Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Rainha Elizabeth sente ‘desconforto’ e não participará de eventos na sexta

Palácio disse que "com grande relutância" a monarca decidiu pular o compromisso da sexta; aparições têm sido cada vez mais raras devido a problemas de saúde

Por Matheus Deccache Atualizado em 3 jun 2022, 10h10 - Publicado em 2 jun 2022, 17h46

O Palácio de Buckingham afirmou que a rainha Elizabeth II não irá comparecer à igreja na próxima sexta-feira, 3, para a continuação da comemoração de seus 70 anos de reinado depois de sentir “desconforto” nos eventos desta quinta.

A celebração, chamada de Jubileu de Platina, foi declarada como feriado de quatro dias no Reino Unido e contará com festividades, que vão desde um enorme show com a presença de ídolos, como a banda Queen, até pequenas festas de rua.

+ Reino Unido inicia celebração dos 70 anos de reinado de Elizabeth II

O palácio diz que “com grande relutância” a rainha de 96 anos decidiu pular o compromisso na Catedral de São Pedro e que a monarca “aproveitou muito o desfile desta quinta, mas experimentou algum desconforto”.

Nesta quinta, a rainha entrou cautelosamente na varanda do Palácio de Buckingham e atraiu aplausos das dezenas de milhares de pessoas que foram se juntar a ela no início das comemorações. Usando bandeiras do Reino Unido, algumas pessoas chegaram a acampar a noite na esperança de ter um vislumbre da líder da Família Real, cujas aparições estão se tornando cada vez mais raras. 

Elizabeth, que se tornou rainha aos 25 anos, é a monarca com o reinado mais longo do Reino Unido e a primeira a atingir a marca de 70 anos no trono. Sorrindo, ela conversou com seu bisneto Louis, de 4 anos, e acenou para a multidão. 

Usando um vestido azul, a rainha foi acompanhada por mais de uma dúzia de membros da realeza. O casal Meghan Markle, 40, e Harry, 37, que abdicou das funções da realeza em 2020 e se mudou para Los Angeles, assistiu ao desfile, mas não apareceu na sacada do palácio para saudar a multidão ao lado dos principais membros da Família Real.

Continua após a publicidade

+ Soberana à moda antiga: não se fazem mais rainhas como Elizabeth II

O segundo filho da rainha, príncipe Andrew, de 62 anos, envolvido num processo de abuso sexual contra uma menor nos Estados Unidos desde fevereiro, também não fez aparição pública no Palácio de Buckingham. Andrew nega ter cometido o crime.

A festa está sendo preparada há meses, e eventos ocorrem desde o início do ano. Isso porque duas datas são comemoradas em relação à chegada de Elizabeth à coroa. A primeira é o dia 6 de fevereiro – conhecido como Dia da Ascensão, data em que o rei George VI morreu e Elizabeth passou a ser a monarca do Reino Unido –, e a segunda é o dia 2 de junho, no qual ocorreu a cerimônia de coroação na Abadia de Westminster, em Londres, em 1952.

Um breve distúrbio ocorreu durante o desfile, quando várias pessoas correram na frente de soldados que marchavam na avenida Mall. Os envolvidos no incidente foram presos.

+ Príncipe Charles faz discurso da rainha Elizabeth II pela primeira vez

Pesquisas de opinião mostram que Elizabeth continua muito popular e respeitada entre os britânicos. Um levantamento feito nesta semana revelou que oito em cada 10 pessoas tinham uma visão positiva dela, e outra pesquisa descobriu que três quartos da população do Reino Unido achavam que ela havia feito um bom trabalho como rainha.

No entanto, a monarquia tem enfrentado alguma em meio à críticas pelo passado escravocrata do império britânico em particular nas ex-colônias. Internamente também estão surgindo movimentos contrários ao modelo atual de governo do Reino Unido.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)