Clique e assine a partir de 9,90/mês

Trem que colidiu na Carolina do Sul viajava pela via errada

A locomotiva foi desviada para trilho onde estava estacionado o trem de carga em que colidiu, matando duas pessoas e ferindo mais de 100

Por Da redação - 5 fev 2018, 15h14

O trem com 147 passageiros que colidiu no último domingo contra um trem de carga no estado da Carolina do Sul, Estados Unidos, estava na via errada, apontam investigações preliminares. Por causa ainda desconhecida, o trem foi desviado para uma via lateral, onde estava estacionado o trem de carga no qual colidiu.

O comboio da empresa Amtrak viajava de Nova York a Miami quando colidiu às 2h45 da madrugada (5h45 de Brasília) de domingo, matando dois funcionários da empresa e ferindo 116 passageiros. O trem de carga estava vazio na hora do acidente.

O presidente do Conselho de Segurança de Transporte Nacional, Robert Sumwalt, disse em uma conferência de imprensa que o trem da Amtrak deveria ter continuado reto nos trilhos, mas o interruptor ferroviário (que controla os desvios dos trens) havia sido configurado manualmente para desviar a rota do Amtrak para o local onde estava estacionado o trem de carga CSX. As investigações agora são para descobrir porque o interruptor estava configurado desta forma.

Vídeos da câmera que havia na frente do Amtrak já foram enviados para Washington para análises.

Continua após a publicidade

Sumwalt também acrescentou que a ausência de um sistema que, com uso combinado de GPS, rádio sem fio e computadores, impede os trens de colidirem, descarrilarem e acelerarem, contribuiu para a ocorrência do acidente. O sistema, chamado de Positive Train Control (PTC), deve estar em todas as companhias ferroviárias até o fim deste ano.

Em nota, a Amtrak indicou que a locomotiva descarrilou junto com alguns vagões de passageiros. Após a colisão, 19 mil litros de combustíveis foram derramados, mas as autoridades afirmaram que o derramamento não representava perigo. “O acidente foi muito perto do mercado agrícola do estado e de áreas residenciais, mas todos estão a salvo”, declarou o porta-voz da divisão de emergência na Carolina do Sul, Derrec Becker.

Na Flórida durante o fim de semana, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi informado do acidente, indicou uma porta-voz da Casa Branca. “Meus pensamentos e orações estão com todas as vítimas envolvidas na colisão de trens esta manhã na Carolina do Sul”, tuitou Trump.

Terceiro acidente da Amtrak

Esse foi o terceiro acidente letal envolvendo a Amtrak desde dezembro passado, o que causou questionamentos sobre a segurança no Serviço Nacional de Trens.

Há apenas alguns dias, outro trem com dezenas de congressistas americanos bateu em um caminhão de lixo no estado da Virgínia. O episódio deixou um morto e alguns feridos.

Em dezembro passado, três pessoas morreram no descarrilamento de um trem no estado de Washington, perto da cidade de Tacoma. Nesse acidente, alguns vagões caíram sobre uma movimentada autoestrada interestadual.

Continua após a publicidade

Segundo informações preliminares, esse trem viajava pela primeira vez em uma nova rota, a 128 quilômetros por hora, bem acima do limite de 48 quilômetros.

(Com AFP)

Publicidade