Blogs e Colunistas

21/09/2010

às 16:38 \ Política & Cia

Gravação incrimina governador de MS em corrupção

Caso confirmado o conteúdo de um diálogo que o jornalista Eleandro Passaia gravou com o deputado Ari Rigo (PSDB), primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, vai cair a casa do governador André Puccinelli (PMDB), candidato à reeleição, e, de quebra, provocar um terremoto no Judiciário e no Ministério Público do estado.

O jornalista serviu como espião para a Polícia Federal durante a chamada “Operação Uragano” (“furacão”, em italiano), que levou várias pessoas para a cadeia, inclusive o prefeito de Dourados, Ari Artuzzi (PDT).

No diálogo que gravou, o deputado diz, entre outras coisas de estarrecer, que a Assembleia repassa 2 milhões de reais mensais ao governador André Puccinelli, que por sua vez paga o Ministério Público Estadual para trancar investigações incômodas, além de molhar a mão de pelo menos um desembargador do Tribunal de Justiça para que defenda seus interesses.

Confira a notícia completa aqui.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

266 Comentários

  • margarethtaveira

    -

    1/5/2014 às 16:32

    Tudo belo,tudo certo,até que tudo não vire o jogo.Brincar com a confiança e um povo é brincar com fogo. Acima de tudo só Deus.Ser governo não é ser o diferente, mas sim ser igual a todos. Governo é povo e não massacre. As estratégias idealizadas p/ governador são investidas de crimes da mais alta investidura criminosa, passível de sanção sem prévia defesa..Ver vídeo via Deputado ARI RIGO… Povo traído é povo ferido…

  • Luis Cezar Ribeiro

    -

    14/3/2014 às 11:33

    Hoje o TSE reformou a decisão que cassou diploma de Ary Rigo e devolve diploma de suplente.

  • Bianca

    -

    11/3/2012 às 16:40

    qb safado olha pra mim o governo e uma merda todos corruptos todos uns filhos da puta

  • Adérito D Maciel

    -

    20/6/2011 às 10:08

    decisão da Justiça de Minas gerais do processo 1.0024.05.783282-6/001 juntamente com seus respectivos desembargadores.

    SECRETARIA DEPADRONIZAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DAGESTÃO JUDICIÁRIA Cartório da 11ª Câmara Cível – Unidade Raja Gabaglia
    http://bigforsale.com/pt/?p=237

  • wanderley fernandes suppo

    -

    3/1/2011 às 9:42

    PORQUE RAZÃO A IMPRENSA FALADA E TELEVISIVA E A MAIORIA DA ESCRITA NÃO MOSTROU AO POVO BRASILEIRO ESTE ASSALTO AOS COFRES PUBLICOS QUE É O CASO O PASSARINHO DO ZECA DO PT.SE FOSSE DE OUTRO PARTIDO, PMDB, PDT, PSDB, O GOVERNO ESTARIA DETERMINANDO POSTAR O ESCANDALO. ESSE É O PT DA ETICA, DA HONESTIDADE,DO ZELO COM A COISA PUBLICA.O FINAL DISSO TUDO SERA ADMINISTRADORES RICOS E POVO POBRE. ACORDE BRASIL E BRASILEIROAS ANTES QUE SEJA TArde.VAMOS AS RUAS SEM BANDEIRA POLITICA SEJA Q

  • rodolpho almeidinha

    -

    30/12/2010 às 12:37

    parabens a ricardo setti, e ao midiamax pelas reportagens e coragem o povo tem que saber dos desmandos e saber que estamos sozinhos sem legislativo,e sem judiciario todos safados e pensam appenas nos seus interesses proprio e o que pior pago por nos mesmos mas o zeca pt tambem fez muitas falcatruas deu um porto de areia em murtinho a seus irmaos,teve rolo com a petrobras,ajudou muito a hl construtora em seu beneficio que sabemos que e uma firma que nao paga seus empregados e tambem esta sendo investigada pelo imposto de renda ilicito.e que dava ordens governo zeca.zeca tambem infelismente nao merece o nosso respeito colocou marcelo miranda no DNIT hoje tambem sendo investigado por indicios de corrupçao e em seu governo zeca batia panela em frente ao governo falso e depois dr ari falou nome do ZECA na reportagem com corrupçao tinha o homem da mala em seu governo luis sanches.e estamos garimpando um politico que melhor e mais honestos para ms

