Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

EUA acertam diálogo indireto com o Irã para restaurar pacto nuclear

Representantes dos dois países vão se encontrar em Viena, na Áustria, na próxima semana

Por Ernesto Neves Atualizado em 2 abr 2021, 12h28 - Publicado em 2 abr 2021, 12h12

Representantes do governo de Joe Biden, dos Estados Unidos, e do Irã, vão se encontrar em Viena, na Áustria, para discutir a restauração do Acordo Nuclear, assinado em 2015. O encontro foi confirmado nesta sexta-feira (2) pelo Departamento de Estado americano.

“Estamos no começo e não prevemos avanços imediatos, já que haverá discussões difíceis pela frente”, disse Ned Price, porta-voz do Departamento de Estado. “Não prevemos conversas diretas com o Irã por meio desse processo, mas estamos abertos a isso”, disse Price.

Segundo representantes do governo de Joe Biden, as negociações serão indiretas e intermediadas pela União Europeia, Rússia, China e Reino Unido. A meta é chegar a um novo entendimento nos próximos dois meses, de acordo com informações da agência de notícias Reuters.

Neste primeiro estágio, as negociações vão girar em torno da lista de sanções que os americanos podem abrir mão. Já do lado iraniano, serão listados os compromissos que o regime terá de cumprir com relação ao seu programa nuclear.

O Acordo Nuclear foi rompido em 2018 pelo ex-presidente americano Donald Trump. Na época, o republicano afirmou que o Irã estava infringindo as restrições nucleares impostas pelo tratado. Trump também impôs severas sanções econômicas contra o país dos aiatolás.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade