Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Delação de Funaro: a nova conta secreta de Cunha

Doleiro diz ter feito remessas de propina a uma conta no banco Northern Trust Bank, em Nova York, entre 2003 e 2006

Em seu relato à Procuradoria-Geral da República, Lúcio Funaro revela dados de uma conta de Eduardo Cunha que, até agora, não tinha sido mencionada na Lava-Jato. Ele declara ter feito, entre 2003 e 2006, remessas para o Banco Northern Trust Bank, em Nova York. Batizada de “Glorieta LLP”, a conta de Cunha está em nome de uma offshore da Oceania.

O conteúdo da delação de Funaro:

Temer recebeu e intermediou propinas

Moreira Franco recebeu R$ 6 mi em propina na Caixa

Geddel recebeu R$ 1 mi da Odebrecht

Joesley Batista prometeu R$ 100 mi por silêncio

‘Bancada do Cunha’ era comprada com propina

Cunha pediu compra de votos por impeachment

Propinas ao PMDB por projetos no Congresso

Medida provisória rendeu R$ 1,5 mi a Eunício

Leia esta reportagem na íntegra assinando o site de VEJA ou compre a edição desta semana para iOS e Android. Aproveite também: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.