  • MARIA C CARDOSO

    -

    30/12/2010 às 12:23

    ainda vai ter muito escandalo em MS tem uma familia de MG que perdeu tudo em sentenças compradas pelo tribunal de MS eles nao estao lutando com pessoas comuns e sim o tribunal que julgam com as leis ao seu lado tomam propriedades endevidamente e quem procurar e recorrer o dr **** ****** h tambem e desembargador pois as sentenças dele e lei sabem como.e dr ******* que recebeu 900 mil ao mes distribui para outros como ******* e outros e fica por isso mesmo cade a punição na AL corre solto o jogo do bicho dr jeferson saiu fantastico e cade punição tudo uma severgonhice sem tamanho que horror este MS e vai ter mais escandalos aguardem.DNIT tambem o MP nao pulou ninquem todos orgaos a veja ja publicou tempos atras escandalos de marcelo miranda ex governador e depois disso nunca mais se elegeu e poe este sujeito no DNIT.e filhos de desembargadores que negociam sentenças tem um escritorio em frente a TV morena e outros.

  • Igor Alves Firmo

    -

    27/11/2010 às 14:55

    esse e nosso brasil nos enverga mais nao quebra
    http://www.youtube.com/watch?v=pQnMkmlqSXE&feature=related

  • fernando sabino

    -

    22/11/2010 às 18:45

    A TEMPOS ESTE TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO MS JA E COMEMTADO POR FALCATRUAS E VENDAS DE SENTENÇAS E DIZEM QUEM COMEÇOU OU MELHOR APERFEIÇOOU ESTE ESQUEMA FOI DR PAULO TADEU H ADVOGADO E CONTRA DR MARCELO BARBOSA OAB EM DELATAR FATOS STJMS.POIS VAI ATRAPALHAR SEUS ESQUEMAS.stjms precisa mudar sua conduta justiça foi feita para ser cumprida

  • José Geraldo Coelho

    -

    30/10/2010 às 19:19

    Não sei como essa matéria antiga na minha frente. 21/09 já vai longe mas o comentário é atual.

  • José Geraldo Coelho

    -

    30/10/2010 às 19:10

    As instituições públicas estão se deteriorando. E o exemplo vem de cima. A falta de apuração e punição exemplar dos envolvidos tornam a ilegalidade banal. O ministério público era o último reduto da moralidade e hoje tornou-se um balcão de negócios. E isso em nível nacional. Existe uma bula do ilícito circulando entre estas instituições.

  • Luiza

    -

    11/10/2010 às 14:49

    Gente; já estar na hora de mudar, as instituicões estão se deixando corromper é por essas e outra /
    que a impunidade estar reinando.

  • jefferson

    -

    6/10/2010 às 16:00

    Maria Rita Kehl uma punição a moda Ratinzer!

  • jefferson

    -

    6/10/2010 às 15:57

    Engraçado Setti em nenhum momento vc chamou o Puccinelli de amigão do Serra assim como vc fez com o Waldez Goes. Eu entendo! Maria Rita Kehl pagou com o emprego a sua coerencia.

  • Suzy

    -

    1/10/2010 às 21:12

    A cada dia surge mais e mais denúncias contra esse senhor italiano! Olha só o que saiu na veja no dia 09/07/2010 às 7:00

    Governador que aumentou patrimônio em 468% é investigado pelo MP

    A exorbitante fortuna do candidato à reeleição ao governo do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), está na mira da Justiça. Ele declarou, este ano, ter um patrimônio de 5, 37 milhões de reais, o que representa um aumento de 468% em relação ao que possuía em 1997. Ou seja, se há 13 anos ele não tinha nem o status de milionário, agora superou em cinco vezes a quantia de um milhão – desconsiderando a inflação do período.

    O governador e sua esposa, Elisabeth Maria Machado Puccinelli, (casados em comunhão de bens) respondem a um processo desde 2007. Na época, o Ministério Público estranhou o valor em cash de 1,49 milhão de reais guardados por Puccinelli e declarados à Justiça eleitoral em 2006. O valor seria incompatível com os rendimentos do governador, então prefeito de Campo Grande. Na declaração deste ano, ele não mencionou posse de dinheiro em espécie. O casal é acusado de enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e fraudes em licitação. A procuradoria suspeita que empresas de João Amorim, tesoureiro da campanha de Puccinelli em 1996 e 2000, teriam sido beneficiadas em contratos de obras da prefeitura de Campo Grande. Passaria por aí a origem da fortuna do governador.

    Habeas corpus – A defesa de Puccinelli entrou com um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal em maio deste ano para tentar anular o processo. O advogado argumenta que a Assembléia Legislativa do Mato Grosso do Sul negou pedido da Justiça para iniciar uma ação penal contra os acusados. Sem a autorização, o processo fica paralisado até o término do mandato, já que a Constituição estadual proíbe o andamento de processo criminal contra governador se não houver aprovação da Assembléia.

    A assessoria de Puccinelli afirma que todas as decisões tomadas até agora na Justiça, em primeira e segunda instâncias, foram favoráveis ao governador: “Ele já foi inocentado em todas as instâncias cíveis e criminais do estado”. O governador não quis dar entrevista a VEJA.com.

  • ALCIONE

    -

    1/10/2010 às 14:29

    Acho que o TRE não deveria ter autorizado o Pucinelli a se candidatar, mas se deixou o povo não deveria votar, mas se se elger o TRE deveria caçá-lo, pois com tantas provas, como negar que ele roubou? Chega de ladrão!

  • Marina lemos

    -

    30/9/2010 às 17:55

    É imprecionante a capacidade que o André tem de fazer o povo de besta, o pior ki o povo ainda é capaz de eleger esse camarada, não intendo pq com tanta investigação sendo feita ele ainda governa o estado e é bem possivel se reeleger, qto do nosso dinheiro suado fica no bolso dele e de seus comparças qtos serviços sem licitação como ele faz com a grafica alvorada onde tanta gente embolsa valores absurdos que deveriam ser gasto com a segurança e saude do estado..é uma poca vergonha me lamento muito por ter ki votar nulo para esse cargo …e digo se o povo sul matogrossense não abrir os olhos e colocar fora esses palhaços nosso estado logo vai pra lama e a mafia vai ficar de boa !

  • Fernanda

    -

    29/9/2010 às 11:16

    Tentam derrubar o Rigo, mas ele fala a verdade.. entregou todo mundo, se ele quisesse poderia deixar o eleitor sendo otário mas ele entregou…

  • EDER REIS

    -

    27/9/2010 às 22:44

    UMA VERGONHA,PARA QUEM E HONESTO,A HONESTIDADE FOI PARA O BURACO!
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA,MINISTERIO PUBLICO E GOVERNADOR,ESPERAR O QUE?PROCURAR JUSTIÇA ONDE?
    E AINDA TEM PESSOAS CHAMADAS HONESTAS E VIVE PEGANDO GASOLINA PARA USAR CARTAZES DE LADRÃO VAGABUNDO COM NOME DE GOVERNADOR E DEPUTADO!
    A GRANDE REDE GLOBO NÃO MOSTROU NA INTEGRA ESSA MATERIA,FEZ UMA MAQUIAGEM,A EMISORA GLOBO AINDA PENDA QUE SOMOS IDIOTAS!
    E TEM MAIS,PESSOAS QUE NÃO ACREDITAM NO VIDEO,FALTA CONHECIMENTO QUANDO E MENTIRA!

