Clique e assine a partir de 9,90/mês

Candidaturas de mulheres à Câmara dos Deputados dos EUA batem recorde

País já registrou 243 candidaturas femininas; recorde anterior, de 2018, havia sido de 234

Por Da Redação - 9 ago 2020, 20h03

O número de mulheres candidatas à Câmara dos Deputados dos Estados Unidos atingiu um número recorde nas eleições de 2020, previstas para novembro. Segundo o Centro para Mulheres e Política Americana (CAWP), da Universidade de Rutgers, até o momento 243 mulheres registraram sua candidatura.

O recorde anterior era das eleições de meio de mandato de 2018, com 234 mulheres. Segundo o CAWP, eleições primárias ainda serão realizadas em 13 Estados, portanto, a contagem atual pode aumentar.

Entre as mulheres candidatas, 74 pertencem ao Partido Republicano. Este também é o maior número da história, bem acima do recorde anterior de 2004, que era de 53 indicações. Já do lado democrata, 169 mulheres estão concorrendo a um assento na Câmara, menos do que o recorde de 182 de 2018.

Em janeiro de 2019, uma quantidade inédita de mulheres e membros de minorias entrou no Congresso. Isso aconteceu em um ano marcado pelo movimento contra o abuso sexual #MeToo e pela desconfiança do presidente Donald Trump.

Cerca de um quarto das cadeiras do Congresso são atualmente ocupadas por mulheres: 101 na Câmara dos Deputados (88 delas democratas) e 26 no Senado (17 delas democratas). Na Câmara, a democrata Nancy Pelosi, que exerce pela segunda vez a presidência, se tornou em 2007 a primeira mulher na história ocupar o cargo.

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade