconhece o ministro.

Apenas depois de restaurados, os papeis serão digitalizados. E o processo só será disponibilizado ao público após a digitalização.

A assessoria da candidata do PT diz que ela “desconhece” a guarda dos documentos em um cofre.

“A mim ninguém pediu nada”, afirmou Carlos Alberto ao ser questionado se recebeu alguma solicitação para levar o material aos cofres.

O processo não traz informações somente do passado de Dilma. À época, em 1970, outras 67 pessoas tornaram-se rés no mesmo caso.

Quase todos eram integrantes da VAR-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária – Palmares), organização que Dilma integrava.

Parte do material, mas não ele todo, está espalhado em arquivos públicos do país. O processo não está protegido por sigilo.

Presa no início de 1970, a candidata do PT foi condenada pela Justiça Militar de três Estados –Rio, Minas e São Paulo. Foi torturada. Deixou a prisão no final de 1972.

Em entrevistas sobre o assunto, Dilma Rousseff diz ter orgulho de seu passado de luta contra a ditadura. Ele nega ter atuado em ações armadas e afirma que sua participação restringiu-se à logística das organizações.

//

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

58 Comentários

  1. NILSON ANTENOR DOS SANTOS

    -

    09/10/2014 às 0:58

    Queria saber de voce se a Dilma responde processo no EUA pelo sequestro do embaixador americano.

    Não tenho essa informação, e acredito que não.

  2. NILSON ANTENOR DOS SANTOS

    -

    08/10/2014 às 19:21

    As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web.
    Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo?
    99% dos leitores escrevem assim, como neste texto, em maiúsculas e minúsculas.
    Peço que você faça o mesmo das próximas vezes.
    Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  3. Zé Cícero Sport Recife

    -

    07/10/2014 às 16:30

    Antigamente, acusavam o nordeste de votar errado, hoje é São Paulo que vota errado, meu Deus, como se elege Alckimim, Tiririca, Russomano, Pastor Feliciano, etc. Voltem pra escola, e se dediquem, especialmente a História do Brasil. São Paulo está virando norte/nordeste até no clima. Acordem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Zé Cícero Sport Recife

    -

    07/10/2014 às 16:21

    É claro que por tudo que passou, Dilma merece se encontrar no cargo que ocupa e vencerá de novo com a força do povo, ou da maioria dele, o que dá no mesmo!

  5. ENOCH

    -

    02/04/2013 às 1:48

    A REVOLTA DE UMA MULHER

    Carta manuscrita por minha mulher, como introdução de um álbum organizado por ela para nossas filhas Patrícia e Renata.

    Montevidéu, 02 de outubro de 1985.

    Patrícia e Renata

    Este álbum é de caráter particular, exclusivamente para vocês, nossas queridas filhas. Nele pretendo, através de pesquisas, procurar saber o nome das organizações subversivo-terroristas que atuaram na época, de outubro de 1970 a dezembro de 1973, período em que o pai de vocês comandou o DOI/CODI de São Paulo. Os atos de terror destas organizações, como assassinatos de pessoas inocentes, atentados a bombas, assaltos a bancos, a quartéis, seqüestros, depredações e todo tipo de terror daquela época. Pretendo mostrar-lhes, se conseguir, com pesquisas em jornais, o caos que se tentava implantar no Brasil. Tentarei saber o que cada organização terrorista fez, os atos que praticou e a guerrilha urbana e rural que se implantou no país.

    Estes terroristas obrigaram as Forças Armadas a se lançarem às ruas e aos campos, contra o inimigo desconhecido que se escondia na clandestinidade.

    Os militares, para evitar danos maiores a inocentes, lutavam contra o tempo e o desconhecido. Eles, terroristas, lutavam contra o claro, o conhecido.

    Deste combate participou o pai de vocês e lutou com honradez, honestidade e dentro dos princípios de um homem bom, puro e honesto, assim como muitos outros. Só quem passou pelo martírio de ter entes queridos envolvidos em uma luta que não iniciaram, nem procuraram mas que apenas cumpriram com seu dever, manter a ordem no país, pode saber, como eu, os momentos de medo, incerteza, terror que uma família passa. Só estas podem compreender a dor e o desespero de uma mãe e de uma esposa. Telefonemas anônimos, perseguições, ameaças, morte de amigos em combate, a dor dos entes queridos que, como nós, não tiveram a sorte de conservar com vida aqueles que amavam.

