Blogs e Colunistas

sexta-feira, 28 de março de 2014

14:22 \ Congresso

Traição com assinatura

De onde vem a traição

De onde vem a traição

Com o jogo perdido no Senado, o governo agora mapeia de onde vêm as traições da base aliada no processo de coleta de assinaturas de CPI na Câmara. São sempre os mesmos: o Palácio do Planalto está mais do que preparado para PR e PMDB, lógico, embarcarem na onda da oposição e apoiarem a abertura da investigação à Petrobras.

De fato, essas são as duas bancadas de partidos da base que mais rubricaram o requerimento. Mas não só eles. Até agora, entre os aliados de Dilma Rousseff, além do PT, apenas PRB e PCdoB podem bater no Planalto e cobrar a conta da fidelidade por não terem nenhum deputado subscrevendo a CPI.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

19:38 \ Congresso

O jantar dos insatisfeitos

Pitaco sobre protestos

Insatisfação à mesa

Depois do avisos e queixas públicas, o PMDB da Câmara agora resolveu transformar em atitude a irritação com Dilma Rousseff. Henrique Eduardo Alves convidou os líderes dos partidos base mais insatisfeitos com o governo para um jantar com jeito de rebelião hoje à noite, provavelmente na casa do deputado Luiz Fernando faria, do PP mineiro.

Henrique Alves está cuidando pessoalmente da reunião, com apoio de Eduardo Cunha, naturalmente, e quer a presença de cabeças de PP, PDT, Pros, PR, PTB, PSC, partidos de aproximadamente 250 deputados. Se tudo der certo para os revoltosos, o jantar acabará no compromisso de que essas bancadas passariam a adotar uma postura mais independente, em outras palavras rebelde, em relação ao temas de interesse de Dilma.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Imagem de Arruda

Pensando na campanha

Pensando na campanha

José Roberto Arruda continua articulando para concorrer ao governo do Distrito Federal. Acertada a coligação (Leia mais em: Chapa quente), faltará passar pelo crivo da Justiça Eleitoral, com quem Arruda segue mais enrolado do que novelo de lã.

Mas nem a ameaça de cair na Lei da Ficha Limpa e ser forçado a sair do páreo o impede de pensar na campanha. Arruda tem conversado com gente próxima sobre o melhor formato de sua propaganda de televisão. O esboço de um roteiro, inclusive, já foi delineado.

A ideia é repetir a estratégia usada nas eleições a governador de 2006, para tentar minimizar o dano causado à sua imagem pelo escândalo da violação do painel de votação do Senado, ocorrido em 2001. Desgastado pelo episódio, Arruda renunciou à época.

Sabendo que, até numa disputa a síndico do seu prédio, os adversários vão massacrá-lo com a histórica gravação em que ele aparece recebendo dinheiro vivo, Arruda agora estuda se antecipar aos ataques.

Em seu primeiro programa de televisão, a primeira imagem a surgir no vídeo seria a fatídica cena da propina. Em seguida, Arruda diria que não considera a atitude certa e se desculpa, como fez em 2006, ao se dizer arrependido pelo violação do painel.

Não falta gente entorno de Arruda o aconselhando a não repetir o modelo, embora haja mais gente ainda dentro e fora do PR torcendo para que ele sequer consiga concorrer a síndico.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Magno Malta presidente

Magno Malta: projeto ousado

Magno Malta: projeto ousado

Magno Malta apresentará à cúpula do PR uma carta se colocando à disposição do partido para disputar a Presidência da República. Malta defenderá a força do projeto, ressaltando que terá apoio de boa parte das lideranças evangélicas do Brasil.

É uma ideia ousada, mas quase impossível de prosperar. Alguém imagina ver o PR entregando os cargos no governo Dilma Rousseff?

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Muito mais médicos

claudio lott

Vice de Padilha?

Tem gente graúda no PT querendo que Claudio Lottenberg, presidente do Hospital Albert Einstein e recém-filiado ao PR, seja candidato a vice na chapa de Alexandre Padilha. Lula, no entanto, ainda pende para o ruralista Maurílio Biagi, que tem resistido a entrar na política.

 

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

15:23 \ Brasil

Pesquisas diferentes

O trio favorito

O trio favorito

São diferentes as últimas pesquisas para o governo do Rio de Janeiro que PT, PMDB e PR têm em mãos. Aos números:

No levantamento do PMDB feito pelo Instituto Ideia, Marcelo Crivella lidera com 19%, seguido de Anthony Garotinho (18%), Lindbergh Farias (15%), Luiz Fernando Pezão (10%) e Cesar Maia (8%).

Na pesquisa petista, Garotinho e Crivella têm 23%, Lindbergh 18%, Cesar Maia 9% e Pezão 5%.

