Blogs e Colunistas

28/08/2013

às 14:35 \ Política & Cia

De onde será que virão os professores que Mercadante quer importar? Também de Cuba? De países de língua portuguesa? Da China?

 

Na onda das eleições, Mercadante pensa em criar o programa "Mais professores" (Foto: Antonio Cruz / ABr)

Na onda das eleições, Mercadante pensa em criar o programa "Mais professores" (Foto: Antonio Cruz / ABr)

Do blog Política & Economia Na Real, do jornalista José Márcio Mendonça e do economista Francisco Petros

TAMBÉM QUERO O MEU

Entusiasmado com o que no governo é visto como um grande sucesso de “público” do ministro da Saúde, o programa Mais Médicos, seu colega da Educação, Aloizio Mercadante, que lá no fundo ainda não “revogou” sua pretensão de concorrer ao governo de São Paulo, anunciou que poderá também lançar em sua pasta um sucedâneo do programa de Padilha, o novo programa Mais Professores.

A questão é saber de onde virão esses profissionais se, como no caso dos médicos, não houver brasileiros suficientes para suprir as vagas a serem oferecidas pelo MEC.

Preferencialmente de Cuba também?

Dos países lusófonos?

Do Vietnã, Japão ou China?

E mais serão dispensados, como os médicos de um exame de validação do diploma e de um teste de proficiência em Língua Portuguesa?

Eleição, o que não se faz em seu nome!

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

54 Comentários

  1. almezinda

    -

    11/03/2014 às 11:50

    acredito que tem que mudar a politica , e os salários dos nossos educadores tem que ser bem melhores ! nao resolve importar professores seja de onde for, , sem em resolver os problemas internos nessa area no nosso Brasil.

  2. Darcy Berbert de Andrade

    -

    03/03/2014 às 22:24

    Brasil está sobrando professores! o que acontece é a evasão em busca de melhores salários e condições de vida. Importar professores Cubanos? qual é a grade curricular destes professores? Tem Educação Física nos Programas escolares? Como são as grades curriculares deles…

  3. Wanda Carvalho

    -

    16/10/2013 às 23:55

    Será bem vindo, com salário de 10 mil, melhor ainda.

  4. fernando pessoa

    -

    11/10/2013 às 22:37

    mas por quê não importar também os PARLAMENTARES da ISLANDIA FINLANDIA SUÉCIA SÚÍÇA JAPÃO-etc-

  5. Freitas

    -

    30/09/2013 às 18:05

    Não precisamos importar nada. Devemos exportar todos os corruptos, assim nossos impostos seriam aplicados corretamente.

  6. Rubens Daniel Bueno Flores

    -

    29/09/2013 às 18:32

    Sempre pensei que à frente da pasta da educação,deveríamos ter alguém no minímo com bom senso,ao invés disso,o sr. ministro da educação faz jus ao partido ao qual pertence!

  7. Thales do Nascimento Saraiva

    -

    23/09/2013 às 10:33

    “Eleição, o que não se faz em seu nome!”

    Erro primário de vossa parte achar que o viés da coisa é sobretudo eleitoreiro. No caso do “Mais Médicos” ficou patente a intenção da companheirada de enfiar dinheiro em Cuba.

    Daqui uns dias o sr. vai escrever que uma possível invasão americana à Síria seria motivada pela busca de “riquezas”, “interesses capitalistas” e outras tolices. O buraco é mais fundo, meu caro analista.

  8. Rosane

    -

    07/09/2013 às 13:09

    Sou professora e acho uma ótima idéia!! Se pagarem bem… Garanto que muitos irão se inscrever!

  9. Kadu

    -

    04/09/2013 às 21:19

    O Merca sabe tudo!

    Caso precisar receita de galinha com polenta a dele é melhor que dos outros!

  10. Matheus

    -

    01/09/2013 às 13:39

    Vai pagar quanto para eles? 1300 reais kkkkkkkkkkkk…

  11. Corinthians

    -

    29/08/2013 às 20:36

    Setti,
    Inicialmente, caso sejam “importados” professores de outros países, será necessário prover um curso de portugüês-petistez, para evitar que os professores falem o portugüês incorreto dazelite.
    Parece que Haddad já está montando a grade.
    Primeira lição – mostrar como “nós pega o peixe”

  12. paolo

    -

    29/08/2013 às 19:51

    creio que o brasil deveria criar o programa “mais políticos”,assim importarámos políticos da Noruega,estados unidos,grã-bretanha,canadá,alemanha,suécia e melhoraria muito a qualidade da política brasileira.

