Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

USP segue entre universidades com melhor reputação do mundo

Universidade brasileira é a única da América Latina a figurar na listagem elaborada pela revista britânica 'Times Higher Education'

Por Da Redação 4 mar 2013, 18h01

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade de São Paulo (USP) figura entre as cem instituições de ensino superior de todo o mundo com melhor reputação, segundo a listagem elaborada pela revista britânica especializada Times Higher Education (THE). A USP manteve a posição de 2012, entre a 61ª e a 71ª colocadas – após o 50º lugar, as universidades são apresentadas em grupos de dez. Nenhuma outra escola brasileira aparece no ranking divulgado nesta segunda-feira.

Leia também:

USP cai quatro posições em ranking de universidades

USP e Unicamp são estrelas brasileiras solitárias no mais importante ranking de universidades do mundo

No topo da lista, aparece mais uma vez a Universidade Harvard, dos Estados Unidos. Na sequência estão o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e as universidades britânicas Cambridge e Oxford. Na quinta posição, está a Universidade da Califórnia, em Berkeley. Entre as dez primeiras colocadas, sete são americanas, duas são britânicas e uma é japonesa.

As 10 universidades com melhor reputação (e a representante brasileira)
Nome País
Universidade Harvard Estados Unidos
Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) Estados Unidos
Universidade de Cambridge Grã-Bretanha
Universidade de Oxford Grã-Bretanha
Universidade da Califórnia, Berkeley Estados Unidos
Universidade Stanford Estados Unidos
Universidade Princeton Estados Unidos
Universidade da Califórnia, Los Angeles Estados Unidos
Universidade de Tóquio Japão
10º Universidade Yale Estados Unidos
(…)
61º a 71º Universidade de São Paulo (USP) Brasil

“A reputação de uma universidade é algo subjetivo, mas extremamente importante em um mercado global cada vez mais competitivo”, diz Phil Baty, editor da THE. “É a reputação que ajuda a atrair os melhores estudantes e os talentos acadêmicos, além de encorajar o investimento de empresas e doadores.”

Para a elaboração do ranking, foram ouvidos 16.639 acadêmicos espalhados por 150 países. Cada um deles foi convidado a elencar as 15 instituições que, em sua área de atuação, dispõem de melhor reputação em ensino e pesquisa. A pontuação final é baseada no número de vezes que a universidade é citada. Desde que o ranking foi criado, em 2011, Harvard mantém a primeira posição.

Os Estados Unidos, aliás, lideram a lista deste ano com 43 instituições – uma a menos do que em 2012. Em segundo lugar, aparece a Grã-Bretanha, com nove, e a Austrália, com seis. O Brasil é único representante de América Latina, mas o relatório elaborado pela THE afirma que a Universidade Nacional Autônoma do México (Unam) está perto de ingressar no ranking, assim como a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Continua após a publicidade

Na Ásia, o Japão emplacou cinco escolas apesar de não ter havido melhora expressiva em relação ao ano anterior. Enquanto isso, a Universidade de Cingapura (22º) e a Universidade Nacional de Seul, na Coréia do Sul (41º), subiram juntas 12 colocações. “Novas potências da educação superior estão surgindo na Ásia, onde existe um investimento grande em instituições de nível mundial. Nesses últimos três anos percebemos que Estados Unidos e Grã-Bretanha estão perdendo terreno”, diz Phil Baty.

Os países com mais representantes no ranking
País número de universidade
Estados Unidos 43
Grã-Bretanha 9
Austrália 6
Alemanha 5
Japão 5
Holanda 5
França 4
Canadá 3
Hong Kong 3
Suíça 3
(…)
Brasil 1

O ranking completo cem 100 instituições com melhor reputação no mundo pode ser visto na página da THE.

Leia mais

A universidade das soluções

‘Brasil não está na periferia do saber’

A universidade busca jovens líderes no Brasil

Brasileiros já são 10% dos calouros estrangeiros

‘As universidades precisam formar sábios’

Continua após a publicidade
Publicidade