Clique e assine com até 92% de desconto

Festival Lollapalooza será adiado por medo do coronavírus

Edições chilena e argentina da festa musical também foram suspensas. No Brasil, ainda não é oficial, mas patrocinadores já foram avisados

Por Eduardo F. Filho Atualizado em 12 mar 2020, 19h03 - Publicado em 12 mar 2020, 18h51

Em meio ao cancelamento de shows, exposições de arte e grandes estreias no cinema pelo mundo, o medo chegou ao Brasil. Durante a tarde desta quinta-feira (12), foram anunciados os adiamentos de estreias de filmes e peças de teatro. Agora, confirma-se o desdobramento que todos especulavam: o festival Lollapalooza, programado para ocorrer de 3 a 5 de abril em São Paulo, será adiado.

A assessoria do evento não admite publicamente. Procurada por VEJA, ela garante que ainda “não tem respostas” para um possível adiamento ou cancelamento. Porém, conforme a reportagem apurou, e-mails foram enviados para os patrocinadores do evento confirmando a suspensão.

A Time for Fun (T4F) solicitou a suspensão dos serviços de seus fornecedores enquanto não souber o direcionamento das autoridades públicas de saúde.

  • Ainda sem nova data prevista, a organização espera que o festival possa ser feito ainda este ano – vale lembrar que, caso seja realizado no Autódromo de Interlagos, o evento precisaria ocorrer até agosto deste ano em razão da agenda da Fórmula 1.

    As edições chilena e a argentina do festival anunciaram, mais cedo, que os eventos foram adiados – os dois estavam agendados para acontecer nos dias 27, 28 e 29 de maio.

    A T4F deve divulgar nesta sexta-feira 13 um comunicado oficial sobre o adiamento brasileiro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade