Terremoto sentido no Brasil teve 6,8 graus e atingiu o sul da Bolívia

Autoridades locais ainda não confirmaram se há mortos ou feridos nem a extensão dos danos

Por Da redação - Atualizado em 2 abr 2018, 18h08 - Publicado em 2 abr 2018, 12h11

Um terremoto de 6,8 graus na escala Richter atingiu o sul da Bolívia na manhã desta segunda-feira. De acordo com informações do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor aconteceu a 557 quilômetros de profundidade, a cerca de 13 quilômetros de um local chamado Carandayti, próximo da fronteira com a região norte do Paraguai.

O Observatório Sismológico de San Calixto não reportou nenhuma vítima nem danos materiais profundos. O centro boliviano calculou a magnitude do terremoto em 6,6.

O USGS explicou que o terremoto ocorreu às 9h40 do horário local (10h40 em Brasília) na região de Chuquisaca, perto das fronteiras com a Argentina e o Paraguai.

Segundo o jornal El Deber, as regiões de Cochabamba e Tarija, no centro e sul do país, também foram atingidas pelo terremoto.

Publicidade

O diretor da Unidade de Gestão de Risco da prefeitura de Tarija, Boris Fernández, disse que na parte leste da cidade pessoas tiveram de deixar suas casas e alguns edifícios de escritórios por razões de segurança.

O tremor também foi sentido em Brasília e na região central de São Paulo, de acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília.

Funcionários de edifícios comerciais da Avenida Paulista e da sede do Ministério Público na Rua Riachuelo, foram retirados por precaução na capital paulista. Não há relatos de feridos.

Segundo a imprensa chilena, o terremoto também foi sentido nas cidades de Arica, Parinacota, Tarapacá e Antofagasta, no norte do Chile

Publicidade