Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Apenas uma mulher é eleita no segundo turno

Dos 57 municípios onde os eleitores voltaram às urnas, elas participaram do pleito em seis e, somente em Caruaru (PE), uma candidata teve sucesso

Por Agência Brasil Atualizado em 5 fev 2021, 11h15 - Publicado em 30 out 2016, 22h40

Em número muito menor do que os homens nas disputas deste domingo, as mulheres se elegeram no segundo turno em apenas uma cidade. Raquel Lyra (PSDB) venceu o peemedebista Tony Gel e será a primeira mulher a governar o município pernambucano.

  •  

     

    De acordo com levantamento feito pela Agência Brasil, apenas 5,3% dos 114 políticos que concorreram ao segundo turno eram mulheres. As capitais Florianópolis e Campo Grande, que também tinham mulheres na disputa, viram Gean Loureiro (PMDB) e Marquinhos Trad (PSD) derrotarem, respectivamente, Angela Amin (PP) e Rose Modesto (PSDB). No primeiro turno, Teresa Surita (PMDB) foi a única candidata vitoriosa das capitais, na roraimense Boa Vista.

    Em Canoas (RS), o candidato Busato (PTB) conseguiu virar a disputa em 2 de outubro e venceu Beth Colombo (PRB). Os eleitores da mineira Juiz de Fora preferiram colocar na prefeitura Bruno Siqueira, que concorria com a petista Margarida Salomão. Já em Guarujá (SP), o candidato Dr Valter Suman (PSB) derrotou Haifa Madi (PPS) por uma margem pequena de votos: a diferença entre os dois foi 2.600 eleitores.

    (Com Agência Brasil)

    Continua após a publicidade
    Publicidade