Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fotos de comida no Instagram incentivam alimentação saudável

Postar fotos de refeições faz com que usuários possam monitorar hábitos alimentares e entrar em contato com mais conteúdos saudáveis, mostra estudo

Por Da redação 27 abr 2017, 12h23

Fotografar seu café da manhã ou suas refeições ao longo do dia e postar as imagens no Instagram pode ajudar sua saúde, indica um estudo que será apresentado em maio durante a Conferência sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, nos Estados Unidos. Segundo os resultados pesquisa, pessoas que costumam divulgar fotos de comida na rede social utilizam as postagens para monitorar sua própria dieta e acabam entrando mais em contato com conteúdos saudáveis de outros usuários. Além disso, elas também recebem mais apoio de seus seguidores para cumprir suas metas de alimentação.

Segundo os cientistas, esses resultados serão usados para desenvolver ferramentas que sejam capazes de estimular hábitos saudáveis no geral. Em vez de utilizar métodos tradicionais para observar o que andam comendo, como diários e aplicativos nos quais a pessoa deve escrever tudo o que come, alguns usuários fotografam os alimentos ingeridos durante o dia e compartilham as imagens no Instagram, geralmente utilizando alguma hashtag. Além de servir para acompanhar a dieta, isso pode inspirar outras pessoas a fazer o mesmo.

  • “O benefício das fotos é que elas são mais divertidas de fazer do que pegar um caderno ou digitar centenas de palavras em um aplicativo”, afirma em comunicado Christina Chung, doutoranda em design e engenharia pela Universidade de Washington (UW, na sigla em inglês), nos Estados Unidos. Ela liderou a equipe responsável pelo estudo, que entrevistou 16 pessoas acostumadas a postar constantemente fotos das comidas ingeridas no Instagram. Durante a entrevista, os pesquisadores abordaram os desafios e benefícios de utilizar as redes sociais para alcançar seus objetivos saudáveis.

    Segundo os pesquisadores, ter conteúdos visuais do que se come todos os dias pode ajudar a identificar problemas na alimentação, tanto em relação à quantidade quanto à qualidade do que é posto no prato. “Quando você só tem uma foto mostrando uma pizza ou um donut, é fácil imaginar que aquilo foi em uma ocasião especial”, disse Sean Munson, professor assistente, também da UW, que participou do estudo. “Mas quando você vê um monte de imagens como aquela, você tem de dizer a si mesmo ‘espera, mas eu não tenho tantos dias especiais assim’.”

    Motivação coletiva

    Os entrevistados afirmaram que o apoio emocional e social de outros usuários ajudava a manter suas metas de alimentação saudável, e a maioria deles disse que também procurava oferecer o mesmo suporte aos demais. Em alguns casos, de acordo com os pesquisadores, sentir-se motivado e esforçar-se para motivar os outros também faz com que as pessoas sejam mais honestas sobre seus verdadeiros hábitos alimentares, evitando criar desculpas e mentir – tanto para os outros quanto para elas mesmas – como uma forma de justificar escolhas pouco saudáveis.

    Alguns entrevistados, no entanto, relataram que, às vezes, passavam por uma certa contradição entre o desejo de permanecer honestos em relação ao que comiam e o receio de postar a foto de alguma comida pouco saudável, que seria vista como algo indesejável. Ainda assim, permanecer no Instagram foi a solução mais eficaz para manter seus objetivos e continuar consciente em relação à sua saúde, mostrou o estudo.

    Além disso, um dos principais benefícios do Instagram, segundo os pesquisadores, é que ele permite criar diferentes contas em um mesmo perfil. Assim, as pessoas conseguem facilmente encontrar comunidades e seguidores com interesses parecidos utilizando hashtags de hábitos saudáveis. “Com o Instagram, você pode ter uma parte separada do seu perfil dedicada a um diário alimentar e não precisa se preocupar com membros da família ou vizinhos que só querem ver fotos dos seus cachorros ou das suas férias e parariam de te seguir”, afirma Christina Chung.

    Continua após a publicidade
    Publicidade