Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Postura de Regina Duarte teve repercussão negativa no Twitter

Ao defender a ditadura e minimizar a tortura, a ex-namoradinha do Brasil se colocou em um cenário de opiniões desfavoráveis, segundo levantamento exclusivo

Por André Lopes Atualizado em 10 Maio 2020, 00h45 - Publicado em 8 Maio 2020, 18h05

Em entrevista dada por Regina Duarte na quinta-feira, 8, ao canal CNN Brasil, a frente da Secretaria Nacional da Cultura, a atriz e fiel partidária de Jair Bolsonaro se mostrou omissa ao defender a própria classe em tempos de crise, defendeu a Ditadura Militar, minimizou a tortura e mortes, e reagiu de forma desproporcional a um vídeo de Maitê Proença.

Para aferir a repercussão da fala de Regina, Veja pediu à Sprinklr, que detém uma plataforma de gestão de canais digitais, para contabilizar os posts feitos das 18h30 de quinta-feira, pouco depois do fim da entrevista, até as 14h de hoje.

No levantamento, foi constatado que a postura da secretária não agradou. No total, foram 447 mil menções citando o caso. No chamado “alcance”, a medida que afere quantas vezes os perfis no Twitter tiveram contato com posts sobre a entrevista, obteve-se o número de 3,8 bilhões.

O teor do conteúdo foi tido como de quase consenso: 92,6% dos tuítes tratavam o tema de forma negativa, principalmente em relação a defesa da ditadura feita pela atriz. Três hashtags que estiveram no topo dos assuntos mais comentados mencionavam o tópico. Eram elas: #reginafascista #ditaduranuncamais #reginaduartevergonhanacional.

 

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)