Blogs e Colunistas

02/07/2011

às 18:12 \ Política & Cia

Não, eu não me orgulho de ter tido um presidente semianalfabeto

Campeões de Audiência(Este post, publicado dia 30 de outubro de 2010, é O POST MAIS ACESSADO DESDE QUE O BLOG FOI AO AR, A 13 DE SETEMBRO DE 2010. Campeoníssimo de audiência, pois. Só troquei o verto “ter” do titulo por “ter tido”. Veja explicação sobre a republicação dos mais acessados).

Escrevi um post ironizando o desejo de o presidente Lula “escrever” sobre “coisas” que “agora não pode dizer” depois de deixar a Presidência, pois, como se sabe, Lula não é de escrever.

Recebi vários comentários dizendo-me “preconceituoso”.

Por coincidência, na festinha improvisada com que colaboradores homenagearam seus 65 anos de idade, esta semana, Lula voltou a um velho tema que me permite retomar o assunto da importância da educação formal e do exemplo que um presidente deve dar.

Depois de dizer que os brasileiros não precisam mais “ter medo” de um presidente não detentor de diploma universitário, como supostamente ocorreu nas eleições de 1989, o presidente disse o seguinte:

– Precisei chegar lá para provar que inteligência não é medida pelo tempo de escolaridade. O tempo de escolaridade mostra conhecimento e aperfeiçoamento específico de uma matéria. A inteligência, você nasce com ela e aperfeiçoa. Até porque o dom da política não se aprende na escola. Se se aprendesse na escola, quem seria um bom presidente seria um cientista político e não um torneiro mecânico, essa é a lógica.

Confira o vídeo em que Lula faz essas e outras observações:

ESCOLARIDADE E INTELIGÊNCIA

Lula misturou um monte de coisas nessa frase mas, em meio a considerações corretas, disse bobagem.

É verdade que inteligência não é provada por “tempo de escolaridade”.

É verdade que o dom da política não se aprende na escola.

É verdade, para deixar bem claro, que o presidente Lula é um homem inteligente. Eu não apenas acompanho sua carreira e seu trabalho desde o começo, nos anos 70, como o conheço pessoalmente há anos e, embora não o veja há tempos, sempre me pareceu claro que Lula é excepcionalmente dotado de inteligência. Apostaria que sua inteligência é bem acima da média.

É também verdade que as pessoas nascem inteligentes, como, repito, é o caso de Lula.

ESTUDAR É ABRIR-SE PARA O MUNDO E A VIDA

Mas é bobagem, e bobagem da grossa, produto da ignorância, dizer que “o tempo de escolaridade mostra conhecimento e aperfeiçoamento específico de uma matéria”.

Não, prezado presidente Lula. Escolaridade, estudos, a frequência à escola e à universidade abrem horizontes, aprimoram a compreensão do mundo, ensinam a importância do contraditório, disciplinam e direcionam o uso da inteligência, preparam a pessoa para a profissão e a vida.

É, pois, muito, muitíssimo mais do que “conhecimento e aperfeiçoamento específico de uma matéria”, como afirmou Lula.

Do ponto de vista técnico, e a despeito de sua enorme inteligência e do conhecimento que adquiriu na prática dos problemas do país e do que aprendeu sobre o funcionamento do mundo e das relações internacionais, o presidente Lula, infelizmente, é semi-analfabeto. Não gosta de ler, admite ter lido pouquíssimos livros ao longo da vida, não possui livros de cabeceira nem sequer uma mini-biblioteca de dez, quinze livros prediletos.

Nunca escreveu de próprio punho um texto sobre qualquer tema.

LULA NÃO ESTUDOU POR ARROGÂNCIA, E PORQUE NÃO QUIS

E, francamente, ninguém aguenta mais a demagogia do pobre torneiro mecânico que veio do nada e precisou se virar na vida para sustentar a família. Ele poderia ter estudado, se quisesse. Sendo um líder político importante, deveria. Centenas de milhares de brasileiros vindos da pobreza o fizeram, chegaram lá, de alguma maneira.

Lula não se ilustrou por arrogância — por achar que sua inteligência dava e dá conta de tudo — e porque não quis.

Não faltam líderes políticos de origem humilde que superaram obstáculos e, ao longo da vida, enriqueceram sua bagagem cultural.

Marina Silva: "Nunca paro de estudar"

Vejam o caso da senadora Marina Silva, cujo parto foi feito pela própria avó nos cafundós dos seringais do Acre e que era analfabeta e incapaz de garranchar o próprio nome até os 16 anos.

A despeiro da vida dura que teve, dos quatro filhos que criou, ela deu um jeito de ilustrar-se, aprender: fez o ensino elementar, o médio e formou-se em História pela Universidade Federal do Acre. E mais. Marina acaba de conceder uma entrevista em vídeo para a repórter Mirella D’Elia, do site de VEJA (leia a primeira parte).

Lá, a certa altura, diz a ex-seringueira que teve 20 milhões de votos para presidente:

– Eu nunca paro de estudar. Quando eu estava no Ministério do Meio Ambiente e no Senado, estava sempre estudando. Graças a Deus consegui fazer duas especializações — uma na Universidade de Brasília, em Teoria Psicanalítica, e outra na [Universidade] Católica [de Brasília], em Psicopedagogia. E estou terminando uma em Psicopedagogia na Argentina. Tive que parar esse ano, mas vou retomar.

OS EXEMPLOS DE LUIZ MARINHO E VICENTINHO

Ela não é a única entre líderes brasileiros, evidentemente. O atual prefeito de São Bernardo do Campo (SP), Luiz Marinho, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC – sindicalista como Lula, portanto –, ex-pintor de automóveis na Volkswagen, tocou a vida para a frente e, militando no sindicalismo e na política, e hoje é advogado.

O deputado e ex-presidente da CUT Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho, outro que comeu o pão que o diabo amassou — no interior do Rio Grande do Norte, onde nasceu, foi vendedor de pães, trabalhador rural, operário de picareta na mão e lavador de carros –, não deixou que a luta sindical em que se envolveu em São Bernardo do Campo desde os anos 70 o impedisse de estudar, e tampouco a política, em que ingressou posteriormente.

Caminhou aos trancos e barrancos, mas seguiu em frente. O segundo grau, fez por meio do Telecurso 2000. Orgulhosamente, com sempre admite, formou-se em Direito.

REALIZAÇÕES E PÉSSIMO EXEMPLO

Ao chegar ao final de seu mandato, muita coisa pode-se dizer de Lula. Em outra post, tentarei um balanço, do meu modesto ponto de vista. Apesar das muitas críticas que merece pela forma como se comporta no cargo, pelas alianças que fez e outras razões, não há dúvida sobre a grandiosidade de várias de suas realizações, sobretudo no terreno da distribuição de renda.

Por isso, e por outras razões, Lula é admirado mundo afora — menos, é verdade, depois das sucessivas declarações de “amizade” a tiranos como Fidel Castro e o ditador do Irã –, e um grande número de brasileiros se orgulha dele.

A meu ver, porém, a insistência de Lula em jactar-se a cada momento de não ter estudado constitui péssimo exemplo, sobretudo aos jovens, principalmente por vir de um presidente da República, com o peso e a carga legal, moral e simbólica do cargo.

Este ponto específico não me desce pela garganta.

Não, amigos, eu não tenho o menor orgulho de ter um presidente semi-analfabeto.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

1.284 Comentários

  1. Sol Angel

    -

    27/10/2014 às 10:59

    Não estudou porque é um ‘paresseux’, arrogante e fraco. Viveu na maior cidade da América do Sul – São Paulo com excelentes universidades, faculdades. Eu mesma estudei a graduação enquanto trabalhei. Hoje tenho mestrado e existem centenas de milhares de estudantes que trabalham. Mas são os fortes!

  2. Sol Angel

    -

    27/10/2014 às 10:53

    Não estudou porque é um ‘paresseux’, arrogante e fraco. Viveu na maior cidade da América do Sul – São Paulo com excelentes universidades, faculdades. Eu mesma estudei a graduação enquanto trabalha e hoje tenho mestrado e existem centenas de milhares de estudantes que trabalham. Mas são os fortes!

  3. Iverson

    -

    23/10/2014 às 23:01

    Olha, não concordo com o texto acho que Lula não é motivo de vergonha não acho também que devemos monopolizar o direito de representação a transformação apenas para homens letrados. mas quero parabenizar o senhor pois diferentemente de **** *****, o senhor ainda publica comentários que discorda do que o senhor escreve, chaga até a respondê-los diferentemente de outros por ai que só escreve para que está alinhado.

  4. Elizabeth M. Frederico

    -

    11/10/2014 às 20:57

    Nunca achei Lula inteligente, apenas astuto! Usa da astúcia para devorar as galinhas ( o bicho mais tonto que já conheci)! Apenas isso! Ah! Aquela declaração de que a mãe dele nascera analfabeta é, para mim, impagável! Hahaha…

  5. barbara

    -

    10/10/2014 às 11:44

    Este blog é apenas um blog, não é a revista VEJA.
    E não publicarei seu comentário porque ele é, antes de tudo, MENTIROSO. Além disso, é ofensivo e calhorda.
    Seu comentário foi para o destino que merecia: o lixo.

  6. TORQUATO

    -

    19/09/2014 às 13:11

    É TRISTE!

  7. Fatima souza

    -

    10/09/2014 às 10:37

    Marina soube aproveitar bem né, mais esperta, conseguiu até o apoio do banco Itaú e isso será a ruína do povo brasileiro, caso ela seja presidenta! essa de boba ela não tem nada

  8. luciana

    -

    09/09/2014 às 15:42

    mesmo sendo ex-presidente ainda tenho vergonha

  9. Ademir

    -

    02/09/2014 às 9:22

    Acredito que a hora do Aécio não é agora, pois Marina Silva tem argumentos favoráveis e suas pretensões parecem ser mais coesas ( pé no chão ). Vejam no wikpédia a tragetória da Marina , o quanto estudou , 16 anos no Senado , acho difícil , ou melhor , impossível o Aécio chegar perto no IBOP. Veremos cenas dos próximos capítulos!

  10. Renildo Costa

    -

    30/08/2014 às 15:11

    Lula não é exemplo de homem publico,esse papo de distribuição de renda é lorota,o pilar fundamental de qualquer nação é a educação,o berço do desenvolvimento do pais vem das escolas,universidades,escolas técnicas etc ,bastar comparar o legado de Fernando Henrique e o de Lula.

  11. Bia

    -

    27/08/2014 às 12:47

    O exemplo que ele deixa ao jovem brasileiro é nefando, que leva o país ladeira abaixo da prática saudável da convivência em sociedade. Em pouco menos de 15 anos, seu ponto de vista e sua gestão levaram o país à bancarrota econômica, bem como anularam toda e qualquer possibilidade de regeneração a curto prazo, uma vez que a massa jovem foi contaminada pelo assistencialismo mantenedor da ignorância, maquiador dos roubos e desvios suntuosos e segurança política para a defesa das práticas abomináveis que perduram há décadas nas terras Tupiniquins e adjacências.
    Eu, mais do que não me orgulhar, sinto nojo. Minha ojeriza ao partidarismo nacional-socialista, comunista e o diabo-a-quatro é cada vez maior, uma vez que nenhuma dessas filosofias políticas protege o indivíduo, mas sim, defende grupos em sobreposição a outros. A História se repete, não há novo resultado para a mesma fórmula. Se se continua “fazendo” política e não “sendo” político, continua a mesma receita desandada de país.

  12. Mario Silva

    -

    27/08/2014 às 8:07

    Com certeza se orgulha apenas do Advogado Sarney, do sociólogo Fernando Cardoso, dos vinte e um anos de governos militares e é claro do melhor de todos o jornalista Fernando Collor de Mello.

    Mas digitando Pib do Brasil no Google a primeira coisa que se vê é o gráfico montado pelo Google Docs com dados do Banco Mundial mostrando o gráfico do crescimento do país nas últimas décadas.
    Depois é só pedir pra uma criança explicar o gráfico.

  13. ROCHA MATOS

    -

    19/08/2014 às 21:06

    “A alguns cidadãos é dado o privilégio de tomar decisão de alcance público, mas todos têm o direito de criticá-las”. (Aristóteles). Isso cabe aos comentário feito pelo então Presidente Lula,que embora tenha feito muito pelo povo e acha que as suas retóricas sobrepõe a inteligência do brasileiro mais esclarecido. Sabemos que um país só consegue desenvolver-se em todas áreas, se tiver instituições de ensino que formem profissionais capacitados para atuarem em todas as áreas de produção e educação, sim porque uma país só se desenvolve por meio dela. É através da educação que desenvolveremos o senso crítico da nossa população e assim acabar com todo esse problemas que hoje passam a sociedade brasileira, que está contaminada pela corrupção, falta de caráter de muitos políticos, leis ultrapassadas, segurança ruim, educação de péssima qualidade e por ai vai. Precisamos sim, de muita educação.

  14. Edson da Silva Bezerra

    -

    18/08/2014 às 21:28

    Tem muito catedrático na política que a única coisa que o seu estudo lhe concede é mais artinha para arrebatar os recursos do governo…

  15. ivai

    -

    26/07/2014 às 1:34

    eu tenho 34 anos antes do lula eu não tinha condição nem de morrer, pois não tinha emprego,gostava de praticar esporte não tinha onde, hoje temos tudo nas mãos. mas hoje tenho 34 anos não da mais, pois já estou acima da idade, mas onde eu moro hoje temos tudo, tem boa educação, saúde, esporte, tem muito emprego. hoje e assim o pobre inteligente tem condições de montar um negocio e sem duvida ate se torna grandes empresários . antes eu não ganhava dinheiro, hoje ganho mais de 3 mil mensal apenas com terceiro ano completo, agora me fala com esse salario posso ou não posso compra um carro 0 km antes de Lulinha não nem bicicleta eu tinha. reclamam de hospitais públicos, mas todos que foram inteligente no governo do pt tem condições de ir em hospitais particular…

  16. claudia

    -

    28/06/2014 às 9:14

    As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web.
    Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo?
    Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  17. claudia

    -

    28/06/2014 às 9:05

    As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web.
    Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo?
    Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  18. jose vital gomes barbosa

    -

    24/06/2014 às 0:45

    em nosso país que é um país de corrupto o político não pode ter muito estudo se não oroubo é maior..

  19. Ednaldo

    -

    26/05/2014 às 18:42

    Isso reflete a minha percepção de que, nos últimos 10 anos, os brasileiros ficaram cada mais ricos e com um poder de consumo maior de produtos como TVs de LCD, celulares modernos, carros, TV por assinatura, etc. Porém, esse avanço não se deu na mesma proporção no campo da educação…

  20. M. Esther Torinho

    -

    18/05/2014 às 23:48

    Se você não gosta da gente, por que apareceu aqui? Não preciso de seu mau humor e de suas opiniões mal fundamentadas e sem base na realidade.
    Tchau!

  21. regina

    -

    17/05/2014 às 15:20

    isso mostra que a educação esta em baixa , a população continua votando em analfabeto ,pessoas incompetentes e corruptos,O BRASIL VAIIIIIIII ESTA INDO A FALÊNCIA(BANCARROTA) afuunda Brasil ….

  22. Luiz Carlos

    -

    09/05/2014 às 23:03

    Esse Presidente foi uma Piada, infelizmente, espera mais dele, sim unificou um programa do período FHC, que era composto de vários benefícios, transformou um programa sério num verdadeiro curral eleitoral, o Bolsa Família para mim ao mesmo tempo que ajudou uns também penalizou, sendo um instrumento para corrupção nas mãos de vários lesas pátrias no país, Bolsa para quem precisa muito é uma coisa, agora distribuição generalizada do erário público ai já é DILMAIS…..

  23. Dilma Rezende

    -

    07/05/2014 às 14:37

    Você foi e é um péssimo exemplo para nossa juventude…não adianta ter inteligência e só a usar para o mal…faltou princípios…educação…respeito…berço…queremos nos ver livre dessa maldição …

  24. monica

    -

    28/04/2014 às 22:08

    Concordo!

  25. Cristiane

    -

    28/04/2014 às 16:36

    Concordo totalmente com o texto,Lula não estudou pq não quis e é sim,um péssimo exemplo sobre escolaridade pros mais jovens !!! (sem nem entrar agora,no mérito de ser bom ex. ou não, em outros aspectos rs).

  26. Marcos A.

    -

    25/04/2014 às 10:39

    Infelizmente tem todas as ferramentas à mão para dar o bom exemplo e faz exatamente o contrário. Não é à toa que existem tantas vagas de emprego sobrando por falta de qualificação profissional.

  27. Rubens Lemos

    -

    15/04/2014 às 20:17

    Este Sr. está mais para LADINO !!!

  28. Ernesto Samper Rodríguez

    -

    15/04/2014 às 1:57

    Não é só você, não, Ricardo, pode ficar sossegado…

  29. Fernando171%

    -

    30/03/2014 às 9:35

    Você diz que a Marina é exemplo, mas para o Reinaldo Azevedo ela é pior do que o Lula :
    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/marina-silva-e-a-personagem-politica-mais-reacionaria-e-arrogante-do-pais-nesse-particular-ela-venceu-lula/
    Também ela é mulher e negra ao mesmo tempo. É **** ***** ***** ****** ****

    Exemplo no sentido de alguém que saiu do analfabetismo para uma formação em curso superior e, depois, mais além.
    Politicamente não compartilho das ideias de Marina Silva.
    E o Reinaldo Azevedo tem, naturalmente, todo o direito de achar que bem entender sobre a ex-ministra ou quem quer que seja, não é mesmo?

  30. horácio martins dos reis

    -

    20/03/2014 às 9:10

    As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web.
    Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo?
    Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  31. Dick Cheney

    -

    08/03/2014 às 16:43

    E será que, no fundo, alguém tem orgulho disso?

  32. Lino Corrêa Lima Neto

    -

    28/02/2014 às 22:07

    De que adianta a erudição se ela não for investida para o bem comum? No Brasil, são inumeráveis os exemplos de homens com montanhas de títulos acadêmicos, mas que empenham o máximo de seus esforços para nos lesar. Talvez tenhamos de rever o conceito de alfabetizado, uma vez que todos esperamos que aqueles assim considerados sejam agentes edificadores de justiça social e não o contrário.

  33. Leniéverson Azeredo

    -

    25/02/2014 às 8:21

    Eu não tenho orgulho também não.E acho que ele fez um péssimo governo.

  34. MARINO

    -

    02/02/2014 às 22:00

    Eu tambem não tenho o menor orgulho de ter esta senhor como presidente e que ainda fazescarnio de quem estudou.

  35. marceloDF

    -

    24/01/2014 às 1:07

    Devemos agradecer o fato dele não ter estudado. Sem estudar ele se tornou dono do Brasil, se tivesse estudado hoje o Brasil seria uma monarquia e ele o Rei. Podem dizer o que quiser do Lula, com razão, mas ele é um dos caras mais espertos do mundo e sempre consegue o que quer, e isso desde sempre.

  36. ZE PEDRO

    -

    16/01/2014 às 16:18

    Realmente o Brasileiro tem mesmo a memória curta, Se não vejamos: a meu ver, se lula fez um bom governo, quero acreditar que foi graças à casa arrumada que ele encontrou. Fernando Henrique pode não ter sido simpático, porque teve que tomar medidas antipáticas: com uma inflação violentíssima, ao ano, quem está acima dos quarenta anos sabe muito bem disso. lula seria com certeza, incapaz de contornar aquela situação. FHC, foi obrigado a tomar outras medidas amargas como; dar vida nova a muitas empresas públicas que só davam empregos a vagabundos e muitos prejuízo.telefones por exemplo, era luxo. a vale só dava prejuízos. enfim; foi obrigado, a tomar muitas medidas antipáticas, mas para o bem do país. Após tudo encaminhado: Oportunamente, nos aparece um lula, como a serpente no paraíso, na frente de EVA, fazendo belas promessas, e a maioria do povo, como EVA caiu na lábia de Lula; e com suas pérolas, endossa o povo, que ingratamente menosprezou um ajuste geral no país, e entregou o país a lula que nadou de braçadas. A partir dai, perdemos o “paraíso” fomos castigados, estamos pagando um preço alto, por termos acreditado nas promessas da serpente. Inflação galopante, juros cada dia um percentual, combustível, nas alturas, saúde cambaleando, educação, o quanto pior, melhor porque vira massa de manobra, segurança só em Deus. Todo mundo sabe que lula está sim, fazendo um terceiro mandato, só que de forma disfarçada. dando as cartas a bel prazer. mandando e desmandando no país. A meu ver que receber herança e esbanja, não merece aplausos nenhum. quero ver é fazer a fortuna. A meu ver, lula foi um oportunista de muito sorte, para azar.

  37. rodrigo

    -

    08/01/2014 às 17:24

    vergonhoso foi ter um Presidente com PHD que nuncas fez nada pelo trabalhador (e o que fez fez pelos endinheirados) e pelo respeito de seus direitos depois de Lula nenhuma empresa tenta bancar a espertinha em manter funcionários sem registro de carteira ou marcar o inicio das ferias no inicio de um final de semana ou feriadão para dar um exemplo de muitos

  38. Denis Franco

    -

    06/01/2014 às 17:51

    uma coisa é ser intelegente e outra é ser esperto tem muitos por ai doutor que estão na merda por se acharem os maiorais os melhores o cara semi analfabeto ergueu o país colocou o Brasil aonde ele nunca tinha chegado não sou petista e muito menos apoio as pilantragens dele muito pelo contrario todos merecem cadeia mais temos que reconhecer que o cara conseguiu com seu semi analfabetismo deixar o país pronto para ser de primeiro mundo deixou o trabalho feito agora seus inteligentes veja em quem vocês vão votar ano que vem pra continuar o trabalho que a Dilma não fez nada o país ta na mesma só pra piorar com ela

  39. roberto martins sales

    -

    01/01/2014 às 23:18

    ser inteligente,é ser esperto? o ruin de tudo é saber que os politicos que ai estão usam da esperteza para ludribiar o povo e mante-lo sobre controle e com isso os miséraveis tem outro nome;”bolsa familia”.os vivos são cada vez mais governados pelos mais espertos. plágio barão de itararé.

  40. Elilmar

    -

    31/12/2013 às 21:47

    O que se ver por aqui sao tao somente comentarios precoceituosos.mas eu nao me envergonho nem um pouco de ter tido um presidente como diz o diz o autor do texto. o que eu me envergonho foi de ter tido um presidente poliglota e sociologo que tao mal fez ao Brasil e aos brasileiros, que fez tanto mal a educacao do brasil e que governou de costas para o povo. O Brasil teve apenas 2 presidentes que realmente foram bons; Vargas e Lula. A Dilma eu nao falo porque como se fosse o Lula. o que eu vejo muito politico denegrindo o barbudnho sem ter condicoes morais de por a lingua onde o Lula coloca os pes.

  41. ZGeistBR

    -

    22/11/2013 às 14:05

    Vá passear e suma daqui. Infeliz é você, que tem como ídolo essa figura execrável.

  42. Paulo Bressam

    -

    15/11/2013 às 21:53

    Faço minha suas palavras.Pior do que tudo é aturar escritores imbecis, que se acham detentores de número mínimo de neurônios.

  43. Nilton Haus

    -

    15/11/2013 às 17:40

    Pior do que tudo é aturar leitores imbecis, detentores de número mínimo de neurônios.

  44. Nilton Haus

    -

    15/11/2013 às 17:14

    Lamentavelmente, leitores débeis mentais incapazes de entender um texto são um problema.

  45. douglas

    -

    14/11/2013 às 16:09

    O mais incrivel é que quando o Lula era presidente do sindicato ele e seus companheiros davam cursos de negociação para os intelectuais dos RHs das grandes empresas, era o burro ensinado os inteligentes como puxar a carroça.

  46. Josemí

    -

    27/10/2013 às 15:32

    Deletei seu comentário por uma razão muito simples: ele é mentiroso e ofensivo.

  47. Josemí

    -

    27/10/2013 às 15:20

    Marina Silva está estudando para mostrar que não usa perfume e maquiagem para não agredir o meio ambiente e esconder que é esposa de um dono de madeireiras.
    Como pode uma pessoa que era do Partido Verde, deitar na mesma cama de um derrubador de árvores.
    Marina só engana quem quer ser enganado, ela só é ovelha na voz, pois a cara já é de lobo.

  48. Josemí

    -

    27/10/2013 às 15:14

    Melhor um presidente que semi-analfabeto, que fez alguma coisa, que um cheio de diplomas que não fez nada.

  49. Miguel

    -

    18/10/2013 às 14:36

    Primoroso seu texto Ricardo!

  50. Cláudia Gouveia

    -

    17/10/2013 às 15:33

    concordo plenamente. Assim como vc nunca me orgulhei de ter um presidente semi analfabeto. Nem todos são dotados de tanta inteligência e esperteza. Alias pessoas inteligentes querem cada vez mais ampliar seus horizontes.

  51. Taíme

    -

    17/10/2013 às 14:26

    Concordo 100%!
    Parabéns!!!
    Também não tenho o menor orgulho de ter um presidente semi-analfabeto.

  52. João Zuccaratto

    -

    16/10/2013 às 15:24

    Prezado Ricardo,

    O problema do Lula é complexo de inferioridade. Por mais que ele seja grande, se acha pequeno. E, assim, precisa se valorizar. Então, é o tempo todo jactando-se. Pode até ser inteligente. Mas é ignorante.

  53. julia

    -

    05/10/2013 às 19:32

    caro Ricardo, já dizia minha avó, que em terra de cego, quem tem um olho é rei. lula pode parecer inteligente, ao falar para nossa pobre gente que o conduziu ao poder, mas na realidade ele esta mais para esperto, que para inteligente. uma pessoa inteligente de verdade jamais se orgulharia da própria ignorância. observo com frequência que as pessoas mais inteligentes são sempre as mais humildes ao procurar o conhecimento e o aprendizado constantes.

  54. Aricle Pereira Santos

    -

    02/10/2013 às 23:39

    Muito boa a sua matéria. O Lula sempre foi um mal exemplo para aqueles que estão na escola, pois chegar onde ele chegou sem precisar de estudos, dá uma falsa impressão que a educação é não é fundamental para o crescimento de uma nação.

  55. wagner de souza

    -

    01/10/2013 às 21:50

    E isso ae msm povo.Pensso que o desgraçado do lula sempre viu a politica como herança de familia,onde ele indicava uma amigo.Essa semana lir num noticiario,ele dizer que haddad deveria ter aumentado tarifas de ornibús em janeiro,pois segundo ele não teria protesto,no meio do ano.Ele também disse,que se arrepende das indicaçãos que deu aos cargos no STF,acho que ele disse isso,pois
    seus parceiros corruptos,não estão numa situação tão,embora agora com esses embagos,poderiam sair ipune.Outro cometaram é que o PT,comenteu um erro ao incetiva a população a protesta,agora ele parece que vai entra,na dispurta pela presidência.Infelismenete vai ganha pois existe gente burra nessa pais que o vangloria

  56. tadeu tedesco

    -

    04/09/2013 às 19:43

    Esqueci de novo…SIM, EU ME ENVERGONHO DE TER TIDO UM PRESIDENTE SEMIANALFABETO!Abç Setti, parabéns pelo excelente Blog e como conduz as mediações!

  57. tadeu tedesco

    -

    04/09/2013 às 19:41

    Sabe porque não estudou Setti? PORQUE PERDERIA A IDENTIDADE COM O POVO QUE O ELEGEU!Imagina a propaganda: Lula forma-se em Direito!Pronto! toda aquela auréola de Homem Trabalhador e sofrido Do Povo teria ido água abaixo, como se os advogados não trabalhassem! Infelizmente, cultura e riqueza, no Brasil, é sinônimo de Burguês, e Burguês é sinônimo de uma pessoa que “oprime” a pobre classe “Trabalhadora”!afinal de contas, não foi assim que se elegeu?

  58. Ana Cláudia Marques

    -

    03/09/2013 às 22:54

    O senhor pode ter certeza de que não está sozinho. Eu também não tenho orgulho – aliás, eu sequer votei nele.

  59. sady severino de rezende

    -

    22/08/2013 às 16:50

    Srs., eu acho que ele estudou o que era e é importante para se manter no poder, mas abdicou de admitir que tivesse estudado qualquer coisa, porque elle só precisa dos votos dos que não estudaram, que ainda deve chegar aos quase 70% da população brasileira, mais do que suficiente para eleger qualquer “poste” como elles mesmos dizem. E essa cantiga de torneiro semianalfabeto ira continuar rendendo. A grande parte desse pessoal não acredita que elle tenha agido mal, é ver para crer.

  60. Washington Issey

    -

    20/08/2013 às 12:29

    Até hoje tenho vergonha passiva… pois ele continua mundo afora mostrando sua falta de compostura.
    Até quando, meu Deus, essa gente vai nos infernizar?

  61. Santana*100

    -

    18/08/2013 às 21:57

    marcos – 13/08/2013 às 19:54
    “voce tem razao nao deve se orgulhar de ter tido um presidente semi-anaufabeto.voce deve se orgular de ter tido um presidente. que combateu a fome gerou emprego e deichou que denuncias focen apuradas disso voce deve se orgulhar.”
    ########
    Acreditar que foi através de programas criados por ele que se combateu a fome, gerou empregos e tudo mais que o senhor escreveu. – É ACREDITAR NO QUADRADO REDONDO!
    Assista ao vídeo só um pouquinho. Comesse a partir dos 23 minutos.
    http://www.youtube.com/watch?v=HOGGLZMPaq8
    “Conheceres a verdade e a verdade vos libertará!”

  62. marcos

    -

    13/08/2013 às 19:54

    voce tem razao nao deve se orgulhar de ter tido um presidente semi-anaufabeto.voce deve se orgular de ter tido um presidente. que combateu a fome gerou emprego e deichou que denuncias focen apuradas disso voce deve se orgulhar.

  63. Dulce Regina

    -

    08/08/2013 às 12:03

    Caro Setti, não tinha ainda acessado esta matéria , com a nova chamada resolvi ler. Com todo respeito de quem admira …., não gosto delle, não consigo ouvi-lo, não gosto de vê- lo, nunca considerei elle presidente do Brasil enfim…vcs irão dizer ” preconceituosa ” não, não e não. Simplesmente me causa horrores lidar com gente corrupta, que usa sua inteligência para enganar os trouxas. Setti, comecei a ler os comentários, seu espaço é bem democrático, não agüentei ler os últimos, quanta truculência, falta de respeito com voce. É a tal coisa, elles podem escrever, falar mal, agredir seus opositores mas, não admitem VER a verdade dos fatos. Fui…perdi meu tempo lendo 3 comentários . Vou procurar pautas que me acrescentem coisas melhores.

  64. Santana*100

    -

    31/07/2013 às 23:17

    Isaac Alves – 26/06/2013 às 9:18
    Para você que acha que Lula é o CARA, O MAIOR PREIDENTE QUE JÁ HOUVE NO BRASIL, segue o vídeo do Programa Roda Viva com Chico de Oliveira.
    Chico de Oliveira foi um dos fundadores do PT, e conhece Lula como ninguém mais!
    Assista se possível o vídeo na íntegra e depois comente.
    http://www.youtube.com/watch?v=HOGGLZMPaq8

    “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

  65. Marcos Alberto

    -

    26/07/2013 às 22:57

    Ele teve a chance de conhecer a máquina do estado, e saber como funciona cada elemento e o sistema. Graça ao general Golbery. Isso é estratégia decoreba de ladrão. O Lula não tem capacidade de estudo, o Lula é cabeça dura para matérias escolares. Ele teve um professor particular de português que disse em uma entrevista, que Lula era cabeça dura para aprender. lula sabe o limite dele na escola por isso ele não prosseguiu igual a Vicentinho e a Marina Silva. Ele tem o dom de mover as massas, ele não tem uma personalidade fixa. O que ele fala hoje amanhã é outra coisa, e cai em contradições direto. O Lula vive de instinto. Inteligência nenhuma. Ele sabe aproveitar bem o que ele sabe do estado e tira proveito próprio. Usou os metalúrgicos para sua careira política, metendo pau na elite que hoje ele faz parte dela. E guando apronta e aparece o mal feito ele se esconde. E quando aparece diz que não viu, e nem sabe de nada. Isso não é ser inteligente, ele tem certeza que as pessoas que o cercam são idiotas. Ele é ***** de natureza e caiu no congresso onde é o paraíso dos corruptos. As pessoas precisam aprender separar esperteza e malandragem com inteligentes. Burro ele não é lógico pois ficou **** *** *** ****. E diz que hoje vive de palestra. Ele fez manifestações contra os patrões em 1983 agora as manifestações estão contra ele. Inteligente foi o Maluf que disse que o apoiaria se o Lula fosse na casa dele. E ele para alcançar o seu objetivo foi a casa d Maluf. Moral da história. Assim como peixe morre pela boca, o Lula pelo seus objetivos cai em qualquer armadilha estratégica. E os formados estão todos de rabo preso com o Lula não por que ele é inteligente. E sim porque são todos corruptos, farinha do mesmo saco. As pessoas inteligentes são doces, refinadas, simples, prestam atenção e dão atenção e sugestões, e resolvem problemas são tranquilas e serenas. estudam sempre.

  66. Leandro Soares

    -

    21/07/2013 às 16:31

    Não voto na Marina, pois não voto em ex-PT, mas é uma comparação extremamente pertinente.
    Eu detesto o que o Lula e esse tal de PT fizeram conosco.

  67. Fernando X

    -

    18/07/2013 às 13:12

    É um grande ***** arrogante este lulla!
    .
    A Marina estudou, mas é uma **** *****!
    Comunista é burro e não aprende nunca.

  68. Heraldo

    -

    17/07/2013 às 5:09

    Esse iletrado está sempre com a maça na mão para rebater qualquer crítica a ele e seu governo corrupto. Justifica tudo com os mais ilógicos comentários. Julga-se um ser perfeito, como todos os lorpas avessos à educação.

  69. Adauto Gonçalves dos Santos

    -

    12/07/2013 às 22:57

    Caro Ricardo Setti, o último parágrafo do teu texto é simplesmente lamentável. E o problema não você gostar ou não gostar, orgulhar ou não de ter um presidente analfabeto, mas é classificar o Lula de semi-analfabeto. É sabido que em alguns Estados brasileiros, criança cursando 5ª e até 6ª série não sabem ler. Elas seriam o que? Semi-alfabetizadas? Mas o Lula, que fez um curso de torneiro mecânico, militou no sindicalismo, ajudou fundar o PT, foi deputado federal e presidente da República, viajou por vários países, e durante mais de vinte anos viveu cercado por acadêmicos e doutores, dentre eles gente como Raimundo Faoro, Florestan Fernandes, Hélio Bicudo, dentre outros. Mesmo admitindo que o curso de Torneiro mecânico não confere a ninguém a condição de alfabetizado, o fato de ter tido toda essa vivência não teria contribuído para torná-lo alfabetizado? O que é uma pessoa alfabetizada? Quais seriam as características que indicam que uma pessoa é alfabetizada? A sua conclusão, meu caro Setti se presta mais a desinformar do que informar, e acaba por fortalecer o preconceito contra quem não tem diploma de 3º Grau. E a pergunta que vem agora é: será que os mais de 1200 comentários sobre o teu texto teriam sido escrito por pessoas semi-analfabetas ou alfabetizadas? Para mim, parecem ter sido escritos em sua maioria por semi-analfabetas.

  70. Jorge Medeiros

    -

    11/07/2013 às 16:23

    Para quem não se importa com a completa deterioração da moral e da politica; com a criminalidade galopante, ajudada pela total leniencia e complacencia do governo; com as milhares de mortes decorrentes disso; com obras superfaturadas, com bilhões gastos em propagandas enganosas; com o aparelhamento do estado e estatais por militantes ignorantes; com a extrema arrogancia do milionario Lula, aí tá tudo bem.
    Não dava para ter feito o que fez bem sem descambar para o deboche pelas instituições, pelo desprezo pela ética, pelo apreço pela impunidade, pelo enriquecimento absurdo de políticos e apaniguados? Sem falar do filhote?

    Não tenho o menor orgulho de ter tido esse espertalhão de mau caráter na presidência do meu pais.

    A História não lhe vai ser condescendente como esses admiradores que aqui se manifestam
    Lá fora sua aura já vem desabando.
    Suas amizades são as piores escolhas possíveis. Os homens de bem que lhe apoiaram, há muito se afastaram.
    O PT é um partido maldito, não se espelha em nenhuma prática inteligente, produtiva e moral das nações mais desenvolvidas do planeta – gosta mesmo é de ditadores de paises pobres, autoritários e inexpressivos.
    Uma pena. Poderia ter sido um grande brasileiro e estadista.
    Não foi a falta de escola que o prejudicou.
    Foi o caráter, o despreparo; o deslumbramento e a corrosão vitriólica que o poder causa na mão dos despreparados moral e intelectualmente.

  71. Rodrigo do Santos

    -

    28/06/2013 às 21:17

    Eu já estou lendo outras matérias sua, mesmo assim obrigado.

    Quem agredece sou eu, caro Rodrigo.
    Abraços

  72. Rodrigo do Santos

    -

    28/06/2013 às 19:39

    Vou falar em poucas palavras gostei da sua matéria, excelente li alguns comentários e vi que leram sua matéria mais não entenderam e ainda fazem acusação, e gostaria de ler mais matérias suas se possível me enviar. Obrigado!!!

    Caro amigo Rodrigo,

    Para ler meus textos, é só ir a meu blog: http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/

    É tarefa impossível lhe enviar meus textos: já estamos chegando ao número de 7 mil publicados…

    Um abraço

  73. Isaac Alves

    -

    26/06/2013 às 9:18

    Luiz Fernando,

    Cada pessoa nesse mundo, tem sua opinião política ou partidária. Não acredito que Lula tenha sido ladrão coisa alguma! Acredito, sim, que foi um grande político que, incomoda muita “gente da Elite Conservadora” desse país.
    Moro no Brasil e moro no planeta Terra, ainda! Sei que muita gente dita “intelectual”, não têm a inteligência política desse ex-presidente. Pode até ter muitos conhecimentos.
    Olha, eu sempre duvido e pesquiso quando muitos “santos do pau oco” condenam uma pessoa. Procuro pesquisar, me informar, em meios de informação isentos e de credibilidade.
    Nasci no Brasil e nunca vi o país tão bom como agora: as pessoas conquistando seu espaço, estudando, trabalhando, saindo da pobreza , enfim pessoas crescendo e se dando bem na vida! São parentes, amigos e, amigos de amigos, que vejo mudando de vida. Pra mim um governo só é bom quando dá oportunidades para as pessoas, quando se vê realmente a mudança no indivíduo. Não vivo de firulas acadêmicas, firulas de hipocrisia política ou desrespeito a quem quer que seja.
    SE QUEREM MUDAR O PAÍS MUDE PRIMEIRO A POPULAÇÃO, POIS TODOS OS MALES VÊM DA CULTURA DO “JEITINHO BRASILEIRO”.
    O maldito “jeitinho brasileiro” corrói todos os bons costumes e ética: é o “jeitinho” para não se andar no caminho certo está na maioria maciça da população ! Não adianta querer políticos honestos se a população, na sua maioria, é desonesta, sórdida e vulgar.

  74. Luiz Fernando

    -

    24/06/2013 às 1:37

    ô ISAAC, acorda! Dor de cotovelo?hipocrisia?histeria? aondeee? Que planeta vc habita? Eu tenho é vergonha de ter tido um presidente semianalfa (isso pra num falar do menino do MEP)Se serve de colírio pra sua conjuntivite política informo que até hoje o Poder Judiciário TAMBÉM NÃO CONDENOU O COLLOR.E aí?Chupa essa! Bem, o Lula***, Collor, Maluf,Sarney, Dirceu, Genoíno, podem se dar as mãos e dançar uma boa QUADRILHA. A musiquinha:Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí. Ah, ia esquecendo, já que o sr. é químico, alerta a galera do NYT antes que o **** transforme aquele jornal em Mer…

  75. Maria de Fatima

    -

    19/06/2013 às 21:39

    Hoje, 19.06.2013, quase dois anos depois, por acaso li sua coluna. NUNCA votei no Lula pelo simples fato de,após anos de militância política, ele não ter estudado. Quando falava o motivo da minha rejeição ao, agora, ex-presidente, recebia o olhar desaprovador das pessoas. Minha preocupação atual: E se ele volta? Ninguém merece!

  76. Isaac Alves

    -

    19/06/2013 às 19:11

    A hipocrisia de alguns posts é memorável!

    Muitos comentaristas, Brasil a fora, acusaram e acusam, sem escrúpulos, o ex-presidente Lula de mil e uma ladroíces e “mensalões”. Pois bem, até hoje o Poder Judiciário NÃO CONDENOU O LULA. Qual é o motivo de tanto histerismo e oportunismo!? Ué, falam, falam e falam que Lula é ladrão, é isso ou aquilo, mas ATÉ AGORA NÃO SE PROVOU NADA.
    Não tem provas? Se tem, Revista Veja e comentaristas, provem, porque não se pode acusar sem PROVAS!!!
    Voltando ao post, parece-me uma “tremenda dor de cotovelo” de alguns comentaristas ver uma pessoa não-acadêmica ter um sucesso tão estrondoso que nem o Lula, kkkkk. Porque os comentaristas são formados “nisso, naquilo e naquilo outro”, mas não tem “posts” no “The New York Times”…
    Sou Engenheiro Químico e digo, não chego aos pés da INTELIGÊNCIA que tem o Lula. Reconheço e admiro uma pessoa que tem a trajetória dele !

    JAMAIS ACUSEI LULA DE QUALQUER CRIME NESTE BLOG. APONTE UM CASO, É O DESAFIO QUE LHE FAÇO. Não atire pedras sem se informar.

  77. ivair

    -

    14/06/2013 às 20:32

    eu sou torneiro mecanico , e me arrependo de nao ter estudado ,vejo o sr lula como um oportunista mediante a uma naçao de tantos brasilheiros que nao sabe o que e um projeto tao grandioso como foi o REAL. que corre risco nas maos dos campanheiros.

  78. Pixinguinha

    -

    09/06/2013 às 9:30

    Marta Ramos traduz exatamente o que entendo acerca dos assuntos abordados. E acrescento: desafio qualquer não culto, culto, miserável, pobre, da classe média em todos os seus níveis (a,b,c,d,e,f,g,h…,onde queira se estabelecer) ou rico, mentalmente são, afirmar com sinceridade, que o mensalão e todos os demais meios denunciados, são mecanismos novos, criados nas duas últimas décadas, para a prática de crime contra a administração pública. Cuidemos para não fortalecer a falsa ideia de que a ausência de educação formal é determinante para a ação criminosa do agente público. Se nos lembramos bem de nossa história até alcançarmos a cidadania constitucional atual, incorrer no erro seria até cômico.

  79. Dulce Regina

    -

    06/06/2013 às 22:54

    Setti, só hoje fui ler este artigo. Concordo com tudo o que você escreveu. Abomino, desprezo este ex presidente. Elle é malandro, inteligente, tem lábia mas, não tem o mínimo de decência e honradez. Sempre pautou sua vida, pelo lado torpe, engendrando falcatruas de todas as maneiras, se achando o ” dono do mundo ” Rouba e, finge que desconhece as roubalheiras dos seus apaziguados, algumas ou talvez todas, comandadas por elle. Absurdo é que hoje, para fazer um concurso publico ou mesmo privado, tem que se ter o grau de estudo, correspondente ao cargo preterido. Além de passar por várias entrevistas. Como um presidente da Republica declara, com a maior ” cara lavada”, que não gosta de ler ? Um grosso e, ainda deixou no seu lugar uma **** pior que elle. Nós merecemos, embora não tenhamos colocado-o lá. Setti, eu também tenho vergonha e, não me orgulho desse POVINHO , que está no comando do Brasil, que não é o “meu Brasil” pois ELLES NÃO ME REPRESENTAM !!!

  80. Santana*100

    -

    06/06/2013 às 20:26

    Os esquerdistas são mentirosos por deformação genética. Sempre disseram que na esquerda é que estavam os mais inteligentes, letrados, éticos, honrado, patriotas, capacitados etc. – Na realidade na esquerda sempre estiveram e ainda estão: Malandros, cachaceiros, maconheiros, drogados, terrorista, safados, ladrões, vigaristas, escrotos e tantos miseráveis mais!

  81. Marta Ramos

    -

    03/06/2013 às 11:06

    E o que adiatou para os brasileiros terem presidentes letrados??? Muitos que estudaram até mesmo fora do pais não serviram de nada para o POVÃO,eles simplesmente estagnaram o Brasil na maior crise social e financeira que se podia ter notícia.vejo muitos comentarios excelente e fico até um pouco envergonhada de estar comentando tambem, pois talvez eu seja a maior representante do povao aqui(no sentido de instruçã) porém meu senso critico fala além das letras. O que vimos é uma tremenda “dor de cotovelo” da classe média,não está acostumada a ver o pobre no Brasil a ser beneficiado com absolutamente NADA, acostumou a ver a miséria estampada nas carinhas, um povo totalmente vulneravél, sem educação, sem sonhos, sem nada (famintos não pensam!)e hoje, mesmo que a passos de tartaruga a politica social vem mudando o cenário da classe C brasileira, daqui a alguns anos vão aparecer os “filhos” do bolsa familia e Pro uni, isto é inaceitável para qualquer classe média brasileira, que está acostumada somente ela a ter privilegios.O programa têm que melhorar, afastar um bando de sanguessugas que utilizam em beneficioa proprios, mas é o que temos por enquanto.Toda esta campanha, toda esta onda de insatisfação disseminada pela burquesia é o retrato da seu desespero,é o medo de que um dia tenhamos cidadãos com autonomia e que terão consciência da sua cidadania e poderão escolher seus empregos sem o fantasma da fome!!!E o que é a letra ?”a letra mata,mas espirito vivifica”…

    Muito bem, Marta. Então, para você, tal qual para seu Deus, o Brasil só começou em 2003, não é mesmo?

    Lula teria conseguido fazer alguma coisa sem a estabilidade propiciada pelo Plano Real? A credibilidade junto aos mercados interno e externo propiciados pela Lei de Responsabilidade Fiscal? As inúmeras medidas, muitas delas impopulares e corajosas, tomadas pelos presidentes Itamar e Fernando Henrique?

    E deixemos pra lá o mensalão, os dólares na cueca, o dossiê dos aloprados, o estupro da conta bancária do caseiro Francenildo, as alianças com Sarney, Collor, Maluf, Jader Barbalho e Renan Calheiros… Vale tudo, porque Lula está acima do bem e do mal, não é mesmo?

    E por que será que ele pediu desculpas ao país, em 2005, sem até hoje explicar quem foi que supostamente o “traiu”?

    E o caso da amigona dele, Rosemary Noronha, que transformou o escritório da Presidência em balcão de tráfico de influências? Por que será que há seis meses ele não consegue tocar no assunto — ele, que é tão falastrão?

    Para você o aspecto moral do lulalato não conta, não é mesmo?

    Tudo bem, cada um acredita no que quer.

  82. PAULO FERRER

    -

    02/06/2013 às 17:26

    Sinceramente? Eu tenho vergonha de ter tido um monte de Presidentes letrados que fizeram uma besteira após a outra. A mídia adora cultuar o ex-Presidente FHC. E o governo dele foi… um fiasco! Teve conquistas, sim, e importantes. E a maior delas foi a LRF, que sem a mesma jamais o ex-Presidente teria sequer terminado o seu segundo mandato. Baixou a inflação? Com certeza, mas torrou 75% do PIB brasileiro em patrimônio! Aumentou a dívida pública interna de US$ 60 bi para US$ 800 bi! Austeridade fiscal passou longe! A ásia não podia ter uma gripe que o dólar disparava! O país era aberto mas todo o mundo não confiava nele! Nossa pontuação era só de 4.500 no índice de confiança internacional, tínhamos a maior taxa de juros para transações comerciais internacionais por conta disso. E, hoje somos apenas BB! Aliás, o único país latino americano a ser BB. Falam das mazelas do governo Lula, mas os benefícios que o mesmo trouxe para o país foram muito superiores. Corrupção? Atire a pedra qual governo que não teve corrupção! Cito apenas o governo FHC nesse quesito. Foi o que mais manipulou o legislativo, o MP e o Judiciário para arquivar suas patifarias, como a privataria, o mensalão tucano pro reeleição, o vergonhoso SIVAM, entre tantos outros. Afirmo ainda mais. Qual governo também não terá corrupção? Senhores, com esse vergonhoso Judiciário – competente para julgar – e o nosso Legislativo – detentor do controle externo – como trazer a probidade para a administração pública sem a intervenção e controle externo do eleitor? Ou seja, tivemos, temos e teremos corrupção. A diferença é que hoje se tem TRANSPARÊNCIA suficiente para enxerga-la, coisa que não tínhamos em tempos anteriores à internet 2.0.

    Seu julgamento sobre FHC é puramente ideológico e baseado na propaganda contra ele. Você só se informa de um lado da questão. Leia o livro de memórias políticas do ex-presidente, “A Arte da Política — A História que Vivi” para poder enxergar melhor a realidade.

  83. Adriano Aguiar

    -

    01/06/2013 às 4:34

    É simples o lula não foi presidente para os ricos e sim para os pobres e isso incomoda muita gente de classe media para cima, porem a população classe média para baixo é tão ignorante de conhecimento que não consegue ver o quanto o lula foi bom para eles, se o lula da bolsa família e o brasileiro arruma um jeito de tirar vantagem foi por que ele aprendeu com os políticos anteriores a fazer isso.
    Ou seja eles aprenderam com os políticos que estudaram … como roubar …

  84. FLAMARION ANTONIO DE ARAÚJO COSTA

    -

    20/05/2013 às 12:05

    Etica se aprende na interação de uma vida familiar; vale mais que um doutorado um título de phd. Lula foi um desencanto, o metarlugico se revelou um homem corrupto, traidor da honra brasileira um mentiroso que vendo tudo que acontecia debaixo de seu nariz, se mostrou dissimulado ao dizer que não sabia do mensalão. AInda mais, pretegeu outro honorável bandido, JOSÉ SARNEY no escandalo dos atos secretos do Senado. Lula teve a oportunidade de mostra o que de mais digno tem um homem comum. A dignidade, a honra, a palavra. LULA FOI UMA MENTIRA HISTÓRICA, uma decepção em tudo que acreditei quando defendia o PT, hoje partido dos Trapaceiros.

  85. Geraldo Rodrigues

    -

    08/05/2013 às 18:39

    Senhores.Ao contrário dos demais deixo aqui de antemão minha posição profissional.Sou gerente de Vendas em uma multinacional, portanto, não tenho ganhos ou perdas com o tema Educação. Sou formado em Administração.
    Só me espanta o preconceito e o despeito da maioria dos comentários aqui apresentados. Sim senhores letrados e lúdicos. Um semi analfabeto chegou ao Principal cargo Político deste país.
    E mais, foi reconhecido mundialmente como um dos Políticos mais importantes deste inicio de século.
    Gostaria de deixar claro que não sou lulista. Sou um eleitor daqueles que acredita em alternância de poder. Anternância essa, alterada pelo Sr Fernando Henrique Cardoso com o primeiro MENSALÃO(pelo menos foi a primeira vez que ouvimos falar tal expressão). Bem,hoje falo tres idiomas, o meu natural Português, o Inglês e o Espanhol.
    Falo os dois idiomas estrageiros com boa fluência. de forma que gostaria de deixar aqui Dois comentário que com certeza não serão bem recebidos, que são:
    1) O Senhor Fernando Henrique Cardoso me envergonhava cada vez que se pronunciava em Ingês ou Espanhol. Fala literalmente mal os dois idiomas o que portanto não me orgulha em nada.
    2) Como leitores habituais é claro que os colaboradores ja leram ou lerão o livro (obviamente já o li)Privataria Tucana. Lá se mostra algumas coisas em comum entre Lula e FHC.
    - Mensalão.
    - Marcos Valério. (sim Senhores letrados, ele mesmo).
    - Utilização da Previ e do Banco do Brasil para falcatruas.
    E, finalizando , os dois não sabiam de nada.

    Agradeço a atenção e me desculpo por ter me alongado por demais.

  86. Paulo Roberto Maduro

    -

    07/05/2013 às 23:38

    A história conheceu diversos homens analfabetos e muito inteligentes. O sr. Lulla se esqueceu que existem os analfabetos do bem e os analfabetos do mal. Que porcaria de governos tivemos desde 2003. Com muita inteligência para se perpetuarem no poder. Somente isso…
    Eleger um poste admirador de ditadores e terroristas, criador de comissões de verdades mentirosas… Desperdício de inteligência, sr. Lullinácio.

  87. observador

    -

    21/04/2013 às 23:27

    A questão é a seguinte: Não importa que seja analfa. Quem realmente governa é o grupo que pretendia implantar uma ditadura comunista no Brasil, em 1964, mas que foi repelido pelas Forças Armadas. Com a reabertura política, grande parte desse grupo voltou e se elegeu parlamentares, estando hoje no poder. Então, quem for presidente vai apenas assinar tudo o que o grupo decidir. E tomemos cuidado, não elegendo, em 2014, nenhum petralha e nem seus aliados, porque, agora, o mesmo grupo, pretende, juntamente com outros iguais, implantar uma ditadura comunista em toda a America Latina, com a dissimulada nomenclatura de democracia e que são governos dos pobres e etc. depois que estiverem no poder, danem-se os pobres. quem tiver alguma dúvida, leia a historia das ditaduras e observem os discursos de quando começaram. O meu alerta está feito. cuidem-se, para não se amargarem depois.

  88. José Luiz Sampaio Menezes

    -

    03/04/2013 às 14:28

    A maioria do Povo Brasileiro, que o elegeu, reelegeu e “triolegeo” com o nome de Dilma, mostra bem o nível intelectual e moral em que vivemos…

  89. Marcos F

    -

    21/03/2013 às 3:27

    Conheci na mesma periferia habitada pelo então pobre Lula, gente realmente analfabeta, porém cheia de valores firmes, familiares, de boa índole.
    Lula mais finge do que é semi-analfabeto, e se utiliza desta definição como boa desculpa para mentir ao povo que preside, burlar ou ferir a Lei do país, desviar dinheiro público para distribuir aos seus, promover o roubo geral em todas as instâncias do poder público, e manchar a Pátria por suas más representações no Exterior.
    Um estrago na História Brasileira.

  90. moacir

    -

    22/02/2013 às 17:58

    Setti,
    Que beleza de texto!Lendo-o, me senti menos só no meu exílio.Porque nestes últimos dias,olhando as imagens trogloditas e escutando os berros dementes nos noticiários,eu tenho me perguntado que país é este?E me sentido assim, como um exilado que absolutamente não reconhece a paisagem MENTAL do seu exílio.
    Eu não mudaria nem uma vírgula no seu artigo,mas fico cá comigo ponderando a tal inteligência do Lula.
    ELA é real,eu sei disso.Uma vez eu comentei,aqui no blog,que agradecia todos os dias, o fato de Lula não ter estudado.Se tivesse,já estaríamos no CAOS!
    Mas nada disso é o assunto do comentário.Eu vinculo de forma definitiva,a inteligência à curiosidade,à fome por saber mais.
    Como é possível que alguém não questione tudo,não queira esclarecer-se,não busque respostas,não deseje aprender,não goste de estudar?
    Eu não tenho qualquer memória de mim mesmo,sem saber ler.De tanto ler desenvolvi,sabe-se lá como,
    um tipo de leitura dinâmica.Menino ainda,minha mãe me explicou,que não podia custear-me tantos livros.
    Eu então descobri os sebos.Fiz amizade com o Senhor Melquizedeque -o dono do meu sebo predileto e um homem cultíssimo que me guiou pela descoberta da literatura.Um anjo amigo.
    Por não gostar de ler Lula jamais me representaria.Por desdenhar do aprendizado,e da escrita, eu o abomino.Ele é um péssimo exemplo.Pois considero a educação a nossa única saída e a invenção da escrita, a mais importante de todas as evoluções tecnológicas da humanidade.Porque sem ela, tudo o que conhecemos hoje,que transforma e valoriza o Vasto Mundo,como os livros,a imprensa, os filmes,
    a internet,nada disso teria acontecido.
    Portanto justifico essa incapacidade de LER do Lula, pelo alto grau de abstração exigido dos adeptos desta forma de expressão.Para mim, ele não é capaz de abstrair ou de altas exigências cognitivas.E como então, pode ser inteligente? Existiram formas diversas de inteligência?
    Ele não precisaria ter conhecimento,por exemplo, que o advento da palavra escrita,determinou o fim da pré-história e o início da história propriamente dita e a registrou toda até a nossa aldeia atual.Ele não precisaria saber que, um dia, os tablets foram de argila e que nele se rabiscava os sinais proto-cuneiformes.
    Porém, para presidir qualquer coisa, ele teria que saber,profundamente, que sabemos todos ainda muito pouco e que é preciso saber mais,sempre.
    Para mim,quem não valoriza a palavra escrita,ainda
    se encontra nas Cavernas,e antes das Pinturas Rupestres.
    Por isso agradeço a você pela trégua,pelo prazer
    que foi a leitura desse seu impecável texto.Gente que abstrai é outra coisa…
    Abraços

    Caro Moacir, vindo de você, tais elogios são especialíssimos.
    Muito obrigado!
    Grande abraço

  91. Antonio Carlos Napolitano

    -

    19/02/2013 às 11:43

    Esse texto é um primor! Parabéns, Setti. Não o tinha lido.

    Abração

    Obrigado, caro Antonio Carlos. E não deixe de nos visitar sempre!
    Abraços

  92. Miguel

    -

    17/02/2013 às 2:53

    Picaretagem e desonestidade, dispensam qualquer diploma

  93. ronaldo m. da silva

    -

    15/02/2013 às 23:02

    o PT governar todo o Brasil serviu de exemplo para os eleitores do lula pois o castigo está tudo ai. vejamos o Brasil daqui alguns anos não terá Onibus para os lulinhass da vida eles só pegam ônibus e vai ficar pior turma do PT

  94. jorge caliman

    -

    15/02/2013 às 16:00

    orgulho não tem mas (apos votar 2x no fhcdelarua e ver ele comprar a reeleição e ‘doar’ a vale) votei no mulão pela mudança e pela etica… nesse caso não tenho orgulho, pelo contrario, pois ele se revelou um bokirrotão, ****** amigo de alogrados e cercado (ou seria cerceado) por ladrões do pcc (partido da corrupção e da chantagem)!!!

    Se você se informar melhor, verá que a privatização da Vale deu um lucro fabuloso ao Estado brasileiro. Só de impostos pagos desde a privatização a empresa já recolheu aos cofres públicos mais do que os dividendos que pagou ao Estado brasileiro nos 30 anos anteriores à privatização.

    Seus funcionários deixaram de ser um peso para a União, suas necessidades (imensas) de capital também, uma vez que a União, quando a empresa decidia aumentar seu capital via Bolsa de Valores, precisava aportar recursos para manter o controle, a aposentadoria dos muitos milhares de ex-funcionários já não tem nada a ver com os cofres públicos e por aí vai.

    Governos não têm que ter empresas, Jorge. Têm que fazer o que o nosso faz mal e porcamente: saúde pública de boa qualidade, educação de qualidade, segurança pública, Justiça rápida e eficaz e por aí vai…

    Abraços

  95. Dyene silva

    -

    13/02/2013 às 15:47

    Na verdade, estou quase acreditando no que ele disse e acrescento mais teem muita gente formada como eu fora de muitas coisas, politica concurso e uma gama de outras coisas que nem quero citar porque me sinto frustrada, pois em politica não tenho ninguem para me empurra e em concurso publico não tenho dinheiro para comprar uma vaga.

  96. MOACYR LOPES DA SILVA

    -

    10/02/2013 às 18:09

    HOJE MESMO (10.02.13) FIZ UMA PERGUNTA PARA MINHA ESPOSA : VOCE SE MATA DE ESTUDAR, CONSEGUE UM DIPLOMA E GANHA UMA MISÉRIA. ENQUANTO ISSO UM JOGADOR DE FUTEBOL, SEMI ANALFABETO, GANHA MILHÕES MENSAIS. NÃO JOGO FUTEBOL, MAS ESTUDEI PARA VALER AJUDAR PESSOAS QUE NECESSITAM DO MEU CONHECIMENTO.

  97. Ademar amancio

    -

    01/02/2013 às 18:55

    Bem fez Machado de Assis e tantos outros gênios que dispensaram escolas,elas não ensinam nada,é só conversar com qualquer universitário e concordará comigo.

  98. Ademar amancio

    -

    01/02/2013 às 18:52

    Estudei 11 anos seguido,não aprendi nada(ler e escrever,aprendi sozinho).Na minha cidade a maioria tem diploma superior e não sabe nada.O Lula pra mim é gênio.

  99. SidneyCWB

    -

    21/01/2013 às 14:54

    Além de analfabeto, além de fazer apologia ao analfabetismo, além de nunca ter entendido o cargo que teve é um tremendo demagogo populista e ******…

  100. Sérgio Roberto Martim.

    -

    30/12/2012 às 21:08

    Aliás ele não é um semi-analfabeto e sim um apedeuta e por fim um dos maiores corruptos da história desse país. Esperem e verão.

  101. Sérgio Roberto Martim.

    -

    30/12/2012 às 21:04

    Com certeza, analfabeto governa p/ analfabeto.Mas o preço passa pela ignorância, e ganharão apenas um só salário e também que tenham vida curta para não atrasar esse país mais do que já o é.Geralmente os apedeutas não vivem muito, isso tranquiliza mais as pessoas de bom censo.

  102. jorge eduardo

    -

    30/12/2012 às 15:19

    O estudo não é primordial, desde que seja sábio e
    sacerdote leigo, e os critérios no trato da coisa pública sejam pertinentes aos 200 milhões de brasileiros, que pagam 36% do salário de 622,OO que recebem por mês onde o impostômetro ultrapassa em 2012 à fabulosa quantia de hum trilhão e 500 bilhões de reais, sem o mínimo respeito do DIEESE,
    órgão regulador do salário mínimo que diz que ele
    tem de ser por volta de 2 mil e 500 reais à partir de novembro/2012, sobrepujado pela ganância e anunciado pela ministra da casa civil, talvez já pensando no governo de Santa Catarina, do que
    na morte prematura de fome e sede do povão, hoje
    enterrados em valas comuns!!!
    Aqui se faz aqui se paga…2013 macabro vem aí…
    Jorge fator 99 – R$1.250,00 por mês mais 6% de aumento anunciado por Gleisi, como presente d Natal… Obrigado Ministra da Casa Civil, por presente de Natal tão gritificante…
    Os aposentados lhe desejam um feliz natal e ano novo.

  103. RONALDO M. DA SILVA

    -

    27/12/2012 às 0:00

    DEPOIS QUE O PT ASSUMIU O BRASIL SE TORNOU O MELHOR LUGAR PARA VIVER EU ESTOU FELIZ E GANHO UM SALÁRIO MÍNIMO

  104. RONALDO M. DA SILVA

    -

    26/12/2012 às 23:57

    eu estou impressionado o lula acabou mesmo com a miséria no paíz/ e ainda aumentou o salário mínimo para os pobres proletários viverem uma vida feliz quando eles acordarem não se perturbem pois já estaram no ELÍSIO

  105. jose tadeu campos ferreira

    -

    10/12/2012 às 21:47

    Meu sobrinho diz: eu não vou estudar pois, o Lula não estudou e chegou a presidência. Olhem o exemplo. Acho que assim como meu sobrinho, muitos brasileiros acham-se orgulhosos de serem analfabetos.

  106. Garibaldi

    -

    29/11/2012 às 19:41

    A diferença entre Lula e Ricardo Setti é que o primeiro é tido como semi-analfabeto e o segundo se não o é demonstra ser mais ainda:”analfa” e despeitado. Seja humilde, aprenda a engolir o operário-presidente.

    Você, que é grosseiro o suficiente para me chamar de “analfa”, e ridículo o bastante para me chamar de “despeitado” (e por que seria? com relação a alguém como Lula? não me faça rir), não parece ser analfabeto, Garibaldi. Mas certamente não leu o que eu escrevi.
    Por isso escreve asneiras, como a que acaba de postar.

  107. Raquel Martínez

    -

    20/11/2012 às 10:02

    Eu confesso que MORRO DE VERGONHA desse cidadão! Que contraste com o presidente Fernando Henrique! Felizmente, com a presidente Dilma melhorou, mas ele não a deixa em paz!

  108. ANUAR JORGE MIZIARA FILHO

    -

    18/11/2012 às 15:25

    “Analfabetos, graças a Deus!
    Luca Maribondo
    Fonte:(http://www.campograndenews.com.br/colunistas/luca-maribondo/analfabetos-gracas-a-deus)
    Desde que a humanidade existe, há uma luta acirrada entre os letrados e os iletrados. Estes últimos, também chamados de analfabetos, têm sofrido as dores do parto nas mãos dos alfabetizados, seres cruéis e desumanos. Mas os analfabetos resistem bravamente, como se pode inferir da frase do nunca suficientemente pranteado jornalista Paulo Francis: “A ignorância é o nosso grande patrimônio nacional”.
    Por definição, analfabeto é que ou aquele que desconhece o alfabeto, ou não conhece nem o alfa nem o beta, isto é, não sabe nem ler nem escrever, ou quem não tem instrução primária. Por extensão, o cidadão que é muito ignorante, bronco, de raciocínio difícil. Analfabeto é o sujeito que pratica o analfabetismo: estado ou condição de analfabeto; falta de instrução, sobretudo da elementar (ou seja, ler e escrever).
    Mas, nos dias de hoje, o analfabetismo está muito além do apedeustismo: é um fenômeno religioso, filosófico, político e cultural de grande importância, que existe desde os primórdios da humanidade (talvez você não saiba, mas na pré-história todos eram analfabetos, inclusive o inventor do primeiro alfabeto) ou mesmo antes. Os primeiros analfabetos, segundo o grande historiador Sinfronius, viviam em cavernas, vestiam peles de animais, não cortavam as unhas, não se barbeavam e comiam carne crua (naquela época não existiam ainda churrascarias, que só foram inventadas no século XIX por um povo chamado gaúcho —e que depois foram aperfeiçoadas com o sistema rodízio, talvez por paranaenses).
    Mais tarde, os gregos, que zombavam dos analfabetos, apelidavam-nos de analfas ou comedores de analfa (arbusto que cresce no sul da Tessália e que dá ótimo tempero para moussaka, deliciosa iguaria da culinária grega). A cozinha grega é uma das mais saudáveis, saborosas e perfumadas do mundo. É recheada de grãos, azeite, legumes, vegetais, iogurtes e mel, comporta elementos doces e salgados em todos os pratos e ainda tem nas oleaginosas, como nozes e gergelim, um ingrediente comum a muitas receitas. Mas este é outro assunto.
    Voltemos aos analfas. Outros, no entanto, afirmam que os analfabetos se originaram na Idade Média, constituindo uma seita herética chefiada gelo monge Analphabetus. Este Analphabetus arrebanhou grande número de adeptos, chamados de iletrados, que levavam vida das mais ascéticas, bebiam apenas água, comiam alfafa na salada, acreditavam na total transitoriedade da palavra, nos cultos, diários, assistiam telenovelas e reality shows, e recusavam-se a ler ou a escrever fosse o que fosse. Sofriam de uma grave enfermidade chamada quadrupáthos, que faz com que quando esses seres caiam de quatro no chão não mais consigam se levantar.
    Participam das seitas (existem muitas facções, algumas extremamente violentas) de Analphabetus grandes contingentes populacionais do mundo de hoje. Mantêm o hábito do jejum regular ou intermitente, têm proles numerosas, acordam cedo para deitar cedo, não lêem os jornais ou qualquer matéria impressa, mas estão constantemente diante da televisão, que assistem por horas e horas, ouvem pagode ou sertanojo e têm carros com poderosos sistemas de som. Por isto, em geral, são equilibrados, harmoniosos, incapazes de se meter em atividades que alimentam as paixões baixas dos homens, quais sejam: a política, a história, a economia, a salvação do próximo, a página editorial e outras.
    Entre os seguidores de Analphabetus ou analfabetos, citamos todos os seres humanos no início de suas vidas, personagens de telenovelas, alguns índios. O analfabetismo é também muito difundido entre os políticos, especialmente os mais modernos, havendo, contudo, exceções. O talento de alguns políticos, aliás, chama a atenção de algumas pessoas gradas, em geral chamadas de eleitores, que sentindo neles uma vocação excepcional, elegem-nos para os mais diversos cargos públicos, mercê de promessas que quase nunca são cumpridas.
    Muito embora ninguém saiba exatamente o porquê, o analfabetismo é considerado uma seita das mais nocivas, um mal que urge erradicar como há muito tempo vem se tentando com a malária, a dengue e a imoralidade administrativa, sem êxito, entretanto. A campanha contra o analfabetismo é insuflada e agitada pelo inimigo natural do analfabeto: o ser alfabetizado ou letrado. Caracteriza-se, este último, pela capacidade monumental, não só de ler tudo o que se escreve, mas também, de escrever quase tudo o que se lê.
    Este, o ser alfabetizado, hoje em dia insinua-se em quase todos os setores da vida pública e privada. Vamos encontrá-lo nas residências, nos escritórios, nas repartições, nas escolas, até no Poder Legislativo. Infiltra-se no clero, nos esportes, nas artes; mesmo em certas camadas da alta administração e do Governo vamos topar, não com um, mas com inúmeros seres alfabetizados.
    É por isso que a guerra que os alfabetizados movem aos analfabetos tem sido da mais extrema crueldade e sanguinária; uma após outra, caem as cidadelas destes, seus comandantes são aprisionados, seus soldados sujeitos a um intenso tratamento de doutrinação política ou brainwashing, como dizia o ex-presidente George W. Bush e seus compatriotas norte-americanos. Agora, seus conterrâneos são presididos por um letrado negro e mais simpático com o nome de terrorista árabe: Barack Obama.
    É de ver que o resultado é que poucas pessoas podem, agora, manter-se fiéis ao Analfabetismo, sem que se exponham à indignada ofensiva de um alfabeto, através de livros brandidos tenazmente por um alfabetizado, orgulhoso de sua função social e intelectual. Mas nem assim é tem-se logrado extinguir esta que é uma das mais antigas e saborosas tradições brasileiras, tão ao gosto do conhecido intelectual Galvão Bueno.
    Em verdade vos digo, só há um meio de defesa à disposição do analfabeto, uma só arma de que pode lançar mão para repelir a furiosa ofensiva dos alfabetizados: manter-se analfabetizado. Foi por isso, que os analfabetos tanto lutaram por algo que lhes permitiriam continuar como são e mesmo assim adquirir um certo verniz de cidadania: o voto.
    O voto, como se sabe, é uma grande arma democrática. É tão democrática, que todos os autócratas, déspotas, ditadores e opressores, isto é, governantes totalitários —do gênero Hugo Chávez ou Raul Castro—, se utilizam dela quando querem provar que estão com a razão. Quando estendido ao analfabeto, passa a chamar-se voto do analfabeto, ocupando, neste caso, invariavelmente, tempo diário nos parlamentos e nas tvs, e espaço diário nos jornais.
    O voto do analfabeto, concebido como arma, propõe, ao analfabeto, desde logo, um magno problema: como utilizá-lo, ou seja, em quem deve votar? Deverá o analfabeto votar no alfabetizado, seu inimigo natural? Deverá o analfabeto votar em outro analfabeto, que muitas vezes não sabe nem ler nem escrever? De acordo com a lei da luta de classes, só um analfabeto poderá defender realmente o interesse dos analfabetos; por outro lado, setores reacionários e alfabetizados, dispostos a conceder o voto, não se dispõem a conceder a candidatura; em outras palavras, o analfabeto, igual ao brasileiro naturalizado, poderia votar, mas não poderia ser votado.
    Esta prática, aliás, parece-nos da mais revoltante injustiça: somos todos iguais perante a lei: animais, vegetais, minerais, analfabetos ou brasileiros naturalizados: quem vota deve poder ser votado. Afinal de contas, não é justo que num governo eivado de seres alfabetizados, os analfabetos não tenham voz, eles que representam, verdadeiramente, a maioria da população.
    Acresce ainda, ao doloroso dilema, á descoberta feita por alguns gramáticos, de uma terceira posição: a do semi-analfabeto ou analfabeto funcional. A situação destes, hoje tão numerosos, é pungente, só comparável à de pessoas pertencentes às raças mistas. (Como sabemos, filhos de brancos com mulheres negras ou de negros com mulheres brancas são, freqüentemente, infelizes, porque a intolerância do meio-ambiente não permite que sejam reclamados, seja por um grupo étnico, seja por outro. Isto tudo, naturalmente, antes de se descobrir que no Brasil não existe preconceito de raça, e de se fazer uma lei a respeito de uma coisa que não existe)
    Assim, os semi-analfabetos ou analfabetos funcionais giram entre dois campos de atração contrários, sem que haja um critério que possa realmente defini-los. Eles seriam inimigos naturais do alfabetizado ou do analfabeto? Como classificá-los? Como examiná-los? Que elementos ocupariam a banca examinadora? Apenas alfabetizados? Ou um misto de alfabetizados e analfabetos, como no caso de concursos para cargos públicos ou cátedras universitárias? E que atitude tomariam aqueles semi-analfabetos já aceitos e perfeitamente integrados nas classes dirigentes, alguns dos quais governam, inclusive com notória competência, os destinos do País?
    A questão é das mais complexas. Só mesmo um estudo lingüístico, antropológico e sociológico aprofundado, talvez subvencionado pelos Ministérios da Cultura e da Educação poderá determinar quantos membros de um governo autenticamente representativo deverão ser alfabetizados, quantos analfabetos e quantos semi-analfabetos. Enquanto este importante problema não for solucionado, não haverá paz social em nosso País.
    A campanha tenaz que os seres alfabetizados movem contra os analfabetos prosseguirá implacável, fazendo um número cada vez maior de vítimas, ferindo indiscriminadamente culpados e inocentes. Por isto, do alto deste site, lançamos um apelo de caráter humanitário, apartidário, politicamente correto, tendo em mira apenas o benefício da coletividade. O analfabeto não quer mal ao alfabetizado, que já foi seu irmão. Quer apenas não ser excessivamente importunado, para poder, talvez, converter-se, livre de coação. Pois o alfabetizado, como o evangélico novo, o petista novo, o bbb (Big Brother Brasil ou Mano Véio Global) novo ou o recém-casado, procura converter todo mundo à sua fé, e com isso acaba transformando-se num inominável chato.
    Na realidade, deve-se meditar muito, antes de se dar este passo definitivo e irrevogável, que fará com que o cidadão passe a ler tudo que se publica, hoje em dia, em livros, jornais, revistas e outdoors (aqueles, raros, que têm algo escrito por algum publicitário mais criativo e alfabetizado). É de suma importância que o analfa seja instruído no sentido de saber o que está à sua espera a partir do momento que aprendeu o alfabeto.
    E se for honestamente instruído, é possível que recue no derradeiro instante, decidindo por não tomar contato com o mundo esotérico, exótico, sanguinário e selvagem das pessoas que sabem ler e escrever. Até porque o analfabeto tem pelo menos uma virtude: não comete erros gramaticais ou ortográficos. Também é bom lembrar que o alfabeto foi inventado por um analfabeto. Ah! E o mundo abunda em alfabetos fora de uso, cujo código se perdeu —além dos povos que nunca tiveram alfabetos e mesmo assim foram felizes, como os nossos índios e os ingleses e norte-americanos (estes dois últimos adotaram o alfabeto romano e dominaram basbaques do planeta inteiro que tinham alfabetos próprios). Antigamente, os analfabetos eram os seres que não iam à escola; agora, são os mais escolados. E descolados. Analfabetos, graças a Deus!”

  109. José Carlos

    -

    13/11/2012 às 21:24

    sinto-me estremamente desrespeitado por ter tido um indivíduo com o Mobral inconcluso na presidencia, falastronando asneiras diuturnamente e na covarde calada da noite criar uma quadrilha de ladrões para surrupiar o erário público.

  110. Bruno Sampaio

    -

    12/11/2012 às 2:49

    Orgulho de ser ignorante é mesmo dose! Estuda não. Seje esperto.

  111. Cecília Perez Galdó

    -

    09/11/2012 às 3:26

    Também sinto imensa vergonha!

  112. Carlos Conti

    -

    08/11/2012 às 0:14

    Grandes realizações? Continuamos no atraso e no subdesenvolvimento. A tal distribuição de renda funciona assim: arranca-se um belo naco do salário de quem trabalha para distribuir esmola a miseráveis, empobrecendo o primeiro grupo (aliás, como fez FHC)e incutindo o hábito do voto de gratidão no segundo. Admirado mundo afora? Só se for por ser exótico. E, por último, ele (por conveniência e ignorância) confunde esperteza com inteligência. Pena que você e muitos outros façam a mesma confusão.

    Para ser esperto, até na malandragem, como ele é, precisa ser muito inteligente. E ademais eu o conheço pessoalmente. Não é por ser contra suas políticas que vou negar o que para mim é evidente. Infelizmente, inteligência voltada para coisas erradas.

  113. Jane Oliveira

    -

    02/11/2012 às 14:18

    Em tempo:
    se é que existe.

  114. Jane Oliveira

    -

    02/11/2012 às 14:17

    Tenho uma curiosidade enorme de ver algum manuscrito do Lula.

  115. Luis

    -

    31/10/2012 às 4:57

    Dentre as aberrações que a elite brasileira produziu Lula certamente foi a maior, colocar um sujeito despreparado até para administrar uma lanchonete como presidente do Brasil parece uma piada mas a elite intelectual do país, complexada e cheia de culpa (sentem culpa por não serem pobres como a maioria dos brasileiros) quis se redimir de supostas injustiças sociais e ao invés de praticar caridade colocou um semianalfabeto no Palácio do Planalto e por isso ele está por aqui até hoje exibindo sua ignorância e incapacidade para cumprir tarefas simples (mesmo para crianças) como ler e interpretar um texto simples. Como poderia uma pessoa assim elaborar soluções eficientes para os inúmeros e complexos problemas que estepaiz precisa resolver?

  116. Ronaldo Marcos

    -

    28/10/2012 às 22:33

    Ele é uma prova que o analfabetismo não limita a criatividade quando o assunto é malandragem.

  117. simonia oliveira

    -

    26/10/2012 às 10:54

    Pode ser inteligente, mas não deixa de ser péssimo exemplo, tanto para a população(enganada), como em relação aos seus familiares, acoitando o enriquecimento ilícito de sua cria- lulinho, milionário às custas de maracutaias.

  118. Vera

    -

    25/10/2012 às 15:11

    O PT é um cancer que está consumindo nosso país.Ultimamente tenho vergonha de ser brasileira, todos os dias ver e ouvir sobre tanta roubalheira e corrupção e não poder fazer algo para acabar com tal situação. Adoraria ver o PT ser extinto, gostaria que uma bomba caisse em um local onde essa quadrilha estivesse toda reunida e não sobrasse nem cinzas.Gostei do post, apreciei por demais o comentario da Rosa, penso exatamente igual. Deus nos livre dessa corja!!!

  119. Regina

    -

    18/10/2012 às 19:44

    A matéria foi boa até certo ponto, depois começou a perder o sentido, criticas e posições tolas – terminando com uma frase para causar impacto, mas surgiu efeito, eu li.

  120. Renan

    -

    12/10/2012 às 9:08

    Apesar de criticar a Veja e seu claríssimo posicionamento político – totalmente impopular, diga-se de passagem – tá aí uma matéria boa de ser ler…

    Obrigado pela parte que me toca, Renan. Mas se VEJA fosse tão impopular como você imagina não seria a maior revista do Brasil, a quarta maior revista semanal de informações do mundo e nem teria mais do que o dobro da circulação de sua concorrente mais direta, não é mesmo?

    Um abraço

  121. P. WAY

    -

    09/10/2012 às 13:38

    Ele tens seus defeitos, pelo menos ele lembrou do pobre com as famosas “bolsas”. Tem muita gente miserável por aí, e com a ajuda das bolsas, tem um pão na mesa. A questão é ele ser “analfabeto”, eu respeito o dr. Lula . “O título de Doutor Honoris Causa foi concedido a Lula por cinco instituições: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

  122. João Leopold

    -

    05/10/2012 às 11:14

    Que ótimo poder discordar de você Ricardo para eliminar a sensação que parecia até esquisita de admirar tudo o que você escreve.
    É uma discordância interessante já que o seu conhecimento do Lula é muito maior do que o meu que estabeleço pelo que eu vi e ouvi nos debates, nos pronunciamentos, na pulverização das notícias e outros.
    Eu digo Lula não é inteligente! Mais ainda – O qualifico de imbecil. O fato de ele ter chegado ao poder se apoia em coisas muito simples e ocasionais que em nada sugerem algum tipo de inteligência.
    Arf Ricardo meus dedos estão gemendo para escrever mais, agora meu cérebro diz que você concorda totalmente e que apenas colocou esta passagem irrefletidamente porque na nossa humanidade ainda ficamos impressionados com o fato de alguém tão desqualificado como ele atingir o poder, no caso dele gigo que alcançou o poder por algo completamente contrário, a sua ignorância é que facilitou tudo.
    Algo simples: Me diga uma coisa que o Lula tenha falado ou feito por conta própria que revele um mínimo de inteligência e prometo me penitenciar encarcerando meus dedos por trinta minutos.

  123. Walter Colton Jr.

    -

    29/09/2012 às 16:45

    Eu morro de vergonho até hoje! Mesmo ele sendo ex-presidente!

  124. Alex Mamed

    -

    17/09/2012 às 13:49

    Lula não foi um mal exemplo apenas pela arrogância de dizer que não estudou. Lula foi um mal exemplo em diversas áreas, cujo legado ainda há de ser analisado no futuro, do quanto diminuiu a rpegua moral de nossa sociedade. Seu eterno amor aos bandidos travestidos de autoridades, que foram flgrados fazendo malfeitos ainda haverá der ser devidamente registrado nos anais da História como o Pior Presidente de todos os tempos desse país, que conseguiu avançar, APESAR DE LULA e seu desgoverno.

  125. Jotaerredallas

    -

    10/09/2012 às 8:51

    Vou te dizer uma coisa meu amigo: eu também Não!!!!!

  126. Rosa

    -

    09/09/2012 às 16:27

    Concordo com a posição retratada no post. É normal a maioria das pessoas desse país apoiarem o ex Presidente. O que se conhece dele é que foi o maior esmoleiro que já passou pelo país. Trabalho ninguém quer, sobram vagas, como também são inúmeras as péssimas escolas e ensino das mesmas, MAS PRA QUÊ, não é ? Se o PAÍS cresce mesmo é com distribuição do Bolsa Família.

    Lula foi e é um gênio, pois conseguiu criar um cala boca milionário. Deu ao povo brasileiro o que queria! E ainda usa seu exemplo do “pra que estudar se você pode chegar aonde eu cheguei”?

    Se você não estuda você não desenvolve o seu raciocínio crítico, não sabe nem sequer analisar demanda x receita, não consegue nem analisar a postura do governo perante a corrupção quando de forma “CLARA” O PRESIDENTE mente em rede nacional dizendo: EU NÃO SABIA QUE ELES ROUBAVAM O PAÍS POR DEBAIXO DAS minhas BARBAS…

    O BURRO É O MELHOR ELEITOR! NUNCA ESQUEÇAM DISSO!

    É POR ISSO QUE ESSE PRESIDENTE E TODOS OS POLÍTICOS DESSE PAÍS NEGLIGENCIAM a educação!

    Não posso admirar o Lulinha paz e amor! Deve-se o crescimento do país a quem trabalha todo dia para trabalhar, que gera algo, que produz algo…
    Aqui a escassez não há, produzimos e exportamos (pouco claro)

    Admiro sim, pessoas como a Marina, ou nem tão longe preciso ir: meu pai, minha mãe…Duas pessoas que vieram do sertão e com muito trabalho e estudo conseguiram vencer na vida.

    E SIM, precisaram de estudo, de muito estudo para isso. Estudaram em péssimos colégios públicos, mais hoje após anos de luta têm uma vida muio confortável e vários diplomas!

    A política do PT, do LULA, da Dilma (ainda acho essa melhorzinha que o Lula) e de vários outros que passaram é a política da esmola (e isso vejo muito em época de eleição! Já cansei de ver gente vindo pedir uma “ajuda” para candidato; eles votam em quem dá! Lula só se elegeu depois que entrou no esquema, e teve muito financiamento de campanha. Quem financia cobra, sabia? e bem caro!)

    Admirarei um político no dia que ele der para população meios e ferramentas para que possa por si só desenvolver-se e crescer! É só analisarmos a história de crescimento das nações mais desenvolvidas…Nosso país não está escrevendo a mesma história e a crise vai chegar. Estimular consumo e não investir na indústria, nem na qualificação vai mostrar isso daqui há alguns anos!

    Mas por enquanto é só CARNAVAL! Dilma tá segurando, mas lá fora não engana ninguém! Entre investir aqui, na China e Índia, os investidores não pensam 2 vezes!

    E sim, eu não tenho e nem nunca terei orgulho de ter tido um PRESIDENTE SEMI-ANALFABETO

    PRESIDENTE Lula, LOBO EM PELE DE CORDEIRO!

  127. Marcelo

    -

    07/09/2012 às 15:18

    Eu acho que o Lula foi o melhor presidente que nós tivemos depois de Getúlio Vargas, FHC é um letrado sem nenhum conhecimento em política, péssimo presidente. Lula nasceu inteligente, é um pobre que não precisou fazer faculdade para governar esse país de proporções e problemas continentais. Parabéns Lula você foi o 2º melhor da lista! Vocês falam mal dele mas ninguém fez o que ele fez. Parabéns Lula, eu tenho orgulho de termos um presidente semi-analfabeto!

  128. satyrojr

    -

    31/08/2012 às 2:01

    St julgamento pode tá tendo resultado, mas com vcs encima tbm, mas o passado é um pco diferente. E devemos sempre (TÂO) alerta? não temos como evoluir o assunto?! (axO q) jatinha lido o txt, PARABENS!
    vC COmeça mto amigo… dps da uma cacetada!!!

  129. Charles A.

    -

    22/08/2012 às 22:53

    A tal inteligência de Lulla é superestimada.Eu o vejo esperto como um chimpanzé – viu a comida, pegou,nem que precise assaltar a bolsa da vítima ou arrancar-lhe os dedos.Falou mais asneiras do que todos os sindicalistas e filósofos da USP juntos,filosofou sobre astronomia sugerindo ao Criador que deveria ter feito a terra quadrada;opinou sobre geologia, física,religião,política, matemática,literatura, esportes , assinou uma reforma ortográfica,e escarrou sobre esses e outros assuntos com idiotices e cretinices simplistas ,bizarras, aberrantes, sempre aplaudido por uma claque amestrada e bem paga e uma imprensa dominada.
    Isso não é exemplo do que deve ser um Homem.
    Eu diria mais;eu me envergonho de ser brasileiro ,um país comandado por lulla e sua quadrilha de cafajestes.

  130. sara fernandes

    -

    20/08/2012 às 22:27

    eu tenho vergonha de ser brasileira,essa e a verdade,quando escuto essa classe de pessoa falando.

    como alguem pode falar uma barbarie desse tamanho?

    eu nunca suportei esse sujeito,e suporto menos ainda a corja que vive atras dele.

    temos que conseguir voltar atras e ter alguem digno do titulo de presidente,como foi FHC!!!

    ESSE HOMEM SEMPRE TEVE MEU RESPEITO.

    PRECISAMOS DE ALGUEM QUE DÊ EXEMPLO A NOSSOS FILHOS E NETOS…

  131. juscelino damasceno

    -

    13/08/2012 às 17:43

    E o pior de tudo, que se não bastasse o deserviço que Lula causou para a educação no País, terminou se mostrando um traidor da pátria! E não contente com o trabalho executado, deixou sua ídola da época do terrorismo político, Dilma, fazendo dela presidenta e claro, também traidora da pátria.
    O PT, Lula e Dilma são RÉUS da acusação de traidores da pátria e deveriam ser condenados a prisão perpétua, numa colonia de trabalhos forçados seria o mínimo para eles!!!

  132. vera

    -

    07/08/2012 às 23:02

    Como um ex- presidente pode dar uma declaração desta, num país tão carente de conhecimento, e justo pela falta de estudo. Pelo amor de Deus, alguém cale, este homem, senão td que digo para meus filho serão em vão!!

  133. Pedro Ribeiro

    -

    05/08/2012 às 23:36

    Concordo com tudo, mas creio que a inteligência do Lula foi exagerada. A inteligência é criativa, curiosa e expansiva. A pessoa inteligente sente tanta sede de estudo quanto uma pessoa no deserto sente de água. O caso dele é diferente. Lula é esperto, carismático, manipulador. Sabe dizer o que a platéia quer ouvir. Ele não seria eleito num país onde o povo é mais exigente na ética e na coerência dos representantes.

  134. César Tello

    -

    01/08/2012 às 14:10

    Cada vez que ouço esse senhor falar, me dá saudades agudas e dolorosas do tempo em que tínhamos um presidente digno, à altura do que o Brasil precisava: Fernando Henrique Cardoso!

  135. André Tokarski

    -

    29/07/2012 às 9:22

    Não poderia concordar mais com esse artigo! Perfeito! Assino em baixo.

  136. Irineu P.

    -

    27/07/2012 às 1:32

    Ei, Setti, me inclua nessa lista! Eu também não!!!

    Deus me livre. Ainda bem que o “homem” está fora — e mesmo doente, ele não para de se intrometer em tudo.

    Não lhe desejo mal, espero que se cure do câncer — mas que pare de encher o nosso saco!!!

  137. Tonhão

    -

    24/07/2012 às 11:00

    Grande Setti, belo post. Não tinha lido. Apoio totalmente. Também não me orgulho nem um pouco de ter tido essa figura como presidente da República. Até que com a Dilma, no aspecto comportamento, postura, discreção etc a coisa melhorou.

    Abração do Tonhão

    Obrigado, outro pra você, caro Tonhão.

  138. Daniella Ungaretti

    -

    24/07/2012 às 6:54

    O pior de tudo é que tenho a impressão de que vamos demorar muito tempo — nem sei se vou chegar a ver — para ter na Presidência um homem do quilate do ex-presidente Fernando Henrique.

    Ah, que saudades! Eu era feliz e… sabia!

    Daniella

  139. Brucelee

    -

    23/07/2012 às 11:17

    Fazendo menção ao título deste artigo… eu também não!

  140. Viviane de Paula

    -

    23/07/2012 às 8:17

    É incrível como tem gente neste post elogiando o Lula, que só deu mau exemplo para quem estuda neste país — e ainda dá. Que vergonha… Como está no artigo, se o Vicentinho e outros puderam estudar, porque o Lula continuou na vagabundagem, só fazendo agitação e no bembom de presidente do PT?

  141. ari alves

    -

    23/07/2012 às 2:57

    O Lula só jogou o Brasil para trás em matéria de exemplo, de moral, de compostura. É o fim da picada.

  142. Suellen Teixeira

    -

    22/07/2012 às 22:52

    Péssimo exemplo! Dilma, pelo menos, tem compostura — e trabalha.

  143. Carlos Bruzzone

    -

    21/07/2012 às 2:22

    Saudades mesmo tenho do presidente Fernando Henrique mas, em vez desse semianalfabeto e demagogo, prefiro que a Dilma continue em 2014. Lula, se Deus quiser, nunca mais! Uma vergonha para o Brasil decente.

    Carlos Alberto Bruzzone

  144. Rogerio de Toronto

    -

    03/07/2012 às 1:40

    Como pode alguém se gabar por nao ter estudo! somente um cachaceiro poderia dizer essas bobagens. O Lula é ainda um perigo para a democracia, ele tem planos para perpetuar no poder, e por isso ele adora os ditadores, Castro, Chavez, Correia, Almadinejad entre outros lá da Africa. A seita que ele comanda no Brasil ja cegou muita gente, quer ver, já tem cmomentários dizendo o que o FHC fez pelo Brasil, só dele ter acabado com inflaçao de 5% ao dia para 5% ao ano ja bastava, pois muitos presidentes tentaram e nao conseguiram, plano Real que o proprio Lula foi contra. Sobre as privatizaçoes mostrou que estava certo, tanto que o proprio PT começou a vender os aeroportos e os representantes da seita nao diz nada nos comentários aqui. Lula é o homem que tornou pedinte na esquina em classe média com sua maneira nova de medir as estatisticas. Como diz alguns comentaristas aqui, acho até que estao certos em dizer que Lula foi e é um representante da maioria de brasileiros, até porque esse governo quer mais é que ninguem estude e se mantenha na ignorancia, os universitarios que dependem das universidades federais que os diga, já praticamente perderam o ano pela greve, ah só para lembrar, milhares nao passam nas provas da OAB, deve ser porque o governo ensinou (nóis pega o peixe, 10-7=4). O problema que este governo de esquerda está criando, não vai demorar muito para aparecer. EU NÃO TENHO ORGULHO NENHUM DE TER TIDO UM PRESIDENTE ANALFABETO ARROGANTE E MENTIROSO!!

  145. Rodney

    -

    02/07/2012 às 17:05

    Somente pessoas que vivem de aparece social teria vergonha de Lula. Esse artigo mostra o como uma classe social no país é preconceituosa e não consegue engulir a ascensão de pessoas pobres. É um erro dizer que o Lula é analfabeto. Analfabeto é aquele que não sabe ler e escrever. Você coloca o analfabeto no mesmo patamar de quem não tem título acadêmico. E fala com experiência, que nas cadeiras universitarias existem jovens que não possuim nenhum senso critico de vida, profissão e sociedade . Lula foi um representande da maioria da população brasileira, que por decadas foram excluidos e deixados de lado. Um homem como Lula é um dos politicos mais respeitados do mundo e isso não foi por um diploma, mas pelo sua habilidade de gestão politica. Lula não deu mal exemplo à juventude brasileira por não ter um título acadêmico, pois estamos vivendo um boom nas universidades pelo país, mas assim mesmo, diploma não diz que você será melhor ou pior que ninguem. É só lembrar que milhares de jovens se formam em direito e outros milhares não passam na prova do OAB.
    Acho que ampliar o odio a um homem que de uma forma ou outra ajudou o país é preconceitoso e pequeno. Temos que tomar cuidado do que lemos, pois se soubesse como salsicha, chiclete e jornalismo são feitos, nøs não consumiriamos nenhum.

  146. Adail

    -

    29/06/2012 às 16:44

    Eu morro de vergonha.

  147. Luis Braga

    -

    18/06/2012 às 9:51

    Complementando, gostaria de acrescentar que o Lula não é analfabeto. Analfabeto é aquele que não sabe ler e escrever. Vocês, obviamente, colocam o analfabeto no mesmo patamar de quem não tem título acadêmico. Lula foi um autodidata, tenho certeza que leu bons livros, e juntando isso à sua inteligência acima da média e seu talento para a política, teve uma compreensão muito maior das necessidades do povo brasileiro. Isso sem falar de sua luta ferrenha contra as baionetas do período militar, posição que nos obriga a respeitá-lo. Sinceramente não sou do PT ou de qualquer outro partido político, mas chamar Lula de analfabeto é uma tremenda injustiça. E essa idéia de que o Lula daria mau exemplo à juventude brasileira por não ter um título acadêmico não tem fundamento. O Neymar e outros jogadores de futebol dão pior exemplo e não sabem nem falar. Perguntem à garotada o que eles gostariam de ser na vida: Presidente da República ou Jogador de Futebol ? E nós, como titulares e detentores de um título acadêmico, deveríamos ter mais cuidado com as palavras (principalmente os jornalistas). Elas podem nos levar ao paraíso ou nos jogar na lama.

  148. Luis Braga

    -

    18/06/2012 às 8:43

    Aposto que a maioria dos comentários dos que não se orgulham do “Lula analfabeto” são do sul ou sudeste do Brasil. E no entanto vocês elegem o Tiririca para representá-los no legislativo. Ou o Maluf, o maior batedor de carteiras que esse país já teve notícias. E o FHC (doutor em Harvard ?), erudito, intelectual e sociólogo, fez o que pelo Brasil ? adotou a política da privatização no e vendeu tudo que podia, além de tirar direitos preciosos dos funcionários públicos que haviam sido conquistados com sacrifício. Não se iludam, ninguém chega ao poder sem barganhas, alianças, conchavos e negócios escusos. A diferença é que no governo Lula tudo vinha à tona. O Brasil tem problemas crônicos, arraigados durante séculos, e ninguém em sã consciência pode acreditar que superaremos esses problemas sociais em quatro ou oito anos de mandato. Vejam o PIB antes e depois de Lula, a renda per capita, o desenvolvimento tecnológico do país, e depois emitam suas preciosas opiniões. Num país onde o povo ainda passa fome,quem quer saber de livros ? Primeiro pão, depois educação. Ninguém aprende com fome. Vão dar uma voltinha no Nordeste.

  149. JOAQUIM KINCAS

    -

    07/06/2012 às 12:06

    É meu caro. O apeDELTA tem os dele. O Diabo também os têm. Eu não me orgulho de ter tido um presidente ANALFA, inda por cima, protetor de ladrões (Ladrões, no plural). Se, ao menos fosse só ANALFA, mas é mais que isto. Me orgulho de ter tido como presidentes: JK, Itamar e FHC. Estes são e foram estadistas. O outro, é estafeta. De ladrões.

  150. Leandro

    -

    02/06/2012 às 15:25

    Estudo é para os perdidos uma direção a seguir.
    Para alguns, pode ser um complemento necessário na ‘bagagem’.
    Para outros, inútil. No caso de um Presidente, o estudo é inútil.
    No caso de Lula, inútil também seria o estudo. Ele teve a capacidade e competência para conseguir mover um país ao progresso sem isso. Se tivesse estudado, provavelmente teria perdido tempo.

  151. Sonia da Grécia

    -

    02/06/2012 às 4:47

    Que texto extraordinário! Deveria ser distribuído no Brasil inteiro.

    Parabéns ao blog.

    Sonia

  152. Johannes

    -

    02/06/2012 às 1:55

    Concordo com esse artigo da primeira até a última palavra, o Lula é um mau exemplo era como presidente e continua sendo, não adiantou nada a doença não fez dele uma pessoa mais modesta nem mudou sua arrogância.

  153. Giovannetti

    -

    01/06/2012 às 22:24

    Falou e disse, caro Setti! Estou com você e não abro!

    Abração do

    Marco

  154. ivone

    -

    28/05/2012 às 14:28

    gostaria de falar que nem todo mundo tem a possibilidade de ter estudado,a realidade e bem mais feia para quem vive dela e nela e muito mais fácil para quem ver do alto dos prédios luxuosos,eu também não me orgulho de ter tido um presidente,semi analfabeto ,mais também acho que existem coisas bem pior no brasil , como politicos que roubam dinheiro destinados a sobrevivencia de tantos famintos,antes de falar mal de um unico pobre que conseguiu sobreviver aos ricos e poderososo,vamos tentar dar educação aos Brasileiros para que possamos ter orgulhos dos proximos presidentes.

    Se você leu mesmo o post, verá que outros políticos da mesma origem de Lula tiveram oportunidade de estudar, como Lula teve, a partir de um certo ponto de sua vida, e se formaram em cursos superiores. Lula não fez isso porque não quis, e deu mal exemplo aos brasileiros pobres, alardeando sua falta de estudos como se fosse uma condecoração.
    Para sua informação, eu não vi, durante a minha vida, a realidade do alto de prédios luxuosos. Venho de duas famílias imigrantes, que começaram no Brasil, no séc. XIX, praticamente do nada

  155. balp

    -

    27/05/2012 às 23:02

    Remetendo-me ao título deste texto:

    – Nem eu!

  156. Luiz C.

    -

    27/05/2012 às 10:54

    Falou e disse tudo, Ricardo. Também morro de vergonha do mau exemplo dado pelo ApeDelta.

  157. Demetrio C.

    -

    21/05/2012 às 21:10

    Seu comentário é grosseiro e ofensivo e não será publicado.

  158. Nejers

    -

    21/05/2012 às 19:57

    Seu comentário, lamento dizer, é impublicável.

  159. Zoror

    -

    21/05/2012 às 19:47

    Seu comentário é ofensivo e não será publicado.

  160. click

    -

    21/05/2012 às 10:44

    Seu comentário é impublicável. Tente outra vez.

  161. Martha

    -

    20/05/2012 às 18:34

    Na minha opinião, há políticos muito capazes que poderiam dar sua contribuição, mas preferem ajudar “o seu povo”. Acho que no Brasil falta ação, muita gente critica e pouca gente faz. Se todo mundo acha que cada povo tem o governo que merece…vamos fazer por merecer e acho que os jornalistas estão fazendo a parte deles!

  162. Luiz Santos

    -

    17/05/2012 às 4:02

    Não publico comentários ofensivos e cretinos como o seu. Não digo quem é “pseudo-jornalista”, após mais de 40 anos de carreira sendo respeitado por colegas e por fontes, porque minha mãe me deu uma educação que você não tem.

  163. Marcelo Rinaldo

    -

    04/05/2012 às 16:02

    Lula foi homenageado com o título Honoris Causa.
    Homegear o Lula pelo quê mesmo?
    Por ser um demagogo populista da linha de um Hugo Chaves ou Fidel Castro?
    Por ter se omitido politicamente durante o escândalo do Mensalão no seu governo, quando à época negara quando fora questionado se tinha conhecimento do fato?
    Por ter dado o pontapé rumo a um oportunista modelo de programa compra-voto com o Bolsa Família?
    Pelo seu irmão, durante o seu governo, ter enriquecido da noite pro dia e ter sido indiciado por tráfico de influência pela polícia federal, fato que Lula duvidou junto à imprensa?
    Por ter desafiado os princípios lógicos da democracia e direitos humanos, ao se posicionar a favor de países cujos regimes são extremamente ditatoriais e indo contra a opinião pública nacional e mundial?
    Por ter ofendido milhões de brasileiros em discurso político para operários quando afirmara que não existia pessoa mais digna e honesta do que ele?
    E ter instituido o maior e mais escandaloso sistema de barganha eleitoral partidária da história do nosso país?
    Por até hoje, nenhum dos réus do Mensalão terem sido presos, e com grandes chances de sair incólumes na justica graças à nomeação de ministros no STF por integrantes do PT e da base governista?
    Pela cegueira política de milhões de brasileiros, propagada por esse câncer maligno pra sociedade que é o PT e Lula.

  164. Marco

    -

    30/04/2012 às 19:30

    Concordo em gênero, número e grau com tudo o que escreveu o grande jornalista Ricardo Setti

    Parabéns!

  165. Firdavs

    -

    25/04/2012 às 16:17

    Para os Brasileros e pee7o desculpas por meu pe9ssimo putgorueas que foi cudadozamente traduzido en Google .DEFINITIVAMENTE LULA DA SILVA TIENE SE REBELADO UN PESIMO EXEMPLO NO QUESITO POLITICA EXTERNA. Na pratica tem sido um dezastre por ser amigo ditacdores e ser mentiroso como bem diz los brasileros .Tenho vizitado Blogs en Brasil e na America latina recentemente e tenho visto que muitos criticam o Lula da Silva por sua atitude covarde em criticar Orlando Zapata (O Prezo poledtico Morto) e ne3o ter tido coragem de criticar sus amigos ditacdores.Tenho Observado tambe9m nas mensagens que muitos no Brasil e na America latina chamam Lula de demagogo, mentiroso, corrupto e mascarado por ser amigo de ditacdores e Omisso na queste3o da democracia e direitos humanos .Estou conviencido que Lula realmente es mascando, demagogo e muito mentiroso quando afirma que nao recebeu a carta avizando sobre a situaccif3n de Orlando Zapata.O pior e9 que em Cuba tien mais de 200 presos poledticos siendo torturados por simplesmente terem criticado El gobierno comunista e ditacdor de Cuba.Um Absurdo e Lula da Silva no Levanta su VOZ para criticar SUS amigos ditacdores e EXIRGIR a soltura dos los presos poledticos em Cuba.Una coisa e9 cierta, se fosse os USA, Europa, Honduras, Colf4mbia ou Israel que estivessen faziendo este absurdo de manter los presos prezos poledticos e torture1-los , com certeza o demagogo do Lula da Silva sairia pelo mundo exigindo a soltura dos prezos poledticos Cubanos.Los brasileros tem miesmo que terem vergonha do presidente que tienes .Tenho certeza que la maioria de los Brasileiros como a maioria do povo no mundo ne3o concordan e ne3o compartilham das opinif3ns e actitudes do Lula da Silva.Actitude as quais vergonhoza para os brasileros e para o mudo.Infelizmente isso es fato .Fernadez cardilosconCuba. E Viva a democracia com Lula ou sem Lula !Una gran Sugestif3n para los Brasileros : Visiten El Blog de Yoani Se1nchez aBlogueira Cubana que tambie9n estar preza y siendo Torturada en CubaEs um Blog que supera 4.000 vizitas a cada asunto.

  166. Vanilda Cerqueira

    -

    19/04/2012 às 23:32

    … não nos orgulhamos de muitas coisas que estamos vendo e ouvindo. De pessoas que aponte ou atirem pedras o mundo não precisa mais.
    Será que estamos ORGULHOSOS daqueles que estudaram tanto; tem tantos canudos, pagaram tão caro, perderam seu tempo, e tem jogado anos e anos de investimento no vaso sanitário, com suas ações,
    prepotências, seus orgulhos, suas soberbas e etc.
    Não são esses os doutores, os mestres?
    Não queiramos mudar as pessoas como se fossemos Deus ou atirar pedras como se fossemos perfeitos;
    um pouco que você faça com um pouco que o seu vizinho vier fazer já um sinal de que JUNTOS podemos fazer a diferença.
    se o canudo de ambos ajudassem o conhecimento junto a prática não teria valor, PROFISSIONALISMO.
    Garner nos fala de inteligêcias multiplas.
    O seu canudo não terá tanto valor o que queremos ver é VOCÊ FAZER A DIFERENÇA.

  167. Goethe-Br.

    -

    06/04/2012 às 14:14

    …-com os meus respeitos ao nobre colunista, ao tempo em que o parabenizo por esta matéria de re levante oportunidade elucidativa,aproveito desta ocasião para externar democráticamente a minha discordancia em relação ao aquí exposto…:-a meu ver,os maiores homens da história, não foram su bmíssos aos conceitos e preconceitos das suas épocas…-por isso todos eles provocaram em muitos dos seus contemporâneos o pior sentimento…-a in
    veja…-mãe de todos os males…-nenhum “erudito” das suas épocas,conseguíu imortalizar-se perante a história…–se não, por serem contemporaneos dos mesmos…- as comparações aquí feitas não refletem os reais valores como devem…e nos remetem á uma apreciação dos fatos de maneira distorcídas…-sem desmerecer os valores do”Marinho e do Vicentinho”
    que tambem servem como exemplos edificantes para o homem comum e em especial espelham ao mundo o espí
    rito de lutas e a capacidade de superação que tem o povo brasileiro e em especial o nordestino…
    –relembrando o meu velho professor de teologia,
    que me dizia ser a sabedoria, a inteligência desen
    volvida para o bem e por isso é de orígem divina…
    enquanto a astúltcia e a sagacidade,quase sempre,
    é a inteligencia a serviço das vantagens temporais
    e quase sempre a servíço do “vil metal” e por isso
    origem material…- sei que desagrada a alguns esta
    forma de raciocínio…-mas convenhamos…-” o pau-
    de-arara” inspira os sonhos de grande parte da hu
    manidade de todos os recantos da Terra..soube apro
    veitar as oportunidades pelas quais lutou bravamen
    te, como testemunha todo o povo brasileiro que o acompanhou nesta luta por vários anos…acordou a
    nação submíssa ás chantagens e imposições dos ” homens de preto” que aquí impunham as suas humi
    lhantes exigencias á nação que práticamente reduzi
    da á condição de mendicancia por um simples empres
    timo de vinte bilhões de dólares…-não sou petista
    nem peitista…mas,convenhamos…-ele se fez a mai or expressão da verdadeira liderança popular da his
    tória deste país…e causa muita inveja a muitos “eruditos”…não é mesmo?…-a todos …
    …SABAT SHALLON !…
    …Goethe-Br.

  168. chato de plantão

    -

    03/04/2012 às 22:10

    Lula não tem uma inteligência tão grande assim, a oposição é que é fraca. Não precisou realizar nenhuma manobra genial para tomar o poder. Aproveitou-se de uma conjuntura favorável, após o 2º mandato de FHC, elegeu-se (nisto teve seu mérito, pois nunca é fácil), deu prosseguimento a política econômica de seu antecessor, e fez uma espécie de compra “institucionalizada” de votos, por meio do Bolsa Família, que lhe rendeu, como bem havia previsto o criminoso José Dirceu, em ligação telefônica interceptada, trinta milhões de votos, criando assim um curral eleitoral que sempre lhe será fiel.
    No mais, além de SEMIANALFABETO (o que não chega a ser desonroso), ele reúne tudo o que pode haver de mais abjeto: é CORRUPTO, ARROGANTE, EX ADEPTO DA ZOOFILIA(prática de sexo com animais, conforme ele mesmo admitiu), e LIGADO A TERRORISTAS DA PIOR ESPÉCIE (exemplo: FARC).

  169. Tracci Guns

    -

    11/03/2012 às 19:53

    J.Andrade,por ironia do destino Boris Casoy,também se orgulha de não ter se formado em nada,e tem muita gente que não tem formação e é muito mais inteligente,uma prova disso é a pesquisa que diz q mais da metade dos alunos do ensino médio são considerados pessoas de muito pouco conhecimento,ai eu digo juízes,a tantas vagas de Juízes,más quase nenhum advogado consegue passar a inteligencia é relativa !!Vc deve estar puto pq estudou e não deu muito certo e acha q a vaga fodona devia ser sua isso é normal!!Hj em dia é normal as pessoas fazerem faculdade,não conseguirem nada e trabalhar com telemarketing ou venderem coisas na rua não q tenha nada contra..más acham q pq acabaram a facul são pessoas super poderosas…grande parte de empresários não terminou nem o ensino médio a grande inteligencia deles é contratar pessoas prestativas q acabaram a faculdade cheias de orgulho para trabalhar para eles e fazer o dinheiro deles render!!Ai eu digo aonde está a burrice ?

  170. Fabio Rocha

    -

    07/03/2012 às 13:59

    Convido todos aqui, no auge de seus intelectos e excelência moral, a colocarem o “pé no barro” e fazerem pelo país 5% do que este presidente semi-analfabeto vêm fazendo no decorrer de sua vida. Quanto elitismo e preconceito de classe reprimido!

  171. Mariana

    -

    22/02/2012 às 21:25

    Meu caro Ricardo, geralmente não costumo postar comentários sobre o que leio na internet, mas ao ler sua matéria tive que faze-lo; concordo inteiramente com vc em vários aspectos, mas o principal deles é que a vida acadêmica de uma pessoa serve para não apenas para ” ter um diploma” ou ter ” uma profissão” mas para tornar o indíviduo em um ser humano melhor( através da experiências vividas). Também concordo que o problema em questão não é o ex-presidente ser ou não analfabeto, e sim a apologia que ele faz ao fato ( como o Brasil almeja tanta coisa, mas seria um esplendido começo se houvesse realmente um investimento na educação visando o futuro- como por exemplo houve na China). Por fim quero parabenizá-lo por expor sua opinião de forma coerente.

    Muito obrigado por seu comentário e suas palavras amáveis, prezada Mariana.

    E volte sempre ao blog!

    Um abração

  172. Anuar Jorge Miziara Filho

    -

    18/02/2012 às 14:49

    “…Inteligência desenvolvida e culta, desacompanhada do senso moral, constitui sério perigo para a sociedade. Os grandes males que convulsionam o mundo não procedem dos analfabetos e dos ignaros, elementos mais ou menos inconscientes que agem como instrumentos; que não dispõem de meios e recursos para levarem a cabo as empresas maléficas
    de exploração, de escravatura e de opressões. São as inteligências cultas e traquejadas, sem moralidade e sem fé, divorciadas do verdadeiro sentimento religioso, que urdem e executam os planos diabólicos de usurpação de direitos, de espoliações e de tirania das consciências”.
    (O Mestre na Educação – Palavras atribuídas a Pedro de Camargo Vinícius, pág. 22)

    “Graças te dou a ti, Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos”.
    (Mateus11, vers.25)

  173. Leandro RJ

    -

    16/02/2012 às 22:22

    Pela terceira vez compartilho esse maravilhoso texto no FB – incrível como ele traduz o que eu penso sobre esta pessoa que um dia governou este país.

    Muito obrigado, caro Leandro.

    Um abração — e volte sempre!

  174. Marlene

    -

    15/02/2012 às 17:02

    A luta do bem contra o mal está difícil no nosso Brasil de brasileiros que parecem insistir em ficar em estado letárgico. Quando é que acordaremos deste sono, se mal estamos espreguiçando? Fala-se muito em troca de mensagens por e-mail, os internautas já entenderam a situação em que nos encontramos com toda esta “tchurma” no poder. Mas, só trocar mensagens nada muda.E agora, a Globo ficando de quatro para o governo, a vaca vai pro brejo, pois em miolo que dá créditos a Programas tipo BBB, tudo pode ser colocado! Só Deus para nos salvar da gang!

  175. carla

    -

    15/02/2012 às 16:05

    Ai, ai, ai… No mundo competitivo em que vivemos, sentir orgulho de presidente analfabeto eh de uma estupidez gritante! Ate minha funcionaria domestica voltou a estudar ( eja) e fez curso tecnico de enfermagem aos 40 anos.
    Jactar-se disso,foi a maior burrice do Lula, prestou um desservico aos jovens desmotivados com o estudo.
    Quem para de estudar ou de aprender, fatalmente ficara marginalizado.
    So lamento que a educacao no Brasil seja o engodo que eh, uma das piores do mundo!
    TUDO seria melhor com educacao de verdade, mas isso ja eh outra historia,,,

  176. nick minak

    -

    11/02/2012 às 21:58

    e irrecusavel aceitar essa politica de mais arroz com feijao 100% gratuito sem ao menos esforço do suor do trabalho .fora socialismo utopico o mundo esta cansado de ver pessoas na margem da miseria so recebendo migalhas doadoras de aquem, sem ao minimo dar produtividade e força de trabalho a cada individuo que se encontra na margem da pobreza.criem individuos capacitados de exercer uma profissao de qualidade e nao preguiçosos de bolsa suntento alimentar .fora pregiça!

  177. joeliton

    -

    17/01/2012 às 10:16

    É por isso que esse site tem tão pouca credibilidade na internet! Vocês nunca aprovam comentários contrários a opinião de vocês! É o único site de notícias(será, ou será manipulação?) que os comentários precisam de aprovação! A liberdade de expressão só vale para vocês, mas para o povo brasileiro não! Vocês omitem, calam-se! Hipócritas!

  178. joeliton

    -

    17/01/2012 às 10:12


    Seu comentário foi suprimido tendo em vista as regras de do blog. Se não as conhece, por favor clique no link http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tema-livre/143081/

  179. joeliton

    -

    17/01/2012 às 9:57

    SIM, EU ME ORGULHO DE TER TIDO UM PRESIDENTE SEMIANALFABETO!
    FHC era tido como letrado e afundou o Brasil: Privatizou, privatizou e privatizou. Lula era o analfabeto e melhorou, melhorou e melhorou os índices sociais do Brasil!
    Essa matéria é bastante preconceituosa!
    Não se esqueçam que Carlos Magno era analfabeto!

  180. MTS

    -

    20/12/2011 às 7:27

    Caro MTS, compreendo sua indignação, mas não posso publicar um comentário cheio de ofensas pessoais.
    É perfeitamente possível fazer críticas duríssimas a um ou mais políticos sem entrar no terreno da grosseria, da ofensa e do xingamento.

  181. Carmen Bragança

    -

    09/12/2011 às 19:32

    Entendo que Lula é o comunicador da elite petista, pequeno burguesa. Escolhido para representá-la com a função de comunicador por seu discurso encontrar afinidade com a grande população, infelizmente, de analfabetos funcionais do país.
    Vocabulário restrito, argumentação por metáforas – as que se referem ao futebol são as de maior alcance no público alvo, “pão e futebol”. Lula é a expressão, por excelência, da utilização do populismo como meio de manipulação da “massa de manobra” em termos de um projeto de poder de viés marxista, ainda na retrógrada, anacrônica e ultrapassada visão da “ditadura do proletariado”. É nessa perspectiva que a análise do seu discurso demonstra seu real significado: equívocos conceituais tomados como verdades de fé: dogmatismo, doutrinação com objetivo de dominação ideológica. Apenas para exemplificar, o conceito de raça não resiste aos novos paradigmas da Biologia e da Antropologia. Nesse sentido, Lula ao afirmar que a responsabilidade da crise econômica atual é dos loiros de olhos azuis, comete um equívoco que mais do que absurdo é deletério porque a intenção subjacente é gerar preconceito impregnado de conteúdo emocional ao atribuir culpa em termos de raça e,assim, dividindo a população em explorados e exploradores, com critério biológico, sendo os exploradores a dita “raça branca”. Essa estratégia foi a mesma, idêntica ao discurso de Hitler e o propósito é o mesmo: a dominação de um único partido na perspectiva da perpetuação no poder. Na Alemanha de 1933, do partido nacional socialista e aqui, do partido dos trabalhadores. Isso explica a afinidade do PT com ditaduras – Cuba, Venezuela, Irã, Líbia, ao tempo do ditador morto.
    Outro aspecto, é o aparelhamento do estado por membros do partido promovendo o inchaço da máquina administrativa com alto custo, mas garantindo o apoio e a subserviência aos desígnios do partido.
    Espanta-me quando apoiadores de Lula entendem que ss críticas que lhe são feitas, são oriundas de “invejosos”. Tais apoiadores são incapazes de uma avaliação consistente do ponto de vista do conhecimento, apelam para questões emocionais a exemplo do líder. Foi assim que o nazismo matou mais de 6 milhões de judeus.

  182. Francisco

    -

    03/12/2011 às 13:36

    Caro amigo, você faz a seguinte afirmação: “Lula é admirado mundo afora — menos, é verdade, depois das sucessivas declarações de “amizade” a tiranos como Fidel Castro e o ditador do Irã”. Acho que houve esquecimento de um fato: em viagem à Europa, Lula teve de cancelar sua passagem pela Itália. Motivo: medo de levar uma tijolada no pé-do-ouvido de algum manifestante indignado pela sua absurda interferência a favor do bandido Cesare Battisti.

    Não me esqueci, não, caro Francisco. O problema é que se formos colocar tudo o que está ligado ao assunto num post, ele fica extenso demais.
    De fato, pela imprensa europeia, pela TV, até por amigos (e alguns parentes, ainda) que tenho na Itália, sei da indignação generalizada que existe quanto à atitude vergonhosa do lulalato em passar a mão na cabeça do criminoso Cesare Battisti.
    Um abração pra você.

  183. Fernanda Veronica Rocha Lima

    -

    20/11/2011 às 20:38

    Povo besta ,todos muito sabidos , mas basta olhar pro povo na rua e vê o tamanho da capacidade desse presidente analfabeto,a saúde perfeita ta morta, a educação de 1° mundo sai semi analfabetos do ensino médio, e a segurança é melhor nem falar ,onde esta esse crescimento com tanta falta,sim existe um povo ignorante que quer receber dinheiro sem se esforçar , que por sinal foi o que ele fez a vida toda ,um país esta crescendo quando primeiramente o povo tem pelo menos o basico, educação saúde e segurança

  184. catson aruak

    -

    10/11/2011 às 17:12

    O problema de Lulla não é analfabetismo, porque tem vários seres humanos de altíssima qualidade e analfabetos. O principal santo tibetano, Milarepa, foi um exemplo disso.
    O problema com Lulla é a vigarice.

  185. Fabio

    -

    07/11/2011 às 15:40

    Porque não implicou(a) com vice-presidente José Alencar? Será porque ele era rico? Sabia que ele tem menos escolaridade do que Lula? [2]

  186. g g Oliveira

    -

    01/11/2011 às 9:02

    Lembrei-me de minha infancia paupérrima, da farinha no café, do pão torrado e da oportunidade que minha mãe me proporcionou sacrificando-se para que eu estudasse. Mesmo com o nome da escola sendo ETP (na epoca)Escola Tecnica de Pelotas, que tinha internato e semi-internato com refeições normais aos alunos, eu me orgulhava de estar lá e, mesmo que o titulo fosse: “Estudar Tempo Perdido” nós não acreditavamos nele. Hoje, aposentado, dependente do fator previdenciario,gerador de 50 empregos diretos, pagante de impostos aviltantes, não posso de sã conciencia aplaudir um farsante e malandro como Lula. Não,eu não posso ser conivente com o mau exemplo e concordo com você: Não tem justificativa as alegações esquerdistas de um grupo que, usando a falacia populista e a fome dos eleitores por um dinheiro sem trabalhar (Bolsa esmola)ou merecer, vota em verdadeiros bandidos. Lula hoje é Burgues e o povo se tornou esmoleiro. Estudei sim,e não me arrependo,pois posso de cabeça erguida dizer: Não votei neles, durmo em paz com minha conciência e Lula foi a maior farsa e mau exemplo que este pais teve como presidente depois de Collor e Sarney. Um grande abraço
    Em tempo: Não tenho partido. Não sou filiado,nem nunca fui. Sempre votei no “Homem”, que julgava ser de mais cultura que a minha e que saberia ser meu representante aos olhos do mundo. O Lula nem chega perto desses meus conceitos de hombridade e carater.

  187. Lapeno R

    -

    21/10/2011 às 2:05

    Faz tempo que comentei nesse topico e voltei aqui para ver se ainda tem cumpanheru defendendo esse traste do lula.
    E agora? apos 10 meses de Dilma, um escandalo estourando atras do outro, a heranca maldita do lula, e mesmo assim tem gente defendendo esse nojento? E demais…
    Mas hoje e um dia feliz, a humanidade se livrou de mais um desbota, o Kadaffi, amigao do lula. Vou tomar uma para comemorar a derrota dele, morreu como o rato que sempre foi, escondido no esgoto, um covarde, diferente quando por 40 anos foi um ditador, causou a morte de milhares de pessoas, inclusive atentados no exterior (voo Pan Am 747 em Lockebie, Escocia).

  188. GlorInha de Nantes

    -

    20/10/2011 às 15:47

    Aliada ao deformado caráter, a falha maior na formação, não é o intelecto deficiente por baixa escolaridade. É a covardia e o menosprezo ao semelhante, que dá guarida às “ixpertas” maneiras de dar-se bem prá cima dos outros, quaisquer que sejam tais outros. Pobres outros! Os idealistas imaturos ou os experientes românticos! Caem no canto da “sereia”! Para seus fins cairia bem a mitológica figura também na aparência.
    Imaginem a charge e a criem como o sonho de toda uma existência do ******!

  189. Silvia

    -

    21/09/2011 às 12:37

    Concordo em genero, numero e grau. Como alguem podem se orgulhar de ter presidente nao so semi-analfabeto, mas incompetente, mentiroso, malandro, corrupto…? Esse papinho ridiculo dos “Lulistas” de que ele nao estudou porque era pobre eh a maior lorota e acreditam para poder ter uma desculpa. Lula nao estudou porque eh PREGUISOÇO. Poderia ter estudado sim, assim como os outros milhoes de pobres brasileiros (otimo o exemplo de Marina Silva). Outra que os Lulistas adoram falar (que eh a maior cara de pau) eh dizer que Lula eh do povo. Lula nao eh pobre desde seus 20 e poucos anos. Lula eh rico a muito tempo. Lula armou o tempo todo no Brasil uma guerra entre pobres X classe media/ricos e “ignorantes” X estudados. Tatica inteligente, com certeza, ja que a maioria da populçao brasileira se identifica com “pobres/ignorantes”. Converse com um petista e descobrira: se vc nao eh lulista, automaticamente vc eh ELITE, BURGUES (ou psdbista, claro, de acordo com eles). Lula fez apologia a falta de estudos, como se subir na vida por meritos dos estudos e do trabalho fosse vergonhoso. Reparem a nossa volta hoje no Brasil, chamar alguem de playboy ou mauricinho eh sinonimo de xingamento. Mas ate parace que o “pobretao” que chama o outro de playboy nao morre de inveja. Afinal, quem nao quer ter uma vida de conforto? Lula simplesmente abriu as portas para esse olho gordo, dizendo que nao faz mal se mostrar invejoso. Lula eh invejoso sim, porque nao existe ser humano que nao gostaria de dizer que eh estudado, tem mestrado, ou ter NBA ou um PHD. Mas no caso dele, o QI e a preguiça nao ajudaram. Me lembro dele dizendo que “quem fala outra lingua eh metido a besta”. Um dos maiores absurdos que um presidente pode dizer ao seu povo. De acordo com sua logica, ninguem fala outra lingua e o mundo nao se comunica, certo? Mais uma vez, eh so uma forma frustada dele invejar quem fala outro idioma porque ele mal fala o proprio portugues. Eh a tatica do invejoso: nao reconhecer os meritos do invejado e dar um jeito de critica-los. Lula eh esperto, nao inteligente. Esperto e sortudo, porque governou o Brasil na epoca em que a economia mundial estava de vento em poupa. Se voce conversar com um petista, observe que as unicas coisas que eles se referem para elegiar o governo Lula sao os numeros da economia (balança comercial, PIB, etc). Numeros que ja estavam melhorando antes de Lula assumir a presidencia e que subiu ainda mais nao graças ao Lula, mas, como eu disse, graças ao mercado mundial. Mas Lula quis o merito so para ele, e ja que 80% da populaçao brasileira nao entende bulhufas de economia, foi facil pra ele passar essa imagem mentirosa de que foi o salvador da patria. Nem sequer ele adimite que o bolsa familia foi criaçao do FHC e que ele apenas mudou de nome. Ou seja, pra completar, o problema maior de Lula nao eh nem o fato dele ser semi-analfabeto, mas sim de ser o maior distorcedor de fatos, o maior mentiroso, o maior corrupto da historia da politica nacional.

  190. Renato Suzart

    -

    19/09/2011 às 18:02

    Eu não tive um Presidente semi-analfabeto. Quem diz que o Brasil teve um Presidente semi-analfabeto é que é um analfabeto. Peguem 100 doutores, entre médicos, advogados, engenheiros, etc. recém formados e mandem eles fazerem um discurso para mil pessoas, de improviso , dando o tema na hora do discurso. 99% gaguejarão, falarão errado, e se perderão no seu discurso.
    Como se pode chamar um homem que discursa para 100.000 pessoas, de analfabeto? Um homem que discursa na Onu; discursa para o mundo todo; e é reconhecido internacionalmente, tendo recebido até o título de doutor no pa´s da nossa língua mãe ! Só diz isso um derrotado obcecado e despeitado. O Lula venceu um debate para o Dr. Alkmin. O Lula demonstrou na prática, entender mais de sociologia, que o professor FHC. Respeitem o Doutor Lula. O Doutor Lula é formado em Portugal, Chefia ! Respeitem-no!

    Não sou um derrotado, porque não concorri a nada — graças a Deus.
    Não sou um despeitado, porque não invejo a ninguém, estou muitíssimo satisfeito com a vida que me coube e me cabe viver.
    E digo e repito que não me orgulhei de ter tido um presidente que batia no peito com orgulho dizendo que não estudou e, com suas atitudes próximas da apologia do inculto, deu péssimo exemplo a centenas de milhares de brasileiros pobres que suam sangue para poder estudar.
    Nunca zombei de Lula por sua incultura. O que critico é seu MAU EXEMPLO.
    Para bom entendedor, meia palavra basta.
    Para quem não quer entender, nem todas as palavras são suficientes.

  191. José Miky

    -

    28/07/2011 às 21:11

    Não, não me orgulho de ter tido um presidente analfabeto, que passou a mão na cabeça de corruptos e nunca sabia de nada. Nunca sabe de nada.

  192. Roberto

    -

    21/07/2011 às 19:43

    Na verdade nós deveríamos é ter vergonha por ter eleito uma pessoa totalmente sem valores para o cargo de presidente, o que fizemos na esperança de acabar com o domínio dos políticos que mandavam no país. Muito pior foi ter reeleito o mesmo após os escandalos que vieram com ele e com isso a população acabou dando carta branca para o roubo generalizado. Ao eleger uma criatura como governanta e um congresso dominado pelos corruptos, o Brasil acabou de se entregar de vez para a corrupção. Que povo é esse?

  193. Corinthians

    -

    13/07/2011 às 15:30

    Ailton,
    Não sei sua idade, mas me parece que você não viveu, ou não se lembra bem do país que era o Brasil em 1985, em 1989, em 1992.
    A inflação anual era nromalmente mais de 1000 pontos percentuais – por isso o termo hiperinflação.
    A utilização do proselitismo, dizendo que ocorreram 12 crises, e mencionar a “crise da Etiópia” não ajuda muito aqui a discussão.
    Tivemos quatro crises sim, que tiveram foco em países em desenvolvimento – México, Rússia, Tigres Asiáticos e Argentina – que afetaram muito o Brasil, que ainda estava em meio à um processo de saneamento da economia, finalizado em 2000.
    Nada ocorre instantâneamente, de “bate-pronto”. A adoção do tripé econômico, o saneamento das contas públicas e o estímulo à atividade econômica foram processos que duraram anos. Isso precisa ser entendido e assimilado.
    Ocorreu uma grande crise em 2008 – quando o governo petista, que sim foi muito, mas muito beneficiado pela conjuntura internacional e pela alta nas commodities (que perduram até hoje) tinha pouco mais de 6,5 anos. Como Lulla seguiu o modelo econômico de FHC, foi possível passar sem grandes sobressaltos – mas vale também ressaltar, como você mesmo disse, que esta crise teve foco nos EUA e Europa, diferentemente das crises anteriores com foco em países em desenvolvimento, o que também facilitou. Não só o Brasil passou sem grandes sobressaltos, como os resto dos BRICS também.
    Outra coisa a notar é que os países em crise estão estudando e adotando as práticas bancárias executadas no Brasil, implementadas por FHC através do PROER.
    Hoje olhando o mundo vemos justamente isso – deflação nos países em crise – EUA, Europa, Japão, enquanto que os países em desenvolvimento possuem inflação.
    A diferença é que para o Brasil, a maior parte da inflação (aproximadamente metade dela) é gerada pelo próprio governo. Inflação não é um movimento de acomodação, é perda de valor da moeda afetando principalmente os mais pobres – ou você se arrisca a dizer que antes do Plano Real tínhamos uma hiperacomodação permamenente de preços ?
    Vamos lembrar aliás que a inflação que tivemos em 2002 foi em grande parte devido ao “risco Lulla” – e tenho quase certeza que você vai colocar o efeito Regina Duarte como resposta, então vou tentar explicar de maneira mais simples. Lulla passou 20 anos falando em moratória, em socialismo. O PT foi contra a Constituição de 88, o Plano Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal, as privatizações (dos outros), o Bolsa Escola, o Auxílio-Gás, o Luz no Campo, etc. Aí ocorre que as pesquisas mostram que quem vai vencer as eleições é justamente Lulla. O que os investidores e empresários devem pensar ? Que era tudo balela ? Que não havia risco nenhum ? Isso gerou muita inflação (relativamente falando) e fez Lulla perder muitos eleitores, tanto que para se eleger o PT precisou divulgar uma “Carta aos Brasileiros”, onde jogou no lixo todos estes discursos e ideologias (temporariamente, como sabemos agora) e se responsabilizou em manter a política econômica.
    Outra coisa é que devemos notar sim que Lulla pegou muito dinheiro emprestado sim – mas não para alguma reforma, a grande fatia foi para o PAC que ainda não saiu do papel. Toda vez que o governo emite título da dívida ele está pegando dinheiro emprestado. É por isso que o pagamento da dívida com o FMI é um factóide. Foram emitidos títulos que pagavam de 8% a 12% de juros, para pagar antecipadamente uma dívida que tinha 4% de juros, e que seria paga de qualquer maneira no ano seguinte. Eu chamo isso de jogar dinheiro fora para enganar o povo.
    Dívida interna é comum. Externa também. O que isso sognifica ? Nada. Dívida é dívida, o que devemos olhar são os juros, ou seja, o custo desta dívida.
    Porém, na verdade nem foi isso que me espantou muito. O que me espanta são frases como:
    “reformas são ideias de economiasta de visão curta”
    Isso nem sei como responder. O absurdo é tão grande que acabo por ficar sem palavras, isso chega a ser um paradoxo. A reforma da previdência então é coisa de economista com visão curta ? Então devemos deixar como está e explodir as contas daqui a 50 anos (visã curta) ? A reforma fiscal também ? A trabalhista ?
    Não caro Ailton – visão curta é característica de governos populistas, que não se importam com o povo, e sim com sua popularidade.
    “Governo vendeu e governo pagou, acha certo?”
    Bom, aqui vamos ter de ir pelo início. Até agradeço por ter citado o caso do “Carrepão” que não vai mais acontecer. O BNDES é um banco de incentivo. Então ele pega dinheiro do Tesouro Nacional, que tem a taxa Selic como base de juros, e empresta ao empresariado à taxas mais baixas. Isso é feito para que ocorra o desenvolvimento em determinado setor da economia. O custo então é basicamente a diferença entre estas taxas de juros, e acaba sendo absorvida pelo governo.
    A Vale era uma empresa que não tinha lucros significativos (quando não prejuízos), era ineficiente, não possuía dinheiro para investir e devia muitos impostos. Portanto era um peso parao dinheiro público. Ela foi privatizada, recebeu investimentos, cresceu, comprou 16 empresas no brasil e no exterior, multiplicou o número de empregados por cinco, tem um valor de mercado dez vezes maior e o estado ainda arrecada 4 bilhões em impostos, para gastar no que realmente interessa – melhorar a vida do povo.
    Resumindo, tínhamos uma empresa deficitária, um potencial de jazidas (que são concedidas), um cenário econômico não muito favorável – o país ainda estava em processo de saneamento, e precisávamos estimular isso – ou seja, a utilização do BNDES se justifica.
    Agora o caso do “Carrepão”. Não vejo deficiências no modelo para o Brasil. Não há necessidade de estimular uma linha de negócio onde existe concorrência e lucro. Onde as empresas pagam impostos. Pode usar o BNDES ? Pode, mas não se justifica – afinal vamos estar gastando dinheiro público para pagar a diferença de juros para incentivar uma fusão que não vai ajudar o país em nada.
    Outra coisa é que entendi muito bem a diferença que você quis colocar entre priivatização e concessão – no caso melhor descrita como venda de empresas e concessão.
    Por exemplo, a Vale do Rio Doce foi vendida. Tivemos também no governo Lulla as vendas dos bancos do Estado do Ceará, do Estado do Maranhão, da Hidrelétrica de Jirau, entre outros – tudo financiado com dinheiro do BNDES, e para sempre. Aliás até hoje temos a pergunta – se a privatização da Vale foi assim tão ruim, por que não foi desfeita ? Qual a lista do que você considera empresa “filé” que foi vendida, e quais são as empresas problemáticas que não foram vendidas ?
    Enfim, acho bom ressaltar aqui que Lulla e o PT sempre foram contra o que é melhor para o brasil e para o povo. Foram contra a Constituição de 88 (e Lulla, deputado constituinte, não colocou nenhuma emenda, nada), contra o Plano Real, contra as privatizações, contra a Lei de Responsabilidade Fiscal. Tivesse o PT assumido o governo em 1992, ainda estaríamos pagando mais de 1000 reais o telefone, com espera de um ano, além de hiperinflação.
    O grande erro que ocorre hoje é a inversão da causa-efeito. Hoje as pessoas erroneamente usam de uma análise muito simplista de efeito-causa para explicar o que ocorre. O Brasil cresceu, e isso prova a competência do presidente ? Nada mais falso. A análise deve ser completa – o presidente tomou as ações X e Y que afetaram a economia de maneira Z e fez o Brasil crescer – e não é possível fazer isso com Lulla.
    Não se engane caro Ailton, eu realmente dou crédito à Lulla, Pallocci e Meirelles por duas coisas – aumento/facilitação do crédito e ProUni. Fora isso, foram 8 anos de inanição e mentiras.

  194. Ailton

    -

    12/07/2011 às 20:01

    ‘Extresse’ não! e sim “Estresse’

  195. Ailton

    -

    12/07/2011 às 19:55

    Divida interna.
    Divida interna é muito comum e todos os países de economia aberta as possuem, é um fenomeno que acontece a todos países de capital aberto a investimentos, fen omeno ocorre desde 1945, hoje só países como Coreia do Norte, Irã, e vários outros regidos por ditaduras fechadas não possuem dividas internas nem externas, porém a qualidade de vida dos seus é a mais degradantes que existem no planeta.
    A divida do Brasil é de R$1.35Tri.(e um PIB de R$3.344 trilhões de Reais), no ano de 2002, dezembro, a nossa divida interna era de R$380 bi. para um PIB de R$988bilhões de reais.
    988bi de Reais no câmbio de hoje, que é de R$1,52 (para U$1,00), se for interpretado pelocâmbio de 2002, ano que o dolar bateu a casa dos R$4,78 (por U$1,00 dolar) PIB cairia para R$136,0bilhões de Reais.

    Paises neoliberais podem ser progressistas, de regime ditatoriais, de esquerda ou de diteita, recentemento tivemos um exemplo de país de extrema direita que rezava na cartilha do neoliberalismo: O Égito um país NEOLIBERAL, DITADOR.
    Neoliberal é um regime tido como uma terceira via ao capitalismo e socialismo, tem pretenção de transformar o planeta em um único mercado produtivo, para o regime neoliberal, o comercio e produção industrial não existiriam fronteiras entre países, a famosa GLOBALIZAÇÃO.

    O Neoeoliberal foi um verdadeiro desastre, ainda bem que Brasil abandona essa idéia ainda em 2003. E para se fortalecerem diante do NEOLIBERALISMOS, q países emergentes se juntam e criam os BRICS, união é um grande sucesso. Brasil faz negócios estimados em 49% de todo o movimento de exportações e importações com os BRICS.
    JÁ OS Estados Unidos vem em 4º lugar entre os nossos maiores parceiros comerciais.

  196. Ailton

    -

    12/07/2011 às 19:15

    Corinthians,
    Você deve estar a brincar quando diz que no governo Lula não tivemos nenhuma crise internacional, isso só pode ser piada.

    Meu amigo, foi justamente no governo de Lula que o mundo conheceu o pai, a mãe e familia de todas as crises que já bateram nas portas dos países, a mais perigosa para todas as economias do planeta a crise dos EUA.
    Quando o PSDB era governo, nós estavamos acostumados a ver crises bobas, crises como da Nicarágua, da Etíopia, da Bolivia, México e mesmo assim todas elas levaram o Brasil para falencia, Brasil quebrou, desempregou, indústrias sairam do país e recessão se instalou, arremeteu o Brasil ha dez anos, e tivemos nada menos que doze delas.
    .
    Agora voce me diz que Lula foi beneficiado por um mundo de economia estável? Timão, foi justo no governo do Lula que o Mundo atraverssou a pior crises de todos os tempos, a crise que foi pai e mãe de todas as outras, Nada menos que a crise AMERICANA, que ocorreu com a falência do setor imobiliário e bancário dos EUA, crise que arrastou toda Europa e Japão para dificuldades que até hoje está a fazer vitimas no velho mundo.
    “Pegar dinheiro emprestado para fazer reservas, acho que nem o Lula fez isso,” Claro que não o lula nunca tomou um centavo a ninguém, só emprestou ao FMI U$14bi.
    Qunato a tomar dinheiro para fazer reserva, isso aconteceu para segurar a inflação que subia desesperadamente nos anos de 1999 e 2002. indices inflacionários já estavam em 19%aa.
    Lula não implementou nenhuma reforma, reformas são ideias de economiasta de visão curta, o Lula simplesmente inceetivou as exportações, facilitou o crédito interno, atraiu industria para o país, prova disso é o pIB que saiu de U$650bi em 2002 para U$2,2 tri em 2010, esse crescimento vem justamente com a entrada de novas fabricas e novas empresas.
    Privatizações: Você confunce concessão publica com privatizações. Não podemos comparar, ceder uma administração de aeroportos, pedágios ou rodoviárias com a venda definitiva de uma VALE DO RIO DOCE ou a PETROBRAS, os terminais aéros, rodoviários e pedágios são concessões públicas, tem prazo para começar e data para acabar e privatizações de grandes empresas são para sempre.
    Meu caro Corinthians, porque não vendemos as estatais mais problemáticas? Só venderam as filé dos filés? as problemáticas estão todas ai, elas que representavam problema ao governo, foram “poupadas” as mais lucrativas foram vendidas.
    Corinthians, já que venderam, deviam esperar que os compradores usassem o seu proprio dinheiro para pagar as contas, e não o BNDES, governo vendeu e ele proprio pagou o debito? nenhum comprador entrou com dinheiro vivo, exste até um comprador de estatal que só possuia U$4,0 milhões (em 1994) e no entanto comprou uma estatal via BNDES, por U$9,0bi! Governo vendeu e governo pagou, acha certo?
    Antes que voce mencione o caso da transação a envolver a CASINO(CASINÔ) e dois outros grupos de supermercados,ELES SÃO INICIATIVAS PRIVADAS, eles ,podem sim, podem tomar esses emprestimos para realizar a fusão das duas empresas para formar uma terceira, é só honrar opagamento.

    Ético! DEM? tudo bem é a sua otica!
    Uma vez eu disse em um post do amigo Ricardo, que inflação era apenas uma acomodação de mercado, que logo passaria, isso aconteceu em todas as mudanças de governo, elas vem acompanhada de inflação, isso se dá pelo extresse do mercado com o “novo”, que represente a troca de presidente, quando Lula assumiu em 2003 a inflação era de 14%aa. em 2007 fou de 12% e Dilma 6,8% uma grande diferença. O proprio Itamar transmitiu o governo ao FHC com 9% aa. só que depois disso a inflação não se acalmou mais, elea persistiu um bom tempo, devido as inconstâncias do mercado financeiro internacional.

    UM ABRAÇO.

  197. Corinthians

    -

    12/07/2011 às 16:57

    Ailton,
    Devo dizer que não entendi muito bem – mas tudo bem, eu informei que não adiantaria eu falar os fatos que realmente ocorreram.
    Por exemplo, você quer culpar governos “neoliberais” pela crise na Europa – enquanto que os fatos mostram que, de 13 governos de partidos socialistas/esquerdistas/”progressistas”, hoje só temos 5 – a população viu que as crises estão ocorrendo por que o governo gastou mais do que tinha, e agora mais uma vez estão colocando governantes alinhados com a direita para resolver a situação. Fato.
    As reservas antes de 2002 não eram formados por empréstimos do FMI. Como já informei anteriormente, os empréstimos do FMI foram comprovadamente gastos em reformas no Brasil. Aliás o conceito em si não faz sentido não é ? Quem pegaria dinheiro emprestado para colocar na poupança – acho que nem Lulla faria isso, mesmo tendo pego dinheiro emprestado a 8% para pagar uma dívida com juros a 4% (que já seria paga no ano seguinte sem problemas)? Também é fácil verificar que as reservas neste período eram por volta de 35 bilhões, muito mais do que o que era devido ao FMI.
    Existem várias matérias sobe isso, segue uma de exemplo:
    http://agenciabrasil.ebc.com.br/node/579315
    Também é possível verificar que Lulla não implementou nenhuma reforma, e a dívida pública que está um absurdo, não foi reduzida da maneira esperada, visto que Lulla continuou emitindo títulos para financiar outro absurdo – o PAC – este amontoado de projetos já existentes que não saiu do papel até agora, e já inventaram uma versão 2 antes de completar a primeira.
    Pelo menos Lulla seguiu o modelo econômico de FHC ao manter as metas de superávit primário (até 2009, quando ele reduziu a meta pela metade), e foi justamente isso que fez com que a dívida pública fosse reduzida quando comparada ao PIB (as porcentagens).
    O Brasil também deu sorte pois mesmo sem nenhuma reforma, durante o governo Lulla não houveram crises internacionais, e o Brasil conseguiu crescer mais (graças à iniciativa privada) do que o governo se endividava. A situação hoje, com Dillma anunciando um pseudo-ajuste fiscal já demonstra que a situação mudou – gastou-se muito e mal e agora precisamos pisar no freio, segurar investimentos para pagar as contas da gestão anterior, que novamente não implementou nenhuma reforma significativa.
    Li todos os seus textos, e em nenhum momento você colocou sua opinião contra as privatizações. Agradeço a resposta, e fico no aguardo das informações comprovando que a Bahia é menos violenta que São Paulo.
    Fico me perguntando agora o que então você acha da privatização dos aeroportos, ou então das privatizações realizadas por Lulla, como as estradas federais ou de vários bancos do Nordeste.
    Sinceramente hoje posso ir aqui na esquina e conseguir de imediato um telefone, mas juro que não vi nenhum benefício das privatizações realizadas por Lulla.
    Saiba que hoje a Petrobrás, que cresceu mais na época de FHC do que na época de Lulla, só é o que é hoje graças ao capital privado que foi investido nela – se bem que depois da gambiarra de 2010 as ações estão em queda gradual. A Vale deixou de ser uma sorvedoura de recursos públicos para se tornar uma das maiores empregadoras do país, graças à privatização, e o mesmo vale para a Embraer.
    Quanto ao governo dos tucanos, o que sei é que caso tivéssemos um governante competente e ético – e nem precisava ser dos tucanos, poderia ser alguém do DEM, PPS ou qualquer outro partido que não siga idéias e conceitos do século passado pré-Muro de Berlim, teríamos muit mais eficiência. Não que seriam só acertos, mas com certeza a situação dos aeroportos já estaria resolvida ou direcionada, a segurança pública estaria um pouco melhor, saúde e saneamento básico nem se fala (Lulla conseguiu ser o primeiro presidente a ter redução de saneamento público). Também teríamos inflação mais baixa com certeza. As crises que ocorrem lá fora não atingiriam o Brasil, já que o que estão implementando hoje por lá para bancos e instituições financeiras são as mesmas regras implementadas por FHC aqui no Brasil, o que fez com que a crise de 2008 não nos atingisse em cheio – se bem que agora, a desvalorização do dólar, que é sim um fenômeno mundial como você coloca,mas vemos que o governo de Dillma não sabe como agir para reduzir este problema – nem podem, já que a inflação está fora de controle.

  198. Ailton

    -

    12/07/2011 às 11:19

    Amigo Ricardo Setti.
    Perdão pela grande quantidade de falhas no texto, ainda estou a me familiarizar com esse notebook, troquei o meu antigo por um novo, não atentei para o tamanho das teclas, são do mesmo nivel da base do aparelho. não tem relevo e isso é horrível para escrever.
    Aceite as minhas desculpas pelas letras soutas, palavras unidas ou cortadas.

    Abraço

  199. Ailton

    -

    12/07/2011 às 11:06

    “Uma reseverva toená-se negativa quando o dinnheiro é originado de empréstimos de organismos internacionais.

  200. Ailton

    -

    12/07/2011 às 11:05

    Reservas antes de 2002 eram formadas por empréstimos do FMI, me lembro do governo ir buscar U$70bi em 2000, não conseguiu o total, recebeu apenas U$40di.
    Uma torna-se negativa quando o dinheiro para formá-la é oriundo de empréstimos. então, as reservas que é zero, ainda passa a dever, como foi o caso dos U$170bi que Brasil tomou para formar reserva, no meu entender esse dinheiro pertence ao FMI e não as reservas.
    A ultima vez que Brasil viu reservas de moedas estrangeira foi antes da crise dopetroleo em 1972, quando o Brasil sai de rumo e começa a entrar em dezenas de crises anuais até 2002.
    Pergunta como as privatizações, você não leu meia dúzia de textos meus a responder.
    Respondo outra vez, claro que sou contra, radicalmente contra, vejamos a PETROBRAS, um grande exemplo da boa administração, era uma morinbunda e humilhada empresa, fizeram de um tudo para jogar a opoinião publica contra ela, afundaram platarformas, causaroa inumeros derramamentos de óleo nas baias de Guanabara e de Todos os Santos, até rios foram vitimas da sanha terrorista para opinião publica exigir a sua venda. Hoje a empresa é a 2ª maior petroleira do mundo e a 4ª empresa do planta no geral.
    Sim, sou CONTRA A DESTRUIÇÃO que o estadão, Veja e a Folha um dias chamara de “PRIVATARIAS”, nunca entendi muito bem essa posição da nossa imprensa! Más tudo bem.
    O amigo sabe no íntimo que, se o governo ainda fosse dos tucanos, estariamos a viver as mesmas crises e as mesmas quebradeiras, a prova disso é a Europa, onde países que rezam na cartilha do neolibralismos estão a enfrentar crises vioentas, Grécia, Portugal, Espanha, Finlândia e agora Itália, todos neoliberias, e não me venha dizer que gastam mais que recebe, todos os países ocidentais gastam e muito, muito além do que poderiam, brasil por exemplo, tinha uma divida interna de 68% ou seja U$442,0bi para um PIB de U$650,0bi e hoje devemos U$968,0bi. (R$1.37 tri. de Reais) o que representa apenas 44% de todo o PIB, que hoje é de U$2,20tri de dolares.
    E ainda contamos com U$700,0bi em dinehiro, entre reservas e faturas em aberto, a receber de países como EUA e varios outros da Europa.
    .
    Divida Externa, o montante existente desde a era dos militares, divida nascida em 1968 até 2002 foi totalmente quitada, hoje Brasil só tem papéis a vencer, e maioria vencem em 2020, seu valor não chega a U$300,0Bi, como havia dito, Brasil tem U$700,0bi para saldá-las. diferente de outro anos.
    Informações que não são verdadeira, amigo, por força do trabalho eu tenho acesso a todas as midias impressas do nosso Brasil, e, jornais dos EUAA e Europa, aprendi idiomas só leituras daqueles jornais. Se há mentiras nas informações, então, devemos essas mentiras a nossa imprens(jornais e revistas), pois, esses dados foram notícias em todos os impresssos nesses ultimos anos.
    PSDB achou que bastava o plano Real para realizar um bom governo, implantou o Real e esqueceu de governar, deu muita atenção a cartilha do neoliberalismo, e seu governo foi aquele desatre que todos conhecem, não adianta tapar o sol com chapa de vidro.
    Como disse A Folha de São Paulo, em Janeiro2011, a crise é mais violenta em países com economias neoliberais, os países progressistas sairam incolume da crise, enquanto os neoliberais sofrem até hoje.

    Uma pena que só 10% das notícias impresas vão para o site oficial dos jornais, uma pena, devia arquivar 100% do que é publicado em jornais e revistas.

  201. Corinthians

    -

    11/07/2011 às 17:18

    Ailton,
    Claro que vivemos em países diferentes. Minha percepção é que você vive no Brasil registrado em cartório pelo Lulla.
    Já comprovei aqui com dados que, por exemplo, o emprego que você credita à gestão de Lulla não tem nenhuma relação com este – até pela impossibilidade das datas.
    Desculpe se não respondi, não é de meu feitio deixar de responder perguntas como a privatização ou dados que comprovem que a violência na Bahia é menor do que São Paulo.
    Com certeza aplaudiria – aliás meu desejo seria ver alguém competente o suficiente, como demonstrado pelo PSDB – para enfrentar as crises, que por sorte não ocorreram no governo de Lulla.
    Voto nos tucanos por que tenho consicência e dados que comprovam – o padrão de vida mudou por causa das políticas implementadas pelo governo de FHC (iniciou-se no governo de Itamar).
    Quanto à dívida externa e FMI, mais uma demonstração clara de que você está optando pelo proselitismo ao invés de dados concretos, poderia aqui discorrer muito sobre a situação monetária, inflação, situação externa e medidas tomadas pelo governo FHC. Mas sinceramente acho que não vai adiantar…
    Adianta eu falar sobre o refinanciamento dos estados e municípios que estavam quebrados ? Adianta eu falar que FHC resolveu regularizar diversas dívidas que não eram pagas, como o SFH, o SUNAMAM, a Rede Ferroviária Nacional, entre outros, que eram dívidas da união mas não eram contabilizados como tal ? Adianta eu falar do PROEF e do saneamento realizado por FHC aos bancos, principalmente na Caixa e no BB ? E que os mecanismos para o pagamento da dívida foram implementados por FHC (como o superávit primário) ?
    Adianta eu falar que o governo pediu emprestado ao mercado financeiro um total de US$ 12,4 bilhões, um valor bem próximo aos US$ 15,5 bilhões pagos ao FMI – ou seja, o governo juntou o valor dos empréstimos com a parcela da dívida programada para o ano seguinte (que seria paga de qualquer forma) e criou o factóide da quitação do FMI e que na prática o governo trocou uma dívida com juros de 4% ao ano por outra com juros entre 8% e 12,75% só para fazer propaganda ? Adianta eu falar que a dívida pública hoje é o triplo da dívida mais alta registrada em todo o governo FHC ?

    Só para constar, mais uma vez foi colocada uma informação que não é verdadeira. Para iniciar, não existe algo como reservas negativas, até por não fazer sentido. As reservas em 2002 giravam perto de 35 bilhões.
    Aliás quem você acha que indicou Henrique Meirelles para o Lulla ?

  202. Ailton

    -

    11/07/2011 às 13:36

    Tão, ou mais grave que ser semianalfabeto, é ser incompetente.
    O semianalfabeto tenta de todas as formas acertar e as vezes acerta, como foi caso do Lula, já o incompetente, ele não tem capacidade nem para errar, quanto mais acertar.

  203. Kenjiro Nagasawa

    -

    11/07/2011 às 10:48

    Não havia lido o post à época em foi escrito. Porém, faço coro com você, Ricardo: não me orgulho de ter um presidente que dá péssimo exemplo aos jovens, passando uma imagem de que não se precisa estudar.
    Seu texto é irretocável. Se alguém não o entendeu, precisa estudar.

  204. Ailton

    -

    11/07/2011 às 9:59

    Corinthians você não me respondeu!
    Você aplaudiria o Serra e o PSDB com tanto fervor com faz agora, se hoje (2011), vivessemos as mesmas crises em que viviamos 1995 a 2002?
    Caso seu padrão de vida fosse iguel aquele da decada de noventa, voce teria coragem de votar nos tucanos?
    Pois é, eu não.
    Se Lula fosse um desastre eu o baniria e mandaria para conchichina ou mais rápido possivel, queria vê-lo o longe do Brasil.

  205. Ailton

    -

    11/07/2011 às 9:33

    Corinthians você diz:

    “Hoje com as reservas do BC, que foram aumentando gradativamente ano a ano”
    Amigo Corinthians você gosta de se iludir? Ou, Não estamos a falar do mesmo Brasil, Você diz que as reservas se aumentaram gradativamente ano a ano? Meu caro caro, o governo do PSDB passou o Brasil ao Lula com zero de reserva e uma divida de U$170bi com o FMI, a situação brasileiroa era tão desesperadora que esfacelaram todo o patrimonio para saldar contas mais corriqueiras do Brasil.
    Brasil estava igual a um desempregado qualquer, que sai a vender alguns móveis da casa para pagar conta de água e luz. Assim fez o PSDB, saiu a vender tudo para pagar contas.
    Pesquise o que eram as reservas até 2005, elas simplesmente não existiam, eram negativas e para agravar a situação as exportações não chegavam a U$8,0bi anuis, e importações andavam na casa dos U$35bi.
    Hoje as importações andam na casa dos U$90bi em contra partida, as exportações estão na casa dos U$160bi anuais.

    Meu amigo a ultima vez que o Brasil viu uma reserva cambial foi em 1971, em 1972 país mergulhou na crise do petroleo.
    De lá pra cá, a situação só agravou, crises economicas aniquilaram o crescimento do país por 30 anos.
    Brasil só começa a crescer em 2004 e desmboca nessa grande sucesso economico que estamos a testemunhar.

  206. Etevaldo

    -

    10/07/2011 às 22:50

    JA FOI PROVADO ESTUDADO OU ANALFABETO NÃO TEM DIFERÉNCIA, TODO POLÍTICO SÃO PROGAMADO PRA ROBA

  207. PAULO CEZAR

    -

    09/07/2011 às 20:36

    O QUE NÃO DESCE NA SUA GARGANTA É UM SAPO BARBUDO.
    O FATO NÃO TER ESCOLARIDADE, NÃO O DIMINUI EM NADA.ELE É FORMADO NA ESCOLA DA VIDA, TEM SENSIBILIDADE E TIRAMOS UMA ARGENTINA DA MISÉRIA(40 MILHÕES) E FOI O MELHOR GOVERNO DA HISTÓRIA.

    Se você leu o post, não entendeu. Foquei o MAU EXEMPLO do seu idolo. Se não entendeu, não há mais o que dizer. E, de fato, o sapo barbudo não desce de jeito nenhum em minha garganta, mas não há nada a ver com seu grau de instrução — e sim porque me considero uma pessoa de bem e não tolero mensalões, dólares na cueca, alianças espúrias, “extirpar” partidos políticos adversários, pedir desculpas ao país para algo que depois classificou de “farsa”, assumir programas alheios e atrair o mérito apenas para si — e por aí vai.

  208. Corinthians

    -

    09/07/2011 às 19:16

    Ailton,
    Discordo de tudo o que você disse.
    Só o fato de falar que a hiperinflação durou até 2002 mostra sua cegueira pelo petismo.
    Todas as ações que você cita como saneadoras da economia foram implementadas no governo FHC, e que foram mantidas pelo governo Lulla.
    A conta é simples – com o dólar barato, os produtos importados ficam mais baratos – e portanto a inflação é parcialmente controlada.
    Infelizmente Lulla enfiou o pé na jaca em seu último ano degoverno e gastou muito (e muito com propaganda, PAC que ainda está no papel, etc.) e agora a inflação está oficialmente fora de controle. A inflação é considerada fora de controle quando está fora do teto da meta estabelecida pelo BC. Aliás a independência do BC, composição de reserva, regime de metas de inflação, foram todos implementados no governo de FHC.
    Hoje com as reservas do BC, que foram aumentando gradativamente ano a ano é o que impede o Brasil de sofre com crises externas – se bem que não houve nenhuma desde 2001 que fosse focada em países em desenvolvimento.
    A locomotiva dos Brics é a China, também basta ver o volume de investimentos e o crescimento médio dos últimos anos.
    E a preocupação do FMI com o Brasil é justamente isso – inflação fora de controle, dólar barato e temos a desindustrialização da economia – basta verificar o quanto os produtores de sapatos, roupas, entre outros, sofrem. É só ver o volume das importações do país. E nosso forte de exportação são commodities, que estão em alta… assim que baixarem, a coisa vai ficar ainda mais complicada.
    Sabe por que Portugal, Espanha e Grécia estão em apuros ? Por que gastaram mais do que podiam – tipo o que Lulla fez no último ano. Sabe quais foram os primeiros sintomas do problema nos países ? Inflação.
    Não é questão de opinião, mas de fato.

  209. Ailton

    -

    09/07/2011 às 14:27

    Timão: voce Diz: “o dólar desvalorizado é a única coisa que está segurando uma inflação ainda maior no Brasil hoje”…
    Eu discordo! No passado a mega desvalorização da moeda nacional foi uma das razãoes da hiperinflação, as conseguentes valorizações do dolar diante do Cruzeiro(todos eles), Cruzado e o Real(no fim do mandato do PSDB) foi a principal razão da hiperinflação, que surgiu no governo militar de 1972 e perdurou até o governo do PSDB em 2002, bastava o dolar subir para todos os preços subirem nos mercados.
    Hoje o dolar pode cair e moeda nacional se super valorizar que inflação se manterá em uma taxa civilizada, uma taxa aceitável, pois Brasil de hoje conta com uma gigantesca reserva cambial, e somado a isso, ainda temos muito dinheiro a receber de faturas das exportações, hoje Brasil pode contar com U$ 700bi entre reservas e faturas em aberto, ou seja, os U$335Bi das reservas e mais U$370bi. que tem a receber de paises como EUA e de outros(se não derem calote), esse dinheiro soma a uma grande produção e um gigante mercado interno aniquila qualquer tentava de uma volta inflacionária, todos esses fatores aniquilam a inflação.

    Além de tudo Corinthians, a valorização de moedas é um fenomeo mundial, todos os países de capitais abertos estão a passar por esse fenomeno. Brasil é o quinto maior desvalorizador do dolar, a frente vem a Austrália, que desvalorizou a moeda americana em 78% de Janeiro a Junho2011 nós só desvalorizamos em 29% nesse período.

  210. Ailton

    -

    09/07/2011 às 13:51

    No meu comentário:Ailton-09/07/2011 às 13:19

    peço entender: Portugal, Espanha, Grécia e Finlândia.

  211. Ailton

    -

    09/07/2011 às 13:30

    Eu Debito, credito uma boa parcela das crises dos ultimos cinco anos do governo do PSDB a esse Sr. George Sòros.
    Com Lula ele foi convidade a sair do país em 2003, só voltou em 2007, depois atendeu a ajuste de conduta, depois que aprendeu a ler na cartilha das boas normas e regras que as bolsas de valoes impõe a investidores, hoje Sòros é um investidor como qualquer outro, abandonou a especulação para investir nas bolsas mundiais e na Brasileira. Não cria mais aqueles “esquemas” para quebrar economias morinbundas só para lucrar bilhões como estava acostumado em epocas anteriores.

  212. Ailton

    -

    09/07/2011 às 13:19

    Corinthians,
    A preocupação do FMI com crescimento do Brasil. Disse a Sr.ª Lagarde, que isso poderia atirar o Brasil em uma crise economica, o que é um absurdo, esse comentário não foi dito por MIRIAN LEITÃO e sim pela nova pesidenta do orgão , A ADVOGADA Chistine Lagarde, ela como advogada deve ser uma fera, uma ótima profissional, más em assuntos de economia deve ser um desastre, logo vai pedir um habéas corpus para fuga de capitais, caso esses capitais venham a ser preso outra vez.
    FMI só quer salvar a Europa nesse momento, o que não é uma novidade, como eu disse metaforicamente antes, a Europa hoje é um prato de mingau quente, que começa a esfriar pelas bordas, e essas bordas são: Portugal, Europa, Grécia e Finlândia, a crise ruma para o centro desse “prato”.
    Crise européia se dá com a migração dos investidores e seus capitais rumo as economias crescentes, economias que apresentam maior, segurança, maior lucratividade nesse momento e melhor opção para eles são os BRICS, com o Brasil de “locomotiva”.
    Como dinheiro não nasce em qualquer canto, ele precisa sair de um lugar para outro, e nesse momento e está a sair da Europa rumo aos BRICS, em especial Brasil.
    Diferente dos anos anteriores em que vinha aqui umn tal de George Sòros, investia U$10 bi e em menos de 24hs ele resgatava o seu investimento e levava U$12bi. o que agravava ainda mais a a crise. Sòros por de vir, más vai ter que investir em capitais de indústrias e guardadr as regras de mercados de capitais, atender os prazos do investimento e se empresa que investiu quebrar o problema seria dele e da bolsa e não do governo como era na decada de noventa.
    Usei o George Sòros por ser o mais famoso especulador, quebreou nada menos que 18 paises no mundo todo, façanha de 1975 a 2002.
    .
    Eu disse que Lula ‘ABRIU” estaleiros, Corinthians, Abrir ou reabrir dá no mesmo, por tanto ABRIR como REABRIR não são sinônimos de CRIAR, construir Montar ou fazer.
    Quem abre alguma coisa, apenas moveu as portas que impedia a passagem, abriu para que volte a entrar em atividade para algo que estava fechado, bloqueado.
    Concorda?

    (Peço corrigir uma palavra no texto abaixo, Eu escrevi “veses” por “vezes”.)

    Um abração

  213. Corinthians

    -

    08/07/2011 às 19:47

    Razumikhin – 08/07/2011 às 16:36
    Po, Curíntia não…

  214. Razumikhin

    -

    08/07/2011 às 16:36

    Não resta dúvida que para um eleitor do Lula foi aquele semi-analfabeto que abriu os portos brasileiros às nações amigas. O quatro dedos criou a Petrobrás e a legislação trabalhista, com o fundo de garantia etc. Foi o chefe do mensalão quem descobriu o Brasil e, douto, quem criou a nova gramática portuguesa. Ele estabilizou o real e ganhou a guerrilha do Araguaia. Aliás, para um cego eleitor do Lula, foi o apedeuta que inventou a penicilina, o Curíntia e a cachaça!

  215. Corinthians

    -

    08/07/2011 às 15:01

    José Geraldo Coelho – 08/07/2011 às 2:02
    Eu já acho um problema ser analfabeto, ou semi-analfabeto. Como bem colocado pelo Setti, oportunidades não faltaram. Além de que nenhuma empresa contrata um gerente ou diretor que não tenha diploma.

  216. José Geraldo Coelho

    -

    08/07/2011 às 2:02

    O problema não é ser analfabeto. O problema é fazer apologia ao analfabetismo.

    Pois é esta exatamente a tese central de meu comentário, que você pegou bem, caro José Geraldo.
    Abração

  217. Corinthians

    -

    07/07/2011 às 22:19

    Ailton – 07/07/2011 às 18:43
    Bom, para começar não achei no link disposto o comentário de Miriam Leitão sobre o FMI.
    Mas normalmente eu discordo das análises desta jornalista, se ela disse um despaupério destes seria mais uma análise que eu discordaria.
    Agora quanto ao resto, não tenho como discutir.
    Você coloca que viu anúncios, fez um curso e em dois meses, antes de terminar o curso, já estava contratado, e conforme comentário anterior, isso em 2003. Também coloca que os estaleiros são da iniciativa privada, mas antes disse que foi aberto pelo Lula. Ele inaugurou (não pode ser, já existia) ? E eu fico aqui me perguntando que isso deve ter ocorrido em uma vez só, numa celeridade incrível desde que Lula assumiu, que também foi em 2003. Deve ter sido tudo através de MPs, não é mesmo ?
    Fiz algumas buscas e encontrei um texto interessante neste site especializado:
    http://www.technonews.com.br/2011/newnaval.php?corpo=conteudonaval.php&tabela=tabram05&pg=1&cod=1
    O interessante é que ele nota que “A abertura do mercado brasileiro de exploração e refino do petróleo a novos operadores além da Petrobras instituída por meio da Lei do Petróleo (Lei 9.478) de 1997, acelerou a expansão da exploração offshore no país. Esta abertura somada a duas outras medidas ligadas ao setor naval constituiu elementos propulsores da recuperação da indústria naval no Brasil. Um destes, a promulgação da Lei 9.432 em 1997, que além de regulamentar o transporte aquaviário, garantiu às empresas de bandeira brasileira a preferência nas contratações de fretes e serviços de apoio em operações marítimas e o outro, em 1999, com a implementação do primeiro Plano de Renovação da Frota de Embarcações de Apoio Marítimo (Prorefam) da Petrobras que favoreceu o aumento da participação de embarcações de bandeira nacional nas atividades offshore.” e que “Em novembro de 2000, o programa Navega Brasil lançado pelo Governo Federal, introduziu modificações no acesso a linhas de crédito para armadores e estaleiros entre estas, o aumento da participação do Fundo de Marinha Mercante (FMM) de 85% para 90% nas operações da indústria naval e o prazo máximo do empréstimo de 15 para 20 anos.”
    E também que “No final de 2003, a criação do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), coordenado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e com a participação de diversos segmentos produtivos do país, reforçou o movimento em prol da cadeia produtiva nacional, especialmente para a área de petróleo e gás natural, ao estabelecer como objetivo principal do programa o fortalecimento desta indústria para torná-la competitiva e sustentável no mercado interno e externo.”
    Como você entrou neste mercado em 2003 após um curso de dois meses, só pode ter sido devido às iniciativas geradas anteriormente. Como o governo Lula só tomou outras iniciativas no final de 2003 (para ser mais exato, o Prominp citado é do dia 19 de dezembro de 2003) não tem como ele ser o responsável, concorda ?
    Outra coisa que você coloca é que “o que eu sempre comento é o fato, que depois de ter implantado um excelente plano o governo do PSDB baixou a guarda deu mais importancia a cartilha neoliberal, achou que a implantação desses plano já seria suficiente para terminar o governo e por esse descuido o Brasil quebrou, quebrou doze veses.”
    Doze vezes ? E isso depois de ter implementado o excelente plano ? É impossível responder, até por que acho que nem os mais fanáticos petistas dizem isso.
    Continuo dizendo que você não consegue dizer as medidas que Lulla tomou para “mudar” assim o país, por que simplesmente elas não existem. Cartilha neoliberal ? Um dos erros de FHC – no caso do banco Central – foi a tardia retirada da indexação do real. O que de liberal não tem nada. Mas fico também no aguardo de quais medidas neoliberais causaram os problemas reportados.
    Ah, outra coisa – o dólar desvalorizado é a única coisa que está segurando uma inflação ainda maior no Brasil hoje, já que barateia e muito produtos importados, principalmente da China – enquanto claro a indústria brasileira sofre para exportar.
    Por fim, sim, eu apoiaria um governo do PSDB por que sei que ao invés de propaganda e falácia, existem números. Sei que a situação hoje é por causa da política econômica implementada por Itamar/FHC que teve que ser seguida por Lulla. Sei que graças à abertura de mercado e as privatizações é possível eu ter bens de consumo que não poderia ter antes – telefone é um exemplo, tão absurda era a espera e os preços que precisava ser declarado no Imposto de Renda. Sei que a situação está pior justamente por que Lulla para eleger Dillma gastou muito irresponsavelmente. Sei que as indústrias não sairam “à rodo”, e sim que o Plano Real é o que criou a estabilidade necessária para que estas se estabelecessem e gerassem empregos, e que isso não se faz do dia para a noite. Sei que as metas de inflação e a independência do BC foi implementada pelo FHC, que a partir de então começou a criar os fundos de reserva para combater as crises. Sei que o governo Lula pegou um céu de brigadeiro na economia internacional, e que a única crise vivida foi de liquidez nos países desenvolvidos. Sei que o Bolsa Família não foi criado por Lulla, assim como o Luz para Todos. Sei que até hoje, no nono ano do governo petista, não entregaram nem 50% do famoso PAC (que aliás é um ajuntamento de projetos já existentes), e no meu ponto de vista eles chamam o povo de burro quando lançam o PAC2 sem terminar o primeiro. A mesma coisa para o Minha Casa Minha Vida, só que neste caso nem 20% foram entregues. Sei que não me consideraria da classe média ou então um “não-miserável” por que alguém deu uma canetada e resolveu que miserável não é quem ganha menos de 164 R$ por mês, mas sim menos de R$ 70. Sei que quando encontrado em casos de corrupção, o PT e principalmente Lulla atuou de forma a afagar os contraventores. Sei que Lulla foi contra o Brasil ao apoiar regimes ditatoriais só para fazer birra aos EUA.
    Basicamente quando o PT imitou o PSDB, deu certo, já quando quis fazer coisas por conta própria, deu errado ou ainda está saindo do papel…
    Já me arrependo de ter votado uma vez no PT – Marta para a prefietura de São Paulo.
    Não voto no PT nunca mais.

  218. Tigor

    -

    07/07/2011 às 19:48

    Quanta asneira meu Deus!! Quanto pseudo-intelectual, começando pelo Setti, querendo “ensinar a verdade”. A verdade é a que está aí: Brasil hoje, um País em que o mundo acredita, uma das maiores e mais promissoras economias do planeta, menos para uma minoria irracional e iconformada com o sucesso do “semi-analfabeto”. Eu me orgulho de ter votado no Lula!!

  219. Té Carvalho

    -

    07/07/2011 às 18:50

    Assino em baixo de suas palavras e reflexões. Parabéns!
    O estudo ventila e traz a luz do sol à vida de quem o pratica e se atualiza sempre. Li certa vez uma frase muito sábia em um marcador de livros da “Livraria Siciliano” que dizia: “Ler ou não Ser”, e já abusando de Shakespeare “Eis a questão”. Colei-a, então, em um armário à frente da mesa de estudo dos meus filhos – hoje, muito bem formados e colocados. Tenho muito orgulho de, em 2004, ter-me formado no Curso de Letras. Formei-me no mesmo ano em que se formou meu filho caçula esfusiante de satisfação de ter cumprido esta meta importante etapa em minha vida. Não há desculpas para a falta do exercício do saber formal – sozinho ou oficialmente. Assim, creio que os deboches de Lulla nesse sentido, ao desmerecer quem estudou, faz emergir em si a figura de uma criatura que vive a se desculpar por não tê-la cumprido também.Teve muito tempo pata TaL. Elle vai estacionar daqui mais algum tempo em algum lugar deserto de conhecimento, pois quem se esforçou para se fazer melhor e mais arejado com elle não estará. É esperar para ver!Pobre, Lulla,sujeito cuja alma é muito pequena.

  220. Ailton

    -

    07/07/2011 às 18:43

    Estaleiros já era do conhecimento de todos, até Lula em discurso dizia que ia REABRIR e não que ia CRIAR parque naval.
    Ainda em discurso nos comicios para eleições de 2002, Lula dizia.
    Discurso proferido para metalúrgicos navais no Rio de Janeiro, Semanas depois em Salvador e Recife (Os três polos navais do Brasil)

    Dizia:
    “-Se nos vencermos essas eleições, nos vamos REABRIR todos os estaleiros navais do Brasil,(sabe?) não é possivel o Brasil ter uma estrutura, (sabe?) uma estrutura naval que é a quarta do mundo(sabe?) e não possa fabricar o que a petrobras precisa (sabe!), só por uma questão de cinquenta reais de diferença (sabe?) e por isso Brasil pagar ter que comprar um plataforma de um bilhão e meio de dolares, e oque é pior, dar emprego para 400 mil asiaticos(sabe?), se eu ganhar as eleiçõies, quem vai fazer essas plataformas e super petroleiros vai ser os 400 mil brasileios que vão trabalhar nos estaleiros brasileiros.”
    Corinthians, Percebe que o Lula, naquela epoca falava em reabrir e não em criar?
    Os cingapurenses vão ter que fazer tenis piratas para sobreviver

  221. Razumikhin

    -

    07/07/2011 às 17:49

    Lula é um péssimo exemplo.

  222. Ailton

    -

    07/07/2011 às 17:48

    Corinthian,

    Voce não me respondeu, você apoiaria com tanto afinco, da forma que faz agora, se governo hoje ainda fosse do PSDB, e seu padrão de vida dependesse de apenas R$70,00/mês e possibilidade de melhorias fossem dizimadas em sucessivas crises, falencias, saida de industrias aos rodos e com isso a gerar muito desemprego, FMI a cobrar o seu 170 bi de dolares, sem ter dinheiro para pagar?
    Seria simpático ao governo do tucano hoje, se nossa situação ainda fosse aquelas dos três ultimos anos do governo tucano? ou seja nenhuma possibilidade e com risco de ir para a miséria, perder tudo, perder emprego?
    Eu, se Lula tivesse feito o mesmo que o PSDB fez para aniqüilar o país, eu nunca votaria nele, eu o baniria, ainda no ano de 2006.
    Você apoiaria se governo de hoje fosse dos tucanos e quadro de agora ainda fosse aqueles de 1997 a 2002?

    Eu não. Não sou burro para perpetuar um incompetente no cargo de presidente, se caso o governo do LULA tivesse mantido os mesmos niveis de quebradeiras e falencia dos anos noventa. Eu o despacharia para conchichina.

  223. Ailton

    -

    07/07/2011 às 17:35

    Amigo Corinthians.
    O que eu sempre relato aqui, e em outros sites amigos, é justamente o fato do estado deplorável em que a economia se encontrava nos ultimos três anos da era PSDB.
    Nunca desacreditei, nunca desfiz ou diminui o trabalho que o Itamar e FHC tiveram para estabilizar a economia do país, só um idiota diria o contrário disso, o que eu sempre comento é o fato, que depois de ter implantado um excelente plano o governo do PSDB baixou a guarda deu mais importancia a cartilha neoliberal, achou que a implantação desses plano já seria suficiente para terminar o governo e por esse descuido o Brasil quebrou, quebrou doze veses.
    A dificuldade que país atravessou nos três ultimos anos do mandato do PSDB, só quem recebeu-a de frente sabe, amigo 40 milhões foram atirados na mais absoluta miséria em apénas três meses no anos de 1998.

    Ontem eu era um desesperado do governo do PSDB hoje sou um dos 105 milhões que estão na classe media por caudsa de um governo que se importa em gerar trabalho, um governo que não governou para elite e sim para todos.
    Ontem Brasil ia á Europa implorar dinheiro emprestado e se submetia a humilhações diversas por ele, hoje somos membro do G-8 e emprestamos dinheiro as nações amigas via FMI, essa é diferença.

  224. José Geraldo Coelho

    -

    07/07/2011 às 17:32

    A foto do Lula aí à direita é preciosa.
    Ele está parecendo o mentecapto do Forrest Gump, o contador de histórias, pensando.

  225. Ailton

    -

    07/07/2011 às 17:19

    Brasil crescer por causa do estaleiros? Só se eu fosse um louco para dar pixotada dessas.

    Nunca disse isso em momento algum, nunca atribui crescimento a esse fato por que não sou louco.
    Você sabe muito que a situação é muito mais complexa para eu dizer uma sandices dessas.
    “Estaleiro abertos em 24hs” Não!, quem conhece a estrutura industrial do Brasil, sabe que país possui o quarto maior parque naval do mundo, só estava fechado havia 15 anos, sempre comento que o Brasil já possuia a quarta maior estrutura naval do mundo, ela foi desativada por Collor, e mantida fechada pelo PSDB, eles preferiram comporar as plataformas e Superpetroleiros na Asia. Lula só reabriu, o amigo Ricardo É uma testemunha que EU sempre comento a existencia DESSA ESTRUTURA, ela existe desde a decada de oitenta, só foi fechada entre 91 e 94.
    Não amigão, não dei sorte, vi diversos anuncios em jornais não atendidos, tive curiosidade e fui fazer um curso para a area, procurei me especializar, fiz um curso que durou 18 meses, com apenas dois meses fui chamado e contratado, terminei o cusro já com emprego garantido, isso tambem foi comentado no POST que fala do “APAGÃO profissional no Brasil” DO amigo JORNALISTA RICARDO SETTI, conclui o curso com o emprego garantido.

    Quanto ao FMI, vá até o site da G1/bomdiabrasil e veja os comentários da jornalista MIRIAN LEITÃO. lá a jornalista fala da preocupação do FMI com o crescimento do Brasil, dizia a jornalista que FMI tem medo do CRESCIMENTO DO PAIS EO AUMENTO DA ENTRADA DE CAPITAIS e isso faria o dolar cair ainda mais a ponto de gerar inflação, JORNALISTE só REPETIU O QUE DISSE O fmi
    site: do Bom dia Brasil que fala do FMI:

    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/

  226. Aldo Matias Pereira

    -

    07/07/2011 às 14:43

    Ricardo,
    Acho que o fato de lulla ser semianalfabeto é o menor dos males. Muito pior, mil vezes pior é ser desonesto intelectual (a outra desonestidade, mais comum e que grassa por aí, não posso afirmar, mas…), aético e mentiroso contumaz, para satisfazer seu ego do tamanho da Via Láctea. É inegável o que conseguiu fazer na Presidencia mas, isso não lhe conferiu alforria para tratar a verdade da forma como faz!!!

  227. Corinthians

    -

    07/07/2011 às 14:41

    Ailton – 07/07/2011 às 10:59
    Claro Ailton. Continue dizendo isso para si mesmo com bastante força, talvez vire verdade.
    Quer dizer então que o Brasil cresceu por causa dos estaleiros que Lulla abriu ? E que você já conseguiu um emprego em 2003, logo que Lulla entrou já ficaramprntos diversos estaleiros assim de bate-pronto ? E eu sou o piadista ?
    Aliás se você foi contratado você deu sorte – sabe que o normal dos estaleiros é, como não há mão de obra com conhecimento no Brasil, eles estão importando trabalhadores.
    O FMI está preocupado que o Brasil cresce fora do normal e o dólar está desvalorizando ? Estranho, eu ouvi que a preocupação é a situação fiscal deixada por Lulla e que fez o governo perder o controle da inflação.
    A diferença é que, enquanto FHC deixou um legado de reforço das instituições, reformas, leis e melhorias, o Lulla não.
    Enquanto as pessoas que verificam os números e os analisam sabem o que realmente aconeceu, Lulla precisa mentir para ter reconhecimento – mente quando fala do Bolsa Família, mente quando fala do Luz para Todos, mente quando fala do PAC, mente quando fala do Minha Casa Minha Vida, enfim…
    Basta verificar o quanto alterou nosso comércio as inúmeras viagens do Lulla. Nada. Na verdade piorou, por que ele conseguiu a façanha de reconhecer a China como economia de mercado, coisa que nenhum outro país do mundo fez. Na verdade piorou, por que além da vergonha que passamos várias vezes na ONU, já que apoiar regimes ditatoriais é a praxe do PT, além de agora termos um terrorista solto no Brasil e a Italia boicotando nossos produtos. Veja os números – os EUA e a China ainda são os principais importadores de nossos produtos.
    Mas para os países companheiros nós aceitamos pagar o triplo para a energia elétrica, apesar do contrato, aceitamos “doar” uma refinaria da petrobrás, usamos a embaixada em Honduras para abrigar um golpista…
    O país não estava uma maravilha quando FHC entregou. Não está uma maravilha agora. Falta muito pra fazer – e não é contruir estaleiros ou fazer uma estrada entre duas cidades – é seguir com as reformas – trabalhista, previdenciária, fiscal, educacional – e reforçar as instituições e também a economia (agora ainda mais depois do PT).
    O Lulla não fez nada disso. Aliás o único legado que presta do Lulla foi o ProUni – o resto, quando copiado/empacotado funciona, quando ele tentou inventar, faliu.

  228. Ailton

    -

    07/07/2011 às 11:04

    Corinthians
    Fé teve o povo que um dia aqueles tormento, aquelas torturas acabariam.
    e acabou havia nove anos

  229. Ailton

    -

    07/07/2011 às 10:59

    Corinthians;

    Meu amigo, na decada de noventa a economia estava tão destruida, tão combalida, que o povo queria se ver livre do PSDB o mais rápido possível, Lula não venceu porque país estava uma maravilha, porque tudo foi acertado, PSDB não preparou tudo só para ele receber um país concertado como voce fala. Lula venceu justamente porque tudo ia de mal a pior, a situação era tão desesperadora que se o Enéas fosse o candidato naquele 2002 teria sido eleito com uma AMPLA MARGEM, só para retirar o PSDB do poder.
    Essas explendorosos resultados é a soma das viagens que Lula fez ao exterior para abrir o nosso comércio as outra nações e não ficar só com os Estados Unidos, como era de costume.
    Tem muita diferenca entre o que foi entregue ao Lula e o que o Lula entregou a Dilma, ano luz de distancia entre as duas administrações.

    Não queira se iludir. Eu só queria ver se Serra saisse vencedo em 2002 e a trágica administração persistisse até os dias de hoje se você ia ovacioná-los assim como os prestigia hoje., queria ver voce desempregado, ou a receber aqueles R$70,00 se teria essa mesma posição que tem hoje em relação ao PSDB de 96 a 2002.
    Eu ia lamentar muito, é que em 2002 recebia R$70,00 como vendedor de sapataria, hoje sou técnico naval e recebo R$5,70mil/mês nos estaleiros navais abertos por Lula, fui admitido em 2003 e lá estouy até hoje.

    OBS: estaleiros são da iniciative privada, não são ESTATAIS, para depois não gerar factóides a meu respeito.

    Hoje em nota o FMI disse que está muito preoculpado com o Brasil, país está a crescer fora do normal, e que todos os investimentos estão a se dirigir poara cá, que assim dolar vai se desvalorizar. Uma piada! Eles sabem muito bem que a Europa hoje écomo um prato de mingeu quente, que começa a esfriar pelas bordas, e as bordas dela são Portugal, Espanha, Grécia e Finlãndia, ao querer desviar a atenção para o nosso crescimento a diretora desse orgão estaria a tentar salvar o continente.

  230. Corinthians

    -

    06/07/2011 às 18:48

    Ailton – 05/07/2011 às 20:11
    Não é questão de acreditar ou não. Economia não é ato de fé.
    Isso é tao fato que Lulla, para ganhar as eleições, precisou junto com o PT fazer uma “Carta aos Brasileiros” onde se responsabilizava por manter a política econômica de FHC, bem como o Plano Real, e respeitar os contratos – ou seja, teve que desmentir tudo que o PT dizia até então (lembrando que o PT e Lulla foram contra o Plano Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal, as privatizações, etc. etc. etc.).
    Qual sua opinião sobre privatizações ?

  231. Sérgio Vilas Bôas

    -

    05/07/2011 às 20:58

    Certamente que eu não me orgulho. E muito pior, é o exemplo que ele está dando para nossos jovens.

  232. Ailton

    -

    05/07/2011 às 20:11

    Corinthians, país estável? Você realmente acredita nisso amigão? o país andava para a estabilidade economica sim, até o primeiro ano do PSDB tudo ia bem, porém, com o passar dos três ultimos anos da decada de noventa, a politica neo liberal quase destruiu tudo que o Itamar e o proprio FHC haviam feito.
    A realidade que eu via naquela época, meu caro corinthians, era totalmente outra do que os amigos do governo do PSDB costumam pregar.
    A realidade era, que se Lula demora mais seis meses para receber a faixa presidencial, só ia receber mesmo a faixa.
    Tudo já estava por um fio, estava a se desmoronar.
    A economia brasileira estava igual a sorrisal, até com água se dissolvia, frenéticamente.
    A Começar pelo próprio dollar,que na época já estava em U$4,79 havia chegado a R$5,12 más retornou para casa dos R$ 4,79.

  233. Corinthians

    -

    05/07/2011 às 17:28

    É, não tem como se orgulhar.
    Ainda que não tivesse tido oportunidade, ou dinheiro, ou exemplo, entederíamos.
    Ainda que não fizesse apologia, acho que com um grande esforço, entenderia.
    Ainda bem que ele pegou um país estável já preparado para o crescimento, que está conseguindo aguentar o petismo no poder até o momento. Imagina como seria se tivesse ele sido presidente antes…

  234. P.Fuentes

    -

    05/07/2011 às 16:39

    Ricardo,
    eu também não tenho orgulho
    Mas parodiando Groucho.
    O lula se porta como semi-analfabeto, escreve como semi-analfabeto, fala como semi-analfabeto, mas você não se engane, ele é realmente um semi-analfabeto.

  235. Ailton

    -

    05/07/2011 às 16:38

    ygor valeriano cardoso-05/07/2011 às 11:13

    Saia um pouco do seu suntuoso apartamento de luxo, venha para a realidade.
    O que você diz só seria uma realidade se fosse na Suiça.
    Muitos já pasaram fome nesse país, 40 milhões de brasileiros já estiveram na mais absoluta miséria havia oito anos que tudo começou a mudar, não é porque padrão de vida do brasileiro melhorou, que a miséria éra uma ficção de romancistas.
    Ygor, acredite, a fome, o desespero, a miséria, a exclusão foram companheiras fiéis de muitos brasileiros e Lula estava bem no meio desse contingente, ele sobreviveu e essa paisagem nefasta imposta pelas elites gananciosas.
    Tudo começou a mudar quando ele assume a presidencia.
    Feliz é quem mora nas coberturas suntuosas da Viera Souto ou nos casrões dos jardins, assim como você.

  236. SANTANA

    -

    05/07/2011 às 13:34

    Impedido de lhe atribuir adequadamente sua desqualificação, há de se assinalar, como efeito comparativo, a maior burrice dos inteligentes Fernandinho Beira-Mar e Marcola, qual seja, a de não terem entrado para o PT, disseminador e cooptador dos amorais.
    Vade retro, ……. !

  237. ygor valeriano cardoso

    -

    05/07/2011 às 11:13

    O ex: Presidente Luis Inácio Lula da Silva não estudou entre outros motivos por estratégia digamos até eleitoral, quis passar a sociedade brasileira claro devidamente orientado pelos seus asseclas de que passar uma imagem de falta de oportunidadade para estudar foi por motivo de que era arrimo de família, e não teve tempo de se ilustrar, o que é puro demagogia, pois foi uma estragégia que funcionou visando alcançar a Presidencia da República.

  238. Reidson

    -

    05/07/2011 às 9:31

    Esse “mimimi” tucano é uma piada!

    Chora tucanada!!!

  239. Corinthians

    -

    04/07/2011 às 20:03

    Setti,
    O post diz tudo. Não há o que acrscentar – não estoudou por que não quis, por que acha-se acima disso.
    Quem sabe se a história fosse outra, com um curso de administração por exemplo, teria ele sido um bom presidente ? Acredito que sim.
    Agora é ver o que realmente significa “herança maldita”… só que na prática…

  240. reginaldo

    -

    04/07/2011 às 18:08

    Avanços na Educação?
    Eu não me orgulho, mas me envergonho de ter tido um presidente semianalfabeto.

  241. Ailton

    -

    04/07/2011 às 14:34

    O que é ser insolente?
    R: Segundo o dicionário! Ser insolente é:

    -Que trata as pessoas com superioridade e arrogância:
    -Aquele que Provoca, desobedece ordens ou desafia a autoridade;
    Bom! Talvez Lula seja insolente mesmo, pois chegou no meio das feras do G-7 de cabeça erguida, entrou a pisar firme, a fazer os pisos daquele clube vibrarem com a suas passadas, falou grosso com todos os países ‘gigantes” e não só com o combalido Equador, como era de costume, falar grosso com Equador e fino com os grandes da Europa mais EUA.
    Aquela figura do patético Jaca Tatú(M.Lobato), com um chapeuzinho de palha na mão, tremúlo, que ao falar com o mundo, pedia licença, chamava os paises de NHÔ, de patrãozinho. Aquilo ficou pra tras.
    Vivemos uma nova era, a era dos competentes por usar da inslência.

  242. Ailton

    -

    04/07/2011 às 12:59

    Ahh!Quão bom seria, se todos os homens cultos que comandaram o Brasil fizem aos menos 10% do que o Lula fez por esse país! Mais cedo seriamos uma grande nação e não só agora!

  243. FREITAS

    -

    03/07/2011 às 21:19

    RICARDO SETTI,QUE EU SAIBA O CAMPEAO DE COMENTARIOS AQUI DO SEU BLOG,FOI A MATERIA FEITA SOBRE A PEC 300,COM MAIS DE 1700 COMENTARIOS.

    Caro Freitas, como eu mencionei no post, não se trata do campeão de COMENTÁRIOS, mas de ACESSOS, ou seja, de pessoas que acessaram o post e, possivelmente, leram.
    O campeão de comentários é mesmo o da PEC 300.
    Mais pra frente vamos reprisar os campeões de comentários.
    Abração

  244. Gilberto Campos

    -

    03/07/2011 às 13:41

    Setti, Já que vc voltou a este tema…
    Não é fato que o ex presidente Lula seja semi analfabeto, que faça apologia da ignorância e que não seja exemplo para quem quer estudar. Basta ver os formidáveis avanços conquistados na educação na sua gestão. Principalmente se comparados com outras administrações. Com exceção de alguns jornalistas e articulistas, a maioria da população brasileira não acha que o ex presidente não dá exemplos de valorização da educação. Pelo contrário, acha que investir nas pessoas, nas universidades, no ensino de qualidade, na universalização do ensino, na construção de campis e escolas técnicas, no reconhecimento dos professores como agentes da transformação educacional(realizações concretas da gestão Lula) é sim, exemplo e sinal de valorização do estudo.Onde vcs enxergam desprezo pela educação formal, nós vemos um homem simples, mas empenhado em proporcionar todas as oportunidades educacionais possíveis a todos os brasileiros.
    E me desculpe Setti, mas é agressivo e preconceituoso sim, quando, baseado APENAS em impressões e aparências, vc chama Lula de semi-analfabeto, diz que ele faz apologia da ignorância e dá mau exemplo a quem quer estudar.
    Algumas pessoas dão duro no trabalho, se esforçam e concluem os estudos, outras não. Por uma série de razões. Mas este critério não é suficiente pra dizer que umas estão dando valor aos estudos e as outras não. Meu pai também deixou de estudar cedo para trabalhar, poderia ter concluido os estudos quando já estava com a vida mais tranquila, não o fez, mas mesmo assim, fez tudo o que podia e o que não podia para que todos os seus nove filhos dessem valor às letras e se formassem. E conseguiu. Vc vai me dizer que ele por não ter feito faculdade, não serviu como exemplo?
    É interessante notar sua tentativa de caracterizar seu comentário apenas como crítica impessoal a um comportamento presidencial e ao mesmo tempo aceitar e publicar comentários aqui neste espaço de pessoas insultando, agredindo e ofendendo violentamente o ex presidente, ao mesmo tempo que desdenha, subestima e responde agressivamente aos que tentam contraargumentar seu artigo.

  245. duduvieira10

    -

    03/07/2011 às 10:02

    ,,,Elementar meu caro Sr. Setti, é inegável a inteligência do ex-Pres. Lula,,, mas, ele sente prazer de exercitar sua insolência e falta de polidez. Sem o conhecimento a vida não faz sentido.Ele não poade voltar atrás, mas poderia ser melhor daqui pra frente, se,,, ele tivesse uma formação cultural básica.

  246. Mari Labbate

    -

    03/07/2011 às 8:28

    SETTI, os 56 milhões de brasileiros eleitores de Dilulla, ainda, não conquistaram a Inteligência Lógico-Emocional, momento em que o Ser Humano já consegue estudar e dominar a Ética e as próprias emoções. O senhor Lula, como não consegue estudar, age instintivamente. A senhora Dilulla já consegue estudar, porém ainda não conquistou o Raciocínio Lógico-Emocional e a Ética, por isso oscila, demasiadamente, em suas decisões. O amigo SETTI já consegue estudar, possui Raciocínio Lógico-Emocional e domina a Ética. Concluindo: o senhor Lula é uma pedra bruta; a senhora Dilulla e a Marina são safiras e meu amigo SETTI já transformou-se em um diamante. Significa que o Ser Humano é criado como pedra bruta e necessita lapidar-se, através do próprio esforço, para atingir o ápice de sua existência, que é o domínio lógico de suas emoções. Somente nesse ápice evolutivo consegue enxergar os outros irmãos, respeitá-los, amá-los e LUTAR por eles, SINCERAMENTE. AVANTI!!! ABBRACCIO

  247. Josianne

    -

    03/07/2011 às 0:28

    Porque não implicou com vice presidente José Alencar? Será que é porque ele era rico?
    Sabia que ele tem menos escolaridade do que Lula?
    Quantos grandes homens não tinham nem o primário, que não é o caso de Lula?
    Mais vale a INTELIGÊNCIA do que mil diplomas. Tem gente que tem vários diplomas pendurados na parede e não serve pra nada, nunca fez nada por ninguém e não tem caráter.
    Não meu caro, diploma é muito bom, mas ele sozinho não vale NADA, a não ser pra enfeitar parede. Hipocrisia tem limites.

  248. Franco

    -

    02/07/2011 às 21:55

    Ricardo, na mosca! Opinião sensata e coerente. Texto claro e preciso. Parabéns.

  249. Paul

    -

    02/07/2011 às 20:46

    Realmente ha’ muitos tipos de inteligência, da falta de ética, mentiras e desonestidade ‘e um tipo que conhecemos bem em seu governo.

  250. roberto

    -

    29/06/2011 às 13:55

    Particularmente não associo que um analfabeto não possa ter um cargo importante, tivemos centenas de micro ou grande empresarios que obtiveram sucesso (sem ser desonesto). O problema é que a pessoa não pode é ser desonesta ou semi-desonesta. Pra isso os muitos estudiosos é que sabem como manipular pessoas ou a massa ignara. No caso do ex-presiente é que ele é muito mau intencionado.

  251. Paulista indignado

    -

    14/06/2011 às 17:42

    Doutor Honoris Causa de *****, mentira, surrupiador de mérito alheio, explorador de miséria, etc.
    É um homem sem caráter.

  252. Laura

    -

    18/04/2011 às 1:54

    Essa não dá nem para comentar, porque eu quero que Deus me castigue se algum dia eu VOTAR em analfabeto para qualquer cargo. Nunca me esqueci desta frase:”…quem não lê, mal fala, mal ouve, mal vê” (autor desconhecido). A ecola é a base de tudo na vida.

  253. Carla Cunha Costa

    -

    04/04/2011 às 8:52

    Srs. brasileiros:
    Esta Sociedade que se diz do Conhecimento mas me parece a Sociedade da Ignorância Total… Onde que um título concedido de doutor honoris causa em direito transforma um analfabeto em um letrado!!! Fazem-me rir!!! Alem disso, para quem não sabe, somente pessoas com super habilidades (chamadas antigamente de superdotadas em alguma área do conhecimento) podem receber esses títulos. Desconheço que o ex presidente tenha apresentado super habilidade em alguma área do conhecimento… Pelo contrário, sempre se vangloriou de sua falta de estudo! A não ser que corrupção, roubo, mentira e enganação viraram áreas de conhecimento e eu não estou sabendo!! Socorro, meu Deus! Salve-me deste mundo ridículo!

  254. Carla

    -

    29/03/2011 às 9:08

    Mais uma coisa, brasileiros e brasileiras:QUEM DECRETOU QUE A EDUCAÇÃO BÁSICA (fundamental ou mínima para que um ser possa se desenvolver e se tornar um cidadão foram os políticos desta miserável nação), portanto vocês nada têm a reclamar de NÓS, OS ESTUDADOS, EXIGIRMOS O QUE DE NÓS EXIGEM! Moro em uma pequena e miserável cidade interiorana e digo que por aqui cortadores de cana são obrigados a terem o ensino médio para governarem seus facões. Da mesma forma, nas grandes cidades, os garis são obrigados a terem concluído o ensino médio para governarem suas vassouras e ainda, devem passar em concurso público municipal. Então, como posso EXIGIR MENOS ESTUDO DE ALGUÉM QUE IRÁ OCUPAR O CARGO MÁXIMO DA NAÇÃO? QUE RECEBERÁ O MAIOR SALÁRIO DA NAÇÃO, FORA OS ROUBOS??? Quem exige pouco é porque pouco tem para dar porque SÓ SE DÁ DO QUE SE TEM!!! Se os politiqueiros e politicalhos da nação exigem escolaridade do zé povão para ocuparem carguinhos que mal ganham o salário mínimo (tão mínimo quanto a educação básica), por que eles mesmos não procuram estudar??? É muito fácil EXIGIR DOS OUTROS O QUE NÃO SE TEM!!!

    SE OS POLITIQUEIROS E POLICALHOS DESTA NAÇÃO NÃO GOSTAM DO QUE PENSO, FALO E ESCREVO, FÁCIL: TENHAM ESTUDO E VERGONHA NA CARA E AJAM COMO LÍDERES EXEMPLARES!!! O mesmo digo aos PAIS DOS ALUNOS E DOS COLEGAS DE TRABALHO!

    ESTE PÁIS NUNCA IRÁ DEIXAR O SUBDESENVOLVIMENTO ENQUANTO NÃO VALORIZAR A EDUCAÇÃO FORMAL: “Se o conhecimento cria problemas, não é a ignorância quem os irá solucionar”.

  255. Francisco de Assis da Silva Farias

    -

    25/03/2011 às 21:20

    Analfabeto é aquele que ver as coisas e vira as costas.Não encara o problema como deveria encarar.
    Francisco Farias PMERJ RIO.

  256. Silvino

    -

    18/03/2011 às 18:11

    As mentes superiores influenciam as mentes inferiores. Então; temos aqui no Brasil pelo menos uns 55 milhôes de moluscos, como alguns que comentam aqui.

  257. Mauro de Curitiba

    -

    18/03/2011 às 11:56

    Realmente, temos que admitir que o Lula venceu, apesar de semi-analfabeto.
    Mas nós perdemos …

  258. acc

    -

    17/03/2011 às 16:30

    Para o Lula,a explicaçao é o seguinte: o destino lhe deu oportunidade de ser o presidente da nação brasileira, mas preferiu ser o presidente do PT.Faltou-lhe estudo!

  259. Luiz Santos

    -

    15/03/2011 às 19:20

    Angelo Augusto Mateucci, simples meu caro, porque a demanda aumentou mais do que a oferta de universidades no país. Fruto do crescimento economico e distribuiçao de renda promovida por ele. Que a qualidade tem que melhorar, isso é mais do que plausivel. Mas ha que se começar de algum lugar. Eu como amante de economia e dos numeros só digo uma coisa. Lula com Zero diploma universitarios = 10 universidades e mais de 100 escolas tecnicas. FHC com diploma de cientista politico, sociologo, lecionou na USP e UP (Universidade de Paris) = Zero Universidades e inviabilizou escolas tecnicas, quando aprovou o artigo 47 da lei 9649. Sinceramente, fico com o semi-analfabeto, apesa dos pesares. Por essas e por outros, ter uma visao mais abrangente da informaçao!

  260. Luiz Santos

    -

    15/03/2011 às 18:59

    “E nem espanhol fala direito”, oras bolas, Caro Setti, acho que essa foi de mais. Voce acha mesmo que um presidente da republica tem que falar espanhol ou ingles? Sinceramente, seria comico se nao fosse tragico. O fato que se critique um presidente por nao falar corretamente a propria lingua, tudo bem, mas daí por ele nao falar espanhol ou ingles? Ahhhh faça-me um favor! O primeiro ministro da España nao fala bem nenhum idioma que nao seja o seu, alias, os espanhóis sao pessimos falando outros idiomas. Raramente, veras o presidente da França falando em outro idioma que nao seja o seu. Na historia dos primeiros-ministros da Inglaterra nunca, repito, nunca vi nenhum deles falando outro idioma que nao o ingles, e sinceramente, duvido muito que algum deles fale bem o espanhol ou o frances (segundo idioma padrao, ensinado nas universidades britanicas), e nem por isso, sao criticados por isso. Eu, sinceramente achava ridiculo nosso presidente FHC, pesidente de um país cujo o unico idioma oficial é o portugues, dando entrevistas em ingles. Ah sim, morei 10 anos na Europa e falo ingles e espanhol, mesmo assim, achava ridicula a atitude dele. Sinceramente, isso é complexo de vira-lata.

  261. Luiz Santos

    -

    15/03/2011 às 18:41

    Pois eu tenho, em nenhum momento ele se diz “orgulhoso” de nao ter estudado. Aliás, fomentou o pro-Uni que permitiu muitissimos alunos de ter a oportunidade de estudar. Abriu ou apliou 10 universidades, desde da entrada no seu governo, o numero de faculdades e universidades se multiplicou, no ES por exemplo, tinhamos a UFES e uns gatos pingados aqui e acola, hoje fervilha faculdades e universidades. Outra, nao moro com o Lula e acho que o senhor tambem nao, assim que, acho pouco plausivel dizer que ele tenha poucos livros em sua casa. O estudo ou a informaçao sao apenas ferramentas que te facilitam a vida, eu amo livros, mas quem sou eu para criticar quem nao gosta? Isso tudo que falaste é relativo, Galiano (ex-estilista da Dior) é muito instruido e muito mais ignorante do que o Lula na minha opiniao. Pergunte aos historiadores americanos e boa parte de sua populaçao se eles nao estao orgulhosos de Andrew Jackson, o que vc diria de personalidades como Bill Gates, Ralph Lauren, Henry Ford,Michael Dell, Richard Branson (Virgin) , etc? Todos eles nao tem diplomas universitarios, e nem por isso, sao discriminados como o Lula foi no Brasil por nao ter o maldito diploma que muitas vezes nao serve pra m.. nehuma. Ha outras “inteligencias” pouco valorizada neste país, que em outros, quando a detectam, essas pessoas sao disputadas no tapa, que é: “poder de liderança”, “articulaçao”, “poder de decisao” e perseverança. Algo que muitas escolas/universidades ao inves de “lapidar” destroi. Certa vez escutei uma piada que dizia: “Escola é aquele lugar que retira a sua creatividade, enfia um monte de papo furado na sua cabeça e te emburrece”. Claro que é exagerado, mas tenha certeza que o mundo perdeu muitos “genios” destruidos por escolas e universidades mal preparadas. Nao esqueça que o maior genio da nossa historia foi Einstein, e este, era tido como um péssimo exemplo para os intelectuais da epoca.
    Eu sinceramente tenho orgulho dele, nao por ele nao ter estudado, e sim, porque conseguiu vencer apesar de tudo a descriminaçao destilada por nossa elite nariz em pé. O Lula nao é perfeito, mas como diria a newsweek e o Obama, “É o cara”.
    Isso logicamente, incomoda a muitos que se julgavam mais inteligentes, mais intruidos, mais policamente corretos, que jamais figurarao na lista mas 100 maiores personalidades do mundo!

  262. Alexandre Martins

    -

    14/03/2011 às 21:23

    Lula é uma “trajédia”…
    Alguém aê explica as aspas pro Lula!

  263. Helio R. Araujo

    -

    11/03/2011 às 15:13

    Realmente, bastante coerente sua linha de pensamento Eu também com o sr. não acho correto uma pessoa (principalmente um presidente da republica) que tem voz e vez no noticiário alardear a falta de escolaridade como algo que não atrapalha a vida do adulto, podendo fazê-lo até chegar ao cargo publico de maior relevância de um país. Isso é um péssimo exemplo para nossa juventude.

  264. Carla

    -

    11/03/2011 às 14:53

    Perfeita a matéria! iNDAGO AS PESSOAS SOBRE ISTO HÁ ANOS: Por que exigem estudos e graduação para TODAS AS PROFISSÕES SALVO POLÍTICOS???

    Por certo, eles nasceram mais inteligentes que nós, pobres e reles mortais somos nós!!!!??? Ou quem sabe eles não precisam da educação formal para nada!!??? Também, nunca vi universidade ensinar a roubar, pois existe a disciplina de ÉTICA!!!

    É realmente uma graduação em Ciências Políticas mais falar e ler fluentemente sua Língua Materna e mais duas outras, seria o MÍNIMO A SER EXIGIDO DOS POLITIQUEIROS E POLICALHOS DESTA NAÇÃO SUBDESENVOLVIDA QUE O SEMIANALFABETO NÃO DEU CONTA DE PAGAR A DÍVIDA EXTERNA, NÃO DEU CONTA DE MUDAR PARA PAÍS DESENVOLVIDO E FICOU CONHECIDO COMO UM DOS GOVERNOS MAIS CORRUPTOS ATÉ HOJE. VERGONHA DA NAÇÃO… Mas, como sempre digo: “Tudo pode piorar…” Assim, é evidente que terrorista, presidiária etc. TAMBÉM NÃO PODE SER BOA PRESIDENTA!!!

    Isto é Brasil!!!!!!!!!!!?????!!!! Eu, ME ENVERGONHO DE SER PROFESSORA E BRASILEIRA!!!

  265. Agricio Balbi

    -

    11/03/2011 às 3:31

    A propósito, não há referência melhor do que Marina Silva. Essa sim, merece ser aplaudida de pé.

  266. Agricio Balbi

    -

    11/03/2011 às 3:26

    Nesse país há muita gente mal informada. O brasileiro perdeu a identidade da informação.
    por isso, 60% são analfabetos funcionais.

    Parabéns meu Caro Ricardo, você escreveu com muita propriedade.

    Um abraço

  267. Bill

    -

    04/03/2011 às 17:11

    Faço minhas as palavras do senhor Kleyner mais abaixo, realmente há uma boa argumentação e o autor expõe sua opinião com respeito pela pessoa do ex-presidente Lula, sem deboches ou ridicularizações, como fazem alguns de seus colegas que acredito tenham estudado bem mais, bem mais mesmo, do que o ex-presidente e nem por isso sejam mais inteligentes. Muito pelo contrario.

  268. Maria Olina Souza

    -

    22/02/2011 às 17:56

    Quem acha que o Lula é semi analfabeto, comete duas falhas:
    1ª É preconceituoso e desdenha de um segmento enorme de brasileiros.
    2ª O Lula é tão ou mais inteligente do que muitos intelectuais que se orientam pelo academicismo e perdem a capacidade de considerar outros elementos.
    No Brasil , nós valorizamos as pessoas depois do reconhecimento delas no exterior.
    O Lula já tem este reconhecimento. O que será que está acontecendo, neste caso?

    Cara Maria, acho que você só leu o título do post. Faça o favor, leia com calma o que escrevi e veja se há ali preconceito e seu digo que Lula não é inteligente. Visivelmente, você só leu o título, ou pouco mais do que isso.

  269. Amaro Manhães

    -

    21/02/2011 às 20:40

    1.016 comentários? Caramba! Talvez seja o recorde de comentários em blogs do portal Veja, não é?

    Caro Amaro, não sei lhe responder, sinceramente.
    Não tenho esse espírito competitivo, não pretendo “ganhar” de ninguém, de meus colegas, só fazer meu trabalho direito.

    Mas obrigado pelo entusiasmo que seu post significa. Sinto-me homenageado.

    Um grande abraço

  270. Júnior

    -

    30/01/2011 às 12:47

    O ex-ocupante do Palácio do Planalto já foi tarde. Está com saudade dos holofotes. Sejamos espertos e o enterremos para que, “nunca antes neste paiz”, possamos seguir em frente, implantar a verdadeira democracia, punir os poderosos, estabelecer um programa de planejamento familiar sério, educar a população de verdade, para que deixemos de ser exportadores de comodities. Sigamos em frente. Três já foram esquecidos, mesmo que tenham imensos méritos. Esqueçamos o quarto que “nunca antes neste paiz…”, descobriu o Brasil em 2002 e fez tudo que está aí em seus oito anos de governo.

    É isso mesmo, caro Júnior.

    Um abraço

  271. Kleyner Arley

    -

    28/01/2011 às 18:29

    Caro Setti,

    Apesar de possuirmos opiniões distintas, com você pode-se realizar um debate edificante. Ao contrário de seus colegas Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi.

    Obrigado, meu caro Kleyner, pela parte que me toca, embora eu fique constrangido com comparações que sejam de alguma forma desfavoráveis a colegas meus.

    Um abração

  272. Kleyner Arley

    -

    28/01/2011 às 17:55

    Caro Setti,
    Concordo que ele teve várias oportunidades de estudar nesse tempo (e deveria ter feito isso) mas não sei se semianalfabeto seria o termo adequado apenas por não possuir uma educação formal.
    Um abraço paraibano.

    Um abraço pra você e viva a gloriosa Paraíba, talvez o Estado brasileiro que mais proteja seu (lindo) litoral.

  273. Kleyner Arley

    -

    28/01/2011 às 16:18

    Prezado Setti,

    Já li discursos do ex-presidente, para estudantes universitários, em que ele diz que os inveja por terem diploma de curso superior e já manifestou interesse em fazer um curso superioe de Economia. Sinceramente, não creio que ele ‘se orgulhe’ por não ter um nível acadêmico mais elevado.

    Grande Abraço.

    CAro Kleyner, obrigado por seu comentário. Respeito sua colocação, mas, francamente, não parece… Eu próprio postei recentemente um comentário em que ele diz que, após ter sido presidente, acredita que tenha muito pouco a aprender. Meu Deus do céu! Com a infinitude do conhecimento, cujos limites se ampliam a cada segundo, e ele dá a entender que já sabe tudo. E nem espanhol fala direito.

    Um abração

  274. Rosemary

    -

    21/01/2011 às 18:12

    Ninguém vê quantidade significativa de universitários, que só tende a aumentar. Sei. . . Esse lixo televisivo chamado BBB aliena mesmo as pessoas.

  275. carlos nascimento

    -

    18/01/2011 às 16:16

    Tem gente que gosta, perguntem à determinado torcedor do Corinthians.

  276. Mari

    -

    17/01/2011 às 22:07

    Quando imagino o Brasil de amanhã, com os frutos do Bolsa familia já maiores… sem estudo, com pais que nao mais recebem a ‘forcinha’ financeira do governo e nao trabalham … e sem condição de gerar mais filhos… dá um medo!!!
    A violencia vai aumentar e o Brasil será um pais de miseria. Esperem para ver.

  277. wilson Alberto Pereira

    -

    15/01/2011 às 20:05

    Prepotencia, malandragem e arrogancia.Trës caracteristicas que norteia este cidadao que chegou a Presidencia. Mas jã foi ,foi tarde. Faco um convite! Vamos para de falar nele; eu nao acendo velas para defunto ruim.

  278. josé roberto

    -

    15/01/2011 às 18:37

    Bom , quando um governo atua em prol doa maioria, os pobres do país, realmente incomoda muita gente.
    Não acho demagogia o ex-presidente ter batido na tecla de um ex torneiro mecânico estar na presidência, ele apenas se orgulhou de ter conseguido superar muitos outros, tanto que jornais europeus postou Lula como uma das grandes personalidades mundial, há seres mais cultos do que europeus?…seriam nós brasileiros? (que na escola sequer aprendemos a falar inglês corretamete, temos que fazer cursos de línguas pós aula e particular).
    Realmente o amigo acima se equivoca um pouco, ele tem o ponto de vista dele, nós temos o nosso, aliás, a maioria da população durante duas eleições consecutivas, tiveram a simpatia com o homem.
    Eu sempre acompanho jornais de outros países, graças a Deus tenho uma boa cultura, poucas vezes li alguém por lá criticar o presidente, apenas alguns brasileiros que se incomodam com a situação que foi posta e tiveram que digerir, mesmo a seco.
    Ou por acaso algum “doutor” em economia teria capacidade para tal façanha? (governar um país 2 mandatos consecutivos). Me orgulhei sim de ter um ex-presidente semi-analfabeto, que trabalhou por quem precisava muito.

  279. Raul Medes

    -

    14/01/2011 às 12:18

    Realmente. . . Ele provou não ter capacidade nenhuma para absolutamente nada. Todos viram. O mundo todo viu. Todos os maiores governantes mundiais presenciaram a INCAPACIDADE dele.

    Vai ficar na história por sua incapacidade! Vai ficar na história por ter sido um *****, pra ser mais exato. kkkkk

  280. Marinho

    -

    14/01/2011 às 10:30

    Sómente no Brasil elege-se um *** *** ****,até agora o cara acha-se a fatia de limão da caipirinha.Deus nos ajude para que este parasita nunca mais volte ao poder. Tem que *** **** **** nos balcões dos botecos de São Bernardo.

  281. eduardo

    -

    13/01/2011 às 19:58

    Tem uma grande diferença entre ser inteligente e ser malandro esperto. O lulla se gaba de não ter estudado por inveja de quem tem a capacidade e, essa sim, inteligencia para concatenar reciocínios abstratos e aprender a desenvolver novas idéias.

    Nao estudou porque é realmente incapaz de aprender por esforço proprio. Precisa de exemplos primários e infantis para conseguir raciocinar, haja vista suas metáforas ridículas tematizadas no futebol.

    Ou seja, não passa de um *****, esperto e sem carater, que não se intimida a explrar, mentir e enganar quem quer que seja. Apoiado por uns intelectuais plagiadores se locupletou na ignorancia e carência do povo pobre.

    Um **** para ser mais exato.
    .

  282. Raul Medes

    -

    12/01/2011 às 14:55

    Sim, amigos. . . Enquanto vemos senadores, ministros e governantes PHD´s sujos e ordinários, ter um presidente semi-analfabeto do quilate de Lula é motivo de orgulho.

  283. Raul Medes

    -

    12/01/2011 às 14:49

    Percebo nesses comentários sobre o presidente uma minúscula gota de inveja. E porquê? Bem, acontece que a inteligência de nosso inesquecível lider faz a diferença sim. Faz a diferença em todos os âmbitos na medida em que a capacidade de se desenvolver, de ascender em todas as vertentes profissionais só se faz possível com habilidade apurada. Conheço pessoas semi-analfabetas que são excelentes administradores, donos de empresas, mercados e até escolas conceituadas. Logo, o presidente Lula não é um caso excepcional e único. Se torna um foco nacional por ter sido presidente e ter ficado no centro do poder brasileiro.
    Lula, tanto quanto outros indivíduos, não estudou talvez realmente por não ter querido, claro, mas é importante ressaltar que a dificuldade que passou e todos os fatos que já conhecemos de cor sobre sua vida são justificativas mais que plausíveis para não tê-lo feito, tanto, repito, quanto muitos outros brasileiros que têm que penar para poder estudar, já que precisam sustentar família à duras penas com um salário pequeno. Meu pai mesmo é um exemplo disso (trabalhou durante 30 anos numa conceituada empresa e, no início, retomou os estudos e não pôde concluir porque fazia revesamento e a própria empresa o colocou contra a parede, pra que ele escolhesse entre estudar ou continuar na empresa. Como tinha família pra sustentar, não pode dar continuidade, enfim. De qualquer forma, ele também não quis estudar! Preferiu continuar na empresa). Outros, entratanto, optam por estudar, mesmo passando dificuldades e situações que limitam. Cada um na sua.
    Cada um tem seu merito pelos caminhos que toma na vida. Estudar é importante para aperfeiçoar-se, para moldar-se, para aprender a direcionar a inteligência, abrir horizontes, aprimorar a compreensão do mundo, ensinar a importância do contraditório, disciplinar. Estudar é realmente fundamental.
    O tempo de escolaridade mostra conhecimento e aperfeiçoamento específico de uma matéria. Isso não deixa de ser verdade uma vez que um estudante de engenharia terá habilidades na sua área, desenvolverá projetos e poderá ser um bom profissional “de engenharia’’. Um jornalista poderá se desenvolver bem escrevendo, criando, revisando dentro com campo das letras, enfim. . .
    Trocando em miúdos. A inteligência dá conta de tudo sim. A inteligência é fator primordial para ascensão profissional, pessoal, sentimental.
    Esse papo de exemplo não cola mais. Se o camarada não tiver a fim de estudar, não quiser, tiver preguiça, não vai fazê-lo simplesmente porque tem um bom ou mal exemplo. Se ele não quiser, simplesmente não fará, e arcará com as conseqüências que lhe pesarão nas costas. Problema dele!
    Não acredito nisso. Eu gosto de estudar, desenvolvi esse hábito e sei (como todos estão carecas de saber, de escutar desde que começam a compreender a vida) o quanto é importante pra “ser alguém na vida”. Nâo é o “exemplo” de fulano ou ciclano que fará alguém que não tem aptidão pra determinada coisa, buscar e obter de uma hora pra outra.
    O orgulho que sinto por Lula não tem nada a ver com o semi-analfabetismo que todos insistem em reiterar. O orgulho vem de sua maestria, sua humildade, sua sensibilidade, sua inteligência em articular e usar de boa vontade com os pobres. Orgulho por usar sua inteligência para ser O MELHOR GOVERNANTE QUE ESSE PAÍS JÁ VIU.

    O colunista Ricardo Setti está em férias e responderá a comentários como este a partir do dia 17.

  284. jose tome do nascimento

    -

    11/01/2011 às 22:18

    amigos nu brasil nao esta fautamdo nada com um pailhacada desta ja esta lotadu veja o tiririca .isto er brasil

  285. Maria Regina Bertozzi

    -

    10/01/2011 às 0:18

    Ficam falando em preconceito contra o Lula. Ele é que tem preconceito contra as “zelite”, que por sinal ele faz parte há um temp~ão, não é mesmo.

  286. João Paulo Christopharo

    -

    10/01/2011 às 0:16

    Parabéns. É isso mesmo.

  287. Peter Krauss

    -

    10/01/2011 às 0:15

    Influência nefasta do homem. Bem acertado Ricardo.

  288. Eros Pinheiro

    -

    10/01/2011 às 0:14

    Acho exagerado o comentário do colunista. Lula se orgulha do que é, mas nunca criticou quem estudou, tanto é que seus filhos fizeram curso superior.

  289. Lúcia Gentile Prado

    -

    10/01/2011 às 0:13

    Os bons exemplos vêm de cima. Os maus, infelizmente, também. Ótimo artigo.

  290. B. José Bauducco

    -

    10/01/2011 às 0:11

    Apoiado!

  291. Ermerlindo Pinto Carneiro

    -

    09/01/2011 às 16:57

    EStou aliviado com a partida do molusco. Deixar de ouvir obrigatoriamente cinco discursos por dia já uma boa melhora na vida da gente. E sempre dizendo bobagens, como essa sobre não ter diploma. Vai embora, Apedeuta, — de preferência para Cuba, Venezuela ou Bolívia, abraçar os seus semelhantes.

  292. Faith No More

    -

    09/01/2011 às 16:54

    Estou muito descrente da política, e esses últimos anos do Lula me deram vontade de ir embora do Brasil.

  293. Poverello

    -

    09/01/2011 às 16:53

    E desde quando faculdade ou formação superior faz um bom governante? Imbecis como os ditadores Costa e Silva, Médici e Figueiredo foram grandes alunos de suas turnas, o Sarney está até na Academia Brasileira de Letras, o Collor tem dois diplomas etc etc.

  294. José Carlos Montilla

    -

    09/01/2011 às 16:51

    O PIG ataca de novo. Vocês reacionários não tÊm jeito. Têm que engolir o Lula, não tem jeito…

  295. Artur Mas

    -

    09/01/2011 às 16:50

    A ignorância é a mãe de todos os males.

  296. Adriane Pujol

    -

    09/01/2011 às 16:50

    Péssimo exemplo. FElizmente o homem saiu, largou o osso.

  297. Ursopolar

    -

    09/01/2011 às 16:49

    Falou e disse meu companeiro.

  298. Henrique Probst

    -

    09/01/2011 às 16:47

    Concordo 100% com o artigo.

  299. Aulus Plautus Pierucetti

    -

    09/01/2011 às 16:45

    O problema está mal enfocado por muitos de meus colegas comentaristas. Não é se Lula estudou ou não, se depois quis ou não estudar. É o fato, como escreveu o Setti, dele bater no peito com orgulho por ser um “torneiro mecânico” (que não trabalha há 45 anos) que só fez o primário e o curso do Senai. Parece que ele tem raiva de quem estuda. E ficar repetindo mil vezes isso é claro que não é um bom exemplo para quem sua sangue para pagar escola e universidade.

  300. Nilda Vieira Furtado

    -

    09/01/2011 às 16:42

    Dizem que o Luiz Marinho e o Vicentinho estudaram em escolas “fracas”. Um dos comentaristas alegou isso, pelo menos um. Pergunto: é melhor isso ou não estudar nada?

  301. Mauro de Moraes Bruzadin

    -

    09/01/2011 às 16:41

    O Lula é preguiçoso demais para fazer qualquer esforço de aprimoramento. Não leram uma das últimas entrevistas dele, acho que a última antes de deixar o cargo? “Já não estou mais em idade de estudar”. Sempre é tempo de aprender para quem quer e tem vergonha na cara.

  302. Ramón Itúrbide

    -

    09/01/2011 às 16:39

    Ele é “o cara”, sim: “o cara” que envergonhou o Brasil e os brasileiros com suas palhaçadas e sua ignorância.

  303. Domingos Brisola Sobrinho

    -

    09/01/2011 às 16:37

    Só discordo de um ponto do Ricardo: o ex-presidente não é semi-analfabeto, é analfabeto funcional mesmo.

  304. Angelo Augusto Mateucci

    -

    09/01/2011 às 16:37

    O artigo me parecia preconceituoso, mas, quando li, não pude deixar de concordar. Péssimo exemplo. Tem leitores dizendo que ele inaugurou não sei quantas universidades. E daí? Por acaso a qualidade do ensino melhorou? Por que é que está havendo falta de quadros no Brasil, começando por engenheiros?

  305. Marineuza Manfrini

    -

    09/01/2011 às 16:36

    Concordo com cada palavra. Pelo menos a Dilma estudou, parece preparada e trabalhadora. O Lula é um grande cascateiro, estamos livres dele, graças a Deus. Pelo menos livre dele na Presidência, e por 4 anos pelo menos…

  306. Saliba Mansur

    -

    09/01/2011 às 16:35

    Finalmente alguém escrevo o que eu gostaria de ver escrito por algum veículo da grande imprensa, com todas as letras.

  307. Dario Martins

    -

    09/01/2011 às 13:23

    Além de não estudar, Lula não tem ética, não respeita leis, e não gosta de trabalhar e pelo jeito de falar também não tem educação….
    Concordo com o Setti. Nota 10 pelo seu comentário.

    O colunista Ricardo Setti está em férias e responderá a comentários como este a partir do dia 17. Obrigado.

  308. RitaB

    -

    09/01/2011 às 1:50

    Ricardo Parabéns! Tenho pavor ao lula e esses oito anos foram os piores de toda historia do Brasil um matuto que governou para si e toda sua quadrilha, fez apologia a ignorância, e se tornou o maior cabo eleitoral do pais, e ainda vem com essa balela de primeira mulher presidente, sai o mentecapto e entra a guerrilheira, ACORDA BRASIL!

  309. Leona

    -

    08/01/2011 às 13:20

    Suportamos durante oito longos anos essa apologia da ignorância. Isso, com certeza influenciou os tropeços no Ministério da Educação por ocasião da (des)organização do ENEM. Com um presidente que diuturnamente coloca na mente dos brasileiros incautos que escolaridade não é importante para que as pessoas cresçam na vida, nada poderia ser diferente. Infelizmente, creio que estamos caminhando rapidamente para um recesso intelectual por décadas e décadas, já que não temos uma oposição séria e eficiente a “tudo isso que aí está”.

  310. Nercy Infante Ferrari

    -

    08/01/2011 às 2:13

    Essas palavras deveriam ser impressas em bronze e colocadas numa praça em S.Bernardo do Campo, onde o homem vive.

  311. Maria Cecília Ribeiro Furtado

    -

    08/01/2011 às 2:11

    O Ricardo tem absoluta razão, o exemplo do expresidente não poderia ser pior, em especial para nossa juventude. Dilma me parece uma pessoa muito mais adequada ao cargo. Acho que não vai fazer a apologia da ignorância. Votei em Marina mas torço para que a presidenta faça um bom governo.

  312. Joaquim Joffily

    -

    08/01/2011 às 2:09

    Gostaria eu de ter escrito isso. Parabéns!

  313. Wanderley Botasso Neto

    -

    07/01/2011 às 19:06

    “O cara”, nesse aspecto como em vários outros, foi um desastre. Que bom que se mandou.

  314. Wiegand Welter

    -

    07/01/2011 às 19:04

    O péssimo exemplo do ex-presidente foi deletério e desestimulante para os jovens. Até nisso ele foi mal, como em muitos outros pontos no plano moral.

  315. Kiko Estrela

    -

    07/01/2011 às 19:01

    Ricardo Setti, estou contigo e não abro.

  316. nena

    -

    07/01/2011 às 18:01

    Comentário de Jorge Mendes- 03/01/2011 às 11:11 – “Chora Tucanaiadas ,esse foi o cara (Barack Obama) A opinião de vcs não vale nada”.
    Tremendo paradoxo: se os petistas odeiam tanto os Estados Unidos porque tem tanto orgulho por Barack Obama ter chamado o molusco de ‘o cara’?!
    Tem coisa enrustida por aí!
    Prá gente como nós, em que o comentarista diz que nossa opinião não vale nada, respondemos que essa gozação de Obama nada significou pará nós, pq conhecemos o cara (infelizmente nosso!) e mantemos nossa opinião muito consistente de que isso não mudou o conceito que temos do cara: continua sendo o cara corrupto que levou sua mudança do Planalto em 11 carretas, saqueou o dinheiro de quem trabalha, fez feio ao representar o Brasil no exterior, abasteceu sua família e seus amigos de privilégios, e no projeto de erradicar a pobreza (agora sugerida em nova edição)apenas mostrou o caminho dos shoppings, porque na formação ético-moral e no exemplo que ele daveria dar, a nota é zero..
    Não, não tenho orgulho mas vergonha de ter tido um presidente analfabeto que se vangloriou disso.

  317. Wilsoleaks Alves

    -

    07/01/2011 às 17:09

    Senhor Ricardo e Senhores comentaristas…
    Está certo que os senhores não se orgulhem do Presidente Metalúrgico, mas e quanto a vergonha?
    Os senhores não se envergonham de serem nitidamente menos preparados que o homem que tanto estigmatizam?
    Ora, se Lula é um analfabeto, que seriam os senhores, que não possuem cabedal nem para assessorá-lo?
    O próprio Senhor Setti já percebeu que qualificar Lula de bêbado é um tiro no pé, pois seria inevitável a pergunta: mas, então, se Lula estivesse sóbrio seu governo seria ainda melhor?
    Se dez vidas os senhores tivessem, será que conseguiriam suplantar o sucesso de apenas uma vida de Lula? Sinceramente… Não creio.

    O colunista Ricardo Setti está em férias e responderá a comentários como este a partir do dia 17.

  318. Flávio Carvalho

    -

    06/01/2011 às 13:12

    Livres deste inconsequente, megalomaníaco, pobre de espírito, vagabundo, ignorante, boçal……….
    ATÉ NUNCA MAIS!!!!!

  319. Zuleika Pereira Milhomens

    -

    03/01/2011 às 23:11

    Péssimo exemplo, diferente, já pelos primeiros dias, da presidente Dilma, discreta e educada.

  320. Benedito Heirot Moreira Filho

    -

    03/01/2011 às 23:10

    Lula neste aspecto foi uma grande tragédia para “este país”, não tem dúvida.

  321. Antonio Marcucci

    -

    03/01/2011 às 23:07

    O comentário não poderia ser mais correto e completo.

  322. lenibeatriz

    -

    03/01/2011 às 22:43

    Também não tenho orgulho algum de ter tido um presidente semi-analfabeto, mas, convenhamos, “O Cara” é inegavelmente – eu não diria inteligente porque se fosse, teria estudado e não precisaria ter perdido um dedo… – muito Espertalhão (estava para usar a palavra “esperto”, mas o “Aurélio” me diz que esperto pode ser entendido como ” inteligente, fino, arguto”).
    Analisem: qual torneiro mecânico, que tenha trabalhado poucos anos em sua profissão teria conseguido a fortuna de Lula. E qual pai – torneiro mecânico – trabalhando poucos anos na profissão, conseguiria essa enorme fortuna também para os filhos, especialmente Lulinha, um ex monitor de jardim zoológico.
    Lula não precisa cursar faculdade alguma. É justamente esse fato que o levou à presidência.
    Lula melhorou muito o seu português. Fala correto, quando quer. Mas observaram como ele se dirige às massas? Com sua fala de antes! E com a postura não de um presidente, mas do sindicalista que foi.
    E alardeando que o pobre e o analfabeto podem chegar aonde ele chegou, infla a auto-estima do povo e o mantém no freio.
    E 2014 está logo ali. E ele quer voltar. Mas até lá, vai continuar…

  323. Jorge mendes

    -

    03/01/2011 às 11:11

    Chora Tucanaiadas ,esse foi o cara (Barack Obama) A opinião de vcs não vale nada

  324. Regina Mara

    -

    03/01/2011 às 1:25

    mpp
    - 31/12/2010 às 11:04
    “… TENHO ORGULHO DO PRESIDENTE LULA, que AMANHÃ DEIXARÁ O PLANALTO NAS MÃOS DA PRESIDENTA LULA…”
    Ato falho? Pois é, nem petralha acredita no governo da caixa preta…

  325. carlos mattos

    -

    02/01/2011 às 19:36

    O QUE SERA QUE SIGNIFICA mpp?
    ESTA E UMA DAS MILHARES DE PESSOAS, QUE FORAM ENGANADAS COM AS MENTIRAS DA MIDIA DELE, DE TANTO MASSACRAR AS VERDADES, COM AS MENTIRAS, ELA E UMA DAS QUE SE ENGABELARAM, POR ESTE ANARQUICO, ******, MENTIROSO, REPULSIVO, A QUEM GRACAS A DEUS, NAO CITO O NOME HA PELO MENOS, 6 ANOS, QUANDO ACORDEI DAS COISAS, QUE ELE APREGOAVA, ( ESTAVA FORA DO PAIS) E VOLTEI EM 2010 ( MARCO), DESDE 92
    , EU NAO ASSSITO A TELEVISAO DESDE O DIA 31, PARA NAO OUVIR, ESTE ENERGUMENO, FALASTRAO, URRAR AS BRAVATAS DELE

  326. elizio

    -

    02/01/2011 às 13:17

    A última:
    pegou fogo na biblioteca do Planalto. O Presidente Lulla ficou inconformado; queimaram-se todos os livros, inclusive os dois dele e, o último ainda elle nem tinha terminado de colorir.

  327. lolla

    -

    01/01/2011 às 23:50

    cara mpp o plano real foi criado pelo presidente com pouca capacidade de governar quando ele nem mesmo era ainda presidente!!!
    pagou o fmi?????????????????? não!
    ele pagou os juros, a dívida ainda existe.
    e pior, NUNCA ANTES NESSE PAIS TIVEMOS UMA DÍDIDA INTERNA TÃO ABSURDA!
    e não dá pra entender como é que as pessoas não entendem que os resultados de hoje do lula são colheitas dos tempos de semeaduras anteriores.
    eu tenho vergonha de ter tido um presidente analfabeto funcional, sim. e continuo tendo vergonha de ter uma presidenta guerrilheira de esquerda.

  328. felício tolentino caldeira brant

    -

    01/01/2011 às 13:59

    Acontece que lula faz a apologia da ignorância não por ser semi-analfabeto, por ser ANALFABETO FUNCIONAL! Cursou apenas até o SEGUNDO ANO PRIMÁRIO ou atual segundo ano do PRIMEIRO GRAU! Tenta passar a idéia, ao dizer que não vai “FAZER FACULDADE”, que tem alguma condição…Mas, teria de concluir o primeio grau (a partir do terceiro ano), concluir o SEGUNDO GRAU, tentar, talvez, um cursinho e prestar um vestibular e o ENEM,e, se tiver condições legais, frequentar um curso universitário! Tão pior quanto êle, são os que nele creem, ou que creem nas mentiras propaladas por certa imprensa paga…Que jamais procuraram tomar conhecimento da verade sobre o analfabeto funcional, comprando consciências para manter-se no poder e conduzir a maior corrupção implantada na história do Brasil! E, se isso é ser ‘ELITE’, como chamou aqueles que viram-no como é, para dividir, como fez com negros e brancos, pobres e ricos, orgulho-me de fazer parte dessa Elite!

  329. mpp

    -

    31/12/2010 às 11:04

    Tivemos um Presidente (fhc) com muita instrução, média inteligência e incapacidade de governar bem. Temos (ainda por algumas horas) um PRESIDENTE, com nível bem menor de instrução, muita inteligência e extraordinária capacidade de governar. Não sou burra pra me orgulhar do primeiro deles, que nada fez pelo Brasil (e o Planoreal já existia). TENHO ORGULHO do PRESIDENTE LULA, que trouxe respeito para o Brasil (é só ver quantos chefes de Estado v~em para a posse de Dilma = prestígio inegável do Lula). TENHO ORGULHO do PRESIDENTE que pagou o FMI, tirou milhões da pobreza, elevou a classe de outros milhões de brasileiros, criou 15 milhões de empregos (bem mais que outros 4 Presidentes juntos – um deles por 08 anos), levou a Petrobrás à 4ª maior do Mundo, fundou universidades, escolas técnicas, minha casa minha vida, luz para todos, AGORA construimos navios, têm respeito e é homenageado mundo a fora e não “vende” o Brasil como aquele último. Enfim, TENHO ORGULHO do PRESIDENTE Lula, UM ESTADISTA. Um homem que jamais sairá do coração do povo brasileiro, pois governou com compet~encia e ALMA, na VISÃO de um BRASIL PARA AMANHÂ. E ainda mais: num país machista, elegeu sua sucessorA, UMA MULHER, pela primeira vez Presidenta, MASSACRANDO o candidato da oposição que, a despeito de tanto jogar sujo, caiu no ridículo nacional, merecidamente. TENHO ORGULHO DO PRESIDENTE LULA, que AMANHÃ DEIXARÁ O PLANALTO NAS MÃOS DA PRESIDENTA LULA, que muito aprendeu com ele e FARA, certamente, UM BOM GOVERNO, pensando no social TAMbÈM e governando com ALMA, como é característica nossa, AS MULHERES.

  330. ALCIONE

    -

    30/12/2010 às 10:44

    Vocês não ganharam a eleição porque o candidato de vocês era muito ruim, apesar de amelhar tantos votos, penso que foram na onda e nem sabem porque, pois seu eu pergunto: Porque você vota no Serra, como já perguntei aqui várias vezes, ninguém responde. A verdade é que ninguém acreditava que o Serra iria cumprir as promessas de campanha! Desmatamento zero na Amazônia, com o DEM de vice!? Dá um tempo, tenho que rir. Quá, quá….

  331. Maria iolanda guedes

    -

    29/12/2010 às 17:55

    Se uma pessoa é inteligente e permenece semi-analfabeta, ou é preguiçosa ou arrogante, achando que não precisa instruir-se porque “já sabe de tudo”.O nosso quase ex presidente é o próprio a esconder as falcatruas do partido…aquele presidente que nada sabe, nada vê, nada ouve!!!!

  332. Elisabetta Taddeucci

    -

    29/12/2010 às 16:48

    idem

  333. Lourival Pessanha

    -

    26/12/2010 às 23:24

    Sim, eh vergonhoso que Lula seja semi-analfabeto, assim como eh vergonhoso que Dilma minta no Lattes.

  334. Paulista indignado

    -

    25/12/2010 às 16:20

    Tenho vergonha de um presidente que apóia ditadores como Fidel Castro, Hugo Chaves, Mahmoud Ahmadinejad, Farc, Evo Morales, MST e demais escórias.
    Também, tenho vergonha de um presidente que nega o Mensalão, Sanguessuga, Erenice, Quebra de Sigilo Bancário, aparelhamento das instituições e sindicatos com nosso dinheiro (trabalhadores e empresas que efetivamente trabalham PRODUZINDO, sem eles,o que seria da Bolsa Família?).
    Envergonho pelos CUMPANHEIROS delle como Sarney, Collor, Barbalho, etc.
    Evergonho pelo seu caráter. Ser semianalfabeto é apenas um detalhe que ele mesmo optou, pois, oportunidade ele teve.
    Muitos da minha família estudaram com muito sacrifício para ter uma vida melhor.
    Sem estudo e sem perseverança não há emprego nem de gari( só sindicalistas e políticos ESSSPERTOS como elles conseguem essa mamata).

  335. fpenin

    -

    23/12/2010 às 8:48

    completando: defendê-lo, também.

  336. fpenin

    -

    23/12/2010 às 8:43

    Não sinto vergonha de ter um presidente semi-alfabetizado,já que existe um grande número de despossuídos das letras na política. No entanto, alguém se jactar da própria ignorância é dose,e não é da 51. O mau exemplo é lamentável.Desvalorizar o presidente pode ser hipocrisia; defendê-lo

  337. Marcos Bicalho

    -

    21/12/2010 às 12:15

    Construir escolas e aumentar salários de professores é desestimular a Educação?

  338. Gilberto Alves

    -

    20/12/2010 às 0:32

    O problema é que no Brasil ao falarmos de inteligência, acabamos criando conceitos particulares. Cada um com o seu. Alguns a chamam de erudição intelectual. Outros, de capacidade criativa ou da precisão técnica. Outros de altíssima adaptabilidade, mesmo às condições mais adversas. Com quais destas variáveis devemos ficar? Talvez com todas elas. Sem dúvida inteligênica é um conceito muito amplo e é difícil discuti-lo em um país com tantas disparidades econômicas e diferenças culturais. Vejo muitas características de inteligência no presidente Lula. Vejo também alguns traços muito marcantes de personalidade e uma incontinência verbal que inviabiliza a compostura em momentos protocolares. Não acho que ele dê exemplos de desestímulo à educação, mas concordo que ele trata de forma ríspida e às vezes grosseira algumas questões como a importância da leitura e da formação intelectual.
    Abração

  339. Wilson Alves

    -

    13/12/2010 às 20:40

    Senhor Setti…
    Já eu não tenho vergonha de quase nada. Mas algo que me entristece bastante é ver um homem já na terceira idade e ainda preso às amarras do preconceito, sim, porque se ainda fosse um jovem que estivesse tendo um sentimento tão torpe poderíamos acreditar que com o tempo a nobreza d’alma pudesse ainda aflorar e tornar lhe a vida profícua.
    Por paradoxal que seja, senhor Ricardo, reze para que Deus não exista.

    Ué, quem é que está na terceira idade? E é preconceito não se orgulhar de um presidente que se orgulha de não ter estudado, dando péssimo exemplo aos jovens brasileiros?

  340. costamcs

    -

    10/12/2010 às 14:47

    Ricardo, sempre li o título deste post e me sentia realizada por alguém com a sua visibilidade e prestígio dentro do jornalismo expor o que milhões de brasileiros sentem. Hoje, resolvi ler por completo. Tenho tentado ter o mínino contato com as “idéias” lulistas, a ponto de evitar olhar a foto e/ou ler nada que esta pessoa que se refastelou na presidência diz. Mas, às vezes, é inevitável ler uma manchete ou outra. Essa declaração infeliz (como todas as que o homem do isopor pronuncia do alto de sua pequenez)para mim tem endereço certo, Fernando Henrique. O despeito e o rancor que ele demonstra ter do FH vão acompanhá-lo até sua morte. Ainda que ele seja mais uma vez presidente (Meu Deus!), ainda que ele ocupe o mais alto cargo da ONU, ainda que a Rainha Elizabeth lhe confira o título de Sir, que a sua “pobreza” aumente em mais alguns milhões de dólares ou que ele seja um dia a personalidade mundial mais aclamada, o seu espelho lhe dirá que não é comparável ao seu antecessor. Chego quase a lhe conferir um mérito, o de reconhecer, à moda de Salieri, a qualidade que não lhe é possível ter. E que por inveja grita aos quatro cantos o contrário, escondendo dos outros mas não conseguindo esconder de si mesmo a admiração que lhe corrói a alma.
    Abraços, Marcia Costa.

    Cara Maria, impressionante e inteligente sua comparação com Salieri-Mozart. Acho que é por aí. Você disse tudo. Brilhante!

    Abraços

  341. Gedeão, o Pretoriano

    -

    09/12/2010 às 12:23

    Não me orgulho de nenhum governante, seja ele analfabeto ou não

  342. ALCIONE

    -

    08/12/2010 às 18:58

    Caro Professor Honneur Monção, porque não usa o espaço para refutar as minhas ideias aqui, com certeza não tão elaboradas quanto as suas, mas, ao meu ver, perfeitamente compreensível, mas o que estava em discussão é a competência do Presidente, apesar de seu pouco estudo (formal). Aproveito a oportunidade, pergunto: o Sr. acreditava mesmo nas intenções do Serra, isto é, que ele pretendia, por ex., desmatamento zero na Amazônia? Com o DEM (leia-se “latifundiários”)de vice? Sério?
    Apesar de o Sr. já ter me desqualificado enquanto educador, apenas por algumas palavras escritas rapidamente, comunico que sou formado em Filosofia pela UNIOESTE, professor concursado pelo Estado do MS. Sei que tenho limitações, não me julgo sábio, estou aprendendo todos os dias, mas acredito que posso sempre melhorar, não e coloco acima de ninguém, respeito especialmente os meus alunos, conforme afirmei no fatidico comentário da Veja. Muito mais, respeito os meus colegas de profissão… é tipico de quem é ético.
    Parabéns pelo seu curriculo, pesquisei na Rede…

  343. Caro Ricardo Setti,

    -

    08/12/2010 às 11:02

    Sinto profunda vergonha de o Brasil ter um presidente semianalfabeto e uma futura presidente analfabeta funcional.

  344. Márcia S.

    -

    06/12/2010 às 1:02

    Parabéns pelo texto.
    Preconceituoso é quem acusa os loiros de olhos azuis de todos os males do planeta, e que não entendeu até hoje o verdadeiro significado da palavra oligarquia, mesmo sendo tão inteligente.
    Um povo ignorante, é mais fácil de ser enganado.

  345. Lujj99

    -

    05/12/2010 às 11:48

    Me envergonho desse senhor, que se orgulha de nunca ter lido um livro e é , um pessimo exemplo para todos os brasileiros quando, dezestimula todas as crianças e analfabetos, a buscar a educação e o conhecimento.

  346. Honneur Monção

    -

    05/12/2010 às 11:30

    Lendo os demais comentários, fiquei pasmo qom a qualidade do texto do “Prof. Alcione”. É professor de quê? É daqueles que ensinam o aluno a escrever de qualquer maneira, porque “quem nun cumunica se trumbica”?
    Para usar o título de “professor” é preciso um pouco mais de respeito para com os demais: que eles pelo menos entendam o que se está a dizer…

  347. Honneur Monção

    -

    05/12/2010 às 11:18

    Concordo plenamente. Ninguém, mesmo sendo o Lula, tem o direito de dar exemplos negativos aos jovens. Basta ver os malabarismos que os professores fazem para despertar o interesse dos alunos, para verificar o quanto uma fala negativa de alguém que chegou à Presidência da República é nefasta.
    A mania de citar-se como exemplo é própria de pessoas arrogantes, ególatras e ignorantes. Se Lula tivesse um pouco, um pouquinho mesmo, de leitura e polimento, seria muito maior do que é.

  348. Marcelo Saraiva

    -

    03/12/2010 às 9:33

    Caro Ricardo,
    Muito oportuno o conteúdo de sua matéria.
    Um comentário pessoal, se me permite: esta postura do atual Presidente está permeada em nossa sociedade.
    Em meu meio profissional, por exemplo, pois convivo com colegas que tem o superior completo, raramento debatemos questões mais amplas, como política, fatos da atualidade ou leitura, de maneira geral. Literatura? Nem pensar…quando muito, constato apenas uma leiturinha aqui e ali de algum livrinho de auto ajuda. Música: Deus meu, clássicos, grandes compositores…terreno inexplorado.
    O engraçado (ou tragicômico…) é que percebi uma diferença brutal ao conversar com argentinos e uruguaios, quando em visita a estes países. Há uma diferença sim entre nossos vizinhos e o brasileiro mediano: pude constatar facilmente que lá há o hábito de leitura: eles lêem os poetas nativos de suas terras, têm postura política sólida e defendem idéias. É lógico que o povo brasileiro de maneira geral, sem especificar classes, têm qualidades excepcionais, mas no quesito ensino, leitura, reflexão e formação de opiniões, somos uma lástima. O atual Presidente, infelizmente, não escapou do que parecer ser uma sina nacional. As causas nacionais para isso? Podem ser várias: ditadura militar? História de uma colonização voltada para o latifúndio e tráfico de escravos? Elites irresponsáveis? O péssimo hábito do brasileiro de se entreter com novelas Globais inúteis, no horário mais precioso do dia? Há espaço para muito mais discussão.
    Abraços.

  349. tulio paixao

    -

    02/12/2010 às 21:59

    Eu também não, meu caro.

  350. Indignada Gaúcha

    -

    02/12/2010 às 16:42

    Semi-analfabeto, vaidoso de forma doentia, que se acha um verdadeiro deus, é esse o ” prisidente” do Brasil. Mas, não se enganem, é do interesse dele fazer a apologia de seus feitos como iletrado para que o povão o copie,pois assim fica mais fácil manipular seu voto. Creio que ele deve ter uma inteligencia pouco acima da média, sem dúvida, mas seu maior trunfo há de ser ESPERTEZA de quem sempre quer ter vantagem, somada à total FALTA DE ESCRÚPULOS.
    O ser verdadeiramente INTELIGENTE possui uma visão mais abrangente do que o próprio umbigo.

  351. E.A.L.P

    -

    27/11/2010 às 15:03

    Péssimo exemplo ! tenho vergonha desse senhor arrogante e ufanista.

  352. Jorge G.

    -

    26/11/2010 às 17:35

    Caro Ricardo:
    Seja para se defender ou para esclarecer opiniões, este seu post foi extremamente útil para definir conceitos e balizar discussões (para quem acha importante lidar com o contraditório, é claro).
    Negar a inteligência e a esperteza de Lula seria falta daquela ou mau uso desta. A trajetória de sua vida é única e ele deve se orgulhar dela.
    O que ele não tem é humildade, recato e educação doméstica.
    A falta de humildade é explícita, nem vou me deter sobre sua postura de fundador do Brasil.
    Falta-lhe o recato daqueles que têm cultura ampla e, assim, saberia que a vivência seria muito mais produtiva e rica se viesse acompanhada de aprendizado formal, técnico ou erudito. Ponto para Marina, nessa comparação.
    Falta-lhe, também, a educação doméstica que direciona os primeiros anos de nossas vidas, nos dando régua e compasso para absorver o mundo, entendê-lo e poder retribuir-lhe com o melhor de nossa produção.
    Meu finado pai não terminou o antigo curso ginasial. Trabalhou no comércio, era um talento nato para isso. Como Lula, nasceu com um talento; como Lula, era inteligente. Diferente dele, teve outra trajetória de vida e passou incógnito pelo mundo com exceção daqueles que conviveram com ele. Também se orgulhava de seu trabalho, de sua integridade, de sua honra e era querido e respeitado pelos seus colegas. Morreu lamentando oportunidades perdidas e sempre passou aos filhos a noção de que, sem estudo, desperdiçaríamos muito mais chances do que poderíamos nos beneficiar ao longo da vida.
    Diferentemente de Lula, a quem admirava, jamais se orgulharia ou endossaria estas besteiras que infelizmente ouvimos há 8 anos. Sua morte o poupou desta decepção, no final de tudo.
    Desculpe o comentário longo. Também não me orgulho de ter um presidente semianalfabeto.

    Obrigado por sua visita e por seu comentário, caro Jorge, mas sobretudo por ter dividido com os leitores do blog o exemplo bonito de seu pai.

    E nada de epdir desculpas por comentário longo. Aqui temos sempre espaço para comentários de qualidade — longos ou curtos.

    Um abração, volte sempre.

  353. Luis Neto

    -

    25/11/2010 às 0:46

    O ex-chanceler alemão Adolph Hitler também era muito inteligente e levou o seu país ao caos. A Alemanha se reergueu graças a sua educação, ao trabalho sem limites e a disciplina do seu povo – óbvio que entrou um bocado de dinheiro. Esse senhor que se instalou no mais alto cargo da nação, embora muito inteligente, deturpa os fatos, foge a realidade, mascara o cotidiano, menospreza os que trabalham e estudam na busca de um futuro melhor, chama a todos de tolos, bobos por acreditarem nele. Incita a violência e o ódio, estimula a preguiça e age com leniência com seus “pares”. Usa sua agilidade mental para escapar de seus opositores invertendo os argumentos para ser vítima ou caluniado. Seu maior demérito é usar a sua grande inteligência para menosprezar os que estudam e trabalham.
    Será que a Alemanha e o Japão seriam o que são atualmente se detivessem índices socio-econômicos semelhantes aos do Brasil atual?
    Parabéns pelo seu trabalho e por nos ceder espaço para que possamos manifestar uma fração da indignação que nos atinge.

    Obrigado pelos parabéns, caro Luís. Quanto ao espaço, não faço mais do que minha obrigação.

    Volte sempre aqui, você sempre terá um espaço para expor suas opiniões.

    Abraço

  354. vilon

    -

    24/11/2010 às 21:48

    Tenho vergonha de ter um presidente assim,como se diz na minha terra tosco .

  355. Zeli

    -

    24/11/2010 às 14:39

    Nem eu! E, olha que tem elite letradissima que ostenta esse mimo brasileiro!

  356. Marianne

    -

    23/11/2010 às 15:24

    O comentário do Sergio (16/11), resume tudo. Não havia percebido mas tudo o que o Lula falou é muito mais uma maneira de arraigar votos da maioria (que infelizmente tem baixa escolaridade), do que realmente transmitir uma reflexão verdadeira.

  357. Vilena

    -

    19/11/2010 às 16:07

    Eu também não.Há muitos pobres que nunca foram sustentados por sindicatos ou partidos, que tem que sustentar a si e sua familia com apenas um salário minimo(as vezes nem chega a um). E conseguem fazer uma faculdade.
    Parabens, voce foi muito feliz em sua cronica.

  358. sergio

    -

    16/11/2010 às 13:00

    Não se enganem!!! Quando o Lula faz esses infelizes comentários sobre seus parcos estudos ele não está fazendo apologia à falta de educação. Ele está na verdade fazendo a mais rasteira e abjeta demagogia já que sabe perfeitamente que suas palavras caem como adubo junto ao eleitorado semi analfabeto como ele. Na verdade a principal “conquista” do governo Lula é ter estimulado como nunca a luta de classes (escândalos na Receita Federal – isso é coisa de rico. Desastre nas relações internacionais – não é coisa que interesse aos pobres. Serra, candidato dos ricos – Dilma, mãe dos pobres e por aí vai).

  359. André Dalmaschio

    -

    16/11/2010 às 1:40

    Ricardo, só lamento o tempo que você gastou se defendendo de agressões gratuitas, tentativas de desqualificação da revista e de sua carreira, acusações falsas e massacres à história do Brasil, sustentadas por muito anonimato e covardia. Poderia estar escrevendo outros ótimos textos, em seu muito produtivo blog. Lembre-se de que não é pequeno o número de blogueiros e “jornalistas” pagos com dinheiro público, via patrocínio de estatais, para patrulhar quem discorde do método petista . A intolerância aos adversários e idolatria ao Lula são características marcantes de seus comentários. Espero que no futuro encontre um meio termo para se livrar desses agressores, mantendo a saudável divergência de opiniões.

    Você tem razão. Alguns são visivelmente assalariados. Mas outros têm lá suas convicções, embora as defendam a patadas e cusparadas, e não com argumentos. Vou ver como faço. Deveria, sim, gastar energias produzindo novos posts.

    Obrigado pelo toque.

    Abraços

  360. fpenin

    -

    13/11/2010 às 23:28

    Setti,
    Mesmo não tendo procuração para fazer sua defesa, até porque você não precisa disso,tenho de lamentar a tortura brutal que o professor Alcione praticou contra o português. Impressionante !

  361. John Maycon

    -

    13/11/2010 às 22:39

    Bem, não basta ter instrução para ser inteligente!
    O FHC sabia falar diversas línguas, é sociólogo!
    O Lula é semianalfabeto e mecânico?
    Mas quem fez mais pelo Brasil? Em qual governo o país mais se desenvolveu?
    Reflitam e espero que sejam “inteligentes” e não “instruidos” para chegarem a um resultado satisfatório!

  362. Maria Odete

    -

    13/11/2010 às 12:17

    Eu, particularmente, acredito que as escolas deveriam assumir as rédeas, de forma total, no sentido de construir a conscientização da importância e da necessidade dos estudos. Já trabalhei em uma escola e pelo que pude ver e sentir,infelizmente, me fazem crer que muitos pais e mães não têm esta consciência. Então! Como podemos esperar que eles possam passar o valor da educação para seus filhos? Como construir a educação de qualidade, se em em imensa parte, não há, nem o preparo e nem a cumplicidade entre todos os atores?

  363. Maria Odete

    -

    13/11/2010 às 11:56

    Correção no comentário feito às 1:26

    O correto é TRAPAÇAS E NÃO TRAPASSAS.

  364. Maria Odete

    -

    13/11/2010 às 1:26

    Inteligência e estudo são coisas distintas. Há pessoas que por mais que estudem jamais serão políticas. Todo ser que realmente possui o dom da política, a princípio, tem a fome e sede de provocar mudanças benéficas para a sociedade em geral, e, eu creio que é apartir de um desejo verdadeiro que qualquer pessoa pode fazer com que um sonho ou ideal se transforme em realidade. Mas, certamente, se ela não for devidamente alfabetizada, não conseguirá fazer nada sozinha, alguém, de confiança e que tenha alguma competência, terá que assessorá-la e neste caso, sempre haverá os riscos de dar certo ou não. Se sabendo ler e escrever, muitas vezes, muitas pessoas caem em trapassas, então, aqueles que não sabem, ficam mais propensos à golpes e etc… Não há como não valorizar os estudos, eles ampliam as nossas visões, as nossas capacidades de compreender e de perdoar, nossas capacidades de pensar e sonhar. Pensar e sonhar de tal forma que nossos pensamentos e sonhos sejam os guias para as nossas realizações em prol da edificação do mundo melhor para nós e para todos. Este dom para a política, a meu ver, é entre outros, também, dos mais lindos. Creio que há muitas pessoas que possuem este dom e no entanto ainda não o perceberam. Os dons são prêmios de Deus que quando acordados fazem toda diferença na vida das pessoas e do mundo. Os dons, as escolas não podem dar, mas, podem revelá-los.
    A educação que fragmenta o ser humano, também, sepulta muitos dons, sonhos e realizações.

  365. Menezes

    -

    12/11/2010 às 17:53

    Se uma pessoa é inteligente e permenece semi-analfabeta, ou é preguiçosa ou arrogante, achando que não precisa instruir-se porque “já sabe de tudo”. Mas o iletrado que acerta no que faz, tende a não repetir o sucesso, desde que não se repitam as condições extremamente favoráveis sob as quais obteve êxito. Quer estejamos diante de um preguiçoso ou de um arrogante, o mais condenável é ser ele também dissimulador, desconhecendo as ações anterior de outros que lançaram as bases para a sua vitória. Ou dos que não tem ética e utilizam quaisquer meios para vencer.

  366. ALCIONE ANTUNES DA SILVA

    -

    12/11/2010 às 17:16

    “– Precisei chegar lá para provar que inteligência não é medida pelo tempo de escolaridade. O tempo de escolaridade mostra conhecimento e aperfeiçoamento específico de uma matéria. A inteligência, você nasce com ela e aperfeiçoa. Até porque o dom da política não se aprende na escola. Se se aprendesse na escola, quem seria um bom presidente seria um cientista político e não um torneiro mecânico, essa é a lógica.” Palavras do P. Lula
    Caro Ricardo, o P. Lula fala de “um dom politico”, uma habilidade para a arte politica, e esta sem o estudo pode subsistir muito bem, ele é a prova disso, enquanto somente a aula politica, sem o entusiasmo natural, de nada vale. Ele tem razão, igualmente, quando diz que “inteligência não se mede pelos anos de estudo”, mas eu acrescentaria, ele deve ter esquecido, “somente pelos anos de estudo”. Eu, enquanto rpofessor, jamais zombo de meus alunos, pois não quero ter que encará-los, algum dia, em uma cadeira bem mais alta e de toga, rubro de vergonha de um dia ô te-lo substimado.
    Continuo convidando-o a largao ódio e olhar o P. Lula com o carinho que ele merece, que nós brasileiros merecemos. Um abraço.
    professoralcione@gmail.com

  367. ALCIONE ANTUNES DA SILVA

    -

    12/11/2010 às 11:08

    Amigo Ricardo Setti, o fato de o Lula não ter cursado uma Universidade e mesmo assim conseguir fazer, como folga, muito mais de que TODOS os outros que o antecedeu, demonstra que ele é mesmo excepcional, mas não anormal, muita gente faz isso em todo mundo, mas vivem amargurados e criticados, escancarados na mídia (bem menos que o nosso presidente…)como burros, ignorantes. Mas ignorante não seria mais quem não reconhece o talento natural de alguém? Nunca ouvi o nosso Pesidente dizer que não se deve estudar porque analfabeto se vence na vida. O senhor viu ou ouviu? Caro Ricardo, com todas as coisas boas que o Lula fêz pelo Brasil e por nós brasileiros, pela Democracia (foi preso, torturado para que o sr. pudesse chamar um predidente de burro e mesmo assim não ir preso, por ex….) porque não reconchecer e começar a procurar pontos positivos (que são muitos, o sr. já os citou aqui…) na pessoa do nosso presidente Lula. Larga de amargura! As eleições acabaram. Não ofenda o nosso preidente, pois agindo assim o senhor ofende a todos os brasileiros.
    Obrigado
    professoralcione@gmail.com

    Caro professor, peço a gentileza de reler o post. Eu não critico a falta de diploma do presidente, critico o que ele faz parecer o orgulho de não ter estudado — o que, a meu ver, é um péssimo exemplo.

    Abraço

  368. Rosa

    -

    11/11/2010 às 19:10

    se lula tivesse estudado, seria perfeito
    perfeito só deus.

  369. mosciaro

    -

    11/11/2010 às 16:00

    Caro Setti, concordar com o Lula seria questionar a nós mesmos. Afinal, e aqueles que estudaram, graduaram e pós graduaram e não querem ser presidente da Republica. O lula usa a ignorancia como marketing, e quando o enaltece o fato de ser ignorante está dando um pessimo exemplo, o politico não pode ser picareta e analbeto. São declarações como esta que incentiva tantos outros lulas e tiriricas a ingressar no mundo da politica, devemos preservar as instituições democráticas e não zombar delas.

  370. fpenin

    -

    11/11/2010 às 0:28

    Setti,
    Vou repetir o que escrevi em outros blogs. Não concordo com o termo semianalfabeto,haja vista que não existe metade de nada, do que não existe. Semialfabetizado significa alfabetizado pela metade,ou de maneira incompleta.Agora, gabar-se de não ter estudado é um caso que merece a atenção de psicólogos e psiquiatras. Setti, não se preocupe, pois os jovens jamais verão nesse mau exemplo um caminho a seguir. Eles são apenas jovens; burros ,não !

    Espero que sim. Obrigado por seu comentário e um abração.

  371. Celia

    -

    10/11/2010 às 14:08

    Ricardo, Boa tarde!
    É, nem com todas as provas de tudo que vem ocorrendo nesse país, com esse “esperto” do lula no poder, os adeptos dele não o abandonam, só tem uma explicação, os afins se atraem.
    celia

  372. Jeffer

    -

    10/11/2010 às 12:01

    Precisar sujar a imagem de Lula?
    é realmente de se orgulhar de um presidente como ele , um bom exemplo é o sucesso do Enem, não é??? pois foi um sucesso segundo ele….
    por isso talvez, não precisamos ser letrados,pois
    a inteligência é mais importante que a educação…
    deplorável!!!.

  373. Sidartha

    -

    09/11/2010 às 23:40

    A questao nao é discutir sobre ter-se ou nao orgulho de um presidente semi-analfabeto. Isso é desviar-se das questoes essenciais, pura retorica… Sua posiçao assemelha-se à do invasor que, nao conseguindo vencer uma muralha, tenta suja-la com a saliva, denegrindo-a.
    Doa à quem doer, Lula fez o melhor governo de toda a historia politica do Brasil. Porque os “eruditos”, eles, sao ilustrados em roubalheira.
    Eu me orgulho de ter tido Lula como presidente.
    Me envergonho, sim, de ver tanta ignorancia intrinseca da parte das classes ditas “letradas”…. Ignorancia ou interesse, pouco importa… aquela é tao condenavel quanto este. Viva Lula!

  374. Jeffer

    -

    09/11/2010 às 22:42

    Não consigo entender, como para conseguir um emprego, eu tenho a legal obrigatoriedade de ter um curriculo que defenda minhas capacidades; e no entanto, para ser o cidadão mais importante do País, não é neccessário o mesmo requisito.
    É uma incoerência, talvez por Lula ter o “Dom da inteligência”, tenha tratado todos os jornalistas, que escrevem e falam bem , como meros fofoquerios!!!
    Pois, para Lula, todos somos jornalistas, apartir do momento que fazemos o “leva e trás”.
    “A ignorância, é uma benção .”

  375. Lilian Sun

    -

    08/11/2010 às 23:11

    Ricardo, boa noite!
    Rolando Boldrin – Na hora neutra da madrugada (de Rubem Braga) você acredita no bem e no mal?
    http://www.youtube.com/watch?v=TmKQ_JAZ0F0
    Abraços!

  376. celia

    -

    08/11/2010 às 19:21

    Boa noite Ricardo!
    Apesar de na maioria da vezes concordar com você, nessa questão sou obrigada a discordar, o Lula não é essa inteligência toda não, na verdade ele é muito esperto, pois, desde que “perdeu seu dedinho” no torno, nunca mais voltou a trabalhar, virou ssindicalista, descobriu o banquinho, e não parou mais de subir nele. Ao contrário de você também, além de não me orgulhar de termos tido um presidente semi analfabeto, eu tenho na realidade é muita VERGONHA. Saudades de FHC. Parabéns à Marina, e grande tristeza em nosso país por ele ainda achar que é maravihoso ter chegado onde chegou sendo tão alheio a leitura e a estudo.
    abraços
    celia

  377. Evandro Fraschini

    -

    08/11/2010 às 1:37

    Tinha orgulho era do presidente Fernando Henrique, isto sim é que era postura de estadista. Vejam a entrevista dele à Veja esses dias, que maravilha.

  378. Chirstovam Macedo

    -

    08/11/2010 às 1:35

    A toda hora vou no relógio do Augusto Nunes conferir quanto falta para ele ir embora.

  379. Aulus Plautus Giavinna

    -

    08/11/2010 às 1:35

    Espero que a presidente Dilma tenha outra postura. FAço fé nisto.

  380. Arturo Pirlo

    -

    08/11/2010 às 1:33

    O presidente tem experiÊncia, e isso vale. Mas não pode, mesmo, dar mau exemplo com a questão dos estudos.

  381. Zilda Assaf Costa

    -

    08/11/2010 às 1:33

    Nem eu.

  382. ilza

    -

    07/11/2010 às 9:44

    Eu me envergonho, sim – nem lixeiro conseguiria emprego com a escolaridade do presidente – homens e livros, dizia Lobato. Continua válido. E sempre me envergonhou fazerem de Lula um Deus, um beija-mão deprimente – e literal.

  383. Paulo Reis

    -

    06/11/2010 às 17:20

    Dias atrás ele disse estar revoltado com o que estão fazendo com o Tiririca.
    Segundo ele, Tiririca “é a cara do brasileiro”(deve ser a cara dos 80% que aprova o seu governo e suas atitudes).
    Pelo visto, o nosso “grande estadista” acha que ser analfabeto é apenas um detalhe.

  384. Adriana Alves

    -

    06/11/2010 às 16:19

    Me disseram que você comentou o meu texto, no dia 01/11.Procurei e não encontrei.Pode acontecer assim? Simplesmente sumir?.Não postarei novamente o comentário,mas com certeza voltarei neste espaço para trocarmos idéias. Um abraço.

    Não é necessário publicar este.Acho dispensável.

    Cara Adriana, dei duro com o mecanismo de busca da nossa ferramente de editar o blog e só encontrei dois comentários anteriores seus, que reproduzo abaixo, um deles com uma longa resposta.

    Abraços e lá vai:

    Adriana Alves
    adrianappalves@globo.com
    189.107.155.21 Enviado em 05/11/2010 às 0:06
    Onde está o meu comentário?

    Cara Adriana, neste momento só há três comentários aguardando moderação, e nenhum deles é o seu.

    Já publiquei todos os que me chegaram até este momento, meia-noite e meia. E respondi a muitos.

    Deve ter havido algm problema que desconhecemos.

    Você não quer repetir?

    Obrigado e um abração.

    Onde está o meu comentário?

    Cara Adriana, neste momento só há três comentários aguardando moderação, e nenhum deles é o seu.

    Já publiquei todos os que me chegaram até este momento, meia-noite e meia. E respondi a muitos.

    Deve ter havido algm problema que desconhecemos.

    Você não quer repetir?

    Obrigado e um abração. adrianappalves@globo.comAdriana Alves1

    Senhor Ricardo Setti,

    Dirijo-me ao senhor sem nenhuma autoridade jornalística, porque não possuo diploma e a experiência em redação que lhe é peculiar, então lhe peço paciência até o final do texto. Quero lhe dizer que ao afirmar que o presidente se vangloria de ser semi analfabeto é a sua postura e não a verdade absoluta, como muitos colunistas querem nos empurrar goela abaixo nos seus comentários. Sua intenção foi essa? A pergunta é feita em função da resposta dada a uma leitora que discordou de suas ideias.
    Foi lamentável a sua resposta à leitora Katiuscia. Um colunista como você, depreciar um comentário, não respondendo, simplesmente porque foi contra a sua posição? Você diz acreditar que a leitora tenha um cérebro. Por quê? Alguém tem dois?
    Tamanha ofensa com o leitor nunca vi, nestes 20 anos de leitura de Veja.
    É urgente, senhor Ricardo Setti, que o veículo de informação utilizado para expor o seu pensamento (revista VEJA) seja imparcial e democrático e que como colunista o senhor simplesmente o seja, sem magoar nenhum de seus leitores com a sua militância pró Serra, que (in) felizmente não deu em nada.
    A revista VEJA, pós eleição, com certeza perdeu a credibilidade de milhares de leitores. Não perca os leitores de sua coluna, ao respondê-los com os ânimos acirrados. Respire fundo… Não é fácil pra ninguém respeitar a opinião contrária (mesmo possuindo cérebros!).

    Cara Adriana,

    Agradeço seu post e você tocar no assunto. DE FORMA ALGUMA me irrito com opiniões contrárias à minha. O contraditório é o oxigênio da inteligência.

    Nas vezes em que fui agressivo respondi a agressões intoleráveis. Adriana, você não pode imaginar a quantidade de comentários absolutamente radicais, cheios de ódio, que recebi, me xingando das piores coisas, ofendendo a mim e à minha família, me chamando de vendido a A ou B — nem dá para reproduzir a maioria desses comentários.

    Já um comentário crítico, mas civilizado como o seu, respondo com absoluta tranquilidade e com o que considero meus argumentos.

    No caso específico do mau exemplo que, a meu ver, o presidente Lula dá quando se refere a pessoas letradas, não vejo porque receber ofensas, e não argumentos.

    Ofensas por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, especialmente os pobres.

    Um abração e volte sempre para ver que sou educado e respeitoso para com os leitores que não me agridem. Mesmo a esses, dou respostas duras, mas que não ultrapassam os limites de uma discussão mais acirrada.

  385. luiz antonio - rj

    -

    06/11/2010 às 12:47

    Ate agora foram 900 comentarios, chegaremos ao milésimo.O grande problema não é a burrice ou a ignorancia. O problema que causa tristeza é ter orgulho de ser assim.Lula acreditou quando disseram que era inteligente. Mas houve uma confusão – ele é só esperto, talvez espertalhão, um malandro com toda a certeza.

  386. Roy Rogers

    -

    05/11/2010 às 21:23

    REALIZACOES!!??????? Há por favor! Ta fazendo média que nem o Serra! Se fosse um poste no lugar do Lulla e que nada alterasse o curso natural do Plano Real, certamente teríamos as TAIS realizacoes do mesmo modo.

    REALIZACOES? Cadê as 3 milhoes de casas? Cada a Educacao para todos de qualidade? A violencia pelo menos diminuiu?
    E os impostos? O Brasil continua um dos piores lugares do mundo para fazer negocios.

    Lulla nao reformou nada! Nao mudou nada! Apenas roubou o Plano Real e as realizacoes do PSDB.

    O FHC mudou a economia do pais com reformas estruturais reais e é vilipendiado até hoje como um “reacionário”.

    Pais de ****

  387. Esperança

    -

    05/11/2010 às 19:42

    Ricardo, Eu também não sinto orgulho de ter um presidente que não se esforçou nem um pouco para estudar. Existem muitas criticas mais lhe garanto que para um jovem hoje conseguir um emprego para ganhar mal deverá no mínimo estar cursando um curso superior. Sinto-me muitas vezes ofendida com a forma que o Presidente discursa. Como ele estivesse falando que somos todos idiotas e ele o único espertalhão. Fico ofendida quando ele costuma falar mal dos paulista sugerindo que somos preconceituosos, fala mal da pessoas que gostam de ter conhecimento, de quem adora ler do que ficar vento o tempo passar com um copo de água benta na mão.

    Mais não perdemos a esperança, O Lula tem quatro anos pela frente para poder recuperar o tempo perdido. Poderia começar com o Tele curso 200.

  388. PEDRO - Carapicuiba

    -

    05/11/2010 às 19:32

    Eu também não, o LUla é muito é um cafumango.

  389. J.Andrade

    -

    05/11/2010 às 17:36

    Li a matéria e concordo com vc. em numero genero e grau.Me envergonho por ter tido um presidente semi-analfabeto e que ele proprio se orgulha de não ter estudado. Uma vergonha como diz o Boris Casoy.

  390. Ney Luiz Bueno Nemir

    -

    05/11/2010 às 15:12

    No mínimo é um mau exemplo para as crianças, adolecentes e jovens do Brasil ter um presidente que se orgulha de ser semi analfabeto.

  391. André Luiz

    -

    05/11/2010 às 12:14

    Caro Antonio, autor do post com o texto:

    antonio – 04/11/2010 às 8:52
    mas se ele tivesse aprendido algumas coisinhas como por exemplo: moral, integridade, honestidade, hombridade seria ótimo.

    PARABENS, FAÇO MINHAS AS SUAS PALAVRAS.
    MATOU A PAU.

    Só uma coisa pro colunista: Muitos estudiosos tambem afirmam que “assim como a pessoa já nasce inteligente, ela também já nasce Desonesta” (é uma questão de índole)

  392. Adriana Alves

    -

    05/11/2010 às 0:06

    Onde está o meu comentário?

    Cara Adriana, neste momento só há três comentários aguardando moderação, e nenhum deles é o seu.

    Já publiquei todos os que me chegaram até este momento, meia-noite e meia. E respondi a muitos.

    Deve ter havido algm problema que desconhecemos.

    Você não quer repetir?

    Obrigado e um abração.

  393. Antonio Cabral

    -

    04/11/2010 às 17:53

    Caro Ricardo, cabe-me esclarecer que no texto retro-comentado eu quiz salientar que a diferença obtida por Dilma no Nordeste apenas agravou a derrota de Serra, mas se não houvesse Nordeste como muitos querem, ela ganharia de qualquer modo. Então a falha é dos Aécios e dos Gabeiras da vida e o mérito é de Lula que levou uma mulher a ser a comandante deste país continente, devido a eficácia de seu mandato.

  394. Barba

    -

    04/11/2010 às 15:40

    Ricardo, maravilhosa a maneira como você conseguiu traduzir o que é o Lula com relação a cultura versus inteligencia. Não sei se você notou na entrevista de ontem de Lula e Dilma, ele enalteceu o fato da Dilma ser economista formada pela Unicamp, até ele reconhece o fato de que boa formação ajuda.

  395. Antonio Cabral

    -

    04/11/2010 às 14:17

    Sr. Ricardo Setti, seus correligionários debitam a derrota do Zé, ao Nordeste. Tenho dúvida se eles sabem matemática, senão vejamos: Dilma obteve no país uma votação superior a de Serra em aproximadamente 13 milhões de votos, enquanto a diferenã no Nordeste foi só 10 milhões, daí se deduz que quem derrotou Serra foram os sudestinos com ênfase para Minas Gerais e Rio de Janeiro, ai bem perto de Sampa. O desespero da derrota é tão grande que uma suposta advogada proveniente dios pagos de Serra, chegou a afirmar que os nordestinos mereciam morrer. Veja que até a Globo rendeu-se às evidências, mostrando a verdadeira história de Dilma. Tá na hora de sua revista se retratar pelas injustiças.Um abraço.

    Caro Antonio, respondo apenas pelo meu modesto blog aqui. Se quiser dirigir-se ao diretor de VEJA, escreva para veja@abril.com.br

    E não entendi o que você chama de “meus correligionários”. Eu tenho “correligionários”? E como é que você sabe?

    Mas suas contas estão perfeitas. Um abração

  396. Diva Tavares

    -

    04/11/2010 às 13:34

    Apesar de ser uma entusiasta do bom português, da boa leitura, dos estudos, considero Lula inteligentíssimo para uma pessoa que nunca frequentou uma universidade. Ele possui um outro tipo de inteligência, não acadêmica, que faz inveja a qualquer FHC com seus títulos da Sorbonne.

    Não estou comparando inteligências, cara Diva, mas deixei claro, claríssimo — e recebi muitas críticas por isso, como se tivesse dito uma heresia — que considero o presidente um homem de inteligência superior à média. Lula é inteligentíssimo. Disso não há dúvida. Minhas dúvidas, como expressei no post, são essas, e outras mais. Abraços

  397. Marcia

    -

    04/11/2010 às 13:31

    Betina, veja bem, vc com certeza ñ conhece a obra do PAC no complexo do alemão, para afirmar que é eleitoreira. No mundo ñ há nada igual. É uma obra que esta revitalizando uma região abandonada ha anos.

  398. antonio

    -

    04/11/2010 às 8:52

    mas se ele tivesse aprendido algumas coisinhas como por exemplo: moral, integridade, honestidade, hombridade seria ótimo.

  399. Jose

    -

    04/11/2010 às 8:08

    “Edna Barros Quintanilha Araujo” é esse o meu sentimento, infelizmente o Brasil as vezes cansa, tem muito picareta. Política só na Veja, o que se escuta por aí dá ânsia de vomito.
    Estou chateado por o Serra não ter ganho, mas estou contente devido a eleição dos governadores e porque a Dilma é muito melhor que o Lula. Estou falando como pessoa, como o texto mesmo mostra muitos que tiveram vida difícil e estudaram, mesmo quem é de classe média enfrenta uma batalha no dia a dia para muita vezes conciliar trabalho, família e estudos.
    Lula não estudou entre outra coisas por preguiça. Isto é fato, quem estuda sabe como é, dá muito trabalho estudar. Pelo menos isto não se pode dizer da Dilma, não sei da qualidade dos seus estudos mas pelo menos ela se graduou, e até onde eu sei não enche a cara e também não viveu dependurada em cargos de sindicato, que eu tenho minhas dúvidas se o que o Lula chama de trabalho todos esses anos nós não chamaríamos de enrolação. É isso, apesar de tudo do mandato anterior para esse houve evolução.

  400. Yamil Dutra Souza Filho

    -

    04/11/2010 às 4:31

    Sem a menor dúvida é mau exemplo. A presidente Dilma, duvido que fará algo semelhante, até porque ela estudou e se formou depois de deixar a prisão, com mais de 30 anos. É outra coisa, não se pode comparar com o Lula.

  401. Zilda Assaf Costa

    -

    04/11/2010 às 4:30

    Pode até parecer preconceito contra o nosso presidente, mas a verdade é que ele parece que comemora e bate no peito, “não estudei, não estudei, e vejam onde cheguei”. Como é que os jovens pobres vão achar que é bom estudar?

  402. Paulo Roberto França Nogueira

    -

    04/11/2010 às 4:28

    É isso aí, a verdade precisa ser dita.

  403. Wilson Santource Díez

    -

    04/11/2010 às 4:27

    Lula deveria dar exemplo. Ele fez muita coisa boa, mas, neste particular, não há dúvida de que sempre deu a impressão de ter orgulho de não haver frequentado escola por mais tempo. Mau exemplo.

  404. Helio Pierucetti

    -

    04/11/2010 às 4:26

    Você tem absoluta razão. Concordo com tudo o que vc escreveu meu caro.

  405. Edna Barros Quintanilha Araujo

    -

    03/11/2010 às 22:29

    Sr. Ricardo, desde que liguei a TV na Globo eDomingo e pude perceber que estavam contando coisas da Dilma porque ela havia conquistado o poder. Resolvi, política só no site da Veja! Não assito jornais ou os compro…Tudo dominado! Não ouço esse furioso falar nem a incompetente que irá continuar seu desgoverno. Saber notícias? Ligo a TV francesa, ou americana, notícias do Brasil, mentiras e compusições para a roubalheira que vai acontecer na copa e olimpíadas, nem pensar! Vou começar o ano em alto mar, sem pisar o chão que beijei! Tem muita sujeira neste chão! Ainda vamos ter que caminhar de skate para não derrapar na lama que virá! Aguardem, brasileiros que são a minoria inteligente!

  406. betina

    -

    03/11/2010 às 21:45

    Cara Marcia,

    Não estamos aqui num ¨RINGUE¨, este é um canal para se expor o que se pensa e não agredir quem lhe contraria.
    Sobre o complexo do Alemão não tenho dúvidas que são eleitoreiras assim como as UPPS foram. Más se para voçe é o suficiente para ser feliz, respeito, só gostaria que respeitasse também o meu desejo de querer um país realmente justo, más sem demagogia como essa do PT. Fui militante do PT na melhor época dele, enquanto era oposição, depois ficaram anosluz pior que os que eles tanto criticavam. Más pelo visto voçe não tem do que se queixar já que seus filhos estudam em escolas públicas de altíssima qualidade, voçe se sente segura a qualquer hora do dia ou da noite para sair de casa, e quando precisa de um hospital sabe que será prontamente bem atendida pois estará num verdadeiro centro de referência no mundo em medicina, além do que, todos os domicílios da sua cidade tem rede de esgoto. Cara Marcia voçe merece mais, o BRASIL merece muito más muito mais.

  407. Bianca

    -

    03/11/2010 às 21:09

    Obrigada, realmente concordei com você.

  408. Bianca

    -

    03/11/2010 às 19:54

    Bom esse é um tema muito complexo, gostei muito do debate dessa reportagem, concordei com algumas que tem um alto ponto critico, onde mostram sabedoria na hora de demostrar sua opnião, queria dar os parabéns ao colunista que soube responder as criticas com muita educação, gostei do tema que ele lançou, que realmente e um tema a ser sempre analizado. Bem estou no 1° ano do Ensino Médio e estou fazendo um trabalho justamente sobre isso, queria que vocês me dessem opnioes sobre a seguinte pergunta: “Você acha que um individuo para candidatar-se ao um pleito Eleitoral deve ter o minimo de escolaridade equivalente ao 2° grau completo?”
    Obrigada pela atenção

    O ideal, cara Bianca, é que o candidato tenha algum grau de estudos. Mas mais importante ainda é ele ser honesto, ter conhecimento dos problemas com que vai lidar — mesmo que não tenha estudado o suficiente — e procurar aprender e crescer. Todo mundo deve estudar, porque é uma forma de se abrir para o mundo e para a vida, de enriquecimento profissional e de crescimento profissional.

    Mas às vezes a pessoa não teve possibilidades e não é por isso que deva ser impedido de candidatar-se.

    O que condenei no caso do presidente Lula é a aparente exaltação que ele faz pelo fato de não ter estudado. É um mau exemplo para todas as pessoas que estudam e querem estudar, principalmente as pessoas mais pobres.

    Um abração e volte sempre.

  409. Rere

    -

    03/11/2010 às 18:54

    Não vou ver esse video nem nenhum em que Luis IGnácio tome a palavra. Não tenho mais saúde psicológica , nem mental nem intelectual para escutar esse senhor e suas agressividades anômalas depois de 8 anos anos de tortura .Por recomendação médica deleto tudo o que se refere ao senhor Luis Ignácio da Silva.

  410. Marcia

    -

    03/11/2010 às 8:33

    p/ essa tal de betina… como o PAC ñ existe? O que são aquelas obras no complexo do alemão? A ja sei, aquilo é obra eleitoreira. Obras p/ melhorar a vida dos pobres, é tratada como eleitoreira no Brasil. quando Camabada de tucanos nojentos.

  411. marcelo f.

    -

    03/11/2010 às 8:09

    caro 7…
    saudações sem pesquisas…
    não só não me orgulho de ter um presidente analfabeto como…au contraire…tenho vergonha…imensa vergonha de ter tido que ver meu país brasileiro…ter se transformado no brasil petralha e neste país babaka dos petistas…o que vale é a carteirinha do partido, a bolsa esmola, a violação da legislação qualquer que seja e um ou dois institutos de pesquisa no bolso do colete…tá feito o sucessor…dilmentira vai ser a pior presidente que esse ppaís babaka já conheceu…vem impeachment por aí…

  412. betina

    -

    02/11/2010 às 22:55

    É cansativo vê tantas comparações do governo Lula e FHC.
    - O Lula na educação só fala do pro-uni, e o sucateamento das universidades Federais.
    - Os petistas falam dos escândalos dos Tucanos, e seus escândalos que de tantos fica impossível lembrar todos (Mensalão, Dossiês, Palocci e o caseiro, Correios, Eletrobrás onde um único transformador do Luz para todos custou mais de R$ 200.000,00 e o PAC que não sai do papel além do minha casa minha vida que disse até esse fim de ano entregaria 1.000.000 de moradias e só entregou 67.000). E este são apenas alguns.
    - Sobre a economia que se não fosse o FHC teríamos estabilidade. Más vem o PT com sua cara de pau dizendo que foram eles que iniciaram a estabilização, tá de brincadeira…
    - Sobre os projetos sociais como bolsa escola no FHC e agora bolsa família, a diferença é que hoje qualquer um tem, minha mãe é do nordeste e disse que agora ninguem quer mais trabalhar lá, é bolsa família, bolsa gás, bolsa luz, bolsa leite e pão, de acordo com ela essas pessoas não ficam sem um celular de última geração, além disso até adolescente com mais de 18 anos estão recebendo o bolsa família. NÃO ACREDITO QUE ISSO SEJA ENSINAR A PESCAR, se fosse o FREI BETO fiel escudeiro de LULA no seu primeiro governo, não teria pulado fora. Desculpe-me pela mudança no assunto más é impossível ver tantas mentiras ou enganos relatados aqui e calar.

  413. Ilana

    -

    02/11/2010 às 22:12

    É esse pensamento que o leva a não investir direito na educação?

  414. Mister Dom Bom

    -

    02/11/2010 às 21:13

    A Veja deveria se preocupar com a sua credibilidade
    junto aos formadores de opinião e intelectuais. A democracia brasileira foi conquistada com muita luta.Vidas ceifadas, tortura, ditadura, censura, são palavras que fazem parte desta luta. Partidarizar um meio de comunicação é uma faca de dois gumes. O melhor é manter a neutralidade para se ter credibilidade.O povo brasileiro já não acredita em manipulação. É jogar papel e tinta no lixo da história

  415. Edemir

    -

    02/11/2010 às 21:08

    Vergonha!!!! Eu quero ver quem vai explicar para os nossos filhos e netos que colocaram um semianalfabeto na presidência. Eu cobro tanto do meu filho para estudar e elegemos um semianalfabeto. Quando fala que ele tem inteligência acima da média, você deve está brincando… Daqui a pouco você vai sair dizendo que foi ele que resolveu os 23 problemas de Hilbert. Inteligência não é ser dissimulado e enganador, fazendo com que todos pensem que foi ele que reslveu todos os problemas do Brasil, coisa que os brasileiros que conhecem um pouco de economia sabem que ele não fez nada. O que ele fez foi gastar um fortuna bilionária com comunicação para enganar todos os brasileiros enquanto o Brasil está se desestruturando pouco a pouco. Outra coisa, ensina a Dilma que a palavra “Presidenta” não existe, como também não existe “estudanta”, “comadanta” e etc. Já basta ter ficado 8 anos escutando os discursos do Lula.

  416. JuninhoCelular

    -

    02/11/2010 às 17:49

    O estudo tem valor.. Isso eu sei, o Brasil sabe e até o Lula sabe, tanto que investe nisso. Pena que FHC tem estudo, sabia disso e não investiu nisso tanto quanto esse governo pobre e “semi-analfabeto”.. Todos são inteligentes e essa inteligência os mantém no poder. Mas mais inteligente é aquele que além do seu bolso olha pequenos detalhes (sim, esses pequenos detalhes que o povo nota, que são irrizórios, mas que fizeram diferença) e investe nisso. A “elite” só sabe ganhar prá si própria (nunca esteve na pobreza e nem entende disso) e o Lula trabalhador lembrou da sua pobreza no poder e fez por isso. Quem se destaca mais? Quem o povo vê? Quem é esperto, inteligente?

  417. Emilio Rezende

    -

    02/11/2010 às 14:48

    Caro Ricardo, concordo plenamente com o seu artigo e o intuito dele, que é mostrar que o estudo tem valor e se voce tem a chance, tem que ir atrás de obtê-lo. Não concordo com a afirmação da dona Maria A Silva 01/11/2010 às 20:17, nos comentários abaixo que o Lulla deu duro na vida e não teve tempo de estudar. Pelo que sei e não precisei assistir aquele filminho de quinta categoria para saber, ele ficou muito tempo sendo sustentado pelo partido e poderia nesse período ter estudado como fez o Sr. Vicentinho, que é de mesma laia dele. Se ele chegou lá foi por motivo de mais espertos que ele terem visto que ele não parecia um nobre, mas sim tinha a cara da maioria da população desta terra. Esses sim foram inteligentes para conseguirem o fim maior que eles tanto esperavam, a permanencia no poder.

  418. Marcus

    -

    02/11/2010 às 14:41

    E mais, o senhor doutor sociólogo que criou o plano real, enfim, ja que adoram falar isso, sucateou todas as universidades federais. Eu me formei na UFRJ, em engenharia mecânica, em 2000, e lembro do caos que estava a universidade, sem verba p/ manutenção entre outros. Hj volto lá, e vejo uma universidade muito melhor do que aquela que eu estudei. O governo anterior ñ criou uma universidade, é uma vergonha p/ o doutor ñ ter deixado um legado de sua gestão na área da educação.

  419. Marcus

    -

    02/11/2010 às 14:22

    Eu só gostaria de saber pq a Veja defende tanto o serra? Os escândalos no governo de São Paulo, passam em branco. Será que o Paulo Preto ñ existe? Foi uma invenção? E a quebra de sigilo que pode ter partido de dentro do próprio PSDB? Eu voto no PT, ñ por ser ptista, mas por acreditar mais no PT, que no PSDB. O PSDB é um partido nebuloso, todos os escândalos foram escondidos, ñ se investigou nada. Até a CPI das privatizações foi impedida por eles. Pq? Eles devem alguma coisa? E desculpe se vc ñ faz parte da prostituição que se tornou o jornalismo, mas ñ se pode negar que existe. Desculpe se apelei em alguns momentos. Mas é aquilo, em uma campanha em que um candidato beijou a imagem de uma santa, acredito que ñ tenha nada tão apelativo quanto. Passar bem, e parabéns por ñ censurar posições contrárias.

  420. JuninhoCelular

    -

    02/11/2010 às 14:00

    Concordo com o Andre e o Felipe.. acho esse assunto medíocre e repetitivos..e o engraçado é que a equipe VEJA concentra atenção em demasia nesses assuntos.. depreciativos, diga-se de passagem.. como todos os sapiens ele acerta e erra, e como Presidente do Brasil acertou e muito. Só Não enxerga quem não quer ver. A “elite” perdeu sim.. mas antes ela que outros carentes que realmente deixariam de existir se não fosse olhado por eles.

  421. betina

    -

    02/11/2010 às 13:13

    De acordo com dados informados na Globonews no início da noite do dia 31-10, os eleitores estão divididos de acordo com a escolaridade da seguinte forma:
    - Analfabetos 6,9%
    - Primeiro grau incompleto 33,9%
    - Segundo grau incompleto 24,1%
    - Segundo grau completo 21,3%
    - Terceiro grau completo 3,8%

    O que esperar de um pais onde existem mais analfabetos que pessoas formadas. Não é preconceito contra os menos letrados, más certamente eles são mais facilmente manipulados.
    Não quero adimitir que o povo tem o governo que merece pois eu e mais de 43 milhões de brasileiros não queremos nem merecemos isso que está aí. Para finalizar, não me conformo com A ABORDAGEM DADA PELO PRESIDENTE que deixou claro até para os mais ignorantes que para ser um Presidente voçe não precisa ter curso superior. Espero sinceramente que ele seja o primeiro e ultimo nesta condição. Que Deus ilumine a nova Presidente pois todos nós, os que votaram e os que não votaram nela, torcemos para que faça um governo para os Brasileiros não para os Petistas.

  422. Iágrici

    -

    02/11/2010 às 12:56

    Acho que se alguém não gostou do texto, tem que ter o entendimento que assim como vocês tem a opinião do não gostar, o Ricardo tb tem a opinião dele. Vivemos numa democracia e com liberdade de imprensa…
    Se ele não pode expor os seus pensamentos e opiniões, seria coerente que tb não viessemos aqui xingá-lo do que quer que seja…

    Na minha visão como educadora, concordo com seu texto Ricardo e apesar de achar que o Lula fez um bom governo, sei que nesse aspecto ele deixou a desejar…pois se ele não precisou estudar, se aperfeiçoar para chegar a presidência, qualquer um pode fazer o mesmo…então, pra que as escolas e universidades?
    É um texto para reflexão e não eleitoreiro…pena que as pessoas não gostem de pensar e achem que pq alguns números baixaram ou aumentaram, o país está uma maravilha…

    Obrigada por esse momento de reflexão…

  423. @BostiaMundis

    -

    02/11/2010 às 12:35

    Não só me envergonho como me causa indignação. Bom, o meu maior sonho sempre foi ser agente da PF, pois sei que tenho vocação e já tive treinamento, além de estudar com afinco sobre metódos de investigação e segurança. No entanto se é exigido que tenhamos diploma de nível superior para tal aspiração e de acordo com o raciocínio Lulês não é necessário, então existem ai dois pesos e duas medidas: Para ser um agente da PF é necessário nível superior – e o que me impediu de cursar uma universidade foi a falta de condições financeiras – e para Presidir um país basta ser inteligente, demagogo, inescrupuloso, faccionário, maquiavélico, difamador, tirano, déspota e caluniador.

  424. Zuleica

    -

    02/11/2010 às 9:52

    Me envergonho sim de ter um presidente semi-analfabeto e o que realmente é preocupante é a influência que a dobradinha “sucesso e ignorância” pode provocar em muitos jovens.

  425. Biriba

    -

    02/11/2010 às 7:53

    Caro Ilmo. Jornalista, Ricardo, lembro que em Programa Humiristico do Passado “Salvo engano do Velho Chico dizia “a inginorância astravanca o progrecio do brasil”, encontro neste entre “_” o que mais aconteceu neste Governo, os Recursos destinados à EDUCAÇÃO, foram os que mais sofreram Desvios, citando o Fundebe como exemplo, dai então concordar em genero e número, sobre seu Comentário, assim leitor assiduo da Veja e Outros Meios de Comunicação Importantissimos, para a elevação de nosso nível cultural, nos deparamos também com a liberdade de Expreção,Comunicação Cerciada parcialmente, e projetos a serem aprovados para o Futuro, principalmente, dentro dos atuais governos, e de cima para baixo (políticos desta “chamada nova Ala”, e que se preocupa apenas em conseguir emprego atraves do voto, devido a sua desqualificação Educacional e Profissional, aqui vai meus Parabens pela Materia, aqui vai meu abraço, e juntos Você e o Reinaldo, triplica ainda mais, minha vontade de Leitura não só nesta área, mas sobre: Saúde, Esportes, Lazer, Ciência e Tecnologia muitos outros, neu abraço e agradecimento pelo espaço concedido, obrigado.

  426. Felipe

    -

    02/11/2010 às 3:13

    Eu me preocupo com esse tipo de notícia veiculada na imprensa, ainda mais no site de VEJA, outrora um grande canal de comunicação do nosso Brasil.

    É extremamente mentirosa essa afirmação. Todos nós sabemos que o presidente não é semi-analfabeto. Ele, vindo das classes trabalhadoras, não teve oportunidade de estudar, de cursar uma faculdade.
    E, quando se tornou um líder político dessa grandeza, isso já não era mais necessário. Mas, com certeza, seria impossível a um homem governar um país tão grande quanto ao Brasil nessa condição (semi-analfavetismo).

    Quanto a não gostar de ler ou ter livros de cabeceira, isso é uma questão de gosto. Sendo universitário, conheço dezenas de colegas que não tem esse gosto, e nem por isso são chamados de analfabetos funcionais.

    É por essas e outras que a mídia tucana, na qual VEJA se inclui, é chamada de UDENISTA.

    Por que você está tão indignado, Felipe?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, especialmente os pobres.

    Saudações.

  427. maria monteiro

    -

    02/11/2010 às 1:08

    Eu sou mais um dos que se envergonham do fato de o presidente da República sair por aí dizendo que estudar não é uma necessidade. Educação é fundamental, essencial, primordial. Se educação formal, escolar, não fosse importante, não haveria obrigatoriedade constitucional de o Estado fornecer ensino a todos os jovens até os 14 anos de idade, havendo hoje inclusive proposta que sugere ampliar a idade para dos 4 aos 17 anos. Também me envergonho de ele dizer que “ler dá azia”. Lesse mais e saberia que a argumentação que desenvolveu em sua defesa, transcrita acima, não passa de sofisma.
    Mas o que me chama a atenção, e por isso me estendo, é o que vi ser usado como “argumento” em muitos comentários aqui, num reflexo do que ocorre de forma mais ampla na sociedade, que é o apelar para um discurso que se vende como engajado e politicamente correto, porque seria defensor, mas que na prática vitimiza uma das partes e intimida, pela vergonha que poderia provocar, a outra: ao menor sinal de crítica, lá vem o adjetivo — preconceituoso.
    Criticou o Lula, é preconceito contra pobre, nordestino e metalúrgico (só não dizem como, se há tanto preconceito assim, ele se elegeu duas vezes presidente e teve outras expressivas votações). Criticou a Dilma, é preconceito contra mulher. Mas já se havia eleito Erundina e Marta em SP, Rita Camata no ES, Sandra Cavalcanti, Rosinha Mateus e Benedita no Rio, Yeda Crusius, no RS, Ana Júlia no Pará, Roseana Sarney no MA e por aí vai. Criticou o Netinho, é preconceito porque ele é negro e pagodeiro. Tanto preconceito e ele recebeu mais de 7 milhões de votos, perdendo por muito pouco para uma mulher, loura e “das zelite”, diga-se de passagem, basta ver sua declaração de bens.
    E isso se espraia feito praga. Chegamos a um ponto em que até nossa literatura, história, cantigas de roda e infantis são preconceituosas, dizem eles, deformam e traumatizam, como se argumenta agora com “Caçadas de Pedrinho”.
    Talvez, se tivéssemos um presidente que valorizasse a escola, o estudo, a leitura e a cultura, houvesse cidadãos menos preocupados em classificar e mais capacitados para compreender, e compreender corretamente, inclusive o texto que dá ensejo a este comentário.

    Puxa, eu não argumentaria melhor contra acusações levianas de “preconceito”, cara Maria.

    Obrigado pela visita e o comentário. Um abração.

  428. André

    -

    02/11/2010 às 1:00

    Vejo desta forma: caso você não salientasse este assunto, acho que as pessoas não dariam a mínima para isto. O povo brasileiro quer estudar, quer se desenvolver, quer melhorar de vida. Todo mundo sabe que o presidente Lula teve uma vida difícil e como todo bom pai de família precisava levar o à pão mesa.
    Se tu tivesses ficado quieto, ninguém daria a mínima. Mas tu não gostas do cidadão Lula, então se aproveita da figura de presidente, para ficar sacudindo um monte de poeira para ver se o vento espalha e todo mundo diga “ele tem razão!”

    Me apresente uma, só uma pessoa que tenha deixado de estudar por causa do presidente! Faça um favor a si mesmo e deixe as pessoas pensarem por si ou pelo menos colabore de forma CONSTRUTIVA.

  429. André

    -

    02/11/2010 às 0:46

    respeito a opinião de cada um, porém, na condição de cidadão brasileiro, vejo com decepção o fato de ficarem procurando cada vírgula fora do lugar que Lula fala a bem de tentar diminuir a figura dele.
    Admitam que na “ignorância”, no “analfabetismo” que vocês insistem em atribuir a ele, mesmo assim ele colocou foi mais perspicaz na condução da economia e tirou o Brasil do buraco superando a sapiência de um doutor mostrando como é que se faz. Admitam que o Brasil melhorou, O MUNDO INTEIRO SABE VER ISTO, só os imbecis, arrogantes que acham que tudo sabem, (só eles é que sabem) aqui no Brasil, não sabem reconhecer por que, ou não gostam de Lula por puro preconceito, ou não gostam do PT. Acho mesmo é que ELES NÃO GOSTAM DE SER BRASILEIROS. Vocês queriam mesmo fazer a política internacional que Serra propunha? “SUBORDINADA” AOS PAÍSES RICOS. VOLTARMOS A SER COLÔNIA, SÓ QUE DOS ESTADOS UNIDOS DESTA VEZ.
    ARROGANTES DESCEREBRADOS.

  430. Emily Reis

    -

    02/11/2010 às 0:22

    Para ser servente público de qualquer nível é necessário ter o 2º grau. Portanto…
    Não, não sou preconceituosa. O que me incomoda é a apologia a ignorância.
    Sim, Lula é arrogante e irresponsável quando fala com desdém sobre a formação escolar e com orgulho por ter chegado onde chegou sendo semi-analfabeto. Ele poderia enfatizar este grande feito (sim é motivo de orgulho ser o presidente da república), mas que utilizasse seu exemplo de forma mais educativa para os nossos jovens.
    Um país sem educação não tem futuro. Simples assim.

  431. Tatiane

    -

    02/11/2010 às 0:18

    Obrigada, obrigada e obrigada Ricardo por essa reportagem. Você disse tudo o que eu sempre pensei e desejei falar e mais um pouco. Fico pasma como as pessoas insistem em não ver o que está aí na nossa cara. Você inclusive usou o exemplo que sempre costumo dar quando se fala de uma pessoa que foi alfabetizada e concluiu os estudos depois de adulto: o Vicentinho. Sendo assim, chego também a mesma conclusão que você: que o presidente Lula não estudou porque não quis e gaba-se disso. O que no meu ver é uma vergonha. E mais, acho que precisamos com urgência de uma reforma nas nossas regras eleitorais pois eleger palhaço (que confessou que a esposa redigiu para ele a declaração que o mesmo sabe ler e escrever), cantor, jogador de futebol é o fim da picada. Aos candidatos deveria ser obrigatório ter nível superior completo. Pois para conseguirmos um bom emprego precisamos ultimamente da graduação e, até muitas vezes de uma pós. Então para nos representar não pode ser diferente. Exigente e preconceituosa eu? Não, apenas uma questão de justiça. Meus pais falam que a única herança que se pode deixar para os filhos sem o risco da mesma ser tomada é a EDUCAÇÃO. Será que eles estão errados?

    Cara Tatiane, seus pais estão certíssimos, como estavam os meus, e meus avós.

    Desculpe a demora em mediar seu comentário, que agradeço.

    Um grande abraço

  432. Papai Sabetudo

    -

    01/11/2010 às 22:19

    Geralmente, eu nunca me dou ao trabalho de ler os comentários porque entendo que minha interação se deve dar somente com o blogueiro, mas, por se tratar do primeiro, li o da lavra da Maria A Silva, o qual achei muito ponderado, que é como os argumentos deveriam ser apresentados.
    Tomando uma linha de defesa nos moldes do próprio lustrado blogueiro, não creio ter testemunhado em algum momento dos seus dois mandatos algum pronunciamento demonstrando o seu desprezo pela educação. Ao contrário…
    Ele optou pelo sindicalismo e a política, de um modo geral, e isso preencheu todo o seu tempo. Como arranjar tempo para frequentar uma escola? E que valor isso lhe traria para o seu projeto de vida?

  433. Papai Sabetudo

    -

    01/11/2010 às 22:10

    Parodiando o Estanislau Ponte Preta, “Escreveu, não leu, é semianalfabeto!” É este o caso do homem?

  434. Erismar da Vitória

    -

    01/11/2010 às 22:02

    Os eleitores de LULLA se identificam com ele, com o seu nível cultural, com a sua maneira de mentir, com os exemplos que ele dá. Se você chama o LULLA de analfabeto, logo um analfabeto perto de você vai dar o grito. Ele sabia que is empatizar com tudo quanto é ignorante deste país, e que seria admirado pelos cultos por usar esta estratégia demagógica. Se quizer umilhar alguém é dizer que ele tem tanta cultura quanto o LULLA.

  435. Elza Edely Beltran

    -

    01/11/2010 às 21:45

    Alexandre casalicchio, vc nao deve achar que precisa estudar mesmo, basta ver seu português. So um petralha acha bonito o presidente fazer apologia da falta de educaçao formal. Vcs se merecem!!!

  436. edilson roberto monteiro

    -

    01/11/2010 às 21:26

    sou apolitico e gosto da globo mas vcs. estão passando das medidas. Criem vergonha e parem imediatamente de ficar xingando uma pessoa publica como o presidente deste pais, seja ele quem for, se ele esta lá, é porque assim Deus o permitiu.se vão contra ele. estão indo contra a vontade de Deus. o que ele fizer de errado Deus se encarregara da Justiça.

  437. edilson roberto monteiro

    -

    01/11/2010 às 21:21

    quanto ranso politico essa gente da globo tem. Meu DEUS do Céu. Saber perder é tambem virtude minha gente. Quer Falar mal de alguem, fala de vc. mesmo.

  438. Maria A Silva

    -

    01/11/2010 às 20:43

    Não Ricardo, eu não estou dizendo que você é preconceituoso. Eu disse que nós brasileiros o somos. Mas devo dizer que a chamada do seu texto é extemamente dura. Você chama o presidente de semi-analfabeto e você melhor do que ninguém sabe que ele não é um semi-analfabeto.

  439. Maria A Silva

    -

    01/11/2010 às 20:17

    Como inteligente que é – penso que o presidente Lula deve estar apenas se defendendo – porque, o que ele foi agredido e discriminado pelo fato de não ter cursado uma universidade não foi brincadeira. Talvez ele esteja apenas querendo dizer que a universidade não lhe fez falta para alcançar o que ele desejava – e pelo visto não fez mesmo. Conheço um sem número de doutores que estão em empreguinhos bem mediocres e conheço inúmeras pessoas que a despeito de não terem um curso superior se deram muito bem! Não devemos entender que isso seja um chamamento às pessoas para que não estudem. Eu tenho verdadeiro fascínio pelo estudo e pelo conhecimento, mas nunca discrimei nosso presidente por essa razão. E tenho lembrança de em muitos discursos o presidente enaltecer o valor do estudo. Somos muito preconceituosos, inclusive nesse aspecto, afinal somos o país dos doutores né. Aqui por muito tempo se acreditou que bastava ter um diploma e já estaríamos com a vida ganha. Gostamos das coisas fáceis né (e com certeza a vida do presidente não foi fácil). Por aqui, basta o cidadão sair da faculdade e logo já estamos a chama-lo de doutor, não é mesmo?

    Oi, Maria.

    Obrigado pelo comentário civilizado e ponderado.

    Eu não critiquei o fato de o presidente não ter diploma. Em nenhum dos centenas, talvez milhares de textos que escrevi sobre Lula, nunca fiz isso.

    Estou, porém, recebendo pesadas críticas como sendo “preconceituoso”?

    Preconceituoso, cara Maria, por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, especialmente os pobres.

    Um abração e volte sempre, tá?

  440. rita dias

    -

    01/11/2010 às 18:52

    Gosto de referir-me ao conhecimento acumulado de uma pessoa com o termo: REPERTÓRIO.Este pode constituir-se de conhecimento científico, místico, etc., e para ter valor, precisa vir acompanhado do caráter inerente ao conhecimento adiquirido: a aplicação prática. Lato sensu e stricto sensu. O presidente aos olhos de seus eleitores é Lato sensu. A Presidência aos olhos de Lula é stricto.

  441. Diogo Novaes

    -

    01/11/2010 às 18:26

    É isso mesmo Ricardo. A única coisa que não concordo é vc dizer q ele é inteligente. Acho q foram inteligentes os q viram nele “um brasileirinho igual a voce…” como ele dizia antes nas várias vezes q tentaram colocar ele lá. Sempre detestei ele se orgulhar em não ter estudado. Eu jamais votaria num imbecil igual a esse.

  442. Abor Ahrbur

    -

    01/11/2010 às 18:00

    Eu nao considero ele inteligente. Ele eh malandro isso sim. Vagabundo ao extremo, pinguco, e achar um idiota destes inteligente eh pedir demais. Talvez comparado com os imbecis q colocaram ele lah, q para mim sao todos piores q ele e mais burros ainda. Ele eh um verdadeiro vagabundo, isso sim, usa da histeria para dominar a multidao. Alguem falou p/ ele usar isso, pq foi provado q tem efeito. Varios exemplos tem aih. Os pastores de igrejas, os ratinhos da vida, Hitler, o porco do fidel com aquela barba q ele nao tem e insiste… QQ um q usa esses expediente q essa topeira usou controla a multidao. E o pessoal pensou,ele tem a cara do brasil. pobre desdentado, mediocre, cabeca chata, subnutrido e pinguco. esse mesmo q o povao vai se identificar. Me admira vc achar uma aberracao destas inteligente… Essa eh boa!!!!

    Ô, Abor, quanto preconceito em relação a parcelas do povo brasileiro! inteligente.

  443. Henrique

    -

    01/11/2010 às 17:47

    Ricardo Setti,
    Sou aluno de uma escola de ensino médio integrado ao curso técnico da rede federal. Primeiramente, parabenizo a Veja por empregar ótimos redatores como você, os textos da Veja apresentam uma linguagem estruturada e objetiva.
    Com relação a matéria, concordo, realmente nosso presidente deveria ter estudo durante os anos que antecederam seu mandato presidencial e até mesmo após, hoje é imprescindível para cidadão capacitar-se para compreender o mundo e consequentemente se tornar um bom profissional.
    Entretanto nosso presidente Lula não é um semi-analfabeto como diz sua matéria, que apresenta argumentos vagos e imprecisos. Lula possui uma capacidade de oratória desejável a qualquer aluno, seja ele do primário ou de nível universitário.Também convivo com universitários e professores bem graduados e apesar da alta escolaridade eles possuem uma grande dificuldade em se expressar.
    Lula, prende a atenção de qualquer pessoa durante seus discursos, interage com a platéia, se mostra dentro do tema proposto e escolhe cada palavra que irá dizer com cuidado, algo que os três principais presidenciáveis de 2010 deixaram a desejar. Você não acha que se ele fosse semi-analfabeto ele conseguiria isso fazer isso?
    Portanto, discordo do termo semi-analfabeto atribuído ao presidente Lula
    Abraços!

    Obrigado por sua discordância respeitosa, caro Henrique. Não há dúvida de que o presidente é um homem muito inteligente — como escrevi no post, eu próprio o conheço há anos, e ele tem um raciocínio rápido, capacidade de apreensão notável etc. E também é um orador arrebatador, principalmente para públicos que já querem ouvir o que ele vai dizer.

    O ponto de meu post é a questão do mau exemplo que ele dá quando passa a impressão, e isso é constante, de que se orgulha por não ter estudado. Este foi meu ponto.

    Um abração e volte sempre.

  444. alexandre casalicchio

    -

    01/11/2010 às 17:46

    Hoje tais comentarios se tornam ao meu ver uma dor de cotovelo que nao vale nem a pena comentar,comessem a bolar aonde vao atacar a Dilma pois apesar desta oposiçao o Lula apos dois mandatos ainda fez barba , cabelo e bigode,e ainda por cima sai do governo com 83% de aprovaçao morram de odio!!!

  445. Mário Figueiredo

    -

    01/11/2010 às 17:27

    Com certeza não é só preconceito! Deve ter muito mais que isso!

    Preconceito por quê, caro Mário?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, especialmente os pobres.

    Saudações.

  446. Marcelo Jr.

    -

    01/11/2010 às 17:25

    **
    Os méritos não justificam à ignorância, à arrongância e à soberba, que, aliás, acabam
    por ofuscar o brilho de sua ‘glória’. Claro que, talvez, os estudos não fizessem nenhuma
    diferença ao Lula na presidência, mas com certeza lhes fará falta – mesmo que jamais
    assumirá isso – quando voltar à condição de cidadão comum. E no mais, seria brilhante sim,
    se o nosso presidente desse ao povo brasileiro – também ao mundo – esse grandioso
    exemplo de dedicação à educação e uma formação acadêmica e cultural..! Seria mais uma
    ‘estrela’ para seu tão ambicioso orgulho, e porque não, do Brasil!
    Triste é ter de afirmar o contrário. Pior, além de não ter se dedicado a tal, ainda vangloria-se
    de tal condição fazendo apologia à ignorância, ou seja, passa a mensagem: “Façam como eu!”
    Por outro lado o que desmerece Lula não é a sua condição de semianalfabeto, mas sim,
    sua tendência forte de mentir sobre os fatos sem o menor peso à consciência, por apropriar-se
    de feitos dos outros – que na ocasião teria sido radicalmente contra – e por se dirigir aos adversários
    como se fossem inimigos mortais a serem eliminados.
    **

  447. Marcia Fernandes

    -

    01/11/2010 às 17:12

    Eu tampouco,por isso é que imigrei e graças a Deus minha filha nao vai ser criada em um país que elege presidente analfabeto,arrogante e candidata ex assaltante e que só nao escutou um “cala boca Magda”porque o presidente se chama Lula e nao Caco Antibes.Vergonha de ter um presidente analfabeto e que além de nao valorizar ainda desprecia quem tenha educaçao e cultura.Brilhante artigo Ricardo,apesar dessa gentalha que governa o país dá um orgulho tremendo de ser brasileira como o Voce!Obrigada por escrever tudo aquilo que por anos tive entalado na garganta!!

    Cara Marcia,
    Obrigado pela visita e pelo comentário.
    Volte sempre!
    Abraços do
    SETTI

  448. Marcelo Jr.

    -

    01/11/2010 às 16:46

    **
    Isto mesmo Setti.
    É preciso deixar claro que os méritos não justificam os atos falhos, que os acertos não justificam os erros
    e à arrogância. Seria sim bem melhor para o próprio Lula se fosse ao menos mais ‘justo’ consigo mesmo.
    Poderia terminar o mandato muito maior do que está sendo, que foi, claro, conquistado por sua inteligência
    e capacidade reconhecida sim por todos. O que não justifica sua arrogância e intransigência, desrespeitando
    as instituições e o cargo para conseguir na base do discurso agressivo o que quer. É preciso lembrar também,
    que uma grande personalidade ou pessoa que seja, terá sido ‘completa’ se também tiver aprendido a lidar com
    as críticas, que por si só, não caracteriza um mau, o que não é o caso de Lula. Ninguém é dono da verdade,
    ninguém substitui ninguém em um governo, especialmente em uma democracia. O processo é feito através de
    sucessões para o equilibrio do sistema democrático. Se alguém pleiteia para si o título de ‘único que sabe fazer’
    e que ‘nunca na história deste país houve alguém capaz’ – o que é tamanha mentira e contradição, senão ele não
    estaria lá – então porque há eleições, se já ‘sabemos’ quem vai ‘comandar’? Isto é ditadura disfarçada
    de democracia!
    **

  449. Alexandre Ramos

    -

    01/11/2010 às 15:55

    Setti, eu me orgulho e me orgulharei muito ainda do Brasil ter tido um presidente como o Lula, sem diploma mas com muita vontade e competência política para melhorar a vida dos brasileiros. Eu me envergonho é dessa elite, preconceituosa, que tem curso superior mas não aprendeu muita coisa nos bancos escolares. Ou pelo menos não aprendeu nada que possa fazer o Brasil melhor para todos os brasileiros. Você aprendeu, Setti, mas esqueceu muita coisa e agora vai escrevendo o que alegra as consciências embotadas no conservadorismo. É só você dar um passeio no seu próprio Blog e verificar o nível da argumentação (“brilhantíssima”) daqueles que concordaram com o seu desabafo preconceituoso. Mas todos nós sabemos que é esse público que sustenta essa revista. Então, continue embalando ou entretendo seu público alvo. Abraços.

    Respondo com minha resposta-padrão a afirmações como as ausas, caro Alexandre.

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, especialmente os pobres.

    Saudações.

  450. Cleber

    -

    01/11/2010 às 13:23

    Prezado Setti,
    Não vou me estender sobre esse tema, mas acho muito engraçado eu postar algo e vc sempre dar um control C, control V. Te sugeri que PROVASSE as questões polêmicas do governo Lula que realmente mexem com a vida da população, tipo mostra que a DIVÍDA COM O FMI (eu falei FMI, F-M-I) não está quitada, ou seja que não se pagou. Não estou falando de dívida externa, estou falando especificamente a com o FMI. Não quero te usar como um “google”, na qual se pode buscar respostas. Mas gostaria mnt que vc entendesse que alguns de seus leitores possuem massa encefálica (diferente do Lula, como vc msm se envegonha) capaz de discutir temas de sociedades desenvolvidas, e não FOFOQUINHA que desviam de assuntos primordiais. Sei que seu contrato com a Veja te OBRIGA a falar mal do GOVERNO (caso vc se recuse pode ser expurgado DEMOCRATICAMENTE, vide sua colega de profissão MARIA RITA KEHL) mas tenho certeza que vc é inteligente e não chegou a fazer faculdade só porque papai-mamãe possibilitaram (olhe a diferença de Lula! Ele não teve papa-mamãe para ser dotô em sumpaulo). Sei que vc seria capaz de usar sua linguagem sublimar e nos passar a verdadeira VERDADE sem que seus patrões soubessem. Isso Setti, é o que um leitor francês, canadense e sueco queriam ler, um FATO CONCRETO PROVADO por qualquer UM que se atreva a pesquisar e que MEXA NA VIDA DA POPULAÇÃO! Nos traz isso, já que vc não é capaz de mexer na base da educação (vc não foi eleito para nada e não tem cargos públicos) trabalha com sua inteligência e nos alimente de coisas ELEVADAS. Nos faz realmente sentir VERGONHA DE LULA e ORGULHO de LER SUA COLUNA, nos faz sentir por seu patrões algo que ontem o BRASIL COMPROVOU SENTIR POR LULA: C-O-N-F-I-A-N-Ç-A!!!
    Não leve no pessoal, lembre que vc falou de Lula, então seus leitores são capazes de falar sobre Lula e sobre vc tbm. Vamos nos orientar por questões saudáveis, com temas elevados e não fofoca, picuinha, inveja e baixarias. Mais uma coisa, vc escreve sobre Lula e se recusa a dizer que tem seu desprezo por ele é oriundo da inveja e preconceito. Mas quando lê o meu post vc vem afirmar que eu tenho raiva de vc, ou seja, me esclareça por favor, falar de forma clara e enfática sobre determinados temas levantados por vc seria nutrir ódio caso as palavras não saiam do seu teclado ?!
    Sinceramente, grande abraço e boa comemoração… ou lamentação pela VITÓRIA de LULA-DILMA.
    Acredito que de Dilma vc não teria do que se envergonhar (branca, católica, heterossexual, sem deficências físicas, classe alta, sulina, ascendência européia, letrada, ocupante de cargos gerenciais) ou teria???

    Meu Deus do céu, como você me julga mal, não Cleber? Acho que nem adianta argumentar nada. Se você continuar ou continuasse lendo o blog, veria que não é como você diz. Mas naturalmente você é livre para ter de mim a opinião que quiser. E você achar que meu contrato com VEJA me obriga a falar bem ou mal de alguém é um delírio absoluto, além de ser, naturalmente, ofensivo a mim.

  451. Feliciana

    -

    01/11/2010 às 8:58

    Tenho recebido postagens deste blog. Estava esperando passsar as eleições para bloquer este contato. Vou fazê-lo agora. Não sei como um colunista tão preconceituoso conseguiu meu endereço eletrônico. Normalmente não me relaciono com contatos tão “amargos” como este. Não gasto meu tempo lendo VEJA. A mim estas postagens não convencem, espero que não influenciem as pessoas que acessam a internet para se informar. Haja Saco para aguentar este azedume todo dia, me erra…

    Cara Feliciana, não sei o que pode estar ocorrendo. Não envio posts para você e para ninguém. Não faria isso, invadir a privacidade dos outros.

    Quanto a colunista preconceituoso, coisa que não sou de forma alguma, peço que reflita sobre o seguinte:

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, especialmente os pobres.

    Também achei estranho você falar em azedume. Sou uma pessoa bem humorada, de bem com a vida. Críticas a gente faz, é obrigação de jornalista. Mas o blog tem muitas outras coisas, pode conferir nas demais seções.

    Saudações.

  452. Cleber

    -

    01/11/2010 às 4:44

    Prezado Setti,
    Vc sempre fala em defesa de educação, escola, blá, blá, blá… seria muito mais honesto que vc explicitasse o real que se apresenta em seus textos nas entrelinhas: vc não aceita LULA como o presidente mais reconhecido dentro e fora do Brasil pela competência pessoal.
    Hoje vc e sua turma da Veja levaram um tapa na cara pois o povo brasileiro (que é tão burro para vcs) elegeram uma MULHER por causa de Lula.
    Bem, Dilma é letrada… se sua indignação por Lula é o fato do mesmo ser analfabeto, quero saber qual será sua desculpa para com a Dilma, pois ela não concluiu a pós mas iniciou a mesma na UNICAMP, e pior, Dilma é oriunda da mesma classe social sua, ela tbm vem de classe A. Agora com sua luta pela educação no Brasil, com seus textos (que somente são lidos pois estão inclusos no maior portal de mídia eletrônica do país, ressalte-se que a abrangência da Veja-UOL permite que se tenha uma alta quantidade de leitores, não importando a qualidade do texto postado) gostaria como seu leitor, de saber sobre o quê vc pretende falar da Dilma.
    Se seu desapontamento com Lula era pelo fato da falta de instrução acadêmica, com Dilma seu desapontamento será sobre o quê?
    Não me venha dizer que seja sobre corrupção, pois o seu presidente poliglota armou uma teia de corrupção pra se reeleger e privatizar empresas. O candidato derrotado Serra tem uma filha que quebrou sigilo de milhões de brasileiros, mas é certo que como eles são letrados vc não sinta desprezo por eles, nem sobre tds as ações que os mesmos fazem.
    Ricardo te aconselho que o grande bem que vc poderia fazer ao país seria PROVAR os fatos do governo Lula. Repare que vc poderia iniciar provando por A + B que o pagamento da dívida do FMI é uma farsa da propaganda do Lula. Por quê vc não utiliza sua coluna e nos prova isso?? Ao invés de ficar nesse lenga-lenga de falar mal do Lula, traz provas concretas sobre esse temas polêmicos para provar para pessoas que acreditam no pagamento da dívida que elas estão enganadas. Mas use a honestidade e traga provas CONCRETAS, não FORJADAS!! Use de seu IBOPE e nos faz esse benefício, PROVE que muitas coisas do governo Lula (fatos que interferem na Nação) são FALSOS. Ao invés de ficar nessa discussão vazia sobre um fato rebatido (td mundo sabe que lula não tem bom nível escolar, o próprio nunca mentiu sobre isso e nem pode!), seja útil para a nação e se preocupe em esclarecer questões “polêmicas” com um mínimo de IMPARCIALIDADE (se não for pedir muito), com certeza, tds s brasileiro sejam não letrados como o Lula, ou os letradinhos como eu e vc (que somos universitários, e no meu caso pós graduado) agradeceremos e muito o seu serviço por transpor a fofoquinha de comadres.
    Grande abraço e espero as PROVAS :)

    Meu caro Cleber,

    Meu post se detinha num ponto específico: o fato de o presidente dar a impressão, ou deixar que permaneça a impressão — que é tão importante quanto — de que desvaloriza quem tem formação e, por outro lado, se orgulha de não haver estudado.

    Eu poderia ter criticado o presidente por outras razões, comentado realizações de seu governo ou falhas de sua gestão.

    Mas, não. Neste post, meu ponto era este, quis abordar este aspecto específico — o que considero mau exemplo dado pelo presidente. Veja bem, eu não critiquei Lula — nunca o fiz — por não ter diploma. Critico-o, sim, por dar a constante impressão de que não valoriza que estuda.

    Lenga-lenga, como diz você, por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa às pessoas que estudam, especialmente os pobres.

    Quanto a Dilma, como aliás escrevi num post — e já estou sendo apedrejado por gente que me considera petista, alguns com xingamentos pesados –, respeito a presidente eleita, como democrata que sou. Mas vou criticá-la e cobrá-la sempre que achar que é o caso, como venho fazendo com todos os presidentes desde que comecei a escrever artigos de opinião, durante o governo do general João Figueiredo (1979-1985).

    Os abusos do presidente Lula durante a campanha eleitoral foram comentados à exaustão neste blog. Fui criticadíssimo por isso, chamado de tucano, disso e daquilo, até de ser “contra o Brasil”.

    Mas ganhar limpamente eleições é a expressão universalmente aceita para dizer que um candidato ganhou sem fraudes, sem violar a lei, sem irregularidades. A Justiça Eleitoral não impugnou qualquer passo do pleito.

    Se as eleições tivessem sido acompanhadas, digamos, por observadores internacionais neutros, desses que monitoram eleições em países problemáticos, elas teriam sido consideradas limpas.

    As questões morais existem, sim, e serão muito discutidas como vêm sendo, neste blog. Do ponto de vista legal, as eleições foram limpas. Escrevi isso e estou levando crítica de todo lado, para você ver que a vida de colunista não é simples.

    Abraços

    Saudações.

  453. gustavo

    -

    01/11/2010 às 1:43

    Ricardo,
    Como funciona o registro dos comentários? A data e hora representam o exato momento do envio do comentário?

    Questino pois postei um comentário às 23:10 e até o momento ele não foi publicado. Imagino que ele ficaria afixado entre os comentários de Dalmo Nogueira (00:10) e Cil (21:33).

    Caso tenha interesse, a tela foi “printada” por mim e demonstra a data e o horário.

    Caro Gustavo,

    O comentário leva o dia e a hora em que foram enviados.

    Você desculpe o atraso na gestão dos comentários, porque o Augusto Nunes e eu passamos parte do dia no estúdio de TV de VEJA, gravando comentários sobre o andamento das apurações e, também, entrevistando convidados, entre os quais o embaixador Rubens Barbosa, ex-representante do Brasil junto aos governos dos Estados Unidos e do Reino Unido e grande especialista em comércio exterior.

    Vou procurar o seu.

    Abração

  454. Rielda Cecília Lobato

    -

    01/11/2010 às 1:06

    Parabéns,Ricardo.Concordo c/cada palavra desta tua matéria.Vais “apanhar”muito por tua coragem,os petralhas não admitem que o rei tem pés de barro!! Obrigada p/defenderes a Educação. É tragicômico: um sujeito semi-analfabeto pode candidatar-se e se tornar presidente do Brasil,mas p/qualquer vaga de emprego no mesmo Brasil,é preciso no mínimo segundo grau??!!ONDE SE VAI CHEGAR C/TANTA DEMAGOGIA?!! Um abraço.

    Muito obrigado, cara Rielda, do fundo do coração.

    Volte mais vezes, tá?

  455. Dalmo Nogueira

    -

    01/11/2010 às 0:10

    Sr. Ricardo e demais eleitores “arianos”! Nem veja, nem Folha, nem Globo conseguiu bater a popularidade do Lula. Nunca ví tanta mentira e tanta arrogãncia numa campanha presidencial. Viva a Dilma e viva todos os analfabetos que nela votaram. Já imaginaram se o Lula não fosse semi-analfabeto? Cuidado: A Dilma é economista! Que venha agora a lei de controle da mídia para que todos os brasieliros tenham direito a voz nos meios de comunicação. Chega de falsidades, de montagens, de edições para controlar a opinião pública.
    LULA PRESIDENTE 2014!!!!

    Calma, Dalmo. Você me chama de “ariano”. Pois se engana redondamente. Sou filho de mãe judia, com muito orgulho e honra.

    Acho excelente que a presidente Dilma seja economista.

    Quanto ao post que você comenta, por que tanta indignação?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos pobres que estudam.

    Saudações.

  456. Alexandre Ramos

    -

    31/10/2010 às 23:24

    Setti,
    Você que é um cara inteligente e sensível vai entender muito bem a reflexão que trago desta vez.
    Sua análise da postura do Lula não leva em conta que se trata de uma reação a outras posturas, que você acaba engrossando.
    Você tem que entender que existe uma atitude preconceituosa que sempre rondou a trajetória do presidente que acaba de eleger sua sucessora.
    Existe uma elite que não aceita o torneiro mecânico sem instrução que chegou ao poder. Essa postura preconceituosa esteve presente nas eleições que ele perdeu e também depois que foi eleito.
    Por isso, quando ele “joga na cara” que o presidente “torneiro mecânico com pouca instrução” conseguiu o sucesso que outros, cheio de títulos e diplomas, não conseguiram é para mostrar aos preconceituosos que erraram!
    Você interpretou isso como arrogância, mas não é. Eu faço questão de usar esse mesmo argumento com as pessoas que querem desqualificar o Lula por não ter a escolarização do Serra ou do FHC. E discordo totalmente quando você diz que ele deveria ter aproveitado a oportunidade e ter ido buscar a escolarização depois que atingiu determinadas conquistas em sua vida pessoal.
    Setti, com sua análise você reforça uma postura elitista e preconceituosa sim. E vou mais adiante: sua reação demonstra, na verdade, o tanto de preconceito que impediu que você respeitasse o trabalho desse presidente. Você acaba assumindo que se o Lula tivesse estudado (e assimilado a “cultura” dominante), seria visto com melhores olhos, ou não teria tanta “vergonha” de ter um presidente como ele.
    Eu discordo de você, dizendo que o Lula demonstrou que não precisava retornou a escola mesmo não, mas que deseja escola para todos. Isso é o que ficou claro na política educacional que alguns meios de comunicação tentaram desacreditar, minimizar…
    Quem trabalha com educação, como eu, achei ridículo quando vi reportagens querendo apresentar uma situação mentirosa em relação às universidades e escolas técnicas do país. Coisa de quem queria atacar os resultados impressionantes que serviriam para alavancar a campanha da Dilma. Enfim: acho que o Lula não deu exemplo ruim não. Acho que ele fez certo em enfrentar o preconceito com trabalho em favor da educação e não ter se rendido ao argumento que sempre foi usado para desqualificá-lo enquanto político.
    Pensa bem, Setti, e vê se lá no fundo você não era daqueles que não acreditavam que ele, sem escolarização ou educação formal, poderia ter o sucesso que teve…
    Abraços.
    P.S.: Gosto de dialogar contigo, Setti, que permite que discordemos de você. Por isso, me sinto a vontade de vir aqui trocar ideias…

    Caro Alexandre,

    Obrigado por suas referências a este espaço, por se sentir à vontade de vir aqui mesmo que seja para discordar, o que é totalmente do jogo.

    Mas você se engana redondamente ao dizer: “sua reação demonstra, na verdade, o tanto de preconceito que impediu que você respeitasse o trabalho desse presidente. Você acaba assumindo que se o Lula tivesse estudado (e assimilado a “cultura” dominante), seria visto com melhores olhos, ou não teria tanta “vergonha” de ter um presidente como ele.”

    Não é nada disso, caro Alexandre. Minhas críticas ao Lula nada, absolutamente nada tiveram ou têm a ver com sua origem modesta. Não engulo o mensalão, os dólares na cueca, o presidente, inteligentíssimo e bem informado, se fazendo de bobo diante de um escândalo de proporções colossais, a violação do sigilo do caseiro Francenildo, as tramóias do Zé Dirceu, a lassidão moral que, contrariamente ao que sempre imaginei, Lula deixou rolar em seu governo. Isso a meu ver empana as conquistas de sua gestão, que, em grande parte, são meritórias, como a extraordinária distribuição de renda ocorrida.

    Mas há ainda o esvaziamento e a politização das agências reguladoras, retalhadas e entregues a políticos que só pensam em vantagens, a politização da própria Petrobrás e vários outros pontos negativos que eu apontaria.

    E você fala em preconceito. É uma palavra fácil de ser usada, mas ofende muito a quem se lhe aplica.

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres.

    Um abração

  457. Gustavo

    -

    31/10/2010 às 23:10

    Caro Ricardo, boa noite.

    Procurei por mais de uma vez meu comentário e sinceramente só o encontrei agora.
    Meu comentário foi ríspido sim pq acreditei que ele havia sido censurado.
    Sendo assim, devo-lhe desculpas pelo meu equívoco, mas estou longe de ser burro ou preguiçoso como o Sr. entende, mas não falaria pq sua mãe lhe deu educação. O estranho é que o Sr. expressou seu pensamento mesmo assim, o subscrevendo neste site. Falta lógica ou sinceridade em seu jogo de palavras.
    Acredito que todos nós queremos um país com uma melhor qualidade na educação. Isso é fundamental para que o Brasil mude de verdade. Chega de termos alunos SEMIANALFABETOS cursando a 8 série, como ocorre em SP, o estado mais rico da nação.
    Por fim, entendo ser falta inteligência classificar um cidadão que possui curso profissionalizante de torneiro mecânico como semi analfabeto. Isso é um erro de classificação que um Homem com Graduação Universitária não pode cometer.

  458. Cil

    -

    31/10/2010 às 21:33

    Perfeito este seu texto! Tenho um irmão que decidiu que não ia estudar porque não tinha cabeça para isso, mas ao contrário de Vossa Tirania, ele foi trabalhar e o faz até hoje. Cansa essa historia de dizer que nunca estudou… não estudou mesmo porque não quis. Sou filha do fim do período militar, e querendo ou não, foi o melhor momento que a educação pública viveu neste país. Tá vendo, boas coisas podem ser ditas sobre o período militar, da mesma forma boas coisas podem ser ditas sobre Hitler… isso não significa que os fazedores dessas “boas coisas” estejam certos. Agora o mal foi feito, é esperar para ver o que acontece.

  459. alberto santo andre

    -

    31/10/2010 às 20:43

    LENDO UM COMENTARIO DE GUSTAVO DO DIA 31/10/2010 ONDE ELE POR TOTAL FALTA DE CONHECIMENTOAFIRMA QUE O LULA TEM O CURSO TECNICO DO SENAIEM TORNEARIA MECANICA ,E TAO VERDADEIRO COMO NOTA DE TRES REAIS ,VISTO AQUELA EPOCA NA DECADA DE SESSENTA NEM OS CURSOS DIURNOS DO SENAI TINHAM O NIVEL TECNICO,ERAM FEITOS EM MODULOS SEMESTRAIS ,QUE ERAM;TRIGONOMETRIA BASICA ,LEITURA E INTERPRETACAO DE DESENHO,E DEPENDENDO SE FOSSE TORNEIRO FERRAMENTEIRO MAIS UM DE DESENHO E TRES MODULOS PRATICOS SEM NENHUMA FORMACAO TECNICA E NEM DE SGUNDO GRAU,NA EPOCA EU HAVIA CHEGADO DO INTERIOR E ASSIM COMO MEU IRMAO FOMOS FAZER A ESCOLA SENAI ,PORTANTO POSSO AFIRMAR QUE QUEM DISSE QUE OLULA E TECNICO TORNEIRO DISSE UMA MENTIRA DO TAMANHO DA QUE O LULA DISSE, QUANDO DISSE QUE HAVIA PAGO A DIVIDA EXTERNA BRASILEIRA.
    APENAS MAIS UMA OBSERVACAO ATE HOJE NAO EXISTE O CURSO DE TECNICO TORNEIRO ,O QUE EXISTE E O CURSO DE TECNICO MECANICO QUE ENGLOBA A TORNEARIA OU ENTAO OPERADOR DE TORNO CNC.
    POREM E UM DIREITO DA PESSOA SER BURRA E DESINFORMADA..

  460. Francisbo Martins

    -

    31/10/2010 às 19:53

    Agora cabe à sociedade extirpar a mídia mais inescrupulosa do Brasil, que por mais que tenha se empenhado nao conseguiu interromper o verdadeiro processo de transformação social do Brasil. Há muito tempo cancelei a muinha assinatura e somente voltarei a este site daqui a quatro anos quando o verdadeiro Brasil vencer novamente.

    Volte quando quiser, meu caro. Agora, essa linguagem de “extirpar” já foi muito usada, especialmente na Alemanha, entre 1933 e 1945. Acabou mal, muito mal, como sabemos.

    Abraços

  461. Ricardo Goerl

    -

    31/10/2010 às 18:45

    Caro Ricardo
    É o proprio gaúcho, ao vivo e a cores.Quando mostrei tua fotografia para meus filhos,comentaram: “velho igual a ti”.
    Abraços
    Ricardo

    Ahahahaha, caro Ricardo. Mas somos jovens de espírito!

    Vou lhe enviar um email.

    Abração, e apareça sempre.

  462. Neilton

    -

    31/10/2010 às 18:36

    Quero agradecer a todos da VEJA por todo o acompanhamento e todo o noticiário, nos dando todas as informações sobre as eleições.
    Fico feliz de termos acesso de forma tão rápida e clara da opinião das pessoas, tenho ogulho de viver no país onde há a maior democracia do mundo, não há bombas, ninguém atira em presidente, não há bombas em aeroportos, não há matança nas ruas, só eleitores e eleitos. Parabéns ao povo brasileiro pela corajem de elegerem a primeira mulher presidente do Brasil.

  463. geraldo olivaeira da silva

    -

    31/10/2010 às 16:47

    Caro Ricardo,eu também não tenho porue sentir orgulho de ter um presidente da Rebublica semi-analfabeto, e, ainda por cima que se orgulha de ter aversão à escola e aos livros.Por isso, parabenizo voçê pela coragem de dizer a verdade sem se preocupar com os seguidores do Presidente que tem orgulho de ser semi-alfabetizado!

    Muito obrigado por sua visita e por seu comentário, caro Geraldo.

    Volte mais vezes e um abração do

    Ricardo Setti

  464. Gabriela

    -

    31/10/2010 às 16:20

    EU TAMBÉM NÃO ME ORGULHO!
    Primeiramente, devo lhe dar os “Parabéns”. Tanto por sua inteligência e criticidade,quanto por sua atitude de dar a cara á tapas neste blog, que alcança desde os que aproveitam deste,e enriquecem sua massa cefálica,até ignorantes ,que não respeitam a diversidade de opiniões.
    Eu como estudante,já discuti diversas vezes com colegas á respeito da política brasileira.A falta de pré-requisitos do nosso atual presidente já foi alvo de nossas discussões.
    -”Bem, se ele que ao menos fala corretamente,foi eleito pelo povo brasileiro,pra quê devemos nos sacrificar de tanto estudar? Pra que se matar pra passar no vestibular?”
    E como podem as pessoas pensar que ele é o responsável pelo desenvolvimento do país? É incrível ver o quanto as pessoas são iludidas.O marketing político-algo em que o país é muuuuito deficiente- tenta iludir as pessoas.Talvez seja eficiente a venda de produtos inacabados.Assim,como várias “coisas” que dizem ter feito,mas que estão inacabadas, e “vendem” como pronto.

    Pois bem,caro Setti,é com muito prazer que posto esse comentario.E deixo bem claro que passarei a ler sempre seu blog,que por sinal é ótimo.

    Puxa, Gabriela, nem sei como agradecer! Vou procurar retribuir a leitoreslegais como você caprichando cada vez mais no blog, tá?

    Abração e volte sempre!

  465. Maria Odete de Paula

    -

    31/10/2010 às 15:56

    Eu fico pasma com estas coisas que acontecem neste país.
    Como pode ser possível uma pessoa com pouco estudo se candidatar à presidência do país. É claro que eles vão dizer que o estudo não é necessário, que o que importa é a inteligência e trá lá lá lá….. Só bobagens! Uma qualificação não dispensa a outra. Uma pessoa que se presta a ser representante do povo, precisa sim, ter estudo e ser inteligente. Se vamos nos candidatar a qualquer função mais basiquinha, exigem que tenhamos ao menos o segundo grau. Então? Que negócio é esse? Para com isso! Esse tipo de postura só contribui para desestimular ainda mais os jovens em relação aos estudos. Muitos pais e mães sabem o quantos já é difícil convencer alguns (a) adolescentes no sentido de que eles levem mais a sério a educação. Precisamos lutar para que muitas coisas mudem, ou vamos ficar só assistindo? Outra coisa que me incomoda é ver os eleitos como VICES ficarem só recebendo o salário e mais nada. Dê uma olhadinha ai pelo brasil afora e veja que beleza. Ah!!! Fala a verdade, outra coisa triste de ver são as primeiras damas inertes.
    Tô parando poraqui……… FALA MAIS BRASIL!!!!

  466. Dulce Toledo - BH

    -

    31/10/2010 às 15:13

    Bem disse Rand: a intimidação é a confissão da impotência intelectual. Vejo que você anda apanhando forte dos intelectualmente impotentes, Setti. Pena para eles, você foi brilhante neste texto. Bater em você depõe contra eles e mil vezes a seu favor. Parabéns, você foi à jugular. Eu também me envergonho, e muito, de ter um presidente que teve 20 anos para se preparar e que prefere bater no peito e dizer que mal sabe ler. Aliás, como disse em uma destas bienais do livro à qual compareceu: detesto ler. E completou: no ano que vem estarei aqui de novo.
    Se tivesse um mínimo de educação formal saberia que a educação é fundamental para qualquer país (e ler faz parte disto) e que a bienal acontece a cada dois anos.
    Grande abraço
    Dulce

    Olá, Dulce.
    Que bom vê-la de novo por aqui!
    Abração

  467. Cleber

    -

    31/10/2010 às 13:52

    Prezado Ricardo Setti,
    É vergonhoso a forma com que vc usa a sua função de jornalista para DESINFORMAR a população. Me dá medo saber que para melhorar o Brasil, qualquer que seja o político terá que lutar fortemente contra essa máquina que se chama “IMPRENSA LIVRE” mas que deveria se chamar mesmo IMPRENSA IRRESPONSÁVEL.
    Ridículo a forma com que os fatos são manipulados para distorcer as situações!!! Eu entendo que para vc que é pertencente a classe A + um bom governo seria aquele que realmente formasse e mantivesse pessoas oriundas de sua classe social, e não um governo que pudesse permitir mudanças de classes.
    Vc não admite que o LULA mesmo sendo ANALFABETO (semi analfabeto, não letrado, BURRO) possui dados e números na função de presidente do Brasil que são muito superiores ao de FHC o nosso presidente poliglota que vc tanto admira. Ao ler o meu post, não parta para a ironia vazia, tipo falar que os números elevados do Lula são de corrupção, mensalão, violência, desvios… isso tudo eu já sei. E diferente do Lula (que não é letrado) eu tenho todas as “letras” (Sou pós graduado no Instituto Max Planck, na Alemanha, tenho inglês e alemão fluentes) possíveis para que vc possa conversar sem deturpações dos fatos, sem me depreciar.
    Tente me replicar falando de mudanças dentro de um perfil sócio-econômico no Brasil. Pois vc se envergonha de ter um presidente analfabeto, mas se orgulha de ter um sociólogo que o povo brasileiro NÃO QUER LEMBRAR, e não quer lembrar não pelo fato dele não ter se esforçado para isso, por ele não ter – por uma suposta ética – usado a MÁQUINA ESTATAL para fazer propaganda pessoal (é factual que FHC usou tanto a máquina estatal quanto a privada, e ainda contava com “tietes” da IMPRENSA para elogiá-lo), mas sim porque FHC com um intuito bem claro de engrandecer a vaidade pessoal atrás de medalhas, títulos e diplomas mundo afora.
    Sim, Lula não sabe ler, Lula não sabe escrever,Lula não tem escolaridade, isso tudo nós já sabemos, mas com isso tudo nós aprovamos o LULA e hoje estamos votando nele pela 3a vez!! E não no candidato que acredita que as “menininhas bonitinhas” possam trazer votos para ele simplesmente porque ela seja capaz de seduzir rapazes (Arghhhhh!! NOJENTO!!)
    Isso Ricardo vc não fala, sabe porquê?? Porque com certeza para vc é mais importante destituir a imagem do Lula, é bater no Lula. Lula não pode ter escolaridade, mas muitos através do esforço e trabalho dele poderão ter, coisa que o poliglota FHC não permitiu.
    As característcas de Lula o mundo inteiro já sabe, mas memsmo assim Ricardo entenda: O BRASIL APROVA O GOVERNO LULA, A-P-R-O-V-A!! Mesmo que para vc o fato de o presidente que “é o cara” não ser letrado, ele é APROVADO! Pois ele fez o coisa para o avanço da população que os letrados não fizeram. E muitos letrados como eu admitem que o analfabeto foi muito superior ao “universitário”. Especular o que o Lula deveria ter feito é diminuir e muito o discurso, é sobrepujar a inteligência e ficar em fofoquinhas de vida pessoal que não é capaz de modificar nada na vida prática das pessoas. E pessoas na função de jornalistas como vc querem conduzir os pensamentos nessa direção.
    Abraços

    Caro Cleber,

    Me espanta o teor de raiva e de agressividade que seu comentário contém nas entrelinhas.

    Fatos manipulados por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos pobres que estudam.

    Saudações.

  468. Alan

    -

    31/10/2010 às 13:36

    o que Lula tem é a malandragem,coisa brasileira.
    de não estudar,não trabalhar pesado,tanto que assim que arrumou a liderança sindical não a deixou mais.sua sede de poder e sua sagacidade o levaram à presidência pela oportunidade que sua figura representava ao PT,uma imagem perfeita para o marketing politico de um partido em crescimento.
    agora,em sua grandeza e no poder,o PT sofre de crise existencial.contudo precisa sobreviver e a nova candidata representa essa sobrevivência.
    Lula,semi-analfabeto porém mais esperto do que nunca ficará nos bastidores,atuando e preparando o terreno para seu retorno.

  469. Alexandre

    -

    31/10/2010 às 13:35

    Caros, quem será o adversário da Dilma em 2014 ? Aécio, FHC, Geraldinho, Itamar, ou Serra ?
    Serra é sacanagem, né ?

  470. José Américo C Medeiros

    -

    31/10/2010 às 13:25

    “O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste domingo, após votar em São Bernardo do Campo (SP), que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, “sai menor” da campanha eleitoral.”

    Creio que um bom livro que o Lula deveria se decidir por ler seria este:

    http://lh3.ggpht.com/_-IA96vB5-ag/R8SwxVllpqI/AAAAAAAAk14/qNDHORJdvjY/s640/Imagem1.jpg

    Será que ele não entendeu que, estando Presidente, e representante de todos os brasileiros, a sua opinião não pode ser tão irresponsável, eleitoreira, oportunista, aética?

    Caro José Américo, a resposta à sua pergunta é: não.

  471. celia latterman

    -

    31/10/2010 às 13:10

    Gracas que esse presidente esta saindo, acho uma irresponsabilidade dos brasileiros ter posto esse homem na presidencia, porque para voce ter um cargo importante em uma empresa voce tem que ter curso superior. Isto e um disrepeito para quem estuda tanto.

  472. marcos procopio

    -

    31/10/2010 às 13:05

    em plena era do conhecimento onde a educação faz a diferença entre os países desenvolvidos e os não desenvolvidos, escutar do chefe maior que educação não é importante.!!! é difícil

  473. betaniapessoa

    -

    31/10/2010 às 11:21

    Ref post. de Alberto Santo Andre, 30-10 23:15.

    Me sinto traida pelo Lula, pois de 1989 a 2001 fiz campanha para ele, só desistindo do PT em 2003 após os primeiros escândalos. Até hoje achava que o poder de chefe de estado lhe subiu a cabeça ou ás más influências o fizeram agir assim. Onde e quando será que foi plantada a semente do mal nele. Tenham certeza que não tem a ver com sua origem (pobre e nordestina), pois é exatamento o contrário, sou nordestina e passei lá meus primeiros 30 anos de vida, na classe média e principalmente nas pessoas mais pobres a honestidade e a verdade não é uma qualidade, faz parte da essência de um povo forte, trabalhador e guerreiro. Nunca senti tanta vergonha de um conterrâneo.

  474. Maria Inês

    -

    31/10/2010 às 10:59

    Opinião, cada um tem a sua. Só que alguns podem publicar e outros, infelizmente, não (talvez uma grande parte dos 83% que aprova o atual governo). Permita-me, pois discordar em gênero, número e grau. Formei-me em 3 faculdades, sempre gostei de estar no meio acadêmico, mas curiosamente, sou da mesma opinião do presidente: não gosto de ler, só li aqueles livros que era obrigada no ensino básico e os necessários nas 3 faculdades, mas com grande sacrifício. E me orgulho de ser hoje uma vitoriosa: passei em TODOS os concursos que me candidatei, inclusive para faculdades que cursei e acho que gostar ou não gostar de estudar e de ler é uma opção personalíssima e devemos respeitar. Tenho 4 filhos: 2 deles já formados em Direito e aprovados em concursos públicos, seguindo meu caminho. Uma ainda universitária e o mais velho não gosta de ler, nem de estudar e não pretende cursar a Universidade. Mas como chamá-lo de semianalfabeto por isso? A convivência com pessoas instruídas (a namorada tb é formada em universidade) garante a ele uma certa dose de conhecimento que, com toda certeza, o exclui daquele grupo que vcs, burgueses arrogantes, chamariam de semianalfabeto, a exemplo desse exemplo mundial que é o nosso Presidente. Portanto, respeite a opção de vida de cada um…

  475. Eleitor preocupado

    -

    31/10/2010 às 10:02

    O post analisa situações semelhantes onde pessoas humildes puderam, por seus esforços pessoais, crescer e evoluir. Não será necessário portanto acrescentar outros exemplos.
    No caso do nosso infeliz presidente,apesar de ter sido largamente aquinhoado pela sorte, o crescimento dele se deu na empáfia e na arrogância.
    Perdeu mais uma vez uma excelente oportunidade de ficar calado, já que não podia como representantede uma nação do porte do Brasil, produzir algo construtivo.
    Diante de tanta estupidez, só nos resta uma conclusão: É um boçal!!!!!

  476. João

    -

    31/10/2010 às 9:16

    Lula fez um governo neoliberal, porém com uma fachada ”socialista” ou populista: mais dinheiro aos mais ricos e ”esmola” aos mais pobres.Falta infraestrutura no país. Senti o maior constrangimento em vê-lo como presidente falando em ‘ ponto G’, ‘terra quadrada’, ‘cidade polo exportadora de viados’,etc. Fora as mentiras descaradas.

  477. Ronaldo Luis

    -

    31/10/2010 às 8:19

    Temos um presidente que tem aprovação de mais de 80% da populãção,que vai fazer seu sucessor, sera que não foi um bom presidente?

  478. Fernando Marques

    -

    31/10/2010 às 7:34

    O Semi-analfabeto que construiu mais universidades públicas no país e fez o filho do pedreiro poder ser doutor através do pro-uni como se diz que o presidente não dá bola para educação formal? Vamos dar a Cezar o que é de Cesar.

  479. Bebeto

    -

    31/10/2010 às 3:30

    Não seria semialfabetizado?

  480. Maria Luiza Pederneiras

    -

    31/10/2010 às 2:22

    Lula não é o “paizão” do Brasil, como querem os petistas? Pois pai tem que dar exemplo, e não ser o fanfarrão boquirroto que é o nosso presidente. Graças a Deus que faltam apenas dois meses, ou pouco menos, para a gente ficar um pouco livre dele. Um pouco, porque o homem vai estar o tempo todo aí, enchendo a paciência , com ou sem a Dilma no governo.

  481. Leônidas Bertoletti

    -

    31/10/2010 às 2:18

    O exemplo deve vir de cima. Neste país, nunca tem sido assim. Infelizmente. Viva Serra!

  482. Lomelino Vieira

    -

    31/10/2010 às 2:18

    totalmente de acordo. Com Dilma será melhor.

  483. Gonçalo Sangirardi

    -

    31/10/2010 às 2:16

    Mau exemplo, até na hora de sair. Puxa vida, que pena…

  484. B. José Bauducco

    -

    31/10/2010 às 2:13

    Concordo com vários comentários aqui postados de que o presidente da República deu mau exemplo. Não tenho dúvidas sobre isso. Se foi bom ou mau na educação não vem ao caso, ele deu mau exemplo, deu e dá.

  485. Lucinha Costa Lima

    -

    31/10/2010 às 2:12

    Lula realizou muita coisa, mas também deixou maus exemplos. Um deles é esse em relação à educação formal.

  486. Gastão Eduardo Mesquita

    -

    31/10/2010 às 2:11

    Não acho que faça falta diploma para governar, mas evidentemente um presidente precisa estimular quem estuda ou quer estudar. Uma lástima neste ponto o nosso querido Lula.

  487. Mariano Rajoy

    -

    31/10/2010 às 2:10

    Chega de cafajestadas. comentários devem ter o mínimo de respeito, além do mais quando o comentarista tem razão.

  488. Celeste Mayor Oreja

    -

    31/10/2010 às 2:09

    Menosprezar quem estuda o Lula sempre fez. As patrulhas lulistas que têm ofendido o blogueiro não têm a menor razão, Lula sempre ironizou quem é intelectual e se jactou de não ter estudado e mesmo assim haver chegado onde chegou. Ah, não aguento mais esse sujeito.

  489. Érica Maximiano

    -

    31/10/2010 às 2:08

    Ricardo, você escreveu o que estava entalado na minha garganta há anos. Parabéns, Deus te proteja.

    Obrigado, prezada Érica. Um abraço e volte sempre.

  490. Amparo Grignani

    -

    31/10/2010 às 2:07

    Meu Deus do céu, não aguento mais a cafajestice do presidente e de seus partidários. Acho que mesmo com a Dilma vamos melhorar, ela tem mais preparo e mais nível do que o Lula

  491. Gustavo

    -

    31/10/2010 às 1:36

    Você continua censurando o meu comentário.

    Será porque você sabe que escrevu uma bobagem e chamou a classe dos torneiro mecânicos de semi analfabetos, sem razão legal para tal?
    Lamentável sua atitude, além de imoral é demagoga, como todo esse folhetim financiado pelo governo tucano de SP

    Vai logo xingando de imoral e tudo o mais. Que bela educação, não, Gustavo? Que admirável poder de argumentação? Puxa vida, onde é que você aprendeu isso tudo?

    De minha parte, eu poderia dizer que você é preguiçoso e burro, porque seu comentário já foi publicado há um tempão, mas não vou dizer porque minha mãe, muito severa, me deu boa educação.

    Então, para facilitar seu serviço, fui procurar o comentário e a resposta e republico ambos aqui:

    Enviado em 29/10/2010 às 2:11

    Você deveria se informar. Ao que consta, o Lula possui colégio técnico de torneiro mecânico (Senai).

    Você acha que todos os torneiros mecânicos são semi analfabetos?

    Ao que parece, você realmente é preconceituoso e desinformado.

    Absolutamente, eu NÃO acho que os torneiros mecânicos são semi-analfabetos.

    Eu não generalizei. Eu lamentei o péssimo exemplo que o presidente dá aos pobres que estudam, praticamente zombando de quem tem curso superior e vangloriando-se de não ter estudado.

    Por que em vez de falar em preconceito você não usa seu cérebro — imagino que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?

    E, caro Gustavo, preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos pobres que estudam.

  492. Ricardo Goerl

    -

    31/10/2010 às 1:08

    Prezado Setti
    Concordo contigo, um presidente que parece orgulhar-se do pouco estudo esta prestando um desserviço a nação. Pelo que me lembro, quando de nosso curso na UCLA teus pensamentos eram outros.
    Abraços

    Caro Ricardo, obrigado por sua visita e seu comentário. Você é o gaúcho que tinha um apelido que não vou publicar aqui? Em 1967? Não é possível! Diga lá!

  493. Catiane

    -

    31/10/2010 às 0:57

    Caro Ricardo:
    Concordo com o seu texto em toda a extensão, e, acrescento:
    Eu não me orgulho de ter um presidente mentiroso como esse, independente de que ele não seja lá tão chegado em letras de forma geral, e nem muito lá fã de pegar no batente,como narra nosso colega (Alberto, 30/10, 23:15), o que mais me irrita, é que ele seja um mentiroso.
    Já que elle não quis estudar e prega que a “escola da vida”, é mais eficiente do que aquela que tem cadeiras, livros e professores, ele poderia atender as necessidades de um povo que sofre na pele o que ele diz que conhece tão bem, um exemplo disso, é uma tragédia pessoal que aconteceu na vida dele mesmo; a morte da primeira esposa Maria de Lurdes Ribeiro da Silva, falecida em 07/06/1971 e do filho que acabara de nascer, apesar dos laudos informarem problemas hepáticos, o mesmo afirmou categoricamente, que a esposa havia morrido por negligência médica. Este é apenas um exemplo, em resumo, meu questionamento é: como é que alguém que passa por tamanha tragédia, ao chegar ao poder máximo do país, não traça a melhoria da saúde como prioridade?

  494. Catiane

    -

    31/10/2010 às 0:37

    MF 22:59
    Estranhei o mesmo fato,e cheguei a me preocupar com a minha saúde mental, pensei, ué, será possível que eu estou aqui, em frente à TV,e passei batido na pesquisa de Goiás?
    Ainda bem que mais alguém levantou a questão.
    Não sou de Goiás, mas dado aos absurdos que andam ocorrendo nas redondezas do DF, já em território goiano, espero que o Perillo vença essa eleição!

  495. sheila coelho

    -

    31/10/2010 às 0:31

    Oi Ricardo Setti! passei rapidinho, só pra te desejar uma boa noite, pois sei que a de amanhã, não será tão boa, nem pra vc, nem pra tucanada. Quero deixar claro, que apesar de sua posição clara, não deixou de publicar nada do que lhe enviei, isso é bem democrático! só seria melhor, que você refletisse um pouco e tirasse algum proveito disso tudo, passassse a ver que o povo brasileeiro, não é mais bobo! não se deixa enganar, por comentários e suposições feitas por A ou B.Fique com Deus hoje e apartir de amanhã com Dilma.

    Cara Sheila,

    Muito obrigado pela lembrança. E, meu Deus, como é que eu vou achar que o povo brasileiro “é bobo”? E eu teria esse desrespeito para com o povo brasileiro? Felizmente você não tirou isso de nenhum post meu.

    Vote em quem você achar melhor, minha cara.

    E pode estar absolutamente certa de que aceitarei o resultado, qualquer que seja, com total naturalidade. Se Dilma for eleita, terá meu respeito como presidente da República — e, sempre que eu achar que for o caso, com críticas também, como fiz com todos os presidentes da República desde que passei a escrever textos opinativos, durante o governo do general João Figueiredo (1979-1985). Eu disse todos os presidentes — Sarney, Collor, Itamar, FHC e Lula.

    Está tudo escrito e publicado — são centenas de artigos.

    Um abração.

  496. J.Henrique

    -

    31/10/2010 às 0:30

    Caro Ricardo, quero agradecer-lhe pelo comentário sobre meu comentário,me deixou envaidecido. Sua categoria excede todos os limites. Quero também parabenizá-lo desde já pela sua nomeação como Papai Noel.Papai Noel? Como assim? Explico: Para aguentar os comentários de alguns iletrados orgulhosos da própria ignorância, só tendo um saco gigantesco, e uma boa dose de santidade. Com a proximidade do natal, Santa Klaus, sabendo da magnanimidade de tal bagageiro, resolveu incumbi-lo de tal missão. Mas…no fundo voce deve se divertir, creio eu pois, ao ler tais desvairios voce acaba enriquecendo sua mente e seu vocabulário. Nem o mais famoso dos filósofos, antropólogos,sociólogos, e outros “logos”, em tempo algum, passado ou futuro, puderam dispor de material de estudo tão vasto.Olha Ricardo, ou muito me engano, ou voce é de uma alma muito generosa. Se as pessoas que escrevem tais despautérios soubesem que a tolerância, a caridade, a compreensão, dão frutos muito mais saudáveis…como sofrem por serem chulos, como sofrem por desconstruirem as obras de terceiros, e por sobre os escombros nada erguem de bom, de diferente, de novo. São filhos da mentira, pior, da mentira de outros, e tãos néscios são, que saem por ai defendendo a lorota que alguns partidos defendem como verdades imutáveis.Mas enfim, lembra-se da parábola do semeador? Voce, Ricardo, está lançando a boa semente, a semente que dá bom fruto. Cabe a quem ler seus comentários, deixar um espaço no árido terreno do coração para essa sementinha de luz brotar e se tornar brilho, e contagiar com o bem, e a sabedoria, os que estiverem à sua volta. Sua profissão, jornalista, se iguala em nobreza a de professor, então, que venham os comentários sem educação para a devida reciclagem. Boa eleição, bom feriado, e tudo o mais. José Henrique Baggio

    Muito obrigado por seu bem humorado, inteligente (é pleonasmo) e solidário comentário, caro José Henrique.

    Tenho sérias dúvidas sobre se essas modestas sementes, arremessadas em terreno tão árido, tão envenenado pelo ódio, têm chance de germinar. Mas continuarei arremessando-as.

    Um abração

  497. SergioD

    -

    31/10/2010 às 0:06

    Ricardo, pelo visto o tema que você despertou é controverso, e continuo achando que você apenas exagerou ao chamar o Presidente de semi-analfabeto. Um leitora sua, não me lembrou quem já que o número de comentários é muito grande, o chamou de iletrado.
    O que seria ser iletrado? Alguém que não tem apego a literatura? Não costuma ler? Se for assim somos um país de iletrados pois basta ver os números de nosso mercado editorial para vermos que o Brasil é um país onde menos de lê no mundo.
    O bom de seu comentário é que revelou diversas pessoas que pensam como eu, outras que pensam como você, e algumas bem preconceituosas quanto ao Presidente. Quanto aos que lhe ofenderam, bem, dessa vez, para eles você mais que tucano. Para quem já foi chamado de petista uma denominação a mais ou a menos não vai afetar o seu jeito de ser, não é mesmo? Vamos ver se depois da eleição os ânimos acalmam pois as pessoas estão exaltadas demais.
    Não garanto que vou assistir você na Web amanhã. O problema é que um blogueiro dessa revista não publicou um comentário meu e não estou muito a fim de ouvir a voz dele. Um grande abraço e mimos para o seu neto.

    Obrigado por seu comentário, sempre sensato, sempre equilibrado, seja na concordância ou na divergência, caro SergioD. E você sabe que, aqui neste blog, a política é publicar tudo o que venha em linguagem civilizada, mesmo que contenha críticas pesadas a minhas opiniões e posturas.

    Obrigado pela referência simpática ao meu netinho.

    Abração

  498. C.R.

    -

    30/10/2010 às 23:53

    Olá Ricardo! Sempre leio seus posts e hoje resolvi escrever para elogiar seu texto impecável que expressa o sentimento de muitos brasileiros, o meu inclusive. Sou mãe de uma jovem e de uma adolescente e sempre valorizamos a educação, a formação acadêmica. Penso que é a maior herança que podemos deixar pra elas.
    Lula teve muito tempo para investir em sua educação. Todos que pleiteiam algum cargo ou almejam qualquer colocação no mercado de trabalho, sabem que devem também se preparar para essa conquista.
    Sabemos bem que Lula desdenhou dessa educação porque quis e que ele não foi torneiro mecânico por tanto tempo como diz, pois se deu bem como presidente de sindicato, bem até demais.
    Para concluir meu desabafo, penso que se não por todas as razões apresentadas por você, Lula deveria ter estudado, pelo menos para resolver esse complexo de inferioridade tão profundo que demonstra ter em relação a Fernando Henrique Cardoso.
    No mais, um abraço e parabéns pelo seu trabalho.

    Cara Cida,

    Muito obrigado por sua visita, seu comentário e seu depoimento.

    Perfeito, perfeito, não teria uma vírgula a acrescentar em relação ao que você diz sobre educação. É incrível a gente precisar “defender” a educação, como se fosse algo discutível — ou, pior, perigoso…

    Um abraço e volte sempre.

  499. alberto santo andre

    -

    30/10/2010 às 23:15

    Conheco o lula desde o inicio de 1970 mais precisamente 1973, quando eu era funcionario da ford brasil na av taboao em sao bernardo do campo.

    Nesta epoca eu era da cipa, e o lula era diretor sindical pela villares equipamentos, da av senador vergueiro, em s, b.do campo.

    Ja aquela epoca o mesmo nao era chegado a trabalhar tanto mais que chegou a lider de tornearia ,entregando os colegas ,pois como torneiro mecanico era muito ruim mesmo trabalhando em um torno de facil manuseio.

    Àquela epoca era presidente do sindicato dos metalurgicos de s.b.do campo, paulo vidal neto que vinha fazendo uma campanha de associacao ao sindicato ,chegando a epoca em mais de 60 mil socios, em uma base de aproximadamente 120 mil metalurgicos.

    Como a epoca a repressao militar era intensa ,o sindicato partia mais para a parte social, tal como medicos ,dentistas e farmacia ,visto que as empresas menores nao tinham planos medico ,como as grandes empresas da base,.

    Àquela epoca o lula havia entregue um colega de servico do seu departamento, e este foi dispensado do emprego,sendo conterraneo do lula e sangue quente, o mesmo ficou varios dias a espreita para acertar as contas com o lula.

    Em 1974 haveria eleicoes para o sindicato, visto que o estatuto nao permitia reeleicao,sendo permitido se candidatar somente apos um mandato fora,;;o lula fez um acordo com o paulo vidal para que eles fizessem o rodizio de presidencia ,entre eles ,e o lula foi eleito visto que foi candidato unico.

    Logo apos assumir o sindicato,no meio da semana ,de madrugada, e em segunda chamada com o quorum minimo, o lula mudou o estatuto do sindicato permitindo a reeleicao.

    Quando da fusao do sindicato dos metalurgicos de santo andre e sao bernardo, formando o sindicato dos metalurgicos do abc, tambem,houve um acordo de rotatividade da presidencia ,que o pessoal de sao bernardo nao respeitou , e que fez com que o pessoal de santo andre, entrasse na justica para desfazer a fusao ,,processo que demorou anos]

    Portanto desde aquela epoca lula nao era dado a respeitar acordos,alem de fazer acordos espurios com as empresas ,que normalmente culminavam com dispensas de funcionarios ,como em abril de 1977,onde o lula fez um acordo com o presidente da ford a epoca, e sem nenhuma contestacao do sindicato ,foram dispensados mais de 2700 funcinarios da ford sao bernardo ,que a epoca tinha um contigente de 12000 funcionarios , .

    Quando fomos procurar o sindicato do qual eramos em sua maioria socios ,fazendo parte de uma comissao de desempregados ,fomos informados pelo senhor lula que so desceu do salao da sede do sindicato ,na rua joao basso,para nos atender depois de muita conversa, e apenas para nos dizer que, caso achassemos que havia algo errado com nosso acerto com a empresa que procurassemos a justica,[nesta epoca eu lhe disse que ele nao era homen ,visao que mantenho,ate hoje]

    Pouco tempo depois soube atraves de pessoal da seguranca do presidente da ford, que o lula havia estado la dois dias antes da dispensa do pessoal ,portanto o sindicato sob a presidencia do senhor lula ,nao moveu uma palha siquer, para que funcionarios que dependiam do plano medico da empresa tivessem um minimo de tempo mais

    Porem em 1979 quando da dispensa de pessoas ligadas a comissao de fabrica que foram pegos roubando , fizeram uma greve inclusive com depredacoes de maquinas , .portanto desde antes da sua formacao a base do pt ja era corporativista e pouco se importando com aqueles que os sustentavam ,tanto mais que dos quase duzentos funcinarios que trabalhavam no sindicato como medicos ,dentistas ,assistentes sociais e da farmacia foram na quase totalidade dispensados, apos pouco tempo depois do lula assumir a presidencia do sindicato ,que apos esta data passaram a ser o paraiso dos sindicalistas que mantem um nivel de vida imcompativel com os salarios que recebem das empresas que os cedem ao sindicato mesmo com declarada ajuda de custo,

    Apenas mais uma observacao dede que assumiu o bargo de diretor do sindicato o lula nunca mais trabalhou ,ficava jogando snuke bebendo no sindicato portanto tempo ele teve de sobra para estudar,pos o mesmo nao e inteligente e apenas esperto ,com esta esperteza que faz com quesejamos durante muito tempo ainda um pais de terceiro mundo ,pois como dizia renato russo somos um pais que nao e nacao. .

    Caro Alberto, não sei o que dizer. Acho que seu depoimento diz tudo.

    Obrigado por sua visita e por esse testemunho. Seria interessante ver você e o presidente Lula frente a frente debatendo esses episódios. Você acha que ele toparia?

    Um abraço e volte sempre

  500. Elizabeth Correa

    -

    30/10/2010 às 23:05

    Eu tb não Ricardo!!!!! E concordo com cada palavra escrita na matéria. Obrigada por escreve-la

    Eu é quem agradece pelo seu email, cara Elizabeth. Um abraço, volte sempre.

  501. MF

    -

    30/10/2010 às 22:59

    Ricardo, aproveito que seu blog tem alcance nacional para denunciar um fato estranho ocorrido:O jornal nacional mostrou todos os estados que vai ter segundo turno e suas respectivas pesquisas,menos o estado de Goiás,que dá Marcone Perillo PSDB com mais de 10% à frente do candidato do pmdb.Será censura? será que rolou muita grana?

    Não acredito de forma alguma nessa possibilidade, “rolar grana”. Censura? De quem, e para quê?

    Mas não consigo entender o que se passou. Pesquisa divulgada até de estados pequenos e longe dos grandes centros nervosos do país, como Roraima e Amapá — e não de Goiás, uma das economias mais pujantes do Brasil, estado que envolve a própria capital, de grande população e considerável importância política?

    Não tenho informações sobre o que houvel. Estou estranhando também.

    Um abração.

  502. Vítor

    -

    30/10/2010 às 22:51

    Costumava ler seus artigos, um blogueiro que se dizia imparcial , limpo , que apenas apontaria os fatos e suas opiniões sem ódio nem fanatismo : A perfeita ovelha negra da Veja, porém, este ultimo artigo me fez perceber que é tudo farinha do mesmo saco e eu estava jogando fora meu tempo todos esses dias . abraço e até nunca setti

    Caro Vítor, é um direito seu nunca mais aparecer aqui.

    Eu lamentaria, mas é um direito, e eu o respeito.

    Mas será que você leu direito o post, ou apenas se deixou levar pela emoção ao apenas ler o título e dar uma rápida olhada? O texto não é curto, justamente para que eu pudesse me explicar adequadamente.

    Por que em vez de escrever o que você escreveu — farinha do mesmo saco, etc etc — você não argumenta contra o que escrevi?

    Por que essa indignação, sem explicação?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

    Saudações.

  503. angela

    -

    30/10/2010 às 22:51

    Querido amigo,
    Posso chama-lo assim? Afinal, depois de tantas conversas( eu, lendo e aprendendo),é como me sinto.
    Estamos chegando ao fim de uma bela jornada (acredito no BR45L)e, quanto aos grosseiros de plantão, com certeza eles não fazem parte da turma que só quer ser gente boa e decente!!!
    Grande abraço e até amanhã!

    Caro que pode me chamar de amigo, prezada Ângela. É assim que considero leitores como você.

    Os grosseiros de plantão, muitos deles contratados para insultar, são felizmente minoria. Eu só escrevo para os leitores de boa fé e que conseguem raciocinar.

    Obrigado pelo email atencioso e um grande abraço. Até amanhã.

  504. amancio

    -

    30/10/2010 às 22:46

    Parabéns pela crônica, chega de “brucharias” desse senhor,porque não tomar como exemplo o presidente americano Abraham Lincoln,que tivera dificuldades como a nossa Marina.

    Obrigado pela visita, pelo comentário e pelos parabéns, caro Amancio.

    Um abração.

  505. Ricardo mendonça

    -

    30/10/2010 às 22:12

    É preciso a imprensa independente investigar o que há por trás desta campanha passional e tendenciosa que a veja empreendeu nesta campanha para presidente.O que será que ela perdeu de tão importante no governo lula e que tem medo de continuar perdendo num governo dilma.

    Estimado Ricardo,

    Até onde sei, o que VEJA perdeu mesmo durante o governo Lula foi a paciência.

    Saudações.

  506. Dulci

    -

    30/10/2010 às 22:10

    Lula sempre foi e continua sendo mau exemplo em tudo que faz e diz. Senti muita vergonha ao vê-lo apoiando o ditador do Irã, elogiando a democracia da Venezuela, sem esquecer da visita ao comparsa Fidel num dia trágico para Cuba. Defender essa corja não é atitude de quem possui inteligência, é coisa de mau caráter, mau político e não merece meu respeito. Nunca votei nesse homem, nunca votei em petista. Infelizmente, as pesquisas apotam que mais uma desprovida de inteligência vai governar esse país. Pobre Brasil. Quem repete que ele tirou milhões da miséria não sai de casa, não conhece o nordeste, a periferia das grandes cidades, não sabe que metade da população sobrevive sem saneamento básico. Não sinto orgulho, como disse antes, sinto muita, mas muita vergonha!!

  507. Dulce Toledo / BH

    -

    30/10/2010 às 21:55

    Nem eu! Onde já se viu? Ele pode, até, ser um sucesso entre os que nasceram analfabetos feito a mãe dele, mas entre os que já nasceram com um diploma na mão a caminho do mestrado como a minha mãe, isto é uma vergonha. Imagine entre os que não se cansam de aprender e volta à escola já maduros, feito eu e um monte de gente! FHC continua sendo meu ídolo.

  508. Wagner F.

    -

    30/10/2010 às 21:20

    Parabéns tb. nao me orgulho ter um presidente semianalfabeto, mais pior do que nao ter estudado é ter deficiencia de carater, um presidente que deveria ser de todos os brasileiros se comportar como se comportou nesta eleição e pior o que fez após a agressão ao Serra mesmo depois de saber da verdade mostra que este homem é mal exemplo aos brasileiros

    Obrigado pelos parabéns, e concordo com o mau exemplo que Lula deu também na campanha presidencial.

    Abração

  509. Alex Dias

    -

    30/10/2010 às 20:53

    O PAU QUE DA EM FHC,DA TAMBÉM EM SETTI
    Ao ser alvo desses insultos e acusações,Setti,você passa pela mesma situação que o ex-presidente Fernado Henrique Cardoso,odiado por essa gente não porque teria sido um presidente ruím,mas pelo fato de ter sido um presidente culto,poliglota,que sabe ler e escrever.
    Sempre desconfiei que essa é a razão maior que faz petistas e alguns não-petistas devotar tamanho ódio a um político que tanto fez para o Brasil,mesmo antes de chegar à presidência.Há uma espécie de ojeriza raivosa,agressiva entre essas pessoas contra tudo que está relacionado a cultura, que não tem só o ex-presidente como alvo,mas também jornalistas como você e outros intelectuais.
    Por exemplo,procurar falar corretamente a nossa língua,hoje,é motivo de censura,gracejos,acusação de pernosticismo – até mesmo em certos círculos ditos “intelectuais”.O charmozinho hoje é esmurrar sem dó nem piedade a língua portuguesa e zombar de quem gosta de ler.
    O presidente que se gaba de ter construido mais escolas e universidades desde Cabral,é o mesmo que se gaba de não ter estudado,que diz que ler um livro é a coisa mais chata do mundo,entre outras chacotas disparadas contra os “estudados”.
    Então,caro Setti,você está em boa companhia quando apanha.
    VIVA A CULTURA! UM VIVA AOS LIVROS!
    Abraços,Setti,do sergipano de Lagarto.

    Muito obrigado pelo fantástico comentário, caro Alex, meu amigo de Sergipe.

    Seu comentário me faz lembrar do célebre episódio ocorrido durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939), em diálogo entre o filósofo Miguel de Unamuno e general fascista Millán Astray.

    O general franquista encerrou a conversa gritando o seguinte slogan:

    – Que morra a inteligência! Viva a morte!

    Abraços

  510. wilson

    -

    30/10/2010 às 20:45

    Setti parece que Noçço Ghia Luz da Humanidade e
    Autosapiente é alcançado pelo ECA.

  511. João

    -

    30/10/2010 às 20:42

    Caro Setti,
    Lula foi afagar a Cristina Kirchner, uma notória corrupta e autoritária, mas não foi ao Chile para a posse de Sebastian Piñera. Apenas isso já torna evidente a deficiência de formação intelectual e humanística de Lula, se assim posso me exprimir.
    Obs. sou quase seu conterrâneo,nasci em Santo Antonio da Platina e conheço muito bem toda a região.

    Muito bem lembrado, caro João. Muito bem lembrado e bastante significativo.

    Quanto ao querido Paraná, bom saber que você é de Santo Antonio da Platina. Puxa, como cresceu a cidade! Quando eu era moleque e íamos todo fim de semana para a fazenda de meu tio-avô, era uma cidade poeirenta, modesta, caipira no bom sentido de acolhedora, pequenininha, familiar. Virou um colosso!

    A fazenda, linda, ainda está lá, é de propriedade de uma tia querida e de meus primos, chama-se Nossa Senhora Aparecida e é da família deles há uns 60 anos. Muita gente de Santo Antonio ia antigamente pescar no lago de lá, era muito conhecida quando eu era pequeno.

  512. Ana Luiza

    -

    30/10/2010 às 20:30

    Acredito que a educação é mais que uma prioridade para o Brasil que queremos no futuro. A boa educação, além de ajudar ne hora de conquistar um lugar no mercado, ainda traz benefícios adicionais para o cenário político (se informar, votar melhor e exigir dos governantes e parlamentares), para a saúde (respeitando regras de higiene) e até para a segurança pública (menos pessoas recorreriam ao crime para sobreviver).
    Nessa área, o Sr. Lula, na condição de Presidente, presta um enorme “desserviço” ao país.
    Parabéns pelas colocações, Ricardo.

    Obrigado, Ana Luiza. A palavra “desserviço” é perfeita.

    Um abração

  513. Jayme Portugal

    -

    30/10/2010 às 20:30

    O presidente enaltece não só o analfabetismo, como a falta de informação. O conhecimento da obra dos grandes escritores (Guimarães Rosa, Joyce, Thomas Mann (entre tantos outros),sem dúvida, seria um suporte para um verdadeiro conhecimento da ética, como o comportamento humano.

  514. Ana Luiza

    -

    30/10/2010 às 20:29

    Acredito que a educação é mais que uma prioridade para o Brasil que queremos no futuro. A boa educação, além de ajudar ne hora de conquistar um lugar no mercado, ainda traz benefícios adicionais para o cenário político (se informar, votar melhor e exigir dos governantes e parlamentares), para a saúde (respeitando regras) e até para a segurança pública (menos pessoas recorreriam ao crime para sobreviver).
    Nessa área, o Sr. Lula, na condição de Presidente, presta um enorme “desserviço” ao país.
    Parabéns pelas colocações, Ricardo.

  515. Chico Lima

    -

    30/10/2010 às 20:26

    Setti.
    Lula exerce grande influência nos meios mais populares porque possui um discurso simples, carregado de comparações com coisas do cotidiano popular (futebol, novela, etc…).
    Evidentemente, isso é fruto de sua origem simples e de um razoável grau de inteligência emocional que lhe permitiu compreender que a população poderia se sensibilizar com esse tipo de discurso.
    No entanto, a inteligência emocional pura não garante bom desempenho em todas as áreas que a pessoa se atrever a entrar.
    Em nível tático, considero Lula muito eficiente e quase perfeito. Todos os seus planos táticos (aqueles cuja aplicação se dá, no máximo, no médio prazo) tiveram êxito ou, na pior das hipóteses, um desempenho razoável. Podemos citar, como exemplo, essas bolsas financeiras que ele criou ou aperfeiçoou.
    Porém, todos os seus planos de nível estratégico, aqueles que modificam a estrutura do país e que têm impacto por décadas, naufragaram. Um exemplo disso é o Fome Zero. Considero o Fome Zero um plano estratégico porque, para vingar, precisaria de alicerces em quase todos os setores da economia brasileira. Todavia, ficou claro ao país que esse plano não decolou.
    Há provas, na iniciativa privada que, um bom pacote de estudos, diplomas e aperfeiçoamentos educacionais, fazem muita diferença no desempenho de qualquer administrador. Isto, certamente, não é diferente na administração pública.
    Para ser presidente (a) do Brasil é necessário, sim, estudar e se aprofundar nos problemas e nas estratégias concorrenciais.
    Abraço Setti! Obrigado pela oportunidade.

    Quem agradece sou eu, pelo comentário bem embasado e inteligente.

    Um abração pra você, Chico. E continue vindo aqui, que é sempre um prazer.

  516. Matheus

    -

    30/10/2010 às 20:26

    Olá,
    Fui um dos primeiros a postar um comentário no blog, mas parece que minha internet, aliás uma das piores do mundo, não me deixou.
    Bom, o que falei é que uma das coisas que mais me incomada no nosso presidente é a sua falta de educação. Como pode ele chamar pessoas de imbecis em horário de trabalho só porque não concordam com políticas do governo? Como pode ele ter lutado a favor da democracia e dizer que nesta eleição vai ganhar de um jornal tal e de uma outra revista? etc etc etc
    Você foi muito feliz ao mostrar exemplos de pessoas, como a Marina Silva, que superou a pobreza através do estudo, mas que continua com sua dignidade e com sua vontade de representar de forma correta pessoas, não enriqueceu no poder através de nenhum filho que está milionário. A melhor qualidade de Marina, além de ser democrata, é ser autocrítica. Pergunta-se a ela o que você poderia ter feito melhor no governo? Ela te diz. Pergunta-se a ela, você acha que as privatizações que você lutou radicalmente contra foram ruins? Ela te diz. Ela não mudou de opinião de acordo com a situação que melhor lhe favorece e sim com uma análise aprofundada sobre os temas.
    É Brasil, esperemos mais quatro anos para ter a primeira presidente, que mesmo com 1 min e 20 seg na TV, mesmo com dificuldade de arrecadar dinheiro, se aliou a sociedade ao invés de políticos fajutos.
    Marina é política com p maiúsculo. Lula é apenas uma figura que já representou a mudança, porém agora só representa a falta de escolaridade dos eleitores brasileiros.
    Desabafo de uma adolescente que desde que se conhece por gente só vê escandâlos ao invés das revoluções tão necessárias.
    @itsnotall_ok

    Obrigado por sua visita e por seu comentário, caro Matheus.

    Tenho feito um esforço enorme para não deixar nenhum comentário de fora, e acho que o seu anterior realmente não chegou. De todo modo, vou utilizar o mecanismo de busca da ferramenta que utilizamos para operar o blog e tentar localizá-lo.

    Um grande abraço.

  517. joão batista

    -

    30/10/2010 às 20:16

    assim como as personalidades mencionados no presente artigo, milhões de brasileiros tb. batalharam para vencer na vida trabalhando e estudando. O Pelé tb. é um exemplo, formou-se em educação fisica. Nosso pais precisa de educação e ai tb. lamento um Presidente que se orgulha em ser semi-analfabeto e ainda ataca quem possui formação para fazer inveja a muitos lideres mundiais. Não estudou por preguiça e ou vagabundice.

  518. fortruth

    -

    30/10/2010 às 20:16

    Existe uma grande diferença entre inteligência e ‘esperteza’.
    O nosso atual presidente é sim muito, muito esperto… como a maioria dos brasileiros que gostam de levar vantagem em tudo. Por isto, por se identificarem com ele, o aprovam. Não aprová-lo seria como desaprovar as próprias ‘pequenas espertezas’ que tanto alegram nossos ‘quase honestos’ compatriotas.
    É triste mas é isto. Alguém discorda…

  519. Renato

    -

    30/10/2010 às 19:52

    Lula é mau exemplo para qualquer cidadão que sabe a importância da cultura e da educação, coisas que Lula não tem e que insiste em depreciar pela sua incompetência e ignorância. Como só soube ser um mau político creio que lá dentro ele sabe que sua arrogância é seu “sucesso”.

  520. Fernanda

    -

    30/10/2010 às 19:32

    Caro Setti…

    Cá estou eu de novo, e observando o sucesso desse seu post (mais de 700 comentários), cheguei à única conclusão possível: esses indivíduos que aparecem aqui para ofendê-lo obviamente não leram a matéria (você fala A e eles respondem C)…provavelmente só leram a manchete, se é que leram (talvez isso explique a razão pela qual admiram tanto o ídolo/presidente – leem tão pouco quanto este). Em segundo lugar, não são militantes por ideal…provavelmente são pagos para rastrearem todos os blogs que fazem comentários políticos e insultarem seja quem for que fizer comentário desabonador ao mestre-rei (se duvidar são funcionários públicos em pleno horário de expediente…e estão com medo de perder a “mamata”). Enfim, são pessoas grosseiras que não merecem sua atenção…
    Por falar nisso, espero que você não deixe de escrever sobre política, seja lá quem ganhe essas eleições…seus comentários são sempre sensatos e inteligentes! Espero que você não esteja em Barcelona agora (você disse que mora lá para um leitor, certa vez…) e possa votar! Pelo menos seria mais um voto consciente e fundamentado para contribuir com essa ainda tão frágil democracia!

    Oi, Fernanda, obrigado pela nova visita. Não, eu não vou deixar de escrever sobre política, não! É uma das paixões da minha vida. Disse que vou equilibrar mais o blog com outros textos e outras histórias, sem TANTA predominância da política, até porque cansa até os leitores.

    Não, no momento não estou em Barcelona, onde vivem e trabalham minha filha e meu filho — e ande agora vive também meu netinho André, de 4 meses. Estou em São Paulo e amanhã ao levantar já irei votar na escola pública a poucos metros de meu prédio.

    Fiquei tantos anos sem poder votar para presidente durante a infeliz ditadura que nos oprimiu que hoje não perco eleição alguma, para cargo algum.

    Um abração e obrigado por prestigiar este espaço, tá?

  521. Isabel

    -

    30/10/2010 às 19:31

    É preciso ser sábio para reconhecer um sábio. – Xenófanes
    Tente colocar bom senso na cabeça de um tolo e ele dirá que é tolice. – Eurípedes
    A publicidade não tem nada a ver com a verdade. Quando você quer seduzir alguém conta a verdade? Mostra os seus piores defeitos? – Nizan Guanaes

  522. Isabel

    -

    30/10/2010 às 19:28

    Fico aterrorizada com a ode à ignorância. Enquanto isso, os outros países continuam investindo na educação de qualidade: único instrumento de desenvolvimento. A cor deles, é a do cérebro.
    Não, Lula não é inteligente.
    É muito fácil ser considerado inteligente num país de analfabetos, onde a maioria da população adulta tem idade mental e comportamento de adolescentes retardados.
    “Não, eu não me orgulho de ter um presidente semianalfabeto” nem me orgulharei de ter Dilma representando ‘todas’ as mulheres brasileiras. Terei medo.
    Dilma, Marta, Erenice & companheiras representam as mulheres com o perffil delas.
    O feminismo irresponsável já mostrou a que veio. Já deixou seu lastro de devastação por onde passou, em nome de uma ilusória/perversa liberdade/libertinagem: famílias desestruturadas, filhos sem pai, desrespeito aos mais velhos, bandidagem, delinquência, drogas, ateísmo, inversão total de valores: deu no que deu.
    Lutaram tanto pela inútil tripla jornada de trabalho, e ainda reclamam.
    Pediram tanto a Deus para sair de nossas vidas, que Ele obedeceu.
    As mulheres são as guardiãs da virtude. Qdo as mulheres perdem o eixo, o mundo desaba.
    A lei do retorno é infalível. Ainda restam mulheres – que não perderam o juízo – com airbag sufficiente para baterem de ffrente.
    Temos outro perfil.
    As mulheres que nos representam são as frágeis Elizabeth ll, …, Irena Sendler, …, Madre Teresa, Irmã Dulce, …, Aracy Guimarães, Zilda arns, Marina Silva, Kátia Abreu … & nosotras, todas submissas… muy fraquinhas!
    Com mulheres coçando o saco e homens usando leque, ninguém mais precisa ser contra ou a favor do aborto. Estaremos condenados a reprodução in vitro em macacas de aluguel.

  523. henrique

    -

    30/10/2010 às 19:25

    MAS DESCULPE VOLTAR SETTI , SE EU TIVESSE QUE ESCOLHER , VEJA BEM ESTOU OPTANDO , EM ALGUEM INTELIGENTE E INCULTO ENTRE OUTRO CULTO E BURRO , SEM DUVIDA PREFIRO O INTELIGENTE !!!!!FHC FEZ A MAIOR BURRADA DA VIDA DELE , QUANDO DEU O GOLPE DO SEGUNDO MANDATO NA CALADA DA NOITE !!!ESTE É UM EXEMPLO CLARO !!!!HOJE FHC NAO CONSEGUE NEM SER VEREADOR EM JACAREZINHO NOSSA TERRA ,AHHAHA. DESCULPE A BRINCADEIRA !!!ABRAÇO

    Outro abraço pra você, Henrique, e viva a gloriosa Jacarezinho!

  524. Almir Bohana

    -

    30/10/2010 às 19:13

    SEMIANALFABETO, SÓ?
    RICARDO SEETI DEVE SER, OU É, UMA EXCELENTE PESSOA.

    Faço força para ser, caro Almir. Depois de ter conseguido da vida mais do que eu imaginava, e sempre agradecendo a Deus por tudo, um dia desses desconcertei minha mulher — não pelo conteúdo do que disse, mas por fazer isso sem mais nem menos, no meio de uma conversa — dizendo que de agora em diante meu grande objetivo na vida não é ser rico, muito menos famoso, não é ter cargos, não é ser isso ou aquilo, é… ser uma boa pessoa.

    Um abração.

  525. henrique

    -

    30/10/2010 às 19:11

    PARABENS SETTI ,VOCE FOI PERFEITO !!É O QUE ESPERO DE VOCE !!SOU SEU ADIMIRADOR E CONTERRANEO !!QUEM NAO SE LEMBRA DA FAMOSA CASA SETTI NO CENTRO DE JACAREZINHO ??CASA DE VAREJO , VENDIA DE TUDO , CORRETO ???

    Obrigado pelo comentário tão simpático, caro Henrique. Sim, era isso mesmo. O negócio foi iniciado pelo meu bisavô Silvestre, imigrante italiano. Na época de que se lembra já estava a cargo de seu filho caçula, meu querido e inesquecível tio-avô Agostinho, e seus filhos. Havia filiais em Santo Antonio da Platina, Ribeirão do Pinhal e outras cidades. Depois foi se diversificando.

    Um abração.

  526. ISIDORIO

    -

    30/10/2010 às 19:08

    Caro Ricardo Setti pelo visto nós temos muitas coisas em comum ,meu pai principalmente, que é quase analfabeto,pois só sabe escrever o nome e ler algumas palavras sempre nos incentivou aos estudos e graças a sua persistência, alguns de meus irmãos conseguíram se formar em UNIVERSIDADE PÚBLICA ,já que na nossa época não havia o PROUNI e nós não tínhamos condições de pagar uma escola privada e muito menos, uma FACULDADE de nível superior.

    Pois é, caro Isidorio, meus quatro irmãos e eu nos formamos em universidades públicas. Meu saudoso Pai também, na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. Minha mãe, hoje velhinha e enferma, estudou sempre em escolas públicas e se formou em Ciências Sociais na USP.

    Meu avô materno não pôde estudar, era imigrante da Bessarábia (parte do império russo, hoje República da Moldávia), mas conseguiu que os oito filhos se formassem.

    Do lado paterno, meu avô se sacrificou muito para poder estudar. Deixou o interior de São Paulo, onde o pai tinha um pequeno comércio, e mudou-se por conta própria para a capital para estudar. Trabalhava nos Correios, em São Paulo, e dormia à noite sobre sacos de cartas depois de ir à Faculdade de Odontologia. Formou-se e durante décadas foi um grande e respeitado profissional. Hoje, merecidamente, é nome de rua em São Paulo. Nunca conheci ninguém que amasse tanto a sua terra. Morreu pobre, mas com uma bela família, todo mundo encaminhado, como se diz.

    Abração

  527. natacha

    -

    30/10/2010 às 19:08

    Ricardo:Parabéns pelo lúcido e exclente texto.Continue na cruzada pela erradicação da ignorância , d amanipulação das idéias e pela apologia que se faz contra os valores “taxatos de burgueses.Até meu filho pequeno já me disse que não precisava estudar pq o Presidente Lula nunca estudou e era Presidente do Brasil.Belo exemplo para uma nação e para os nascem sob a sua bandeira.Ser Pt significa ser fanático,não ter discernimento das coisas, querer criar o confronto.Este é,infelizmente,mais um legado do governo Lula.A divisão entre brancos e pretos.Entre ricos e pobres.Entre altos e baixos,nordestinos e sulistas etc., etc..No trabalho, no bairro, no prédio onde moramos, nos ambientes que frequentamos há sempre dois partidos.Os Petistas e o resto…., que não vale nada.Quem gosta do Pt e não está satisfeito com os seus comentários, vá ler os posts petistas que não falta….Perdoem-me a franqueza…..

    Obrigado por seu comentário, cara Natacha. Também me preocupo muitíssimo com esse “legado” divisionista que o governo Lula está deixando. Um presidente que fez a campanha eleitoral de sua candidata na base do “eles” e “nós”!

    Abraços

  528. Mariva

    -

    30/10/2010 às 18:23

    SETTI, ESSA É UMA DAS VÁRIAS BOBAGENS QUE LULA FALA. ESSE EXEMPLO É PÉSSIMO. ESTAMOS 8 ANOS OUVINDO A MESMA IDIOTISSE. EU TAMBÉM TENHO VERGONHA DE TER UM PRESIDENTE QUE FAZ APOLOGIA A IGNORÂNCIA. E NÓS, QUE ESTUDAMOS TANTO, FIZEMOS PÓS, E CONTINUAMOS ESTUDANDO NÃO SOMOS RECONHECIDOS E AINDA SOMOS RIDICULARIZADOS POR ESSE ANALFABETO. LULA É MUITO ARROGANTE E ESCONDE UM COMPLEXO DE INFERIORIDADE ENORME. É POR ISSO QUE FAZ TANTA QUESTÃO DE DIZER QUE É ANALFABETO. DESCULPE, SETTI DISCORDO DE VOCÊ QUANDO DIZ QUE LULA É INTELIGENTE. LULA É ESPERTO, DISSIMULADO, E SEU MARKETING É GIGANTESCO.

  529. Lílian

    -

    30/10/2010 às 18:19

    henrique – 30/10/2010 às 17:46
    Aplicar a contravenção do Dr. João, deficiente físico de um dos membros superiores?! Podes retirar o equino da perturbação pluviométrica!!

  530. henrique

    -

    30/10/2010 às 17:46

    CARO SETTI , NAO ENTRAVA NO SEU BLOG HÁ MUITOS DIAS , ESTOU ASSUSTADO , TOMOU OUTRO RUMO TOTALMENTE DIFERENTE DO SEU INICIO !!SABE O QUE EU REPUDIO TERMINANTEMENTE?BLOGS CABRESTADOS POR PARTIDOS , EXEMPLO VEJA BEM VOU PELO PT ANTES , BLOGS DE PHAMORIM E LUIS NASSIF E BLOGS COMO TIO AZEVEDO E AUGUSTO NUNES !!!!SABE PORQUE ?COBRAM MUITO BEM O PARTIDO CONTRARIO (PARABENS POR ISTO )O MOCOZAM E ACOBERTAM AS FALCATRUAS DO OUTRO LADO !!!LOGICO QUE O LULA TEM SEUS DEFEITOS SAO MUITOS !!!E SEU GOVERNO TEVE GRAVES PROBLEMAS DE CORRUPÇAÕ , MAS VOCES NAO PODEM ACOBERTAR QUE O PSDB FEZ E FAZ A MESMA COISA !!!!EXEMPLO JA VI FHC BEIJAR A BOCA E ELOGIAR O CHAVES , JA VI FHC COBRIR DE ELOGIOS O BILL CLINTON MESMO DEPOIS DE ELE TER PAPADO A MONICA !!!ABRAÇOU E ELOGIOU BUSH E PARA MIM SABE QUAL A DIFERENÇA DE BUSH COM O CHAVES E O IRANIANO , O BRANCO DOS OLHOS !!!ISTO É NADA !!!O GOVERNO FHC TEVE GRAVES PROBLEMAS COM CORRUPÇÃO , O MENSALÃO COMEÇOU COM AZEREDO , E DE QQUAL PARTIDO É O CARA ??VEJA PAULO PRETO , METRO ETC .. QUE A VEJA OS BLOGUISTAS E O SENHOR NESTE CASO FAZEM CARA DE ABAJOUR !!OU COMO PREFERIR DE QUADRO DE PAREDE !!!UMA MIDIA HONESTA E ETICA NAO DEVE SER PARTIDARIA !!E A VEJA O É !!!!A IMPRENSA É O JUIZ EM UMA PARTIDA DE FUTEBOL , IMAGINA O MESMO NA PARTIDA SE DECLARAR A FAVOR DE UM TIME , LAAMENTAVEL !!!!!!!!!!!!!!, MAS O CONSIDERO UM OTIMO JORNALISTA E ETICO !MAS PERIGOSAMENTE ESTA SENDO CABRESTADO !!POR FAVOR VOLTE A SER O QUE ERA !!!UM ABRAÇO

    Caro Henrique, obrigado por me considerar um ótimo jornalista e um jornalista ético. O post que fiz sobre o presidente Lula não tem por objetivo desrespeitá-lo. Criticar é diferente de desrespeitar. E não o censuro especificamente por não ter aproveitado as oportunidades de estudar depois que isso se tornou possível.

    Censuro o mau exemplo que ele dá ao zombar — ou deixar que transpareça que o faça — de quem dá duro e estuda.

    Obrigado por seu comentário. Tenha certeza de que eu não vou fazer o jogo de ninguém e de nenhum partido ou candidato neste blog. Gostaria que você continuasse acompanhando o nosso trabalho aqui nos próxios tempos para julgá-lo melhor.

    Um abração do

    Ricardo Setti

  531. Riva Mendes

    -

    30/10/2010 às 17:15

    Caro Setti, vou fazer uma pequena correção de chata. Lula (que se não fosse muito inteligente não teria chegado aonde chegou e não teria domínio magnético sobre as massas) é iletrado, que é o termo mais correto do que semi-analfabeto – que é a pessoa que mal consegue ler e escrever, visto ser ele alfabetizado sim, sabe ler e escrever, mas sem domínio de conteúdo. Pelo que sei, quem escreve seus discursos é o Luiz Dulci, Secretário Geral da Presidência, sobrinho do sociólogo Otávio Soares Dulci, e meu conterrâneo. Pessoa de família culta, discreta e decente que, honra seja feita, repudia o nepotismo. Vejamos se também amparará a indigência intelectual da D. Dilma.

    Obrigado por seu comentário e seus esclarecimentos, cara Riva. De fato, Dulci faz parte do time que escreve os discursos presidenciais. Mas, pobres deles, Lula raríssimas vezes os lê, preferindo os improvisos. Mesmo em solenidades que requerem a leitura de discursos ele não raramente os deixa de lado.

    Um abraço, volte sempre por aqui, tá?

  532. Angela

    -

    30/10/2010 às 17:13

    interessante…os PeTralhas estão “soltando fogos pelas ventas”,então, ficam aki uns questionamentos. Quem? Quem consegue um bom emprego (sem ser o da Presidência, é claro!)sendo um semianalfabeto? quem? quem consegue um lugar ao sol sem ter sentado por longos anos nos bancos escolares? quem ? quem consegue concorrer/competir com o mundo globalizado sem ter se “matado” de estudar! quem? não, não me venham citar “apadrinhados” ou coisa q o valha. quem? quem realmente prosperou,subiu na vida,galgou degraus sem ter estudado? um semianalfabeto como presidente de uma Nação, isso nem Freud explica!
    Não, eu tb não tenho nenhum orgulho de ter um presidente semianalfabeto, até pq eu estudei e continuo estudando e, olha que eu já não sou mais nenhuma menininha.

  533. barreto

    -

    30/10/2010 às 16:55

    Eu me orgulho muito do nosso presidente, pois sem entender de sociologia tirou milhões da miséria; sem ter estudado muito criou mais escolas e universidades do que muitos doutores; sem entender de política externa enterrou o G8 e reforçou o G20; sem entender de etiqueta foi convidado pela rainha a sentar-se ao seu lado; sem entender de preconceito colocou o primeiro negro no STF…
    Desculpe-o se, agora, vocês andam nos shoppings lotados e transitam nas ruas cheias de carros de gente que está tendo poder de compra.
    Ah! e peguem a Veja nº 43 de outubro de 2002, que ele pode falar muito mais sobre o Lula.
    Se não a encontrarem, pesquisem mais sobre múltplas inteligências ou sobre Rubem Alves, por exemplo, para pararem de falar tanta asneira sobre educação.

  534. Estêvão Zizzi

    -

    30/10/2010 às 16:47

    Dilma Russeff peita William Bonner no Debate da Globo. Confira: http://migre.me/1RSvW

  535. JOSÉ CARLOS WERNECK

    -

    30/10/2010 às 16:39

    Excelente texto.Mas gostaria de fazer uma observação.Existe uma grande diferença entre o sábio e o sabido,assim como entre a esperteza e a inteligência.

    Você tem razão, caro José Carlos.
    E obrigado por visitar a gente e deixar sua opinião.
    Abraços e volte sempre.

  536. Wilson Alves

    -

    30/10/2010 às 16:30

    Senhor Ricardo Setti…
    Peço-lhe humildemente que não exclua este meu comentário.
    Vim aqui somente para convidá-lo, bem como, aos seus comentaristas para irem até o blog cidadania do Eduardo Guimarães, dizerem em quem vão votar e justificarem seu voto, se quiserem… Se puderem.
    Eis o link:
    http://www.blogcidadania.com.br/2010/10/justificativa-de-voto/#idc-container
    Grato pela atenção.

    Caro Wilson, por que “pedir humildemente”? Este espaço é dos amigos do blog. Claro que vou publicar, como estou publicando seu comentário. E, sim, vou lá dar uma olhada. Abração e volte sempre.

  537. Marianne Possa

    -

    30/10/2010 às 16:27

    O Lula, como qualquer presidente, deveria estimular e valorizar a educação do povo. Pelo contrário, incita a ignorância, a ganância e ilude o pobre, a acreditar que vai chegar a algum lugar sem educação ou trabalho.

  538. Valdir Rosario

    -

    30/10/2010 às 16:17

    Caro Ricardo Setti, moro em Araraquara no interior de SP e conheci sua coluna à pouco tempo e quero parabenizá-lo; já me tornei fã e não por ver em você um partidário ou preconceituoso, mas sim um brasileiro, que faz comentários, críticas ou elogios baseados no seu direito de cidadão, e é neste papel que eu também faço meu comentário: O que se pode esperar de um homem que chegou à presidência de nosso país aos “trancos, conchavos, e barrancos”, um homem que como você já citou, é semianalfabeto e que se vangloria disso, que assina um documento que se chama Programa Nacional de Direitos Humanos versão 3 ( PNDH 3 ), que pelo nome é bonito não acha ?, mas que na essência está embutido de “manobras” e “artimanhas” para mordaçar a imprensa, “cercear” a liberdade religiosa, profissionalizar a prostituição no Brasil, dar aval ao MST para invadirem o que quiserem ser ter a autoridade do Supremo Tribunal Federal para julgar “tais” invasões, e quem julgaria estas invasões ??; “los hermanos petralhas” ?, como pode um homem deste, cujo partido se coloca acima do Brasil, merecer nosso respeito ?, se ele não respeita nada e ninguém e muito menos a nossa constituição, demite quem critica seu governo, forçou a demissão da nossa conceituosa Marina Silva quando a mesma era ministra do meio ambiente, demitiu em fevereiro deste ano o general de 4 estrelas Maynard Marques de Santa Rosa que era chefe do departamento geral do exército por ter criticado um do “itens” deste PNDH 3 onde contemplava a instalação de inquéritos para investigar anistiados da era do regime militar a quase 50 anos atrás, tudo isso ele assinou sem ler ??, pois é caro Setti , como pode o povo admirar e dar aprovação a um homem deste e a um partido cheio de corrupção e pessoas como Erenice Guerra e “família” , José Dirceu, Antônio Palocci ( que está voltando, pois até já acompanhou Dilma em um debate do 2º turno ) e tantos outros como nas alianças com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e Collor, que fizeram o que fizeram e estão aí impunes…, fez um aparelhamento do Estado que vai demorar anos para conseguirem desfazer, como pode alguém dizer que este é o maior e melhor presidente que o Brasil já teve ?. Enfim…me resta a esperança que Deus olhe por nós e que ilumine as mentes dos eleitores brasileiros neste dia 31 de outubro de 2010…., senão o próximo passo pode ser um “Chavismo” ou quem sabe um “Castrismo” ou “Iranianismo” ou “Russianismo”…, coisa boa não deve ser….

  539. edmar anti-pt

    -

    30/10/2010 às 16:03

    Esqueci de mencionar num comentário anterior, que concordo com cada palavra escrita no seu post. Você não tem culpa, se algumas pessoas não sabem como interpretar um texto tão claro como o seu. Um abraço e não desanime. Há muita gente que concorda com você.

    Sei disso, caro Edmar. Muito obrigado por seu comentário e sua solidariedade. Volte sempre que puder.

    Abração

  540. edmar anti-pt

    -

    30/10/2010 às 15:46

    Durante estes 8 anos de Lula no “pudê”, vimos a glamourização da ignorância. Agora com Dilma, pelo que indicam as pesquisas, teremos a glamourização da mediocridade…

  541. Cassia Araujo

    -

    30/10/2010 às 15:44

    Eu nunca paro de estudar. Quando eu estava no Ministério do Meio Ambiente e no Senado, estava sempre estudando. Graças a Deus consegui fazer duas especializações — uma na Universidade de Brasília, em Teoria Psicanalítica, e outra na [Universidade] Católica [de Brasília], em Psicopedagogia. E estou terminando uma em Psicopedagogia na Argentina. Tive que parar esse ano, mas vou retomar. Essa é a fala da Marina na qual me orgulho , e que com certeza servirá de exemplo para muitos brasileiros !!!

  542. Rakel Maia

    -

    30/10/2010 às 15:40

    e mais: é uma pena q tenhamos sido respeitosos com as pesquisas de aprovação do apedeuta (80? rsrsrs) e não pensamos em colocar isso à prova. Agora, com as eleições, tudo fica mais claro. fomos passados pra trás, ludibriados vergonhosa e afrontosamente
    Rakel

  543. Laélia Carvalho Giacon

    -

    30/10/2010 às 15:40

    Meus pais me ensinaram a ética, a moral e a importância de viver segundo esses princípios, mas o mais importante: lutaram para que tivéssemos a oportunidade de estudar mais do que eles puderam. Há muito sinto vergonha de ter por presidente um homem sem estudo, mas mais do que isso, sem vontade nenhuma de estudar, que incita o povo a achar que tal não vale nada. Já achava isso antes e ao ler sua coluna pude constatar que meu sentimento não é único. Parabéns.

    Obrigado por sua generosidade para comigo, cara Laélia. Também meus pais me ensinaram a mesma coisa.

    Um abração

  544. Cassia Araujo

    -

    30/10/2010 às 15:37

    Também não me orgulho de ter um presidente semi analfabeto , mais a população na sua maioria carente idolatram o grande pai Lula e a grande mãe Dilma , se cegam para a verdade e com seu fanatismo se tornam seres violentos e paranoicos a ponto de achar que o mundo conspira contra eles ! é preocupante a situação .

  545. Rakel Maia

    -

    30/10/2010 às 15:36

    não vou assistir ao vídeo pq n/ suporto a visào/voz delle. mas concordo plena/. e é uma pena q ficamos calados durante 8 anos. elle é ridículo, preguiçoso,mentiroso, mau elemento, mesmo.
    Rakel

  546. Rachel

    -

    30/10/2010 às 15:02

    Pelo visto ñ é só o Lula q é analfabeto funcional. O q o colunista quis dizer, e eu entendi perfeitamente, é q se vangloriar por nunca ter estudado é uma INVERSÃO DE VALORES. Aliás, inversão de valores e distorções de fatos e verdades em mentiras é comum a Lula e a outros petistas. Para Lula e os demais petistas qualquer um q tenha estudado um pouco mais na vida é tratado como “elite metida a besta”. É como q se só rico pudesse ter ensino superior e pós-graduação, e q isso ñ é coisa para pobre, assim como jogar tênis tb ñ é(q é esporte da burguesia). A inversão de valores deixa claro q o preconceito é contra quem estuda e ñ o contrário. Lula usa isso inclusive para atacar FHC (o presidente representante das elites). Pior do q se vangloriar por ter estudado, é se vangloriar por ñ tê-lo feito, pois o primeiro ainda é justificavel, mas o último não. Se o presidente tivesse comportamento coerente ele diria: “Sou a prova viva de que ñ é preciso ter curso superior para ser presidente da republica, mas teria sido melhor e mais fácil se tivesse. Portanto, todos aqueles q se depararem com a oportunidade de estudar, que o façam. Isso poderá facilitar as conquistas no futuro.” Simples assim. Outra questão é q ensino superior ñ alfabetiza ninguém, pois ser bem alfabetizado é pré-requisito para se fazer um curso superior (pelo menos deveria ser). O q alfabetiza adequadamente é um ensino fundamental de qualidade. É melhor ter tido apenas um bom ensino fundamental que garanta boa alfabetização do q entrar semi-analfabeto em uma universidade de fundo de quintal. Já cheguei a corrigir questões de provas de alunos de curso superior (de universidade publica estadual!) totalmente sem nexo e sentido. Universitários q ñ sabem por no papel uma idéia coerente. A conclusão disso tudo é q ter ensino superior pode ñ significar muita coisa para o exercício da presidência, mas ñ tê-lo seria ainda pior! O ensino superior mudou a minha vida (ñ por uma questão de “título”, mas de experiencia), apesar de ter deixado muitas coisas a desejar.

    Muito obrigado, de coração, cara Rachel, por seu amável e inteligente comentário. De fato você entendeu o sentido de meu post. Inversão de valores: você disse tudo.

    Um abração e tudo de bom.

  547. Rios

    -

    30/10/2010 às 14:34

    Concordo com o senhor, também não me orgulho de ter um presidente semianalfabeto. A unica coisa que transforma as pessoas é a educação. E não vejo isto como um bom exemplo. Acho que é valido sua história e respeito sua trajetória apesar de não concordar com ele. “UM PAÍS SE FAZ COM HOMENS E LIVROS.”

  548. flavio

    -

    30/10/2010 às 14:20

    so de pensar que faltam menos de 48 horas pra acabar o governo deste individuo,me da alegria demais.
    amanha a noite ele ja devera comecar a fazer hora extra pra limpar as gavetas, queimar documentos, e amargar a duvida aritmetica de como 3% fizeram tanto estrago na vida dele. Ele nunca vai entender.
    Como diz um cubano preso politico, ele tem lapsos de memoria, nao compreende frases complexas, e simplorio…enfim….dentro de 1 ano sera um nada.

  549. Lílian

    -

    30/10/2010 às 13:17

    Ricardo Setti,
    Concordo com o Henderson: “eles” leram somente o título do post.
    E fico aqui a pensar:
    Por que mostrar a luz (conhecimento) para quem quer ficar na escuridão (ignorância)?

  550. Jaine Lira

    -

    30/10/2010 às 12:30

    É incrível o cinismo da Revista Veja (aliada a Rede Globo) que incansavelmente tentam distorcer a imagem de um presidente que tirou o país do “fundo do poço” e que hoje é respeitado internacionalmente. Será que vocês se esquecem das eleições de 1989, em que a tal emissora apoiou fortemente o Collor, considerado um homem bem apessoado, bonito e inteligente. Já referente à Lula, como um operário que não entendia nada de política, causando medo na população através de mentiras. O resultado todos sabemos… Collor venceu e tempos depois o país estava “destruído”.
    É por isso que as vezes me pergunto… será que vocês que trabalham na Veja são cegos??? foram submetido a uma lavagem cerebral ou simplesmente recebem ordens para criticar o PT e vangloriar o PSDB???
    No entanto, o tempo se encarregará de mostrar a todos os que hoje também criticam a candidata Dilma que ela com sua competência levará o Brasil à patamares maiores.

    Cara Jaine,

    Critiquei, com exaustivamente explicado, uma POSTURA do presidente diante de quem procura estudar e o que ele sempre faz aparentar ser o orgulho que tem de não ter diploma.

    Quanto à Globo e Collor, o que é que eu tenho com isso? O que é que a VEJA tem com isso?

    Já se você tiver um mínimo, um grama de informação, saberá que foram as dezenas de reportagens de VEJA denunciando falcatruas do governo Collor que levaram o Congresso a afastá-lo. Quem foi que publicou a entrevista-bomba do próprio irmão do presidente, Pedro Collor, denunciando que o irmão era desonesto e que seu governo estava cheio de ilegalidades?

    Seja mais justo e menos cego pela fé ideológica, meu caro.

    Um abraço

  551. Dalmo Nogueira

    -

    30/10/2010 às 12:03

    Meu comentário precisa de moderação?

    Sr. Setti
    Eu poderia fazer aqui uma lista muito maior de corruptos que integraram e integram os partidos que apoiam o Sr. José Serra, mas meu post ficaria muito grande para ser lido. Não acompanhei as demais respostas ao meu comentário. Respondo apenas á sua. É a primeira vez que participo de uma discussão desta, normalmente reservo-me apenas à leitura, mas o preconceito é tão grande em suas palavras que eu não poderia me calar. Nosso País está cansado de ser manipulado por opiniões de baixareis que, por terem o tal diplominha de jornalista e uma cadeira em grandes meios de comunicação, acham-se no direito de criticar a quem quem quer que seja, sem antes mesmo olharem-se no próprio espelho. Pegue um jornalita e coloque-o para fazer o trabalho do médico, do engenheiro, do advogado. Coitado!! Agora pega um jogador de futebol qualquer, que saiba falar um pouco melhor que os outros; vira jornalista!! O povo brasileiro tem muito orgulho de ter um presidente semi-analfabeto e vai mostrar isso nas urnas no próximo domingo. Felizmente a sua opinião não fará a menor diferença. Não preciso beijar o Presidente e nenhum dos corruptos que dele se aproximaram para obter vantagens. Não preciso de nenhum político e muito menos de nenhuma verba governamental para patrocinar minhas palavras. Minha vida financeira não mudará em nada, seja qual for o eleito. Quanto aos corruptos, todos aqueles que, como o Dirceu, agiram contra o patrimônio público, deveriam estar presos e jamais poderem ocupar um cargo político novamente. Claro que o FHC seria o primeiro da lista. Acontece que temos apenas quinhentos anos de história. A Europa é muito mais antiga e nem por isso seus políticos são menos corruptos que os nossos. Nenhuma mudança realmente significativa pode ocorrer da noite para o dia, de um ano para o outro, mas alguém tinha que começar. Primeiro precisamos que todos tenham o que comer, o que vestir e moradia própria. Necessitamos que todos tenham acesso á educação de qualidade, ao saneamento, à saúde e principalmente ao trabalho. Só então, de geração em geração, num futuro ainda distante, poderemos estirpar tantos bandidos que ocupam as cadeiras de nosssos parlamentos. E quem começou esta mudança foi o Lula!! O ódio dos cultos reside exatamente nessa mudança. Não querem que o pobre analfabeto tenha os mesmos direitos seus. Afinal, para que serve a Constituição? (Todos são iguais…) Lula ficará na história, sendo culto ou não, analfabeto ou não. Eu passarei. Todos que aqui escrevem passarão. Você e demais jornalistas também; como passam as nuvens. Já o analfabeto Lula jamais será esquecido!!!

    Caro Dalmo, desculpe a demora na resposta.

    Não consigo concordar com quase nada do que você escreveu, sobretudo a respeito de FHC, mas publico, democraticamente, seu comentário.

    Só não engulo o fato de você achar que eu critico o presidente não por achá-lo um mau exemplo em relação aos que estudam, como é o caso, mas por preconceito.

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

  552. carlos lamounier DIVINOPOLIS MG

    -

    30/10/2010 às 10:32

    setti você e muito preconceituoso ..
    não podemos ter preconceito
    com certeza você e parte da ELITE se incomoda com o sucesso do LULA , vocês acham que somente os RICOS podem ser governantes
    DEIXA DE SER PRECONCEITUOSO !!
    ESTAMOS NO SECULO 21 !!
    E VIVA O PRESIDENTE LULA !!!!

    Ô, Lamounier, mineiro é gente boa, ainda mais de Divinópolis! Não faça isso comigo.

    De onde é que você tirou que eu acho que só os ricos podem ser governantes? Sou de origem modesta, meus antepassados, tanto do lado paterno como do lado materno, eram imigrantes que vieram para o Brasil com a cara e a coragem.

    Por que em vez de falar em preconceito você não argumenta, ponto por ponto, contra o que escrevi?

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

    Um abraço, apesar de você me achar preconceituoso. Deus me livre, sou não.

  553. Marcello

    -

    30/10/2010 às 10:24

    Esse presidente é mesmo uma vergonha. Eu não me orgulho dele por esse e por vários motivos, muitos deles bem elencados na resposta a Nety Castro, uma anta igual ao presidente que defende. Ele pode até eleger a bruxa de um neurônio, que também jamais terá meu respeito. Esse país não é sério.

  554. L.Candeia

    -

    30/10/2010 às 8:57

    Setti, não me basta não sentir o menor orgulho de ter um presidente semi-analfabeto. Ocorre-me é VERGONHA , pois “elle” o é por opção e preguiça mental.
    Dotado de certo grau de inteligência, o ora ocupan
    te da presidência “destepaiz”, simplesmente abdicou de educar-se, optando por “agitos politico
    sos” e “emulações etílicas”(ainda o faz, muito…).
    Seu pretenso “orgulho” de ser um iletrado, ofende
    a todos os brasileiros que lutam por melhorar-se e
    ampliar horizontes de conhecimento.
    Parabéns pelo belíssimo texto.
    “Vade retrum”, Lullarápio e caterva !

  555. Henderson Sousa

    -

    30/10/2010 às 2:13

    Caro Setti, não sei se rio ou se choro com essa manifestação fanática dos petistas aqui no seu blog.

    Ficou claro a mim, ao contrário dos petistas, que o seu argumentar foi no sentido de repudiar a atitude de um presidente que se vangloria da falta de escolaridade e que tripudia aqueles que possuem mais estudos.
    Com uma agravante: eles mesmos não se jactam da alta popularidade do Lula? Ele não deveria dar o exemplo a esses 80% no que concerne aos estudos?

    Sabe o que houve, caro Setti? Eles nem sequer leram o texto todo. Ficaram só no título do post.
    Essa é a forma da patrulha atual.Não se deixe abater.

    Não me deixo nem me deixarei abater, amigo Henderson. Você facilmente resumiu em duas ou três frases o que esses lorpas e pascácios não entenderam — porque, exatamente como você disse, a maioria nem sequer leu. Estou perplexo com o nível de ódio e de cegueira dos fanáticos. Fanatismo nunca leva a coisa boa, não é mesmo?

    Um abração e obrigado

  556. Nicola Klauss

    -

    30/10/2010 às 1:35

    Aqui no lugar onde poucos lugares do Brasil o termômetro chegam aos 48º, compartilho com teus pensamentos, os motivos que me fazem votar no Serra são exatamente os que vc colocou em linhas tão bem escritas, não acredito ler textos como os que estão aqui neste blog, pois quem acha melhor “se dar bem” e assim a gente “da um jeitinho” nas coisas, não sabem o real valor do conhecimento e nem o que se consegue com isso, pois infelizmente neste país, que elege o político não é quem lê o jornal, mas sim quem limpa a b..da com ele!!

  557. nety castro

    -

    30/10/2010 às 0:37

    Dorme mesmo em paz??? A revista para qual o sr. trabalha está a serviço do PSDB. Olha só: Vai ter engolir mais 4 anos. Será que esse pasquim aguenta????

  558. Lúcia Helena

    -

    30/10/2010 às 0:28

    Caro Ricardo

    Em que pese já ter deixado meus comentários por aqui, retornei hoje porque imaginei a avalanche de ataques que vc sofreria pela coragem de abordar este tema.
    Reafirmo minha concordância com seu post e coloco-me ao lado daqueles que lhe apoiam, seja porque concordam com vc seja porque apesar de não concordarem, respeitam o seu direito de dizer o que pensa e defender o que acredita.
    Por fim, se serve de sugestão, avalizando outros comentários, com fanáticos não se discute ou argumenta…. é monólogo de uma nota só….
    Um abraço

    Obrigado por sua visita, pelo comentário, pela solidariedade e pelo conselho, cara Lúcia Helena. Vou meditar bastante, também porque outros leitores já fizeram a mesma recomendação.

    Abração

  559. Dalmo Nogueira

    -

    30/10/2010 às 0:18

    Sr. Setti
    Eu poderia fazer aqui uma lista muito maior de corruptos que integraram e integram os partidos que apoiam o Sr. José Serra, mas meu post ficaria muito grande para ser lido. Não acompanhei as demais respostas ao meu comentário. Respondo apenas á sua. É a primeira vez que participo de uma discussão desta, normalmente reservo-me apenas à leitura, mas o preconceito é tão grande em suas palavras que eu não poderia me calar. Nosso País está cansado de ser manipulado por opiniões de baixareis que, por terem o tal diplominha de jornalista e uma cadeira em grandes meios de comunicação, acham-se no direito de criticar a quem quem quer que seja, sem antes mesmo olharem-se no próprio espelho. Pegue um jornalita e coloque-o para fazer o trabalho do médico, do engenheiro, do advogado. Coitado!! Agora pega um jogador de futebol qualquer, que saiba falar um pouco melhor que os outros; vira jornalista!! O povo brasileiro tem muito orgulho de ter um presidente semi-analfabeto e vai mostrar isso nas urnas no próximo domingo. Felizmente a sua opinião não fará a menor diferença. Não preciso beijar o Presidente e nenhum dos corruptos que dele se aproximaram para obter vantagens. Não preciso de nenhum político e muito menos de nenhuma verba governamental para patrocinar minhas palavras. Minha vida financeira não mudará em nada, seja qual for o eleito. Quanto aos corruptos, todos aqueles que, como o Dirceu, agiram contra o patrimônio público, deveriam estar presos e jamais poderem ocupar um cargo político novamente. Claro que o FHC seria o primeiro da lista. Acontece que temos apenas quinhentos anos de história. A Europa é muito mais antiga e nem por isso seus políticos são menos corruptos que os nossos. Nenhuma mudança realmente significativa pode ocorrer da noite para o dia, de um ano para o outro, mas alguém tinha que começar. Primeiro precisamos que todos tenham o que comer, o que vestir e moradia própria. Necessitamos que todos tenham acesso á educação de qualidade, ao saneamento, à saúde e principalmente ao trabalho. Só então, de geração em geração, num futuro ainda distante, poderemos estirpar tantos bandidos que ocupam as cadeiras de nosssos parlamentos. E quem começou esta mudança foi o Lula!! O ódio dos cultos reside exatamente nessa mudança. Não querem que o pobre analfabeto tenha os mesmos direitos seus. Afinal, para que serve a Constituição? (Todos são iguais…) Lula ficará na história, sendo culto ou não, analfabeto ou não. Eu passarei. Todos que aqui escrevem passarão. Você e demais jornalistas também; como passam as nuvens. Já o analfabeto Lula jamais será esquecido!!!

    Caro Dalmo, desculpe a demora na resposta.

    Não consigo concordar com quase nada do que você escreveu, sobretudo a respeito de FHC, mas publico, democraticamente, seu comentário.

    Só não engulo o fato de você achar que eu critico o presidente não por achá-lo um mau exemplo em relação aos que estudam, como é o caso, mas por preconceito.

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

  560. nety castro

    -

    29/10/2010 às 23:33

    Não tem orgulho.Tem INVEJA.O seu texto é podre,totalmente preconceituoso e desesperado porque vão perder,de novo,as eleições.

    Inveja do quê, Nety?

    Sou feliz com a profissão que tenho, com a família que tenho, com os amigos, com a vida.

    Tem mais:

    Durmo em paz com minha consciência.

    Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada).

    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.

    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.

    Então, sou muito feliz assim. Que Lula e o PT fiquem com sua turma. E você, pelo jeito, abraçado com eles.

    Cada um é responsável por suas escolhas, né?

    Saudações

  561. tereza

    -

    29/10/2010 às 22:10

    setti, não tens mesmo um mail que possa te escrever?
    u não quer?
    meu nome é real, meu mail tb…
    escrevo porque PML e nassif disseram que vc é enfim, jornalismo na veja…
    pode me responder?
    abçs

    Já lhe enviei um email. E desculpe, escrevi, neste email, Tereza com “s”.

    Lá eu explico o porquê da demora.

    Abraços

  562. Isabel

    -

    29/10/2010 às 21:38

    Caro Setti, vc disse a uma leitora que depois da eleição pretende se dedicar menos ao tema política.
    Aprecio a diversidade cultural de sua coluna, mas acho que Política & Cia se prenuncia como uma ‘esquina’ democrática/política do país. Poderá se tornar um bom termômetro da politização do brasileiro.
    Acho que vc teria muito trabalho nos próximos 4 anos.
    O Brasil está acordando!
    ! – Não se preocupe se não for possível vc responder a tantos comentários – pro ou contra.
    Publicá-los, devidamente ‘estrelados’, já lhe faz um moderador moderado democrático.
    O tiroteio (com moderação) faz parte.
    Ça fait la différence.
    Bon courage!

    Obrigado, cara Isabel.

    Não vou abandonar a seção Política & Cia, não, é um espaço de discussão que quero manter. Só não vai é predominar tanto como agora.

    Acho que você vai gostar.

    Abração

  563. jairo

    -

    29/10/2010 às 21:37

    Em primeiro lugar não estou te ofendendo. Ignorante é apenas quem ignora algo ou alguém. Você ignorou tudo que Lula fez, não só pelo país, mas por si. Saiu do nada e se tornou presidente. É um feito que você, formador de opinião, jamais conseguirá. Seu blog tem apenas o apoio de seus pares, de quem tem a mesma opinião. É muito fácil falar mal do Lula. Eu já ouvia esse tipo de comentário quando era criança. Gente como você dizia que se Ele ganhasse, quem tinha duas casas teria que dar uma a quem não tem, coisas assim.

    Caro Jairo, não me deprecie. Nunca disse ou escrevi coisas nesse nível de boçalidade que você menciona.

    O que fiz, e insisto, exaustivamente, nisso, é criticar o MAU EXEMPLO que essas atitudes do presidente significam.

    Não tenho a pretensão de ser nada mais que mais um comentarista que tem um blog, e já está ótimo assim.

    Não ignorei o que o Lula fez — nem muito menos as coisas péssimas, como o mensalão, que vocês, partidários do presidente, fingem que não existiu.

    Apenas tratei, neste post, de um aspecto do comportamento dele que não acho nada bom como exemplo.

    Abraços

  564. Ana Paula Catarino

    -

    29/10/2010 às 21:31

    Ricardo,
    Parabéns pelo seu texto, é brilhante. As coisas andam estranhas no Brasil nesses últimos tempos. Parece que estudar, trabalhar, almejar um futuro próspero, baseado no trabalho e evolução cultural é crime!!!!Querem nivelar a sociedade por baixo. Por exemplo: favela mudou de nome, agora é comunidade. Mas , a vida das pessoas que lá residem, mudou??? O ideal seria que não existissem favelas, que todos morassem dignamente, certo? Imagine alguém falando que morar em favela deve ser péssimo, já pensou??? É a mesma situação. O ideal seria estimularem as pessoas a prosperar, o lutar por progresso, estudar, não se acomodar…O Lula é um péssimo exemplo. Mas talvez seja por isso que muita gente o admira, pelo fato de se identificarem com ele. Nem todos querem realmente prosperar e evoluir. Um churrasco e um futebol nos fins de semana são suficientes.

    Obrigado por sua visita e seu comentário, cara Ana Paula.

    Espero que você volte mais vezes.

    Um grande abraço

  565. João Máximo

    -

    29/10/2010 às 21:27

    Ricardo, eu sinto vergonha de ter um presidente semi-analfabeto. Concordo com você, o Lula poderia ter estudado e com certeza teria sido um presidente melhor para o país.

  566. ZEZE

    -

    29/10/2010 às 20:21

    Caro Setti,
    Parabens pela lucidez de seu post sobre a apologia da desse senhor que nao tem mais qualquer limite. O maior problema do Brasil e a falda de educacao em todos os sentidos.

    Obrigado pelos parabéns e um abração, Zezé.

  567. José Geraldo Coelho

    -

    29/10/2010 às 20:04

    O Serra foi Ministro da Econômia sendo Economista. E era bom que fosse. Já um Ministro da Saúde não precisa ser necessáriamente médico. Basta ser bom administrador. Se ele se preocupasse com indice de aprovação, por vaidade como o Lula, teria 99,9% de aprovação. Eté hoje ele é reconhecido como bom Ministro da Saúde.

  568. richard smith -

    -

    29/10/2010 às 20:02

    Ihóóóóin! ihóóóóóin! Olha a PeTralhada se manifestando aí, gente! Os mais chucros estão escoiceando dentro da báia e até derrubaram o cocho. Vão dormir com fome hoje, hein meninos?!

    Vão ser ignorantes e escrôtos assim lá no Maranhão, no Amapá ou em outras plagas aonde os suportadores do Apedeuta sem-dedo reinam, mandam e desmandam.

    Já imaginaram como ficarão as parelhas e mais parelhas quando se abrirem as urnas na noite de domingo próximo? Vai ser uma zurradeira e escoiceação só! Acho que jeito será fazermos remessas massivas para as fábricas de cola ou a queima das carcaças em piras gigantes a fim de não haver infestação e epidemia, credo!

  569. José Geraldo Coelho

    -

    29/10/2010 às 19:46

    O Lula não só desistimula os jovens a estudarem como estimula outros analfabetos a se candidatarem a cargos públicos. É bem verdade que, há alguns séculos atrás, os EEUU tiveram um presidente analfabeto. E foi um grande presidente, tendo comprado ou incorporado vários estados do sul tornando os EEUU o que é hoje. Mas foi há alguns séculos!

  570. PRANAS

    -

    29/10/2010 às 19:24

    Eu tenho uma visão um pouco diferente pois considero que a pessoa pode ser autodidadata em muitas materias por exemplo o Jose Serra foi um ministro da saude sem nunca ter estudado nada a formalmente a respeito,exemplos como estes vamos encontrar aos milhares,assim podemos considerar que o nosso presidente é um autodidata por conseguir fazer uma administração aprovada por 84% da população brasileira,,ou talvez tenha conseguido este feito justamente por não ter uma educação formal.

  571. Geraldo

    -

    29/10/2010 às 19:20

    Caro Setti,
    Não vou poder acompanhar o debate de hoje, pois tenho algo muito mais importante para fazer que é ir à solenidade de formatura da minha filha.
    Quando voltar, com verteza lerei os teus sempre corretos comentários.
    Abraços

    Caro Geraldo, meus parabéns!
    Aproveite este momento ao lado da família.
    Não se preocupe, não faltaram posts sobre o debate.
    Um grande abraço!

  572. Geraldo

    -

    29/10/2010 às 19:03

    Caro Setti,
    690 comentários!
    Não sei se é o teu recorde, mas certamnente é um belo número de retornos.
    O maior (e pior) legado de Lula foi exatamente esse que você indicou.
    A apologia da ignorância – não no sentido pejorativo e vulgar do vocábulo – mas o substantivo do verbo ignorar.
    Ignorar que o conhecimento é o que impulsiona a civilização.
    Ignorar que a leitura nos permite ampliar horizontes, procurar entender pontos de vista contrários, nem que seja para combatê-los.
    Ignorar que o estudo é um dos estágios da nossa evolução espiritual.
    Mas, pior do que isso, o nosso presidente apedeuta vangloria-se de seu semi-analfabetismo, como se isso você pré-requisito para ser um bom governante.
    Ainda mais grave, nosso lider apedeuta também é um socio(ou psico)pata, pois é um ególatra, que cultua sua sabedoria prática e seu discernimento como sendo as maiores virtudes que já vimos na história deste país.
    Basta ver a natureza, a baixeza e a total falta de argumentação civilizada de alguns dos comentários a teu post, para vermos que Lula, de fato, conseguiu transformar muitos brasileiros em valentões, falastrões, membros de gangue, distilando ódio, revolta e complexos, contra as “elites”, sempre que podem.
    Triste legado de um patético presidente.
    Interessante será ver como as coisas evoluirão a partir do próximo ano, se Dilma for eleita.
    A despeito de todos os seus defeitos, muitos e desclassificantes, ela tem muito mais preparo formal e cultura do que seu criador.
    Vamos ver como as coisas vão evoluir.
    Enganam-se os que pensam que ela apenas esquentará a cadeira para seu atual chefe.
    Se fizer um mau governo, é óbvio que o PT irá de Lula em 2014.
    Mas se fizer um bom governo, por que dar ao apedeuta ególatra a missão em 2014?
    Neste próximo domingo veremos alguns fatos:
    1. os que não avaliam bem o atual governo são bem mais de 3%;
    2. a diferença entre os dois candidatos, qualquer que seja a ordem de classificação deles, será muito menor do que a anunciada pelos institutos de pesquisa;
    3. da forma como foi conduzida a campanha petista, calcada em mentiras, provocações, deboches, achincalhes e, sobretudo, na mais vergonhosa ilegalidade da função do presidente, a primeira missão do(a) vencedor(a), será juntar os cacos da sociedade e procurar, no primeiro dia, colocar água fria na fervura.
    Torço para que o PT não continue no governo, mas torço mais para que o que chamam de um presidente da República desça a rampa no dia 01/01/2011 e não volte nunca mais.
    Que vá fazer qualquer coisa, até estudar.
    Abraços

    Caro Geraldo, obrigado pela simpatia, pela visita e pelo conteúdo riquíssimo de seu comentário.

    Entre muitos outros aspectos que poderia comentar, vou abordar um: concordo com cada palavra do que você escreveu sobre a presidenciável Dilma. Enganam-se os que acham que ela ficará esquentando cadeira para Lula. Vamos ter muitas surpresas por aí, no caso, muito provável, de uma vitória dela.

    É sempre um prazer receber comentários seus. Volte sempre que puder, tá?

    Abração

  573. Raphael

    -

    29/10/2010 às 18:56

    Manifesto que já conta com quase 6 mil assinaturas de professores comprova a rejeição a José Serra no âmbito da Universidade brasileira. O documento critica seu autoritarismo como governador, sua tentativa de revogar a relativa autonomia das Universidades Estaduais paulistas, o uso da força para resolver conflitos e o achatamento salarial, em época de recordes de arrecadação de impostos. Tais métodos, diz ainda o manifesto, estendem-se ao sistema de ensino fundamental e médio, cujo desempenho sofrível revela o fracasso da política educacional que, sob o comando de Paulo Renato, não esconde seu ímpeto privatizante.

  574. rcalloni

    -

    29/10/2010 às 18:55

    complemento o argumento digitado anteriormente, quero dizer que o argumento do bom selvagem só serve para uma camada de pseudointelectuais.Acredito que Hobbes venceu, só os ignorantes não aceitam. Abraços

  575. Gilberto Campos

    -

    29/10/2010 às 18:53

    Gilberto Campos – 28/10/2010 às 20:26
    Melhor ter um presidente semi-analfabeto que investiu mais que qualquer um em educação do que um presidente “alfabetizado” que promove educação elitista e para poucos. E é uma pena que tenhamos no Brasil tantos jornalistas, colunistas, editorialistas, cientistas políticos, etc, preconceituosos e analfabetos políticos…
    Ah, a coragem que o anonimato dá nas pessoas.
    Por que em vez de falar em preconceito você não usa seu cérebro — imagino que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?
    Preconceituoso por quê?
    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?
    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?
    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?
    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?
    Ou o Vicentinho?
    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?
    Existe também a possibilidade de você já estar me atirando pedra só pelo título do post, que nem leu.
    Saudações.
    …Ah, a coragem que o espaço generoso numa coluna de revista dá nas pessoas…coragem, prepotência, presunção e intolerância…porque em vez de falar em analfabetismo e indisposição do Presidente em dar exemplos, o que não é fato, vc não fala dos avanços conquistados na educação nesta gestão. Principalmente se comparados com outras administrações. Com exceção de alguns jornalistas travestidos de articulistas, a maioria da população não acha que o presidente não dá exemplos de valorização da educação. Pelo contrário, acha que investir nas pessoas, nas universidades, no ensino de qualidade, na universalização do ensino, na construção de campis e escolas técnicas, no reconhecimento dos professores como agentes da transformação educacional é sim, exemplo e sinal de valorização do estudo. O que vcs não conseguirão nunca entender e enxergar, porque a presunção e a prepotência não deixam, é que onde vcs enxergam desprezo pela educação formal, nós vemos um homem simples, mas empenhado em proporcionar todas as oportunidades possíveis a todos os brasileiros.
    E vc é preconceituoso sim, quando, baseado em impressões, chama Lula de analfabeto e diz que ele faz apologia da ignorância.
    Nós também defendemos a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir? De onde vc tirou que o presidente defenda o contrário?
    Pq ele não publicou nenhum livro? Pq não posa de intelectual? Se isso não é preconceito, o que será?
    Algumas pessoas dão duro no trabalho se esforçam e concluem os estudos, outras não. Mas este critério não é suficiente pra dizer que umas estão incentivando os estudos e as outras não. Meu pai também deixou de estudar cedo para trabalhar, poderia ter concluido os estudos quando já estava com a vida mais tranquila, não o fez, mas mesmo assim, fez tudo o que podia e o que não podia para que todos os seus nove filhos dessem valor às letras e se formassem. E conseguiu. Vc vai me dizer que ele por não ter feito faculdade, não serviu como exemplo?
    É interessante notar sua tentativa de tentar caracterizar seu comentário apenas como crítica impessoal a um comportamento presidencial e ao mesmo tempo aceitar e publicar comentários aqui neste espaço de pessoas insultando, agredindo e ofendendo violentamente o presidente, ao mesmo tempo que desdenha, subestima responde agressivamente aos que tentam contraargumentar seu artigo.

  576. rcalloni

    -

    29/10/2010 às 18:52

    PARABÉNS
    Na minha fase de criança e adolescência toda vez que ficava frente a algo desconhecido ou ignorado sentia vergonha da minha ignorância. Meus pais sâo semi analfabetos e sempre nos encaminharam ao estudo. Somos descendentes de imigrantes italianos e dentro da nossa cultura a valoração pelo conhecimento é pilar para o desenvolvimento e condição sine qua non para o progresso, tanto coletivo como individual.Somos o exemplo de uma familia pobre( 5 filhos) e que todos tiveram a oportunidade de estudar, concluindo o estudo universitário. Portanto a ignorância e a falta de estudo não são critérios para promoção e mérito do Presidente LULLA.Demonstra ele sua incapacidade de entender a real necessidade de uma educação para o desenvolvimento da sociedade e dos indivíduos que a compõe. Análises combinando desenvolvimento e educação estão em profusão e em várias línguas e com fácil acesso.O argumento de que ele é muito inteligente e intuitivo não serve como argumento para esclarecer a sua ignorância e sua soberba( aliás característica psicológica de todo ser com falta de cultura).Vale lembrar a máxima socrática de que quanto mais sei, menos conheço.!!!!
    O presidente LUlla não merece o elogio de ser inteligente, pois todo ser inteligente consegue visualizar o horizonte do amanhã. Também digo que condição para um desenvolvimento é a plena liberdade individual e de toda sociedade, com acesso a postos e cargos independente de suas crenças, ideologia,cor e preferências. Este é um governo que está liquidando com o mérito, substituindo por critérios escusos, não transparentes e sob o manto da amizade.Deveremos num futuro bem próximo ter a cobrança deste hiato em curso, com escolas defasadas e ideológicas, baixa qualificação intelectual do povo, massificação da ignorância e soberba dos governantes. O país ocupa diante das nações mais desenvolvidas lugar humilhante e provavelmente que estarem mais distante dos países mais desenvolvidos.Não devemos fazer elogios a ignorância do LuLLa , pois estaremos elogiando somente a esperteza, a visão de curto prazo, a sobrevivência do ser sobre a comunidade intelectual. A não conformidade com os intelectuais utópicos e avalistas do presidente merece um repúdio de todos que ao longo de sua vida lutaram para estudar, vencer em concurso, gasto de horas em leituras áridas e difíceis, teses, laboratórios etc.Finalmente para concluir basta ver que a ciência ao longo dos séculos só avançou com muito esforços de indivíduos que estudaram intensamente. Abaixo a ignorância e a soberba que os acompanham. Os indivíduos com estudo, tanto formal quanto autodidatas, possuem uma humildade diante de suas próprias ignorâncias.Este é o combustível para o crescimento e o desenvolvimento da sociedade e dos indivíduos.
    Parabéns pelo artigo.

    Obrigado pelo comentário, rcalloni.
    E pela visita.
    Abraços do
    Ricardo Setti

  577. Raphael

    -

    29/10/2010 às 18:41

    Há umargumento de que muitos blogueiros pró Dilma recebem dinheiro do governo. Se não me engano até tentaram por via legal quebrar o sigilo fiscal destes blogs. O que tenho visto não é bem assim e para tirar minha teima, aproveitando-se de meu oficio de historiador, fiz uma intensa pesquisa dos blogs mais lidos no pais. Pude perceber de lado a lado, favoráveis a Dilma ou Serra, uma variedade siginificativa. Neste caminho encontrei grupos que não há outra definição como extrema direita, apoiadores de Serra (http://coturnonoturno.blogspot.com), inclusive com participação no blog de Augusto Nunes. Mesmo tentando me manter bastante informado,me surpreendi com o que encontrei. Nos blogs pró Serra encontrei ficha falsa da candidata Dilma, dizendo que ela iria proibir os cultos religiosos; alertando que Dilma era terrorista (o pessoal esquece que o Serra pertenceu a AP-Ação Popular, organização revolucionária do período da ditadura, que por esta perspectiva, também terrorista).
    O número de blogueiros apoiadores da candidata Dilma é assustoramente bem maior. Dinheiro por trás disso? Não creio. Para se ter uma ideia, somente para dizer os blogs mais visitados, estão os dos jornalistas Nassif, Paulo Henrique Amorim, Luiz Carlos Azenha, Brizola Neto, Leandro Fortes, entre outros. Evidentemente há os blogs claramente ligados aos partidos, de lado a lado. Não tomarei estes como referência. Se dissermos que estes jornalistas recebem do governo para apoiá-lo, por que não dizer também que jornalistas como Augusto Nunes, Reinaldo Azevedo, Noblat, entre outros, estejam recebendo. Percebe o quanto é complicado?

  578. malbatahan

    -

    29/10/2010 às 18:39

    caro Sr. Setti:

    Espinosa, Descartes, Leonaro da Vinci, entre outros, não fizeram curso superior de filosofia, nem defedenram teses de doutorado. isso não os impediu de serem filósofos importantíssimos na modernidade. faraday era encadernador da Royal Society, depois de ter tido uma infância paupérrima, de pouca escolaridade formal. Acabou descobrindo a liquafação do cloro, algo que Humphry David não tinha conseguido e estabeleceu, simplesmente, TODA a base esperimantal da então jovem ciência da eletricidade, sobre a qual Maxwell, em 1870, construiria a teoria do campo eletromagnático, que possibilitou simplesmente TODOS os avanços científicos e tecnológicos do século XX. O próprio Maxwell, educado em Cambridge, reconheceu que, sem faraday, ele nada teria conseguido!!! Portanto, não é necessário diploma universitário para se ser inteligente e produtivo num determinado ramo do saber. O estudo ajuda, mas nã determina, como podemos vr no caso de Joseff Goebells, um grande intelectual, doutor em letras e arquiteto da propaganda nazista!!!. Estes simples exemplo, creio, são suficientes para derruir toda a sua arrogante e falsa argumantação. Em tempo, sou bacharel em Físca e Filosofia pela USP e , no momento termino meu doutorado. entere meus pares há homens e mulheres excelentes e pessoas simplesmenta ABOMONÁVEIS. Sugiro pois que o Sr. estude mais antes de proferir argumentos de apedeuta.

    Caro amigo, “minha arrogante e falsa argumentação” não incluía o principal de seu comentário: eu não critiquei o presidente por falta de diploma.

    Critiquei o presidente por MAU EXEMPLO. Deus do céu, com todos os seus títulos imaginei que você fosse entender isso.

    Mas contra o fanatismo político não adianta mesmo argumentar, não é.

    Saudações.

  579. NãoVotoEmPoste

    -

    29/10/2010 às 18:35

    Ricardo Setti, gostei muito do seu artigo, concordando com a sua linha de raciocínio.
    Prova do que você chama de inteligência de Lula -permita-me, eu chamo de o pior tipo de esperteza, a enganação- pode-se depreender de um vídeo no Youtube que o desmascara. ELE FALA ERRADO DE PROPÓSITO, PURO ELEMENTO DE MARKETING!
    Enquanto era sindicalista articulava muito bem as palavras quando confrontava os patrões e os capitalistas em geral (época em que nos chamava de burgueses). Já candidato a presidente, vieram os “menas”, “cumpanhêro” e coisas do gênero.
    O pior erro do Obama foi tê-lo chamado de “O CARA”. Definitivamente a máscara grudou-lhe à cara cínica.

  580. Helder Melo

    -

    29/10/2010 às 18:25

    Caro sr. Ricardo Setti
    No livro “Reflexões autobiográficas” Eric Voegelin afirmava que os seguidores de ideologias não são interlocutores, são objetos de estudo(Referia-se o autor ao avanço do nazismo na sociedade austríaca). Tentam na destruição dos outros compensar a ausência “do ego que perderam”. Eu recomendaria ao senhor, que parece ser um homem muito honrado, a não publicar comentários que o desqualifiquem, mesmo que apenas por ironia. Estão sacudidos de ódio e isso vinha antes de Lula, o presidente apenas levantou uma bandeira de vulgaridade a que acorreram todos esses seres saídos sabe-se lá de onde. São fãs do Lula – isso mesmo – fãs, não apesar dos defeitos do homem, mas por causa deles mesmos. Sob muitos aspectos, é imoral ser fã do Lula. O senhor sabe o que escreveu, sabe que é a favor do conhecimento, sem desmerecer o talento natural e não pode apoiar a apologia da ignorância. O senhor sabe quem é. O senhor não merece isso. Mesmo sem lê-lo há longa data o digo, porque ninguém merece o que essa gente faz nas áreas de comentários com quem lhes é contrário.
    Mire-se no Reinaldo Azevedo, que não lhes deixa brecha. “Fui censurado”, gritarão, mas lembre-se que o senhor não deixa entrar qualquer um em sua casa, nem em seu gabinete de trabalho. Pois bem, aqui é seu gabinete de trabalho. Sugira-lhes a criação de um blog para despejarem seu veneno. Não querem, querem o espaço dos outros para despejarem seu lixo.
    Considere isso,
    Grande Abraço.

    Caro Helder,

    Muito obrigado por sua visita e por seu ilustrado e denso comentário. Obrigado também pelo seu conselho, semelhante ao que outros amigos do blog me propiciaram.

    Vou meditar sobre o assunto.

    Parece mesmo inútil argumentar contra gente que nem lê o que escrevemos e já se atira ao computador para insultar.

    Abração

  581. Mauricio C

    -

    29/10/2010 às 18:19

    Caro Ricardo,

    É uma tristeza verificar o grau de patrulhamento a que um pensamento independente e bem fundamentado esta sujeito nos dias de hoje. Assim temos hoje uma corja que se acha dona da verdade e, desprovida de qualquer senso crítico civilizado enxovalha o livre pensar e discutir somente por tratar-se do “grande lider”. E o pior é que daqui a pouco, esta prática vil poderá virar uma política de estado. Esta visão míope era típica do stalinizmo e nazismo e nos mostra os perigos a que nossa democracia esta a merce daqui para frente.
    Mauricio C

  582. PFneles

    -

    29/10/2010 às 18:12

    Sexta-feira, Outubro 29, 2010
    Turma da Dilma!
    -
    Cinco dias depois de terem sido despejados do Sítio Santa Marina, em Pederneiras (SP), integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) e da Federação dos Trabalhadores Assalariados Rurais do Estado de São Paulo (Fetaresp) voltaram ao local hoje e atearam fogo no pasto.
    As chamas consumiram metade da área total da propriedade, de 31 hectares.
    De acordo com o dono do sítio, Antonio Aversa Neto, o caseiro reconheceu alguns dos despejados entre os autores da queimada.
    -
    “Eles ainda o ameaçaram, dizendo que voltarão a invadir o sítio depois da eleição”.

  583. Raphael

    -

    29/10/2010 às 18:11

    Caro Ricardo Setti, você de certa forma diz que o Presidente Lula não encentiva ao estudo, mas me responda o que pensa um Presidente que construiu 12 universidades e muitos polos destas e mais de 214 escola técnicas, se isso não for incentivo ao estudo. Aqui na cidade de Aquidauana no Pantanal sul-matogrossense se uma escola técnica do Lula.

    O presidente fez coisas boas nesse terreno e tem um ministro que considero bom, Fernando Haddad. O que eu critico é o exemplo pessoal dele, Raphael.

    Um abração

  584. Fátima

    -

    29/10/2010 às 18:07

    O que fica difícil de entender no Lula é que ele foi formado na escola da vida e se manteve fiel à sua origem, e nesses partidos que aí estão, poucos mantiveram essa prerrogativa…(não estou aqui defendendo o lulismo, mas falando do Lula mesmo, “pessoa física”). É isso que o torna difícil de explicar e “controlar”, para a maioria dos que querem ou dos que precisam disso. Embora todos sejamos humanos, somos indivíduos, e, isso, nenhuma teoria política poderá explicar nem enquadrar…acho que é o que mais irrita as pessoas, no Lula – e que é tomado como arrogância. Ele não usa só o conhecimento, dentro do que concebemos como conhecimento acadêmico…Ele me lembra os personagens de Ariano Suassuna: “Eu não sei, eu só sei que é assim…” ( acho que é o João Grilo, do Auto da Compadecida, do Ariano). Ele é intuitivo. E quem é intuitivo não reza pela cartilha de ninguém…A gente não está acostumado com isso…Somos originários de um país que sempre valorizou os intelecutuais, não sabemos lidar com as estratégias de sobrevivência do povo no nível de um presidente da república …Quem é esse “povo”? Eu? Você?O Plínio? A Marina? Neste país,que foi sede de Império, em que a elite conhecia e valorizava a Europa mais do que o Brasil, é preciso ser muito “macho” (desculpe o termo popular, mas ele e eu somos nordestinos), para falar errado, não ter um dedo, não falar nenhuma língua estrangeira, ser chamado de “sapo barbudo” pela imprensa local, estar exposto a disputas internas e externas, de esquerda e de direita, e, ainda assim, resgatar a nossa auto-estima no exterior…Perdemos o complexo de vira-latas…Nós não (os de formação acadêmica), o povo…Só isso não tem preço.

  585. Zeca

    -

    29/10/2010 às 17:58

    Caro Setti, não se estresse (apesar de ser difícil, eu sei!)com as ofensas que aqui lhe são dirigidas. Afinal, infelizmente transformaram nosso querido, amado e pobre Brasil num grande circo, onde a atração principal, senão única, é um hipnotizador que dirige seus maus fluidos aos quatro cantos do país e, claro, consegue atingir aqueles que são pobres de cultura, dignidade e que (infelizmente) são muitos! Mas é também fato que, ainda há muitos e muitos imunes a tanta lama e que no próximo domingo, poderá e, com a graça de Deus, deverá mudar o cenário, devolvendo o Brasil ao Brasil, ao brasileiro que honra o seu país! Parabéns pelo texto e que Deus nos abençoe!

    Obrigado pela palavras, Zeca.
    Abração.

  586. claudio rodrigues

    -

    29/10/2010 às 17:35

    hummm esses tucanos hem! e ainda tem gente que vota neles, como pode? afundaram o país e fazem a campanha mais suja da história.

    Carlos Carone
    carone@jornaldebrasilia.com.br
    A ex-secretária Domingas Gonçalves Trindade, 40 anos, foi ouvida ontem na Divisão de Repressão aos Crimes Contra a Administração Pública (Decap), da Polícia Civil do Distrito Federal, sobre as acusações que faz contra o ex-governador Joaquim Roriz; o presidente do PSC-DF, Valério Neves; os senadores Sérgio Guerra (PSDB-PE) e José Agripino Maia (DEM-RN); o empresário Eduardo Badra; e o ex-diretor da Belacap (estatal responsável pelo serviço de ajardinamento e limpeza urbana do DF), Luís Flores. Todos são acusados de se servirem de um esquema de desvio de dinheiro envolvendo a Qualix, empresa que faz o recolhimento do lixo no DF.

  587. Diego

    -

    29/10/2010 às 17:22

    Setti, quero deixar meus parabéns por este excelente post. Não se ofenda pelo “bombardeio” de amargurados do tópico, a realidade está aí, o atual presidente além de ter virado cabo eleitoral, orgulha-se de dizer que não estudou e virou presidente. “Grande” exemplo, caro Lula. Abraço, Setti.

    Muito obrigado, Diego, fico reconfortado. Um abração.

  588. Thiago

    -

    29/10/2010 às 17:15

    Olá, Ricardo, estou conhecendo seu blog agora. Concordo plenamente com suas idéias sobre a dificuldade de ter um presidente que declare ser a educação formal desnecessária, inútil, etc. Para fins de sustentar esse argumento (com outros conhecidos que tenho), poderia indicar a fonte dessas declarações dele (de que não gosta de ler, não tem livros de cabeceira, etc…)? Grato,

    Obrigado pela visita e o comentário, caro Thiago. Uma das vezes em que o presidente disse isso claramente foi em entrevista ao poeta e jornalista Ferreira Gullar.

    Augusto Nunes esteve mais de uma vez na residência oficial do presidente, o Palácio da Alvorada, e não viu um único livro em lugar algum. Exceto aquelas coleções encadernadas em couro que decoram as estantes.

    Não é segredo para ninguém que o presidente não lê, mesmo documentos de Estado ele prefere que sejam resumidos ao mínimo.

    Se você ler 500 perfis do presidente já escritos a partir do Google não verá menção a um livro que o marcou, um livro preferido, um livro que ele esteja lendo.

  589. Umberto Boihagian Junior

    -

    29/10/2010 às 17:12

    Olá Ricardo. Como voce pode reparar, a família acompanha em peso seu blog, pois além de ser um espaço democrático e acessível, podemos nos comunicar e expressar sobre relevantes fatos abordados inteligentemente por voce.
    Sobre o assunto em questão, o discurso de nosso ilustre Presidente, ele apenas reflete seus atos administrativos frente ao grave problema educacional em nosso País. Poderíamos ter dado um grande salto rumo a modernidade investindo pesadamente (ou minimamente direcionado de maneira correta o orçamento a ele destinado)neste setor, criando assim bases sólidas para suportarmos o crescimento que virá. O contra-ponto disto será invariavelmente o atraso e o retrocesso visto que, não estaremos preparados cientificamente para atender a demanda que o futuro (breve, brevíssimo)nos reserva. E desta situação, realmente não podemos nos orgulhar.
    Forte abraço.
    Umberto (o filho)

    Muito obrigado pela visita e pelo comentário, caro Beto.

    É um grande prazer ter os Boihagian de volta, ainda que virtualmente (por enquanto).

    E você tem absoluta razão em seu comentário, concordo com cada palavra.

    Um grande abraço a você, seus pais e seus irmão do

    Ricardo

  590. jose ribeiro

    -

    29/10/2010 às 17:07

    Tratar a ignorancia como atributo vem de quem enxerga nela uma forma de poder.
    Criticar quem pensa assim, ameaça esse mecanismo completamente anti-democratico.
    Lembrando o que estava escrito nos portoes de Auschwitz, (o trabalho liberta) me parece que existe um grupo que pensa que a “ignorancia liberta ”
    Pobre de quem acreditar nisso
    Os ataques que vc vem recebendo simplesmente é uma demonstracao disso.
    Parabens pelo texto.

  591. José Américo C Medeiros

    -

    29/10/2010 às 17:05

    Prezado Dalmo (e também Claudio Rodrigues)
    Devo beijar a mão do Lula somente, ou a da Erenice, de Dirceu, Collor, Sarney, Jader Barbalho, as dos assassinos do Prefeito Daniel, as dos ditadores sanguinários que são tão amigos do Brasil?
    O PT se uniu a pior barbárie política que, no passado, rejeitava como bandidos e inimigos do povo e da liberdade.
    Históricamente é impossível entender essa postura.

  592. MTeresa

    -

    29/10/2010 às 17:04

    Lula só conseguiu governar, não pela sua “inteligencia”, mas pelos pactos feitos com os piores políticos corruptos e fechando os olhos pra todo tipo de falcatruas que aconteciam no seu governo.Assim realmente qualquer um pode ser presidente.Quero ver um presidente governar com 100% de honestidade.

  593. Elaine Apolonio

    -

    29/10/2010 às 17:02

    Neste post voce foi brilhante porque foi corajoso e sincero, algo que infelizmente não está acontecendo com grande parte de nossos comentaristas políticos em geral os quais parecem temerosos em assumir o quanto é desgostoso vermos o Brasil ser governado por um semi-analfabeto, boquirroto, cuja maior façanha é ser um grande, enorme palanqueiro. Voltei ao post porque não me conformo com a enxurrada de idolatria, fanatismo cego que alguma pessoas tendem a se submeter sem ao menos ter a menor idéia do que estão falando. A ofensa, a desqualificação do opositor é a arma daqueles que nem sequer sabem argumentar com alguma lógica e clareza. Parabéns, pela sua coragem!

    Muito obrigado, cara Elaine. É como sempre digo: para quem não tem argumentos, ou só milita no ódio e na cegueira ideológica, é sempre mais fácil desqualificar o interlocutor do que discutor seus argumentos.

    Um abração e volte sempre, tá?

    Ricardo Setti

  594. Luiz Carlos

    -

    29/10/2010 às 17:01

    Quanta ignorância por aqui. Poderia ate nao concordar com o blogueiro, o que não é o caso,mas assino embaixo tudo o que ele escreveu. Podemos imaginar o que vem por ai!!!

  595. LILIAN

    -

    29/10/2010 às 16:51

    É AQUI A CALL CENTER PARA RECLAMAÇÕES?

  596. Dalmo Nogueira

    -

    29/10/2010 às 16:49

    Deve ser dificil para àqueles que fazem uma faculdade, seja de ecomomia, jornalismo e outras afim, que dão duro na vida, para no final das contas, serem apenas pobres jornalistas. Qualquer um merda, sem diploma de nada pode exercer a função de jornalista. Imagina o sofrimento desse pessoal em saber que um coitado semi-analfabeto chegou à Presidência da República!!!! Esse pessoal deveria pedir a benção e beijar os pés do Lula, todos os dias.

  597. Dalmo Nogueira

    -

    29/10/2010 às 16:35

    Deve ser dificil para àqueles que fazem uma faculdade, seja de ecomomia, jornalismo e outras afim, que dão duro na vida, para no final das contas, serem apenas pobres jornalistas. Qualquer um ****, sem diploma de nada pode exercer a função de jornalista. Imagina o sofrimento desse pessoal em saber que um coitado semi-analfabeto chegou à Ppresidência de República!!!! Esse pessoal deveria pedir a benção e beijar os pés do Lula, todos os dias.

    Pois aí é que você se engana, Dalmo. Tenho imenso orgulho de ser jornalista, amo a profissão fascinante que abracei. Não sofro nada, nadinha por ver o presidente Lula ter sido eleito. O povo o elegeu, eu respeito totalmente a decisão das urnas.

    Não vou, naturalmente, beijar os pés do presidente, como parece ser um prazer secreto que você abriga.

    Mas, como dizia, sou muito feliz em minha circunstância de, como diz você, um “pobre jornalista”.

    Em compensação, eu:

    Durmo em paz com minha consciência.

    Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com figuras repulsivas como Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada).

    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.

    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.

    Então, sou muito feliz assim. Que Lula e o PT fiquem com sua turma. E você, para sua alegria, com eles.

    Saudações.

  598. Cristiano

    -

    29/10/2010 às 16:30

    Oi de novo, Ricardo!

    Já fiz dois comentários a respeito do post, que já foram liberados (embora sem resposta sua, o que seria grande honra para mim…)
    Se me permite um pedido, gostaria que comentasse, talvez em algum post futuro, a respeito das relações de um governo democrático com ditaduras sanguinárias, como Irã e Cuba.
    Acho que ninguém minimamente sensato pode concordar com essas “amizades” do nosso presidente com esses ditadores. Porém, ninguém questiona a relação com outros países também execráveis do ponto de vista de direitos humanos, como a China. É também uma ditadura sanguinária, não concorda? Porque todos podem abraçar o líder da poderosa China e não da miserável Cuba? O problema é humanitário ou econômico? Não é hipocrisia?
    Gostaria muito de saber sua opinião a esse respeito.
    Muito obrigado e abraços

    Caro Cristiano,

    Abordo com prazer seu comentário, leitor interessado e perspicaz que é.

    Você tem razão quanto a essa discriminação. Por ser poderosa, a China é poupada em matéria dos direitos humanos, inclusive por países desenvolvidos e sérios.

    Acho que, no plano dos direitos humanos, o governo do Brasil deveria ser claro e transparente: condenar, nos foros apropriados, as violações, sempre ressalvando que quer manter relações comerciais e diplomáticas corretas com esses países violadores.

    A diplomacia permite que se faça isso: o país nesse caso orgulharia seus cidadãos, manteria sua coerência e não afetaria seus melhores interesses.

    Esta é, pelo menos, minha modesta opinião. Pessoalmente, fico indignado contra violação de direitos humanos em qualquer parte — inclusive no Brasil, como ocorre em cadeias, delegacias de política e outros espaços públicos, infelizmente, com criminosos ou suspeitos de crimes comuns.,

    Um abração

  599. claudio rodrigues

    -

    29/10/2010 às 16:30

    publique issso se tiver coragem sr. ” culto”
    vote em serra.
    ele criou a ficção. bolinha de papel de 1 kg.
    criou a bailarina q dedurou a dona monica.
    criou o voto cafetão em minas
    criou os pedágios
    criou o kassab
    e criou a pior campanha eleitoral que o país já viu.
    seja inteligente, culto e vote nele.

  600. Marcelo F

    -

    29/10/2010 às 16:22

    Setti,
    meu caro, vc. está sendo patrulhado. Essa corja está sendo amestrada, coordenada e remunerada com verbas públicas. Fazem parte das SA petistas, os órfãos do Confecom e outros órgãos de censura que a turma do PT quer implantar no Brasil. Se vc. puder, identifique os IPs. Devem ser de órgãos públicos federais…
    Sds.,
    de Marcelo.

    Obrigado pela solidariedade, caro Marcelo. O Augusto Nunes, que tem grande experiência, me disse que sente isso perfeitamente: há gente paga por alguém que, de repartições públicas, passam o dia ofendendo blogueiros que critiquem o governo ou o presidente.

    Boa, a sua idéia.

    Obrigado pela visita e pela leitura, também.

    Abração

  601. Marcelo F

    -

    29/10/2010 às 16:19

    Setti,
    caso tivesse Lula estudado um pouco mais, talvez ele pudesse ter governado um pouco o Brasil em oito anos, em vez de ter delegado essa função a terceiros (Dirceu, Dilma, Erenice e outros). Governar não é passar oito anos fazendo autopromoção e fechar os olhos para práticas de corrupção e incompetência. Não me parece que repetir Getúlio Vrgas seja o melhor para o Brasil em pleno século XXI.
    Parabéns pelo texto. Fico envergonhado a cada discurso desse sr. no exercício do cargo.
    Sds.,
    de Marcelo.

  602. T>C>Almeida

    -

    29/10/2010 às 16:15

    Bom, se o senhor quer olhar as coisas por esse lado, eu me orgulho mais de ter um presidente semi-analfabeto, que aumentou a auto-estima das camadas mais pobres da população do que um tucano que não aguenta sequer uma bolinha de papel na cabeça. E se formos olhar por mais um lado, seria ainda melhor um presidente completamente analfabeto do que um certo grupo de jornalistas manipuladores, parciais, e corruptos por consequência. Não é mesmo, senhor Ricardo Setti? O contexto denuncia.

    Não vou dizer quem é corrupto por respeito aos leitores, Almeida — se é que este é seu nome.

    Posso lhe assegurar que durmo em paz com minha consciência. Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada).

    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.

    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.

    Então, sou muito feliz assim. Que Lula e o PT fiquem com sua turma. E você com eles.

  603. VITOR TADAO YAMADA

    -

    29/10/2010 às 16:11

    A família de meu pai chegou ao Brasil por volta de 1935. A da minha mãe chegou um pouco antes, talvez uns cinco anos antes. Meu pai não falava português até os 10 anos. Imigrantes, foram trabalhar nas lavouras do interior de SP, Guaraçai, região de Araçatuba. Mesmo assim, contra todas as adversidades, inclusive o preconceito contra os japoneses derivado da 2a. Guerra Mundial, meu pai se formou Médico na Faculdade de Medicina da USP, turma de 1962. Minha mãe se formou em Historia na USP, pois ela tinha de trabalhar durante o dia para ajudar em sua casa. Meus irmãos por lá passaram também, na FMUSP, aliás, 3 irmãos meus se formaram lá e meu irmão mais velho, após ter se formado na Escola Paulista de Medicina, fez residência no HC e, depois, no INCOR: 10 anos de estudo duríssimo. Hoje, meu irmão mais novo, logo depois de mim, trabalha nos EUA e exerce lá a medicina. Dois outros irmãos meus trabalham em SP. Eu, depois de me formar Engenheiro Civil na EPUSP, sou servidor público.
    Nossa família não tem 500 anos de História neste país, nunca pegou em armas para defender uma ideologia, nunca participou de assassinatos, roubos, sequestros ou greves, tendo como pretexto a implantação de idéias.
    Nossa família aprendeu pelos estudos, tendo vindo para este País apenas com um sonho, a conquistar um lugar na Sociedade: sem oportunismos, sem mentir, sem faltar com a Verdade e Honestidade.
    Vivemos um outro tempo agora, creio eu. Um tempo em que o Trabalho deixou de ser uma obrigação para se tornar uma virtude e até, quando a Honestidade do Homem Público é uma obrigação, passa a se tornar uma virtude.
    E neste momento, em que tudo se encaminha para um desfecho em que o oportunismo, a falta de um mínimo de pudor pela Coisa Pública, em que pessoas que viveram um passado frustrado pela maioria de então, podem se consolidar no poder, muito mais pelo oportunismo do que pela inteligência, temos de refletir sobre nossos passados e pensar no que realmente queremos para nossos filhos.
    Acho que de alguma forma nossa família fez alguma diferença para este País: muito mais do que pessoas oportunistas, sem escrúpulos, que no orgulho tenham se cegado, podem imaginar.

  604. claudio rodrigues

    -

    29/10/2010 às 16:10

    essa pseudo-elite é mesmo asquerosa. sempre com o discurso raivoso e preconceituoso. o lual é o presidente mais importante do mundo (times) perde para o obama por razões imperialistas. gerou 15 milhões de empregos. o douto fhc – 5 milhões a acabou com o brasil. só uma pessoa ingênua ou tola vota no serra. você não se orgulha, mas a maioria dos reitores, dos intelectuais, dos professores de universidades federais, de escritores, se orgulha. então, a sua opinião não tem relevância alguma´. ou tem. para esses leitores de muita plumagem e pouco cérebro.

    Barbaridade, Cláudio, isso é maneira de debater civilizadamente um assunto? “Elite asquerosa”, “discurso raivoso e preconceituoso”, “pouco cérebro”… Meu Deus do céu.

    Por que em vez de falar em preconceito você não usa , por falar em cérebro, o seu — imagino que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

    Saudações.

  605. Walfrêdo Rodriguez Neto

    -

    29/10/2010 às 16:07

    Esse negócio de ser inteligente, mas ser canalha com a lei não me torna condescendente.
    Não todos é claro, mais a maioria das pessoas que permeiam minimamente na política, com todo um aparato financeiro, intelectual, material, etc, decorrente do cargo de Presidente de um país,podem exercer a Presidência. Esta não é a questão. A questão essencial é como a exerce. Distribuir renda pra os pobres (da forma que foi distribuida) tendo tantos recursos às mãos não é sintoma de inteligência, é simplesmente o fazer aquilo que é facil ser feito. Assim, a questão não é saber o que o Lula fez com a sua inteligência, mas o que deixou de fazer em face da sua manifesta burrice.

  606. SergioD

    -

    29/10/2010 às 16:06

    Ricardo, sempre que posso dou uma escapada para acompanhar a discussão que ainda persiste aqui no BLOG. Você colocou um assunto que vai render muito. Ontem, após postar meu último comentário andei procurando discursos do Lula na Internet. É fácil achar. Continuo com a opinião de que ele não faz apologia contra a educação formal. Para colocar uma pimenta na discussão, como já coloquei ontem em relação seu post anterior, Lula fala muito sobre isso devido a cobrança exagerada que muitas pessoas fazem quanto ao seus parcos anos de escolaridade. Quem leu o livro DO GOLPE AO PLANALTO, do jornalista Ricardo Kotscho pode ver narrado episódios da campanha de 2002 em que isso aconteceu. Alguns deles até degradantes para quem teve a intenção de denegrir Lula.
    Ricardo, parabéns pelo neto. Sou avô a quase um ano e sei bem o que você deve estar sentindo.
    Um abraço

    Obrigado pela contribuição, SergioD.
    Ser avô é realmente maravilhoso. Parabéns a nós!

  607. carlos nascimento

    -

    29/10/2010 às 15:50

    Ricardo,

    Tendo vivenciado em determinado momento um processo de TOLERÂNCIA ZERO, amigos me receitaram ler e meditar sobre ensinamentos do pensador Chinês, o famoso MESTRE CONFÚCIO, desde então passei à exercitar leitura de seus textos e ensinamentos, eis um deles, abaixo, que gostaria de sugerir:-

    “o tempo é o senhor das soluções”

    Portanto, diria aos milicianos (expressão do AN) e aos petralhas (expressão do RA), o TEMPO futuro irá colocar essas biografias medíocres em seu devido lugar.
    A História costuma ser rigorosa com falsas personalidades de barro, eu não tenho pressa em saborear o desfecho da verdade.
    É tudo uma questão de tempo. (Sábio Confúcio).

    Carlos Nascimento.

    Obrigado pela sábia contribuição, caro Carlos. Você não falha.

    Abração

  608. jheldersilva

    -

    29/10/2010 às 15:48

    Setti, primeiro agradeço por não ter postado o comentário que fiz em duplicidade (ficaria repetitiva a minha participação. Se a Veja pediu para você “criticar” a imagem de Lula, pelo menos você fez em cima de argumentos,senão aceitáveis para mim, mas que não deixam de ter lógica e racionalidade. Parabéns, pois você sabe argumentar, ao contrário do Reinaldo que não consegue articular suas idéias de forma coerente e, pior, não aceita críticas. Acredito você irá longe como comentarista, só precisa de um espaço mais livre das pressões do “patrão”.

    Caro amigo, obrigado digo eu.

    E, acredite, não há pressões do patrão aqui neste espaço. Ninguém, absolutamente ninguém até hoje me disse uma linha sobre o que devo escrever ou sobre temas que não deva tocar.

    E volte mais vezes, porque depois das eleições vou ter tempo para tratar de mais temas que talvez o interessem, não apenas em Política & Cia. mas também nas seções Vasto Mundo, Tema Livre e Bytes de Memória.

    Um abração

  609. Mirian

    -

    29/10/2010 às 15:47

    Prezado Setti, parabéns por sua resposta ao Jairo 14:46.
    Só quero dizer que DIGNIDADE não tem preço! E dormir em paz com a consciência não é pra qualquer um.
    Abraços.

    Obrigado pelo comentário, Mirian. Me fez ganhar o dia. É um prazer ter leitores como você.

    Abração do

    Ricardo Setti

  610. bruxo

    -

    29/10/2010 às 15:42

    Pois é.. de tanto falarem que ele seria um péssimo presidnete por não ter estudo.. o troco dele não veio nesta fala que vc tenta refutar…
    Mas em 8 anos de um governo que é aprovado por mais de 80% da população…
    Coisa que a dirteita rabugenta não vai entneder nunca, se não sair do alto de seus diplomas.
    DIA 31 É 13 DE NOVO!!!

  611. Pedro Couto

    -

    29/10/2010 às 15:42

    O Lula foi a maior mentira que aconteceu na Politica desde 1889 até os dias de hoje. Foi Eleito, Só Deus sabe como, inventando mentiras e denegrindo a imagem do nosso Ex-Presidente Senhor Fernando Henrique Cardoso, como o faz até esta data. Por outro lado, continua mentindo e contando bravatas, sendo que os todos os méritos pertencem a determinados Ministros principalmente da área econônima. Todavia, se fosse depender da parte do Presidente Lula, nós estariamos no fundo do poço há muito tempo. Quanto a sua popularidade é outra cascata, pois todo mundo sabe como é mantida e o preço deste percentual está custando muito caro. para alimentar tal vaidade de que o Lula vive se vangloriando. Ésta é a minha opinião sobre o tema e eu não abro mão.

  612. jheldersilva

    -

    29/10/2010 às 15:37

    Paulo Mayo, infelizmente não dá para comparar, os avanços de Lula batem de mil a zero na estagnação do Governo FHC: aconselho-o a pesquisar antes de postar comentários sem a devida fundamentação. Não vou nem me dar ao trabalho de digitar uma lista nem mesmo de 10% das conquistas do governo Lula (basta ler minhas postagens anteriores e pesquisar nas infinitas reportagens, até mesmo algumas da Veja, que analisam de maneira IMPARCIAL e IDÔNEA o governo Lula. Talvez seja por isso que o povo está tendo dificuldade em dar um voto de confiança ao “afilhado” de FHC.

  613. Mateus

    -

    29/10/2010 às 15:37

    Eu também não me orgulho de ter um presidente analfabeto, mas pior é ter o presidente mais corrupto da história da humanidade, que não fez absolutamente nada de bom para o país e surfa na onda dos outros. A quem protege o Lula, sinto muito, não sabia que é tão dificil assim enchergar quem é esse sujeito que está destruindo o Brasil. Parabéns ao Ricardo que ve muito bem a situação e continue assim, sempre declarando a verdade, principalmente aos que não querem acreditar e pior, não querem se informar. Eu acho muito nítido tudo que está acontecendo, mas se a história provar que eu estou errado, terei a humildade de reconhecer e espero o mesmo de todos.

    Obrigado pela parte que me toca, caro Mateus.

    Um abração e volte sempre.

  614. Marcus Borelli

    -

    29/10/2010 às 15:32

    Resposta ao Paulo Mayo:

    Não concordo pois não passam de mentiras e mistificações. Está faltando estudo aos brasileiros e vem este apedeuta falar besteira. Ele terá pelo menos 4 anos para estudar ou, quem sabe, concorrer a uma vaga de vereador em 2012 como parece ser o caso do desastre de sua pupila dilma caso eleita.

  615. pedro simon bolivar

    -

    29/10/2010 às 15:31

    é a má influência mesmo…até nisso o pt dá mau exemplo.

  616. jheldersilva

    -

    29/10/2010 às 15:30

    Voce disse: “Estou errado porque defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros”, por incrível que pareça é exatamente o mesmo princípio que Lula defende e que fundamentou o discurso quando Lula veio ao Cariri lançar a pedra fundamental do Campus da UFC no Cariri. Sinceramente a impressão que se tem é de que a revista Veja critica porque quer fazer “barulho” (interessante como só agora, em plena campanha eleitoral, este texto foi publicado!!!! Porque não o fez logo no primeiro ano do mandato de Lula). Quanto a Lula ser mau-exemplo a de convir que em nenhum discurso ou Plano de Governo Lula se propôs a diminuir gastos e investimentos em Educação e, se tem uma coisa que sempre percebi em seus discursos, é o desejo EXPRESSO de Lula de diminuir o analfabetismo e investir pesado na pesquisa universitária e na capacitação dos educadores (e, “sem querer querendo”, é exatamente o mesmo discurso da candidata petista)

    Caro amigo, não critiquei o presidente no primeiro ano de seu mandato aqui no blog pela excelente razão de que o blog não existia então. Começou agora, dia 13 de setembro, porque fui convidado pelo diretor de Redação de VEJA durante a campanha eleitoral. Não pude começar de imediato porque compromissos familiares me prenderam em Barcelona, na Espanha, onde nasceu meu primeiro netinho.

    Fiz críticas ao presidente ao longo de todo o seu mandato, sempre que me pareceu necessário, em outros veículos, como fiz com o presidente Fernando Henrique, com o presidente Itamar, com Collor, Sarney e Figueiredo. Foi durante o governo Figueiredo 1979-1985) que comecei a escrever artigos de opinião.

    O problema não se trata de o que o presidente Lula realiza no campo educacional, que tem seus méritos, mas o exemplo pessoal que ele dá, como exaustivamente tentei explicar no post.

    Um abração do

    Ricardo Setti

  617. Paulo Mayo

    -

    29/10/2010 às 15:24

    O que o Serra tem que fazer hoje no debate da GLOBO ?
    Dizer que o FHC criou tantos empregos quanto o Lula, que o FHC tirou tantas pessoas da miséria quanto o Lula, que o FHC fez a classe C consumir como o Lula, e que o FHC assentou na terra, tantas famílias quanto o Lula, e que o FHC era respeitado la fora tanto quanto o Lula, está visto a saída, concordam ?

  618. Paulo Mayo

    -

    29/10/2010 às 15:21

    Calma gente, ainda dá pro Serra vira, vcds precisam acreditar!!
    A diferença não é tão grande assim, concordam ?

  619. pedro simon bolivar

    -

    29/10/2010 às 15:20

    Setti…ando até falando “comprimentar” sem querer.

    Caro Pedro, é normal na correria que é escrever em e para blogs. Não se preocupe. Abração

  620. Paulo Mayo

    -

    29/10/2010 às 15:19

    Eu não entendo como o Serra tão preparado perde pra Dilma. Eu não entendo o FHC que ficou 8 anos como presidente e mais alguns no governo Itamar, sequer aparecer na TV pra ajudar o Serra, afinal o que eles tem um contra o outro ?
    Com FHC, o resultado poderia ser diferente, ou poderá ?!

  621. Bastardo Inglório

    -

    29/10/2010 às 15:16

    Concordo com quase tudo, só não consigo acreditar que Lula foi um bom presidente nem que ele seja mesmo inteligente. Seu mandato foi razoável em economia e distribuição de renda por ter continuado o que herdou de FHC; no resto, foi um desastre. Já sua inteligência não passa de malandragem: ele faz e diz barbaridades que a qualquer outro político custariam o cargo, talvez até a liberdade, mas que saem de graça para Lula. Quando se trata dele, tudo é perdoado, nada vira escândalo. A condescendência infinita da imprensa, da classe política, da classe artística, dos intelectuais, da academia etc o transformaram num eterno inocente.

  622. Alessandra

    -

    29/10/2010 às 15:14

    Olha lá vc, Setti!!! Não consigo sair do seu blog! rs
    Brilhante!!!!!!
    “Quanto a ser “apenas um blogueiro”, realmente é isso que sou. Mas, veja só:
    Durmo em paz com minha consciência. Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada, não é? Ter Collor como seu grande aliado em Alagoas).
    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.
    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.
    Então, sou muito feliz assim. Que Lula e o PT fiquem com sua turma.
    Saudações democráticas, ainda que partindo, como diz você, de um ignorante.”

    Valeu, querida Alessandra. É um prazer ter você como leitora.

    Abração

  623. Sandra Regina

    -

    29/10/2010 às 15:09

    Quem será o candidato do PSDB em 2014 ?
    Quem dá umas dicas ?
    Aécio, FHC, Geraldinho, Itamar Franco, Gabeira ?
    Serra, é sacanagem, né ?!
    O cara tá apanhando de mulher !!

    É difícil dizer agora qualquer coisa sobre 2014. Se não houver hecatombes, será o Aécio.

    Ninguém aguenta mais o Serra, né? Chega. É a vez de outros. O PSDB, se perder, como parece, passará por mudanças profundas.

    Abração

  624. Alessandra

    -

    29/10/2010 às 15:09

    Setti! Que bombardeio, amigo…
    Não resisto e venho dar uma olhadela nas suas respostas aos inúmeros comentários! Obrigada pela qualidade! ;)
    Está comprovado pela amostragem do blog (quase 600 comentários já!): falta educação, leitura, cultura, respeito e sobram violência e ofensas gratuitas…
    Mas uma parcela considerável dos seus orgulhosos leitores (deve ser aquela, dos míseros “3%”!), admiradores fiéis de sua imparcialidade e qualidade ímpar, eu inclusa, tem opiniões muito lúcidas e claras… É revigorante lermos os posts, os coméntários lúcidos(!), as suas respostas humildes, diretas, inteligentes e, sobretudo, sempre muito educadas!
    Obrigada!

    Nem sei como lhe agradecer comentário tão gentil e solidário, Alessandra. Só posso dizer que farei o possível para não decepcionar leitores legais como você. E, a partir do final das eleições, pretendo diminuir o número de posts de política e abordar outros assuntos nas seções Vasto Mundo, Tema Livre e Bytes de Memória.

    Um abração pra você e tudo de bom.
    Acorda Brasil!!!!!!!

  625. Sol

    -

    29/10/2010 às 14:58

    Parabéns Ricardo, fostes brilhante!
    Lula desestimula nossos jovens a continuar estudando e evoluido.

  626. Davi Sensu

    -

    29/10/2010 às 14:53

    Caro Davi Sensu,

    A seu pedido, não publico seu comentário. Mas, apesar da falta de tempo e da correria, fiz a correção que você pediu no outro comentário.

    Um abraço

  627. Fernando

    -

    29/10/2010 às 14:52

    Ricardo Setti. Primeiramente parabens pela sua eloquencia e apresentacao da ideia. Em um comentario anterior eu acusei tais criticas de (dor de cotovelo). Li sua resposta, obrigado pela sua atencao. Meu caro realmente eu nao acredito que o fato de Lula nao possuir instrucao formal seja um incentivo as pessoas a continuarem sem tal esino. Nao podemos negar que Lula alem de experiencia, possui uma inteligencia bruta e nata. Acredito que Lula atraves dos seus programas Universitarios, ausentes em governos anteriores, foi explicitamente um incentivo aqueles que nao podiam por condicoes realizar tais estudos. Lula na minha opniao nao necessita instrucao formal ja que ele adquiriu atraves de sua experiencia todo conhecimento necessario para tocar nosso Pais e levar la as medias alturas que esta atualmente. Lula devemos convir foi e e um otimo administrador. Ele manteve as politicas construtivas do governo anterior e desenvolveu varias outras de sucesso. No meu ver isso e uma politica de sucesso. Atraves do PROUNI, milhares de Brasileiros tiveramacesso a ensino superior. Acredito que talves, isso na minha opniao, toda essa critica na midia em relacao ao estudo e formacao do Presidente se da a pura discriminacao. A Genialidade nao se mede atraves do ensino formal. Acredito que o ensino formal e de extrema importancia na carreira do individuo mas nao aumenta sua capacidade de raciocinar. Somente serve para ferramentar aqueles que sao providos de inteligencia nata ou estufar aqueles que nao a possuem.

    Obrigado por sua discordância respeitosa e baseada em fundamentos, caro Fernando. Oxalá outros críticos do colunistas fossem assim.

    O problema não é o fato de Lula não ter instrução formal, é a maneira depreciativa como ele costuma se referir a quem gosta de instrução formal, a quem a valoriza, e, por outro lado, a exaltação que ele faz — ou que assim parece — do fato de não ter estudado.

    Mas tudo bem, respeito sua opinião e agradeço seu comentário.

    Volte mais vezes. Um abraço

  628. jairo

    -

    29/10/2010 às 14:46

    Para ser advogado, engenheiro ou médico é preciso sim, muito estudo. Mas Lula não é um desses, ele é um lider natural. Não precisou de diploma pra isso. Sem estudo seguiu esse caminho, mas você afirma que nosso Presidente escolheu abandonar a escola. Amigo, quando Lula nasceu onde você estava? Quando ele deixou o Nordeste na carroceria de um caminhão velho onde você estava? Quando ele enfrentou a ditadura onde você estava? Ignorante, pensa que conhece o Homem. Se Lula fosse graduado talvez hoje seria apenas um blogueiro.

    Caro Jairo, já é difícil, pelo volume de comentários, eu comentar as críticas ao que eu escrevi. Muito mais difícil, na verdade impossível, é comentar o que eu NÃO escrevi.

    Onde é que você leu que eu escrevi que o presidente “escolheu abandonar a escola”? Você me faria um grande favor se voltasse ao post o lesse corretamente. Não me chame de ignorante, Jairo. Não me ofenda. Use seu cérebro, leia o que escrevi.

    Falei em MAU EXEMPLO.

    Quanto a ser “apenas um blogueiro”, realmente é isso que sou. Mas, veja só:

    Durmo em paz com minha consciência. Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada, não é? Ter Collor como seu grande aliado em Alagoas).

    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.

    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.

    Então, sou muito feliz assim. Que Lula e o PT fiquem com sua turma.

    Saudações democráticas, ainda que partindo, como diz você, de um ignorante.

  629. Reynaldo

    -

    29/10/2010 às 14:41

    Pesquisa- 29/10/2010- HOJE- Votos válidos
    Dilma- 56%
    Serra- 44%
    Ainda dá pra virar, não vamos desistir!!
    E o FHC, nada dele, né ?

  630. SILVIO

    -

    29/10/2010 às 14:29

    PREZADO SR, PEREMIAT-ME CUMPRIMENTÁ-LO,PELOS SEUS TEXTOS, COLUNA OU MATÉRIA QUE ESCREVA, POIS ALÉM DE TUDO, O SR TEM A PACIÊNCIA DE POSTAR UMA RESPOSTA.PRINCIPALMENTE, AOS DISCORDANTES OU ALGUNS “COM FALTA DE PREPARO TEÓRICO”. QUANTA DISPONIBILIDADE! ATREVI-ME, ALGUMAS VEZES, A POSTAR COMENTÁRIOS POR AQUI, MAS CONFESSO QUE, ÀS VEZES, SOMOS IMPELIDOS A TECLAR SÓ PELO TÍTULO. SINAL QUE VC OS ESCOLHE MUITO BEM. GRANDE ABRAÇO E RECEBA MINHA ADMIRAÇÃO.

    Obrigado, caro Sílvio, por entender as coisas e pela gentileza de seu comentário. Abração

  631. Lilian Glauce Rossi

    -

    29/10/2010 às 14:19

    Para: Marco – 29/10/2010 às 13:28
    Eu concordo com você!
    E para comprovar é só pedir para ele contar uma piada …… pronto!
    Presidente critica elite e formadores de opinião 29/10/09
    http://www.youtube.com/watch?v=7jU5dhtnIdc

    IBOPE … KAJURU DETONA O IBOPE! VOCÊ JÁ FOI ENTREVISTADO?
    http://www.youtube.com/watch?v=-L9I2GuqTi0

  632. Paulo Bomfim

    -

    29/10/2010 às 14:14

    Setti, três coisas:
    1ª) Parabéns! Você tem uma paciência de Jó com esses malucos que não têm nem mesmo inteligência para escrever com a mínima correção – e não falo dos erros de digitação.
    Um deles diz ter “feito a USP”. Hummm. E, para isso, ofendeu todos os outros estudantes do país que não estiveram lá. Genial da parte dele.
    A maioria, saídos do blog de Paulo Henrique Amorim (reconheço pelo teor das maluquices que escrevem), não sabe do que fala, fica repetindo qualquer coisa que leem por aí e vêm aqui ofender o colunista. Por que?
    Porque você tem a coragem de poucos para derrubar o mito do “homem do povo”, que não estudou porque não quis e, hoje, fica a ofender o ex-presidente, muitas vezes ironizando-o por ser sociólogo.
    2ª) Há um pensamento estranho no Brasil: só ricos dão importância à questão da decência na vida pública; só ricos acham que a verdade deve ser preservada. Bem, vamos lá: eu sou pobre. Não relativamente pobre. Veja (alguns dados de minha vida que não são importantes para ninguém, mas…):
    Eu tenho 19 anos. Só o que faço é estudar. Bem, vivo em casa, fazendo os serviços domésticos, já que minha mãe fica fora o dia todo e não temos como pagar empregada, e estudando. E estudando. Como você já disse, a cultura, muito além de possibilitar a obtenção de um diploma, nos abre janelas e amplia horizontes. Tenho muito orgulho quando pessoas letradas vêm a mim e dizem que me acham muito culto, inteligente e etc. Fico muito orgulhoso. Enfim, sou pobre e acho que o lugar de Lula, em nossa História, é baixo, ruim. Ele nem fez as mudanças para o país que fez um Getúlio, a quem ele pensa se equiparar, nem tem a grandeza de um JK ou FHC. As principais características nele que concorrem para isso são a ojeriza pelo estudo e a falta de escrúpulos para ficar no poder e para proteger os companheiros. Essa teoria de que só as classes econômicas altas dão importância a esses assuntos é do mais profundo preconceito.
    3ª) Virei teu fã – embora ainda pense que, a quem vem aqui só te ofender, você devesse responder com o silêncio.
    Abração.

    Caro Paulo, obrigado por seu comentário tão generoso para comigo, e tão cheio de conteúdo. Eu não o imaginaria com 19 anos, pela maturidade. Obrigado também por compartilhar com o blog sua rica experiência de vida.

    Parabéns por ter seus objetivos e já saber o que quer na vida.

    É um orgulho para mim ter você como leitor, gostaria que soubesse disso.

    Quanto às ofensas, bem, elas medem quem as profere, né?

    Abraços

  633. Marcus

    -

    29/10/2010 às 14:04

    Me digam o valor do contrato que vcs possuem com o PSDB em São Paulo.. quero calcular e saber quanto vcs irão faturar em um possível governo serrista. A Globo precisa do serra, pois caso contrário irá quebrar. Ainda bem que ñ me formei em jornalismo, caso contrário, teria me arrependido.

  634. Durval

    -

    29/10/2010 às 14:02

    Não publicou o que te mandei ****,fala realmente pois a unica maneira de apoiar o neoliberalism que vocês defendem e essa,do clubinho dos imbecis,de uma coisa eu tenho certyesa,na ditadura vocês serviram a ela.

    Caro Durval, não encontrei seu comentário.

    O mecanismo de busca aqui do blog não o localizou. Peço que envie de novo.

    Quanto ao seu comentário boçal, agressivo e mentiroso, sugiro que você se informe um pouco e saia do negrume de sua ignorância para não dizer tanta asneira.

    “Na ditadura vocês serviram a ela…” Quem, seu mentecapto? VEJA? Não tenho procuração para defender a revista, sou apenas um blogueiro independente, mas VEJA sofreu censura da ditadura desde o começo e, só para citar um entre centenas de exemplos, foi em suas páginas que surgiram as primeiras denúncias que derrubaram, pela via correta prevista na Constituição, o corrupto presidente Fernando Collor.

    Vá procurar sua turma. Se não gosta do blog, vá embora. Você não gosta do blog, eu não gosto de ignorantes e de cafajestes.

    Saudações.

  635. Antonio Cabral

    -

    29/10/2010 às 14:02

    Um recado para quem não gosta de Lula e, consequentemente vota em Serra, para quem está com saudades dos anões do orçamento, das visitas do FMI, do escândalo da Mandioca e de outras falcatruas dos tempos cinzentos de FHC:Prometo-lhes que dentro de 2 dias vocês verão Dilma eleita então cessará o motivo para vossa cólera. Vcs, deveriam apresentar um candidado melhor: Aécio Neves, por exemplo.

    Caro Antonio, não tenho saudades de nada que foi ruim para meu país.

    E juro pra você que:

    Durmo em paz com minha consciência. Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada).

    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.

    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.

    Então, sou muito feliz assim. Que Lula e o PT fiquem com sua turma.

    Um abração

  636. Luara

    -

    29/10/2010 às 14:02

    Alô, Ricardo! Repasso-lhe uma denúncia colhida nos comentários do blog Coturno Noturno. Está lá onde se noticia que o PT atacou furiosamente o Vaticano (1° comentário).

    BOMBA CORONEL!!!!
    DENÚNCIA GRAVÍSSIMA DE ASSÉDIO MORAL NA PETROBRAS ENVOLVENDO DILMA ROUSSEFF!!!

    http://gentedireita.blogspot.com/
    29 de outubro de 2010 01:21

  637. Antônio Maria

    -

    29/10/2010 às 14:01

    Setti, não deverias nem ter desperdiçado o teu tempo “justificando” o teu post.
    Embora esse artigo também tenha ficado ótimo!!
    Não importa o que a maioria dos eleitores decidir, o lugar do PT já está garantido no esgoto da história.

  638. HILLANDER

    -

    29/10/2010 às 13:59

    Pois eu tenho profundo orgulho do meu Presidente!!Não me adiantaria ter seus conhecimentos e escrever para uma revistnha tendenciosa e golpista como esta que o senhor escreve!!!

    Você não tem idéia do que está falando, caro Hillander. VEJA foi censurada desde seus primórdios pela ditadura militar, VEJA apresentou a primeira denúncia que derrubou depois o corrupto presidente Collor, VEJA tem serviços prestados ao país. Você não sabe o que é golpista, não tem idéia da nossa história contemporânea, deveria usar o cérebro para se informar minimamente sobre os assuntos, raciocinar e não escrever bobagens e fazer acusações levianas.

    Estou errado porque defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos pobres que estudam.

    Saudações.

  639. Marcus

    -

    29/10/2010 às 13:55

    Seu texto ñ acrescenta em nada. É estranho, pois o Brasil teve um senhor doutor, que de nada serviu p/ o país. O senhor doutor de escritórios e palestras internacionais, diz-se dono do plano real, o que é uma mentira deslavada, e quebrou o páis por duas vezes.

    Eu costumo dizer, que um grande líder, pode ser cego, mudo, pode ñ andar, basta ser sensível as necessidades do seu povo, dos seus liderados. O seu texto é preconceituoso, cheio de ódio, e com um único propósito, fazer com que seus leitores acreditem que o lula ñ foi um grande líder, quando o mundo o reconhece como tal. No mais, passar bem. E a sua revista, é um dos maiores exemplos da prostituição que virou o jornalismo no país.Deixo meu e-mail, caso o senhor doutor aí, ñ tenha nojo, de me responder, afinal de contas, quem sou eu, que nunca escrevi um livro, nunca dei uma palestra?

    Quer dizer que FHC não fez “nada”, Marcus. Puxa, como você é informado, não? Que beleeeeeeza! Ele não implantou o Plano Real no governo do Presidente Itamar, nem nada.

    Foi o Lula o autor do Plano Real — Lula, que com cara de idiota dizia, e está gravado em vídeo, que o Real, que terminou com a inflação no Brasil, era um “estelionato eleitoral” e iria fracassar.

    Por que em vez de grosserias tenebrosas como falar em “prostituição no jornalismo” você não usa seu cérebro e seus neurônios — porque suponho que Deus o tenha dotado de alguma coisa dentro da caixa craniana — para fazer o que pessoas civilizadas e racionais fazem: ar-gu-men-tar?

    Não tenho ódio a ninguém, não apenas ao presidente Lula. Graças a Deus.

    Ódio e cegueira ideológica eu sinto em comentários como o seu.

    Você me chama de preconceituoso. Preconceituoso por que, exatamente?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

    Saudações.

  640. Antonio Araujo

    -

    29/10/2010 às 13:44

    Meu comentário foi censurado.

    Caro Antonio, não censuro comentários civilizados e recheados de argumentos, como o seu.

    Peço a gentileza de ter um pouco de paciência, porque quero respondê-lo e — felizmente — chegou um grande número de comentários. Só estou podendo liberar aos poucos, por respeito aos leitores aos quais estou respondendo, inclusive você.

    Abraços

  641. Estêvão Zizzi

    -

    29/10/2010 às 13:43

    Por que Tiririca tem que saber escrever? http://migre.me/1QYmI

  642. Acauã Silveira

    -

    29/10/2010 às 13:39

    Prezado Setti,
    Perdoe-me por este desabafo. Lamentavelmente não fomos capazes de convencer a quem direito o “envelope lacrado”, que nas urnas desde domingo ocupa o número “13”.
    STM (“manutenção do dossiê no cofre”) e Revista Veja (“divulgação das gravações sobre pedido de dossiês”) não contribuíram, definitivamente, para a evolução da nossa incipiente democracia, em fase adolescente, que para amadurecer depende da defesa da verdade e da prática baseada em princípios éticos.
    Estou entre aqueles que o atual ocupante da Presidência – não pretendo mais citar seu desgastado nome – considera “os do contra”. Um membro da “minoria da minoria”, assim identificado por essas “pesquisas de opinião”, que o levaram a declarar esta semana como sendo “esses 3% ruim devem ser do comitê de alguém”. Ou mais um da “burguesia”, categoria criada pelo partido oficial para desqualificar opositores.
    Não tenho vinculação ou militância com qualquer partido. Mas assumo conscientemente a condição de integrante dos “três por cento”, que se orgulha de manter a independência de pensamento, que não abre mão de combater a intolerância ao contraditório. O que seria de um país sem que houvesse pensamentos divergentes. Ou melhor, o que seria de uma família, de um projeto, de uma pequena empresa, de uma grande organização, de um Estado, da ciência, enfim de uma sociedade se não existissem pessoas com idéias contrárias ao pensamento dominante. Teríamos chegado até aqui? Seguramente não, pois o princípio basilar de qualquer processo evolutivo é a contribuição dos opostos. Isso também representa o insumo principal, a essência da democracia.
    O atual Presidente poderia ser considerado um exemplo disso, deixando como um dos seus principais legados. Pena que, oportunista contumaz como é, se esqueça disso sempre que o momento lhe convém, o que revela a sua verdadeira face autoritária. Ao defender o seu amigo iraniano Mahmoud Ahmadinejad e o projeto de enriquecimento de urânio, pelos olhos da maioria dos países da ONU nosso governante poderia ser considerado um estorvo global, como sendo “o do contra” do mundo ocidental; antigamente, quando liderava greves de metalúrgicos no ABC Paulista, patrões poderiam considerá-lo como sendo “o do contra”, pois não aceitava as condições de trabalho oferecidas pelas empresas. Em qualquer dos casos não se tem notícia de que seus opositores tenham defendido publicamente que ele deveria ser “extirpado”, seja da comunidade internacional, seja do mundo do trabalho. Provavelmente porque identificaram no seu movimento de oposição algum tipo de contribuição para o aperfeiçoamento das instituições.
    No ocaso dos seus oito anos, expressões de raiva, palavras de afronta à liberdade de expressão, mensagens subliminares incitando violência a opositores e, sobretudo, desrespeito ao ordenamento constitucional, não poderão ser esquecidos pelos brasileiros de boa índole, que acredito representem a grande maioria, porém silenciosa, deste nosso País abençoado. Seja qual for o resultado desta eleição – quiçá distinto daquele já festejado abertamente pelos membros do partido oficial – os brasileiros serão co-responsáveis, ao avalizar o projeto de continuísmo lulo-petista, pela colheita do que está sendo plantando neste momento!
    Fico com uma dúvida: a partir de domingo continuaremos sendo “três por cento”?

    Caro Acauã, obrigado por seu comentário bem fundamentado, que enriquece o blog.

    Você é daqueles leitores que dão orgulho ao colunista.

    Quanto aos 3%, bem, veremos que milagrosamente eles se transformarão em 40%, quem sabe mais, ainda neste domingo…

    Abraços e volte sempre. Preciso de inteligências como a sua por aqui.

  643. Marcus Borelli

    -

    29/10/2010 às 13:34

    Ricardo

    Busquei nos arquivos lá do Augusto e gostaria que as pessoas lessem o que ele escreveu no ano passado. Segue link abaixo.

    A celebração da ignorância

  644. Ferreira

    -

    29/10/2010 às 13:30

    A única explicação para esse texto é a seguinte: os ‘letrados’ não se conformam em ver um ‘peão semi-analfabeto’ ter sido o melhor presidente que esse país já teve. FHC, os militares, os barões do café, nenhum deles fez governo melhor que o de Lula. Talvez somente Getúlio tenha sido melhor. Isso é fato. E o sr. Ricardo Setti por pertencer a essa elite letrada, tem essa mesma mágoa. Imagino a dor desse sr. Ricardo: estudou, se graduou, talvez tenha diversos cursos, mestrados, etc…Louvável, porém o mesmo sr. Ricardo tem de se contentar em escrever colunas em uma revista decadente como a Veja. E a sua dor deve se acentuar ainda mais ao ver um semi-analfabeto presidente do Brasil, elevando o país a um desenvolvimento nunca antes imaginado e sendo reconhecido como um dos grandes líderes mundiais. Creio que o sr. Ricardo deve pensar todo dia assim: ”será que valeu a pena estudar tanto?” Lula provou que para ser um líder não é necessário graduações, doutorados, etc, mas sim personaldade, sensibilidade e espirito de liderança.
    Lula será eternamente reconhecido pelo povo,será para sempre lembrado com carinho pelo povo, ao contrário dos diversos doutores que já passaram pela presidencia, que hoje se resumem a nomes de ruas ou avenidas. lamento muito que integrantes daquela que se diz ‘a maior revista do Brasil’ tenham uma opinião tão preconceituosa contra a autoridade maior da nação. Pra completar, eu afirmo: MUITO ME ORGULHA TERMOS UM PRESIDENTE ANALFABETO, POIS ELE FOI O ÚNICO QUE SENTIU NA PELE O QUE É A FALTA DE UM DIPLOMA E FEZ COM QUE NÓS BRASILEIROS NÃO TENHAMOS DE PASSAR POR ISSO. Afinal, Lula foi o presidente que mais investiu em educação nessa país

    Caro Ferreira,

    Juro pra você que sou uma pessoa inteiramente feliz e realizada escrevendo “colunas em uma revista decadente”, como imagina você.

    Em compensação, juro também pra você que:

    Durmo em paz com minha consciência. Não tenho mensalão nas minhas costas, nem dólares na cueca, nem aloprados, nem sanguessugas, nem José Dirceu, nem caseiro Francenildo, nem aliança com Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Maluf e… Collor (porque não faltava mais nada).

    Fiquei triste e revoltado com os assassinatos dos prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT.

    Não abraço ditadores criminosos como Fidel e Ahmadinejad.

    Então, sou muito feliz assim. Se você está feliz com Lula, o PT e sua turma, tudo bem. Cada um faz suas escolhas na vida.

    Um abração

  645. Rodolfo

    -

    29/10/2010 às 13:28

    Eu tenho VERGONHA quando o Lulla viaja ao exterior!

    E NOJO quando em pleno horário do jantar, família reunida, JN ligado, aparece esse CACHACEIRO ANALFABETO vociferando em voz alta e rouca!

    Minha mulher sempre pega o controle remoto e corta o som! SEMPRE!

  646. Marco

    -

    29/10/2010 às 13:28

    Caro R. Setti: O post é correto como de praxe,mas acho q tem uma coisa a mais a ser explorada. O milagre da “Transfiguração” do uso populista. Lula é um político de carisma , até pensei q ele fosse realmente fazer um governo d operário nos gastos públicos. Mas conversando com alguns sindicalistas milionarios e todos com cursos superiores e a suas famílas tbm, fiz a mesma pergunta do post. E eles me responderam com a mesma tese, o da transfiguração do operário em Presidente. Eles sabem q operário em sua função é de ser apenas um mero executor, nunca um ser pensante ou planejador. Lula é o grande Marketing Político da questão o ” Peão Presidente “. Isso dá um elexir e um sentimento de poder nas camadas menos letradas,o q faz representar fácilmente nos eleitores de Ensino Fundamental e médio.
    Abs.

  647. Míriam

    -

    29/10/2010 às 13:21

    Prezado Ricardo,

    Em uma matéria anterior elogiei o Sr, como um profissional do jornalismo que executa sua função de forma adequada, se baseando em fatos. Entretanto, desta vez, o Sr se comprometeu, interpretou as informações por seu ponto de vista, fugindo a sua função. Nós podemos fazer isso, porque não temos sua formação, não escrevemos para jornais e revistas, fazemos nossos comentários, nossas interpretações. Eu discordo totalmente sobre sua interpretação do discurso de Lula, é uma opinião minha, o Sr não pode opinar, ou inferir sobre determinado assunto, o Sr tem formação jornalística, será que na Universidade onde o Sr estudou os conhecimentos passados foram adequados ou será que o Sr entendeu corretamente os conhecimentos passados? Por falar nisso, a maioria das universidades brasileiras atualmente são apenas vendedoras de canudos.

    Estudei numa excelente universidade, a Universidade de Brasília, cara Míriam.

    E publico na íntegra seu comentário que, embora crítico e duvidando da minha capacidade intelectual, é respeitoso.

    Peço desculpas pelo atraso, porque houve um dilúvio de comentários no blog de ontem para hoje.

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  648. maisvalia

    -

    29/10/2010 às 13:01

    Caro Ricardo,

    EU TAMBÉM NÃO ME ORGULHO.

    ABRAÇOS

  649. Roberto

    -

    29/10/2010 às 13:00

    É impressionante como petistas simplesmente não aguentam a verdade nua e crua. Lula é semi-analfabeto, orgulha-se disso, e fala disparates semanalmente. Mas parece que vem coisa pior por aí. Dilma simplesmente não consegue articular um simples raciocínio de maneira clara. Se for eleita, ela vai ter de ser levada pela mão durante todo o mandato.

  650. celsoJ

    -

    29/10/2010 às 12:59

    Tiririca para presidente!

  651. Marcus Borelli

    -

    29/10/2010 às 12:55

    Ricardo

    O lula é tão metalúrgico como minha avó era uma bicicleta. Este senhor só trabalhou até 1968 “vestindo macacão”. Ele não passa de um mito de papel e estas pessoas que vem aqui, cobertas pelo anonimato, para te ofender não deveriam ser citadas como faz Reinaldo. Esta gente só tem ódio no coração e não aceita que existam diferenças. Paciência meu amigo pois os tempos serão sombrios com a eleição de uma despreparada. Quem viver verá.

  652. Esron Vieira

    -

    29/10/2010 às 12:52

    Concordo plenamente com suas idéias neste post. O estudo, principalmente na fase adulta, faz parte de sacrificios e determinação. Tem de ser valorisado.
    Vejo pessoas que tem como meta evoluir em seus conhecimentos e tambem terminar seus estudos.
    Tambem não tenho orgulho de ter um presidente semi-analfabeto, se ele realmente tivesse orgulho disso, não botaria os filhos e netos pra estudar.
    Creio que ele ainda não soube se expressar direito sobre este assunto, gerando tanta controvérsia quando fala à respeito.
    Sempre votei no Lula (não tinha outro)pela sua luta em modificar um pouco a dignidade e respeito de nossa pátria no contexto mundial, começando pela ajuda às pessoas pobres e humildes que fazem parte da base da piramide social ( mesmo com trapalhadas ,conseguimos um pouco disso e que seja apenas o começo). Em qualquer governo anterior ocupado por principes, o país era visto lá fora apenas como uma nação sob controle ( vc só é respeitado de igual, quando não está sob controle).
    Como um ministro do supremo um dia comentou: ” precisamos pagar o preço pra ter Democracia”. Democracia foi definida nos primórdios, como Governo do Povo para o Povo e Pelo Povo. Todas as vezes em que se atreve a implantá-la em países atrasados, é vista como populismo pela Aristocracia. É uma coisa natural,num país atrasado, o representante do povo (democraticamente), sairá com as deficiencias do mesmo.
    Pra mudar-mos esta pespectiva teremos de mudar sim, a qualidade do ensino e educação do nosso povo. Naturalmente teremos representantes ( democraticamente eleitos), cultos e educados. Em uma verdadeira Democracia, o Povo elege os representantes IDENTIFICADOS com a maioria.
    Nossa educação, teria de ser priorisada e não lembrada apenas em eleições.
    O que alteraria este estado seria investimentos pesados, pricipalmente valorizando os professores e mestres. Não deixando o ensino público em nada á perder com o ensino particular.
    Um professor sem status nunca é respeitado pelo aluno. Sempre respeitei e tenho grande amizade com meus antigos professores.

    Mais uma vez venho lhe render minha adimiração pela sua classe e educação.
    Mesmo recebendo comenários mal educados e agressivos vc não censura, não perde a classe e não banca o covarde e eliminá-los. Apenas põe **** nos palavrões e ofensas. Vejo vc como um jornalista e não como um cronista que se passa por jornalista,
    Parabéns pelo seu trabalho digno.

    Muito obrigado, de coração, pelo comentário, caro Esron. Muitos dos comentários ofensivos que tenho recebido provêm de pessoas que visivelmente não leram o post direito, mal leram o título e já escreram para ofender. Para muitos é mais “fácil” ofender o interlocutor e desvalorizá-lo do que discutir suas idéias.

    Você tem sido um leitor constante e tem contribuído muito com comentários ricos e inteligentes. Agradeço a honra de ter leitores assim.

    Um abração

  653. Sergio Roberto Santos

    -

    29/10/2010 às 12:40

    Terminada a eleição deveriamos deixar Lula, Dilma e Serra de lado, como se isso fosse possivel, e começar a discutir os grandes temas do Brasil.
    Os formadores de opnião, como o senhor, tem a possibilidade de conduzir esta discussão.
    Esta eleição elevou a “funalização” da politica brasileira à estratosfera, e é preciso voltar a epoca em que se discutia idéias e não pessoas.

  654. Alex

    -

    29/10/2010 às 12:33

    Nem eu! Belo texto.
    O Lula, infelizmente, esta dando um pessimo exemplo.

  655. David-ES

    -

    29/10/2010 às 12:28

    Quero parabenizá-lo belo texto que nos proporcionou. Lastimo que alguns dos comentaristas daqui ainda sejam analfabetos funcionais, pois não compreenderam que a mensagem do texto visa a questionar a posição pessoal do Presidente que se conformou em possuir tão pouca educação formal, contrapondo a exemplos de quem não se sentiu satisfeito com essa limitação e buscou ampliar sim seus horizontes de conhecimentos.
    Vangloriar-se de não ter estudado é um tipo de atitude repreensível e questionável, para quem ocupa o cargo de máxima importância ao nosso país.
    Eu vejo cada vez mais a Educação no Brasil se corroer através de exemplos de sucesso que ocorrem mais pelo benefício dos acontecimentos, mesmo que alguns sejam talentosos nesse percurso, como o caso do próprio Presidente, que possui uma visível sagacidade.
    Triste é perceber que para engrandecer sua própria figura ele precise diminuir o valor da educação como instrumento de transformação de um indivíduo.

    Meu pai é agricultor semialfabetizado e minha mãe professora. Dois exemplos dentro de minha própria casa que me permitiram ver que crescer como sujeito requer não apenas experiência de vida, pois todos a terão quando envelhecem, mas sim instrumentos eficazes que só a educação nos permite obter para extrairmos dessas experiências o melhor que elas podem nos proporcionar.
    Assim, em momento algum, eu tenho vergonha de um Presidente semianalfabeto. Lastimo apenas que ele se orgulhe tanto de ser acomodado com isso.

    Caro David,

    Agradeço imensamente a generosidade e o conteúdo rico de seu comentário, além de trazer um comovedor exemplo de sua vida pessoal.

    Peço desculpas pela demora na publicação. Houve um dilúvio de comentários de ontem para hoje no blog, não estou dando conta.

    Que bom que você entendeu o sentido do post. É uma honra e um orgulho ter leitores como você. É para pessoas assim que eu escrevo.

    Um grande e sincero abraço do

    Ricardo Setti

  656. Davi Sensu

    -

    29/10/2010 às 12:16

    Me desculpe Ricardo, mas minha razão principal em vir aqui no seu espaço não é comentar seu texto.

    De qualquer forma, antes, afirmo que você tem razão em defender a educação e que precisamos tomar cuidado pra não ridicularizá-la ou apresentarmos exemplos negativos para o povo (sabemos que Lula é muito respeitado pelo povo e é tomado como exemplo por muitos brasileiros) mas acho que os jornalistas (principalmente os da Veja) exageram na interpretação das palavras do presidente.

    Lula é um grande exemplo pra toda sociedade.

    De qualquer forma não vou me aprofundar nesse tema e volto ao que me motivou escrever um comentário em sua coluna. Vi os comentários positivos e negativos que você publicou. Sinceramente não acompanho seu blog mas pretendo fazê-lo agora, pelo menos enquanto me parecer que você de fato publica todos os tipos de comentários e até responde a alguns deles.

    Há um colega seu na Veja que não faz jornalismo, o negócio dele é marketing, ele quer propagar a forma como pensa para a sociedade, não aceita críticas, fala as maiores barbaridades (pelo menos na minha opinião) e não publica os comentários críticos que recebe nos seus posts. Um jornalista que foge do debate, foge da “verdade” e perde a excelente oportunidade de ampliar seus horizontes, como você defende que seria um dos benefícios da educação formal.

    Obrigado por seu comentário respeitoso, caro Davi. Espero, sim, que você continue a acompanhar o blog. E eu não respondo a “alguns” comentários, respondo a muitos. Hoje fiquei até quatro horas da manhã respondendo a comentários porque achei que era importante colocar claramente meu ponto de vista sobre esta questão do post. E por respeito aos leitores.

    De fato não censuro absolutamente nada, mesmo comentários vazios e estúpidos. Só não deixo passar, porque é ilegal, ameaças ou ofensas pessoais. E palavrões, porque muitos menores de idade e muita gente educada passa por aqui.

    Volte sempre, será um prazer.

    Abração do

    Ricardo Setti

  657. Gustavo

    -

    29/10/2010 às 12:14

    Pq meu comentário foi censurado?
    Vc não respondeu se acha que todos os torneiros mecânicos formados pelo SENAI são semi analfabetos.
    PQ?

    Desculpe o atraso na resposta, caro Gustavo. Não, não censurei seu comentário. Não censuro nada. Vou respondê-lo. Infelizmente a velocidade com que responde não está acompanhando a velocidade com que chegam comentários.

    Peço que tenha um pouco mais de paciência que em breve responderei.

    Abraços

  658. Mariazinha

    -

    29/10/2010 às 12:05

    Excelente artigo! O senhor falou o que muita gente pensa, obrigada!

  659. José Américo C Medeiros

    -

    29/10/2010 às 12:00

    “Congresso dos ignorantes: Lula afirma que não precisa estudar para ser inteligente ou alcançar sucesso – Por João Serra Cipriano, Jornalista.
    Terça-Feira , 10 de Novembro de 2009
    Foi certamente a pior comparação já feita por um líder nacional, de um país que busca espaço internacional como grande potencia. O exemplo de que uma pessoa não precisa de estudo para ser inteligente e ou alcançar o sucesso na vida é mais que temerário e desastroso . O mundo mostra claramente que as civilizações que não investirem em estudos básicos, superiores e em doutorados não superarão as grandes dificuldades sociais e de sobrevivência.

    Aí, vem justamente o presidente operário, num congresso político, dar a resposta a uma briga ideológica com o ex-presidente FHC e manda uma asneira sem precedentes, dizendo aos jovens brasileiros que para ser inteligente ou conquistar ascensão social e política, não precisa lutar para chegar a uma formação superior. Se alguém tinha alguma dúvida, agora pode ter certeza que o senhor Lula transformou aquele evento em um Congresso de Ignorantes, já que os presentes acharam graça, viram beleza nas declarações do presidente semi-analfabeto e aplaudiram.

    Nunca o Brasil precisou tanto incentivar os nossos jovens para uma melhor qualificação e uma formação superior. Muitos destes brasileirinhos, tem que fazer mestrado e doutorado, como forma de elevar o Brasil a uma nação de primeiro mundo e soberanamente preparada para dar soluções tecnológicas, humanitárias e produtivas, gerando consciente o grandioso papel internacional de nossa pátria.

    Dizer que ninguém precisa estudar ou fazer um curso superior para vencer na vida, é premiar a ignorância, a arrogância e principalmente as elites dominantes que sempre fizeram das classes menos favorecidas pela sorte e pela falta de oportunidades o que sempre quiseram. É na verdade privilegiar as elites políticas corruptas e que sempre manipularam o fluxo de acadêmicos com as universidades públicas voltadas para os ricos. É na verdade continuar manipulando como já faz á década, de quem entrava na elite do conhecimento e quem irá virar um simples operário e eleitor ignorante desses corruptos.

    Pelos esforços dos milhares de estudantes universitários que neste momento sofrem e fazem sacrifícios econômicos para concluírem os seus estudos, em nome do progresso, pela perseverança e esperança de uma vida melhor é que digo, que o seu governo é um péssimo exemplo de corrupção (mensalão, dólar na cueca, sanguessuga, escândalo do banqueiro (Oportunity) com o Lulinha e os atos secretos do seu protegido José Sarney). Como diria o jornalista Boris Casoy “o seu exemplo é uma vergonha nacional”. (Ver denúncias e inquéritos criminais pelo MPF, TCU e PF, contra a cúpula do PT e a base aliada)
    Aos milhares de jovens digo que é preciso sim, buscar uma formação acadêmica para alcançar sucesso honesto na vida e deixar um legado de ética e progresso aos seus descendentes. O Brasil e Rondônia precisam de todos os jovens possíveis formados como agrônomos, arquitetos, médicos, administradores de empresas, jornalistas, eletricistas, engenheiros, enfermeiras, advogados, educadores em licenciatura plena e tantas outras profissões dignas e que formam o que de melhor a humanidade possuí, que é uma geração de pessoas preparadas e preocupadas com próximo, com a nação e com o seu futuro. O que não é o caso do grupinho do PT indiciado pela (PF,MPF, TCU) e os seus interesses mesquinhos e pessoais.

    O Congresso de Ignorantes vai ficar na história política do Brasil, como o dia em que ninguém queria estar lá, ninguém queria saber o que aconteceu e muito menos, ninguém queria ouvir as asneiras que falaram por lá. “Vamos à escola, vamos aos cursos técnicos profissionalizantes, vamos aos cursos superiores, vamos às pós-graduações e principalmente, vamos aos mestrados e doutorados para um dia não nos transformarmos em um político “presidente da república” ignorante, arrogante e protetor dos corruptos, e sim, em uma nação com um povo educado, preparado para cumprir suas obrigações civis e sociais e reivindicar os seus direitos .

    • O autor é jornalista e suplente de deputado federal do PSB-RO.”

    Jornal Eletrônico Rondonia – RO

  660. Markito-Pi

    -

    29/10/2010 às 11:55

    Grande festa para ti, Ricardo Setti. 536 ? Caramba. V. é um sucesso extraordinário. 536 pessoas leram e resolveram dar pitaco no teu blog. Parabéns mesmo. Não só tenho acompanhado( e pitacado) desde que V. estreou, como leio os comentadores ( como eu) . Que belo espaço para debate. Deus te proteja, Setti, principalmente da ira dos milicianos insanos e analfabetos a quem, V. piedosamente se dá ao desfrute de responder.Estes , param segunda feira, sua missão ingloria. A maioria, à qual, imodestamente julgo fazer parte, continua aqui, discutindo e rindo, dos acontecimentos. Sob a orientação da tua competente batuta. Abraços.

    Grande Markito, é um prazer sempre receber seus comentários. Obrigado, como sempre.

    Um abraço forte.

  661. Carlos

    -

    29/10/2010 às 11:53

    Setti, tenho 19 anos, você que provavelmente viveu a ditadura não acha que esta atual política do PT de tentar controlar a imprensa seja o presságio de uma espécie de manipulação do governo sobre a população, em suma, a possível volta de um governo autoritário e anti-democrático? Abraço

    Caro Carlos, desculpe a demora na resposta. Houve um dilúvio de comentários no blog ontem e hoje.

    Acho que não teremos um retrocesso democrático rumo a um autoritarismo — mas, se dependesse de setores stalinistas do PT, teríamos, sim.

    Um abração

  662. VITOR TADAO YAMADA

    -

    29/10/2010 às 11:53

    A aliança do “sujeito” com o imperador do Maranhão tem um propósito: a vaga do último na ABL.

  663. Marco Antonio (Curitiba - PR)

    -

    29/10/2010 às 11:45

    Lula confunde malandragem com inteligência, Setti.

    O malandro se dá bem em cima dos outros – é um parasita. O inteligente contribui para a sociedade e a faz progredir. O governo FHC teve muito mais inteligência que malandragem, tanto que até hoje seu legado sustenta a malandragem do governo Lula.

    Mas pior que o apeutismo triunfante de Lula é o mau exemplo de pseudo-intelectuais como Marilena Chauí, que fazem apologia do desrespeito às regras democráticas e ao estado de direito.

    Mil vezes meu filho ter uma profissão humilde e honrada que se tornar um liberticida preguiçoso sustentado pelo dinheiro dos nossos impostos.

  664. Rodrigo Moreira

    -

    29/10/2010 às 11:43

    Caro Setti,

    agradeço pela cordialidade. Provavelmente discordamos em muitos pontos – mas isso nao faz de nós inimigos, apenas pessoas com divergências.

    Sucesso e até a próxima.

    abs,

    R

    Sou eu quem de novo agradece o comentário civilizado e cordial. É uma honra ter leitores como você no meu blog, acredite. Um abração sincero.

  665. Elaine Apolonio

    -

    29/10/2010 às 11:43

    É claro que o Lula é muito inteligente, não se pode negar, pois a sua ascensao deve-se com certeza a esse potencial que o distinguiu dentre tantos outros líderes sindicais. Como moradora do região do Grande ABC posso externar minha opinião sobre o Lula de vários anos atrás até a presente data. Muito inteligente, porém muito dissimulado. Existe o Lula para o grande público e o dos bastidores. Esse dos bastidores não conseguiria se eleger nem mesmo síndico do seu prédio. O tempo ainda acabará passando essa história a limpo.

  666. Pedro

    -

    29/10/2010 às 11:37

    Meus olhos sangraram lendo sua matéria. Preconceito é preconceito. Se estudo fosse marca de bom presidente, FHC teria sido ótimo, né?

    Sobre voce falar que é um péssimo exemplo. Só mostra como voce faz questão de interpretar as coisas para poder falar mal do Presidente torneiro mecânico. Que preconeito!

    Por que em vez de falar em preconceito você não usa seu cérebro — imagino que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

  667. Victor

    -

    29/10/2010 às 11:36

    Setti, quem sou eu para lhe dar algum conselho, mas, se me permite, eu acho que você perde seu tempo respondendo às boçalidades dos governistas fanáticos que parecem ter um prazer masoquista em em vir aqui destilar seu ódio à liberdade de pensamento. Eles são infensos à razão, aos fatos; responder aos comentários deles é deixar que eles usem seu peso contra você mesmo. Eu sei que você está preparado e que provavelmente já enfrentou perrengues piores, mas é uma luta inglória essa. Veja a área de comentários do Estadão online, por exemplo: é um rendez-vous de milicianos onde não se encontra nada aproveitável, nenhum lampejo de pensamento, nenhuma idéia original, nenhum ponto de vista razoável, algo que se assemelhe remotamente a uma forma rudimentar de argumentação – NADA! É só berreiro. Acredite, eles sabem que você diz a verdade, senão não estariam tão raivosos. Eu sou cético quanto à possibilidade de gente assim se deixar mudar pela força dos argumentos: eles são fanáticos, no fundo a coisa é religiosa, é o instinto do rebanho. Se não fosse Lula o pastor, seria qualquer outro: Antônio Conselheiro, Perón, Hitler… que ideologia o quê! Pensamento crítico, então! Eles não sabem o que fazem.
    No mais, belo texto.

    Obrigado pela parte que me toca, obrigado pelo conselho. Um abração e volte sempre, caro Victor.

  668. Marcos

    -

    29/10/2010 às 11:31

    Chamar o Lula de semi analfabeto é chamar, nós leitores, de alienados, na boa !

    Não é, não, Marcos. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

    Eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Eu não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

  669. Mauricio

    -

    29/10/2010 às 11:28

    O dodói da Veja é o mesmo das outras gigantes da comunicação. As gordas verbas publicitárias federais não estão mais vindo no mole. Agora, na livre-concorrência do mercado, a coisa apertou. É brigar pra trazer de volta a teta federal que sempre tiveram.

    Não seja ridículo e não me faça rir, Maurício. Não tenho procuração para defender VEJA, sou apenas um blogueiro independente da revista, mas o dinheiro de propaganda pública ganho pela revista é um percentual insignificante de seu faturamento.

    “Teta federal”, hahahahahahaha…. Que piada.

    Por isso é que ela é uma revista independente do poder.

    Já se esqueceu de que foram as denúncias publicadas em VEJA que afastaram do poder um presidente eleito com grande votação, truculento e poderoso — Fernando Collor.

    Deixe de ser preconceituoso e fale do que conhece, se é que você conhece alguma coisa direito, Maurício.

    Saudações democráticas.

  670. luis eugenio

    -

    29/10/2010 às 11:27

    Moro nos confins do meu amado Brasil, no sul do estado do Maranhão, que em termos de educação é um desastre. Ficava a imaginar o quão difícil é a vida para as pessoas de baixa renda e de cor, mas ao ler o post da Sra. Tatiana Cajado,fiquei a pensar: as pessoas só ficam ignorantes se quiserem, pois com perseverança tudo se alcança. Parabéns e continue difundindo o que sente e o que passou. Infelizmente a nossa realidade é diferente, pois aqui no Maranhão o povo gosta e faz questão de ser sustentado pelos “bolsas” da vida e não tem a menor intenção de mudar, pois mudar significa trabalhar e arguir os chefetes municipais para aonde estão indo os recursos da educação e da saúde. Pois o que mais desejam os POLÍTICOS é que a população continue analfabeta ou analfabetos funcionais para virarem massa de manobra, infelizmente no Brasil(com raras exceções)trabalhar e ser honesto é ser otário e besta. Espero que mais a frente isto mude e que a competência, a seriedade e o trato correto da coisa publica não seja visto como coisa de idealista e é para isto que necessitamos de um povo com qualificação e educação, não para serem políticos, mas para serem politizados.

  671. Franco

    -

    29/10/2010 às 11:26

    Sr. Ricardo
    Que tamanha falta de coerência e de inteligência desta sua infeliz coluna, ou calúnia. Rapaz, volta para a escola desde o primário, tu prova total capacidade intelectual de analizar um ser humano, não te ensinaram o melhor de todos os exemplos respeitar o próximo como a tí mesmo, acho que nesta parte o Lula foi um PHD e tu é o exemplo disto. Querias ter o mínimo da inteligência do Lula, não se mede mais o QI de uma pessoa por estatísticas, e sim pelo emocional. Jesus Cristo que o diga pois era também semi-analfabeto como o LULA. Como sua coluna é tendênciosa, para o facismo, pois tu segue a orientação facista de quem paga o teu salário. Seja um Homem decente, e não um pornográfico político-ideológico.
    Um dia teu filho vai se envergonhar da tua conduta facista.
    Franco

    Você, caro Franco — que ironia, o nome… — não tem a MENOR idéia do que é um fascista.

    Coitado, não sabe nem escrever direito a palavra.

    Deixe de ser mentecapto e fanático ideológico.

    Graças a Deus meus filhos têm grande orgulho de mim.

    Por que em vez de falar em fascismo, algo que você inteiramente desconhece, não sabe de onde veio nem o que é, você não usa seu cérebro — imagino que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?

    “Fascista” por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

  672. Cristiano

    -

    29/10/2010 às 11:21

    Bom dia, Ricardo

    Abri sua página hoje para conferir se publicou meu comentário e me assustei com a enorme repercussão do post! Os ânimos estão acirrados! Deve ser pela proximidade da eleição…

    Acho muito triste constatar o enorme número de pessoas que simplesmente renunciam ao raciocínio, argumentação, contraditório e, pricipalmente, RESPEITO ÀS PESSOAS.

    Os insultos absurdos que você recebeu incomodam e ofendem qualquer pessoa minimante decente. Incomoda da mesma maneira a forma agressiva, preconceituosa e ignorante com que muitos se referem ao presidente Lula.

    Você tratou do tema utilizando argumentos sensatos e racionais. O problema maior não é a escolaridade de Lula e sim, como você afirma, o fato de ele se mostrar tão orgulhoso disso! Como discordar? Aliás, pode-se discordar de qualquer coisa, basta respeitar e argumentar!!!

    Grande abraço

  673. Alline

    -

    29/10/2010 às 11:17

    Caríssimo Setti,
    Fiquei impressionada com a quantidade de agressões que recebeu por conta deste post, aliás, muitíssimo bem colocado. Como mencionou outra leitora, este texto lavou a minha alma também.
    Fiquei indignada quando um qualquer aí comentou que você depende de um salário pra viver e que supostamente não é um profissional tão conhecido quanto o presidente. Primeiro: é impressionante como a ignorância só reconhece a ignorância. Este sujeito nem consegue reconhecer um profissional senior quando vê seu trabalho. É esta cegueira que vai fazer o dono deste comentário nunca sair de onde está. Aposto que ele mesmo não tem o cargo que sonha e pelo jeito nunca terá.
    Segundo: depender de um salário para viver não é demérito. Há quem venha de berço esplêndido e há quem nasça numa manjedoura. Muitíssimo valor tem uma pessoa que sai da lama com muita luta e chega a posições privilegiadas. Mas isto não tira o valor daqueles que nasceram em condição desfavorável e passam a vida lutando sem sair do lugar. O valor de uma pessoa transcende seu sucesso profissional. Não há uma profissão menor que a outra. O que merece ou desmerece uma profissão é a forma que escolhemos para exercê-la. É o profissional que faz a profissão brilhar, não o contrário.
    O Lula é sim uma pessoa inteligente e é exatamente esta qualidade que o coloca em uma posição difícil ao escolher não estudar. Estudo traz visão, riqueza, esclarecimento, humildade. A Marina tem o comportamento de quem estudou bastante: ela sabe que nunca vai parar de estudar porque o mundo não para. A maior falha do Lula não é não estudar; mas ele poderia ter a decência de não debochar de quem faz uma escolha diferente da dele. Se a população tivesse uma boa instrução, o Lula teria muito mais trabalho para manter sua posição populista. Eu gostaria de ver o Lula fazendo um comício estilo ABC para uma platéia europeia. Para mim, o Lula é a raposa que rejeita as uvas de La Fontaine.

  674. Frederico Hochreiter/BH

    -

    29/10/2010 às 11:17

    Concordo inteiramente. Não vejo nenhum motivo de orgulho em ter na Presidência alguém que se orgulha de ser semi-analfabeto. E mesmo a tão propalada “inteligência” parece-me um tanto discutivel. Uma das acepções de inteligência dadas pelo Houaiss é; “conjunto de funções psíquicas e psicofisiológicas que contribuem para o conhecimento, para a compreensão da natureza das coisas e do significado dos fatos” se é isso que ele tem convenhamos que é muitissimo mal utilizada.

  675. sheila coelho

    -

    29/10/2010 às 11:15

    Está vindo aí pra assumir o cargo a DIPLOMADA DILMA, atendendo aos pedidos dos tucanos, que adoram um canudo. Sinto informar que o Sr Zé não o tem, pois como faz com todos os cargos que ocupa, também fez com a faculdade, não concluiu. Ainda tá em tempo né? aliás, depois de domingo tempo é o que não lhe vai faltar. PT SAUDAÇÕES !!!

  676. Sergio Roberto Sanots

    -

    29/10/2010 às 11:11

    Eu discordo apenas em um ponto do seu artigo.
    Lula não pode ser considerado semi-analfabeto porque entende perfeitamente um texto que lê, dentro das limitações do conhecimento especifico.
    Seria mais do que util, após as eleições, os formadores de opnião, como o senhor, começarem uma campanha pela educação de qualidade como prioridade do Brasil.
    Se em 8 anos conseguimos tirar milhões de pessoas da miséria, poderemos tambem em 8 anos melhorar em muito a educação dos brasileiros.

  677. pessoa

    -

    29/10/2010 às 10:57

    em tempo teologia não teoria

  678. Hugo Trevisol

    -

    29/10/2010 às 10:55

    Se você queria audiência acho que conseguiu, pois os comentários a este texto polêmico superam em muito a sua média histórica de visitantes.

    Parece que a agressividade dos colunistas da VEJA contra Lula aumentam sempre em épocas de eleição, o que lamento muito (estou ficando cansado de receber os exemplares de VEJA sempre com capas e artigos tendenciosos favoráveis a Serra), principalmente pelos termos inadequados utilizados (em seu caso podemos citar a palavra semialfabetizado, entre outras).

    A VEJA tem todo o direito de fazer campanha para um ou outro candidato, só entendo que deve assumir isto publicamente como o fizeram o ESP e a revista Carta Capital.

    Apesar disso, faço um elogio a sua conduta de possibilitar o debate, através da publicação de comentários opostos aos seu (muitos dos quais ofensivos), ao contrário da grande maioria de seus colegas de VEJA, que simplesmente impossibilitam a divulgação de opiniões contrárias as suas.

    Caro Hugo, obrigado por reconhecer que este blog abre espaço ao debate. Quanto ao post, não, eu não o fiz para obter audiência. Fiz por considerá-lo um dever criticar a apologia da ignorância que, direta ou indiretamente, o presidente faz.

    E escrevi em época de eleição, meu caro, porque comecei o blog em época de eleição — exatamente no dia 13 de setembro.

    Talvez você não o tenha visitado antes, razão pela qual eu o convido a visitá-lo mais vezes.

    Um abraço

  679. Professor Luis Alberto

    -

    29/10/2010 às 10:54

    Olá,
    Sou pedagogo/psicopedagogo
    Não irei entrar na discussão, apenas irei relatar um fato ocorrido comigo em minha escola.
    Há alguns meses, me foi encaminhado um aluno (11 anos) com suspeita de dificuldade de aprendizagem.
    Após a realização de todos os testes visando diagnosticar os problemas de aprendizagem da criança, chegamos a conclusão que não havia distúrbio algum, mas sim falta de empenho e responsabilidade para com seus estudos.
    Na minha devolutiva com o avaliado, entre várias coisas, reafirmei sua grande capacidade intectual e procurei demonstrar a importância dos estudos para a sua vida profissional e pessoal.
    Em resumo, sugeri que deveria se esforçar mais nos estudos.
    Sua resposta foi a seguinte :
    PORQUE EU DEVO ESTUDAR SE O LULA NÃO ESTUDOU E CHEGOU A SER PRESIDENTE ?

    Este é o fato.

    abraço

    Professor Luis Alberto

  680. ZéMané

    -

    29/10/2010 às 10:50

    São muitos derrotados, não sabia que ódio (inveja) da elite era tão grande. Se o país estava na mer.. nunca foi culpa de um presidente “analfabeto”. Acho, eu disse acho, que os governantes anteriores, aqueles com diplomas universitários, não conseguiram fazer nem a metade do que ele fez com a dignidade do povo, muito menos firmar a imagem do país perante o mundo, onde os “universitários” anteriores a ele, sempre foram submissos e entreguistas. Só para constar tenho diploma universitário! Morram de inveja elitistas.

  681. Emilio Mansur

    -

    29/10/2010 às 10:48

    Não existe o bem e nem o mal. Só existem duas coisas: o conhecimento que é o bem e a ignorância que é o mal. Platão

  682. pessoa

    -

    29/10/2010 às 10:47

    a contribuição do lula para o aperfeiçoamento democrático do brasil, a meu ver, é enorme. a simbologia da abertura da senda da mobilidade social, com sua chegada à presidência, é uma ruptura que o país necessitava. a mobilidade social está na raíz das democracias. quanto ao fato de ele não ter educação formal, eu acho que não é importante. a meu ver também, ele é fruto da igreja da teoria da libeertação, que o preparou até em excesso para os embates que hoje ele enfrenta, com grande sucesso. por fim, também na minha visão o lula fez uma grande transformação neste país, comparável a ele só getúlio vargas.

  683. Sidnei Alexandre de Almeida

    -

    29/10/2010 às 10:44

    Eu também não me orgulho.
    E também sinto vergonha das pessoas que se manifestam neste blog com o único de criticar o jornalista que emite sua opinião.
    Parece-me que estes padecem de cegueira moral.
    Obrigado, pelo excelente texto, e acho que ele representa a opinião de milhões de brasileiros esforçados.

  684. L.C

    -

    29/10/2010 às 10:40

    Muito bem Setti!
    Agora dá gosto te ler.
    Demorou alguns dias, mas finalmente vc assumiu sua verdadeira face, deixando aquela estórinha de imparcialidade falsa, né?!
    Percebeu como esse post(a) foi concorrido nos comentários?
    Veja é assim e seus leitores também.
    Preconceito faz muito sucesso por aqui.
    ops…preconceito contra pobre, negro e homossexual…….hein?!
    Judeu não vale…..

    Caro L. C.,

    Judeu não vale, não, até porque, com muita honra, sou filho de mãe judia, seu mentecapto.

    Por que em vez de falar em preconceito você não usa seu cérebro — imagino que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?

    Preconceituoso por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é uma ofensa aos pobres que estudam.

    Diante de coisas assim, não sou imparcial, não. Já você adora o que o presidente faz, não é? Inclusive nesse terreno. Pois é, fique com sua turma, que eu fico com minhas idéias.

    Saudações.

  685. Naná

    -

    29/10/2010 às 10:39

    Só não consigo entender por qual motivo a VEJA ainda não divulgou os audios denunciados na última edição, sobre a encomenda de dossiês pela turma da bandidagem.

    É lamentável,
    De qualquer modo, a esperança é a única que morre!

    Cara Naná,

    Eu sei os motivos, mas, como não integro o staff de VEJA, não estou eticamente autorizado a revelá-los. Como você sabe, os blogueiros foram contratados para terem seus próprios espaços e opiniões, e temos liberdade para concordar, ignorar ou divergir dos pontos de vista da publicação.

    Um abraço

  686. JT

    -

    29/10/2010 às 10:36

    Lula se comporta como um pretenso “messias”. Ele se orgulha de sua origem humilde como torneiro mecânico (Jesus Cristo era ajudante de carpinteiro) que venceu na vida e mostrou que sabia mais que os cientistas políticos (Jesus Cristo debatia com os fariseus nas sinagogas).

    Para o Lula, o FHC não passa de um fariseu!

    Lula se vê como um filho de Deus agraciado com inteligência e que, portanto, não precisa estudar. Mas aí vem o “X” da questão: existe uma lacuna de quase 20 anos na vida de Jesus Cristo, não registrada na Bíblia. Tradições históricas, no entanto, afirmam que dos 12 aos 30 anos Jesus Cristo esteve cercado de mestres e guias espirituais. Há menção inclusive de uma passagem pela Índia.

    Jesus Cristo sem dúvida era um estudioso!

    Lula se vale de um argumento messiânico para dar o exemplo errado. Se você é um mero mortal, estude, leia, se liberte. Este é o exemplo que vem lá de cima, afinal de contas “biblioteca” é uma palavra derivada da Bíblia. Certo Lula?

  687. Telma

    -

    29/10/2010 às 10:24

    Olá Ricardo
    Admiro sua postura equilibrada mesmo quando ofendido. Não é fácil.
    Todos temos direito de ter opiniões. Concordar ou não é saudável.
    No entanto, nota-se claramente que aqueles que discordam são sempre os que adotam o tom agressivo, o mesmo tom usado nas macaquices do Lula em palanque.
    Quem tem razão não precisa gritar.
    Além disso, um tema não abordado em campanha e o óbvio de que qualquer governo, seja ele situação ou oposição, quando eleito deve antes de tudo trabalhar. Trabalhar para dar continuidade ao que é bom e corrigir o que está falhando.
    Aos admiradores do Lula, uma lembrança: ele não fez mais nada do que a obrigação. Aliás, o que ele fez a mais é exatamente o que fez errado: proteger corruptos, afagar ditadores, mentir e ainda por cima, estimular violência e adotar essa rivalidade nós ou eles.
    Ele não merece o que a vida lhe proporcionou.

  688. fábio

    -

    29/10/2010 às 10:17

    Cara dá um tempo! Nós entendemos que a Veja esta em campanha eleitoral, mas esse papo de presidente analfabeto não cola mais!

  689. Antonio Araujo

    -

    29/10/2010 às 10:15

    Prezado Ricardo Setti,
    Afirmei em comentário anterior que, a meu juízo, o seu texto era impregnado de preconceito. Reafirmo a minha opinião e como contribuição para o debate transcrevo o texto escrito na contracapa da genial obra PEDAGOGIA DO OPRIMIDO do educador Paulo Freire: “O vocábulo grego PAIDEIA significa ao mesmo tempo EDUCAR e CIVILIZAR. E no curso da História, PAIDEIA tornou-se sinônimo da própria cultura grega.
    A alfabetização, primeiro passo para a educação e degrau imediato para uma etapa civilizatória, configura-se entre nós como um enorme esforço para expressar simples dados estatísticos. Procura-se fazer com que o alfabetizando aprenda, tão somente repetir palavras.
    Paulo Freire, em sua PEDAGOGIA DO OPRIMIDO, propõe um método abrangente, pelo qual a palavra ajuda o homem a tornar-se homem. Assim, a linguagem passa a ser cultura.
    Através da decodificação da palavra, o alfabetizando vai-se descobrindo como homem, sujeito de todo o processo histórico.
    Alfabetizar é ensinar o uso da palavra.
    Pensar o mundo é julgá-lo, e o alfabetizando ao começar a escrever não deve copiar palavras, mas expressar juízos.
    [...]
    Quando o Brasil aceita o grande desafio do desenvolvimento, nada mais necessário que atentar para o seu processo de civilização.
    A PEDAGOGIA DO OPRIMIDO é um rumo neste caminho, pois não é possível supor êxitos no campo econômico, sem o alicerce de um povo que se educa para civilizar-se”.
    Pois bem, meu caro jornalista, durante trinta anos fui professor de Química e hoje sou professor de Direito do Trabalho. E lhe afirmo, com absoluta convicção, que nessa longa trajetória no magistério aprendi a RELATIVIZAR a importância da NOSSA EDUCAÇÃO FORMAL.
    Sugiro, portanto, que você reflita sobre as lições do MESTRE Paulo Freire e repense seu conceito de ALFABETIZAÇÃO.
    Abraço fraterno,
    Araújo / Fortaleza-Ce

  690. Mirian

    -

    29/10/2010 às 10:04

    Setti eu acho que Lula é tão centrado no próprio umbigo que ñão percebe o mundo que o cerca. Ele tem o ego tão voraz, que jamais admitiria sentar em um banco de escola para aprender, já que ele “é um homem predestinado” e não precisa que o ensinem. Com o tanto que Lula já viajou, um homem que conhece o mundo inteiro, tantas culturas, sentou-se com reis e rainhas, com políticos influentes, enfim uma vivência invejável e privilegiada, esse homem não adquiriu um tantinho que seja de cultura, e isso não tem nada a ver com escolaridade.

  691. João Floripa

    -

    29/10/2010 às 9:52

    Foi preciso termos um PRESIDENTE, que intitulam semi-analfabeto, para construir inúmeras universidades e escolas técnicas federais, enquanto um certo sociólogo por pouco não fechou aquelas que existiam. Foi o mesmo semi-analfabeto que voltou a contratar professores para as universidade federais, coisa que o sociólogo se quer imaginou fazer.
    É por isso que EU TENHO ORGULHO DE TER UM PRESIDENTE, QUE É TAMBÉM UM BRASILEIRO.

  692. Fávio

    -

    29/10/2010 às 9:48

    Imagina se este homem tivesse estudado mais, o que ele poderia ter alcançado e feito pelo país, muito mais não? Apesar que outros que estiveram lá antes dele com mais estudo não fizeram nem metade do que ele fez.

    http://www.youtube.com/watch?v=PIc6t_UOBp8

  693. Enio

    -

    29/10/2010 às 9:44

    Caro Setti, faço minhas suas palavras. Concordo com todos os argumentos e gostaria de colocar ainda mais. Minha esposa é professora de portugues do ensino médio, leciona a mais de 25 anos na rede pública e privada e, um belo dia, uma aluno a questionou sobre a necessidade de estudar, crescer, vir a ser alguém, ter uma profissão, sim porque se vc parar para refletir, estudamos desde os 7 anos até os 23/24, ou seja 1/3 de nossas vidas até alcançar-mos a ‘faculdade’ das coisas, isso sem contar especializações, nba, pós, mestrados e por aí vai, muito bem, ele (e logicamente a classe toda parou p/ prestar atenção) a questionou qto ao mérito de termos um presidente que se expressava muito mal, fazia colocações erradas, suprimia plural, utilizava-se de metáforas em todos os momentos cujo discurso escrito (não por ele, logicamente) lhe faltava, que exemplo ele estava dando para as crianças, que tipo de futuro ele prometia se nem ele se esforçou o mínimo que fosse p/ estudar e chegou aonde chegou? Ela respondeu simplismente que ele falava a língua do povo brasileiro, que ele falava para uma parcela (grande) do povo que lhe entendia, mesmo com todos os erros de português que uma falta de cultura, de estudo lhe atribuiu. Por isso, estou convencido que cada um de nós temos um papel na sociedade, como minha esposa tem, que é o de procurar repassar p/ quem quiser e se interessar, minimamente a nossa realidade, que embora o nosso presidente, torneiro mecanico de profissão, representa uma nação, e o fato dele não ter cursado nenhuma faculdade não lhe tirava o mérito dele ser nosso mandatário eleito pelo povo. Com efeito, temos que nos conformar e tocar a vida adiante por que sendo um analfabeto, um diplomata, um sociólogo ou um economista que for colocado lá, continuaremos a ter nossas contas para pagar todo final de mês, logicamente com mais conta do que mês.

  694. Karoline Brito

    -

    29/10/2010 às 9:32

    Excelente texto, Ricardo! Vou guardar e mostrar um dia para minha filha que ainda é pequena!

  695. Rafael SC

    -

    29/10/2010 às 9:21

    Semi analfabeto e sem nenhuma educação.

  696. Emerson A M

    -

    29/10/2010 às 9:00

    Concordo em número gênero e grau.
    Apesar de nunca ter participado de uma pesquisado IBOPE, DATAFOLHA, ETC; eu faço parte dos 85% que acham o governo Lula como bom, porque ele porcamente rezou a cartilha econômica que o FHC deixou para ele não estragar a estabilidade conquistada com o plano real.
    Seu governo fez uma distribuição de renda que realmente ajuda muitas famílias de nosso Brasil.
    Mas a forma como tudo isso é feito é que fede. Dá -se dinheiro sem cobrar um estudo do jovem/criança, dá até bolsa pra presidiário que na minha opinião deveria trabalhar lá dentro pra pagar a comida que come.
    O Lula nunca estudou e nem prestou atenção aula que o FHC deu na transição de governo em 2002 para o Lula e sua turma, ops, equipe que foi toda deposta por escândalos com provas inegáveis.
    Como o assunto aqui é estudo, então convido aos admiradores do Lula e PT a estudarem história para se lembrarem o número de escândalos desses 8 anos de governo, que faz até o louco do Fernando Collor que caiu por causa de uma perua Elba, parecer um santo se comparado aos atos deste governo que “NÃO SABE DE NADA”… lógico nunca fez a lição de casa e governou.

  697. Mateus

    -

    29/10/2010 às 8:52

    Concordo plenamente. Concordo também com a afirmação que Lula é inteligente. Só lamento que use a sua inteligência para o lado errado. Esta inteligência e o idealismo petista vão levar o Brasil ao fracasso e com certeza quando isso estourar, será na mão de outro presidente, que levará a culpa, já que tudo por aqui é imediatista.

  698. Pococ

    -

    29/10/2010 às 8:39

    Prezado Ricardo,
    Quando falou que o Lula poderia ter estudado, se quisesse, e citou exemplos, esqueceu do José Serra que até fez doutorado. Também se falou da expansão nas universidades e bolsas de estudo, mas esqueceu comentar a piora na qualidade de ensino.

  699. valter

    -

    29/10/2010 às 8:02

    Caro,

    Parabéns pela coragem que teve de tratar na coluna o que mais de 50 milhões de brasileiros assinam embaixo, com toda certeza. Não me orgulho de um presidente que nunca trabalhou na vida, afinal desde que “perdeu” um dedo viveu sustentado pela aposentadoria por invalidez e por sindicatos e pelo ParTido. Não estudou por que realmente é um grande farsante. Usou a esperteza durante toda a vida, nunca a inteligência. Venho de uma família de 9 irmãos. Meus pais agricultores pobres são verdadeiros heróis. Nos deram educação acima de tudo. Do martelo de carpinteiro na cidade, nosso pai suou muito. Nossa mãe, dona de casa, lutou como nunca para colocar na mesa um prato de comida para cada um. Hoje, nossa mãe, com 78 anos, 4 cirurgias, protese na coluna, protese no joelho, três cirurgias cardíacas, não tem direito a uma aposentadoria, recusada dez vezes pelo INSS. E nos filhos orgulhosos destes pais que conseguiram nos educar e hoje somos todos orgulhosamente diplmomados e pós-graduados em jornalismo, edonomia, medicina veterinária, administração, odontoligia.

    Obrigado por dizer tudo o que eu gostaria de escrever. Discriminação… hora, chega de piada.

  700. lavinia

    -

    29/10/2010 às 8:01

    Setti:já escrevi ontem aqui.Hoje,ao vir ler os comentários,lembrei-me de uma história infantil,O FLAUTISTA MÁGICO”.Todos devem conhece-la.Lula é o próprio flautista.As pessoas tornaram seus seguidores de uma forma hipnótica.Perderam a capacidade de discernimento.Ser educado,ser gentil e saber ouvir não são exemplos dados pelo nosso PRESIDENTE.Deixe O FLAUTISTA seguir adiante,vamos ver futuramente,onde estarão ele e seus seguidores fanáticos.Enquanto isso, não os contrarie, faz mal para saude mental e emocional de qualquer pessoa mais equilibrada.

  701. Siqueira

    -

    29/10/2010 às 7:59

    Não posso concordar inteiramente com sua argumentação. Se Lula tivesse muita inteligência teria um discurso mais lógico, sua capacidade lógica, entretanto, lembra a inteligência animal, direcionada para os instintos primitivos de sobrevivência, primitivismo que no caso dos humanos restringe-se, na política, ao maniqueismo de facção.
    O caso de Lula é mais de esperteza do que de inteligência, a história não aparelhada vai mostrá-lo como o político limitado, demagogo, esperto e mediocre que é e sempre será.

  702. Emilio Mansur

    -

    29/10/2010 às 7:44

    Não existe o bem e nem ou mal. Só existem duas coisas: o conhecimento que é o bem e a ignorância que é o mal. Platão

  703. Cesar Schafer

    -

    29/10/2010 às 7:37

    Voto Sim! Tenho orgulho de meu presidente, tenho orgulho de ter mais estudo que ele. Tenho orgulho por não ser mais nem melhor porque tive mais chance ou porque minhas circunstâncias permitiram absorver melhor uma educação formal. Tenho orgulho de ser governado por um trabalhador, assim como teria orgulho de ser governado por uma mulher. Tenho orgulho por viver em uma democracia que permite isso. Tenho orgulho por não deixar minha opinião ser influenciada por aqueles que assumem que as circustâncias definem um ser humano. Tenho orgulho do Sr. Luis Inácio Lula da Silva. Não tenho orgulho dessa revista, mas respeito seu direito de encerrar seus anos em paz…

  704. Mailson

    -

    29/10/2010 às 7:19

    Cade a materia dos 4 bilhões do metro – quero ver se esta empresa tem homem mesmo, ou só falastrões. Será que vamos ficar neste tro ló lo, vamos ter que ler estes argumentos comprados. Vamos avante quero ver a fedentidna do metro.

    Caro Mailson, cobre isso do diretor de Redação de VEJA, pelo email veja@abril.com.br

    Só respondo pelo meu modesto pedacinho aqui.

    Em todo caso, não sei se você percebeu que o governo estadual não perdeu 1 centavo na história. Não passa pela sua cabeça que pode (e deve) ter sido uma maracutaia ENTRE as empreiteiras, sem a interferência do poder público?

    Você percebeu que o governador pediu investigação à Polícia e ao Ministério Público?

    Abraços

  705. Bruno

    -

    29/10/2010 às 6:53

    Lula é o Macuncaíma o herói sem caráter.

  706. Bruno

    -

    29/10/2010 às 6:46

    Parabéns pelo artigo. Brilhante. Pena que a maioria tem dificuldade para interpretá-lo. É curioso. Os petistas vivem criticando a revista VEJA, mas no fundo náo deixam de dar uma lida, afinal de contas, eles sabem que é a única revista séria deste país.

  707. Jose

    -

    29/10/2010 às 6:38

    O Lula se mostra um preguiçoso e ele confunde malandragem com apredizado, porque se juntar a Collor e Sarney e mais um bando de usurpadores do país e malandragem pura,mais a criatura criada por Lula vai encerrar a carreira dele quero ver em 2014 qual é a desculpa.

  708. Myrna Häfeli

    -

    29/10/2010 às 5:26

    Caro Ricardo,

    Parabéns pelo seu texto!
    Como há nove anos moro na Suíça, posso dar meu testemunho de como é viver em um país onde a instrução e as boas maneiras são de grande importância. Com cidadãos bem qualificados, que se dedicam à pesquisa, que estudam continuamente (meu falecido sogro, engenheiro eletrônico de 77 anos, ainda assistia palestras sobre temas técnicos na Universidade da Terceira Idade), este pequeno país é um dos líderes em inovação e competitividade. Quantos profissionais daqui não estão agora viajando por aí, levando seu conhecimento e experiência a outros países, muitas vezes maiores e com mais recursos naturais que esta montanhosa Suíça, mas carentes em tecnologia?
    Há cerca de um mês e meio, foram eleitos os dois mais recentes membros do Conselho Federal, que é composto por sete pessoas. Eles têm o cargo equivalente a ministros e são representantes dos diversos partidos políticos.
    E têm o direito de ser, alternadamente, o presidente do país durante um ano.
    No discurso após a vitória nas eleições, na tribuna do Parlamento os dois fizeram os agradecimentos em três idiomas.
    Pensei no Lula, que além de assasssinar nosso idioma, não teve sequer interesse em aprender um outro para poder discutir com os líderes mundiais nas diversas viagens que já fez. E ele teve muito tempo para isso, pelo menos desde que perdeu para o Collor em 1989. Como você mesmo escreveu, não fez por arrogância e demagogia!
    E os comentários negativos que você recebeu só me fazem constatar que infelizmente a mediocridade, a falta de educação e a ignorância estão se disseminando!

    Me sinto realmente privilegiada de poder viver em um país de outro nível!

    Grande abraço!

  709. Manoel

    -

    29/10/2010 às 5:04

    Esse Setti deve ser como todos os outros caluniadores de aluguel de veja. azevedo, mainardi, augusto nunes…. Recebem jetom quando fazem suas criticas rasteiras, fedorentas, anti eticas e imundas ao presidente LULA, ao PT e a esuqerda em geral. Pobres coitados, lacaios que escrevem sob a encomenda de seus patroes…claro que meu texto nao vai ser publicado por este panfleto chamado veja…

    Apesar de sua grosseria e de seu cafajestismo, Manoel, o comentário está, sim, sendo publicado.

    É bom porque assim os demais leitores vêem bem o seu nível de educação, civilidade e inteligência.

    Por que em vez de escrever essa montanha de ofensas você não usa seu cérebro — sim, porque imagino você que tenha um — para argumentar contra o que escrevi?

    Caluniador por quê?

    Porque eu defendo a cultura, o ensino, o esforço de centenas de milhares de brasileiros que venceram a adversidade para estudar e progredir?

    Porque não gosto de Lula fazendo a apologia da ignorância?

    Você acha bom o exemplo que o presidente dá a quem pretende dar duro e, mesmo trabalhando e tendo família para cuidar, continuar os estudos?

    Acha errado o que fez a senadora Marina Silva?

    Ou o Vicentinho?

    Ou o Luiz Marinho, igualmente sindicalista, também, como o Vicentinho, formado em Direito?

    Resumindo meus argumentos, acho que a postura depreciativa do Lula em relação ao ensino é um desrespeito aos brasileiros que estudam, principalmente os pobres, que para isso ainda fazem mais sacrifício.

  710. Fernando Olinto

    -

    29/10/2010 às 5:00

    Nós precisamos muito de colocar educação e escolaridade como uma prioridade nacional. É o único caminho para o futuro de um país sério. Qual o PAC da Educação? Tem? Eu também não me orgulho de ter um presidente semi-analfabeto, que vende a mão para fazer sua sucessora e se alia ao pior que existe (Sarneys, Collors, Jucás, Barbalhos). No meu sonho teremos Serra Presidente, depois Aécio e depois um do PMDB que pode ser o Sérgio Cabral.

  711. Heraldo

    -

    29/10/2010 às 5:00

    Néscio, apedeuta, parvo, lorpa e também boçal e grosseiro. Se tivesse educação formal e educação no sentido de saber se conduzir, não seria grosseiro como é. Certa vez disse para Marina Silva,numa reunião, quando ela ainda era ministra, uma frase mais ou menos assim: “Marina, esse negócio de preservar o meio ambiente é bobagem. É como exame de próstata: um dia enfiam o dedo no nosso *****”. Essa é a conduta e a postura de um presidente que se jacta de ser ignorante

    Obrigado pelo comentário, caro Heraldo. A história que você conta é verdadeira.

    Abraços

  712. eb

    -

    29/10/2010 às 4:11

    Para Marcelo Pellini,

    Desde quando Lula zerou a divida com o FMI? isso e mais uma das mentiras dele. Pesquise sobre a divida brasileira que aumentou absurdamente no governo lula. OK?

  713. Alceu

    -

    29/10/2010 às 4:00

    Não querendo politizar a matéria.
    Em parte tenho que concordar, e em parte discordar, acho que quando o presidente fala que não estudou, é para uma questão política, não influenciando outros a não estudarem, as atitudes dele e outros falas sempre foram de rumo de incentivar a educação.
    Quando ele fala e tu discorda sobre a questão da educação formal, ele é se aperfeiçoar em algo especifico, e tu que ela abre um grande horizonte, aprimoram a compreensão do mundo e da vida, eu penso assim: ele tem razão porque em 90% dos casos é do jeito que ele falou, aperfeiçoamento em algo especifico (uma profissão), e falta a ti a razão, simplesmente porque a realidade não é esta que tu fala, mas que deveria ser com toda a certeza, a universidade já não é mais “universal” é especifica, restrita, e falha, com 10% de exceção.
    Então ele tem razão pela realidade, e tu tem razão pelo que deveria ser a educação formal, principalmente a universitária.

  714. paulo

    -

    29/10/2010 às 3:57

    Felizmente o Sr não é o nosso Presidente, senão estariamos “ferrado”. Gde abraço Sr Nazista

    Nazista porque eu quero que o presidente dê bom exemplo e não deboche de quem estuda? Você não tem idéia do que está falando. EM vez de ofender e agredir, use seu cérebro — acredito que você tenha um — e exponha argumentos, em vez de xingar, covardemente oculto no anonimato da internet.

  715. de soslaio

    -

    29/10/2010 às 3:42

    Discurso de posse de Nicolas Sarkozy, como Presidente da França

    Derrotamos a frivolidade e a hipocrisia dos intelectuais progressistas. O pensamento único é daquele que sabe tudo e que condena a política enquanto a mesma é praticada. Não vamos permitir a mercantilização de um mundo onde não há lugar para a cultura: desde 1968 não se podia falar da moral. Haviam-nos imposto o relativismo. A ideia de que tudo é igual, o verdadeiro e o falso, o belo e o feio, que o aluno vale tanto como o mestre, que não se podia dar notas para não traumatizar o mau estudante.

    Fizeram-nos crer que a vítima conta menos que o delinquente. Que a autoridade estava morta, que as boas maneiras haviam terminado. Que não havia nada sagrado, nada admirável. Era o slogan de maio de 68 nas paredes de Sorbone: ‘Viver sem obrigações e gozar sem trabalhar’.
    Quiseram terminar com a escola de excelência e do civismo. Assassinaram os escrúpulos e a ética. Uma esquerda hipócrita que permitia indemnizações milionárias aos grandes executivos e o triunfo do predador sobre o empreendedor.

    Esta esquerda está na política, nos meios de comunicação, na economia. Ela tomou o gosto do poder. A crise da cultura do trabalho é uma crise moral. Vou reabilitar o trabalho.

    Deixaram sem poder as forças da ordem e criaram uma frase: ‘abriu-se uma fossa entre a polícia e a juventude’. Os vândalos são bons e a polícia é má. Como se a sociedade fosse sempre culpada e o delinquente, inocente. Defendem os serviços públicos, mas jamais usam o transporte colectivo. Amam tanto a escola pública, mas seus filhos estudam em colégios privados. Dizem adorar a periferia e jamais vivem nela.

    Assinam petições quando se expulsa um invasor de moradia, mas não aceitam que o mesmo se instale em sua casa. Essa esquerda que desde maio de 1968 renunciou o mérito e o esforço, que atiça o ódio contra a família, contra a sociedade e contra a República.
    Isto não pode ser perpetuado num país como a França e por isso estou aqui. Não podemos inventar impostos para estimular aquele que cobra do Estado sem trabalhar.
    Quero criar uma cidadania de deveres. Primeiro os deveres, logo após os direitos.”

    NOTA:
    O texto acima é do discurso de posse do presidente francês Nicolas Sarkozy, dando um recado aos que se acostumaram a viver como proxenetas de um discurso esquerdista e que sempre alimentou aqueles que não sabem pensar por conta própria.
    Até parece que Sarkozy falou para os nossos intelectuais e para a esquerda tupiniquim. O intelectual brasileiro esquerdista ama Cuba e fala da maravilha da ilha de Dr. Castro, mas o apartamento para férias está em Paris. Cuba só em audiovisual.
    Discurso que não precisa de rótulo de direita ou outra coisa: É um discurso sensato, coerente, realista, ousado e patriótico, olhando para um melhor futuro dos seus concidadãos”.
    Caro Ricardo
    Já discordei uma vêz de você, mas concordei em muitas. Nesta, concordo plenamente. Pra concordar com o molusco é mais fácil.Basta ter carteirinha de fanático. As identificações ficam acima de qualquer lógica, e do conhecimento e posse do saber. “A razão está na lógica do conhecimento e só o conhecimento está com a razão que é fruto da verdade e da natureza”, dizia Epícuro há 200 e poucos anos antes de Cristo, na Natureza das coisas. Quem é caudatário do conhecimento, e portanto da razão, se nada conhece, e nada sabe da natureza, se nada lê? Quanta mistificação, quanta idolatria! Reconforta-nos saber que, ao menos 40% da população não é dominada desse tipo de pensamento. È muito, pensando que 20% dos que pensam ao contrário não sabem porque pensam e o que pensam, ligados umbilicalmente ao aparelho digestivo. E mais um pouco ligados às benésses que usufruem do átual estado de coisas. E o restante,citados acima pelo francês, fazem a festa no banquete com os banqueiros que riem à tôa e no desvário, como o molusco, espoucam champanhe nessa festa finál da ilha Fiscal. Foram todos iguais nesta noite, bolsistas, banqueiros, assaltantes, prestidigidatores, palanqueiros,foram todos, como foram nos tempos do império, dominados pela côroa imperial. E viva o rei, êle vai estar sempre nú pra 40% dos que têm conhecimento e pensam e lêem e são cultos!

  716. Ricardo

    -

    29/10/2010 às 3:38

    voce que escreve este blog deve ser um *** **** ***** que que nao tem oque fazer seu *****

    Que bela argumentação, a sua, hein, Ricardo? (se é que este é mesmo o seu nome).

    Um integrante da SS nazista ou um camisa negra fascista não faria melhor.

    Xingar e ofernder o interlocutor, sempre. Discutir civilizadamente, com argumentos, suas idéias, jamais.

    Vá procurar sua turma, seu mentecapto. Não sabe o que é? Vá ao dicionário.

  717. jheldersilva

    -

    29/10/2010 às 3:35

    Interessante e absurda a sua lógica argumentativa: quer criticar “a postura do presidente de aparentar deboche por quem estuda e de parecer se vangloriar de não ter prosseguido seus estudos” e desconsidera as políticas educacionais do governo Lula. NÃO SE PODE SEPARAR o que uma pessoa pensa de seus atos. Se as suas premissas fossem coerentes seria o mesmo que concordar que é possivel canonizar Hitler.

    Não tratei no post das políticas educacionais do governo Lula. Há várias diretrizes do ministro Fernando Haddad que considero interessante. Volto ao tema: Lula desrespeita os pobres que estudam.

  718. marcos gouvêa

    -

    29/10/2010 às 3:31

    O Sr. se orgulhar, ou não, os brasileiros estão se lixando. O que interessa é o que pensa 83% da população brasileira, reconhecendo Lula como o melhor Presidente que já governou este país. Fim de papo.

  719. jheldersilva

    -

    29/10/2010 às 3:21

    EI, porque você aceita comentários só de quem fala mal de Lula??? Porque não aceita os meus??? Que falta de ética.

    Não diga isso, meu amigo. Hoje recebi comentários em número muito grande. Aceite todos os que não contenham ofensas pessoais, palavrões e ameaças. Não é melhor perguntar do que ir logo ofendendo, falando em algo grave e pesado — falta de ética?

    Agradeço sua paciência, sua vez chegará.

  720. Ana Graña

    -

    29/10/2010 às 3:18

    Ricardo, seu artigo lavou minha alma! É um péssimo exemplo aos jovens, sim. Lula conseguiu chegar à presidência, se manteve em foco internacional, mas não percebe que com aulas de História e de outro idioma, seus passos seriam mais largos.
    Exaltar a falta de estudo em um país como o Brasil é uma agressão aos educadores, aos mestres e aos alunos.
    Marina é um belo exemplo, sempre batalhadora, possui uma história de vida exemplar. Como muitos brasileiros que trabalham e estudam, mas com pouco dinheiro e as dificuldades não são pequenas para esta maioria.

    Obrigada, tenha um ótimo dia :)

    Prezada Ana,

    Então estamos quites: se meu post lavou sua alma, seu comentário lavou a minha. Passei o dia e parte da madrugada lendo ofensas pessoais e comentários destilando ódio, e não argumentos.

    Viva a inteligência. Viva a boa educação.

    Abração

  721. jheldersilva

    -

    29/10/2010 às 3:16

    Usem da consciência: O lula foi o único presidente da história do Brasil a investir pesado em educação: consolidou a distribuição gratuita de livros didáditos (fui professor de ensino médio em PE na época de FHC e os livros não eram suficientes para todos os alunos e só havia de algumas disciplinas), investiu pesado na informatização das escolas, implantou os Institutos Federais ao mesmo tempo que expandiu significativamente a rede com o aumento vertiginoso de campis, ampliou o número de campis das Universidades Federais que desde o início da era FHC estava estagnada, abriu inúmeros concursos para professores efetivos tanto nos IFs como nas Universidades Federais, ampliou significativamente o número de Bolsas do CAPES, possibilitando em seu governo que tivéssemos um verdadeiro boom de doutores e mestres na rede federal de ensino, regularizou o repasse de verbas para a educação (hoje toda escola pública não tem dificuldades em repor seu material de expediente, pelo menos no IF em que leciono faltava até giz e apagador na época de FHC e agora temos todo material de expediente e nunca mais o telefone foi cortado – veja bem – na época de FHC tivemos o telefone cortado, é um absurdo ter o telefone de uma IF cortado por atraso no pagamento). Só para comaparar, na gestão de FHC, o campus que leciono foi implantado no interior do CE, em 3 anos de funcionamento só tinhámos cerca de 30 computadores conectados a uma conexão discada, laboratórios quase sem equipamentos, material de expediente em constante falta, quadro funcional de cerca de 30 pessoas (incluindo os professores), média de 2 professores afastados para pós-graduação, nenhum laboratório de informática, alunos sem livreos didáticos nem merenda escolar, era um caos. E foi assim nos dois mandatos de FHC. Nos dois mandatos de Lula, passamos a ter todo o material necessário, triplicamos o quadro funcional, temos uma média de 12 profissionais afastados para pós-graduação, foram construidos e estão em pleno funcionamento 4 laboratórios de informática em conexão banda larga, além de piscina semi-olímpica, quadra coberta e auditório climatizado. Para não falar de que FHC congelou salários durante praticamente todo os seus mandatos enquanto Lula aplicou reajustes em quase todos os anos de seus mandatos e sempre acima da inflação. Simplesmente não dá para comparar o DOUTOR FHC com o METALÚRGICO LULA

  722. Lucas Silveira e Silva

    -

    29/10/2010 às 3:06

    Caro Ricardo Setti,

    Sou estudante de Gestão Ambiental do Instituto Federal do Ceará (antigo cefet) e venho aqui não discutir mas dar um testemunho de que durante o governo Lula foi bastante perceptível a transformação em relação ao incentivo a pesquisa, a infraestrutura do campus e no que diz respeito a investimentos como um todo (sem falar nas universidades federais que surgiram no interior do estado).
    Talvez realmente o Presidente possa não ser um exemplo de educação formal, mas com certeza está co