Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Câmara aprova decreto de calamidade pública para combater coronavírus

Medida, que dá aval para o Poder Executivo gastar mais do que o previsto e desobedecer metas fiscais, seguirá para aprovação do Senado

Por Redação
Atualizado em 18 mar 2020, 21h25 - Publicado em 18 mar 2020, 21h08

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 18, o decreto elaborado pelo Poder Executivo que reconhece o estado de calamidade pública para combater a pandemia de coronavírus no país. A medida, agora, seguirá para votação no Senado.

O decreto criará uma comissão mista, formada por seis deputados e seis senadores, para acompanhar os gastos que o governo empenhará durante o período de calamidade pública, que deve durar até o último dia do ano. A medida permite que se gaste mais do que o previsto e desobedeça as metas fiscais estipuladas anteriormente. Segundo o governo, aprovar a iniciativa vem “da necessidade de elevação dos gastos públicos para proteger a saúde e os empregos dos brasileiros”.

O Ministério da Economia informou que continuarão obrigatórios os cumprimentos do Teto de Gastos, que impede gastos superiores ao ano anterior (corrigido pela inflação), e da Regra de Ouro, que impede o Tesouro de emitir dívidas para pagar despesas correntes, como os salários e as aposentadorias. Apenas a meta fiscal, que previa um rombo de 124,1 bilhões de reais para 2020, definida na Lei Orçamentária pelo Congresso, muda de figura.

Isso torna o estado pouco efetivo do ponto de vista das contas públicas. É possível “driblar” o Teto de Gastos na área da saúde com a aprovação de créditos extraordinários, mas todas as outras áreas continuariam amarradas pela emenda constitucional aprovada em 2016 no governo de Michel Temer.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.