Já a pesquisa do PR do Instituto Ulrich coloca Garotinho no topo com 29%, seguido de Crivella (20%), Lindbergh (14%), Cesar Maia (8%) e Pezão (6%).

Por Lauro Jardim

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Arruda no páreo

Ganhando tempo

Arruda é do PR

Apesar de alguns protestos aqui e outros ali contra sua filiação (alguns ameaçando sair do partido), José Roberto Arruda já é um integrante do PR do Distrito Federal. Agora, falta decidir o cargo ao qual Arruda se candidatará.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 8 de outubro de 2013

17:55 \ Partidos

Entrega no PR

Deixando a cadeira

Deixando a cadeira

Antevendo o que lhe espera, o mensaleiro Valdemar Costa Neto entregou os pontos e o último posto partidário que ocupou. Costa Neto comunicou há pouco, durante a reunião da Executiva Nacional do PR, que está deixando a Secretaria-geral do partido. Assumirá a cadeira o senador Antonio Carlos Rodrigues, suplente de Marta Suplicy.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

14:36 \ Partidos

Contra Arruda

A caminho do PR

Magno Malta e Blairo Maggi prometem subir à tribuna do Senado logo mais para descer a borduna na filiação de José Roberto Arruda ao PR. Arruda, aliás, deve filiar-se amanhã.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 1 de outubro de 2013

14:31 \ Partidos

De volta às origens

Flertando com PR

O namoro de José Roberto Arruda com o PR sequer foi oficializado e já causou um efeito colateral: o partido rachou. Boa parte das bancadas de Minas Gerais e Rio de Janeiro não engole a filiação de Arruda.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Eu quero ir para a TV

Romário: entre o PR e o PRB

Romário, que estava com tudo certo para se filiar ao PR, voltou a balançar na última conversa que teve com o PRB (Leia mais em A novela Romário).

Romário chegou a colocar na mesa a possibilidade de ter um programa na Record, recurso usado por outros políticos do PRB como Wagner Montes e Celso Russomano. Marcelinho Carioca e Netinho de Paula já tentaram o mesmo no passado e também não conseguiram.

Programa na Record Romário não terá, mas uma nova rodada de conversas com o PRB começa hoje. Romário também vai encontrar Garotinho amanhã.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Constrangimento no PR

Peregrino: projeto lunático

Ex-candidato a governador no Rio de Janeiro pelo PR, Fernando Peregrino anda criando constrangimentos dentro do partido.

Peregrino quer ser o candidato a vice de Anthony Garotinho. Se não for possível, também topa disputar o Senado. Está difícil convencer Peregrino de que ele não tem apelo eleitoral para as duas vagas.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

17:29 \ Partidos

Garotinho e Romário

De olho no risco Marina

O PR continua em compasso de espera por Romário (Leia mais em: Só acaba quando termina). Anthony Garotinho já nem esconde qual a maior ameaça de perdê-lo.

Admite Garotinho:

- Ele continua dizendo que está tudo certo, que vai se filiar ao PR. Seria nosso candidato a prefeito do Rio de Janeiro em 2016. Mas o risco maior é se esse novo partido – a Rede, de Marina Silva – conseguir se viabilizar. Nesse caso, ele pode se filiar, sem correr o risco de ter o mandato questionado na Justiça.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

14:29 \ Partidos

Romário e o PR

De saída do PSB

Anunciada a saída de Romário do PSB, a turma do PR, provável destino do deputado, vem adotando cautela. Publicamente, ninguém dá como certa a migração. A cúpula do partido ainda teme uma mudança de rumo que leve Romário a optar por outra legenda.

Um figurão do PR na Câmara sintetiza:

- Está tudo ajustado para anunciarmos a filiação do Romário em trinta dias, no máximo. Mas a verdade é: se demorar mais, e enquanto ele não comunicar que vai para outro partido, vamos esperá-lo, o tempo que for necessário.

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 28 de junho de 2013

PR e Brizola

Brizola Neto: convite

O PR de Anthony Garotinho sondou Brizola Neto sobre a possibilidade de deixar o PDT, onde está em guerra com Carlos Lupi. Brizola Neto não se interessou.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 14 de maio de 2013

9:33 \ Futebol

Briga política

Vasco: eleição em 2014

Ex-PCdoB, Roberto Monteiro, até agora o principal candidato de oposição a Roberto Dinamite no Vasco, está em conversas para se filiar a PT, PDT ou PR de olho nas eleições de 2014.

Dinamite, como se sabe, vai tentar a reeleição pelo PMDB. E Eurico Miranda, que ainda pensa se tentará ser presidente do Vasco de novo, segue no PP.

