Clique e assine com até 92% de desconto

China anuncia 31 novas mortes por coronavírus e mais 139 infectados

Autoridades do país confirmam que número de mortos pela doença respiratória ultrapassou os 3 mil, com a grande maioria sendo e Hubei

Por AFP 5 mar 2020, 01h54

O novo coronavírus matou mais 31 pessoas na China continental e infectou outras 139, informaram nesta quinta-feira, 5 (noite de quarta, 4, no Brasil), as autoridades chinesas.

Com o novo balanço, são pelo menos 3.012 pessoas mortas na China continental (excluindo Hong Kong e Macau) desde o início da epidemia em dezembro em Wuhan, capital da província de Hubei, onde foi registrada a maioria dos óbitos (2.305).

A quarentena à qual toda província de Hubei foi submetida desde o final de janeiro, bem como a limitação de viagens no país, parecem estar funcionando, refletindo numa tendência de queda na quantidade de novas vítimas fatais nas últimas semanas.

Os 139 novos diagnósticos positivos do COVID-19 significa um número um pouco superior ao registrado na véspera, atingindo agora um total de 80.409 casos confirmados, acrescentou a comissão nacional de saúde. Apenas cinco dos novos casos ocorreram fora de Hubei.

  • As autoridades chinesas estão preocupadas com a chegada do vírus do exterior, porque a epidemia está presente em outros 80 países e territórios.

    Fora da China continental, foram registradas 14.539 infecções por coronavírus, incluindo 264 mortes, de acordo com o balanço estabelecido pela AFP a partir de dados oficiais divulgados na quarta-feira às 17H00 GMT (14H00 de Brasília).

    Continua após a publicidade
    Publicidade