    Sei e lamento que outras pessoas também passaram pelos mesmos sofrimentos de perder entes queridos, mas estes entes queridos, fanatizados, terroristas, começaram a guerrilha e os atos de terror. Houve a guerra, e em uma guerra há mortos e feridos de ambos os lados, mas os militares não a queriam nem a iniciaram. Eles foram e são preparados para defender o Território Nacional. Foram chamados a agir e acabaram com o terrorismo no Brasil.

    O terror era tanto que quando tu, Patrícia, foste para o Jardim de lnfância, eu passei todo o ano, no horário escolar, dentro do carro, na porta do colégio, pois não tinha condições psicológicas de ir para casa. Recebíamos ameacas de morte, de seqüestro e todo tipo de guerra de nervos. Tive amigos mortos e feridos em combate!

    Assim mesmo, nos “porões da tortura”, como eles chamam, onde “se ouviam gritos e se mostravam presos mortos à pauladas” como eles dizem, participei e tu também, Patrícia, ainda que pequenina (3 anos) de uma pequena “obra assistencial” a algumas presas, mais ou menos seis, uma inclusive grávida. Íamos quase todos os dias. Tu brincavas com algumas enquanto eu, com outras, ensinava trabalhos manuais como tricô, crochê e tapeçaria. Passeávamos ao sol, conversávamos (jamais sobre política), levava tortas para o lanche feitas pela minha empregada. Enfim, as acompanhávamos.

    Fizemos sapatinhos, casaquinhos, mantinhas para o bebê e com uma lista feita no DOI pelo “torturador” Ustra compramos um presente para o bebê. Ele nasceu no Hospital das Clínicas, se não me engano em outubro de 1973 ou 1972 (verificarei depois), tendo o “centro de torturas” mandado flores à mãe, e eu e tu, Patrícia, fomos vistá-los. Era um homenzinho lindo e forte.

    Minhas filhas, os aniversários delas eram sempre comemorados com bolos e festinhas. Os Natais e Anos Novos jamais passamos em casa, durante os quatro anos que o pai de vocês comandou o DOI, sempre foram passados lá (o pai, eu e tu, Patrícia, Renata não era nascida). Tu, Patrícia, às vezes a pedido das presas, ficavas sozinha com elas. Daí o artigo que pode ser encontrado neste álbum “Brinquedo Macrabro” do jornalista Moacyr O. Filho, que diz que teu pai te deixava com as presas que acabavam de ser torturadas. Se fossem torturadas, como ele diz, como podiam ter bom relacionamento com os integrantes do órgão e como podiam aceitar, e não só aceitar, mas reclamar a nossa presença, quando por algum motivo, falhávamos um dia?

    Pena que não tivessem os integrantes do órgão, a malícia dos terroristas!… Porque, se tivessem, fotografariam ou filmariam tudo, e casos como Bete Mendes (que não tive o desprazer de conhecer, enquanto presa) seriam comprovados como mentirosos.

    Sinto o nome de uma família inteira: pais, mães, sogros, irmãos, mulher e filhas, enxovalhados, e como o militar não pode e não deve, por regulamento disciplinar do Exército, se defender, tomo eu, exclusivamente eu, a iniciativa de deixar para vocês, nossas filhas, este álbum, de caráter particular, com tudo que puder vir a reunir, além do Livro de Alteracões do pai de vocês, condecorações por arriscar a vida, elogios, para que, como eu, se orgulhem, acima de tudo, de se chamarem BRILHANTE USTRA. Um nome, cujo único erro cometido, foi cumprir com seu dever e, principalmente, cumprir bem: com honra, com dignidade e humanidade, lutando sempre para evitar males maiores do que os que se passavam no momento.

    Compartilho a dor dos pais, mães, parentes, enfim, dos que por infelicidade perderam seus entes queridos, fanatizados por ideais que não me compete julgar, e que não deviam ter usado a violência para tentar consegui-los, mas não posso deixar de me revoltar contra as calúnias jogadas sobre um homem bom, como o pai de vocês.

    Beijos

    Maria Joseíta S. Brilhante Ustra

  6. francisco sales filho

    -

    12/10/2012 às 16:36

    A esguerda mentirosa,são oportunistas isso sim,não eram santinhos na era da revolução,estão sendo condenados, primeiro pela grandeza do Supremo Tribunal,segundo porque não aprenderam ser democráticos,terceiro roubaram muito, e se fosse pouquinho talves a história seria oputra.

  7. rosania

    -

    30/04/2012 às 23:33

    achar alguém prá criticar é fácil, mais quero ver alguém fazer o que dilma fez e faz!