  13. Santana*100

    -

    29/08/2013 às 19:14

    Santana*100 28/08/2013 às 22:22
    “Caro Santana, infelizmente precisei deletar seu comentário. Compreendo sua irritação, mas definitivamente não vou mais, como fiz durante bom tempo, colocar asteriscos em xingamentos, palavrões, ofensas, acusações sem provas ou coisas do tipo, que violam as regras do blog e a ética, transformam este espaço em algo que não desejo e, além do mais, podem trazer consequências criminais para você, para mim e para a Editora Abril.
    É perfeitamente possível fazer críticas, as mais pesadas, a um homem público — um parlamentar, um governante, um magistrado etc — sem lançar mão dessa linguagem.
    Peço que leve isso em conta da próxima vez, porque não publicarei mais comentários com esse tipo de impropriedades de forma alguma.
    Conto com sua colaboração.
    Consulte , se quiser, as regras para publicação de comentários no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado”
    #######
    Caro Setti peço desculpas mais uma vez.
    Não deu para segurar a minha indignação, é muita pilantragem! Vou procurar ser mais brando nos meus comentários. – Farei um esforço enorme. Tenho por dever respeitar os limites impostos pelo seu blog.
    Cordialmente,
    Santana*100

    Muito obrigado, mesmo, caro Santana.
    Leia meu post indignado sobre o deputado-presidiário. Escrevi o diabo e não xinguei ninguém, não é mesmo?
    Um grande abraço.

  14. Paulão

    -

    29/08/2013 às 16:39

    Prezado Setti,
    Não sei, não…
    Do jeito que as coisas estão se acelerando no desgoverno e da forma que revolução vermelha avançando sem resistências, um dos objetivos da quadrilha petralha esquerdopata é IMPORTAR UM POVO NOVO para substituir a classe média brasileira, que, ou será deportada, ou será passada no paredón!
    ………………..
    Por via das dúvidas, eu que me considero classe média e anti-petralha convicto, vou comprar coletes a prova de balas aqui do outro lado da fronteira, para proteger a família Paulão.

  15. SANDRA BETITO

    -

    29/08/2013 às 13:59

    Eu aguardo moralização do governo

  16. SANDRA BETITO

    -

    29/08/2013 às 13:58

    Moderação… Acha que é pouco o que esses falsos precisamos importar presidente e td sua currila!!!!!PT partido pseudo socialista estão heio de ladroes… O q estao fazendo com o pais_____

  17. SANDRA BETITO

    -

    29/08/2013 às 13:54

    ISSO EH RIDICULO, MAIS MEDICOS é ridículo, esse PT é ridículo e imoral

  18. Daniel Matta Rocha

    -

    29/08/2013 às 13:50

    Com o salário ridículo que se paga aos professores no Brasil, com toda a certeza os professores serão importados de Cuba.

    qual professor de fora vai querer vir ao brasil pra ganhar salário minimo só Cubano mesmo

  19. Natal santana

    -

    29/08/2013 às 12:51

    O que precisamos, Mercadante de… (difícil conter o palavrão!) é importar governantes, ministros e parlamentares seu incompetente! Quer dizer que agora, além de gasolina e alcool, o Brasil vai começar a importar todos os profissionais que compõem o serviço público? Céus: cadê a oposição? Ninguém com vergonha na cara e língua ferina de um Rui Barbosa, um Carlos Lacerda? Esse bigode de cera deveria ser esculhambado…

  20. indignado

    -

    29/08/2013 às 12:23

    Caro Setti, logo, logo estaremos igual a Venezuela: importando até papel higiênico. Espere para ver!!!

  21. Celina

    -

    29/08/2013 às 12:12

    Eu irei, sou professora aposentada de Biologia. Tenho certeza que outros colegas farão o mesmo que eu.

  22. Robson

    -

    29/08/2013 às 11:58

    Segundo informações recentes, os professores virão de nosso aliado político, o Irã. Para cada professor iraniano, virá um tradutor bilíngue, acompanhado também de sua família.

  23. toninho malvadeza

    -

    29/08/2013 às 11:57

    Eleição, o que não se faz em seu nome! “O DIABO,fazemos o diabo “(Dilma Rousseff)

  24. GEROLDO ZANON

    -

    29/08/2013 às 9:52

    O MERCADANTE ministro da educação será que já aprendeu á fazer um dossiê porque o ultimo que fez foi uma lástima

  25. o desPTtizador

    -

    29/08/2013 às 9:14

    Ora ora… os professores virão da Coreia do Norte, afinal AJUDAR E AMPARAR DITADURAS com o NOSSO DINHEIRO, e fazer cortina de fumaça para não resolver problemas crônicos, é com essa escumalha mesmo… VERGONHA!

  26. Marcos F

    -

    29/08/2013 às 2:06

    Azerbaijão: fala-se turco, mas tudo é mais barato. Além disso, o país está tão rico com o petróleo que tem, que não precisa mais aprender nada.
    Hungria: tem uma língua que nem os húngaros conseguem aprender. Talvez os brasileiros …
    Java: o Brasil é o país onde mais estrangeiros falam javanês – a começar da presidente.

  27. indignado

    -

    29/08/2013 às 0:30

    Temos vários militares formados em diversas licenciaturas! Se o governo quiser mata dois coelhos com uma cajadada só! A defasagem salarial e a questão educacional! Mas duvido que a orientação ideológica permita isso. Certamente virão mais cubanos por aí!!

  28. Tereza Thompson

    -

    28/08/2013 às 23:57

    Bom Setti, na realidade Dil-ma so tem compromisso com o FORO DE SAO PAULO portanto tchan tchan, tchan… Trara de Cuba evidentemente… Ela precisa desesperadamente dar dinheiro ao Fidel e nao ha outro jeito de lavar o dinheiro dos nossos impostos melhor do que essa farsa. Sao escravos? Sao mas e dai?

  29. Kitty

    -

    28/08/2013 às 23:02

    Mercadante está pegando o bonde da repercussão e a polêmica que a importação da primeira leva de cubanos..tudo para que o Padilha tenha a sua marca registrada para a apresentar sua candidatura para governador de São Paulo..um golpe de marketing para tirar Padilha do anonimato..O triste é que novamente o governo usa a dicotomia entre médicos brasileiros versus os pseudos médicos cubanos; ricos versus pobres; norte-nordeste versus sul-sudeste e ‘eles’ versus ‘nós’ que Lula sempre abusou para dividir e provocar a discórdia entre os brasileiros. Eu pergunto ao ministro de educação: qual é o problema então de submetê-los ao Revalida, uma medida criteriosa de avaliação. Ou é queda de braço contra as entidades que representam os médicos? Ou temem a reprovação dos cubanos? O Brasil não precisa de médicos, precisa de infraestrutura..!Não satisfeito com o programa Mais Médicos de Padilha-Dilma, que ele aproveita para querer atrelar ao ministério de Educação o Mais Professores, como se fosse fácil encontrá-los por atacado como se fossem mercadoria ou já prontos para serem embarcados, seguramente de Cuba ou China comunista, sem falar um português correto. O que eles querem trazer mesmo são agentes comunistas que façam uma boa lavagem cerebral nos doentes ou alunos brasileiros nos grotões ou periferia onde a ignorância impera, para serem doutrinados à semelhança. O governo populista fica colocando o povo contra os médicos e assim o farão com os pseudos professores que o papagaio de pirata quer importar, para emplacar uma sua possível candidatura, se por acaso vier a ser indicado para 2014, para apear Alckmin do governo paulista. Parece que tudo serve e que nós somos uns idiotas que engolimos qualquer patafúrdia, para que eles se mantenham no poder e fazer Dilma vencer a reeleição em outubro de 2014 ..Caro Ricardo,estou ficando enjoada dessa política distorcida e de políticos aproveitadores e sem vergonha na cara!///Um abração-Kitty

  30. Vinicius

    -

    28/08/2013 às 22:44

    Onde estão os professores??? Incensiveis que nao querem dar aula na rede publica. Nao tem amor a profissão. Nao é assim que falam dos medicos.

    Para alguns ter amor a profissão é trabalhar de graça. Se defendem tanto os medicos cubanos porque esses críticos nao trabalham de graça para o governo com suas profissões??

  31. Santana*100

    -

    28/08/2013 às 22:22

    Caro Santana, infelizmente precisei deletar seu comentário. Compreendo sua irritação, mas definitivamente não vou mais, como fiz durante bom tempo, colocar asteriscos em xingamentos, palavrões, ofensas, acusações sem provas ou coisas do tipo, que violam as regras do blog e a ética, transformam este espaço em algo que não desejo e, além do mais, podem trazer consequências criminais para você, para mim e para a Editora Abril.
    É perfeitamente possível fazer críticas, as mais pesadas, a um homem público — um parlamentar, um governante, um magistrado etc — sem lançar mão dessa linguagem.
    Peço que leve isso em conta da próxima vez, porque não publicarei mais comentários com esse tipo de impropriedades de forma alguma.
    Conto com sua colaboração.
    Consulte , se quiser, as regras para publicação de comentários no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  32. Monica

    -

    28/08/2013 às 21:43

    Mercadante é repulsivo com pó-de-arroz e pancake, até em fotos retocadas no Photoshop.
    Em pessoa deve provocar ânsia de vômito, senão o próprio.

  33. jorge

    -

    28/08/2013 às 20:58

    Caro SETTI,creio que o governo deve trazer professores de Angola,Congo,Sudão,Biafra,Nigéria e outros países onde o ensino é de “primeira” qualidade,como o PT adora.
    Grande abraço caro amigo.

  34. Filósofo

    -

    28/08/2013 às 20:42

    Mercadante é um tipo que mostra ser o que não é,ou seja,fazendo-se onipresente não passa de um grande ausente.

  35. Thiago

    -

    28/08/2013 às 20:12

    O programa “mais professores” em momento algum pretende importar professores de outros nações, visto que se tem uma grande gama de profissionais capacitados e dispostos a se deslocar para o interior do país(diferentemente dos médicos), caso professores aposentados se disponibilizem a voltar a dar aulas, estes também serão reaproveitados por este programa… A questão da chegada de médicos cubanos é bem diferente da questão da educação brasileira, posto que a classe de educadores é historicamente explorada e recebe menos de 2 salários mínimos pra fazer um serviço que poucos médicos aceitariam fazer. Que me desculpem os médicos, mas vocês são um bando de pedantes, e o resultado de todo esse movimento de vocês contra os cubanos só faz a população brasileira entender que alguns são muito privilegiados em detrimento de outros no Brasil, desigualdade social e desrespeito ao povo aqui reinam, essa é a verdade!

  36. Marco Felix

    -

    28/08/2013 às 20:03

    Por aqui quando pensamos que essas autoridades já ultrapassaram os limites da incompetência e mediocridade, nos enganamos pois sempre conseguem ir mais adiante. Esse é o Brasil do “auto” atraso.

  37. marcelo aranha de sousa pinto

    -

    28/08/2013 às 19:50

    Caro Marcelo,
    Talvez você seja leitor novo — neste caso, seja muito bem-vindo.
    Mas o fato é que não postamos neste espaço íntegras de material já publicado em outros veículos. Este espaço é destinado única e exclusivamente aos comentários dos amigos leitores.
    Eu prefiro saber e divulgar, aqui, o que VOCÊ pensa a respeito dos acontecimentos e fatos do nosso país e do que seja do que divulgar texto do ex-ministro Almir Pazzianotto, por melhor que ele seja.
    Um abração

  38. Phronesius

    -

    28/08/2013 às 19:41

    Esses vagabundos petralhas estão levando alguma comissão pelo tráfico de pessoas para o Brasil?
    Será prestação única ou “módicas” parcelas mensais, sobre o salário que o contribuinte será obrigado a pagar pra essa gente escolhida pelo digno governo petista de dilma rouseff?

  39. Reynaldo-BH

    -

    28/08/2013 às 19:02

    Sugestões.
    1) Direito Internacional : Bolívia.
    2) Administração: Coréia do Norte
    3) Engenharia: Iraque
    4) Economia: Cuba (de novo)
    5) Ornitologia: Venezuela (especialista em passarinhos e passaralhos).
    5) Ciências Agrárias: Argentina
    6) Terceiro Setor: Rússia
    7) Relações Internacionais: Equador
    8) Direito Eleitoral: Síria
    9) Teologia: Irã
    10) Mercado: China
    11) Ética no serviço Público: Angola e Zimbabwe
    12) Sociologia: Índia
    13) Sociologia Política: Cuba (de novo, mais uma vez)
    E democracia popular com controles sociais: NINGUÉM! temos excelentes mestres na matéria.

  40. observador100

    -

    28/08/2013 às 18:39

    Caro Setti
    Vamos modificar a pergunta. Para onde irão os milhoes, para pagamento destes cubanos? Descontada a taxa de administração dos irmãos Castro, o restante volta para os cofres do PT para as eleições do ano que vem. Simples assim!

  41. Luiz C.

    -

    28/08/2013 às 18:35

    Já que o negócio é importar, que tal se: Importássemos Juízes alemães e suíços; Deputados e Senadores dos EUA e Canadá; Prefeitos e Governadores do Japão, com alta propensão ao Haraquiri; Um Presidente da República ou Primeiro Ministro da Noruega; Dirigentes de Estatais da China???? Dirigentes Sindicais do… NA VERDADE, não precisamos de Sindicatos.

  42. paulo

    -

    28/08/2013 às 18:27

    Virão de Cuba mesmo, são profissionais baratos e dedicados, vamos começar a falar espanhol e resolvido o problema da educação.

  43. Fernando Pawwlow

    -

    28/08/2013 às 17:51

    Caro Setti, Mercadante já respondeu a esta pergunta há muito tempo:lembra quando ele sugeriu que cotistas fossem atendidos por monitores? Pois é,monitores seriam assim reserva de mão de obra.
    O sujeito tira uma nota melhorzinha,pega a monitoria de uma disciplina e atende a todos os alunos desta disciplina- não há monitor para cada turma.As turmas não param de aumentar,bem entendido.
    Assim raciocinam os que foram escolhidos para decidir no Brasil desta hora miserável, com esta matemática .
    Mas há ,também, chance de que “educadores ” petistas ,militantes de “movimentos sociais” sejam escalados para reforçar o plantel,e aposto mesmo em formados pelas “Universidades Fora do Eixo”somando esforços para o novo projeto governamental.
    Para um país que tem oposição incompetente e covarde ( e que sugere capitulação ao seu nome mais competente),nada mais coerente e merecido.
    Saudações do Pawwlow

  44. Luiz

    -

    28/08/2013 às 17:40

    O governo do PT descumpriu a Lei-Áurea.

  45. Michele da Matta

    -

    28/08/2013 às 17:39

    Parafraseando Bertold Brecht: Primeiro, eles achincalharam os médicos, mas eu não me importei. Eu não era médica. Agora, eles achincalharão os professores…

  46. Fabrício

    -

    28/08/2013 às 17:22

    Quando essa quadrilha que está nos (des)governando irá lançar o programa MAIS VERGONHA NA CARA, e pararem de desviar verbas públicas e o MENAS (eu sei que seria menos, mas da nossa PresidNTA, pode-se esperar de tudo) Corrupção. Só com esses dois programas o Brasil mudaria completamente, sem precisar trazer cumpanheiros de fora !

  47. Lucia

    -

    28/08/2013 às 17:21

    Senhor Mercadante: que tal o Brasil importar políticos COMPETENTES e HONESTOS?

  48. The Wall

    -

    28/08/2013 às 17:13

    O governo deveria, antes de “importar” professores, deve: (a) declarar vacância dos cargos de professores que, concursados, sejam “fantasmas”, incompetentes, ausentes para realizar infinitos doutorados ou vadios (que não trabalham), o que faria ir por terra a famosa estabilidade funcional; e, (b) realizar a ocupação, via concurso público, das vagas nas universidades federais, existentes e futuras, considerando essa primeira premissa. Isto para dar oportunidade de ingresso ao magistério superior aos inúmeros mestres e doutores, financiados com dinheiro público, relegados a concursos de cartas marcadas – e os editais comprovam o direcionamento.

  49. Isaias

    -

    28/08/2013 às 17:04

    Creio que a capacidade de o PT demonstra ter com sua ganância, arrogância, soberba, ambição de permanência no poder irá levá-lo à autodestruição, mesmo sem oposição.

  50. Bruno Sampaio

    -

    28/08/2013 às 16:22

    Que tal o programa Mais Politicos? TODOS viriam do japao e da Islandia, que tal? Nao precisa saber portugues, basta saber legislar e governar.
    Garanto que em 20 anos isso aqui era uma potencia mundial!

  51. M.Valvemark

    -

    28/08/2013 às 16:12

    Sou casado com uma professora que exerce o magistério a mais de 25 anos. E posso afirmar com conhecimento de causa. Não faltam professores no Brasil, o que acontece de fato é que muitos acabam abandonando ou trocando de profissão por falta de motivação e baixa remuneração. Será que os cubanos virão para ensinar de graça ??

  52. L C Lemos

    -

    28/08/2013 às 15:47

    E pôr os professores onde? ¿Hay escuelas?

  53. A.M.A

    -

    28/08/2013 às 14:48

    O sucesso do “Mais Médicos”:
    “MPT abre inquérito para analisar contratação de médicos cubanos” (oglobo.com)
    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/mpt-abre-inquerito-para-analisar-contratacao-de-medicos-cubanos-9726007
    ****
    Veja artigo de hoje no La Tercera (Chile):
    Epidemia de cólera em Cuba
    En medio de un brote de cólera declarado por autoridades sanitarias internacionales, se comenzó a implementar en la Isla recomendaciones señaladas en la Alerta Epidemiológica llevada a cabo en noviembre de 2012.
    http://www.latercera.com/noticia/nacional/2013/08/680-539929-9-chilenos-contagiados-por-colera-en-cuba-evolucionan-favorablemente-segun-la-oms.shtml
    E o nosso governo importa “médicos cubanos” de saúde básica!

  54. anselmo

    -

    28/08/2013 às 14:38

    Não é possível.
    Essa corja precisa acabar.
    URGENTE.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados