Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Datafolha em MG: Anastasia mantém 33% e Pimentel vai a 24%

Senador tucano e governador petista polarizam disputa mineira. Em terceiro vêm Romeu Zema (Novo), que passou de 7% para 9%.

Por João Pedroso de Campos Atualizado em 28 set 2018, 20h32 - Publicado em 28 set 2018, 19h43

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira, 28, novos números para a disputa pelo governo de Minas Gerais. O levantamento indica a continuidade da polarização entre o senador Antonio Anastasia (PSDB) e o atual governador mineiro, Fernando Pimentel (PT). O tucano continua na liderança, com 33% das intenções de voto, mesmo número do Datafolha de 20 de setembro, enquanto o petista passou de 23% para 24% da preferência, variação dentro da margem de erro, que é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos.

O terceiro colocado, Romeu Zema (Novo), aparece com 9% das intenções de voto na pesquisa desta sexta, oscilação de dois pontos porcentuais em relação ao levantamento da semana passada.

Em seguida vêm Adalcléver Lopes (MDB), com 4%; Dirlene Marques (PSOL), João Batista Mares Guia (Rede) e Jordano Metalúrgico (PSTU), com 1% cada. Claudiney Dulim (Avante) e Alexandre Flach (PCO) não pontuaram.

Eleitores que pretendem votar branco ou nulo somam 17%. Os que não souberam responder ou não responderam são 9%.

A nova pesquisa Datafolha para o governo de Minas Gerais ouviu 1.386 eleitores em 67 municípios fluminenses entre os dias 26 e 28 de setembro. O levantamento está registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral sob a identificação MG-04347/2018.

Continua após a publicidade
  • Rejeição

    O Datafolha mediu também a rejeição do eleitorado aos candidatos ao governo mineiro, perguntando aos entrevistados em quem eles não votariam de jeito nenhum. Nesse caso, a soma total é superior a 100% porque os eleitores podem indicar mais de um candidato.

    O governador Fernando Pimentel é o postulante com maior rejeição, 41%. Em seguida vêm Antonio Anastasia, com 28%; Romeu Zema, com 21%; João Batista Mares guia, com 20%; Claudiney Dulim, Alexandre Flach e Dirlene Marques, com 18% cada; e Jordano Metalúrgico e Adalclever Lopes, com 17% cada.

    Rejeitam todos os candidatos ou não votariam em nenhum deles 9% dos eleitores; 4% votariam em qualquer um ou não rejeitam nenhum. Não souberam responder 10% dos entrevistados.

    Segundo turno

    O instituto de pesquisas também fez uma simulação de segundo turno, com uma disputa entre Antonio Anastasia e Fernando Pimentel.

    O senador tucano venceria o governador petista por 46% a 31% dos votos. Votos brancos e nulos somam 19% e eleitores indecisos, 4%.

    Continua após a publicidade
    Publicidade