  8. katia

    -

    01/11/2010 às 20:17

    valeu dilma valeu pela vitoria

  9. Juan

    -

    26/10/2010 às 6:25

    Mas o melhor, é que mesmo diante dessa avalanche de notícias sem respeito ao contraditório, diante da utilização espúria da religião, diante da utilização de emails difamatórios, a Dilma vai ganhar.

  10. Juan

    -

    26/10/2010 às 6:15

    É lamentável o papel que imprensa vem tendo nessas eleições, servindo explicitamente de instrumento para alimentar apenas uma das candidaturas. Mais lamentável é sentir algumas manifestações de apreço ao regime ditatorial.

  11. fabio

    -

    25/10/2010 às 17:26

    Ricardo boa tarde.É Incrivel existir um tipo de comentarista,que exalta ações armadas de um passado recente,onde os envolvidos eram sem exceção marxistas leninistas,ou seja “heróis” da época… para alguns!… mas hoje dinossauros fracassados, vide exs da URSS,CUBA ALEMANHA ORIENTAL ETC..
    A atual dama de vermelho tambem não exalta tanto assim o seu passado glorioso,visto á operação abafa a qual o pt aparelhou o STM e a pouco citação em qualquer propaganda eleitoral….Medo ou vergonha??
    Curiosos de plantão acessem “NUANÇAS DE DILMA VANA ROUSSEFF”
    A propria dama,ensinava marxismo no seu tempo de VARPALMARES,cujo pensamento mais conhecido sempre foi…”a religião é o ópio do povo”!!! e agora de forma conveniente a ex heroina marxista assume de forma marota a sua recem converção ao cristianismo praticante!!!!
    Pergunto,quem é mais incoerente?
    Falar sobre passado é chover no molhado?
    Falemos então do presente onde á cada manhã nos deparamos com mais um escandalo patrocinado pelo PT e ou por sua candidata, que se mostra completamente despreparada para promover,compartilhar e indicar seus assessores.Burlando as convenções,as regras do bem comum e ás leis …mas atacando e atacando mesmo tendo um grande teto de vidro sobre sua cabeça!
    E que necessita desesperadamente da voz,da presença,da imagem e das idéias do seu mentor e inventor para emprestar um pouco de garantia a sua candidatura!

    O incrível para mim é leitor que exalta quem participou da luta armada — um pessoal que não merecia ser massacrado, nem torturado, nem sofrer outras barbaridades que sofreu, mas que queria instaurar uma ditadura no país — e ridiculariza os democratas que precisaram se exilar, como se eles fossem fujões. Meu Deus do céu, que ignorância do nosso passado recente.

    Obrigado por seu comentário.

    Abração

  12. Adryel

    -

    25/10/2010 às 15:29

    enquanto a Dilma lutou contra a opressão da “DITADURA” onde pessoas inocentes morreram e desapareceram em um passe de magica…..Serra fugiu pra o Chile não teve coragem de Lutar a favor de seus ideais…

    Caro Adryel, sugiro mais respeito com os exilados. Passar década fora de seu país para não ser massacrado não é fugir. Não apenas Serra, mas milhares de brasileiros procuraram se proteger da barbárie no exílio.

  13. agamenon

    -

    25/10/2010 às 15:27

    O senador eleito Aloysio Nunes, o mais votado de SP, teve também militância na esquerda dos anos 60. Pertencia à ALN e foi guarda-costas e motorista do Marighela, participou também de vários assaltos a banco. Usava o codinome Mateus.

    Por falar em Marighela, há uma capa antológica de Veja, de 1969, onde está escancarada uma foto, em tamanho grande, do cadáver de Marighela todo perfurado de balas, quando tentava fugir com seu fusquinha. O título da matéria: “O terror morre com Marighela”.

    Como não sou de SP, alguém poderia me dizer se algum outro candidato ou coligação explorou o passado de ex-guerrilheiro/terrorista de Aloysio Nunes durante a campanha?

    O senador eleito Aloysio Nunes Ferreira nunca negou seu passado. Só que, tal como Dilma, hoje está dentro das regras da Constituição.

    Mas os adversários não o questionaram a respeito, talvez porque ele fosse um azarão na corrida para o Senado: começou atrás de Marta Suplicy, de Romeu Tuma, Orestes Quércia e Netinho de Paula.

