Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Poluição no ar de Pequim atinge nível extremamente perigoso

A visibilidade nas ruas foi reduzida pela neblina causada pela poluição. Escolas suspenderam atividades ao ar livre e fábricas poluentes tiveram de reduzir a produção

A capital chinesa Pequim sofreu nessa segunda-feira com o pior índice de poluição do ar registrado em 2015. Autoridades municipais emitiram um raro alerta laranja, o segundo mais intenso de uma escala de quatro níveis. Escolas suspenderam atividades ao ar livre e fábricas poluentes tiveram de reduzir a produção.

A visibilidade nas ruas foi reduzida pela neblina causada pela poluição. Pessoas reclamavam do cheiro ruim e muitas usavam máscaras. “Eu senti como se meus pulmões estivessem bloqueados”, disse Xu Pengfei, segurança em um prédio de escritórios no centro de Pequim, a agência de notícias Associated Press.

Leia também:

Obama reconhece papel dos EUA em mudanças climáticas

Sob forte segurança, conferência do clima começa nesta segunda-feira em Paris

COP-21: 100 feridos em confronto entre ativistas e a polícia em Paris

A Organização Mundial de Saúde (OMS) usa os níveis de partículas PM2.5 presentes no ar para calcular os índices de poluição mundial e considera que o padrão saudável é de até 25 microgramas por metro cúbico. Pequim informou que o nível superou 600 microgramas por metro cúbico em vários pontos da cidade no fim da tarde desta segunda-feira. Nas proximidades da capital, como Liulihe, as leituras de poluentes chegaram a até 976 microgramas.

A qualidade do ar piorou na última sexta-feira (27) e continuou a se complicar no fim de semana, o que levou o governo a emitir no domingo o alerta de cor laranja. Autoridades disseram que não emitiram o alerta vermelho porque esperam que a qualidade do ar melhore até a próxima quarta-feira. A última vez que Pequim emitiu o alerta laranja foi em fevereiro de 2014.

Pequim se comprometeu no passado a melhorar a qualidade do ar e tem se saído melhor neste ano, com a atmosfera em geral mais limpa que em 2014. Contudo, a cidade foi atingida mais cedo esse ano pelos dias frios e pela neve, que começaram em novembro, e prejudicaram a qualidade do ar.

Pedestres caminham pela praça Tiananmen durante dia bastante poluído em Pequim, na China - 30/11/2015 Pedestres caminham pela praça Tiananmen durante dia bastante poluído em Pequim, na China – 30/11/2015

Pedestres caminham pela praça Tiananmen durante dia bastante poluído em Pequim, na China – 30/11/2015 (/)

(Da redação)