Por Lauro Jardim
7:02 \ Congresso

Nomes aos porcos

No alvo da bancada

O clima no PR continua o pior possível. Hoje, a bancada vai se reunir daqui a pouco para tentar arrancar de Anthony Garotinho quem são os porcos e o que receberam durante as negociações da MP dos Portos (Leia mais em: Entre portos e porcos).

Garotinho segue repetindo que o projeto envolve os interesses mais escusos e chega nos calcanhares da cúpula do PMDB.

Vice-líder do PR, Bernardo Santana está no grupo de deputados do partido que ficaram vendidos com as declarações do correligionário. Critica Santana:

- O que houve foi, no mínimo, uma omissão. Como é que ele (Garotinho) diz saber tanta coisa e não compartilha com a bancada informações tão graves? Amanhã (hoje), isso será conversado.

O alvo do fogo amigo, Garotinho teima em não dar nomes aos porcos, e justifica-se:

- Não vou falar aqui (no plenário) e nem para você. Estou aguardando para falar na Corregedoria, que é onde tenho que falar.

Por Lauro Jardim
6:03 \ Congresso

Ideli e Garotinho

Ideli grata a Garotinho

Ideli Salvatti foi a grande responsável pelo não-afastamento de Anthony Garotinho da liderança do PR na semana passada.

Ao saber de um abaixo-assinado para tirá-lo do posto, Ideli ligou para Alfredo Nascimento e disse que a postura de Garotinho na votação da MP dos Portos foi amplamente governista.

Em poucas horas, Nascimento desarmou o complô contra Garotinho.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 24 de abril de 2013

16:33 \ Congresso

Obstáculos à vista

Nem perto da vitória

A eventual aprovação da MP dos Portos hoje na comissão formada para debater a proposta – o colegiado deverá se reunir daqui a pouco – não trará qualquer garantia de que a matéria passará pelo plenário, como sonham Dilma Rousseff e Gleisi Hoffmann.

Parlamentares do mais variados partidos – principalmente PMDB, PSD, PTB, PSB, PR – ainda não estão seguros de que o Palácio do Planalto vai honrar os compromissos feitos durante a negociação e temem que Dilma vete trechos considerados fundamentais no Legislativo.

Por isso, caso não sinta firmeza nas sinalizações do governo, o grupo se organizará para criar todos os tipos de problemas à tramitação da MP em plenário até o dia 16, quando a proposta perderá a validade.

Além da apresentação de outra montanha de destaques, os descontentes ameaçam não dar quorum nas sessões em que a MP estiver na pauta. Ou seja, não faltará trabalho a Eduardo Braga e pressões a Gleisi Hoffmann.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Garotinho paz e amor?

Cavendish, Wilson Carlos & Cia: Será que a foto estará na campanha de 2014?

Elsinho Mouco, o marqueteiro responsável pelos comerciais do PR neste semestre, sugeriu a Anthony Garotinho que não levasse para a TV as imagens dos secretários de Sérgio Cabral usando guardanapos na cabeça em uma festa com Fernando Cavendish.

Seria uma versão paz e amor de Garotinho em 2013 e 2014, ano das eleições para governador.

Garotinho, que batizou o grupo de gangue do guardanapo, ficou de pensar na ideia do estilo mais light.

A propósito, Elsinho é também marqueteiro do PMDB nacional, partido de Sérgio Cabral.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 28 de março de 2013

6:02 \ Congresso

PR na Esplanada

Esticando a corda

Se a vida já estava difícil para o PR, depois da divulgação das últimas pesquisas sobre a popularidade de Dilma Rousseff, o jogo deverá ficar ainda mais duro para Alfredo Nascimento e companhia reconquistarem espaço na Esplanada.

A cúpula do partido voltará a se reunir com Dilma na semana que vem para tratar da novela que virou a negociação de um nome, que agrade aos comandantes da sigla e, claro, ao governo. Cesar Borges é a bola da vez.

Se o PR voltar a torcer o nariz, a tendência é que acabe sem uma cadeira na segunda etapa da reforma ministerial. E tem mais, só Nascimento e seus amigos acham que o Ministério de Transporte está sendo guardado para eles.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 25 de março de 2013

PR rubro-negro

Lateral não se empolgou com a ideia

O PR iniciou conversas para filiar o lateral direito do Flamengo, Leo Moura, de olho nas próximas eleições a deputado estadual. A ideia acabou não vingando porque Leo ainda pretende ter mais dois anos de carreira.

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 22 de março de 2013

6:02 \ Governo

Afif dentro, PR fora

Reforma ministerial

Afif Domingos deve mesmo ficar com a cadeira do Ministério da Micro e Pequena empresa, quando a pasta sair do papel efetivamente, claro.

Dilma Rousseff tem dado todos os sinais de que não perderá a oportunidade de trazer para seu governo o vice-governador de Geraldo Alckmin. Apesar de Kassab, registre-se (Leia mais em: Do apetite ao senso de oportunidade).

Por outro lado, a cada dia diminuem as chances de o PR ser agraciado na segunda etapa da reforma. Hoje, as chances são mínimas. Por dois motivos: o partido não apresentou um quadro que agrade a Dilma e, na avaliação do Planalto, se considera uma moeda eleitoral mais forte do que realmente é.

Mas PR e PSD têm, sim, ao menos uma coisa em comum: nenhum governante confia no compromisso de lealdade de seus caciques, por mais espaço que lhes seja concedido.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 6 de março de 2013

Fora Pezão

Ação na Justiça

O PR de Anthony Garotinho vai entrar com uma ação na Justiça Eleitoral para suspender o programa de TV do PMDB que começou a ir ao ar a partir de ontem no Rio de Janeiro. As inserções foram focadas em Luiz Fernando Pezão, candidato de Sérgio Cabral à sua sucessão.

O filme, que apresentou o slogan Quem é Pezão?, foi considerado pelo PR como propaganda fora do período autorizado.

Na semana passada, o PR também colocou Garotinho como estrela do seu programa eleitoral.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

13:19 \ Partidos

Ambições do PR

Castro: pronto para servir ao país....ou melhor, ao PR

O PR bateu o martelo: quer o deputado Luciano de Castro como ministro dos Transportes. Isso é o que o partido quer, mas sabe que é uma parada difícil. No final das contas, poderá se contentar com uma diretoria da Valec.

Há um ano, a bancada do PR tentou emplacar Castro no mesmo ministério. Não passou pela goela de Dilma.

Por Lauro Jardim

sábado, 9 de fevereiro de 2013

9:29 \ Congresso

Base infiel

PR foi o partido mais infiel em 2012

Um levantamento inédito feito pela consultoria Arko avaliou o comportamento dos partidos no Congresso durante a primeira metade do mandato de Dilma Rousseff — e mostrou que o apoio ao governo na Câmara diminuiu no ano passado.

Em 2011, o governo foi derrotado em apenas uma votação; em 2012, perdeu em oito.

Entre os partidos da base, o mais infiel ao Palácio do Planalto na Câmara foi o PR. Apoiou somente 35% dos projetos do governo. O PMDB foi o sexto mais fiel entre os aliados. Ficou ao lado do governo metade das vezes.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

6:01 \ Governo

Um ministério por favor

Ele não desiste

Alfredo Nascimento terá uma nova oportunidade para tentar convencer Dilma Rousseff de que é o cara para assumir um ministério (Leia mais em: Homem de confiança).

Dilma abrirá as portas do Planalto para a cúpula do PR, provavelmente no dia 14. Blairo Maggi e Lincoln Portela acompanharão Nascimento e, óbvio, vão fazer coro para tentar recuperar o espaço perdido.

Como se sabe, ninguém considera Paulo Sérgio Passos, ministro dos Transportes, quadro do partido – nem o próprio governo.

Agora, se Portela e Maggi avalizam o nome do Nascimento – a segunda vítima a ser defenestrada na faxina de Dilma – para representar a legenda na Esplanada, mais uma vez, são outros quinhentos.

Mas caso Dilma esteja mesmo disposta a aceitar o PR de volta, faltará apenas concordar com o quadro proposto pela sigla e, claro, o partido não fazer beicinho se a pasta disponível não for a dos Transportes.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

18:11 \ Partidos

Valdemar ou eu

Ultimato

Concluído o julgamento do mensalão e batido o martelo sobre a perda de mandato dos condenados, Blairo Maggi está exigindo a saída imediata de Valdemar Costa Neto da secretaria-geral do PR para não arrumar as malas rumo a outra sigla. Diz Blairo:

- Se ele permanecer no comando, não há a menor possibilidade de eu continuar no PR.

E o flerte de Blairo com o PMDB segue mais forte do que nunca.

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

11:27 \ Congresso

O novo líder

Na liderança

Anthony Garotinho caminha para ser o líder do PR na Câmara a partir de janeiro.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

15:21 \ Brasil

Homem de confiança

Alfredo Nascimento: de olho no Transportes

Depois de capitanear as mais variadas pirraças do PR com o Palácio do Planalto, agora, Alfredo Nascimento tomou uma decisão: quer ser governo, de fato. Ontem, em reunião com Ideli Salvatti, afirmou sua intenção de voltar ao Ministério dos Transportes. Argumentou que não lhe falta capacidade e que está à disposição. Idelli deve ter tido dificuldade para segurar o riso.

Por Lauro Jardim
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados