Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Pandemia atingiu “platô” no Brasil, afirma OMS

"Existe uma oportunidade agora para o Brasil empurrar a doença para baixo”, diz diretor

Por Da Redação Atualizado em 5 mar 2021, 09h34 - Publicado em 17 jul 2020, 14h49

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta sexta-feira, 17, que a pandemia no Brasil de Covid-19 atingiu o “platô”, ou seja, quando os novos casos chegam a um patamar estável. “O vírus não está dobrando na comunidade como acontecia anteriormente, então o aumento não é exponencial”, disse o chefe do setor de emergências da OMS, Michael Ryan. “Existe uma oportunidade agora para o Brasil empurrar a doença para baixo.” Ainda assim, ele alertou que “não há absolutamente nenhuma garantia” de que os novos casos diminuirão por si só.

ASSINE VEJA

Leia nesta edição: Como a pandemia ampliou o abismo entre ricos e pobres no Brasil. E mais: entrevista exclusiva com Pazuello, ministro interino da Saúde
Crise da desigualdade social: a busca pelo equilíbrio Leia nesta edição: Como a pandemia ampliou o abismo entre ricos e pobres no Brasil. E mais: entrevista exclusiva com Pazuello, ministro interino da Saúde
Clique e Assine

No mesmo anúncio, Ryan também relembrou que o número de profissionais de saúde vítimas da Covid-19 chega a 10% no país e no mundo, destacando o sacrifício feito por essas pessoas na linha de frente do combate.

Na quinta-feira, 16, o Brasil ultrapassou oficialmente a marca de 2 milhões de casos por coronavírus. Com 45.403 infectados nas últimas 24 horas, o total de doentes chegou a 2.012.151. No mesmo período. No mesmo período, foram registradas 1.322 novas mortes, totalizando 76.688 vítimas fatais de Covid-19.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade