Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

‘Salve-se Quem Puder’ bate ibope das 9 e expõe cansaço de reprises

Em momento atípico, atual novela das 9, 'Império', é deixada para escanteio com episódios inéditos do folhetim das 7

Por Marcelo Canquerino Atualizado em 15 jul 2021, 18h55 - Publicado em 15 jul 2021, 18h23

Em meio a uma história rocambolesca e personagens caricatos, Salve-se Quem Puder conseguiu um feito difícil para qualquer novela: desbancar a audiência do folhetim das 9. Atualmente, o horário nobre exibe a reprise de Império, que na última quinta-feira, 8, fez apenas 26 pontos na Grande São Paulo, enquanto a trama recente de Daniel Ortiz atingiu 27,2 pontos. O cenário totalmente atípico – em que uma novela das 7 tem mais audiência do que a das 9 – pode ser sintoma do cansaço das pessoas em assistir reprises — e das escolhas duvidosas da emissora sobre quais títulos vale a pena ver de novo. 

A história protagonizada por Deborah Secco, Juliana Paiva e Vitória Strada usa e abusa do humor e dos exageros, mas sem deixar o dramalhão de lado. Prova do sucesso com o público foi outro recorde de audiência que a novela conseguiu durante o episódio em que Luna (Juliana Paiva) revela à Helena (Flávia Alessandra) que é sua filha. Foram 35 pontos de audiência no Rio de Janeiro e 28 pontos em São Paulo. Agora em sua reta final, Salve-se Quem Puder é o único folhetim com episódios inéditos no ar. 

Alexandre Nero -
Alexandre Nero em Império – Alex Carvalho/TV Globo

Com constantes gravações paralisadas em decorrência da pandemia, a Globo precisou apelar para as reprises. A despeito do horário nobre ter ido bem de audiência com novelas como Fina Estampa e A Força do Querer, a história do comendador José Alfredo e seu romance com a suggar baby Maria Ísis parece não estar animando tanto o público. Com as barreiras impostas pela Covid-19, a emissora apela para as versões reduzidas de suas tramas do passado que se arrastam desde o primeiro semestre de 2020 e não têm previsão para acabar. 

Com o final de Salve-se Quem Puder nesta sexta-feira, 16, a próxima aposta é mais uma reprise: Pega Pega, exibida originalmente em 2017. Por enquanto, o catálogo de novelas inéditas da maior emissora do Brasil ficará restrito às enfadonhas reexibições. Apenas em agosto as novidades voltam a surgir no horário das 6 com Nos Tempos do Imperador, que foi quase totalmente gravada durante a pandemia. Reprise por reprise, o público pode assistir no Globoplay. Na TV aberta, o que audiência gosta mesmo é de novidade. Enquanto novas novelas não forem lançadas, a emissora tem um baita pepino nas mãos. Para ver onde isso vai dar, só mesmo aguardando as cenas dos próximos capítulos. 

Continua após a publicidade

Publicidade