O petista Fernando Haddad tratou logo de rebater a crítica de Gomes. “Não fizemos absolutamente nada para criar esse monstro, pelo contrário, esse obscurantismo vem desde a campanha do PSDB em 2010, introduzindo temas artificiais e a maneira de abordá-los, o aborto, kit gay, maioridade penal. Temas que não estavam na pauta de discussão do Brasil, criados artificialmente”, retrucou.

Haddad também criticou a ausência de Bolsonaro no debate e disse que o rival não poderá continuar a se esconder no segundo turno. “Isso é uma necessidade da candidatura dele, que é vazia de conteúdo e propostas. Ele é uma figura vazia, que não contribuiu durante 30 anos para o Brasil. Vai contribuir agora?”, completou.

Publicidade