Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vinte e seis estados brasileiros e DF começam vacinação contra a Covid-19

Confira quais unidades da federação começaram a imunizar sua população contra a doença e quantas doses foram aplicadas

Por Giulia Vidale, Alexandre Senechal Atualizado em 22 fev 2021, 10h07 - Publicado em 18 jan 2021, 17h31

Na segunda-feira 18, Amazonas, Goiás, Santa Catarina, Piauí, Pernambuco, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Tocantins, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Ceará começaram a vacinação do Covid-19, juntando-se a São Paulo, que deu início à aplicação no domingo, 17, logo após a liberação de uso emergencial pela Anvisa. Já nesta terça-feira, 19, foi a vez da Paraíba, Sergipe, Bahia, Alagoas, Pará, Roraima, Rondônia, Rio Grande do Norte, Amapá, Acre e o Distrito Federal iniciarem a imunização contra a doença.

Dessa forma, todos estados brasileiros e o DF já começaram a imunizar sua população com a CoronaVac, vacina distribuída pelo Instituto Butantan e produzida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

O estado de Goiás foi o segundo a começar a vacinação contra a doença no país. Minutos depois, os estados de Santa Catarina e Piauí também iniciaram suas campanhas de vacinação. Em seguida, Rio de Janeiro e Ceará. O Rio Grande do Sul deu início às 21h30 a campanha de imunização no estado.

Goiás

A primeira pessoa a ser imunizada no estado é Maria Conceição da Silva, de 73 anos. A injeção foi aplicada pelo governador Ronaldo Caiado, que também é médico, na cidade de Anápolis.

Maria Conceição da Silva tem seis filhos e trabalhou como doméstica e como gari. Ficou cega de um olho, é hipertensa e hoje reside no Abrigo dos Velhos Professor Nicéphoro Pereira da Silva, em Anápolis.

O evento foi realizado na Unidade Básica de Saúde do Jardim Leblon, em Anápolis, às 17 horas. O local foi escolhido pelo governo para marcar o início da vacinação no estado como forma de retribuir o gesto solidário da população e da prefeitura, que recepcionaram os brasileiros que estavam em Wuhan, ano passado, no início da pandemia.

Segundo planejamento do governo federal, Goiás receberá 87.172 doses do imunizante, o que equivale a 7% do total. Nesta primeira etapa as doses serão divididas da seguinte forma: pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (8.828); pessoas com deficiência institucionalizadas (475); população indígena vivendo em terras indígenas (320); e trabalhadores de saúde (77.549).

Amazonas

A enfermeira indígena Vanda Ortega foi a primeira pessoa a receber uma dose de CoronaVac no Amazonas.

Santa Catarina

O enfermeiro Júlio César Vasconcellos de Azevedo foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Santa Catarina. Ele recebeu a primeira dose às 17h35 desta segunda-feira, 18, no Instituto de Cardiologia em São José, na Grande Florianópolis.

Piauí

O médico obstetra Joaquim Vaz Parente, de 75 anos, foi a primeira pessoa a ser imunizada no Piauí. Ele atua há 45 anos na da Maternidade Dona Evangelina Rosa, já realizou em torno de 20.000 partos e fez o terceiro parto da história da maternidade.

Outros cinco profissionais de saúde, que trabalham unidades hospitalares que compõem a rede estadual, também foram vacinados durante a cerimônia. O Piauí recebeu do Ministério da Saúde 61.160 doses da CoronaVac. Serão 28.651 mil doses para profissionais da saúde, 10 para pessoas com deficiência institucionalizadas, 460 doses para pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas e 21 para indígenas vivendo em terras demarcadas. O quantitativo engloba tanto a primeira e a segunda dose da vacina para os grupos previstos na primeira fase de vacinação do estado do Piauí.

Pernambuco

Uma técnica em enfermagem de 52 anos foi a primeira pessoa a ser vacinada no estado. Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos recebeu a dose de CoronaVac em um evento realizado no auditório Jaime Scherb, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Pernambuco, no centro de Recife.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro vacinou duas mulheres nesta segunda-feira, 18, a técnica de enfermagem Dulcinéia da Silva Lopes, de 59 anos, do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, e a idosa Terezinha da Conceição, de 80 anos. Ambas receberam a CoronaVac no Cristo Redentor.

Minas Gerais

Em uma cerimônia simbólica no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a técnica em enfermagem Maria do Bonsucesso Pereira, de 57 anos, recebeu a primeira dose da CoronaVac.

Rio Grande do Sul

Cinco pessoas foram vacinadas ao mesmo tempo no fim da noite desta segunda-feira, 18, no Hospital das Clínicas de Porto Alegre.

Paraná

Vacinação no estado começou com a enfermeira Lucimar Josiane de Oliveira, de 44 anos, no Hospital do Trabalhador, em Curitiba.

