Clique e assine a partir de 8,90/mês

Destaques da semana: fim do recesso, Selic e decisões na Libertadores

Com agenda cheia no segundo semestre, Congresso e STF voltam ao trabalho. No esporte, brasileiros definem seu futuro no torneio sul-americano

Por Da Redação - 29 jul 2019, 06h30

Comece a semana bem informado e saiba o que será destaque no noticiário:

De volta ao batente

Os recessos parlamentar e judiciário chegam ao fim na quinta-feira, 1º de agosto, com a promessa de agenda cheia no segundo semestre. No Congresso, os parlamentares têm à frente o segundo turno de votação da reforma da Previdência, as propostas de mudanças tributárias e os desdobramentos políticos da prisão dos hackers suspeitos de terem invadido celulares de autoridades. Já os ministros do Supremo Tribunal Federal retornam ao trabalho sob a expectativa de julgar o pedido de suspeição movido pela defesa do ex-presidente Lula contra o ex-juiz Sergio Moro. Outro recurso que deve ser analisado em breve é o que discute o uso de dados do Coaf em investigações – assunto que interessa ao senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e que pode ser antecipado pelo presidente da Corte, Dias Toffoli.

 

De olho na Selic

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reúne na terça-feira e na quarta-feira para debater os indicadores da economia brasileira e definir a taxa básica de juros. Atualmente, a Selic está em 6,5% ao ano, o menor nível da história. Economistas esperam que haja redução e, consequentemente, um novo recorde. Nos Estados Unidos, o Federal Reserve, o banco central americano, também anuncia na quarta a sua taxa de juros. Hoje, o índice está no intervalo de 2,25% e 2,50%.

 

Hackers soltos?

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira prorrogou por cinco dias, na sexta-feira 26, a prisão temporária dos quatro suspeitos de invadirem o celular do ministro Moro (Justiça) e de outras autoridades. Com o vencimento da medida, ele precisará voltar ao tema durante a semana. O magistrado pode soltar os hackers, postergar novamente a detenção ou transformar a prisão em preventiva (sem prazo determinado). A decisão vai dar pistas de qual caminho deve seguir a investigação. Até agora, apenas a participação de Walter Delgatti Neto, o “Vermelho”, é conhecida em mais detalhes.

Continua após a publicidade

 

É tudo ou nada

Os clubes brasileiros que disputam a Libertadores 2019 definem nesta semana o seu futuro no torneio, nos jogos de volta das oitavas de final. Depois do empate na Argentina, o Cruzeiro recebe o River Plate na terça-feira. No mesmo dia, o Palmeiras enfrenta em casa o também argentino Godoy Cruz – o primeiro duelo terminou em igualdade. Derrotado em Curitiba, o Athletico-PR vai precisar buscar a classificação contra o Boca na Bombonera, na quarta. No Maracanã, o Flamengo tenta a virada contra o equatoriano Emelec, que fez 2 a 0 na ida. Mais tranquilo, o Inter pode até empatar com o Nacional no Beira-Rio, após a vitória por 1 a 0 no Uruguai. Último brasileiro a entrar em campo, o Grêmio visita o Libertad (Paraguai) na quinta com uma boa vantagem de 2 a 0.

 

Embate democrata

Os vinte pré-candidatos democratas à Casa Branca se dividem para dois debates, na terça-feira e na quarta, em Detroit. Esta será a segunda rodada de encontros antes das primárias do  partido, que começam em fevereiro de 2020. Até o momento, o ex-vice-presidente Joe Biden continua na dianteira das pesquisas de opinião para competir com Donald Trump em 2020. Também é o que conta com arrecadação mais graúda de recursos para sua campanha. Os debates desta semana começam às 21h de Brasília e serão transmitidos pela CNN.

 

Pé no acelerador

Derivado da franquia que já arrecadou mais de 5 bilhões de dólares no mundo, Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw chega aos cinemas brasileiros na quinta-feira 1º. O policial Hobbs (Dwayne Johnson) e o ex-mercenário Shaw (Jason Statham) enfrentam o vilão Brixton (Idris Elba), apresentado por elenco e produtores como um dos mais implacáveis de toda a série. Dirigido por David Leitch, de John Wick 3 – Parabellum e Deadpool 2, o filme também conta com Helen Mirren e Vanessa Kirby (a princesa Margaret das duas primeiras temporadas de The Crown) no elenco.

Conheça os detalhes de cada etapa da história de Marco Feliciano em mais uma edição do podcast Funcionário da Semana:

Continua após a publicidade
Publicidade