Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Os proibidões da gastronomia

As iguarias e receitas idolatradas pelos gourmets do mundo todo que, como o foie gras, estão 'condenadas' em muitos países

Por Fernanda Thedim - Atualizado em 22 nov 2019, 09h00 - Publicado em 22 nov 2019, 08h00

O requintado foie gras, o fígado gordo de gansos e patos alimentados a força, não é o único alimento na mira dos grupos de defesa dos direitos dos animais. Por mais deliciosas que sejam, outras iguarias e receitas idolatradas pelos gourmets do mundo todo também estão “condenadas” em muitos países, seja pela crueldade no modo de preparo da matéria-prima ou pelo risco de extinção da espécie que dá origem ao produto.

Ritual de degustação do ortolan, na França François DUCASSE/Getty Images

Ortolan

Quanto custa: cada ave é vendida por cerca de 150 euros, mais de 600 reais, no mercado negro (o consumo foi proibido em 1979 pela União Europeia)

O que é: um passarinho do tamanho de um polegar que pesa 20 gramas, se tanto, e virou uma das mais famosas iguarias francesas

Como é feito: a ave tem os olhos furados, vive em uma gaiola bem apertada e recebe dieta à base de milho. Quando chega ao peso ideal, quatro vezes o normal, é afogada numa taça de Armagnac e só então assada

Publicidade

Situação: quase extinto por conta das mudanças climáticas e da caça acima do seu limite natural de reprodução

Caviar-beluga

Quanto custa: uma latinha de 125 gramas do legítimo caviar-beluga, muito apreciado por czares e imperadores, é vendida a 5 mil reais no mercado brasileiro

O que é: são as ovas fecundadas da fêmea do esturjão-beluga, espécie nativa do Mar Cáspio que pode chegar a 10 metros de comprimento e pesar 1,5 tonelada

Como é feito: a retirada do saco ovariano é feita com o peixe ainda vivo para que não tenha risco de contaminação. Depois as ovas são lavadas, salgadas e embaladas

Publicidade

Situação: ameaçado de extinção devido a pesca indiscriminada do peixe para a produção de caviar. Os Estados Unidos, por exemplo, baniram a importação do beluga

Sopa de barbatana de tubarão

Quanto custa: segundo o site Stop Shark Finning, um prato da sopa pode custar até 100 dólares nos restaurantes internacionais

O que é: herança da Dinastia Ming, que transformou a receita em iguaria, é um caldo feito com o esqueleto do animal e alguns vegetais

Como é feito: a prática do “finning”, que consiste em cortar as barbatanas e jogar o resto do peixe no mar, ainda é muito comum

Publicidade

Situação: cerca de 100 milhões de tubarões são abatidos todos os anos. Hoje, quase 60% das espécies estão ameaçadas, a maior proporção entre os grupos de vertebrados

Publicidade