Blogs e Colunistas

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

16:02 \ Congresso

160 000 assinaturas

100 000 não querem Renan

A Avaaz, entidade que organiza campanhas em todo o mundo pela internet, está mobilizando a rede contra a candidatura de Renan Calheiros à presidência do Senado. A campanha Ficha Limpa no Senado – Renan Não dias atrás e  já ultrapassou 100 000 assinaturas.

(Atualização, às 20h53:  O “não” a Renan acaba de superar a marca das 150 000 assinaturas)

(Atualização, às 22h17: o movimento “Renan não” alcançou agora 160 000 assinaturas)

(Atualização, às 6h52: neste início de manhã, o abaixo-assinado chegou a 180 000 indignados)

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

243 Comentários

  • celia regina peloja

    -

    8/2/2013 às 8:07

    Brasil. Terra dos coronéis. Nunca vai crescer com esses políticos.
    O povo aqui é só mero detalhe creio que até atrapalham os maiorais.
    Não podemos condenar somente o Renan mas sim a todos que nele votaram. São todos iguais. Vergonha….

  • AJSouza

    -

    5/2/2013 às 19:19

    Renan, Color, Sarney, país nenhum merece isso. Ah, tava esqucendo do Lula.

  • aryaguiar

    -

    4/2/2013 às 17:35

    SEM COMENTARIOS EU QUERIA QUE ESSE SALAFRO ACORDA- SE NA CHINA PARA ELE TER O CASTIGO QUE MERECE AQUI ELE E” APOIADO POR SARNEI – DIRCEU AL CAPONE (LULLA) QUE FAZER ????

  • Luciana

    -

    4/2/2013 às 2:49

    TEXTO DE TEREZA COLLOR
    Publicado por Mendonça Neto, Jornal Extra – Rio de Janeiro .

    Carta aberta ao Senador Renan Calheiros

    “Vida de gado. Povo marcado. Povo feliz”. As vacas de Renan dão cria 24 h, por dia. Haja capim e gente besta em Murici e em Alagoas!
    Uma qualidade eu admiro em você: o conhecimento da alma humana. Você sabe manipular as pessoas, as ambições, os pecados e as fraquezas.

    Do menino ingênuo que eu fui buscar em Murici para ser deputado estadual em 1978 – que acreditava na pureza necessária de uma política de oposição dentro da ditadura militar – você, Renan Calheiros, construiu uma trajetória de causar inveja a todos os homens de bem que se acovardam e não aprendem
    nunca a ousar como os bandidos.

    Você é um homem ousado. Compreendeu, num determinado momento, que a vitória não pertence aos homens de bem, desarmados desta fúria do desatino, que é vencer a qualquer preço. E resolveu armar-se. Fosse qual fosse o preço,
    Renan Calheiros nunca mais seria o filho do Olavo, a degladiar-se com os poderosos Omena, na Usina São Simeão, em desigualdade de forças e de dinheiros.

    Decidiu que não iria combatê-los de peito aberto, descobriria um atalho, um mil artifícios para vencê-los, e, quem sabe, um dia derrotaria todos eles, os emplumados almofadinhas que tinham empregados cujo serviço exclusivo era abanar, durante horas, um leque imenso sobre a mesa dos usineiros, para que os mosquitos de Murici (em Murici, até os mosquitos são vorazes) não
    mordessem a tez rósea de seus donos: Quem sabe, um dia, com a alavanca da política, não seria Renan Calheiros o dono único, coronel de porteira fechada, das terras e do engenho onde seu pai, humilde, costumava ir buscar o dinheiro da cana, para pagar a educação de seus filhos, e tirava o chapéu para os Omena, poderosos e perigosos.

    Renan sonhava ser um big shot, a qualquer preço. Vendeu a alma, como o Fausto de Goethe, e pediu fama e riqueza, em troca.

    Quando você e o então deputado Geraldo Bulhões, colegas de bancada de Fernando Collor, aproximaram-se dele e se aliaram, começou a ser Parido o novo Renan.

    Há quem diga que você é um analfabeto de raro polimento, um intuitivo. Que nunca leu nenhum autor de economia, sociologia ou direito.
    Os seus colegas de Universidade diziam isso. Longe de ser um demérito, essa sua espessa ignorância literária faz sobressair, ainda mais, o seu talento
    De vencedor.
    Creio que foi a casa pobre, numa rua descalça de Murici, que forneceu a você o combustível do ódio à pobreza e o ser pobre. E Renan Calheiros decidiu que, se a sua política não serviria ao povo em nada, a ele próprio serviria em tudo. Haveria de ser recebido em Palacios, em mansões de milionários, em Congressos estrangeiros, como um príncipe, e quando chegasse a esse ponto,
    todos os seus traumas banhados no rio Mundaú, seriam rebatizados em Fausto e opulência; “Lá terei a mulher que quero, na cama que escolherei. Serei amigo
    do Rei.”

    Machado de Assis, por ingênuo, disse na boca de um dos seus personagens: “A alma terá, como a terra, uma túnica incorruptível.” Mais adiante, porém, diante da inexorabilidade do destino do desonesto, ele advertia: “Suje-se,
    gordo! Quer sujar-se? Suje-se, gordo!”

    Renan Calheiros, em 1986, foi eleito deputado federal pela segunda vez. Nesse mandato, nascia o Renan globalizado, gerente de resultados, ambição à larga, enterrando, pouco a pouco, todos os escrúpulos da consciência. No seu caso, nada sobrou do naufrágio das ilusões de moço!
    Nem a vergonha na cara. O usineiro João Lyra patrocinou essa sua campanha com US1.000.000. O dinheiro era entregue, em parcelas, ao seu motorista Milton, enquanto você esperava, bebericando, no antigo Hotel Luxor, av. Assis Chateaubriand, hoje Tribunal do Trabalho.

    E fez uma campanha rica e impressionante, porque entre seus eleitores havia pobres universitários comunistas e usineiros deslumbrados, a segui-lo nas estradas poeirentas das Alagoas, extasiados com a sua intrepidez em ganhar a qualquer preço. O destemor do alpinista, que ou chega ao topo da montanha -
    e é tudo seu, montanha e glória – ou morre. Ou como o jogador de pôquer, que blefa e não treme, que blefa rindo, e cujos olhos indecifráveis Intimidam o adversário. E joga tudo. E vence. No blefe.

    Você, Renan não tem alma, só apetites, dizem. E quem, na política
    brasileira, a tem? Quem, neste Planalto, centro das grandes picaretagens nacionais, atende no seu comportamento a razões e objetivos de interesse público? ACM, que, na iminência de ser cassado, escorregou pela porta da renúncia e foi reeleito como o grande coronel de uma Bahia paradoxal, que exibe talentos com a mesma sem-cerimônia com que cultiva corruptos? José
    Sarney, que tomou carona com Carlos Lacerda, com Juscelino, e, agora, depois de ter apanhado uma tunda de você, virou seu pai-velho, passando-lhe a alquimia de 50 anos de malandragem?

    Quem tem autoridade moral para lhe cobrar coerência de princípios? O presidente Lula, que deu o golpe do operário, no dizer de Brizola, e hoje ospeda no seu Ministério um office boy do próprio Brizola?
    Que taxou os aposentados, que não o eram, nem no Governo de Collor, e dobrou o Supremo Tribunal Federal?
    No velho dizer dos canalhas, todos fazem isso, mentem, roubam, traem. Assim, senador, você é apenas o mais esperto de todos, que, mesmo com fatos gritantes de improbidade, de desvio de conduta pública e privada, tem a quase unanimidade deste Senado de Quasímodos morais para blinda-lo.

    E um moço de aparência simplória, com um nome de pé de serra – Siba – é o camareiro de seu salvo-conduto para a impunidade, e fará de tudo para que a sua bandeira – absolver Renan no Conselho de Ética – consagre a sua carreira.
    Não sei se este Siba é prefixo de sibarita, mas, como seu advogado in pectore, vida de rico ele terá garantida. Cabra bom de tarefa, olhem o jeito sestroso com que ele defende o chefe… É mais realista que o Rei. E do outro lado, o xerife da ditadura militar, que, desde logo, previne: quero absolver Renan.

    Que Corregedor!… Que Senado!…Vou reproduzir aqui o que você declarou possuir de bens em 2002 ao TRE. Confira, tem a sua assinatura:

    1) Casa em Brasília, Lago Sul, R$ 800 mil,
    2) Apartamento no edifício Tartana, Ponta Verde, R$ 700 mil,
    3) Apartamento no Flat Alvorada, DF, de R$ 100 mil,
    4) Casa na Barra de S Miguel de R$ 350 mil ..

    E SÒ.

    Você não declarou nenhuma fazenda, nem uma cabeça de gado!!
    Sem levar em conta que seu apartamento no Edifício Tartana vale, na realidade, mais de R$1 milhão, e sua casa na Barra de São Miguel, comprada de um comerciante farmacêutico, vale mais de R$ 2.000.000.Só aí, Renan, você DECLARA POSSUIR UM PATRIMONIO DE CERCA DE R$ 5.000.000.

    Se você, em 24 anos de mandato, ganhou BRUTOS, R$ 2 milhoes, como comprou o resto? E as fazendas, e as rádios, tudo em nome de laranjas? Que herança moral você deixa para seus descendentes?.

    Você vai entrar na história de Alagoas como um político desonesto, sem escrúpulos e que trai até a família. Tem certeza de que vale a pena? Uma vez, há poucos anos, perguntei a você como estava o maior latifundiário de Murici. E você respondeu: “Não tenho uma só tarefa de terra. A vocação de agricultor da família é o Olavinho.” É verdade, especialmente no verde das mesas de pôquer!

    O Brasil inteiro, em sua maioria, pede a sua cassação. Dificilmente você será condenado. Em Brasília, são quase todos cúmplices.
    Mas olhe no rosto das pessoas na rua, leia direito o que elas pensam, sinta o desprezo que os alagoanos de bem sentem por você e seu comportamento desonesto e mentiroso. Hoje perguntado, o povo fecharia o Congresso. Por causa de gente como você!

    Por favor, divulguem pro Brasil inteiro pra ver se o congresso cria vergonha na cara. Os alagoanos agradecem.

    Thereza Collor
    Enviado via iPad

  • João Francisco dos Santos Filho

    -

    3/2/2013 às 2:08

    Sei que como milhões de brasileiros também me sinto indignado com esta manobra vergonhosa dos senadores eleitos pelo povo. Escolhendo um nome que tem manchado já aquela casa com fortes suspeitas de corrupção, e o como prêmio recebe a presidência. Até quando…

  • carlos marau

    -

    2/2/2013 às 16:33

    essa nossa politica e nojenta ! e de fazer urubu vomitar !!!

    me envergonho de ser brasileiro numa hora dessas…

  • Fernanda

    -

    2/2/2013 às 8:58

    deveria é se sentir envergonhado o sujeito que vota num crápula desse

  • Vladimir Patrício

    -

    2/2/2013 às 7:41

    O Senado se tornou uma casa impopular, uma ilha de poder avessa à vontade do povo. A eleição de Renan Calheiros (ou Canalheiros)vem confirmar isso. Elegeram uma raposa para tomar conta do galinheiro. Que Deus nos proteja!

  • William

    -

    1/2/2013 às 23:25

    Renan Calheiros e senadores VERGONHA VERGONHA VERGONHA.
    Até quando vamos conviver com este tipo de coisa, onde homens sem nenhum caráter assumem posições tão importantes em nosso pais e ainda falam sobre ética, VERGONHA VERGONHA VERGONHA.
    Não podemos deixar que estas coisas continuem, não podemos deixar que o Brasil continue sendo um pais da impunidade. Santa Maria esta gemendo por causa de homens como este tal RENAN CALHEIROS

  • Elma Diner

    -

    1/2/2013 às 17:56

    Gente, como nós podemos intervir nessa palhaçada???? Digo, será que não podemos fazer nada para depô-lo????? como podemos fazer isso???

  • João Marcelino dos Santos Franco

    -

    1/2/2013 às 13:43

    Sabemos que encontrar pessoas honestas na política é como buscar agulha em palheiro, muito poucos, mas existem e com certeza esses poucos estariam assinando “não” para o Renan, só que para os outros o Renan é um prato cheio e lógico estaria dentro dos mesmos ideais…

  • Jaime Gonçalves Soares

    -

    1/2/2013 às 12:09

    Não aceitamos Rena no Senado.

