Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rússia confirma bloqueio do Instagram no país a partir de segunda, 14

Os cerca de 80 milhões de usuários da rede social no país foram aconselhados a migrar suas fotos e vídeos para outras plataformas

Por Da Redação 13 mar 2022, 17h07

Os cerca de 80 milhões de usuários do Instagram na Rússia foram notificados neste domingo, 13, de que o serviço será encerrado a partir da meia-noite. A medida é uma resposta do presidente Vladimir Putin, que já havia anunciado na semana passada a abertura de um processo criminal contra a Meta Platforms, empresa que controla o Instagram e também o Facebook, por afrouxar suas regras e permitir mensagens de ódio direcionadas ao governo russo. 

Um e-mail enviado pelo Roskomnadzor, regulador de comunicações do Estado, aconselhou os usuários russos do Instagram a mover suas fotos e vídeos da rede social americana para “plataformas de internet competitivas” da Rússia, antes que o bloqueio fosse realizado. O Facebook já havia sido banido do país, sob a acusação de agir como uma “organização extremista.”

A Meta, dona do Facebook e do Instagram, informou na última na sexta-feira, 11, que a mudança temporária em sua política de discurso de ódio se aplicava apenas à Ucrânia, pois seria errado “impedir que os ucranianos expressassem sua resistência e fúria contra as forças militares invasoras”.

A medida anunciada neste domingo é um golpe ainda mais duro para a empresa de Mark Zuckerberg, pois os russos utilizam bem mais o Instagram do que o Facebook. Segundo dados da consultoria eMarketer publicados pela agência AFP, o Facebook tinha 7,5 milhões naquele país em 2021, o equivalente a 7,3% dos internautas, contra 51 milhões no Instagram.

O Instagram não divulga dados de usuários por país, mas na semana passada seu diretor Adam Mosseri informou que eram 80 milhões na Rússia. “Essa decisão cortará 80 milhões na Rússia uns dos outros e do resto do mundo, já que cerca de 80% das pessoas na Rússia seguem uma conta do Instagram fora de seu país. Isto está errado”, afirmou.

O bloqueio, portanto, deve gerar grandes prejuízos publicitários à Meta, pois a Rússia é quinto maior mercado para o Instagram no mundo, atrás apenas de Estados Unidos, Índia, Brasil e Indonésia. 

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)