Clique e assine com até 92% de desconto

Paulo Câmara lidera em PE com 27%; Monteiro tem 21%, segundo Ibope

Pesquisa também mostra que atual governador do PSB tem maior taxa de rejeição entre os candidatos: 43%; Armando Monteiro (PTB), em segundo, possui 27%

Por Da Redação 20 ago 2018, 20h43

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, lidera as pesquisas eleitorais com 27% das intenções de voto, segundo levantamento do Ibope divulgado nesta segunda-feira, 20. O senador e ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do governo Dilma Rousseff Armando Monteiro (PTB) aparece em segundo, com 21%.

Encomendada pela TV Globo e pelo Jornal do Commercio, de Pernambuco, a pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais.

Os demais candidatos não passaram dos dois dígitos. Ana Patrícia Alves (PCO) e Julio Lossio (Rede) ficaram com 3%, cada um. Maurício Rands, do Pros, e Simone Fontana, do PSTU, marcaram 2%. Já Dani Portela (PSOL) teve 1%.

O número de entrevistados que respondeu brancos e nulos foi de 32%. Outros 8% disseram não saber ou não responderam.

  • O Ibope também perguntou aos entrevistados em qual candidato não votariam de jeito nenhum. Câmara também aparece em primeiro – sua taxa de rejeição ficou em 43%. Ele é seguido por Monteiro, com 27%. Portela e Lossio possuem 18%, cada um. Ana Patrícia, Rands e Simone Fontana marcaram 17% cada um. Outros 20% não responderam ou disseram que não sabem, e 3% afirmaram que poderiam votar em todos.

    Pesquisa Ibope, de 20 de agosto:

    Paulo Câmara (PSB): 27%

    Armando Monteiro (PTB): 21%

    Continua após a publicidade

    Ana Patrícia Alves (PCO): 3%

    Julio Lossio (Rede): 3%

    Maurício Rands (PROS): 2%

    Simone Fontana (PSTU): 2%

    Dani Portela (PSOL): 1%

    Branco/nulo: 32%

    Não sabe/não respondeu: 8%

    Registro no TRE: PE-00006/2018. Registro no TSE: BR‐09085/2018. Foram ouvidos 1.204 eleitores, entre 17 e 19 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais, e o nível de confiança, de 95%.

    Continua após a publicidade
    Publicidade