Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

O que está por trás da demissão de Claudia Raia da Globo após 40 anos

Recorrente em novelas por quatro décadas, atriz de 57 anos vive nova fase de sua carreira

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 15h01 - Publicado em 7 Maio 2024, 12h50

De saída da Globo após 40 anos, Claudia Raia explicou que entende que a não renovação de seu contrato de trabalho fixo faz parte de uma reestruturação da emissora. Em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, na noite de segunda-feira, 6, a atriz de 57 anos disse não lamentar a mudança porque não acredita que deixará de fazer outros trabalhos na TV. “Tô num momento de muitas mudanças na minha vida. Meu contrato com a Globo termina em julho deste ano. Quarenta anos eu fiz em março, de Globo, ininterruptamente. É uma grande despedida para mim, de muita gratidão, muita alegria, de ter feito a minha história lá dentro. Muitas alianças eu construí, muitos amigos, muitas mãos estendidas eu tive. A minha formação profissional foi toda criada ali dentro, com aquelas pessoas. Sou extremamente grata aos Marinho, ao Boni [José Bonifácio de Oliveira Sobrinho], ao Daniel Filho, a todas as pessoas que me estenderam a mão, tantas coisas importantes fiz lá dentro”, declarou a veterana.

Na emissora desde sua estreia no programa Viva o Gordo (1981-1987), Claudia Raia esteve recentemente em Terra e Paixão, novela que antecedeu o remake de Renascer na faixa das 21h, em uma participação especial. “Saio para um até logo. Porque a minha história com a Globo sempre vai ser uma relação de amor, foi assim desde os meus 17 anos, quando eu entrei lá. E se encerra porque a vida está mudando, e tá tudo bem. Eu tive muita sorte na vida por ser uma atriz que teve um contrato que durou 40 anos. Por ter tido um salário por 40 anos. Isso é muito raro na nossa profissão. É uma grande sorte. Agradeço muito a Globo por ter me acolhido, ter sido minha companheira nesses anos todos. Eu não tenho motivo agora para lamentar, e sim agradecer”, filosofou.

Em seguida, a artista citou o fato da emissora estar dispensando outros grandes nomes da casa há alguns anos. “Não é questão de estabilidade ou liberdade, é questão de momento do sistema mesmo. A Globo estava vivendo o que Hollywood vivia nos anos 1940, 1950. Não existe mais essa realidade de você ter um elenco todo contratado de 300, 400 atores. Isso é surreal, é muita gente. Não funciona mais assim. Eles também estão entendendo o que vai ser essa maneira nova nessa nova Globo. Acho importante eles se reestruturarem de novo. Eu como produtora consigo ver esse outro lado. E não lamento em absoluto, eu acho que fiz uma carreira muito forte fora da Globo também, de produtora, em teatro, coisas que eu faço do lado de fora que me fortalecem. E eu sou uma pessoa muito criativa, tenho muitos projetos na minha cabeça e que eu realizo. Eu acho que é um momento novo para mim e para Globo. Acho que a gente vai saber manusear isso muito bem”, concluiu.

Claudia Raia tem um longo currículo de novelas na Globo, como Roque Santeiro (1985), Sassaricando (1987), Rainha da Sucata (1990), Torre de Babel (1998), Beijo do Vampiro (2002), Belíssima (2005), Sete Pecados (2007), Salve Jorge (2012) e Verão 90 (2019). Em A Favorita (2008), de João Emanuel Carneiro, a atriz viveu uma de suas personagens mais marcantes: a protagonista Donatela, rival da vilã carismática Flora (Patrícia Pillar).

Continua após a publicidade

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.