Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Trump muda de tom e pede salva de palmas para Hillary Clinton

"Todos queremos a mesma coisa", comentou o presidente americano, durante almoço no Capitólio

Por Daniela Flor 20 jan 2017, 18h43

Durante o almoço com membros do Congresso americano, nesta sexta-feira, o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu um tom conciliatório – diferente de seu discurso de posse e oposto à sua campanha. “Eu fiquei muito honrado quando descobri que o presidente Bill Clinton e a secretária [de Estado] Hillary viriam hoje”, disse o republicano.

Em uma curta fala depois de brindes e declarações de colegas de partido, Trump pediu que as pessoas presentes se levantassem e batessem palmas para o casal Clinton. “Não tenho mais nada a dizer, porque honestamente tenho muito respeito por essas duas pessoas”, afirmou. Durante a refeição, Hillary e Bill sentaram na mesma de Tiffany, filha do magnata.

  • Em uma curta fala depois de brindes e declarações, o republicano também comentou que teve uma conversa “muito interessante” com o líder democrata do Congresso, Chuck Schumer, e afirmou que democratas e republicanos “vão se dar bem”.

    “Nós teremos quatro ótimos anos, de paz e prosperidade”, declarou o novo presidente. “Nós todos queremos a mesma coisa. Todos somos boas pessoas. Seja republicano ou democrata, não importa”, finalizou.

    Continua após a publicidade
    Publicidade