  • aaaaa

    -

    27/9/2010 às 22:39

    aaaa

  • Celso Marlei dos Santos

    -

    27/9/2010 às 17:58

    Olha como trabalhador, que pago muito imposto de renda para alimentar essa quadrilha de deputados, governador, poder judiciario sinto vergonha de ser honesto. Só peço a Deus que ilumine a cabeça das pessoas de bem para que possa varrer essa imundice de nosso estado. Mato Grosso do Sul mereçe respeito como diz Zeca do PT.

  • sergio alves

    -

    26/9/2010 às 13:09

    eu moro em paranaiba ms me sinto envergonhado com esses canalhas,mas quem pode mudar isso sao nos eleitor.e nao nao votar nesses corroppitos.

  • Henrique

    -

    26/9/2010 às 13:06

    Não podemos votar com dúvidas. Importante é exigir uma investigação séria para que aquele que vier a governar seja idôneo e não passemos os próximos quatro anos assistindo a políticos se enriquecerem às custas do povo.

  • André

    -

    26/9/2010 às 13:03

    Parabéns Ricardo, pois muitos colegas seus estão escondendo esse escândalo por questões eleitorais. Parabéns pelo desprendimento e profissionalismo. Espero que continue acompanhando de perto o problema.

  • melissa

    -

    26/9/2010 às 13:00

    Vergonha. Governo sério? É sério que ele se intitula assim? Vai ter que se explicar.

  • ricardo

    -

    26/9/2010 às 11:55

    Baita ladrao andre e rigo cade os gari que sumiu deu em pizza e agora vai da denovo

  • Maria Isabel

    -

    26/9/2010 às 7:15

    Estamos a uma semana das eleições, e num período tão curto é difícil esclarecer a verdade, porém a dúvida causa prejuízo a reeleição do Governador André. Acredito na sua lisura, e sem dúvida o MS deu um salto de desenvolvimento em sua gestão.

  • antonia

    -

    26/9/2010 às 1:14

    qro dizer para andre q nao voto nele nem na tuma dele nunca votei nunca votarei nao porcausa do mensalao porque nao tenho carinho por ele nao tenho odio pesso q deus te ajude a sai dessa .

  • coelho

    -

    25/9/2010 às 21:52

    Tenho 14 anos, estou envergonhado com esta robalheira, o meu estado e tão lindo, não precisava passar por isto, quando crescer vou fazer de tudo para colocar este bandido na cadeia, eté a sua quarta geração. não quero fazer parte desta cesta de podridão.(meu papai por favor não vote neste bandidos)

  • ARAUJO

    -

    25/9/2010 às 21:37

    Porque que a maioria dos politico morrem de cançer(isto e praga por mérito)

  • Maria

    -

    25/9/2010 às 16:09

    Peço, encarecidamente, em nome de toda população sul- matogrossense, à essa respeitável revista que dê destaque a essa matéria em sua próxima edição como forma de nos ajudar a sanear a política em nosso estado

    O vídeo revela fatos comentados constantemente no meio político, porém sem formas de serem comprovados anteriormente. Os políticos envolvidos estão há décadas no poder formando uma máfia capitaneada pelo atual governador, que coincidentemente é de origem italiana.

    Ajudem -nos a tornar esse fato de repercussão nacional, como aconteceu com o estado do Amapá, para evitarmos que nas próximas eleições eles permaneçam no poder.

    Cara Maria,

    O link da mídia eletrônica de seu estado que disponibilizamos neste blog há dias acabou alimentando a grande imprensa toda, que agora cobre abundatemente o caso. Da Folha à Rede Globo.

    Então, é importantíssima a colaboração dos leitores. Foi um leitor da coluna do Augusto Nunes quem telefonou para a redação de VEJA.com para alertar sobre a publicação do vídeo por um veículo eletrônico de Mato Grosso do Sul. Daí para a frente, ocorreu um rastilho de pólvora.

    Abraços, volte sempre.

    Ricardo Setti

  • juvenizio de souza pereiraj

    -

    25/9/2010 às 12:45

    O Andre´tem uma cara de bebum cara inchada não gosto deste camarada pode ser bom mas não voto nele aida mais despois destas denucias o cara de bebum pode perder as eleições

  • ROSANGELA

    -

    24/9/2010 às 17:07

    ARI RIGO O GRANDE HEROI, VAI SER O MAIS VOTADO, SABEM PORQUE,PORQUE ESTAMOS NA CAPITAL DO PANTANAL, TEMOS PACA, JACARÉ E A NOSSA MAIOR CRIAÇAO É DE … ISTO PORQUE ELE ESTA DO MESMO LADO DO GOVERNADOR, MESMO PARTIDO, MINHA VÓ DIZIA QUEM FALA DEMAIS DA BOM DIA A CAVALO, O ARI VAI DAR BOM DIA AOS BURROS. BOA ELEIÇAO 2010 ARI RIGO E ANDRE. BOA ELEIÇAO

  • ROSANGELA

    -

    24/9/2010 às 17:00

    O ANDRE VAI GANHAR ESTA ELEIÇAO NO PRIMEIRO TURNO, E EU PERGUNTO A VOCÊS, QUE GASTARÃO TEMPO, QUEM VAI IMPEDIR DELE GANHAR, NINGUEM, E SE BOBIAREM COM MAIS VOTOS QUE ANTES, PARA OS POLITICOS DÃO NOME DE OPERAÇAO, SE FOSSE POBRES E SEN A NAQUINA DE FAZER DINHEIRO QUE É O PODER DO ESTADO, COM CERTEZA JÁ ESTAVA EM PAGUINAS ESCRITO LADROES EM MS, MAS COMO SÃO POLITICOS CONHECIDISSIMOS E ESTATREGISTAS, ESTÃO SOBE INVESTIGAÇAO QUE SÓ VAI SER INVESTIGADA DEPOIS DA ELEÇÃO COM CERTEZA, E VAI ACABAR EM PIZZA E MUITA FESTA… VAMOS COMEÇAR A SE ORGANIZAR PARA IRMOS PARA UMA GRANDE FESTA DA VITORIA. KKKKKK ANDRE GANHA ELEIÇAO NO PRIMEIRO TURNO. KKKKKKKKKKKKK

  • Thelio Luigara

    -

    24/9/2010 às 15:28

    Imagino ser esta a grande oportunidade para se investigar as denúncias. Depois de tudo apurado cabe à polícia e ao judiciario nomear os culpados e puní-los como prevê a lei e, se for o caso inocentar os que estiverem sem culpas, mas expostos ao pré julgamento público.
    Preserve-se a presunção da inocência, mas investigue para tudo esclarecer.

  • flavio

    -

    24/9/2010 às 11:30

    Equanto o povo estiver elegendo,Jerson Domingos,Ari Rigo ,Londres Machado entre outros, não existira Educação,Segurança e Saúde…NÃO ADIANTA RECLAMAR….

  • flavio

    -

    24/9/2010 às 11:23

    Tudo isso é uma VERGONHA tbem não venha o Zeca(ladrão)falar do mal lavado.Não votem em ninguem…

  • renatomodesto

    -

    23/9/2010 às 16:26

    Luis Pires,

    Vc acertou na mosca! O povo daqui do MS não age como gado só na hora de votar não. No trânsito também é igual, parece um estouro de boiada… ninguém respeita nada e os índices estatíscos são um dos piores do país. Vide exemplo recente do assassinato covarde de uma criança e lesão corporal causada a um idoso, avó da vítima, ferido à bala após uma disputa entre 2 motoristas nas ruas da capital. É uma péssima combinação entre ignorância generalizada e alto poder aquisitivo!

  • Evandro

    -

    23/9/2010 às 13:01

    É minha gente, tomara que a Veja coloque esta matéria como capa da próxima revista. É importante citar que ele é do PSDB

    Caro Evandro,

    Fiquei sabendo agora à tarde que VEJA vai publicar matéria a respeito.

    E o governador Puccinelli, como é público e notório, é do PMDB.

    Abraços, volte sempre.

