Clique e assine com até 92% de desconto

Romero Britto e Ratinho serão os novos embaixadores do turismo brasileiro

Artista plástico e apresentador de televisão foram escolhidos pela Embratur para 'divulgar o país no exterior e fomentar o turismo internacional' no Brasil

Por André Siqueira 10 set 2019, 18h48

O artista plástico Romero Britto e o apresentador de televisão Ratinho serão os novos embaixadores do turismo brasileiro. Eles serão oficialmente anunciados nos próximos dias pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), ao lado do lutador Victor Belfort e o do produtor de filmes Frederico Lapenda.

A indicação de embaixadores do turismo brasileiro faz parte do projeto “Nova Embratur”, uma iniciativa criada para divulgar o país no exterior e fomentar o turismo internacional” no Brasil, segundo o site da autarquia.

Até o momento, integram a seleta lista de escolhidos o lutador Renzo Gracie, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, o biólogo Richard Rasmussen, o cantor Amado Batista e a dupla sertaneja Bruno e Marrone. Até o final do ano, a Embratur pretende contar com 15 embaixadores.

Questionado por VEJA, o presidente da Embratur Gilson Machado Neto disse que a “disponibilidade, popularidade e cessão gratuita de suas imagens”, além da influência nas redes sociais, são os principais critérios que balizam a escolha para o cargo voluntário.

  • Ronaldinho Gaúcho

    Na quinta-feira 5, Ronaldinho Gaúcho foi anunciado como embaixador do turismo brasileiro. A escolha foi contestada nas redes sociais, uma vez que o ex-jogador, pentacampeão mundial com a seleção brasileira em 2002, teve seu passaporte apreendido e está proibido de deixar o país.

    Em novembro do ano passado, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJ-RS) determinou a apreensão dos passaportes de Ronaldinho Gaúcho e do seu irmão, Roberto Assis Moreira, devido ao não pagamento de uma dívida por dano ambiental em Porto Alegre.

    Em 2015, os irmãos e a empresa Reno Construções e Incorporações foram condenados por construção ilegal de um trapiche, com plataforma de pesca e atracadouro na orla do Lago Guaíba, em área de preservação permanente, sem licenciamento ambiental.

    Continua após a publicidade

    Conforme o TJ-RS, a sentença transitou em julgado em fevereiro de 2015. Sem serem localizados, eles foram intimados por edital em 2017. O valor das multas e da indenização chega a 8,5 milhões de reais.

    A VEJA, Gilson Machado Neto disse que “a falta de passaporte é uma questão pessoal do Ronaldinho com a justiça e em nada atrapalha a sua utilização como embaixador do turismo”. Ele destaca o “alcance” das postagens do ex-jogador nas redes sociais como um “benefício” da escolha.

    No sábado 7, Ronaldinho publicou duas fotos em seu perfil oficial no Instagram agradecendo o convite da Embratur. “Muito feliz em ser um dos embaixadores do turismo brasileiro. Espero poder ajudar em mostrar esse nosso país que é tão bonito por natureza”, diz a publicação, que foi curtida por mais de 503 mil seguidores.

    View this post on Instagram

    Muito feliz em ser um dos embaixadores do Turismo Brasileiro. Espero poder ajudar em mostrar esse nosso país que é tão bonito por natureza. Obrigado @embraturbrasil pelo convite 🤙🏾 🇧🇷

    A post shared by Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) on

    Continua após a publicidade
    Publicidade