Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Exposição badalada de Da Vinci no MIS terá visitação virtual

Ingressos poderão ser adquiridos na plataforma do museu por 20 reais e darão acesso à mostra por 24 horas, além de conteúdo extra

Por Amanda Capuano Atualizado em 14 ago 2020, 11h28 - Publicado em 14 ago 2020, 11h06

Quem perdeu a chance de visitar a badalada exposição Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio no MIS Experience, antes da pandemia forçar os museus a fecharem as portas, poderá conferir a mostra de forma virtual, a partir de 18 de agosto, na plataforma digital do museu. Para ter acesso à imersão em 360 graus da exposição, os interessados podem adquirir o ingresso no site por 20 reais — a exceção são as escolas públicas do Estado de São Paulo, que terão gratuidade.  A entrada dá direito a 24 horas de visitação a partir do primeiro acesso.

Segundo informações divulgadas pelo museu em primeira mão à VEJA, será possível transitar on-line por todos os espaços da mostra física, incluindo a sala imersiva com 34 telas em alta-resolução que reproduzem projeções de obras do artista, embaladas ao som de música barroca e cantos gregorianos. “O público será levado a uma imersão completa com experiência em realidade aumentada de objetos expostos no espaço físico.”, informa o comunicado. Uma série de vídeos e um áudio-guia completam a experiência apresentando curiosidades e peculiaridades da obra de Da Vinci.

ASSINE VEJA

A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista
Clique e Assine

Além do acesso ao acervo, a mostra digital terá ainda duas lives diárias exclusivas aos visitantes. Para as escolas, a plataforma disponibiliza a opção com horário marcado e salas fechadas, onde os alunos poderão interagir com educadores do MIS Experience ao vivo, e tirar eventuais dúvidas sobre a exposição. Os colégios da rede pública do estado de São Paulo poderão usufruir gratuitamente do conteúdo mediante agendamento prévio. “Além do aspecto inovador e tecnológico, o MIS Experience promoverá, dentro deste ‘novo normal’, a possibilidade de consumir cultura de vanguarda.”, analisa Marcos Mendonça, diretor-geral do MIS em comunicado.

Com 18 áreas temáticas e uma série de ambientes “instagramáveis”, a exposição despendeu um investimento de 8,5 milhões de reais para ser colocada de pé. Em cartaz desde o início de novembro, a mostra foi vista por mais de 480.000 pessoas até meados de março, quando teve a exibição – então prorrogada para 31 de maio – interrompida em função da pandemia.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade