Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Suspeito é preso por mortes em protestos contra a polícia nos EUA

Duas pessoas morreram e uma terceira ficou ferida em manifestação por Jake Blake, afro-americano ferido a tiros pela polícia

Por Da Redação Atualizado em 26 ago 2020, 16h19 - Publicado em 26 ago 2020, 16h06

Um jovem de 17 anos foi preso nesta quarta-feira, 26, acusado de matar duas pessoas durante protestos contra a polícia na cidade americana de Kenosha, em Wisconsin. Uma terceira pessoa ficou ferida durante o disparo de tiros na manifestação da noite de terça 25.

“Esta manhã, as autoridades do condado de Kenosha emitiram um mandado de prisão do indivíduo responsável pelo incidente, acusando-o de homicídio intencional em primeiro grau”, (homicídio doloso), disse a polícia de Antioch, Illinois.

“O suspeito neste incidente, um residente de Antioch de 17 anos, está atualmente sob a custódia do sistema judicial do condado de Lake, enquanto aguarda uma audiência de extradição para transferir a custódia de Illinois para Wisconsin”, acrescentou.

Duas pessoas foram mortas a tiros e uma terceira ficou ferida durante os protestos antirracistas da noite desta terça. Quando os conflitos começaram, os manifestantes protestavam contra a abordagem feita pela polícia ao afro-americano Jacob Blake.

  • Vídeos divulgados na internet mostram pessoas correndo pelas ruas de Kenosha, enquanto tiros eram ouvidos. Outras gravações mostraram homens feridos deitados no chão.

    Os atos contra a polícia pela maneira como os soldados abordaram Jacob Blake começaram na noite de domingo, depois que o afro-americano foi atingido nas costas por tiros disparados por um policial branco. O homem foi encaminhado ao hospital e, de acordo com sua família, está “paralisado da cintura para baixo”.

    (Com AFP)

    Continua após a publicidade
    Publicidade