Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Não haverá conversas com os EUA, diz líder supremo do Irã

Aiatolá Ali Khamenei afastou hipóteses de negociar com governo americano na Assembleia Geral da ONU

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, afirmou, nesta terça-feira 17, que “não haverá conversas com os Estados Unidos em nenhum nível”. A declaração aparentemente foi dada para acabar com todas as especulações sobre uma eventual reunião entre os dois presidentes dos países neste mês, quando ocorre a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas.

A TV estatal iraniana mencionou a declaração de Khamenei, que já sofreu sanções pessoais dos EUA. Segundo ele, todas as autoridades iranianas concordam “de modo unânime” com a posição de não dialogar com os americanos.

Mais cedo, os Estados Unidos concluíram que a trajetória dos drones utilizados nos ataques contra as refinarias da Saudi Aramco, estatal petrolífera da Arábia Saudita, foram disparados do Irã.

Segundo a CBS, cerca de 20 drones e mísseis de cruzeiro partiram do sul iraniano e próximo da fronteira do Kuwait no sábado, 14. Na segunda-feira, o governo do Kuwait disse que detectou um drone sobrevoando seu território horas antes do ataque contra os sauditas. A autoria dos ataques foi assumida pelos rebeldes houthis, que afirmou terem disparado a partir de seu território no Iêmen lançado a ofensiva.

A fonte da CBS News informou que a Arábia Saudita não teve tempo para repelir os ataques porque seu sistema de defesa anti-aéreo estava apontado para o Iêmen na tentativa de evitar novas ações dos rebeldes contra seu território.

(Com Estadão Conteúdo)