    Ricardo Setti

  • Sou MS

    -

    23/9/2010 às 12:56

    Que vergonha!!!
    Fora Adré!!!
    Ary Rigo, tu me dá nojo…
    É repugnante.
    Ainda com vem com ladainhas….
    Que desculpas vc quer!!!!
    Patife!!!!
    Vai queimar no inferno!!!!
    E quando vai cair a casa do Kaiath e cia. aqui na Prefeitura de Ponta Porã.!?
    Que vergonha, a cidade caindo aos pedaços!!!
    Cadê nosso dinheiro bando de nojentos…

  • paulo cesar

    -

    23/9/2010 às 12:50

    meu povo do ms dia 3 de outubro nao vote em ninguem
    facam como eu vou votar no melhor candidato do pais nulo é nulo vote nulo nao lula é nulo nao esquecam este nomeé o melhor candidato destas eleicoes é lamentavel o que vem acontecendo e eu fasso uma aposta com quem quiser ninguem vai ser punido ninguem o arygano ja disse descaradamente que ele nao viu nada nao sabe de nada nao foi ele javi esta rotina em algum lugar em brasilia rsrsrs foi um montagem!!! e muita cara de pau de serto quando fas a barba cai pó de serra e o povo??? vai deixar passar batido de novo

  • Jornalista Nasser

    -

    23/9/2010 às 12:29

    Quero o meu voto de volta: quando compramos uma mercadoria, e ela estraga antes do prazo, e a propaganda feita para que a compra fosse efetuada foi enganosa.
    O cidadão tem todo o direto de ir ao PROCON e reclamar do produto.
    Abro mão do meu sigilo eleitoral e declaro que na eleição passada votei para Governador no Candidato Andre Puccinelli.
    Levando em consideração as denuncia ocorrida nestes dias pelos vídeos em que o Deputado Ari Rigo declara que passava ao Governador Andre Puccinelli o valor de Dois Milhões de Reais por mês.
    Dinheiro que deveria ser aplicado em segurança publica saúde educação em nosso estado serviu para deixar o Governador cada vez mais rico.
    Portanto venho a publico solicitar (se assim a lei permitir) que quero meu voto de volta, e se possível com juros e correções monetárias.
    E o valor do meu voto para eleger ele a Governador, seja destinado a uma instituição filantrópica apolítica no nosso estado.

  • Ivonete

    -

    23/9/2010 às 12:23

    Chega de Corrupção! Nulo ou Branco é a saída!Na saúde ñ há um médico que preste, nas escolas educação zero, segurança…que segurança existe? o soldado precisa de uma segunda atividade pra sobreviver e manter sua familia. OS POLÍTICOS QUE FAZEM?
    MENTEM, ROUBAM E DEIXAM O CIDADÃO VIVENDO UMA MISÉRIA HUMANA! MATO GROSSO DO SUL TEM A TAXA DE IMPOSTO MAIS ALTA DO PAÍS! ACORDA SUL MATOGROSSENSE!!

  • altair

    -

    23/9/2010 às 11:41

    e isto que e dar votar em que nao tem comprometimento e nem raiz em nosso pais
    ja nasce de sangue , mafia pura nao e seu italianao .

  • Silas Antonio

    -

    23/9/2010 às 11:24

    Assim como nosso estado de Mato Grosso do Sul e Amapá nossos políticos tem a cara de pau de dizer que e inocente.
    Sabemos-nos que no presídio todos ali dizem que e inocente, mas estão presos, e os políticos dizem que são inocentes e não vão preso. Mas tiram nosso dinheiro de nossos impostos para se proteger compra Autoridades e se enriquecer.
    Fora cambadas de corruptos fora…

  • katia ines bordin

    -

    23/9/2010 às 10:32

    Mesmo morando em Manaus AM, me envergonho e cada dia mais e mais do estado onde ainda residem meus filhos e q tb sentem a mesma indignação q eu.
    Lamento a memória de eleitores não ser como a de “elefante”, pois jamais esqueceriam de tal atrocidade com o Povo menos favorecido, q vivem a margem da injustiça, desigualdade social e economica, pois nem recurso da saúde eles aliviam, colocam a mão mesmo sem piedade da dor q um ser humano pode estar sentindo.
    Mais uma vez repito me sinto envergonhada.
    Abç

  • Nailo Soares Vilela

    -

    23/9/2010 às 10:07

    Com certeza a minha indignação é a mesma de todos os cidadãos de bem do nosso querido Mato Grosso do Sul, como diz o Boris “ISSO É UMA VERGONHA”, só falta agora o Deputado denunciante dizer, ou até conseguir provar que estava sendo ameaçado ou tomou algum tipo medicamento ou droga e, sob efeito da mesma, deu com a lingua nos dentes,detonando o terreno minada pela corrupção, de proporções alarmantes até hoje registrada em nosso Estado.Confiamos primeiro na JUSTIÇA DE DEUS, QUE HAVERÁ DE BRILHAR NA JUSTIÇA DOS HOMENS E QUE jUSTIÇA SEJA FEITA.

  • o_próprio

    -

    23/9/2010 às 8:46

    Gente do MS, sou o Ari … Acreditem no q vou falar… A gravação foi editada, o que vcs ouviram foi colocado na minha boca contra minha vontade… A gravação foi ilegal, o André não havia autorizado, muito menos a justiça do MS, isso é coisa da PF e do Lula para nos queimar … O que falei sobre os outros envolvidos foi para mostrar o meu poder perante um assessorzinho do prefeito de Dourados, acreditem … não tinha todo esse poder … só mexo com alguns milhões na Assembléia, que está tudo registrado nos Balancetes, como as devoluções dos repasses… podem conferir, os 2 milhões que devolvemos foram economias nossas (deputados). O Puccinelli não recebeu nada, foram essas devoluções que foram feitas para o Gov. do Estado… Os 120mil que falei são referente ao valor total dos gastos de cada deputado (salários e gabinetes), nada de mensalão ou por fora … Nosso salário, não passamos a imprensa por vergonha (é muito baixo) e temos nossa dignidade … Me desculpe o mau-entendido e continue acreditando em nós e no André. Até o dia 03.10 na VITÓRIA e por mais 4 anos de CRESCIMENTO NO NOSSO MS.

  • envergonhado

    -

    23/9/2010 às 8:25

    Sr. Luis Pires Gonçalves, exigimos respeito. Só para lembrar ao Sr. a Terra do Boi hoje é o Estado do MT que possui o maior rebanho do país. Somos um Estado envergonhado com tantos escândalos, como é hoje o Brasil, como já foi Brasília, Amapá, … Corrupção é geral e só acaba com mobilização, conscientização para a nova eleição, e acompanhamento dos governantes, independente do partido no poder. Vcs viram o tamanho do nariz do Rigo ? Acho que o Pinóquio foi inspirado nele … kkkkkk, Tem que rir pra não chorar, infelizmente.

  • Jornalista Nasser

    -

    23/9/2010 às 7:33

    Precisa que mídia nacional poste uma matéria que envolva o poder local, para que a algumas empresas de comunicação do nosso estado, deixem de agir como “agencia de publicidade”, e tomem uma atitude jornalística.

    As declarações bombásticas do Deputado Ari Rigo, começaram a serem publicadas em alguns Sites “algumas linhas” somente, depois que a água bateu na “canela”.

    A parcialidade não tem que fazer parte da imprensa, custe o que custar, a imparcialidade tem que ser a bandeira da imprensa.

    É uma questão de respeito aos nossos leitores, levar a eles as informações do jeito que ela é sem mascara e nem maquiagem.

    Sabemos que a imprensa marrom aqui no MS tem vida curta, alguns pseudojornalsitas que se aventuraram por estes caminhos, acabaram tendo sérios problemas, tanto na esfera criminal como na civil,e fora isto a pouca credibilidade que tinham ,desapareceu como em um passe de mágica.

    Ser acreditado pelos leitores, não é de um dia para outro, é um processo demorado, mas perder o credito e muito rápido.

    Jornalista Nasser

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados