Blogs e Colunistas

21/06/2011

às 19:43 \ Política & Cia

Evo Morales já legalizou 70 mil carros roubados no Brasil e nosso governo não dá um pio

Amigos, mais de 70 mil veículos tecnicamente “contrabandeados” – na verdade, na maioria carros roubados, e roubados no Brasil – já foram legalizados na Bolívia segundo a espantosa norma de “anistia” aprovada pelo presidente Evo Morales e que irá vigorar até 1º de julho.

Trata-se da pomposamente chamada “Ley de Saneamiento Legal de Vehículos Indocumentados”, que deu margem à operação iniciada no dia 10 passado. Com ela, Morales legaliza a roubalheira de automóveis, utilitários e até caminhões provenientes em grande parte do Brasil e aumenta o caixa do governo, porque cada “indocumentado” paga uma taxa que vai de 2 a 3 mil dólares (3,2 a 5 mil reais) para limpar a ficha do veículos

O governo Morales, se fingindo de bobo, dizia estimar em 10 mil veículos “contrabandeados” a serem legalizados, quando até os vendedores de mate de coca das ruas de La Paz ou Cochabamba sabiam que eram muito mais. Tanto é que sindicatos de transportadoras estimam que o total verdadeiro chega a 100 mil.

Em recente post, mostrei os protestos de alguns parlamentares brasileiros diante desse desaforo, desse tapa na cara do Brasil que está sendo desferido pela Bolívia.

Na Câmara o deputado Geraldo Resende (PMDB-MS) classificou de “descalabro” a regularização de automóveis ilegais mediante o pagamento de uma taxa e lembrou que carros roubados servem de moeda de troca no tráfico de drogas.

No Senado, por sua vez, o senador Pedro Taques (PDT-MT) apresentou requerimento à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) requerimento convidando os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e das Relações Exteriores, Antonio Patriota, para discutir a barbaridade boliviana.

Vocês já sabem minha opinião: O BRASIL NÃO VAI FAZER NADA E NÃO VAI ACONTECER NADA. Até agora não deu um pio, e assim ficaremos até terminar a operação pirata que Evo Morales revestiu sob a forma de lei.

O Brasil vai ficar como o grandão bobo da escola durante o recreio

Como lembrei no post anterior, os precedentes tanto em relação à Bolívia como, especificamente, à questão de carros roubados que atravessam nossas fronteiras indicam que o Brasil vai ficar como o grandão bobo da escola de que todo mundo zomba no recreio e não reage.

Basta lembrar que Morales colocou o Exército para ocupar duas refinarias da Petrobrás em maio de 2006 e o então presidente Lula passou a mão na cabeça do amigão cocaleiro. Disse, entre várias bobagens, que “compreendia” os motivos do companheiro.

Quanto a carros roubados, bem, os precedentes e “ação enérgica” do Brasil não são maiores. No começo do governo Lula, estimava-se em impressionantes 600 mil o número de veículos roubados no Brasil que circulava sem problema algum no Paraguai. A maior parte da frota do país, mais de 50% do total.

Mal Lula assumiu e o presidente paraguaio da época, Luis González Macchi (1999-2003) concluiu um programa que zerava a origem negra de automóveis e caminhões roubados depois que, decorrido determinado prazo, não tivessem sido oficialmente reclamados por seus antigos proprietários do outro lado da fronteira.

O Brasil ficou quietinho, quietinho.

Um dos poucos carros devolvidos foi o automóvel presidencial: num vexaminoso episódio, a polícia de São Paulo descobriu que o próprio BMW oficial da Presidência fora afanado de um proprietário no bairro de Moema três anos antes.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

42 Comentários

  1. Ailton

    -

    26/06/2011 às 15:05

    Para finalizar o meu comentário (Ailton-25/06/2011 às 22:23)

    Hoje os poços de gás de ManatY(Bahia) encontram-se em plena produção, abastecem os Estados da Bahia, Sergipe, alagoas, Pernambuco, Minas e Espirito Santos, e futuramente Goiás e DF.

    Devido ao gás de manatY ser 100% brasileiro, as industrias estão a se retirar de estados abastecidos pelo gás da bolivia, indústrias ficaram dois anos com prejuízos na produção, isso devido as interrupções na produção por causa dos má-humores do EVO.
    Por motivo de diferença na pressão, os poços de manatY e Tupy não podem ser entroncados com os que vem da Bolivia para São Paulo, Mato Grosso e sul do Brasil, isso faria o nosso gás empurrar o boliviano de volta, passariamos a exportar ao invés de importar.

  2. Ailton

    -

    26/06/2011 às 13:09

    Marcia Maria,

    Isso porque voce nunca tentou comprar um carro na França, Suiça, Alemenha e em outros países do velho continente, lá voce compra um carro e paga e dois e meio. (porém, ainda saem mais baratos que no Brasil.)
    Até aluguéis de imóveis e carros, recebem 100% de imposto sobre o valor da locação, ou seja, voce faz contrato com o proprietario do AP ou lojas rent-car e paga por dois, um ao dono do AP/agencia rentcar, e o outro aos cofres públicos. ( Com referencia a serviços, no Brasil á mais barato.
    Um AP no Brasil que é alugado por R$1.500, em França é R$9.000,00/Mês.

  3. Márcia Maria

    -

    26/06/2011 às 11:45

    Sr. Setti, o Sr. me desculpe mas tbm acho q os preços aqui no Brasil estão ilegalizados e muito maiores pelos impostos em comparação com paises desenvolvidos. Vamos lá :
    Carros:
    Coro lla no Brasil R$ 66.000
    ” ” na Argentina R$ 50.000
    Honda Civic no Brasil R$ 67.000
    ” ” Argentina R$ 42.000
    Hyundai no Brasi R$ 85.000
    ” no Eua R$ 45.000
    Vinhos
    Del diablo no Brasi R$ 36,00
    ” ” na Espanha R$ 21,00
    Tereza de Los landes Br R$ 40,00
    ” ” ” Espanha R$ 30,00

    Perfumes:
    Aqua di Giola BR R$ 244 na arg R$ 135
    Dolce & Gabbana R$ 200 na ” R$ 135

    Nike no Br R$ 300 na Arg 135

    Fora os preços dos eletrônicos.

    Pois é !

  4. Ailton

    -

    26/06/2011 às 11:07

    AJS RJ-25/06/2011 às 11:35

    Não caro AJS, a generosidade não foi do ‘cumpanheiro’, foi do catedrático, multi-diplomado e poliglota Fernando Cardoso, aliás, bagagens que em nada lhe serviram na hora de governar o Brasil.

    ‘Assim não pode! Assim não dá’.

  5. Ailton

    -

    25/06/2011 às 22:23

    Lembro a todos que, quem investiu U$2.8 bilhões na infra-estrutura de exploração dos hidroscarbonetos(gás e petroleo) na Bolivia foi FHC e não o Lula, se Evo Moraales anexou todas refinarias multinacionais, com a brasileira no bolo, a culpa é de quem investiu essa fortuna em um país instável como aquele.
    Todos tem que cobrar do FHC essa loucura que fez, já que Brasil tem dois poços gigantescos de gás natural, ManatY(BA e Tupy (SP) os dois juntos tem mais gás que quatro Bolivias juntas, e acreditem, desde a decada de oitenta já eram conhecidos do governo, foram mapeados ainda no governo de Sarney.

    Inclusive, esse é o motivo da Petrobras montar mais quatro refinarias e todas as fabricas de pneus e outras 380 indústrias virem se instalar no Nordeste desde a crise do gás boliviano. O gás do Nordeste é 100% brasileiros, indúsrias não ficam refém das bi-polaridades do EVO como no Sudeste e Sul brasileiro.

  6. AJS RJ

    -

    25/06/2011 às 11:35

    O índio fajuto e cocaleiro boliviano, agradece a generosidade do Brasil cumpanheiro. Vamos “aguardar” à próxima generosidade cumpanheira com o nosso vizinhos.

  7. João Cabral Mourão

    -

    25/06/2011 às 0:25

    Evo, plantador de coca, amigo do Lula e dos petralhas que apoiam as ASFARC, são esses ladrões que nos roubam, ante o silencio do governo brasileiro. Dilma, diga alguma coisa ao povo brasileiro, por favor.

  8. antonio marcos menezes

    -

    24/06/2011 às 11:51

    esses dois ultimos governos que sao do pt é uma vergonha só,pela consciencia pesada que tem de sua historia com guerrilha,luta armada,sequetro e tortura defendem bandidos e ascenam para criminosos,governos ditadores em fim tudo que esta na contra mao das coisas.
    o batisti é um criminoso que teria que responder pelos delitos que cometeu em seu país mas foi contemplado pela irresponsabilidade do governo e do superior tribunal,aliaz esse supremo tambem é uma vergonha p/ o brasil basta ver a questao da marcha da maconha,nao precisa dizer mais nada né.

  9. Jeremias-no-deserto

    -

    23/06/2011 às 23:52

    Ainda que o governo petista fosse eficiente em coibir a saída desses carros furtados em nosso território a evasão não seria alcançada enquanto houver um mercado atraente para esse crime e esse mercado recebe o beneplácido dos governos do Paraguai e da Bolívia, muito próximos ao PT.Certamente, a criminalidade é lucrativa para esses governos e portanto, dificilmente os números dec carros roubados diminuirão se não houver uma mudança radical daqueles governos e das suas economias básicas.

  10. Sergio Roberto Santos

    -

    23/06/2011 às 11:27

    Nos anos 60 e 70 culpavam-se idéias estrangeiras sobre “Os desvios morais de nossos jovens”, a esquerda culpava as multinacionais pelos nossos problemas.
    No código florestal o Deputado Aldo Rebelo culpa as ONGs estrangeiras, por que só as estrangeiras?, pelas criticas.
    Os carros não foram roubados por Bolivianos, nem na
    Bolívia.
    Eu sei que vou apanhar e muito com estes comentários, mas quem sustenta os desmanches de carros existentes em São Paulo?
    Eu não aceito de nenhuma maneira o governo da Bolívia, mas nós somos culpados.
    Vejam um exemplo do bem. Em Sorocaba um cidadão viu um carro da guarda municipal parado em local proibido e seus ocupantes estavam em uma doceria comprando salgados e doces.
    Sem duvida pegou seu celular e fotografou a cena.
    Um dos guardas falou para a pessoa para ela cuidar da vida dela, e recebeu como resposta que era o que o rapaz estava fazendo. “Cuidando do meu dinheiro!!”
    O fato saiu no jornal da cidade e a prefeitura não se manifestou.
    No começo do ano os vereadores de Sorocaba tentaram contratar mais um auxiliar para cada um, ao salário de R$3000,00, foram derrotados pela opinião publica. Agora estão tentando novamente com o apoio de todos, vejam bem, de todos os partidos, incluindo PT e PSDB.
    Ano que vem tem eleições.

  11. Zulu

    -

    22/06/2011 às 22:51

    Algum dos senhores se perguntou, como esses carros passam pelas autoridades Brasileiras e chegam do outro lado? Pra entrar lá, tem que sair daqui! Não é fazendo biquinho pra outro país que a corrupção do nosso vai sarar da noite pro día! Se manquem!

  12. dossantos

    -

    22/06/2011 às 21:43

    O Brasil é um país feito para ser explorado por alguns países vampiros. Vai ser sempre submisso porque está no sangue do povo. Um governo inútil como o nosso não tem forças contra nenhum ditador.

  13. Tuco

    -

    22/06/2011 às 21:03

    .

    Caro RSetti e Diletos Leitores/Colaboradores.
    Em nada me causa estranheza o silêncio do
    governo-bunda que temos. Afinal, é esse
    mesmo governo que PERMITE o livre trânsito
    dos veículos roubados/furtados nas nossas
    fronteiras!
    O que me causa espécie são as seguradoras não
    terem chiado, ainda… Talvez seja pelos
    absurdos valores que se impõem aos pobres
    proprietários que optam por um seguro! Ganham
    tanto que um ou outro carro a ser pago nem é
    representativo à elas! Igualzinho às fraudes
    eletrônicas cujos bancos são “vítimas” (na
    verdade, independentemente de fraudes, as reais
    vítimas dos bancos somos nós!).

    .

  14. Corinthians

    -

    22/06/2011 às 20:14

    Setti,
    Cheguei em casa agora e vi que meu comentário foi incompleto – se der pra trocar tudo bem, se não tudo bem.
    Jefff – 22/06/2011 às 9:26
    Se importa em compartilhar a fonte de sua informação de primeira mão de que o Setti tem indignação seletiva conosco ?

  15. JT

    -

    22/06/2011 às 18:47

    Setti,

    Sou editor do site mplafer.net desde 2001, que virou blog em 2006. Talvez por isso as pessoas me procuram para contar algo sobre seus achados e raridades. Lembra do mini Austin do Perón?

    Sobre o Lafer LL, entrei em contato com alguns colecionadores e inclusive um ex-projetista da Lafer. Estou otimista em relação ao resgate do protótipo.

    Obrigado,
    Jean

  16. Rodrigo

    -

    22/06/2011 às 18:22

    A imagem do grandão bobo é perfeita…

  17. Corinthians

    -

    22/06/2011 às 14:11

    Jefff – 22/06/2011 às 9:26
    Se importa em compartilhar a fonte de sua informação de primeira mão conosco ?

  18. J.r. Pereira

    -

    22/06/2011 às 13:59

    A Suécia está há meses sem governo instituído e, graças a autonomia dos Estados, tudo vai bem.
    Precisamos repensar a utilidade da classe política e do Estado como um todo.
    Urge eliminarmos essa monstruosidade que sustenta incompetentes, parasitas, corruptos e nepotistas.
    O fim do Estado e o fim da classe política brasileira seria um benefício para todos.

  19. Renato Meoli

    -

    22/06/2011 às 13:55

    Caro Setti.

    Ninguém pode alegar que foi ou está sendo enganado pelo governo, pois desde a subida do PT ao poder. as coisas são como o Chico Buarque mencionou na propaganda eleitoral da Dilma: Falamos “grosso com Washington e fino com a Bolívia”, além, é claro, com os outros países de governos companheiros, como o do bispo reprodutor e do “Napoleão-de-hospício” de Caracas.

    Abraços.

  20. Beth

    -

    22/06/2011 às 12:46

    eu perdi a moral??onde ela esá????

  21. Joker

    -

    22/06/2011 às 12:42

    Sequer um pio?
    Isso tem precedente, cara, jeito e nome:(c)omissão.

  22. Marcos

    -

    22/06/2011 às 12:18

    Eu também não gosto do Morales, mas culpá-lo…
    Como esses carros foram parar lá? Não foram abduzidos! A culpa é do NOSSO governo, não tem que dar pio mesmo!

  23. Alexandre

    -

    22/06/2011 às 10:53

    Viva soberania!!!

  24. Kenjiro Nagasawa

    -

    22/06/2011 às 10:36

    Estamos em junho. Isso implica que só agora estamos trabalhando para as necessidades de nossas famílias. Até o mês passado trabalhamos para sustentar as necessidades dos governos que não nos protegem de ações como essas da Bolívia.
    No final, trabalharemos um pouco mais para pagar o encarecimento dos seguros de automóveis e afins.
    Êta povo “bunda mole” esse do Brasil!!!
    Enquanto isso, no arraiá de Brasília, a dança das quadrilhas vai a todo vapor!!
    “Óia a justiça!”
    “É mentira!”
    “Óia a Copa!”
    “Já (super) faturaram!”
    “Travessia de damas!” (movimento de Erenices e Idelis)
    “Preparar o golpe!” (todos se assanham… o bigode do Sarney se arrepia, Orlando Silva abraça um empreiteiro)
    “Óia o túnel!” (esse é do trem bala… BNDES já tira a carteira do bolso)
    … e assim vai. No ciclo que todos conhecemos e que infelizmente continuará a acontecer se não mudarmos.

