Clique e assine a partir de 9,90/mês

O acordo do Orçamento, os ataques de Bolsonaro à imprensa e o PIB

Augusto Nunes, Dora Kramer e Ricardo Noblat debatem a crise entre Executivo e Legislativo e o crescimento tímido da economia brasileira

Por Da Redação - Atualizado em 6 Mar 2020, 18h54 - Publicado em 6 Mar 2020, 18h21

No episódio da semana do podcast, Augusto Nunes, Dora Kramer e Ricardo Noblat analisam o acordo entre Executivo e Legislativo sobre o Orçamento, acertado depois da nova crise entre Poderes. Foi mantido o veto de Bolsonaro a um trecho da Lei Orçamentária Anual que destina 30 bilhões de reais para aplicação pelos parlamentares, o chamado Orçamento impositivo.

O acordo foi possível depois que Bolsonaro enviou ao Legislativo um projeto de lei que muda uma regra para a execução orçamentária e divide o dinheiro em disputa: 15 bilhões de reais ficam com os parlamentares e a outra metade vai para os cofres do Executivo. “A origem (do acordo) está a negação do presidente em relação à política”, resume Dora. “É importante lembrar que é a destinação do nosso dinheiro que está sendo debatida”, afirma Nunes.

Os colunistas de VEJA também discutem os ataques do presidente à imprensa e comentam o crescimento do PIB em 2019, que frustrou o mercado. “Eu procuro ver nesse crescimento mínimo, de 1,1%, que o caminho passa pelas reformas”, diz Nunes.

 

Publicidade