Espírito Santo

A técnica de enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada no estado. A aplicação ocorreu durante cerimônia no Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves, na Serra, onde ela trabalha.

Ceará

O Ceará imunizou seis pessoas no Hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira, 18. A primeira a receber a vacina no estado foi a técnica de enfermagem Maria Silvana Souza Reis, de 51 anos. Ela foi imunizada por volta das 19h20. Segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, mais cinco pessoas serão vacinadas ainda hoje no Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Continua após a publicidade

Mato Grosso do Sul

Domingas da Silva, uma indígena de 91 anos da etnia Terena, que reside na aldeia Tereré, foi a primeira pessoa a receber a primeira dose da vacina no estado, no início desta noite, no Hospital Regional de Campo Grande.

Mato Grosso

Luiza Batista de Almeida Silva, técnica de enfermagem do Hospital Metropolitano, localizado em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá,  de 43 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada no estado.

Maranhão

Cinco pessoas receberam a primeira dose da CoronaVac. A primeira foi a técnica de enfermagem Egle Maia Sousa, do Hospital Dr. Carlos Macieira.

Tocantins

Uma enfermeira de 52 anos foi a primeira pessoa a ser vacinada no estado. Edileuza Ferreira dos Santos trabalha na linha de frente do combate à Covid-19 no Hospital Regional de Gurupi.

São Paulo

Até o fim do primeiro dia de campanha, domingo, 17, 112 profissionais de saúde foram vacinados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo. Nesta segunda-feira, 18, a vacinação continuou no local e teve início em duas unidades do interior do estado: o Hospital das Clínicas de Campinas (Unicamp) e o Hospital das Clínicas de Botucatu (Unesp), totalizando mais de 1.000 profissionais de saúde vacinados no estado.

Paraíba

A primeira pessoa vacinada no estado foi a enfermeira Marineide Rodrigues Gouveia Ferreira, de 60 anos. Ela atua na área há 17 anos e trabalha há dez meses na linha de frente da doença, no Hospital Clementigo Fraga. O evento contou com a presença do governador do estado, João Azevêdo.

Sergipe

A primeira dose foi aplicada oficialmente nesta terça-feira, 19, na enfermeira Sônia Damásio que trabalha no Hospital de Urgência João Alves Filho, em Aracaju. Logo depois dela, outros nove profissionais de saúde foram imunizados.

Bahia

A enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, foi a primeira a ser imunizada contra a Covid-19 no estado. Ela atua na linha de frente da pandemia e trabalha no Hospital Couto Maia, em Salvador.

Distrito Federal

A enfermeira Lídia Rodrigues, de 31 anos, foi a primeira vacinada. Ela trabalha no Hospital Regional da Asa Norte (Hran).

Alagoas

A assistente social Marta Antônia de Lima, 50 anos, foi a primeira a ser imunizada no estado. A aplicação da dose da CoronaVac aconteceu em cerimônia em Maceió.

Pará

Outro estado que começou a vacinação nesta terça foi o Pará. A enfermeira Shirley Cuimar Cruz Maia, 39 anos, foi a primeira a receber a dose, em Belém. Logo depois, foi a vez da técnica de enfermagem Marielza da Silva Monteiro, 57 anos, ser imunizada com a CoronaVac. Elas atuam na linha de frente no combate à pandemia, no Hospital de Campanha de Belém.

Roraima

A primeira a ser vacinada contra a doença em Roraima foi uma mulher indígena de 45 anos. Iolanda Pereira da Silva trabalha como parteira e é pajé e curandeira. Ela recebeu o imunizante em Boa Vista. Na sequência, a técnica de enfermagem Gilda Aparecida de Oliveira Silva, de 54 anos, e o idoso José Ribeiro Pereira da Silva, 82, também receberam a dose da CoronaVac.

Rondônia

O estado foi o último entre os 26 a receber as doses da CoronaVac e, logo após a chegada, o governo deu início à imunização. Receberam o medicamento dois profissionais de saúde e um indígena, ainda na Base Aérea em Porto Velho.

Rio Grande do Norte

A técnica de enfermagem Maria das Graças Pereira de Oliveira, de 57 anos, foi a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19.

Amapá

Após receber o primeiro lote com as vacinas durante a madrugada, o estado iniciou sua campanha de imunização no fim da manhã desta terça.

Acre

Uma técnica de enfermagem e duas enfermeiras, sendo uma indígena, além de um idoso que reside em um asilo foram os escolhidos pelo governo do estado para receberem as primeiras doses do fármaco produzido pelo Butantan.

Nesta segunda-feira, 18, o Brasil registrou médias móveis de 54.308,31 novos casos e 959,9 mortes pela Covid-19.

Veja na tabela abaixo o cenário da vacinação no Brasil. Os dados foram atualizados até às 20h desta segunda-feira, 18.

Continua após a publicidade
Publicidade