  25. Rosa Maria Pacini

    -

    22/06/2011 às 9:53

    O slogan dos governos petistas é o seguinte: “Para os amigos tudo, para os desconhecidos a indiferença”. Esta, porém significa, na verdade, cumplicidade com os crimes cometidos pelos amigos.
    O caso Battisti, assim como tantos outros, evidencia que o lulopetismo não tem escrúpulos em relação à prática de crimes, até porque muitos de seus representantes também os cometeram “em nome de um ideal”.
    Crime é crime, não importa em nome do que ou de quem seja cometido. E para praticá-lo é preciso ter perfil de criminoso, caso contrário não há menor condição de a pessoa tornar-se criminosa. E como os iguais se protegem mutuamente, fica claríssimo entender a “omissão” do governo lulopetista em relação à “apropriação indébita” dos automóveis de cidadãos brasileiros cometida pelo “cumpanheiro Morales”.

  26. Jefff

    -

    22/06/2011 às 9:26

    ‘Mal Lula assumiu e o presidente paraguaio da época, Luis González Macchi (1999-2003) concluiu um programa que zerava a origem negra de automóveis e caminhões roubados’. Se o presidente do paraguai concluiu o programa logo que Lula assumiu a presidencia o programa em questão começou ainda no periodo do governo FHC. Essa indignação seletiva é de matar.

  27. Mari Labbate

    -

    22/06/2011 às 8:18

    BEM… O Evo Morales é amigo de Hugo Chávez, que é amigo de Fidel Castro, que é amigo de Ludillma… SETTI, com certeza, o meu carro roubado está na Bolívia… Somente agora descobri!!! Querido, VAI ACONTECER ALGO, SIM, pois a preservação do Planeta Terra depende dessa juventude. São as fortes LUZES do Terceiro Milênio!!! As Festas de São João de 2011 prometem ser MUITO boas, pois a Dança da QUADRILHA será o PONTO MÁXIMO… ABBRACCIO!

  28. Luiz

    -

    22/06/2011 às 7:56

    Infelizmente o Brasil trata a Bolívia como uma entidade filantrópica. Enquanto o PT estiver no governo vai ser assim.

  29. nino

    -

    22/06/2011 às 7:12

    Não liga não, logo logo, assinamos um tratado com esse senhor boliviano e remeteremos peças de reposição para manutenção da frota tudo de graça é claro.

  30. Corinthians

    -

    22/06/2011 às 0:20

    Setti,
    Isso só demonstra a inteligência do “Evito”.
    Primeiro roubou e legalizou a refinaria da Petrobrás – então já tem gasolina garantida.
    Depois pegou um empréstimo com o BNDES para construir a estrada da coca (e me reservo o direito de duvidar de que vá pagar o empréstimo depois que a estrada estiver pronta) – garantiu a rodovia.
    Só faltavam os carros para consumir a gasolina para rodar na estrada da coca – agora não falta mais.
    Enquanto isso o governo e o PT aplaudem – claro, é o nosso dinheiro suado que está indo para o ralo…

  31. JT

    -

    21/06/2011 às 23:25

    Caro Setti,

    Por falar em carros, você já ouviu algo a respeito do Lafer LL? É um protótipo do fim dos anos 70, do qual foram feitas apenas sete unidades.

    Esta semana, uma delas foi encontrada praticamente abandonada na periferia de Manaus! Acabo de publicar um artigo sobre o assunto, neste link:

    http://www.mplafer.net/2011/06/ll.html

    Imagina se levam este carro para a Bolívia…

    Impressionante a raridade, caro Jean. Só 7 exemplares feitos!
    Por sinal, devo dizer que seu blog é muito legal.
    O dono estaria interessado em vender para algum colecionador?
    Abração

  32. Reynaldo-BH

    -

    21/06/2011 às 22:52

    Quanto vale o delírio de tentar ser líder da América Latina? Uma refinaria? Olhos fechados à entrada de drogas e armas por Corumbá e Cáceres (MS)? Afagos no cocaleiro, posando com colar de folhas de coca? Onde a surpresa?
    Mais grave que a insegurança que Evo dá aos vizinhos é a humilhação que nos impõe. E esta, a vergonha, é de responsabilidade de cada país. Mesmo roubado. A política externa do Brasil DEVERIA representar a totalidade da nação brasileira. Fala e age, em nosso nome. Preferiu o caminho oposto: falar em nome do PT e agir conforme os interesses desta seita fundamentalista. Por mim, não me representa! Só me envergonha. Pagamos por uma usina construída “em parceria” com o porra-louca do Chavez: além de não pagar consegue mais um empréstimo do BNDES! Financiamos estradas e portos em Cuba. As nossas… Damos apoio ao Equador, financeiro, para construir usinas. Perdoamos dívidas do Bolívia e assistimos cordatos ao roubo de uma .. USINA! Pagamos ao Paraguai, do santo bispo procriador, o que eles pedem pela energia de Itaipu que nós construímos e pagamos! Afinal, o que são 70.000 carros? Nada…
    Como diz o cocaleiro ladrão, “todo pobre tem direito a um carro!”
    Já ouvi algo parecido por aqui. De um tal Lula. Alguém conhece?

  33. wilson

    -

    21/06/2011 às 22:31

    Soberania é só para Terrorista Saguinário e Patife.

  34. Ana Paula

    -

    21/06/2011 às 22:26

    República Federativa dos Bananas!

  35. Pequena Vera

    -

    21/06/2011 às 22:22

    …enquanto isso nosso ministro da injustiça coincidentemente está sendo operado de hemorróidas…

  36. Mauro Pereira

    -

    21/06/2011 às 21:26

    Caro Ricardo Setti, boa noite.
    Desculpe eu discordar do caro amigo, mas segundo notícias que correm à boca pequena, tanto Cardozo como Patriota só estão esperando a conclusão do caso Battisti para ingressarem com um processo contra o Lhama de Franja na Corte de Haia sob a alegação de que o Brasil estaria sendo vítima de bulling.
    Temos que reconhecer a indignação dos dois patriotas!

  37. Paulo Bento Bandarra

    -

    21/06/2011 às 21:24

    Pois é, depois Serra que não tinha razão, deixando furiosa Dilma e o Celso Amorim. Bem lembrado que os carros vão para lá em troca da cocaína vendida aqui para destruir a nossa juventude. Ou a mesma coisa via Paraguai. O socialismo do século XXI em troca dos nossos jovens e carros. Será que este comportamento do governo é só desatenção???? Ainda bem que tem pessoas preocupadas com a COMISSÃO da VERDADE.

  38. chorei antes de nascer

    -

    21/06/2011 às 20:58

    Exceto Colombia e Chile por enquanto, o resto é tudo farinha do mesmo saco, se merecem, não chorem pelo Brasil, somos países compostos por povos primários, vai séculos ainda para melhorarmos um pouco.

  39. Antonio Carlos

    -

    21/06/2011 às 20:55

    Com a palavra o Duende Molusco Calabar Polvo, que ao invés de protestar (pelo menos) preferiu baixar as calças, entregar a Petrobrás e ainda ficar aos beijinhos com o indio estrangeiro. E ainda tem gente que vota nessa súcia !!! Vai entender!

  40. j.freire

    -

    21/06/2011 às 20:26

    Setti,
    o Evo está mais que certo. O Brasil não legalizou o Batistti?

  41. celsoJ

    -

    21/06/2011 às 20:17

    O Brasil lembra a história daquele menino que chegou da escola e disse: “Papai, hoje tive minha primeira experiencia sexual!” Papai exultou: “que bom filho! E quando vai ser a próxima?” Neném respondeu: “Ah! quando parar de doer o meu bumbum,,,”

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados