Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MBL protesta durante evento de apoio a Lula em Santa Maria

Militantes pró e contra ex-presidente discutem na Universidade Federal de Santa Maria; em votação apertada, Câmara local rejeita moção de repúdio ao petista

Enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegava à Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), na região central do Rio Grande do Sul, na tarde desta terça-feira, para um evento em seu apoio, integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) protestavam na entrada da instituição contra o petista.

A presença do ex-presidente em Santa Maria também gerou uma votação acirrada na Câmara de Vereadores. A maioria dos parlamentares rejeitou uma proposta de moção de repúdio contra Lula, por onze votos a dez. Em Bagé, uma moção de repúdio foi aprovada pelos vereadores no início do mês.

Este é o segundo dia de caravana do ex-presidente pelo estado. No primeiro, Lula passou pela cidade de Santana do Livramento, onde foi recebido efusivamente, mas levou um puxão de orelha de Pepe Mujica, ex-presidente do Uruguai. Antes, visitou  o município de Bagé, onde foi hostilizado em um protesto de ruralistas e empresários.

Dentro da UFSM, Lula atendeu os pedidos para tirar fotos com estudantes e distribuiu abraços e beijos aos universitários. A ex-presidente Dilma Rousseff também acompanhou a agenda.

Do lado de fora, integrantes do MBL aguardavam Lula para protestar contra sua presença e chegaram a entrar em conflito com os simpatizantes do ex-presidente. Os grupos trocaram ofensas.

Embora o evento fosse para simpatizantes de Lula, o MBL usou um caminhão de som para criticar a militância petista e divulgou um vídeo no qual alega que seus integrantes foram agredidos. Manifestantes pró-Lula se aproximaram do caminhão de som e um deles chegou abrir a porta do veículo – com o cerco petista, o MBL retirou o caminhão do local (veja vídeo). “A UFSM virou a sucursal do PT, um bando de vagabundo”, disse uma integrante.

A caravana de Lula pelo Rio Grande do Sul segue até o final da semana. Na quarta, Lula passará por São Borja; na quinta ele estará em Palmeira das Missões; e, na sexta, em Ronda Alta, Passo Fundo e São Leopoldo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Wilson Vargas

    Uma vergonha o que ocorre com as Universidades Brasileiras.
    Estão funcionando como comitês do PT e dos petralhas.
    Como pode a justiça eleitoral permitir que um partido utilize das instituições de educação do país para fazer propaganda eleitoral?
    Perguntem primeiro ao povo brasileiro, se querem o regime comunista aqui.
    Façam um plebiscito para ver o que acontece.
    Só apoia o PT que lucra com isso, ou quem não entendo o que eles fizeram com nosso país.
    Para depois transformarem numa DITADURA do proletariado para tornar todos os brasileiros, sim verdadeiros ESCRAVOS.

    Curtir