Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Alfabetização

Por que não utilizar as evidências robustas na área de Educação, em vez de acenar para soluções genéricas, para "modelos" sem comprovação?
O país não tem uma política da alfabetização. Estados, municípios, Faculdades e ONGs ainda hesitam em aceitar a evidência científica e suas implicações.
Programa Alfa e Beto na TV é resposta ao desafio de colocar no ar, em plena pandemia, 95 episódios de Língua Portuguesa (Alfabetização) e 95 de Matemática.
O programa Alfa e Beto na TV surge no contexto da pandemia. Ficará no ar, em canal aberto, entre o dia 26 outubro de 2020 e fevereiro de 2021.
O “establishment” educacional brasileiro tem uma cultura anti-científica, avessa a números e pouco familiarizada com o conceito de evidências.
Educadores e o presidente Bolsonaro concordam que, diante de resultados científicos, o indivíduo tem a escolha entre “acreditar” ou “não acreditar”. 
As notas abaixo resumem como estão as políticas e recomendações sobre o tema. Afinal, o que pode ser feito para avançar a alfabetização no Brasil?

Weintraub erra valor: exame custará R$ 500 milhões, e não R$ 500 mil

Por Da Redação Atualizado em 3 Maio 2019, 09h07 - Publicado em 3 Maio 2019, 09h03
Durante anúncio oficial, ministro exaltou o valor baixo da avaliação; depois, Inep corrigiu a informação e atribuiu erro a 'inconsistência na planilha'

MEC vai avaliar alfabetização das crianças por amostra

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 2 Maio 2019, 16h25 - Publicado em 2 Maio 2019, 14h27
O exame havia sido cancelado completamente pela gestão do ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez, mas o governo recuou após repercussão negativa
É necessário contrapor fatos cientificamente comprovados a mitos que vêm entravando o avanço das políticas e práticas de alfabetização no Brasil.
No decreto sobre a Política Nacional da Alfabetização, há avanços a ser comemorados. Com vinte anos de atraso, o MEC define com clareza o que é alfabetizar
Uma das estratégias usadas para manter o status quo na discussão sobre alfabetização é tergiversar, ao invés de definir o conceito com clareza
Em resposta a artigos sobre método fônico publicados na Folha de S. Paulo, o especialista em alfabetização José Morais escreve um texto para este blog.

Governo Bolsonaro adia avaliação da alfabetização nas escolas para 2021

Por Giovanna Romano Atualizado em 25 mar 2019, 14h41 - Publicado em 25 mar 2019, 13h22
Segundo o Inep, mudança nas regras visa iniciar a medição apenas após a implementação da base curricular e das 'novas diretrizes do MEC'
Por que a imprensa não fica do lado das evidências incontroversas a respeito da superioridade do método fônico e de seu uso nos países desenvolvidos?
É preciso priorizar a alfabetização. É possível promover intervenções de curto prazo, com estratégias adequadas. Mas nada disso precisa de decreto.

Decreto sobre alfabetização prioriza método fônico

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 20 mar 2019, 11h43 - Publicado em 20 mar 2019, 10h50
Iniciativa expõe disputa no ministério entre seguidores de Olavo de Carvalho e técnicos; especialistas divergem sobre método
Um artigo sobre o impacto do Programa Vila Sésamo publicado na última edição do American Economic Journal ilustra bem o poder das evidências.
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)