Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Em Cartaz Por Raquel Carneiro Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca

Chris Rock: ‘Quem fala que palavras machucam nunca levou um tapa na cara’

Em uma apresentação stand-up recente, o humorista debochou do episódio do Oscar em que foi agredido por Will Smith

Por Gabriela Caputo Atualizado em 27 jul 2022, 18h48 - Publicado em 27 jul 2022, 18h31

Quatro meses após o Oscar, o humorista Chris Rock segue usando o surpreendente episódio com Will Smith como material para piada. Em uma recente apresentação de stand-up em Nova Jersey, parte de sua turnê com Kevin Hart, Rock voltou a mencionar a noite em que havia sido agredido pelo astro de King Richard: Criando Campeãs (2021). “Qualquer um que diz que palavras machucam nunca levou um tapa na cara”, debochou o humorista. “Eu não sou uma vítima. Sim, essa merda doeu, filho da p***. Mas eu deixei para lá e fui trabalhar no dia seguinte. Eu não vou ao hospital por um corte de papel”, completou.

Durante a cerimônia da 94ª edição do Oscar, Will Smith se irritou com uma piada de Chris Rock sobre a doença de sua esposa, a atriz Jada Pinkett Smith. O protagonista de Um Maluco no Pedaço subiu ao palco, acertou um tapa no rosto do humorista e, de volta a seu assento, mandou o colega “tirar o nome da mulher dele da p**** da boca”. Mais tarde naquela noite, Smith faturou o Oscar de melhor ator por sua atuação em King Richard.

Nas semanas que se seguiram, a internet mergulhou em um debate insaciável sobre quem estaria certo ou errado na história. No fim das contas, Smith não perdeu a estatueta faturada, mas renunciou ao posto de membro da Academia e foi banido de frequentar a cerimônia pelos próximos dez anos.

Rock só mencionou o tapa pela primeira vez cinco dias após a cerimônia do Oscar, em uma apresentação em Boston, dizendo que ainda estava processando o acontecimento. “Em algum momento eu vou falar sobre essa merda. E vai ser sério, e vai ser engraçado”, disse, na época.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)