Clique e assine a partir de 9,90/mês

Namoro de Ryan Lochte parece não ter resistido ao Rio de Janeiro

Em redes sociais, Kayla Rae Reid, tem deixado frases como “as pessoas podem ser tão idiotas”. Namoro começou pelo aplicativo 'Tinder'

Por Da redação - Atualizado em 18 ago 2016, 11h51 - Publicado em 18 ago 2016, 11h20

O namoro do nadador americano Ryan Lochte com a modelo e coelhinha da Playboy Kayla Rae Reid parece ter balançado depois uma semana de Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Após ter se envolvido em relatos contraditórios sobre um assalto que teria acontecido na madrugada do último domingo, Lochte pode ter perdido a confiança da namorada: “As pessoas podem ser tão idiotas”, escreveu a loira há quatro dias em sua conta no Twitter.

No dia seguinte, ela compartilhou uma afirmação do ator Will Smith: “Quando você ama o que tem, tem tudo o que precisa”. Mais tarde, a modelo, do signo de câncer, dividiu com seus seguidores a seguinte frase: “As pessoas às vezes não conseguem perceber que um canceriano não é tão sensível”.

Leia também:
Lutador Renzo Gracie explica ‘textão’ sobre nadadores dos EUA
Nadadores americanos são retirados do avião pela polícia

Com a controvérsia em torno dos relatos dos assaltos, os brasileiros invadiram os comentários do Instagram de Kayla, com comentários como “open your eyes” ou “abra o olho”, em português. Chegaram também às redes sociais de Lochte – que, aliás, mal publica fotos com a namorada. Para os brasileiros, tantas versões sobre o roubo podem ser indícios de que o atleta estaria traindo a modelo.

O namoro entre os dois começou em abril, pelo aplicativo de relacionamentos Tinder, e Kayla dividia fotos apaixonadas do casal. A modelo veio ao Brasil apoiar o nadador, que participa de sua quarta Olimpíada, e foram vistos voltando juntos para os Estados Unidos. Contudo, ao canal de TV americano NBC, Lochte disse que estava solteiro e usando o aplicativo em sua temporada no Brasil.

Publicidade