Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coronavírus: feriado faz isolamento em SP subir para 51%

No estado, 49% da população cumpriu o distanciamento social, taxas são superiores às medidas na terça-feira, 19

Por Da Redação - Atualizado em 21 maio 2020, 12h58 - Publicado em 21 maio 2020, 12h52

O governador do estado de São Paulo, João Doria, afirmou nesta quinta-feira, 21, que os índices de isolamento em São Paulo melhoraram. Na terça-feira, 19, houve 48% de isolamento no estado e na capital a taxa chegou a 49%. Já no primeiro dia do feriadão, a quarta-feira, 20, a quarentena foi cumprida por 49% dos paulistas e na capital ocorreu a média de 51%.

O movimento nas rodovias também caiu, foi visto um número de veículos 35% inferior ao aferido normalmente em sextas-feiras ou vésperas de feriado. Doria chamou o resultado de “boa notícia”.

ASSINE VEJA

Covid-19: Amarga realidade As cenas de terror nos hospitais públicos brasileiros e as saídas possíveis para mitigar a crise. Leia nesta edição.
Clique e Assine

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) deve decidir ainda hoje se a próxima segunda-feira (25) também será feriado em todo o território paulista, como forma de adiantamento da celebração de 9 de julho.

Casos e óbitos

Em 24 horas, São Paulo registrou 4.080 novos casos, o segundo maior índice da série histórica da pandemia. Os óbitos notificados desde ontem chegam a 195, dentro da média das últimas semanas. A ocupação de leitos em todo o estado é de 73%. Na Grande São Paulo, essa taxa sobe para 89,6%. Atualmente, há 4.224 pessoas internadas em UTIs paulistas, outras 6.467 recebem os cuidados em enfermarias — este número refere-se a pacientes com diagnóstico de Covid-19 e casos suspeitos.

Publicidade