Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Descarrilamento de trem em Milão deixa 3 mortos e 100 feridos

No veículo viajavam principalmente trabalhadores. Dez dos feridos estão em estado crítico

Três pessoas morreram nesta quinta-feira e mais de 100 ficaram feridas depois que um trem descarrilou na sua chegada à cidade de Milão, na Itália.

Dez dos feridos se encontram em estado crítico segundo a porta-voz do Ente Regional de Emergência e Urgência (AREU, em italiano) da região da Lombardia, Cristina Corbetta. Outros dez feridos também tiveram ferimentos graves, porém não correm risco de vida.

Os feridos estão sendo levados a diversos hospitais da capital lombarda, principalmente para o San Raffaele. Dentro dos vagões ainda há várias pessoas que são socorridas pelas equipes de emergência e bombeiros, que se deslocaram imediatamente para a região, com ambulâncias e helicópteros.

Dois dos oito vagões do trem ficaram atravessados nas vias. Nas imagens divulgadas pelos bombeiros, é possível ver como as equipes de emergência entram nos vagões destroçados e trabalham para tirar as pessoas que permanecem presas e gritam pedindo ajuda.

O trem da companhia Trenord, que partiu da cidade de Cremona, descarrilou entre os municípios de Pioltello e Segrate, ambos em Milão, em torno das 7 horas do horário local (4h de Brasília). Nele viajavam sobretudo trabalhadores, que a essa hora se deslocam para Milão.

Técnicos da Rede Ferroviária italiana chegaram ao local do acidente para tentar determinar suas causas. A hipótese mais provável é que houve algum problema no momento em que o trem mudava de via, segundo a imprensa local. A Promotoria de Milão já abriu uma investigação sobre o desastre ferroviário.