Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Em Cartaz Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Raquel Carneiro
Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca
Continua após publicidade

Como Barack Obama está por trás de thriller apocalíptico com Julia Roberts

Distribuído pela Netflix, 'O Mundo Depois de Nós' conta com elenco de peso à frente e atrás das câmeras

Por Thiago Gelli Atualizado em 10 Maio 2024, 08h47 - Publicado em 4 out 2023, 15h57

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama dedica parte de seu tempo aos bastidores de obras audiovisuais desde 2018, quando fundou a produtora Higher Ground ao lado da esposa, Michelle. Agora, o par dá um novo passo na indústria cinematográfica com seu primeiro projeto de ficção: O Mundo Depois de Nós, chamativo também pelo elenco à frente das câmeras: Julia Roberts, Ethan Hawke, Kevin Bacon e Mahershala Ali

Com estreia mundial marcada para 8 de dezembro na Netflix, o suspense acaba de ganhar seu primeiro teaser e acompanha um casal (Roberts e Hawke) que decide passar um final de semana com os filhos em uma luxuosa casa alugada. No meio da noite, porém, o dono da residência bate à porta com sua própria filha, buscando refúgio após o começo do apocalipse. Contidas no terreno, as famílias passam por desafios de confiança, paciência e sobrevivência.

O longa é baseado no livro homônimo, que Obama incluiu em sua lista anual de romances favoritos em 2021. Segundo o diretor e roteirista Sam Esmail — criador da premiada série Mr. Robot —, o político não ofereceu apenas a estrutura de sua produtora, como revisou o roteiro, dando dicas para tornar a narrativa mais realista. Em entrevista ao veículo Vanity Fair, Esmail disse: “Estava escrevendo ficção, tentando mantê-la o mais próxima possível da vida real, mas com exageros e dramatizações. Quando Obama leu o roteiro e disse que só alguns detalhes estavam equivocados, me assustei. Achei que estava muito mais distante da realidade”. 

Além disso, o ex-presidente teria ajudado o autor a chegar em um tom menos pessimista: “Ele tinha muito a dizer sobre os personagens e a empatia que sentiríamos por eles. Obama é um grande amante de cinema, e estava dando sugestões como um fã do livro a fim de ver um ótimo filme”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.