Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com onda de calor na Europa, Espanha enfrenta incêndios florestais

Ao todo, 53 pessoas deixaram suas casas e cinco estradas estão bloqueada na Catalunha; macacos ganham banana congelada no zoo de Berlim

A onda de calor extremo na Europa provocou grandes incêndios na região da Catalunha nesta quinta-feira, 27. Segundo o governo local, esta é a queimada de maior escala registrada na Espanha nos últimos 20 anos.

O fogo já destruiu 5.500 hectares de terra na província de Tarragona, ao sul de Barcelona. Mais de 500 bombeiros e soldados foram escalados para combater as chamas.

Ao todo, 53 pessoas tiveram de deixar suas casas, e cinco estradas foram bloqueadas. Centenas de ovelhas morreram. As autoridades de proteção civil aconselharam a população a não entrar na área, a menos que seja absolutamente necessário.

“Estamos enfrentando um incêndio sério, em uma escala não vista há 20 anos”, afirmou o ministro do Interior da Catalunha, Miquel Buch, no Twitter. “Pode queimar 20.000 hectares. Estamos bem conscientes de que qualquer descuido pode levar a uma catástrofe”.

Onda de calor

A Europa é atingida por uma poderosa onda de calor nesta semana. Segundo meteorologistas, uma massa de calor vinda do norte da África é responsável pelas altas temperaturas registradas nos últimos dias.

Na tarde desta quinta-feira, os termômetros indicaram 37°C em Turim, na Itália, e 39°C em Zaragoza, na Espanha, e em Avignon, na França. Ao menos três pessoas já morreram no continente devido ao calor.

As autoridades francesas emitiram um alerta vermelho de calor nesta quinta-feira Esta é a primeira vez desde que o sistema de alertas foi instalado, em 2004, que um aviso tão extremo é acionado. Na quarta-feira 26, diversas escolas do país foram fechadas.

A previsão para esta sexta-feira, 28, é que os termômetros podem ultrapassar a marca dos 40°C na França e na Grécia. Na Espanha, 33 das 50 províncias também têm previsões extremas, com Girona, na Catalunha, podendo enfrentar até 44°C.

“O inferno está chegando”, tuitou uma apresentadora do tempo na televisão espanhola.

Até os animais ganharam atenção especial no continente. No zoológico de Berlim, macacos receberam bananas congeladas para comer. No Estado de Brandenburg, no leste da Alemanha, a polícia publicou a foto de um homem que havia sido parado por pilotar uma motocicleta pelado, usando apenas um capacete. Parlamentares no estado de Hesse receberam a permissão de usarem bermudas na assembleia regional.

No Vaticano, peregrinos idosos e enfermos assistiram à audiência semanal do Papa Francisco em grandes telas em um auditório com ar condicionado para evitar as temperaturas sufocantes de Roma. Os que estavam reunidos do lado de fora, na Praça de São Pedro, se protegiam embaixo de guarda-chuvas.

(Com Reuters)