  14. ZULEIKA AMARAL

    -

    25/10/2010 às 14:52

    Ler certos textos,como este logo abaixo,de Luith Santos,
    é um exercício de sado-masoquismo,reconheço:que IGNORÂN-
    CIA ANALFABETA dizer que DILMA,NOBRE GUERRREIRA,FOI VÍ-
    TIMA DA DITADURA,LUTOU PELA DEMOCRACIA,FOI PRESA E TOR-
    TURADA-COITADINHA!-E HOJE É ELA QUEM NOS TORTURA COM SUA
    INDESEJÁVEL PRESENÇA DE TRAIDORA DA PÁTRIA!Você precisa
    estudar mais sobre a história recente do BRASIL,cara,ler
    jornais,revistas,pra ficar sabendo que a DILMA é TERRO-RISTA E TRAIDORA DA PÁTRIA COMO O SÃO OS COMUNISTAS,E AS
    ARMAS QUE ELA USAVA ERAM ARMAS MORTÍFERAS COM AS QUAIS
    ASSALTAVA BANCOS,JOALHERIAS,ETC.Sendo que,ELA E SEUS CA-
    MARADAS,MATARAM BRASILEIROS INOCENTES-como você!-porque
    não aceitavam entregar o BRASIL PARA RUSSIA e CUBA!!!

    ZULEIKA AMARAL

  15. Estêvão Zizzi

    -

    25/10/2010 às 13:14

    Eleição! Racismo e preconceito na Internet! http://migre.me/1LkWk

  16. luith santos

    -

    25/10/2010 às 12:12

    …enquanto a PACÍFICA NAÇÃO BRASILEIRA, seio acolhedor de todos os povos oprimidos do planeta,estava a mercê e a submissão dos “soldados”…(que haviam sidos treinados para cumprir ordens de alguem indicado pelo povo de forma democrática e não educados para governar)…
    não tinha o lívre direito de pensar e agir democráticamente e os seus “patriotas intelectuais lá de longe choravam o leite derramado”, no aconchego da velha e acolhedora Europa, a “MARIA QUITÉRIA’, digo DILMA ROULSSELF, resistia a opressão, lutava bravamente á sua maneira com os meios que lhe era possivel, na defesa da DEMOCRACIA, na esperança de que o pais voltasse ao estado de direito que hoje usufruimos…nobre guerreira, de quem sinto orgulho de ser contemporaneo e grato admirador pelo sacrifício feito pelo futuro do nosso povo…
    Ela sentiu na pele os horrores da ditadura imperialista…ela sabe o que é na verdade o DOI-CODI- o que foi a guerrílha do araguaia…o que é a tortura física…- que não sentiram os que pregam o esquecimento… ‘AOS QUE SE ENFORCAM COM OS PESCOÇOS ALHEIOS “,…e hoje, cinicamente posam de heróis…- a dor dos outros tambem doi…
    …POR UMA NAÇÃO LIVRE E SOBERANA
    …PELA CONSOLIDAÇÂO DAS CONQUISTAS TRABALHISTAS…
    …PELO RESPEITO Á PESSOA HUMANA…

    ….VOTO EM DILMA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA !…
    GOETHE-Br.

  17. Achilles

    -

    25/10/2010 às 12:08

    A Dilma é uma heroína entre os heróis das liberdades democráticas no Brasil. O generoso povo brasileiro vai resgatar essa imensa dívida de gratidão, elegendo-a, em 31 de outubro, a primeira mulher presidente do nosso amado Brasil.

  18. Paulo

    -

    25/10/2010 às 11:13

    Se o “Processo” precisa ficar escondido durante o período eleitoral, já fica claro que não recomenda bem esta pessoa para o cargo pretendido.

  19. Paulo

    -

    25/10/2010 às 11:03

    Por que será que não surpreende esta atitude ?
    Se fosse contra um adversário do PT, provavelmente já estaria no ventilador.
    Por vezes, parece que as Instituições do Brasil, durante o governo PT, não agem com tranquilidade…

  20. francisco sales filho

    -

    24/10/2010 às 19:50

    Não condeno ideologia,condeno assassinatos ,tanto por parte dos militares,como por parte dos guerrilheiros,porém, se eles foram contemplados com indenizações por perseguição,as autoridades vítimas dos guerrilheiros deveriam sido tratados do mesmo jeito,o que não aconteceu.Me lembro de dolis gjuardas cívis mortgos no nb Bairro São eraldop em Belo Horizonte MG,deixaram esposa e filhos para criarem, em 1969.