  • Donizete Antonio Tabarro

    -

    1/2/2013 às 11:42

    Basta de corporativismo nesse Pais

  • MARIA EUGENIA

    -

    1/2/2013 às 11:33

    NÃO!!!!!! NÃO!!!!!!NÃO MESMO!!A GENTE NÃO MERECE.

  • JA SEC

    -

    31/1/2013 às 22:55

    Foi ótimo votar NÃO …votem dá um alívio na alma, saber que mais de 275.000 pessoas pensam como eu e como a maioria dos brasileiros honestos.

  • João Sérgio

    -

    31/1/2013 às 22:41

    Rena

  • Pedro Silva

    -

    31/1/2013 às 22:27

    Não consigo entender como somos considerados sexta economia do mundo com as atitudes com esta. Cadê a lei para ser aplicada? É só para alguns? Será que temos que repetir o inicio da demo
    crascia quando os caras pintadas tomaram conta das ruas para protestar? Vamos lá povo, vamos exigir o cumprimento DA FICHA LIMPA.

  • Karla Giardino

    -

    31/1/2013 às 22:05

    BASTA!!! MAIS UM AFRONTO CONTRA A POPULAÇÃO BRASILEIRA !!!! NÃO ACEITAMOS RENAN NO SENADO , QTO MAIS PRESIDENTE !!! SENADORES , RESPEITEM A VONTADE DA POPULAÇÃO , DIGAM NÃO AO RENAN !!!

  • Marlene

    -

    31/1/2013 às 21:55

    O povo brasileiro precisa seguir os exemplos dos povos que sai as ruas em protestos contra. “políticos como Renan, que vivem as custas de cidadões trabalhadores, honestos., que já estão cansados de sustentar esta corja.

  • paula fernandes

    -

    31/1/2013 às 18:55

    povinho sempre besta… ou vamos continuar besta nessa mesmice de sempre, acorda povaum ..de vez em quando vamos se unir e ficarmos inteligente… a culpa e sempre nossa, acordem… ficha limpa

  • Abadu Nasse

    -

    31/1/2013 às 18:32

    Meu Deus nós livra do Renan Calheiros,o povo brasileiro não merece,rogo a ti meu pai nós livre do Renan.

  • MARIA LUCIA

    -

    31/1/2013 às 18:11

    Espero que a “Tolerância ZERO” alcance todo tipo de caso de CORRUPCÃO POLÍTICA, basta de IMPUNIDADE, do “jeitinho”, de “negligência” em observar a Ética e a Legalidade. De uma forma de outra, nós sofremos as consequências das escolhas e decisões erradas! Ja fiz minha adesão à Campanha, chega de “passividade”!

  • gualter oliveira

    -

    31/1/2013 às 18:10

    Parece piada essa “indicação” do sr Renam p\ presidente da casa. Infelizmente, tudo no nosso país gira em torno de safadeza e pouca vergonha.

  • Otávio Silva Lima

    -

    31/1/2013 às 17:20

    Acessem http://www.avaaz.org/po
    Temos 250.700 asinaturas. Vamos chegar a 1.000,000????

  • Simone

    -

    31/1/2013 às 17:16

    250.304 e continua….

  • charles garcia

    -

    31/1/2013 às 16:59

    Piada,nariz de palhaco para todos nos brasileiros

  • charles garcia

    -

    31/1/2013 às 16:57

    E a LEI

  • charles garcia

    -

    31/1/2013 às 16:53

    piada, na verdade piada e a lei.esta lei irreponsavel que apoia estes tipos de pilantra na politica brasileira.temos que nos unir para combater este tipo de lei.que so favorece estes bandidos.tipo este tipinho DR>RENAN CALHEIROS/SENADOR DA REPUBLICA.

  • Christian Gama

    -

    31/1/2013 às 16:36

    Caros colegas,
    Não consigo acessar o site, pois deve está congestionado e tanta assinatura contra esse mal caráter, devemos nos manifestar sempre, pois só desta forma é que vamos mudar a sociedade que não aguenta mais tanta corrupção no Poder Legislativo e executivo.

  • Verli Zanlorenzi

    -

    31/1/2013 às 16:08

    Um dos milhares de corruptos encastelados no governo, apoiado pelos chefes da corrupção no País. O P.T.

