Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Papa Francisco deixa hospital e retorna ao Vaticano dez dias após cirurgia

Alta estava inicialmente prevista para cerca de uma semana após cirurgia intestinal, mas foi adiada em alguns dias

Por Da Redação 14 jul 2021, 08h54

O papa Francisco deixou a Policlínica Gemelli, em Roma, nesta quarta-feira, 14, depois de ser submetido a uma cirurgia intestinal há dez dias. A alta estava inicialmente prevista para cerca de uma semana após o procedimento, mas foi adiada em alguns dias.

O pontífice, que tem 84 anos, deixou o hospital a bordo de um carro e, antes de entrar no Vaticano, parou para orar por alguns minutos na Basílica de Santa Maria Maggiore, na capital italiana. Ele também saudou os guardas que o escoltavam desde o hospital. 

Pouco depois, foi visto por jornalistas na chegada à Santa Sé, onde se dirigiu à Casa Santa Marta, sua residência oficial.

Francisco foi internado no último dia 4 para retirada de metade do cólon e previsões iniciais apontavam para uma alta em cerca de sete dias. Ao longo da semana, no entanto, o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, afirmou que mais dias seriam necessários, mas que a recuperação seguia da melhor maneira possível. 

No último domingo, 12, o papa realizou o Angelus da varanda de uma das suítes do hospital. Essa foi a primeira vez que Francisco rezou a tradicional bênção de domingo fora do Vaticano, exceto quando estava viajando.

Depois da celebração, ele falou ainda com pacientes e profissionais da saúde de seu andar antes de rezar a Santa Missa na capela da policlínica, no final da tarde. Francisco aproveitou o domingo para falar com pessoas próximas das seleções da Argentina e Itália, que foram campeãs no último final de semana, destacando a importância do esporte e seus valores.

Continua após a publicidade

Publicidade