  21. Abreu

    -

    24/10/2010 às 15:36

    È como eu penso,e deve ser o mesmo para milhares de BRASILEIROS e DEMOCRATAS,pensam,esse desgoverno é tão,mas tão sujo,e corrupto idem,que COMPRARAM até os militares.Prq,senão vejamos:com td que sabemos,nós simples mortais,corrupção,desmandos,roubalheira do dinheiro publico,enfim,pergunto;PRQ, AGORA C/TD QUE OS MILITARES CONHECEM DESSE DESCALABRO,NÃO TOMAM UMA ATITUDE,E IMPLANTEM A DEMOCRACIA NO BRASIL,sim,prq o que ora estamos vivendo,né e ném será uma democracia,caso a dita sra.vença.Óbvio que o Sr.Carlos Alberto Marques Soares,citado nessa matéria está é COMPRADO PELOS PETRALHAS,e é isso ai mesmo!

  22. José Siqueira Nobre

    -

    24/10/2010 às 14:28

    Por ordem do Lula esão escondendo os podres da candidata.

  23. aze

    -

    24/10/2010 às 13:14

    Como nega ter atuado em ações armadas, se ela mesma admitiu em vídeo aqui??? >>> http://www.youtube.com/watch?v=rsv2_vu91IE

  24. Roberto

    -

    24/10/2010 às 9:43

    MEU CARO RICARDO SETTI, SE HOJE O TRIBUNAL AGE COM ESSE AUTORITARISMO, IMAGINE QUANDO O GOVERNO FIZER CALAR A TODOS NOS COM O PNDH 3???

  25. fpenin

    -

    24/10/2010 às 9:34

    Caro Setti,
    O material perdeu o caráter de sigiloso, foi grande a luta dos políticos para que os arquivos fossem abertos ao distinto público.Em suma, qualquer cidadão pode acessar os famigerados arquivos da ditadura.Causa espécie que um magistrado qualquer, apesar da importância do cargo que ostente, possa arvorar-se o direito de ser ele próprio o novo guardião dos processos que dizem respeito à uma época que todos os brasileiros não querem de volta. Creio que exista algum poder moderador que possa por cobro a essa flagrante ilegalidade.O uso do material por parte de quem o requisitar é um direito, mas implica responsabilidades.Não cabe a nenhum poder emitir juízo de valor antecipado. Eremildo, o grande idiota, acha que interesses outros motivaram a decisão do maioral do STM.Silêncio absoluto.

  26. Marcos Bicalho

    -

    24/10/2010 às 0:58

    Como se o que a Ditadura escrevesse fosse verdade. Ou você vai acreditar no que aparecer??

    Não era o que a ditadura (com minúscula) escrevia, caro Marcos. São peças de processo que incluem, também, a defesa da ministra Dilma feita por seus advogados. E não sei se vou acreditar ou não, porque o presidente do STM, autoritariamente, como se estivéssemos na ditadura, não libera documentos que são públicos. O caso vai acabar indo até o Supremo Tribunal.

    Abraços

  27. Carlos Menezes

    -

    23/10/2010 às 18:41

    Muito interessante o interesse quase obsessivo por esta informação nas vesperas da eleição. A imprensa livre deste País teve 08 anos de Governo Lula para tentar obter estas informações, porque só agora interessa tanto???

    Não respondo pela Folha, caro Carlos, nunca trabalhei lá e nem pretendo, mas é óbvio que o interesse deve-se ao fato de a pessoa em questão, a ex-ministra Dilma, ser candidata a PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Acho que é razão suficiente, não?

    Abraços sinceros do

    Ricardo Setti

  28. Renato

    -

    23/10/2010 às 18:07

    Este texto só vem demonstrar aquilo que já percebo há muito tempo. A impunidade e o estado de corrupção absurda que o governo admitiu, demonstra claramente que a Dilma “tem que ganhar de qualquer maneira” a eleição, pois uma vitoria de Serra poderá por por água abaixo o sonho de Lula em transformar o Brasil (democrático?)numa ditadura civil (atualmente disfarçada). Esperamos que quem, de direito e sobretudo de carater, esteja percebendo isto, e jamais permita que nosso país sucumba a este nivel de estado.

  29. GERVASIO BARROS DE MELLO

    -

    23/10/2010 às 16:17

    É verdade ou mentira? A candidata ganhará meu voto se falar a verdade sobre isso no horário político:
    http://www.istoecatolico.com.br/index.php/Brasil/Diversos/Curriculo-Vitae-de-Dilma-Roussef.html

  30. Lílian

    -

    23/10/2010 às 13:24

    DILMA É A CANDIDATA do Presidente da República, eu acredito que, quem desobedecer a Lula perderá o emprego.
    .
    Legalmente falando:
    “É inexplicável que tenhamos obstáculos ao acesso à história deste país”, afirmou o ministro Marco Aurélio Mello. “O princípio maior é a publicidade. Não vejo obstáculo constitucional”, completou.
    .
    Para o ministro Carlos Ayres Britto, o processo da petista é um documento público, e portanto, “todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral”, citando artigo 5º da Constituição.
    .

  31. Celio Mello

    -

    23/10/2010 às 12:33

    Isto é que é isenção, dia 31 está chegando o povo dará a resposta nas urnas.

  32. Betânia

    -

    23/10/2010 às 0:28

    Quando digo que estamos numa ditadura disfarçada de democracia me acham exagerada. Para se ter uma democracia plena o Executivo, Legislativo e Judiciário devem ser independentes, não consigo ver essa atitude no legislativo desde o primeiro governo do Lula e nos últimos meses o judiciário estar deixando muito a desejar. Ainda somos uma democracia só não sei por quanto tempo, esse é o meu grande medo. Que Deus Salve o Brasil.

  33. Marcus(MG)

    -

    22/10/2010 às 22:04

    Ricardo setti me responda uma coisa, não foi o próprio PT que lutou com muitos outros para que estes arquivos da ditadura fossem de domínio público?
    Antes de ser guardado novamente alguém que teve acesso; como jornalistas e advogados ou historiadores puderam tirar cópias?Se tiraram cópias eles podem divulgar na mídia ou tem alguma restrição jurídica.Tem certeza que esse PT lutou pela liberdade de imprensa?Os fatos atuais não corroboram com a verdade.

    Muitos democratas de vários partidos, e também sem partido, lutaram para ter acesso aos documentos sigilosos da ditadura. Esses documentos a que você se refere não são sigilosos, são arquivos jurídicos que pela lei são disponíveis para quem quer consultá-los. Advogados e jornalistas e cidadãos de qualquer natureza podem e devem ter acesso. Esse presidente do STM está sendo arbitrário.

    Abraços

  34. Tito

    -

    22/10/2010 às 14:16

    “Para evitar o uso político”.
    De todas as desculpas que se pode dar esta é a pior.
    Então o povo brasileiro não tem o direito de conhecer o passado de uma candidata ao maior cargo do País? É uso político?
    Que Deus nos ajude! Até o nosso judiciário está infiltrado, a começar pelos tribunais eleitorais.

  35. Tarso

    -

    22/10/2010 às 14:11

    E aí Setti. Eu que não acredito mais nos 3 patetas, quer dizer poderes, mais uma vez estou a deriva em meu sentimento de brasilidade. Desta vez são os militares, logo eles que os brasileiros confiavam e que ainda seriam os guardiões da democracia, estão desrespeitando a Lei.Que é a Dilma é nós sabemos, está na internet o que eles escondem, mas que as Forças Armadas fazem parte desta sujeira toda é repugnante e, agora sim, não temos mais ninguém para nos proteger. Será poderíamos dizer: ditadores de direita protegendo ditadores de esquerda?

  36. Luiz

    -

    22/10/2010 às 11:34

    INFELIZMENTE PARECE QUE ESTE PAÍS SÓ TEM UMA SAÍDA: O AEROPORTO. NÃO HÁ GOVERNO, NÃO HÁ JUSTIÇA, NÃO HÁ ELEITORES SÉRIOS EM QUANTIDADE SUFICIENTE; A CLASSE POLÍTICA JÁ CHEGOU EM SUA MAIORIA À UMA TERRÍVEL CONCLUSÃO: É MUITO MAI$ VANTAJO$O FICAREM TODO$ DO ME$MO LADO. SOCORRO!!!

  37. José Geraldo Coelho

    -

    21/10/2010 às 19:26

    Quando pedi a publicação do resto da ficha da Wanda não pensei como você, caro Setti. Pensei como eles, guerrilheiros, que sempre gostaram de se vangloriar de seus feitos criminosos. Mesmo sabendo que a maioria deles são apenas fanfarronices de PenTelhos.

  38. José Ribeiro S.Cunha

    -

    21/10/2010 às 19:20

    Acho que a divulgação do processo que levou Dilma à prisão, na época da ditadura,influenciaria no processo eleitoral.Dilma cresceria bem mais junto à juventude e a tornaria uma heroína.Ser presa por ter combatido a ditadura só lhe traz respeito. Portanto fica o outro lado da dúvida, quem o presidente do STM quer favorecer?

  39. Paulo Bento Bandarra

    -

    21/10/2010 às 18:10

    Quem tem um passado como Dilma tem que esconder! O que é um contrassenso quando ela e Franklin Martins dizem que tem tanto orgulho dele! Deixem o eleitor julgar!