  • maria

    -

    31/1/2013 às 16:07

    COMENTEI, MAS NÃO SEI COMO ASSINAR.
    PODEM AJUDAR?
    luz_estelar_2012@HOTMAIL.COM

  • Regina Bittencourt

    -

    31/1/2013 às 16:00

    Tenho vergonha! Lamento muito que alguns patrícios ignorates tenham votado nele, o que possibilitou o seu retorno, mas que seja conduzido à presidência do Senado parece deboche ao cidadão que luta no dia a dia para sobreviver e sonha com um Brasil melhor!

  • sebastiao dos santos

    -

    31/1/2013 às 15:45

    A vontade que me da é soltar misseis nesse senado, por cauda da tamanha vergonha, que representa para o povo brasileiro

  • clesio afonso

    -

    31/1/2013 às 15:14

    eu nao concordo com este movimento o presidente do senado tem q ser o renam.para tomar daqueles picaretas tem q ser um bandido como e o renam e como o atual presidente sarney.ainda em tempo temos pessoas boas la:ssimom,aecio;taques,jarbas,aloisio,mario souto,cristovam.interessante nao nenhum do pt.

  • VInicius Tatsuo Iha

    -

    31/1/2013 às 15:06

    Renan Não!!

  • Almir Reis

    -

    31/1/2013 às 14:55

    Não podemos aceitar este nome para presidir o Senado Federal. Mobilizemo-nos!

  • Marcos

    -

    31/1/2013 às 13:59

    ENQUANTO ISSO, O LULA ESTA NEGOCIANDO O SEU ASILO EM CUBA COM O FIDEL CASTRO…..ELE SABE QUE COM ESSA , ELE NAO ESCAPA

  • celestino

    -

    31/1/2013 às 13:41

    vamos passar este senado a limpo, xo corrupçao

  • joa

    -

    31/1/2013 às 13:40

    Renan não, por favor!

  • celestino

    -

    31/1/2013 às 13:37

    eu assino

  • Raimundo Perez

    -

    31/1/2013 às 13:26

    Lamentável – Já não há mais espaço para políticos espúria como esse Renan Calheiros PMDB-AL. Qual o site em que possa assinar para aderir essa campanha contra essa ‘coisa’.

  • joao luiz de castro

    -

    31/1/2013 às 13:09

    eh uma tremenda vergonha a atitude que a maioria dos politicos tem. Eh uma brutal falta de respeito para co o povo brasileiro. Tenho muita esperanca de que um dia ninguem sera obrigado a votar. Um dia nenhum senador se apresentara como candidato 100 que o povo saiba quem sera ou quem eh o seu substituo. Finalizo dizendo que eu no lugar de ranan calheiros, teria vergonha de aparecer em publico, menos ainda como candidato a presidente do senado.
    joao luiz-mozambique

  • nivea

    -

    31/1/2013 às 12:17

    quero assinar 1.000 vezes, posso????

  • Maria

    -

    31/1/2013 às 11:54

    Nós não merecemos isto gente.
    Se este homem voltar, ele vai zombar de nós.
    Nós somos patrôes deste pessoal.
    Ele não pode voltar pelo amor de Deus.
    Nós temos o poder de acabar com isto.
    Tudo é possível em política mas neste caso não pode ser possível.

  • Mario Gomes

    -

    31/1/2013 às 11:53

    Quero assinar também. Qual é o site para assinar? Fora vermes!

  • Luis Felipe Barroso

    -

    31/1/2013 às 11:37

    Digite o nome da Entidade organizadora no Google

  • armi

    -

    31/1/2013 às 11:32

    Onde assino?

  • Markito-PI

    -

    31/1/2013 às 10:09

    Pouco importam estas campanhas, já que o jagunço alagoano conquistou UM apoio que conta: Eduardo Suplicy, que saiu de seu asilo de dementes só para manifestar este apoio.

  • Mauricio Silva Junior

    -

    31/1/2013 às 9:22

    chega de ladrões e corruptos no Governo e no Congresso , o que todos nós deveriamos fazer era invadir o Palácio do Planalto e Congresso Nacional e expulsar todo este bando de vagabundos , que só sabe roubar o Povo , precisamos promover uma revolução com a Libia ; o Egito e a Siria , chega desta pouca vergonha .

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados