Clique e assine com até 92% de desconto
Publicidade

Notícias sobre Patricia Acioli

O Poder das milícias
Revista VEJA

O poder das milícias

Por Fernando Molica e Luisa Bustamante Atualizado em 26 mar 2018, 18h49 - Publicado em 23 mar 2018, 06h00
Uma das linhas de investigação da morte de Marielle leva às quadrilhas que se alastram na surdina e dominam mais favelas que o tráfico no Rio
Em breve, um novo vídeo de Anitta, alguma novidade esdrúxula do STF ou o namorico de subcelebridades nos farão esquecer Marielle, Anderson e tantos outros
Expirou o prazo de permanência de Cláudio Oliveira e Daniel Benitez, o autor da ideia de assassinar a magistrada, no presídio de Porto Velho. Juiz do Rio defende o retorno dos dois para Bangu I
A magistrada foi assassinada com 21 tiros na noite de 11 de agosto de 2011, enquanto chegava em casa, em Niterói
sergio-costa-junior-foi-o-autor-dos-disparos-contra-patricia-acioli-original.jpeg
Brasil

Assassino de juíza é condenado a 21 anos de prisão

Por Pâmela Oliveira, do Rio de Janeiro 4 dez 2012, 19h14
Delação premiada reduziu a pena de Sérgio Costa Júnior em um terço, por homicídio triplamente qualificado. Júri considerou que houve formação de quadrilha, o que deve complicar a defesa dos outros PMs acusados do crime
o-cabo-sergio-costa-junior-senta-no-banco-dos-reus-para-o-julgamento-sobre-a-morte-da-juiza-patricia-acioli-original.jpeg
Brasil

MP quer mostrar que juíza foi morta por quadrilha de PMs

Por Pâmela Oliveira, do Rio de Janeiro 4 dez 2012, 13h36
O primeiro dos réus é julgado nesta terça-feira, mas a promotoria destaca a participação dos outros 11 policiais acusados de envolvimento no crime
Réu confesso, PM Costa Júnior responde por homicídio triplamente qualificado
patricia-acioli-original.jpeg
Brasil

Executor da juíza Patrícia Acioli vai a júri nesta terça-feira

Por Pâmela Oliveira, do Rio de Janeiro 3 dez 2012, 06h23
O policial militar Sérgio Costa Júnior será julgado por homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha
Sete dos 11 acusados foram denunciados pelo MP por matar um jovem em São Gonçalo. Para os promotores, eles tentavam garantir impunidade e cometeram ainda fraude processual
Dois policiais militares suspeitos de receber propina de traficantes foram presos, na manhã desta quarta-feira, durante uma operação da Polícia Civil, no Rio de Janeiro. O objetivo da ação é cumprir três mandados de prisão e 20 de busca e apreensão em bairros das zonas Norte e Oeste da capital fluminense, em Niterói e São […]
Justiça nega pedido de liminar feito pela defesa do tenente-coronel Cláudio Luiz de Oliveira, que está preso em Campo Grande (MS)
PUBLICADO NA REVISTA VEJA DESTA SEMANA J. R. Guzzo É pouco provável que exista no mundo algum outro país em que juízes, desembargadores, ministros de tribunais superiores e integrantes do Poder Judiciário em geral apareçam tanto na impressa como acontece hoje no Brasil. Bom sinal com certeza não é, sobretudo quando se considera o tipo […]
Magistrado determina também que que ex-comandante de batalhão de PM e policial acusados de participar do crime sejam transferidos para presídio federal de segurança máxima
Ayres Brito, ministro do STF, também integrou a lista de homenageados por defender direitos dos homossexuais; cerimônia foi no Palácio do Planalto
juiza-patricia-acioli-19970228-01-original.jpeg
Brasil

PM diz ter dado depoimento falso sobre morte de juíza

Por Com reportagem de Cecília Ritto 17 nov 2011, 19h24
Em depoimento, Jefferson Araújo, um dos 11 policiais acusados do assassinato de Patrícia Acioli, disse que foi coagido a aceitar o benefício da delação premiada
Julgamento começou nesta terça-feira e ouvirá, entre hoje e amanhã, 14 testemunhas da acusação. Dois réus receberam a delação premiada
Advogados argumentam que é preciso haver indícios de ameaça concreta aos parentes. Mesmo assim, Polícia Civil mantém a oferta
Perícia do ICCE conclui que arma foi usada no assassinato de Patrícia Acioli. Confirmação veio em teste de balística com projéteis achados no carro da vítima
“Nada mais me surpreende nesse trabalho”. José Mariano Beltrame, secretário de Segurança do Rio de Janeiro, sobre o assassinato da juíza Patrícia Acioli, cometido por policiais militares, acabando de descobrir que há algumas diferenças entre as instituições que comanda e a Ordem das Carmelitas Descalças.
Publicidade