  40. Eduardo

    -

    21/10/2010 às 17:48

    Caro Ricardo:
    Uma dúvida: essa foto não é a da tão criticada “ficha falsa” da Dilma que a Folha de São Paulo publicou? Ou é documento de autenticidade comprovada?
    Alerto pois daqui a pouco você vai começar a tomar pancada se for a mesma ficha…

    Caro Eduardo, preciso lhe agradecer.

    Depois de seu comentário, fiquei em dúvida sobre a procedência da tal ficha. Estamos agora publicando documento autêntico já utilizado por VEJA.

    Um abraço

  41. Eliane (RJ)

    -

    21/10/2010 às 17:37

    Caro Setti,
    a atitude do presidente do STM só vem ratificar que nossa justiça além de cega, surda e muda, também é paralítica! O recurso do jornal está “rolando” há meses. Kafka, se vivo fosse, teria que atualizar “O Processo” rapidinho!

  42. veiaco

    -

    21/10/2010 às 17:25

    O processo tá no cofre mas a Val Palmares esta aí, na casa civil, nas comunicações, nesse desgoverno, em plena Campanha pra Presidência da República.

  43. maria monteiro

    -

    21/10/2010 às 17:01

    Ela merecia que lhe perguntassem à queima roupa, ao vivo e em cores: “Quantos bancos a sra. assaltou mesmo?”. Basta olhar no alto da ficha, em vermelho e letras maiúsculas: Terrorista e assaltante de bancos.
    Quanto ao comportamento do STM, vai no mesmo diapasão do do STF, do TSE, da PF ontem com Amaury e seu dossiê. Foi nisso que eles transformaram o país e suas instituições.

  44. Ana

    -

    21/10/2010 às 16:47

    està trancado porque se o povo tivesse acesso ao que essa terrorista fez nao votava nela!
    isso è uma tramòia petista vergonhosa, temos o direito de conhecer o passado do candidato pra decidirmos em quem votar!!! o passado diz quem è a pessoa, se ela matou, roubou temos o direito de saber!

  45. José Américo C Medeiros

    -

    21/10/2010 às 16:43

    Grande democracia brasileira: o povo fica impedido de saber mais, e melhor decidir, sobre uma pessoa que se apresenta para o cargo mais elevado.
    Se isso não se configura censura imposta pelo atual governo então eu estou em outro país, ou talvez, e melhor opção, realmente eu esteja na Venezuela, Irã, ou Cuba.

  46. Raphael

    -

    21/10/2010 às 16:42

    Eu acho muito engraçado essa busca frenética agora. Só pode ser para fins eleitoreiros. Por que a Folha não pediu o diploma de economista de Serra? Vai saber. Eu não concordo com as desonestidades que acontecem na política, e por isso não sou filiado a nenhum partido, mas a imprensa quando quer ser suja faz muito bem. A Folha é a mesma que disse que a ditadura foi uma “dita branda” e que emprestou veículo para torturadores. Sou historiador e sou favorável que se torne público os documentos no período da ditadura, inclusive os que confirmam apoio de muitos jornalistas ao regime.

  47. Camada von Ozonio

    -

    21/10/2010 às 16:31

    RICARDO,
    A OUTRA METADE DESTA FOTO É FACILMENTE ENCONTRADA NA INTERNET COM DETALHAMENTO DOS CRIMES COMETIDOS.
    O QUE IMPEDE DE SER EXIBIDA AO PÚBLICO , A LEI DA ANISTIA?

  48. Luiz Carlos

    -

    21/10/2010 às 16:16

    CF de 88,Art. 5º(cláusula perpétua)Inc. LX:”A lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimidade ou o interesse social o exigirem”.

  49. Marco

    -

    21/10/2010 às 16:12

    Caro R. Setti: Temos q conhecer sim, os meios políticos da candidata. Isso é um extremo terrorismo não divulgar. Tem q se abrir as páginas desse processo já q está concluido, pode se ler histórias estranhas e absurdas ou talvez até algumas coisas boas.Minha dúvida é, se Dilma é tão humanitária como se auto propaga sendo quase uma ordem religiosa.
    Abs.

  50. JT

    -

    21/10/2010 às 16:08

    O Ministro Carlos Soares está apenas protegendo Dilma de si mesma. Arrisco dizer que a ficha dela não tenha nada de relevante exceto pelo fato de demonstrar que ela não tinha muita importância.

    Vejamos: a Dilma é uma líder nata? Se ela é hoje, seria também na época, o que implicaria numa notoriedade maior de seu nome nos registros jornalísticos.

    Você não vê fotos de Dilma na porta de um avião, por ocasião da anistia ampla, geral e irrestrita. Depois de passar três anos na cadeia, para onde foi a Dilma? Foi para outro país?

    Tivesse ela cometido um delito mais grave,na concepção dos militares, ela não teria sido solta tão cedo.

    Os arquivos sobre Dilma me parecem tão folclóricos como os arquivos sobre os ovnis: se forem abertos não terão qualquer revelação bombástica.

  51. José Geraldo Coelho

    -

    21/10/2010 às 16:02

    Afinal, foi o PT que exigiu a abertura dos arquivos do DOPS!

  52. José Geraldo Coelho

    -

    21/10/2010 às 16:00

    Por que você não publicou a parte de baixo da fixa da Wanda? É nela que está a lista de crimes (roubos, assassinatos, sequestros e atos terroristas) que ela praticou.

    Caro José Geraldo,

    Não achei correto publicar porque na parte de baixo da ficha há uma série de crimes que notoriamente não tiveram o envolvimento de Dilma. Ela de fato integrou organizações clandestinas que praticaram a luta armada, mas não participou diretamente de ações armadas, e na sua ficha — como se fazia no tempo da ditadura, em que se atribuíam levianamente todo tipo de ilegalidades e crimes até a gente que não estava envolvida em nada — constam assaltos a bancos e assassinatos de que ela não tem responsabilidade.

    Abraços

  53. maria

    -

    21/10/2010 às 16:00

    ESTA É NOSSA JUSTIÇA:SEGA SURDA E MUDA.
    {SÓ QUANDO É DO INTERESSE DELES ]
    ESTES DOCUMENTOS DEVEM SER UMA BOMBA,CASO CONTRÁRIO NÃO HAVERIA TANTA PREOCUPAÇÃO EM ESCONDE-LOS.
    A CADA DIA QUE PASSA DA MAIS MEDO DO QUE VEM POR AI.

  54. Enio

    -

    21/10/2010 às 15:55

    Qual é o passado que Dilma insiste em manter arquivado no processo engavetado pelo STM a pedido do Lula?

  55. Maria B.

    -

    21/10/2010 às 15:47

    Só uma observação! O ex de Dilma deveria usar o mesmo grau dos óculos que ela ostenta nesta foto…só isso explica a declaração que deu, afirmando que ela era uma gata. Tudo tem limite, pelo amor de Deus!Gatinha sapeca, essa danadinha,e inteligente…escolheu um ceguinho pra namorar!
    Não publique, se isso parecer maldade :))
    Abraços, Setti

  56. Maria B.

    -

    21/10/2010 às 15:40

    Oi, Setti, boa tarde

    Pois é, ouvi dizer (isto é ótimo,dei uma de petista agora hehehe) que toda essa proteção ao processo está também ligada à declaração da candidata, que consta no processo, quando à época se declarou ateia.Muito pouco para que o STM cometa uma ilegalidade desta proporção,não? Documentos que não tenham carimbo de sigilosos ou secretos são, para efeitos legais, ostensivos, ou seja,livres para consultas, que é o caso dos documentos sobre Dilma.

  57. sidney

    -

    21/10/2010 às 15:35

    Eeeee Ricardo ; deve ser algo… muito importante ( fato/acao etc etc ) que nao querem – REVELAR – e a desculpa eee sempre a mesma – nao interferir (vejam soooo ) nas Eleicoes ????
    Sera que nao estao (esta) SUBVERTENDO etc etc a LEI e a nossa – CONSTITUICAO – ???
    Me deixa sempre atonito uns e outros exercendo cargos de importancia , responsabilidade e destaque sempre e sempre – AVOCANDO – para si ; dando enfim a ULTIMA PALAVRA e fim de papo ???
    Cade o – FISCAL – ??? alguem viu ; sabe se ele esta trabalhando ??
    Fiscais somos nos mesmo – O POVO BRASILEIRO – que nao deve se calar nao !!!
    As – ELEICOES – estao ai para serem feitas mudancas e quem sabe ate reformas porem ; bem feitas e comandadas dentro das Leis e consequentemente , PARAMETROS LEGAIS ESTABELECIDOS NA JA DITA E COMENTADA – CONSTITUICAO !!!!
    ACORDA BRASIL
    ACORDEM BRASILEIROS
    Grande abraco

  58. Ana Carol

    -

    21/10/2010 às 15:32

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados