Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Celso Alvim, o maestro do samba londrino

O músico, líder do grupo carioca Monobloco, foi convidado para tocar na festa da chegada da tocha olímpica a Londres. No repertório, haverá Beatles em ritmo de samba

Por Fabrício Lobel
23 jun 2012, 16h12

Como surgiu esse convite?

Veio do comitê organizador como forma de homenagear o Brasil. O Rio de Janeiro será a sede da próxima Olimpíada e membros do comitê pensaram em dar um toque brasileiro à festa chamando blocos de samba para tocar.

Leia mais:

confira a edição de VEJA desta semana

O que vocês fizeram para atingir o “nível olímpico”?

No ano passado, um grupo de ingleses do Comitê Olímpico foi passear na Lapa e ouviu o pessoal do bloco Sargento Pimenta passando o som. É um grupo de samba que toca Beatles. Sargento Pimenta, Sergeant Pepper, sacou? Os integrantes do comitê se amarraram e nós todos entramos na programação oficial da festa da tocha.

Vocês vão tocar o quê, exatamente?

Vai ter Ticket to Ride, Hey Jude, Here Comes the Sun e A Hard Day’s Night. Além disso, vamos mostrar algumas combinações como as que fazemos nas nossas apresentações no Carnaval. Por exemplo: Explode Coração seguida de I Wanna Hold Your Hand.

Você não teme que essa ousadia não agrade?

Vai ser o samba do londrino doido. Eles vão pirar, com certeza.

Incluindo o Paul McCartney e o Ringo Starr?

Acho que eles curtiriam mais ainda. Já escutaram as músicas deles em todos os estilos, só faltava o samba. Imagine o Paul e o Ringo caindo no samba.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.