Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Coronavírus: Brasil tem recorde no registro de novos casos: 19.951 em 24h

Número de notificações de óbitos no mesmo período é o segundo maior da série histórica: 888; Total é de 291.579 diagnósticos positivos e 18.859 mortes

Por Da Redação
Atualizado em 20 Maio 2020, 20h04 - Publicado em 20 Maio 2020, 19h17

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 20, a atualização do número de casos oficiais de pessoas diagnosticadas com coronavírus e de óbitos causados pela doença no país. Foram confirmados 291.579 casos, um aumento de 19.951 novos diagnósticos em 24 horas, o recorde da série histórica. O número de óbitos registrados nas últimas 24 horas foi de 888, o total de mortes em decorrência da Covid-19 no país é de 18.859.

São Paulo continua sendo o estado com o maior número de casos oficiais. São 69.859 casos, 5.363 mortes. O Ceará vem em seguida, com 30.560 casos e 1.900 óbitos.

Estão em acompanhamento 156.037 (53,5%) pessoas e 3.483 óbitos continuam sob investigação. O número de recuperados chegou a 116.683 (40%).

LEIA TAMBÉM

Como é o tratamento do novo coronavírus, dos cuidados em casa à UTI

Cloroquina

Em relação ao documento publicad  nesta quarta-feira, 20, que dá orientações acerca do uso da cloroquina e da hidroxicloroquina por pacientes com quadros leves e moderados da doença, o Ministério da Saúde informou que diversos técnicos da pasta participaram da decisão e que ela foi pactuada com conselhos de secretarios municipais e estaduais de Saúde. A motivação da publicação da nota, disse a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, é a necessidade de uma resposta à população. “Há um clamor da sociedade que chega ao Ministério da Saúde”, disse. A decisão, segundo o entendimento da secretária, é promover a possibilidade de que usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) tenham acesso ao medicamento — uma vez que na rede privada o uso já estaria liberado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

De acordo com a pasta, 2,9 milhões de unidades do fármaco para o uso de Covid-19 foram distribuídas pelo país entre os meses de março e abril. Sobre os riscos apresentados pelo medicamento, Mayra afirmou que o paracetamol, usado para dor de cabeça (entre outras dores leve) também pode desencadear efeitos colaterais graves.

Leitos

A pasta da Saúde já habilitou 6.142 leitos exclusivos para coronavírus, destes 225 são de UTI pediátrica. Esses leitos estão divididos em treze estados.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.