Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Na 2ª tentativa, Flavio Bolsonaro revela seu voto na disputa do Senado

Em um primeiro momento, parlamentar disse que não abriria sua escolha por ser ‘filho do chefe de outro Poder’

Por Da redação Atualizado em 2 fev 2019, 22h24 - Publicado em 2 fev 2019, 18h54

Não foi de primeira, mas o senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) revelou neste sábado, 2, o seu voto para a presidência da Casa. Na primeira tentativa de pleito, ele afirmou que, apesar de ser a favor da votação aberta, não revelaria sua escolha “nessa ocasião específica”, por ser filho do chefe de outro Poder. “Que o eleito, independentemente de quem for, apoie as causas que o Brasil necessita”, acrescentou.

Seguidores do senador, porém, não reagiram muito bem à posição do filho de Jair Bolsonaro e o acusaram de estar dando “desculpas esfarrapadas” para esconder o voto.

Com a confusão do cômputo de uma cédula a mais na urna e a anulação da primeira eleição, Flavio teve uma nova chance. Ao subir à tribuna pela segunda vez, o senador revelou o seu voto em Davi Alcolumbre (DEM-AL), o principal adversário de Renan Calheiros (MDB-AL) na disputa.

  • “Após essa fraude na urna e para que não pairem dúvidas, declaro meu voto em Davi Alcolumbre para a presidência do Senado”, anunciou. O candidato de Flavio acabou vencendo a disputa e será o novo presidente da Casa.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade